Arquivo da tag: mandioquinha

Receitas para deixar o fim de semana mais gostoso

A Gomes da Costa sugere três receitas deliciosas para o final de semana: bolinho de mandioquinha com sardinha; macarrão com palmito e gorgonzola; e, se você estiver com um pouco mais de tempo, um linguine com sardinha e pangratatto (farofa de pão italiano).

Confira abaixo o passo a passo do preparo.

Linguine com Sardinha e Pangratatto

Ingredientes:

Para a farofa de pão italiano (Pangratatto):
¼ pão italiano ralado grosseiramente
2 dentes de alho picados
1 pimenta dedo de moça picadas sem sementes
4 ramos de alecrim picados (só as folhas)
2 ramos de tomilho picados (só as folhas)
1 colher (chá) de pimenta do reino moída grosseiramente
Sal a gosto
30 ml de azeite de oliva extravirgem Gomes da Costa

Para o linguine:
200 g de linguine seco
½ bulbo de erva doce picado finamente (reserve as folhas)
1 cebola roxa pequena picada
½ colher (sopa) de sementes de erva doce esmagadas
3 latas de Filés de Sardinha com Pimenta Gomes da Costa (125g)(drenadas)
50 g de pinolis
30 g de uva passa branca
75 ml de vinho branco
50 ml de azeite de oliva extravirgem Gomes da Costa
Suco e raspa de 1 limão
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:

Para a farofa de pão italiano:
Em uma frigideira grande aqueça bem o azeite. Frite rapidamente o alho, a pimenta, o alecrim, o tomilho e a pimenta-do-reino. Quando dourar, adicione o pão italiano ralado, abaixe o fogo e misture vagarosamente até dourar e virar uma farofa.

Para o linguine:
Leve ao fogo 6 colheres de azeite, acrescente o bulbo, as sementes de erva doce e as cebolas e cozinhe em fogo baixo por 20 minutos sem deixar corar os vegetais. Adicione metade das sardinhas, os pinolis e as uvas passas e continue cozinhando por mais 10 minutos, mexendo de vez em quando. Acrescente o vinho branco e cozinhe até que o líquido tenha evaporado.
Acerte o sal e a pimenta. Acomode o restante das sardinhas sobre o molho e regue com o restante do azeite das latas de sardinha. Abaixe o fogo sem mexer no molho. Enquanto isso, cozinhe a massa de acordo com as instruções da embalagem. Misture imediatamente a massa quente com o molho. Regue a mistura com um pouco de limão, azeite de oliva extravirgem Gomes da Costa e salpique as folhas da erva doce.

Montagem:
Disponha a massa sobre um prato e salpique o Pangratatto.

Rendimento: 3 porções
Tempo total: 60 minutos
Preparo: 60 minutos

Bolinho de Mandioquinha com Sardinha Gomes da Costa

Ingredientes:

Massa:
3 mandioquinhas médias (500g)
Sal a gosto

Recheio:
1 lata de Sardinhas com Óleo Gomes da Costa (125g)
Meia colher (sopa) de salsa picada (2,5g)

Para empanar:
Cerca de 1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 ovo
1 xícara (chá) de farinha de rosca
Óleo para fritar

Modo de preparo:

Massa:
Descasque as mandioquinhas e cozinhe-as em água fervente até ficarem bem macias.Escorra a mandioquinha e passe-as pelo espremedor ou amasse-as com um garfo. Tempere com sal a gosto e espere esfriar.

Recheio:
Misture a Sardinha Gomes da Costa escorrida e quebrada grosseiramente e a salsa.

Montagem:
Porcione a massa em porções de cerca de 1 colher de sopa. Abra cada porção na palma da mão e recheie com um pedaço de Sardinha Gomes da Costa. Feche bem a massa dando o formato de croquete. Passe cada croquete na farinha de trigo, no ovo e depois na farinha de rosca.Numa frigideira ou panela, preencha cerca da metade da capacidade com óleo e leve ao fogo para aquecer. Frite os croquetes, virando-os para que dourem de todos os lados. Escorra em papel toalha e sirva em seguida.

