Arquivo da tag: malbec

Uma noite portuguesa inspirada na região da Bairrada

Quinta do Olivardo realiza jantar especial com lançamento do Vinho dos Mortos

A Quinta do Olivardo, tradicional restaurante de gastronomia portuguesa localizado em São Roque, na Rota do Vinho, prepara uma noite para lá de especial neste sábado, dia 6 de agosto, a partir das 19h, para celebrar o lançamento do Vinho dos Mortos Malbec. Um cardápio todo especial foi pensado para comemorar, com pratos tradicionais da região da Bairrada, em Portugal.

Entre os destaques está o Leitão à Bairrada, que é assado lentamente com técnicas artesanais que remetem a 1743. O restaurante possui uma estrutura completa montada somente para a elaboração dessa iguaria, seguindo à risca a regra do preparo, tempero e forma de servir utilizados em Portugal.

Outra opção é o Bacalhau à Bairrada, que não faz parte do cardápio da Quinta do Olivardo, mas que chega para abrilhantar a noite dedicada a essa região.

Para completar a festa, a fadista Ciça Marinho encanta com a sua voz e as tradicionais músicas portuguesas.

Lançamento Vinho dos Mortos Malbec
Data: 6 de agosto, a partir das 19h
Quinta do Olivardo – São Roque
Segunda a Domingo – das 10h às 17h
Encomendas WhatsApp (11) 97088-5401
Estrada do Vinho, km 4 – São Roque, SP
Mais informações e reservas pelo WhatsApp: 11-97088-5401

Livro “Malbec Mon Amour” é lançamento para amantes de vinho

Catapulta Editores apresenta o primeiro guia geológico das regiões e dos solos de Mendoza, na Argentina

Indicado para todos os públicos, o livro “Malbec Mon Amour” é o mais novo título da Catapulta Editores. Com a história e evolução do Malbec, o livro leva o leitor a uma viagem fascinante pelos diferentes solos de Mendoza, na Argentina, onde a uva se desenvolveu e adquiriu características únicas de território Argentino.

Unindo informações detalhadas de especialistas com belas ilustrações e imagens, Laura Catena e Alejandro Vigil, duas referências no mundo do vinho na Argentina, apresentam também fatos divertidos e curiosidades no decorrer da narrativa, como estudos de DNA realizados para identificar a “família” da uva.

Os autores contam como e por que a Malbec se tornou uma marca de identidade e excelência do vinho argentino no mundo, com envelhecimento em carvalho e aromas complexos. “Além de imergir os leitores nos detalhes da produção do vinho, o título oferece experiência ímpar em cada página, com histórias e explicações detalhadas sobre o solo Argentino”, explica Carmen Pareras, diretora da Catapulta Editores Brasil.

O livro pode ser encontrado na loja virtual e nas principais livrarias do país, tanto em lojas físicas quanto online, com preço sugerido ao varejo de R$ 119,90.

Esfriou: veja opções de bebidas para tomar em casa

Aproveite as baixas temperaturas, pegue sua mantinha, escolha sua série ou filme favorito e sirva uma dose de sua bebida favorita. Confira uma seleção com vinhos, uísques e até tequila entre R$ 120,00 e R$ 2.500,00 para você levar para casa e garantir que só sai de lá quando o calor voltar.

R$ 120,00 – Marques de Casa Concha Malbec

malbec.png

O lançamento Marques de Casa Concha Malbec é a prova viva de que a linha segue inovando e incorporando nos últimos anos mudanças na vinificação de algumas cepas mais emblemáticas. Da família Concha Y Toro, este vinho se caracteriza pela sua diversidade aromática, taninos firmes e notas de cereja ácida e ameixas negras. É frutoso, denso e vibrante, porém mantendo a complexidade no paladar com um final persistente.

R$ 300,00 – 1800 Tequila Añejo

-Anejo-F-750ML

De sabor picante e equilibrado, com notas de carvalho torrado, baunilha e caramelo, a tequila 1800 Añejo é envelhecida exclusivamente em barricas de carvalho francês por um período mínimo de 14 meses. De coloração dourada e sabores acentuados é ideal para pais que apreciam degustar tequila gelada, em estado puro.

R$ 348,00 – Triple Cask 12 anos

MAC-2018-Triple-Cask-12YO-Bottle-RGB-PNG-4

Mesmo sendo feito exclusivamente com cevada maltada e exclusivamente na destilaria da The Macallan, o líquido batizado de Triple Cask 12 anos visitou 3 diferentes tipos de barris de carvalho antes de ir para a garrafa. Disponível ao público brasileiro, é possível perceber delicadas notas adocicadas que remetem à baunilha e também suavidade em uma complexa combinação. Os barris utilizados na produção são de três tipos: carvalho americano que recebeu vinho de Jerez antes do whisky, carvalho europeu também com Jerez e ainda barris de carvalho americano que receberam Bourbon antes.

R$ 2.560,00 – The Macallan Rare Cask

Macallan-Rare-Cask-Batch-No2-2018-Pack-and-Bottle-700ml

Menos de 1% entre os 230 mil barris da The Macallan são os responsáveis pela preciosidade do Rare Cask, um single-malt da destilaria escocesa que carrega já no nome o destaque para um dos seis pilares da marca. O uso de barris excepcionais chegou a um patamar ainda mais especial nesta criação, que a cada lançamento recebe em seu rótulo o número do batch – seu lote de engarrafamento – e o ano no qual foi engarrafado. Ou seja, agora nas prateleiras brasileiras, será possível encontrar o segundo lançamento deste whisky, que foi envelhecido em barris tão raros que nunca mais existirão

Onde encontrar

Marques de Casa Concha: St. Marché (SP), Ville du Vin (SP), Empório Frei Caneca (SP).

