Arquivo da tag: maçã

Davene amplia linha de cuidados com o lançamento de sabonetes líquidos

Produtos completam a família La Flore e La Fruta

Hábitos saudáveis e o incentivo a higiene estão cada vez mais presentes no nosso dia a dia. Por isso, para manter essa rotina de cuidados de forma prazerosa, a Davene, marca especializada em cuidados e higiene pessoal, ampliou a linha de produtos La Flore e La Fruta, lançando novos sabonetes.

São três opções líquidas, de alta perfumação, que combinam extratos vegetais em uma fórmula suave e de alta perfumação. A novidade faz parte do portfólio de produtos veganos da Davene e pode ser utilizada para a lavagem corporal durante o banho ou das mãos em banheiros e lavabos. A embalagem garante praticidade e versatilidade trazendo mais comodidade no transporte e manuseio.

Inspirado nas flores adocicadas e quentes, o sabonete líquido La Flore Flor de Vanila tem um toque suave que transforma um simples banho em um momento calmo e agradável. Sua fórmula traz maciez para a pele, combinando notas de laranja a um buquê floral com um toque de jasmim oriental para uma perfumação elegante e de alta duração.

As frutas tropicais amarelas são responsáveis pela refrescância do La Flore Flor de Maracujá. O extrato de maracujá e um complexo cítrico trazem suavidade e frescor para a fórmula do lançamento.

O La Fruta Maçã foi formulado com um mix que uniu flores e frutas frescas. O extrato de maçã combinado com abacaxi, jasmim e cassis traz leveza e um aroma exclusivo para uma fórmula cítrica e adocicada. As três opções são encontradas na embalagem de 500ml por R$ 18,90.

Todo o portfólio de produtos da Davene pode ser encontrado em um revendedor mais próximo ou no site oficial da marca.

Receita leve de docinho para o fim de semana

A chef Lidiane Barbosa, trocou uma especialização com foco na carreira jurídica pelo curso de técnicas em gastronomia na Escola de Restauració I Hostalatge, de Barcelona, em 2002. Não demorou muito para ela mergulhar de cabeça na gastronomia funcional. Fez pós-graduação e outras especializações na área. Em 2015, teve a oportunidade de expandir seus conhecimentos estudando na Le CordonBleu, em Paris.

Estudou no Natural Gourmet Institute, em Nova York, Escola Jamie Oliver, em Londres e Matthew KenneyCulinarySchool em Venice Beach.Lidiane tem como “bandeira” a disseminação da comida “de verdade”, o uso de ingredientes integrais, frescos e orgânicos, incentivo ao produtor local, a utilização das plantas alimentícias não convencionais (pancs) e a socialização por meio da comida. É também especialista em gastronomia sem glúten e sem outros alergênicos.

A chef é requisitada para consultorias a restaurantes e bistrôs pelo Brasil. No currículo, são 16 estabelecimentos em Belém, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Santa Catarina, São Paulo etc. Ela também viaja o país comandando cursos e workshops de gastronomia funcional. Já foram mais de 400 cursos e palestras, 80 cidades e um total de mais de 40 mil alunos.

É autora das receitas do livro “Vó Leninha e … O Aniversário de Isabela”, primeira publicação brasileira com preparações funcionais voltada para crianças, em parceria com uma escritora de Santa Catarina Presidente e Idealizadora do Projeto Crescer e Semear (desde 2015), realizado pela ONG — Instituto Alice Henrique de Campos Gonçalves, também presidido pela mesma, que só em 2018 está alcançado 4500 crianças, 50 merendeiras de 13 escolas públicas da cidade de Blumenau/SC.

Crescer e Semear’ é um projeto social, sem fins lucrativos, que tem como intuito mudar a educação de nossas crianças por meio da Alimentação saudável e saborosa. Repensar a alimentação, incentivar hábitos saudáveis e, principalmente, ensinar como se alimentar com saúde e qualidade nutricional.

Abaixo, receita da chef: um doce levinho para seu final de semana.

Tortinha de Maçã e Banana com doce de leite

Ingredientes da massa:
1 banana
1 xícara de farinha de amêndoas ou de aveia
1 colher de sopa de melado de cana
2 colheres de sopa de óleo de coco extravirgem (pastoso)
Se necessário água para dar liga

Modo de preparo:
Em um bowl, misture todos os ingredientes até que a massa fique homogênea. Acomode nas forminhas e leve ao forno 180ºC por 25 minutos. Retire da forminha e deixe resfriar.

Ingredientes recheio:
100g de snack de maçã desidratada ou 1 maçã inteira em lascas
1 banana amassada
2 colheres de melado de cana
1 xícara de leite de coco caseiro
Suco de 1/2 limão
Canela em pó

Modo de preparo:
Coloque todos os ingredientes em uma panela, fogo baixo e deixe engrossar e apurar o sabor. Recheie as tortinhas

Ingredientes doce de leite:
1 receita de leite condensado
2 colheres de sopa de açúcar de coco
Suco de 1/2 limão
1 pitada de bicarbonato de sódio

Modo de preparo:
Misture o doce de leite com o açúcar de coco, o limão e o bicarbonato em uma panela, fogo baixo, até desgrudar do fundo. Coloque colheradas nas tortinhas.

