Arquivo da tag: macaron

Selecta apresenta duas receitas de Halloween

É tempo de doces e travessuras! Para deixar a festa de Halloween ainda mais gostosa e divertida, a Selecta Chocolates, marca que pertence ao grupo Duas Rodas, apresenta duas receitas sofisticadas e personalizadas para a data.

Uma delas é a Macaron Halloween, feita com o chocolate ao leite da Selecta Namur, que oferece sabor 100% garantido, alta cremosidade e excelente textura. Já o outro é o Verrine Tumba, que conta com os produtos da linha Supreme na lista de ingredientes, reconhecidos por serem cremosos, práticos e proporcionarem bom rendimento.

Os preparos são ideais para impressionar os convidados e para os produtores de doces artesanais, que querem diversificar o cardápio e ampliar as vendas.

Verrine Tumba

Verrine Tumba.jpg

1º Passo: Mousse de Chocolate Meio Amargo

Ingredientes:
200g ou 1 xícara (chá) de Ganache Sabor Chocolate Meio Amargo Selecta Supreme
150g ou 1/2 xícara (chá) de Selecta Topping batido com 200ml de leite gelado

Modo de preparo:
Aqueça levemente a ganache meio amargo e misture delicadamente com o topping batido em ponto de chantilly mole. Distribua em seis taças e leve para gelar.

2º Passo: Crocante de Cacau

Ingredientes:
90g ou 2/3 de xícara (chá) de amêndoas trituradas
90g ou 3/4 de xícara (chá) de açúcar refinado
60g ou 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
30g ou 1/3 de xícara (chá) de Chocolate em Pó Selecta Supreme 50% Cacau
90g ou 4 colheres (sopa) de manteiga gelada picada

Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes com a ponta dos dedos até formar uma farofa. Leve para gelar por 20 minutos e asse em forno preaquecido a 160°C por 12 minutos. Deixe esfriar. Quebre grosseiramente o crocante e cubra todas as taças de mousse.

3º Passo: Finalização e Decoração

Ingredientes:
6 unidades de biscoito tipo maisena
400g ou 2 xícaras (chá) de Cobertura Sabor Chocolate Amargo Selecta Supreme
100g ou 1/2 xícara (chá) de Cobertura Sabor Chocolate Branco Selecta Supreme
Corante para chocolate na cor vermelha

Modo de preparo:
Derreta a cobertura sabor chocolate ao leite, conforme as instruções descritas na embalagem. Banhe cada um dos biscoitos tipo maisena e aguarde até que o chocolate cristalize. Derreta a cobertura sabor chocolate branco, conforme as instruções descritas na embalagem. Tinja metade da cobertura com o corante vermelho e circule as bordas da parte superior do biscoito deixando escorrer levemente. Com a outra metade da cobertura branca, escreva RIP, simulando uma lápide. Decore cada verrine com esta preparação.

Rendimento: 6 unidades
Tempo de Preparo: 120 minutos

Macaron Halloween

Macaron Halloween

1º Passo: Macaron

Ingredientes:
110g de clara de ovo (1)
30g ou 3 colheres (sopa) de açúcar refinado (1)
100ml ou 1/2 xícara (chá) de água
300g ou 1 e 2/3 de xícaras (chá) de açúcar refinado (2)
300g ou 3 xícaras (chá) de farinha de amêndoas
300gr ou 2 xícaras (chá) de açúcar de confeiteiro
110g de clara de ovo (2)
4g ou 2 colheres (chá) de corante hidrossolúvel laranja

Modo de preparo:
Bata as claras com o açúcar refinado em velocidade média: aqueça o açúcar refinado com a água a 110°C e adicione sobre as claras com a batedeira ligada. Adicione o corante e bata até quase esfriar e formar um merengue. Em uma tigela, peneire e misture a farinha de amêndoa, o açúcar de confeiteiro e a clara. Misture ao merengue até obter uma massa homogênea. Coloque a massa em saco de confeitar com bico liso e forme discos de aproximadamente 4 cm de diâmetro sobre um tapete de silicone.
Asse em forno preaquecido a 138°C por 15 minutos. Preencha os discos de macaron com o recheio de chocolate. Com uma caneta de tinta comestível, faça desenhos característicos de Halloween em cada macaron.