Rendimento: 12 porções
Tempo total: 40 minutos
Cozimento: 20 minutos
Preparo: 20 minutos

Macarrão com Palmito e Gorgonzola

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de manteiga (40g)
1 cebola picada (80g)
3 colheres (sopa) de farinha de trigo (30g)
2 e meia xícaras (chá) de leite (600ml)
Meia xícara (chá) de creme de leite fresco (120ml)
Sal e noz-moscada ralada na hora a gosto
1 vidro de Palmito Açaí em Conserva Gomes da Costa (300g)
Meia embalagem de macarrão tipo mini pene (250g)
1 xícara (chá) de queijo tipo gorgonzola picado grosseiramente (150g)

Modo de preparo:
Aqueça a manteiga e doure aí a cebola. Junte a farinha e misture até obter uma pasta. Adicione o leite aos poucos e misture até dissolver por completo. Cozinhe em fogo brando, mexendo sempre até obter um creme encorpado. Acrescente o creme de leite e tempere com sal e noz-moscada a gosto. Junte o Palmito Gomes da Costa escorrido e cortado em rodelas. Misture e reserve.Cozinhe o macarrão conforme recomendação da embalagem. Escorra o macarrão e envolva-o com o gorgonzola.Despeje por cima o molho de palmito. Sirva em seguida.

Dica de chef: o queijo gorgonzola é envolvido diretamente na massa para que fique em pedaços e não derreta completamente.
Variação: substitua o queijo gorgonzola por brie ou emmenthal.
Rendimento: 3 a 4 porções
Tempo total: 40 minutos
Cozimento: 30 minutos
Preparo: 10 minutos

Fonte: Gomes da Costa

Aprenda a preparar creme de mandioquinha gratinado

A dica de Mimoo é ideal para os dias frios e leva poucos ingredientes

A Mimoo, marca de alimentos saborosos e que cabem no bolso, preparou uma receita perfeita usando ingredientes de qualidade e baixo custo. O creme de mandioquinha gratinado pode ser servido como entrada ou acompanhamento. O Requeijão Cremoso e o Queijo Ralado Mimoo dão um toque especial à receita.

A dica é ideal para quem busca praticidade na cozinha, pois a receita fica pronta em 30 minutos. Confira abaixo o modo de preparo e bom apetite.

Creme de mandioquinha gratinado

Ingredientes
500 g de purê de mandioquinha (cozida e passada na peneira)
1 xícara (chá) de creme de leite fresco
1 colher (chá) de sal (4 g)
½ xícara (chá) de Queijo Ralado Mimoo
Noz-moscada (preferencialmente ralada na hora)
6 colheres (sopa) de Requeijão Cremoso Mimoo
1 colher (sopa) de açúcar (13 g)
1 cebola média em tiras finas (140 g)

Modo de preparo
Preaqueça o forno a 180 ºC. Em uma tigela, misture bem a mandioquinha, o creme de leite, o sal e duas colheres (sopa) de queijo ralado. Depois, adicione noz-moscada a gosto. Distribua metade da mistura em seis tigelas refratárias individuais (9 cm de diâmetro x 4 cm de profundidade). Coloque uma colher (sopa) de requeijão cremoso no centro de cada tigela, cubra com o restante do creme de mandioquinha alise a superfície. Em uma frigideira pequena, leve ao fogo o açúcar, mexendo sempre, até começar a caramelizar. Adicione a cebola e mexa até que fique levemente murcha e caramelizada. Distribua as cebolas nas tigelas e polvilhe com o restante do queijo ralado. Coloque as tigelas em uma assadeira e leve ao forno por 15 minutos ou até gratinar. Sirva quente como entrada ou acompanhando uma carne grelhada

Dicas
Se preferir, faça essa receita sem a cebola caramelizada.
Faça essa receita em uma travessa de 30 cm x 20 cm.

