Arquivo da tag: mel

Gallo ensina receita de panqueca, berinjela e massa

A cozinha é um lugar de afeto, onde conseguimos demonstrar todo o nosso carinho, quer preparando uma receita especial ou mesmo as receitas do dia a dia. Pensando nisso, Gallo preparou para você, três sugestões de receitas para ajudar a deixar o seu fim de semana mais gostoso.

Panqueca com mel e azeite, berinjela grelhada e uma massa com muçarela de búfala. Opções para: café da manhã, almoço e jantar. Confira abaixo o passo a passo e bom apetite:

Panquecas com mel e azeite, acompanhada de salada de frutas

Ingredientes:
250g Farinha
2 Ovos
300ml Leite
75ml Azeite Gallo Extra Virgem Clássico
25g Mel
300g Salada de frutas

Modo de preparo:
Em uma tigela misture os ovos, o mel, o Azeite Gallo Extra Virgem Clássico, o leite e a farinha. Bata tudo até obter uma massa homogênea. Aqueça a frigideira antiaderente, coloque um fio de azeite e com auxílio de uma concha despeje uma porção da massa. Espalhe de forma uniforme por toda a superfície da frigideira. Quando ficar com uma textura mais consistente, vire de lado. Assim que ficar dourada, retire da frigideira e reserve. Repita o preparo com o restante da massa. Na hora de servir, regue a panqueca com um fio de mel e coloque a saladinha de frutas ao lado.

Dica do chef: regue a salada de frutas também com fio de Azeite Gallo Extra Virgem Clássico e perceba como os sabores se intensificarão.
Tempo de Preparo: rápido
Porção: 2 pessoas

Berinjela grelhada com queijo feta e ervas

Ingredientes:
Azeite Gallo Extra Virgem Reserva
Azeite Gallo Tipo Único
200g de queijo feta
2 berinjelas grandes
2 dentes de alho
Hortelã a gosto
Manjericão a gosto
Salsa a gosto
Sal a gosto
Cominho a gosto
Pimenta-do-reino moída a gosto

Modo de preparo:
Corte as berinjelas em fatias médias, coloque sal por cima de cada uma. Aqueça o Azeite Gallo Tipo Único em uma frigideira e grelhe as fatias de berinjela por cerca de 2 minutos de cada lado e reserve. Amasse o alho e coloque em uma vasilha, juntamente com a hortelã, manjericão, salsa, cominho, pimenta do reino moída, sal e misture bem. Em seguida adicione o Azeite Gallo Extra Virgem Reserva para fazer o molho e misturando novamente ao final.

Montagem:
Em uma travessa, disponha aleatoriamente as fatias de berinjela. Em cima de cada uma coloque uma fatia do queijo e regue com o molho de Azeite Gallo Extra Virgem Reserva e ervas.

Tempo de Preparo: 15-45min
Porção: 4 pessoas

Linguini com muçarela de búfala

Ingredientes:
4 colheres de sopa de Azeite Gallo Extra Virgem Reserva
300g de tomate cereja
3 dentes de alho picados
400g de massa linguini
Pão francês amanhecido ralado
Manjericão a gosto
300g de muçarela de búfala fresca
Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:
Preaqueça o forno a 190°C.Coloque o tomate cereja em uma forma.Polvilhe o alho picado e tempere com sal, pimenta e um pouco de manjericão. Logo em seguida, regue com o Azeite Gallo Extra Virgem Reserva. Enquanto isso, cozinhe a massa conforme as instruções da embalagem.Em uma frigideira, aqueça o Azeite Gallo Extra Virgem Reserva e junte o restante do alho, o pão ralado e o manjericão restante. Deixe fritar até que o pão esteja dourado. Após, adicione a massa cozida, os tomates e deixe ao fogo por mais 2 minutos. Por fim, coloque as fatias de muçarela, deixe derreter e regue com um fio de Azeite Gallo Extra Virgem Reserva.
Tempo de Preparo: Médio
Porção: 4 pessoas