Rende 4 porções

Alimentos que trazem sorte: confira simpatias para o novo ano

Para começar 2022 com o pé direito, nada melhor que uma ceia repleta de alimentos que carregam forte significados

Os preparativos para o réveillon já começaram e para dar uma forcinha ao destino, muita gente aposta em seguir certas tradições, e uma das mais comum é seguir superstições com as comidas. Na noite da virada você tem a oportunidade de preparar a ceia com alimentos que trazem sorte para o ano novo. São alimentos que são verdadeiros amuletos de proteção, de sorte, harmonia ou até mesmo facilitadores para o alcance do que se deseja.

“O segredo está na escolha dos ingredientes e também na preparação. É importante estar com o pensamento positivo, almejando boas energias e transmitindo vibrações poderosas” aconselha Juliana Viveiros, espiritualista da plataforma iQuilíbrio.

Para que você tenha uma ceia de ano novo com alimentos que carregam um forte significado, Juliana elencou algumas dicas. Veja:

Lentilha da sorte

Entre as comidas que trazem sorte para o ano novo, uma das mais famosas é a lentilha. Ela é sem dúvida, um dos alimentos mais populares na ceia. Presente em quase todas as mesas das famílias brasileiras, este grão se assemelha a moedas e, por isso, é o símbolo mais popular de fartura e riqueza. Portanto, comer pelo menos uma colher de sopa de lentilha é o segredo para um ano de muita fartura. Prepare a lentilha da sorte no ano novo e se surpreenda com os resultados.

Romã

Fruchthandel_Magazin/Pixabay

Não pode faltar a romã entre as comidas que trazem sorte para o ano novo! Ela simboliza fertilidade e prosperidade, além de florescimento, crescimento e abundância. frutas para ceia de ano novo.

Como fazer a simpatia com romã de ano novo: a simpatia com romã no ano novo também está fortemente associada ao Dia de Reis (comemorado no dia 6 de janeiro), pois a data marca o início de um novo tempo no ano que se iniciou. Pela tradição você deve guardar três sementes secas de romã. Mas não se esqueça: elas devem ser levadas na carteira durante todo o ano.

Uva

A uva é uma das mais importantes frutas para ceia de ano novo. Comer uva no réveillon carrega grande simbolismo. Acredita-se que esse alimento pode trazer prosperidade e paz, por isso não pode faltar na ceia.

Simpatia da uva para ano novo: o costume das uvas como alimentos que trazem sorte para o ano novo tem origem na Espanha. Lá as pessoas comem 12 uvas à meia-noite e guardam os caroços na carteira durante todo o ano.

Carne de porco


Entre as comidas que trazem sorte para o ano novo, a carne suína também está presente em muitas ceias. Peças como o pernil costumam ser o ingrediente principal da mesa. Isto se tornou comum, pois o porco simboliza progresso. Além disso, a figura do animal inteiro colocado sobre a mesa — os famosos leitões; traz a energia da abundância. Por isso, o porco é um dos alimentos para o Ano-Novo que não podem faltar na sua lista.

Peixe

Se você gosta de carne, outra ideia de comida que traz sorte para o ano novo é o peixe. Ele também representa o progresso que se deseja alcançar no ano que está começando. Além disso, ele também é um dos principais símbolos relacionados com a história de Jesus Cristo. Dessa forma, ele também representa prosperidade e fartura.

Maçã


A maçã simboliza o sucesso, principalmente no amor. Por isso, é utilizada para alcançar um ano de conquistas positivas e felicidade.

Simpatia de maçã para ano novo: para alcançar os benefícios dessa fruta durante a ceia de Ano-Novo, basta dar uma mordida à meia-noite em uma maçã bem vermelha.

Frutas Secas

Pixabay

Pêssego, figo, amêndoas, nozes, avelã e tâmaras costumam ser frutas bem tradicionais no Natal. Por simbolizarem sorte e fartura, essas frutas também passaram a fazer parte da ceia de ano novo, seja em forma cristalizada ou seca.

Sobre a iQuilíbrio

Os serviços da plataforma iQuilibrio já ajudaram mais de 100 mil pessoas a encontrarem o equilíbrio em todas as áreas de suas vidas, desde relacionamentos, vida profissional, dinheiro, saúde, até autoconhecimento, desenvolvimento pessoal, qualidade de vida, espiritualidade e bem-estar. No ar desde 2013, a plataforma conta com os melhores consultores especializados em tarot, búzios, runas, astrologia e terapia, com atendimento humanizado por meio de chat, ligações, chamada de vídeo, entre outros. Além disso, oferecem análises personalizadas e matérias sobre amor, esoterismo, autoconhecimento e muito mais.