Rendimento: 4 a 6 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

Fonte: Mimoo

Terraço Itália celebra Dia do Macarrão com menu especial

Queridinho da mesa brasileira e consumido na maioria dos lares, o macarrão tem um dia para chamar de seu, e é festejado em 25 de outubro, desde que foi criada a data, em 1995, durante o 1º Congresso Mundial da Pasta, em Roma. Por aqui, a comemoração se repete desde 2014, com restaurantes e casas de cozinha italiana criando menus para celebrar a data.

No Terraço Itália, onde a pasta é uma das peças de resistência entre os saborosos preparos do chef toscano Pasquale Mancini, foi criado um menu especial composto de carpaccio, gnocchi de mandioquinha com camarão e aspargos, e cannoncini com ricota e gelato de pistache, a R$ 150,00 por pessoa no almoço e R$ 185,00 no jantar, com direito a uma taça de vinho Caleo Primitivo di Salento.

Além do apelo de se provar uma bela massa com ingredientes frescos e escolhidos criteriosamente pelo chef, vale desfrutar também da vista deslumbrante que se divisa dos janelões de vidro da elegante Sala Nobre, com São Paulo a seus pés, a 165 metros de altura, do alto do 41o andar do complexo.

Terraço Itália: Avenida Ipiranga, 344 – 41° andar – Centro – São Paulo – SP. Reservas: (11) 2189-2929. Confira o novo horário de funcionamento:
Jantar: todos os dias (inclusive domingos) das 18h às 22h
Reservas: 18h – 19h – 20h30
Almoço: todos os dias das 12h às 16h
Reservas: 12h – 13h30 – 14h30

Conheça os tubérculos, verduras e legumes que estão na época

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo desenvolve, por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), um trabalho de incentivo ao consumo de alimentos da época, os quais estão mais maduros, nutritivos e apresentam um melhor custo-benefício.

Saiba quais são os tubérculos, verduras e legumes que estão na época em maio:

batata doce szafirek
Foto: Szafirek/Morguefile

Batata-doce: possui um carboidrato complexo de baixo índice glicêmico, o que significa que sua absorção é mais lenta, ou seja, não eleva rapidamente os níveis de glicose no sangue. Dessa forma, fornece uma energia prolongada ao organismo, o que é bastante vantajoso, principalmente para praticantes de atividades físicas. Rica em fibras, ela também é fonte de ferro e potássio, além de conter vitaminas E, C e A.

leite_inhame

Cará e inhame: são tubérculos que, além de serem uma excelente fonte de energia, contêm proteínas e são ricos em fibras e minerais, como fósforo e potássio. Destacam-se ainda por apresentar vitaminas do complexo B. Alguns estudos apontam que o inhame é um alimento com diversas propriedades funcionais, podendo agir como antioxidante, anti-inflamatório, regulador hormonal e estimulante do sistema imunológico.

mandioca

Mandioca: é uma excelente fonte de carboidratos, rica em amido, tornando-se assim um alimento altamente energético, contendo ainda razoáveis quantidades de vitaminas do complexo B, cálcio, magnésio e fósforo. É um alimento muito reconhecido no Brasil por representar sua cultura, principalmente no Nordeste, e é usada como farinha, polvilho e tapioca, além de marcar presença em algumas preparações como baião de dois.

mandioquinha

Mandioquinha: é um alimento fonte de energia, por conter carboidratos. Apresenta alto teor de vitaminas do complexo B e vitamina C, o que auxilia no fortalecimento do sistema imune. Na culinária, tem grande versatilidade, podendo ser assada ou cozida e, ainda, utilizada em preparações como bolos, pães, caldos, entre outros.

alface pixabay
Pixabay

Alface: é cultivada no mundo inteiro e apresenta diversas variedades de folhas, cores, formas e texturas. É uma das verduras mais consumidas devido à suavidade no sabor. Entre as variedades mais comuns, encontram-se a alface-crespa e a alface-americana. Dentre os nutrientes mais abundantes neste vegetal, encontram-se o potássio, cálcio, fósforo e vitaminas do complexo B.