2º Passo: Preparo do Recheio

Ingredientes:
300g de creme de leite fresco 35%
540g de Chocolate ao Leite Selecta Namur
100g de manteiga gelada picada sem sal

Modo de preparo:
Aqueça o creme de leite e despeje sobre o chocolate previamente derretido. Reserve até que a temperatura chegue a 35°C e incorpore a manteiga. Passe pelo mixer e leve para gelar para cristalizar. Coloque o recheio em um saco de confeitar e recheie os macarons.

Rendimento: 70 unidades
Tempo de Preparo: 60 minutos

Fonte: Selecta/Duas Rodas

Sucesso no Rio, sanduíche de sorvete chega a São Paulo

Toutsie combinou três delicias da gastronomia internacional para criar uma sobremesa personalizada de sorvete, brownie e macaron

Após cair no gosto dos consumidores do Rio de Janeiro, a Toutsie chegou a São Paulo em setembro. A primeira unidade da marca na capital foi instalada no Shopping Pátio Paulista, na região da Avenida Paulista. E, agora em outubro, a marca ganha a segunda Shopping Vila Olímpia, na zona sul da Capital.

Inspirada nas delicadas confeitarias francesas e nas sorveterias americanas, a versão brasileira do sanduíche de sorvete permite que o consumidor personalize a própria sobremesa.

Toutsie

“O cliente escolhe os ingredientes do início ao fim da preparação. Essa liberdade e mistura, fazem com que cada pessoa crie seu sabor favorito”, explica Rodrigo Wanderley, diretor de expansão e cofundador da Toutsie, que conheceu o produto durante viagens ao exterior com a sócia.

Para chegar à receita ideal, os fundadores da marca fizeram testes ao longo de um ano. Os experimentos, com produtos de alto padrão, levaram a um equilíbrio entre diferentes sabores, texturas e temperaturas.

Toutsie

“Essa união harmônica e inédita entre sorvete, brownie e macaron permite uma experiência muito diferente, já que o nosso cliente consegue comer o sanduíche de sorvete na mão, sem que ele derreta rapidamente, além de poder da um volta ao mundo em uma mordida”, brinca Fernanda, diretora comercial e cofundadora da Toutsie.

Toutsie
Foto: Rodrigo Azevedo

Com a personalização, o cliente terá centenas opções de combinações diferentes. “Cada visita às nossas lojas, o consumidor terá uma experiência nova. Ou, se preferir, pode repetir sempre o seu próprio sanduíche”, finaliza Rodrigo.

sorvete macaron

A empresa foi criada no Rio de Janeiro, em 2017, e conta com três operações no estado fluminense. Sucesso entre os cariocas e turistas, a rede irá inaugurar quatro unidades ainda este ano em São Paulo e tem previsão para mais dez lojas no primeiro semestre de 2020.

Informações: Toutsie

Macarons da Passion du Chocolat: alta gastronomia francesa

Fino, delicado, colorido e muito saboroso, o macaron caiu no gosto dos brasileiros e é tão apreciado por aqui que muita gente esquece que a origem desses doces é francesa. Mas, se antes, era necessário um passaporte para sentir a massa crocante e o ganache derretendo na boca, agora basta dar um passeio pelos shoppings de Curitiba em busca de uma das lojas da Rede Passion du Chocolat. Isso porque desde 2009 o empresário Lucas Malucelli, fundador da marca, iniciou a fabricação própria na Capital paranaense.

passion du chocolat

Em 2017, com cinco lojas em quatro estados do país (PR, SC, SP E MG), a marca se especializou em proporcionar a experiência ‘haute cuisine’ em seus produtos. Dos macarons, carro-chefe da marca, aos cafés, brigadeiros e doces gourmets, a elaboração e apresentação cuidadosa e artística dos doces, produzidos com produtos da mais alta qualidade, encanta à primeira vista.

macaron mirtilo

“Meu paladar estava acostumado a associar doce à chocolate. Quando provei os macarons da Passion senti uma variedade de texturas e sabores que transformou este doce na minha primeira opção. Além disso é incrível comer algo tão bonito e, como dizem por aí, a gente come mesmo com os olhos antes de qualquer coisa”, diz Adriane Sena, cliente da loja do Pátio Batel – onde a marca é a única paranaense a dividir o primeiro piso com grandes grifes como a Prada e a Tiffany & Co.