Receitas com cascas de frutas: benefícios para a saúde e para o meio ambiente

De acordo com a ONU, aproveitamento das cascas de frutas ajuda no combate às mudanças climáticas; o consumo também traz vantagens para o organismo, segundo a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau

Se você tem o hábito de jogar as cascas das frutas no lixo, hora de repensar nessa prática! De acordo com a última edição da Semana do Clima da América Latina e Caribe, promovida pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), reduzir o desperdício dos alimentos é uma alternativa para combater as mudanças climáticas. E, uma ótima ideia para ajudar o meio ambiente e ainda contribuir com a saúde, é aproveitar essa parte que joga-se fora através do consumo.

Segundo a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, as cascas das frutas são muito ricas em fibras, vitaminas, minerais e fitoquímicos, e consumi-las é muito benéfico para o organismo, já que contribui para o aporte de nutrientes do corpo.

“A maçã, por exemplo, guarda a maioria dos seus antioxidantes e fibras na casca, enquanto a jabuticaba também preserva a maioria dos seus fitoquímicos nessa parte, que muita gente joga fora”, ressalta a especialista.

Já as frutas que não têm as cascas tão palatáveis para serem consumidas in natura, podem ser incorporadas à receitas. “Na forma de preparações, nosso organismo faz o mesmo aproveitamento que faria se consumíssemos na forma in natura”, explica a profissional.

A casca da banana pode ser transformada em farofa, a entrecasca da melancia pode ser servida na forma de doce e a do maracujá fornece uma excelente farinha para ser usada no preparo de tortas e bolos.

Higienização

Quer apostar no consumo e no preparo de receitas com cascas de frutas? Então, não esqueça de fazer uma boa higienização! “O ideal é fazer a limpeza da fruta em água corrente, utilizando uma bucha limpa e detergente neutro. Depois de feito o enxágue, devemos deixar de molho por meia hora em solução de hipoclorito e água, para eliminar possíveis bactérias presentes nas cascas, principalmente as que serão consumidas in natura. A última etapa é feita com um enxágue em água corrente”, orienta Renata. Para secar, deixe em ar ambiente ou use um papel toalha descartável.

Confira agora as receitas sugeridas pela nutricionista

Doce de casca de laranja

Ingredientes
Casca de 2 laranjas picadas
2 colheres de sopa de açúcar cristal
2 colheres de sopa de farinha de linhaça

Modo de preparo:
Deixe as cascas de laranja de molho por cerca de 12 horas, trocando a água a cada 2 a 3 horas. Coloque o açúcar em uma panela e forme uma calda açucarada. Acrescente as cascas de maçã e a farinha de linhaça. Mexa até formar consistência de doce de colher.

Suco de casca de abacaxi

Ingredientes
Casca de 1 abacaxi médio
1 xícara de chá de erva cidreira picada
1 litro de água gelada
1 xícara de chá de gelo

Modo de preparo:
Bata tudo no liquidificador, coe e sirva em seguida.

Geleia de casca de maçã

Ingredientes
Cascas de 4 maçãs
½ xícara de chá de açúcar
Suco de 1 limão
1 xícara de chá de água

Modo de preparo
Coloque em uma panela as cascas de maçã, o suco do limão e a água. Deixe cozinhar com a panela tampada por 5 minutos. Retire do fogo e bata no liquidificador. Volte a mistura para a panela e acrescente o açúcar. Cozinhe em fogo baixo, sem parar de mexer, até formar ponto de geleia. Se desejar, pode acrescentar cravo-da-índia ou canela-em-pau na segunda etapa de cocção. Coloque em um pote de vidro e leve para gelar antes de servir.

Brigadeiro de casca de banana

Ingredientes
Cascas de 2 bananas
1 lata de leite condensado
1 colher de sopa de manteiga
2 colheres de sopa de cacau em pó

Modo de preparo
Bata as cascas de banana no liquidificador ou mixer (se necessário, acrescente um pouco de água). Em uma panela, derreta a manteiga e acrescente o leite condensado e o cacau em pó. Cozinhe em fogo baixo. Quando começar a ferver, adiciona a casca de banana batida e cozinhe até que mistura de solte da panela.

Sorvete de manga

Ingredientes:
2mangas picadas com casca
3 xícaras de chá de água
1 envelope de gelatina sem sabor, hidratado conforme instruções da embalagem
1 xícara de chá de açúcar ou adoçante culinário em pó

Modo de preparo
Bata as mangas no liquidificador ou mixer. Em uma panela, coloque a água e o açúcar e cozinhe até começar a formar uma calda. Desligue o fogo e acrescente a gelatina sem sabor e a manga batida. Deixe esfriar um pouco e leve ao freezer por 2 horas. Retire do freezer e bata a massa com uma batedeira. Sirva em seguida.

Fonte: Oba Hortifruti

Solado nunca mais: Tirolez ensina como deixar o bolo fofinho

Você ainda pode colocar as dicas em prática ao preparar um Bolo de Maçã com Cobertura de Queijo Cremoso

Preparar um bolo pode até parecer fácil, mas é necessário conhecer alguns segredinhos. Afinal, quem nunca fez um bolo com massa solada na vida? Para ajudar, a Tirolez, uma das mais tradicionais marcas de laticínios do País, ensina como obter uma massa bem grande e fofinha, que fará sucesso à mesa. E, claro, dará uma dica mais do que especial de bolo com cobertura de queijo cremoso.