chicoria pixabay
Pixabay

Chicória: rica em antioxidantes, que combatem o envelhecimento precoce, a chicória ainda é rica em vitamina K e minerais como o zinco, que auxiliam no sistema imune.

espinafre

Espinafre: é uma verdura de cor verde-escura, muito rica em minerais como ferro, fósforo e cálcio e em vitamina A, além de apresentar algumas vitaminas do complexo B e uma grande quantidade de fibras, que são responsáveis por melhorar o trânsito intestinal. Dessa forma, seu consumo é bastante recomendado para idosos.

salada de repolho

Repolho: é bastante utilizado em saladas, refogados e assados. É rico em vitaminas no complexo B, vitaminas A e C, que auxiliam na saúde da visão e do sistema imune, respectivamente, além de ser fonte abundante de fibras, que ajudam no bom funcionamento intestinal.

abobora

Abóbora: é rica em betacaroteno, um precursor da vitamina A, importante antioxidante, que tem como função neutralizar radicais livres, prevenir doenças cardíacas e reforçar o sistema imunológico. Além disso, suas sementes são boas fontes de fibras; proteínas; vitaminas do complexo B; magnésio, que regula as contrações musculares; e ômega 3 e 9, ácidos graxos monoinsaturados, que ajudam a controlar os níveis de colesterol no sangue e previnem doenças cardiovasculares.

chuchu
Pixabay

Chuchu: é rico em água, ajuda na reposição de líquidos corporais, além de conter minerais como cálcio, que favorece a saúde dos ossos e dentes, e ferro, que atua no combate à anemia ferropriva.

Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Receita fácil e saborosa de Nhoque de Mandioquinha

Nhoque é uma daquelas receitas que a gente só come em restaurantes, por parecer difícil de preparar, não é? Mas você está enganado! A Delícia separou o passo a passo de Nhoque de mandioquinha super fácil e rápido de se fazer. Confira:

Nhoque de Mandioquinha

Ingredientes
6 dentes de alho (30g)
1 1/3 xícara (chá) de leite (300g)
2 colheres (sopa) Margarina Delícia Supreme com sal (40g)
2 colheres (sopa) de farinha de trigo (40g)
Sal e pimenta-do-reino

Modo de Preparo
Em uma panela leve os dentes de alho para cozinhar no leite até que fiquem macios.
Retire os alhos, passe por peneira fina, retorne-os à panela, acrescente a Margarina Delícia Supreme e deixe que derreta. Junte a farinha e misture. Aos poucos, coloque o leite, mexendo sempre até obtenção de creme liso. Retire e da panela, leve ao liquidificador e bata até obter um creme liso e homogêneo. Sirva com espetos de legumes ou carne.nhoque de mandioquinha - baixa

Rendimento: 5 a 6 poções
Tempo de Preparo: 30 minutos

Fonte: Bunge

Taeq lança linha vegana de produtos congelados

Em linha com o seu posicionamento de oferecer produtos para o segmento de alimentação saudável, a marca Taeq, exclusiva das redes Extra e Pão de Açúcar, aposta nas transformações do comportamento de consumo dos seus clientes e lança uma linha de produtos congelados veganos. O objetivo é disponibilizar opções balanceadas nutricionalmente para quem busca uma alternativa à proteína animal.

São cinco opções de produtos: vegbúrguer de berinjela com castanha de caju e gergelim (400g, caixa com 4 unidades – R$ 20,99), vegkibe de mandioquinha com batata doce e amêndoas (400g, caixa com 8 unidades – R$ 21,99), vegpão sabor queijo com mandioca, batata e mandioquinha (400g, caixa com 16 unidades – R$ 15,99), vegbúrguer de grão de bico com alho poró (400 g, caixa com 4 unidades – R$ 20,99) e vegkafta de feijão fradinho com quinoa e especiarias (450g, caixa com 8 unidades – R$ 20,99).