O doce na história

Nascido na Itália, o macaron se origina da palavra maccherone, que quer dizer massa fina. Pronuncia-se: macarrôn. No século XVI, o macaron foi levado para a França pela corte de Catarina de Médicis e sua receita era mantida em segredo, atendendo apenas à nobreza.

 

macaron chocolat passion

As primeiras a fazer os biscoitinhos na França foram as irmãs do convento Saint-Sacrement, da cidade de Nancy. Após a revolução francesa, em 1789, as congregações religiosas passaram a produzir macarons fora dos conventos. Inicialmente servido como um pequeno biscoito fino, o macaron recebeu a sua versão final no início do século XIX, quando o patisseur Pierre Desfontaines – da famosa Ladurée, de Paris – uniu os dois pequenos discos, colocando cremes especiais entre eles.

macaron passion du chocolat

De lá para cá, os macarons ganham novas cores e sabores a cada temporada e sua presença na mesa de doces é cada vez mais um sinônimo de requinte e sofisticação para qualquer ocasião.

Informações: Passion du Chocolat

Fabrice Le Nud ensina a fazer macaron no dia 25 

Em homenagem ao milionésimo macaron feito na Pâtisserie Douce France, número alcançado em julho, o chef pâtissier Fabrice Le Nud ensinará a fazer esta delicia francesa em aula no dia 25 de julho, na loja dos Jardins, em São Paulo.

Le Nud ensinará o passo a passo do famoso doce que é servido nas lojas da rede nos sabores chocolate, limão, framboesa, pistache, avelã, café, chocolate com cupuaçu e os novos doce de leite e maracujá.

As inscrições vão até o dia 24 de julho (ou até preenchimento das vagas). Ao final da aula, haverá degustação e entrega de diplomas.

Fabrice Le Nud já foi eleito, por seis vezes consecutivas, o melhor Chef Pâtissier do ano de São Paulo, pela revista Gula. Ingressando na categoria Melhor dos Melhores.

Já a Pâtisserie Douce France foi consagrada duas vezes a melhor doceria pela revista Veja São Paulo, além de ser premiada pelas revistas Época SP e Go Where Gastronomia, e pelo Guia da Folha como uma das melhores confeitarias da cidade de São Paulo.

Uma breve história do macaron

macaron2macaron

O macaron se tornou famoso graças aos franceses, porém, sua origem é atribuída aos italianos. Segundo a Larousse Gastronomique, ele tera sido criado em Veneza, durante a Renascença, e seus primeiros nomes foram maccherone e macarone. Segundo a publicação, o doce era feito desde o ano 791 em monastérios e, diz a lenda, seguia o formato dos umbigos dos monges.

Lendas à parte, o macaron teria chegado à França, em um formato mais simples, sem cores e recheio, graças a Catarina de Médicis. Tanto que, por algum tempo, ele foi conhecido como o “doce da rainha” e só era servido para a nobreza. Sua receita era mantida em segredo. Porém, algumas freiras carmelitas, da cidade de Nancy, conseguiram descobrir como eram feitos e começaram a reproduzi-lo. Ele, então, passou a ser chamado de doce das irmãs macarons. O pâtisseur Pierre Desfontainer, da famosa pâtisserie Ladurée, de Paris, no início do século 19, acabou inovando ao juntar as duas conchinhas e acrescentar um recheio cremoso entre elas.

pati.png

Serviço
Aula: Macaron
Ministrada por: Chef Fabrice Le Nud
Data: 25/07/2017, terça-feira
Horário: das 15 às 18 horas
Local: Pâtisserie Douce France
Endereço: Alameda Jaú, 550/554 – Cerqueira César.
Número de vagas limitadas: 12
Investimento: R$ 290,00
Forma de pagamento: depósito bancário (Bradesco)
Inscrições: pelo e-mail rh@patisseriedoucefrance.com.br ou Tel.: (11) 3262-2458 Caroline

Pâtisserie Douce France venderá seu milionésimo macaron neste mês

Na primavera de 2001, nascia a Pâtisserie Douce France, nos Jardins, em um sobrado na charmosa Alameda Jaú, em São Paulo. Era o primeiro passo do chef pâtissier Fabrice Le Nud, que deixava um cargo seguro no Hotel Sofitel, para materializar um sonho de anos que compartilhava com a mulher, Florinda: criar sua própria pâtisserie.