Confira o passo a passo para acertar no bolo a partir de agora:
=Antes de começar a fazer o seu bolo, é necessário organizar os ingredientes. Alguns minutos antes, tire da geladeira os alimentos que compõem a receita, pois é essencial que estejam em temperatura ambiente. Geralmente, as receitas indicam quais ingredientes devem ser utilizados gelados, como o iogurte, por exemplo. Dessa forma, os ingredientes incorporam à massa mais rapidamente, o que evita o efeito solado no bolo.
=O “olhômetro” pode até funcionar algumas vezes, mas para fazer bolos, não funciona como medida. Para uma massa perfeita e saborosa, é essencial respeitar as quantidades de ingredientes indicadas.
=Misture todos os ingredientes do seu bolo com delicadeza. Para isso, opte por bater a massa na mão, em movimentos circulares, de baixo para cima. Assim, você ajuda a manter as bolhas de ar na massa, o que garante um bolo aerado.
=O fermento é o último ingrediente a ser acrescentado na receita. Sacuda o conteúdo para misturar todas as suas propriedades e coloque-o aos poucos, mexendo delicadamente.
=Preaqueça o forno por 5 minutos antes de colocar a massa para assar. E nada de abrir a porta antes da hora para checar se seu bolo está pronto. Os choques térmicos, que podem acontecer nesses momentos, prejudicam o crescimento da massa. O mais indicado é só abrir depois que o cheirinho de bolo subir.
=Para saber se seu bolo está pronto, pressione com cuidado as pontas do dedo no meio da massa. Se a massa voltar ao tamanho normal, está pronto. Se afundar, precisa de mais uns minutinhos no forno.

Agora, que tal colocar em prática todas as dicas que você aprendeu? Veja abaixo como fazer um bolo delicioso.

Bolo de Maçã com Cobertura de Queijo Cremoso

Ingredientes:

Para a massa:
1 pote de Manteiga sem Sal Tirolez em temperatura ambiente (200 g)
3 gemas (60 g)
1 xícara (chá) de açúcar (150 g)
Raspas de 1 limão
½ maçã passada no ralo grosso (150 g)
2 xícaras (chá) de farinha de trigo (220 g)
1 pitada de sal
½ xícara (chá) de suco de laranja (100 ml)
3 claras (120 g)
1 colher (sopa) de fermento em pó (8 g)

Para a cobertura:
1 embalagem de Creme de Queijo Minas Frescal Tirolez (220 g)
3 colheres (sopa) de açúcar (30 g)
2 carambolas (150 g)
2 kiwis (220 g)
½ bandeja de morangos picados (100 g)

Modo de Preparo:

Prepare a massa:
Unte e enfarinhe uma fôrma com furo central (24 cm de diâmetro) e preaqueça o forno a 180 °C.
Com o auxílio de uma batedeira ou um fouet (batedor de ovos), bata a manteiga, as gemas e o açúcar até ficar esbranquiçado e formar um creme fofo. Junte as raspas de limão e a maçã e misture. Acrescente a farinha, o sal e o suco de laranja, mexendo até ficar homogêneo. Bata as claras em ponto de neve (pico firme) e, utilizando um fouet ou o arame da batedeira, incorpore as claras e o fermento à mistura, fazendo movimentos delicados de baixo para cima para não perder aeração. Coloque na fôrma e leve ao forno por 40 minutos, ou até dourar. Deixe esfriar e desenforme sobre um prato.

Prepare a cobertura:
Bata, com o auxílio de um fouet ou uma batedeira, o creme de queijo com o açúcar até que fique bem homogêneo. Espalhe sobre o bolo com o auxílio de uma espátula e decore com as frutas.

Rendimento: 10 a 12 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

Fonte: Tirolez

Confira quais alimentos favorecem o funcionamento do intestino

Embora seja um dos sintomas relacionado a algumas doenças digestivas e distúrbios intestinais, a prisão de ventre geralmente está ligada à alimentação. Comum em várias idades, esse desconforto é decorrente de diversos fatores, como o baixa ingestão de fibras, pouca ingestão de líquidos, sedentarismo, além do consumo excessivo de proteína animal e de produtos industrializados. Segundo a Sociedade Brasileira de Coroproctologia, cerca de 30% dos brasileiros sofrem com esse incômodo abdominal.

Segundo Cyntia Maureen, nutricionista da Superbom , empresa pioneira na produção de alimentos saudáveis, consumir alimentos ricos em fibras e beber muita água facilita o bom funcionamento do intestino.

“O intestino é o órgão responsável por absorver os nutrientes dos alimentos que ingerimos e eliminar aquilo que não será utilizado pelo corpo. A falta de líquido pode tornar o percurso mais difícil, pois a água dos alimentos será absorvida para a manutenção das funções vitais, consequentemente, deixando as fezes mais secas. Além disso, as fibras tem papel importantíssimo para o bom funcionamento intestinal, pois, contribuem para a formação do bolo fecal e também alimentam as bactérias boas que facilitam o processo”, explica.