Todos os itens são 100% vegetais, temperados com especiarias naturais, sem colesterol e sem conservantes químicos, além de terem a certificação SVB de produto vegano, selo de qualidade reconhecido nacionalmente. Os produtos estão disponíveis para venda nas lojas do Pão de Açúcar e do Extra de todo o Brasil.

Taeq-lança-linha-com-5-opções-vegana-de-produtos-congeladospao de queijograo de bicomandioquinha

Pesquisa realizada pelo Ibope em 2018 aponta que aproximadamente 14% dos brasileiros se declaram vegetarianos ou veganos e que 55% das pessoas consumiriam mais produtos veganos se essa informação estivesse mais clara nos rótulos.

“A marca Taeq tem em seu DNA oferecer um mix de produtos que atenda a vários tipos de públicos que buscam se alimentar bem e, por isso, tem linhas de produtos naturais, orgânicos, funcionais e sem glúten, por exemplo. A linha vegana chega para complementar o portfólio da marca e trazer opções para refeições equilibradas para quem busca substituir ou diminuir o consumo de proteína animal do seu dia a dia, de forma saudável e com ingredientes naturais”, explica Carolina Redivo, Gerente de Marketing de Marcas Exclusivas do GPA.

Informações: Taeq – SAC: 0800 15 21 34

Na Tortinha tem cardápio especial para o inverno

Sempre inovando nos sabores o Na Tortinha oferece pratos especiais nos dias frios de inverno. Além da opção da salada como acompanhamento na hora do almoço, o cliente poderá escolher por sopas ou cremes para completar sua refeição.

Os sabores no cardápio são feijão, mandioquinha, caldo verde e cebola. Um mais delicioso que o outro, perfeito para os dias frios.

Os preços variam de R$ 19,00 a R$ 34,00 de acordo com o sabor escolhido. Além dos pratos deliciosos que o Na Tortinha oferece, o ambiente é superagradável. O restaurante também oferece serviço delivery para São Paulo.

torta_com_sopa.jpg

Na Tortinha: Rua José Otaviano Soares, 71 – Brooklin. Horário de funcionamento: segunda a sexta: das 11h30 às 16h. Sábados: das 12h às 16h30

Bisnaguinha de mandioquinha saudável para o lanche das crianças

As férias de meio de ano estão acabando. Que tal fazer um salgado para animar a meninada? E, em especial para os pequenos alérgicos, intolerantes e aqueles que estão em busca de uma alimentação saudável, a chef Paula Rosignoli, da Pra Lá de Bom Delicias Sem Glúten preparou uma receita nutritiva e saborosa: bisnaguinha de mandioquinha.

Dentre os diferenciais, a chef destaca as farinhas de painço e de amêndoas. “Esses ingredientes oferecem diversos benefícios para saúde, como, por exemplo, o bom funcionamento do intestino, a melhora do sistema digestivo e imunológico, saúde respiratória e aumento dos níveis de energia”, ressalta Paula.

Para aqueles que desejam saborear as bisnaguinhas de mandioquinha da chef Paula, elas são vendidas na Pra Lá de Bom Delicias sem Glúten, localizada em Santana (SP). Também integram o cardápio da padaria bolo de chocolate, brownies, bolo zebra (massa de cenoura mesclada com massa de chocolate), cookies de chocolate e cupcakes. Além dos doces, o público conta com diversas opções de pães, bolos, tortas, massas de pizzas, sem glúten, diet e sem alergênicos.