Realmente, era apenas o primeiro passo em direção ao sucesso, de público e de crítica. Hoje, além da matriz, de onde saem seus deliciosos salgados, doces, bolos, sorbets e chocolates, há mais quatro unidades espalhadas pela cidade. E Le Nud, nestes anos todos, vem colecionando prêmios pela maestria em suas criações.

Macarron 22

E este mês de julho traz uma marca incrível para a pâtisserie: a venda do milionésimo macaron. Sim, Fabrice irá preparar seu macaron número 1.000.000 à frente de sua rede.

O doce, um dos mais famosos da França, nascido na cidade de Lorraine, sempre foi um dos carros-chefe das lojas, mesmo lá no começo deste novo século, em que ele não era tão conhecido e incensado no país como hoje. Atualmente, nas cinco unidades são encontrados macarons nos sabores chocolate, limão, framboesa, pistache, avelã, café e chocolate com cupuaçu.

Fabrice foi um dos pioneiros em divulgar o pequeno, redondo e colorido doce pela cidade, quiçá pelo país: “Um milhão de mercis aos nossos clientes e ao Brasil”, agradece.

Macarron 111111111

Em uma cidade imensa como São Paulo, na qual todos os dias negócios nascem, mas também, infelizmente, acabam morrendo, chegar à marca de 1 milhão de unidades vendidas de um determinado doce, de outra nacionalidade e cultura, não é só motivo de orgulho, mas de talento e de resiliência.

macarons 1000000.png

Pâtisserie Douce France
– Jardins: Alameda Jaú, 554 
– Centro: Rua General Jardim, 182 (prédio da Aliança Francesa) 
– Alto de Pinheiros: Avenida Faria Lima, 2421(prédio da Aliança Francesa 
– Paulista – Avenida Paulista, 1313 – Centro Cultural FIESP 
– Trianon – Alameda Ministro Rocha Azevedo, 419 (nova)

 

Curitiba: L’Atelier Pâtissier promove oficina de macarons

Centro Europeu promove atividade especial que vai ensinar técnicas em preparos de um dos doces mais saborosos do mundo

Na próxima semana, nos dias 07, 08 e 09 de dezembro, o Centro Europeu, principal escola de gastronomia do Brasil, vai promover a oficina prática L’Atelier Pâtissier – Macarons. Durante a atividade, que será comandada pelo chef Johnlee Francis, os participantes terão a oportunidade de conhecer as técnicas de preparo de um dos doces mais tradicionais e valorizados do mundo.

French_Macarons

Apesar de ser considerado um doce Francês, a origem do Macaron é bastante debatida. Diz a história que chefs italianos levaram o doce para a França no casamento de Caterina de Médici com Henrique II. O nome macaron significa massa fina e deriva da palavra maccherone. É o desejo de qualquer pâtissier executa-lo à perfeição: com o pé perfeito; renda formada ao redor; uma fina casquinha como a casca de um ovo; no centro, úmido e untuoso.

atelie

Na oficina prática, o chef Johnlee trará todos os passos para o desenvolvimento de macarons. A atividade será dividida em quatro temas: Macarons, Técnicas e Práticas; Macarons para eventos (passion au caramel salé, trois chocolats, Macarons pavlova e pirâmide de Macarons); Macarons personalizados; e Entremets de Macarons.

Sobre o chef Johnlee Francis

Chef Pâtissier formado pelo Instituto de Artes culinarias Maussi Sebes, com especializações em gastronomia no Instituto Gastronômico Latino Americano e Colégio de Gastronomia Gato Dumas, Johnlee atua no segmento da gastronomia há mais de quinze anos. É um jovem apaixonado pela culinária com dedicação especial para a Pâtisserie onde atua, ministrando aulas pelo Centro Europeu no curso de Pâtisserie & Boulangerie, consultorias, dividindo seu tempo como sócio-proprietário da Délices de Sucre, empresa de eventos com ênfase na produção de doces finos e bolos personalizados.

A oficina prática L’Atelier Pâtissier – Macarons, que terá duração de 12 horas/aulas, será realizada das 14 às 17h15, na Sede Gourmet do Centro Europeu (Alameda Princesa Izabel, 1.300 – Curitiba). As inscrições custam R$ 690,00 (com parcelamento no cartão) e as vagas são limitadas.

Informações: Centro Europeu