De acordo com a especialista, a constipação pode ser causada pelo consumo excessivo de açúcar e gordura, além da falta de exercícios físicos. Pensando nisso, ela separou cinco alimentos que ajudam o trabalho do sistema digestivo e garantem melhora nas complicações intestinais. Confira:

Cereais integrais: “Em sua forma natural ou como farinha, arroz integral, aveia, trigo e granola são componentes que podem auxiliar no combate a prisão de ventre e até mesmo o câncer de intestino”, menciona. As fibras desses alimentos nutrem as bactérias intestinais e estimulam os movimentos peristálticos, favorecendo a eliminação de substâncias tóxicas.

Sementes: a linhaça e chia concentram um tipo de fibra que tem capacidade de absorver água e não soltar mais. Assim, é muito mais fácil evacuar, pois será exigido menos esforço. “Também é importante ingerir muita água junto com esses alimentos, para que eles consigam desempenhar sua função”, destaca Cyntia.

Foto: Max Straeten/Morguefile

Ameixa: muito conhecida por suas atribuições laxativas, a ameixa é rica em fibras e contém substâncias que absorvem mais água do organismo. “Sua ingestão acelera o trânsito intestinal”, aponta.

Maçã: “Conhecida por auxiliar na reversão dos quadros de diarreia, a maçã quando ingerida com a casca facilita o trabalho do sistema digestivo”, ressalta a especialista. Alimentos cozidos costumam não apresentar resistência na digestão, por isso é importante a ingestão daqueles que podem ser consumidos crus e com casca.

Pixabay

Mamão: essa fruta possui uma enzima que auxilia a digerir proteínas e acelerar o percurso do bolo fecal. “O mamão proporciona grandes melhorias na absorção de nutrientes e é excelente para diminuir a constipação. Consumir ¼ dessa fruta por dia já é capaz de melhorar o quadro”, finaliza Cyntia.

Confira abaixo algumas opções disponíveis no catálogo da Superbom ideais para auxiliarem na digestão:

Granola Premium- 500g
A Granola Premium da Superbom é um mix de cereais composta por frutas secas, grãos, oleaginosas e adoçantes naturais. É um preparo que concentra carboidratos, lipídios, fibras, alto conteúdo de vitaminas A, D e E. Muito baixo em sódio, fonte de fibras, isento de gordura trans. O resultado disso, é a melhora dos casos de prisão de ventre, redução de colesterol e da incidência de câncer no intestino. Sem contar que seu bom funcionamento dá maior disposição e proporciona uma pele mais bonita. A granola também é uma aliada na luta contra o envelhecimento, já que os minerais presentes, em especial selênio e zinco, são antioxidantes e ajudam a manter as células sempre jovens.

Geleia de Frutas Vermelhas com Chia
A geleia de frutas vermelhas dá um toque especial aos pratos doces. Além disso é fonte de fibras solúveis, portanto importante na atuação reguladora do intestino. E para aqueles que praticam atividades físicas, também são excelentes fontes de energia. Geleia 100% fruta de frutas vermelhas com chia.

Fonte: Superbom

Oito alimentos que combatem o cansaço físico e mental

Do abacate ao macarrão Shirataki, alimentos energizantes ajudam a combater a sensação diária de fadiga

O cenário de pandemia e confinamento que assola o mundo há mais de um ano pode exigir um grande desafio mental e psicológico por parte de todos. Entretanto, poucos sabem que possuem aliados fortíssimos dentro de casa: os alimentos. Uma boa refeição pode gerar uma sensação de bem-estar quase que automaticamente, estando intimamente ligada ao humor. 

De acordo com David Wiener, especialista em nutrição do Freeletics, aplicativo líder em exercícios físicos e estilo de vida com uso de inteligência artificial, é preciso enxergar os alimentos como muito mais do que algo para saciar a fome.

“O que você come afeta a capacidade do seu cérebro de se manter ativo. A comida não serve só para alimentar seu corpo, você também precisa de certos nutrientes para permanecer mentalmente focado e alerta. Se ultimamente você anda se sentindo muito sonolento, cochilando na hora do almoço ou se anda bebendo mais café que o normal na tentativa de se manter acordado, está na hora de parar de jogar a culpa no clima ou na sua possível falta de sono”, alerta.

Ao invés disso, o especialista destaca hábitos alimentares que aumentam a eficiência dos nutrientes e cita oito alimentos energizantes como opções.

1. Abacate

Além de delicioso e versátil, o abacate também é extremamente energético. “Ele até pode ser bastante calórico, mas tem um alto teor de gordura saudável, incluindo ácidos graxos, ômega 3 e ômega 6, que combatem o colesterol ruim, aumenta o fluxo sanguíneo para o cérebro e ajudam o corpo a absorver outros nutrientes”, destaca Wiener. Além disso, o abacate tem mais proteína do que a maioria das frutas. “E já que a gente precisa de carboidratos, gorduras e proteínas para uma energia sustentável, é essa combinação de nutrientes que faz do abacate uma bomba energética”, ressalta.