Fonte: Gallo

Bio Mundo lança linha de composto de mel com diversos benefícios

Propostas para complementar a alimentação de um jeito mais saudável, opções são combinadas com nibs de cacau, própolis e eucalipto, malva ou romã

Conhecido como um super alimento, o mel é uma poderosa fonte de energia e antioxidantes. Composto de potássio, magnésio, cálcio, sódio, ferro, enzimas e vitaminas, entre outros nutrientes, é importante para uma alimentação saudável e balanceada. Além disso, possui também ação antiviral, antifúngica e antibacteriana, tornando-o um aliado para o sistema imunológico, sendo capaz de combater micro-organismos e protegendo o organismo de várias patologias.

Quando combinado com outros alimentos, também ricos em vitaminas e nutrientes, oferece ainda mais benefícios à saúde. Atendendo a isso, a Bio Mundo , franquia de alimentos naturais e saudáveis, lança uma linha de compostos de mel com quatro combinações diferentes – com nibs de cacau, com própolis e eucalipto, com própolis e malva e com própolis e romã. Confira os lançamentos e seus benefícios abaixo:

Composto de mel com nibs de cacau

Fonte de antioxidantes que atuam no retardo do envelhecimento precoce da pele e na prevenção de doenças do coração. O mel e o cacau possuem propriedades que ajudam a proteger o coração e a manter a pele saudável. Pode ser consumido com iogurtes, saladas de frutas e sorvetes.

Composto de mel com própolis e eucalipto

Auxilia no fortalecimento do sistema imunológico e possui ação expectorante. O própolis e o eucalipto possuem funções estimulantes de anticorpos, ou seja, estimulam a produção dos mesmos, fortalecendo o corpo e aumentando sua resistência contra doenças e infecções. Pode ser tomado junto a chás e outras bebidas quentes.

Composto de mel com própolis e malva

Auxilia no fortalecimento do sistema imunológico, possui ação descongestionante e contribui para melhora da sinusite. Esse resultado acontece pois os ingredientes juntos dão forças ao organismo para combater doenças virais e aumentam a imunidade do corpo.

Composto de mel com própolis e romã

Auxilia na melhora da imunidade, possui ação anti-inflamatória e pode auxiliar em quadros de dores de garganta. A Romã é uma fruta rica em vitamina C, proteínas, vitamina K, ácido fólico, potássio e fibras, e ainda possui ácido elágico que atua como antioxidante e anti-inflamatório, ajudando em quadros de dores de garganta. Além disso, auxilia também no processo de detox, promovendo a eliminação de toxinas do organismo e contribuindo para o bom funcionamento do corpo.

Informações: Bio Mundo

Cinco alimentos que ajudam a melhorar a imunidade no inverno

Nutricionista explica quais frutas e oleaginosas priorizar para manter o bem estar durante os dias mais frios do ano

O inverno começou, e com a chegada dos dias frios e secos, certos cuidados se mostram mais necessários, desde a hidratação do corpo à alimentação, que pode ser uma importante aliada na melhora do sistema imunológico. Para combater doenças como gripes, resfriados e outras doenças respiratórias, Cyntia Maureen, nutricionista da Superbom, marca pioneira na produção de alimentos saudáveis, separou grupos alimentares ricos em nutrientes como vitamina C, fibras, cálcio e magnésio. A profissional explica:

“O frio é conhecido por diminuir a imunidade e, com isso, nosso organismo fica mais propenso aos vírus. Associar uma boa alimentação com outras práticas como exercícios físicos, consumo adequado de água e uma boa rotina de sono podem ser a resposta para aqueles que querem evitar os famosos sintomas – corizas, dores no corpo e fadiga – que as doenças da estação trazem. E não é nenhum bicho de sete cabeças: com uma simples ida ao supermercado conseguimos encontrar todos esses alimentos.”