1800 Tequila: Empório Santa Luzia (SP).

The Macallan Triple Cask e The Macallan Rare Cask: Loja de Whisky

Churrasqueiro, vegetariano, chocólatra… encontre a uva certa para o seu pai

Presente para o Dia dos Pais é um dilema: você quer agradar, mas nem sempre sabe o que comprar. Uma opção para quem está na dúvida é o vinho. Mas com tantas opções de uvas, qual seria a melhor para cada tipo de pai?

Pensando nisso, a marca Reservado Concha y Toro, da Vinícola Concha y Toro (VCT), dá dicas de quais são os melhores vinhos para cada perfil de pai. Tem do churrasqueiro ao chocólatra. Escolha o seu:

Pai churrasqueiro

vinho carne.jpg

Churrasco harmoniza bem com a uva Malbec, a preferida dos brasileiros. Essa combinação só é possível porque o Malbec possui sabor e frescor intensos, características que vão bem com a gordura das carnes.

Pai vegetariano

sauvignon blanc.jpg

Folhas e saladas combinam com a uva Sauvignon Blanc. Saladas frias e frescas combinam bem com vinhos igualmente frescos. Para deixar a harmonização ainda mais perfeita, use pouco vinagre ou limão no tempero das saladas, porque podem atrapalhar o paladar do vinho.

Pai fast-food

cabernet

Sanduíches harmonizam bem com a uva Cabernet Sauvignon. Vinhos equilibrados e agradáveis como este devem ser consumidos levemente frios. Não tem gelo por perto? Resfrie a bebida com água fresca e evite deixar a garrafa no sol.

Pai pizzaiolo

carmenere.jpg

Carmenère é a uva icônica do Chile e possui características leves, equilibradas e de ótimo frescor. Essa uva é perfeita com queijos de média intensidade de sabor. Que tal acompanhar com uma tradicional pizza de mussarela?

Pai chocólatra

white z.png

Sobremesas combinam com vinhos de corpo leve e doce. A linha Reservado Concha y Toro possui a uva californiana rosé White Zinfandel, que harmoniza perfeitamente com doces.

Ainda está com dúvidas? A marca Reservado Concha y Toro lançou recentemente um sommelier virtual, chamado Renato, para ajudar os consumidores a descomplicarem o universo dos vinhos. O Renato tira dúvidas não apenas sobre harmonização de pratos, mas também acessórios, formas de consumo e armazenamento. Para interagir com ele, basta curtir a página da marca no Facebook e mandar uma mensagem pelo Messenger.

vinhos concha.png

Encontre todos os vinhos citados acima no e-commerce da Vinícola Concha y Toro. O preço sugerido é de R$ 31,90.

Fonte: Concha y Toro

 

Além Mar: vinho brasileiro com ascendência lusitana

O rótulo foi desenvolvido pelo enólogo Antônio Saramago a convite da vinícola catarinense Villaggio Grando

Antônio Saramago nasceu em 1948 na Vila Nogueira de Azeitão, em Portugal. Eleito enólogo do ano em 2008 e melhor enólogo português em 2011, dedica sua vida ao vinho há mais de cinco décadas. Além dos inúmeros prêmios, é conhecido por “sua aparente simplicidade que esconde o enorme talento e correspondente conhecimento, que transfere integralmente aos vinhos que produz”, segundo a revista Wine Style.

Saramago internacionalizou sua carreira em 2009 ao aceitar o convite da vinícola Villaggio Grando para desenvolver um rótulo especial com cortes de cabernet franc, merlot e malbec, plantadas nos campos de altitude em Água Doce, Santa Catarina, onde fica um deslumbrante terroir.

As uvas são cultivadas a 1.300 metros de altitude num planalto conhecido por suas características ímpares de solo e clima, com o inverno rigoroso e estações bem definidas, próprios para o desenvolvimento de cachos de maturação lenta proporcionando colheitas tardias – apenas no mês de abril – que resultam em uvas de características únicas.

Assim nasceu o Além Mar, um tinto de coloração profunda, rubi, intenso e brilhante que traz aromas concentrados, lembrando frutos vermelhos, notas de menta e especiarias. Nota-se o casamento com o carvalho francês de 1º e 2º uso com notas tostadas, lembrando o café, caixa de charutos e termina com delicadeza lembrando floral.

“É um vinho cheio, untuoso, envolvente com uma acidez equilibrada”, diz o sommelier e diretor da Villaggio Grando, Guilherme Grando. Além Mar é encorpado com taninos firmes, mas elegantes. Com enorme complexidade de sabores, o vinho termina num “grand finale” com persistência, concentração e uma enorme vontade de beber um novo gole.

alem-mar

Harmoniza perfeitamente com massas, carnes de caça, faisão, perdiz, coelho, carnes vermelhas e queijos maturados. É um vinho que pode descansar tranquilamente na garrafa por alguns anos, mas que também pode ser degustado já em 18º. Nesse caso, o uso do decanter pode ser necessário para deixá-lo respirar por 30 minutos, em média.

Informações: Villaggio Grando