2. Maçã

As maçãs são um lanche impressionantemente energético. “O que poderia torná-las um pouco mais eficazes do que o seu pãozinho habitual é que elas fornecem calorias ao seu corpo: a principal fonte de energia que alimenta seu corpo e seu cérebro”, pontua o especialista. As maçãs também são ricas em frutose, o açúcar predominante encontrado nas frutas. “Como a frutose é a fonte preferida de energia do corpo, ainda que comer uma maçã pela manhã não te dê aquele impulso inicial que você está acostumado a sentir com uma xícara de café, ela vai te fornecer uma quantidade constante de energia para o seu cérebro e corpo por mais tempo, além de reduzir todas as sensações de fome que você possa vir a sentir mais tarde”, explica. 

3. Grãos integrais e germinados

Ao contrário de açúcares simples, grãos integrais como arroz integral, aveia e trigo sarraceno são uma forma de carboidrato que o organismo quebra lentamente para convertê-los em energia, fornecendo uma fonte de energia constante em vez de um pico seguido de uma queda, que gera sonolência e cansaço. Além disso, os grãos germinados são ainda melhores. “Os grãos germinados são grãos integrais que foram encharcados e deixados germinar. O processo torna mais fácil para o corpo absorver os nutrientes que ele quer e precisa, fazendo com que as vitaminas B, C e folato sejam mais facilmente acessíveis ao organismo”, explica Wiener. 

4. Nozes de macadâmia

Nozes de macadâmia – e a maioria das nozes e sementes – são alguns dos melhores lanches quando o assunto é vencer a fadiga e combater a fome. De 160 a 200 calorias em um punhado, as nozes de macadâmia são uma fonte concentrada de energia, contendo todos os macronutrientes principais, como proteínas, carboidratos e gorduras boas. “Mas não se esqueça que, embora as nozes sejam boas para você, elas também são uma bomba calórica e, portanto, devem ser comidas com moderação. Tudo o que você precisa é de um punhado para sentir seus efeitos energéticos”, alerta o especialista. 

5. Mirtilos

Os mirtilos são super energizantes e podem até elevar a função cerebral, sendo uma ótima fonte de manganês, um elemento químico frequentemente encontrado em minerais combinados com ferro, que desempenham um papel importante na assistência a determinadas atividades metabólicas no corpo, como a conversão de carboidratos e gorduras em energia. Estudos também revelam que os mirtilos podem prevenir a perda de memória e o declínio cognitivo. 

6. Matcha

Enquanto que uma xícara de chá verde extrai apenas alguns dos benefícios nutricionais disponíveis, o matcha é feito a partir de folhas de chá inteiras que foram moídas em um pó verde fino, contendo todos os minerais poderosos, antioxidantes e aminoácidos encontrados dentro da própria folha. Ao contrário do café, a cafeína no matcha é absorvida bem devagar, dando um impulso de energia sustentado e não apenas um pico de energia. “É a combinação de cafeína e l-teanina, um aminoácido raro, que resulta nos efeitos milagrosos, como o aumento da concentração e da atenção”, explica o especialista. 

7. Macarrão Shirataki

Feito a partir de glucomanano, uma fibra que vem da raiz da planta de konjac que cresce no Japão, esta alternativa com baixo teor de carboidratos é composta por 97% de água. “Isso significa que você pode desfrutar do seu prato preferido de macarrão sem a necessidade de cochilar depois do almoço”, destaca Wiener. 

8. Couve

A couve é uma das fontes de nutrientes mais ricas, repleta de vitaminas e minerais essenciais que o cérebro precisa. A couve é uma fonte vegetal de ferro, um nutriente necessário – especialmente para vegetarianos e veganos – para transportar oxigênio aos tecidos e células. Baixos níveis de ferro no corpo podem levar à exaustão e à sensação de cansaço. “Para aumentar a absorção de ferro da couve, consuma com uma fonte de vitamina C, como o suco de limão”, finaliza. 

Fonte: Freeletics

Pele saudável no verão: saiba quais os melhores alimentos para manter o rosto hidratado

Calor intenso pode causar aumento da oleosidade, perda de nutrientes e ressecamento severo da derme

O verão chega no fim deste mês, pouco antes do Natal. Trata-se da época do ano em que os dias são mais longos e as noites mais curtas. A exposição ao sol, porém, demanda cuidados redobrados com a pele.

A nutricionista Ellen D’arc, da Bio Mundo, indica alguns alimentos que promovem a manutenção da derme, uma vez que todos os tipos de pele estão sujeitos a alterações quando os termômetros marcam temperaturas altas. “O excesso de transpiração promove a perda de nutrientes importantes. Para repor, além da ingestão de alguns ingredientes naturais, eles também podem ser usados de forma tópica e trazer bons resultados”, afirma Ellen.