Os preços variam entre R$ 3,00 e R$ 200,00 e de acordo com a encomenda para serviços personalizados. Confira o passo a passo da receita a seguir:

Bisnaguinha de mandioquinha saudável

Bisnaguinha de mandioquinha

Ingredientes

Para o creme:
2 unidades pequenas de mandioquinha picada
1 ovo inteiro
1 gema de ovo
1 colher (sopa) de vinagre
4 colheres (sopa) de azeite
1 xícara (chá) de água
1 pitada de cúrcuma

Para os ingredientes secos:
3 colheres (sopa) de farinha de painço (50g)
4 colheres (sopa) de farinha de arroz (70g)
5 colheres (sopa) de polvilho doce (80g)
2 colheres (sopa) de fécula de batata (40g)
2 colheres (sopa) de farinha de amêndoas (30g)
2 colheres (chá) de goma xantana (10g)
1 colher (chá) de sal (5g)

Fermentação:
2 colheres (chá) de fermento biológico (7g)
2 colheres (chá) de açúcar demerara (10g)
5 colheres (sopa) de água morna (50g)

Para a Cobertura:
Chia a gosto
Mandioquinha crua a gosto

Modo de preparo

Fermentação:
Juntar os três ingredientes da fermentação e deixar por 5 minutos em lugar quentinho até ativar o fermento e ele espumar.

Creme:
Colocar todos os ingredientes no liquidificador e bater até formar um creme.

Secos:
Juntar todos os secos formando uma única farinha homogênea.

Juntar o creme nos secos e homogeneizar. Acrescente o fermento e misture bem.
Coloque em assadeira untada para bolinho ou cupcake. Cobrir com a chia.
Deixar fermentar por mais 15 minutos. Assar (200º) por 25 minutos.

bisnaguinha de mandioquinha 2

Fonte: Pra Lá de Bom – Rua Dona Luiza Tolle, 678, Santana (SP). Horário de funcionamento: de terça a sexta das 10h às 20h; aos sábados das 9h às 18h.

Chef funcional ensina receitas para deixar o lanche mais saudável

Hábitos saudáveis adquiridos na infância garantem mais qualidade na vida adulta. Ok, isso todo mundo sabe, certo? O grande desafio muitas vezes é colocar isso em prática. Mas se nem sempre é possível convencer os pequenos a trocarem a batata frita pela maçã, que tal oferecer um pão mais natural, e uma coxinha funcional?

Esta é a proposta da chef funcional Lidiane Barbosa, que ensina cada vez mais famílias a mudarem seus pratos levando alimentação saudável, sabores e paladares e, principalmente, seu conhecimento em relação àquilo que colocam na dispensa com o seu Projeto Crescer e Semear:

“O objetivo é despertar o olhar dos pais por meio das crianças para uma alimentação mais saudável, pois acredito que o que se aprende nos primeiros anos de vida levamos para a vida toda. A criança não vai sozinha ao supermercado, não tem o poder de decisão e nem paga conta. As crianças têm vontades, assim como os adultos, mas cabe a nós oferecermos as opções mais saudáveis, ensinando que podemos comer bolos, biscoitos e muitas guloseimas de uma forma natural e saudável”, afirma a nutricionista.

Lidiane garante que preparações integrais, sem glúten, sem leite, sem soja e, se houver a necessidade, sem açúcar também, podem ser muito saborosas. Confira abaixo três receitas que com certeza vão fazer sucesso na hora do lanche do seu filho.

Bolo de abóbora

bolo de cenoura

Ingredientes:
2 xícaras (chá) de abóbora cabotia crua ralada
½ xícara (chá) de óleo de girassol ou óleo de coco
3 ovos caipiras
1 xícara (chá) de açúcar mascavo
1 1/2 xícara (chá) de farinha de arroz integral ou farinha de trigo integral
½ xícara (chá) de coco ralado flocos grossos sem açúcar
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pitada de canela
Óleo de girassol e farinha de arroz para untar e polvilhar a forma

Modo de preparo:
Preaqueça o forno a 180 graus. Bata as claras em neve e reserve. No liquidificador, bata os demais ingredientes, com exceção do coco e do fermento. Coloque a massa no mesmo bowl das claras em neve e mexa delicadamente incorporando aos poucos. Acrescente o coco e o fermento. Leve ao forno por 40 minutos.