Para conter a oleosidade

Em dias mais quentes é comum que o corpo produza mais suor e o rosto fique com aquele brilho que incomoda muita gente. “Alguns ingredientes naturais encontrados na maçã en o pepino têm poderes adstringentes e oferecem limpeza para o rosto, além de serem extremamente benéficos para quem tem acnes, inclusive”, explica a especialista.

Além disso, a fruta promove a hidratação perfeita na hora de repor a água da pele e ficar longe dos óleos. Já o pepino tem propriedades clareadoras, ideal para diminuir a vermelhidão do sol e, de quebra, amenizar as olheiras. Ambos podem ser usados em rodelas ou terem extraídos o suco para aplicar com um algodão sobre a face higienizada.

Rosto seco nunca mais

Pexels

Se engana quem pensa que a pele seca leva vantagens diante do sol forte, isso porque, por ser mais sensível, há maior possibilidade de descamação, ressecamento acentuado e em situações mais graves até feridas. Para manter a cútis saudável e com um aspecto bonito, mel e aveia são bons itens para serem associados às máscaras faciais caseiras, já que suas propriedades altamente hidratantes atingem camadas profundas da derme.

“Outra vantagem é o poder anti-inflamatório, que ajuda na cicatrização de feridas e até a diminuir as linhas de expressão”. A hidratação do mel é proveniente das moléculas de açúcar, já a aveia possui grânulos perfeitos para uma esfoliação leve, podendo ser combinados entre si para potencializar os resultados.

Esfoliação natural

Uma superdica para limpar a pele é a esfoliação natural. A esfoliação com mel e açúcar além de limpar, promove a sua hidratação. Basta misturar uma colher de sopa de mel com uma colher de açúcar em um recipiente e depois aplicar no rosto em movimentos circulares suaves. Deixar agir por 10 minutos e remover com água.

Pele normal também precisa de cuidados

A pele normal também exige alguns cuidados e manutenções específicos. Mesmo que ela tenha um bom nível de hidratação, o uso de produtos inadequados pode causar alterações e desencadear aumento do suor ou ressecamento. O iogurte é um grande aliado nesses momentos por possuir ácido lático na fórmula. Ele é capaz de hidratar, combater os efeitos da poluição na pele e reduzir os poros.

“É um alimento abundante em proteínas essenciais, cálcio, vitamina B2, B12 e D” informa a profissional. Uma ótima dica é espalhar uma camada bem grossa sobre a pele limpa e deixar agir entre 15 a 20 minutos, isso irá promover uma limpeza suave e desobstruir os poros.

Fonte: Bio Mundo

Alimentos que contribuem com a microbiota intestinal

Alimentação é parte essencial dos cuidados com a saúde do intestino

Sabemos que a alimentação é parte essencial dos cuidados com a saúde do intestino. Portanto, vale uma reflexão importante sobre a maneira como nos alimentamos no nosso dia a dia. Afinal, o que colocamos no prato pode influenciar diretamente na saúde, bem-estar e fazer com que escolhas saudáveis virem parte da nossa rotina, como um passo importante para a prevenção de inúmeras doenças.

Um dos órgãos em que a alimentação afeta o funcionamento e eficácia é o intestino, delgado e o grosso. Dentro dele, um conjunto colonizado de bactérias, vírus e outros conjuntos de microrganismos, chamado de microbiota intestinal (conhecida também como flora intestinal), ajuda o corpo a garantir defesas naturais, fortalecendo a imunidade e evitando que as bactérias patogênicas se proliferem.

Além disso, para manter a saúde da microbiota em dia, alguns alimentos são aliados, por conterem nutrientes e outros componentes que o corpo humano irá absorver. Confira a seguir seis deles:

Iogurtes: os alimentos fermentados, como é o caso do iogurte, são ricos em bactérias que contém o ácido láctico. De acordo com um estudo de revisão publicado no periódico Journal of Translational Medicine, esse alimento possui uma fonte de microrganismos ingeríveis que podem regular, de forma benéfica, a saúde intestinal e até mesmo tratar ou prevenir doenças inflamatórias intestinais.

Laticínios: assim como o iogurte, alimentos como leite, queijos e outros derivados são capazes de ajudar a microbiota intestinal por meio das bactérias do ácido láctico. O leite fermentado, por exemplo, é fonte de Bifidobacterium e de Lactobacillus, fontes de probióticos naturais que podem regular o funcionamento do intestino.

Ervilha: fonte de proteínas de origem vegetal, a ervilha é uma leguminosa bastante usada em saladas, ensopados e sopas. Seu consumo, de acordo com um estudo de revisão publicado pelo Nutrients, também pode estar associado ao aumento de probióticos como Bifidobacterium e de Lactobacillus intestinais, além de diminuir a concentração de bactérias patogênicas.

Getty Images

Soja: alimento produzido em grandes quantidades no Brasil, a soja é um grão que pode ajudar no aumento de micro-organismos importante para a colonização da microbiota intestinal, como Bifidobacterium, Clostridiales e Deferribacteraceae. Para os cientistas, o seu potencial benéfico está em um composto natural presente no próprio alimento, chamado de isoflavona, que contrabalanceia os efeitos prejudiciais de outras fontes alimentares com a da soja.

Maçã: de acordo com uma pesquisa publicada pelo International Journal of Biological Macromolecules, a maçã é uma fruta rica em polissacarídeos com potencial efeito de equilibrar os microrganismos da microbiota intestinal, funcionando como um probiótico natural e aumentando a quantidade de bactérias benéficas para a saúde do intestino.

LuminiIslandWild

Peixes: o atum e outras espécies de peixes mais gordurosos são ricos em ácidos graxos importantes para consumo, como o ômega 3. Esses ácidos não são sintetizados pelo corpo humano e, por isso, precisam ser consumidos em uma dieta equilibrada. Eles podem exercer uma ação positiva na microbiota intestinal, restaurando-a e aumentando a produção de compostos anti-inflamatórios para a prevenção de doenças.

Cultive seu melhor

Com o slogan “Cultive Seu Melhor”, Culturelle Probiótico chega às farmácias de todo o Brasil com um portfólio amplo, atendendo às necessidades de homens e mulheres adultos, gestantes e crianças, com recomendação para uso diário. Essa é a marca de probiótico mais prescrita por pediatras e a mais recomendada por farmacêuticos nos Estados Unidos, sendo a de maior confiança do consumidor no mercado americano.

Para adultos, Culturelle Probiótico Saúde Digestiva tem apresentações de 10 e 30 cápsulas vegetais com 10 bilhões de culturas ativas (UFC) de origem natural, sem glúten e livre de lactose e açúcar, com recomendação de uso de 1 cápsula ao dia. Preço sugerido: R$ 63,99 para 10 cápsulas e R$159,99 para 30 cápsulas

Para crianças a partir de 1 ano de idade, a marca lança inicialmente Culturelle Probiótico Junior em 2 apresentações, sachês e comprimidos mastigáveis. A apresentação recomendada a partir de 1 ano de idade vem com 6 sachês unitários e 5 bilhões de culturas ativas (UFC). Pode ser adicionada em alimentos e bebidas para consumo. Preço Sugerido: R$ 32,29

Já a apresentação em 10 comprimidos mastigáveis é indicada para crianças a partir de 3 anos de idade e também vem com 5 bilhões de culturas ativas (UFC). Preço Sugerido: R$ 50,99

Fonte: Cellera Farma

Cinco plantas medicinais que auxiliam a tratar ansiedade e insônia

O estresse desencadeado pelas multitarefas da nossa rotina pode desencadear na ansiedade, que muitas vezes leva a uma noite mal dormida e, até mesmo, à insônia, que é um distúrbio caracterizado pela dificuldade de começar a dormir, manter-se dormindo ou acordar antes do horário desejado.

As plantas medicinais são recursos naturais, muito utilizadas pela população por apresentarem efeitos terapêuticos, praticidade e até mesmo pelo uso tradicional, ou seja, aquele que passa de pais para os filhos. O ditado popular “se é natural, não faz mal” traz uma sensação de que essas plantas são isentas de toxicidade, porém sabe-se que não é verdade. Muitas delas, se mal utilizadas, podem trazer problemas graves à saúde humana.

Em relação à ansiedade e à insônia, o uso de algumas plantas medicinais pode trazer reais benefícios para esses transtornos. Abaixo, uma lista de cinco plantas que se utilizadas corretamente na forma de chá, colaboram com os sintomas causados pelo estresse.

Foto: chamomileteaonline

• Camomila: uma das plantas mais conhecidas e mais utilizadas na rotina, possui ação sobre a ansiedade e pode colaborar com a insônia, além de ajudar no sistema digestivo. Recomenda-se 2 colheres de chá da flor seca em 250 ml de água, de 3 a 4 vezes durante o dia para ansiedade.

Foto: Green Valley Spices

• Capim limão ou Capim Santo: é uma planta com aroma bem característico, e sua utilização na forma de chá, além de muito saborosa pode reduzir a ansiedade e colaborar com a insônia, recomenda-se utilizar até 4 vezes ao dia.


• Maçã: fruta muita apetitosa, quando seca pode auxiliar nos transtornos da ansiedade, colaborando com a saciedade, ou seja, diminuído a vontade de comer.


• Maracujá ou passiflora: conhecida principalmente pelo seu suco, os benefícios terapêuticos do maracujá são provenientes das folhas, para uso nos sintomas de ansiedade e insônia recomenda-se 1 a 2 gramas até 4 vezes ao dia.

Foto: Ivabalk/Pixabay

• Melissa: uma planta medicinal que além de ter efeito relaxante, colabora com os sintomas da ansiedade e insônia. Recomenda-se 1 colher de chá das folhas secas em 250 ml de água.

O uso correto das plantas medicinais pode trazer diversos benefícios a nossa saúde, porém, vale ressaltar que deve ser realizado de forma moderada e nunca substituindo a ingestão de água por chás.

Fonte: Vinícius Bednarczuk de Oliveira é farmacêutico, coordenador dos Cursos de Farmácia e Práticas Integrativas e Complementares do Centro Universitário Internacional – Uninter.