Pão de mandioquinha

pao de queijo.jpeg

Ingredientes:
3 xícaras (chá) de mandioquinha (ou tubérculo que tiver) cozida e amassada
½ xícara (chá) de azeite de oliva
1 ½ xícara (chá) de polvilho doce
1 xícara (chá) de polvilho azedo
1 colher (chá) de sal marinho moído
Água filtrada, se necessário, para dar liga

Preparo:
Faça um purê amassando a mandioquinha. Misture todos os ingredientes. Leve em forno preaquecido a 180 graus por 35 minutos.

Coxinha funcional com frango cremoso

coxinha funcional.jpg

Ingredientes

Massa
200 g de farinha de farinha de grão-de-bico
100 g de fécula de batata
350 ml de caldo de galinha caseiro (aquele que sobra do cozimento do frango)
2 colheres de sopa de óleo de coco
4 colheres de sopa de farinha de linhaça

Recheio
200 g de frango cozido e desfiado
3 colheres de sopa de molho de tomate caseiro
5 colheres de sopa de creme de tofu
Sal a gosto

Creme de tofu
200 g de tofu sem sal
4 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem
1 pedacinho de alho
1 colher de chá de açafrão em pó
Salsinha a gosto
Sal a gosto

Farinha funcional (para empanar)
100 g de quinoa em flocos
100 g de gergelim torrado
20 g de semente de linhaça
20 g de semente de chia

Montagem
Azeite de oliva, óleo de coco ou água

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes do creme de tofu no liquidificador e acerte o sal se necessário. Também no liquidificador, coloque para bater todos os componentes da farinha funcional. Reserve. Para o recheio, misture todos os ingredientes e reserve. Preaqueça o forno em temperatura média (180 ºC) por 5 minutos. Adicione a farinha de grão de bico e a fécula de batata peneirada aos poucos mexendo sempre, até formar uma massa homogênea. Triture a linhaça e adicione à massa. Ficará uma massa mais durinha que vai soltar do fundo da panela. Não cozinhe muito para que a massa não fique dura. Pegue um pouco da massa, abra na palma da mão e coloque uma porção do recheio. Modele as coxinhas, passe no azeite de oliva, óleo de coco ou água, empane-as na farinha funcional e leve ao forno, preaquecido, durante 20 a 25 minutos.

Chef Funcional Lidiane Barbosa

lidiane barbosa.jpg

Lidiane trocou uma especialização com foco na carreira jurídica pelo curso de técnicas em gastronomia na Escola de Restauració I Hostalatge, de Barcelona, em 2002. Não demorou muito para ela mergulhar de cabeça na gastronomia funcional. Fez pós-graduação e outras especializações na área. Em 2015, teve a oportunidade de expandir seus conhecimentos estudando na Le Cordon Bleu, em Paris. Estudou no Natural Gourmet Institute, em Nova York, Escola Jamie Oliver, em Londres e Matthew Kenney Culinary School em Venice Beach

Lidiane tem como “bandeira” a disseminação da comida “de verdade”, o uso de ingredientes integrais, frescos e orgânicos, incentivo ao produtor local, a utilização das plantas alimentícias não convencionais (PANCS) e a socialização por meio da comida. É também especialista em gastronomia sem glúten e sem outros alergênicos.

A chef é requisitada para consultorias a restaurantes e bistrôs pelo Brasil. No currículo, são 16 estabelecimentos em Belém, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Santa Catarina, São Paulo etc (lista completa abaixo). Ela também viaja o país comandando cursos e workshops de gastronomia funcional. Já foram mais de 400 cursos e palestras, 80 cidades e um total de mais de 40 mil alunos.

É autora das receitas do livro “Vó Leninha e … O Aniversário de Isabela”, primeira publicação brasileira com preparações funcionais voltada para crianças, em parceria com uma escritora de Santa Catarina

Presidente e Idealizadora do Projeto Crescer e Semear (desde 2015), realizado pela ONG – Instituto Alice Henrique de Campos Gonçalves, também presidido pela mesma, que só em 2018 está alcançado 4500 crianças, 50 merendeiras de 13 escolas públicas da cidade de Blumenau/SC.

 

 

Requeijão: origem + receita de creme de mandioquinha gratinado

requeijões tirolez

Saboroso, suave e muito cremoso. Essas são características dos requeijões Tirolez. Criado na década de 1950 pelo mineiro Moacyr de Carvalho Dias, após 600 tentativas para encontrar a receita perfeita, o requeijão hoje é um dos produtos mais queridos entre o público brasileiro. Seja na mesa do café da manhã, no lanche da tarde ou como ingrediente de receitas deliciosas, é o tipo de produto que não pode faltar na geladeira.

Produzido com base láctea, o requeijão Tirolez acompanha torradas, pães, lanches e ainda pode agregar sabor, cremosidade e prazer em diversas preparações culinárias, como tortas, massas, carnes, doces, entre outros. Além da versatilidade, o consumo de requeijão, dentro de uma alimentação balanceada, oferece diversos nutrientes importantes para o organismo, pois é uma ótima fonte de proteínas, fósforo e principalmente cálcio.

As embalagens copo, com 200g, podem ser encontradas nas versões tradicional, light, zero lactose e a + Fibras, que oferece maior teor de fibras, ajudando no funcionamento do intestino e no controle da saciedade. O produto, assim como a versão light, ainda apresenta redução de 64% de gorduras e 52% de calorias.

 

Para facilitar o uso em produções culinárias, a Tirolez também disponibiliza embalagens pouch, de 250g e 400g, e a bisnaga, de 1.8kg. Perfeitas para receitas, possuem sabor intenso, textura mais consistente e são capazes de resistir a altas temperaturas sem que a composição seja alterada.

Cremoso e muito saboroso, o requeijão Tirolez não tem adição de amido ou gordura vegetal, deixando o produto ainda mais leve, e com ótimo rendimento. Ele é o segredo de diversas receitas e ainda pode substituir outros ingredientes, como o creme de leite, no preparo de um strogonoff, ou até a maionese, em patês e molhos.

Que tal aproveitar para se deliciar com uma receita feita com o requeijão culinário Tirolez? Confira abaixo.

Creme de mandioquinha gratinado

Ingredientes
– 500 g de purê de mandioquinha (cozida e passada na peneira)
– 1 xícara (chá) de Creme de Leite Fresco Tirolez (200 ml)
– 1 colher (chá) de sal (4 g)
– ½ xícara (chá) de Queijo Parmesão Tirolez ralado (55 g)
– noz-moscada (preferencialmente ralada na hora)
– 6 colheres (sopa) de Requeijão Cremoso Tirolez (78 g)
– 1 colher (sopa) de açúcar (13 g)
– 1 cebola média em tiras finas (140 g)

Modo de fazer
Preaqueça o forno a 180 ºC. Em uma tigela, misture bem a mandioquinha, o creme de leite, o sal e 2 colheres (sopa) de queijo parmesão e adicione noz-moscada a gosto. Distribua metade da mistura em 6 tigelas refratárias individuais (9 cm de diâmetro x 4 cm de profundidade). Coloque 1 colher (sopa) de requeijão cremoso no centro de cada tigela, cubra com o restante do creme de mandioquinha e alise a superfície.
Em uma frigideira pequena, leve ao fogo o açúcar, mexendo sempre, até começar a caramelizar. Adicione a cebola e mexa até que fique levemente murcha e caramelizada. Distribua as cebolas nas tigelas e polvilhe com o restante do queijo parmesão. Coloque as tigelas em uma assadeira e leve ao forno por 15 minutos, ou até gratinar. Sirva quente como entrada ou acompanhando um filet mignon grelhado.

creme de mandioquinha gratinado

Rende de 4 a 6 porções.
Temos total de preparo = 30 minutos.

Dicas
– Se preferir, faça essa receita sem a cebola caramelizada.
– Utilize uma travessa de 30 cm x 20 cm.

Fonte: Tirolez