Abaixo, a nutricionista da Superbom separou cinco alimentos conhecidos por darem aquele “up” na imunidade. Confira:

• Laranja: A laranja e outras frutas cítricas como tangerina, kiwi e limão, são ricas em vitamina C. “O nutriente é conhecido por atuar diretamente nas nossas células de defesa e combater os causadores de doenças, fortalecendo o sistema imunológico”, comenta Cyntia. A profissional continua: “a laranja ainda contribui no retardo do envelhecimento e prevenção da anemia, podendo ser consumida in natura ou até mesmo em sucos e geleias. Para os dias mais frios, seu consumo diário é mais do que indicado”.

• Aveia: Uma das queridinhas do café da manhã, a aveia é rica em fibras responsáveis por otimizarem o sistema imunológico, além de dar mais energia e melhorar o humor. “Começar o dia com esse cereal é a pedida certa para o inverno. Para deixá-lo ainda mais gostoso e nutritivo, é válido preparar os famosos bowls de frutas para uma refeição completa logo ao acordar”, acrescenta a nutricionista. A aveia ainda é rica em zinco, cobre, ferro, cálcio e magnésio.

• Mel com própolis: O mel, além de ser uma ótima opção de adoçante para aqueles que estão evitando o açúcar, ainda traz benefícios como características antimicrobianas e atuação nas vias respiratórias. Junto do própolis, ele conta com soluções antibacterianas, antivirais e anti-inflamatórias, sendo ideal para os dias mais frios. Cyntia explica: “o melhor do mel com própolis está em sua praticidade: vendido em pequenas embalagens, eles podem ser facilmente transportados para a rua, escola e trabalho. Uma ótima opção para aqueles que desejam optar por remédios naturais”.

Pixabay

• Castanha-do-pará: A oleaginosa é rica em selênio, antioxidante que combate os efeitos danosos dos radicais livres. Já para o fortalecimento do sistema imunológico, seus nutrientes como vitamina E, cálcio e magnésio, fazem o trabalho. “Além disso, a castanha-do-pará ainda é uma excelente fonte de energia e favorece a saúde do coração. Sua dose diária recomendada é entre uma e duas unidades, ou seja, um pequeno pacote chega a durar uma semana em ambientes arejados. Com todos os benefícios que a oleaginosa proporciona – junto do fato de ser rica em gorduras boas -, vale a pena o investimento”, aconselha a profissional.

• Sopas quentes: “Essa é um clássico na casa das avós”, brinca Cyntia. Ela explica que os alimentos quentes, como as sopas ao final do dia, são perfeitos para aqueles que estão com sintomas de gripe e/ou resfriado já que aumentam o fluxo de secreções nasais, ajudando a aliviar os sintomas das doenças. “Abóbora com gengibre, feijão e o famoso caldo verde são ótimas opções de receitas para aqueles que estão se sentindo indispostos. Uma dica é caprichar no alho na hora do preparo pois o tempero, além de saboroso, é rico em vitamina A e C que vão favorecer o funcionamento do sistema imunológico”.

Confira abaixo algumas opções disponíveis no catálogo da Superbom para o fortalecimento do sistema imunológico:

Suco de Tangerina Integral 1L


O suco de tangerina da Superbom Integral é um suco 100% fruta, sem adição de açúcares ou conservantes. Dessa forma, o suco de tangerina Superbom é visto pelos nutricionistas como uma bebida saudável rica de vitamina C que agrega na dieta.

Geleia de Frutas Vermelhas com Chia


A geleia de frutas vermelhas dá um toque especial aos pratos doces. Além disso é fonte de fibras solúveis, portanto importante na atuação reguladora do intestino. E para aqueles que praticam atividades físicas, também são excelentes fontes de energia. Geleia 100% fruta de frutas vermelhas com chia.

Mel com Própolis


O Mel de Própolis natural é elaborado pelas abelhas a partir do néctar das plantas com a adição de própolis. Composto por vários tipos de açúcares, sendo os principais açúcares a glicose e frutose: 32% de glicose e 38% de frutose (média). Esses açúcares são responsáveis por cerca de 85% do teor de sólidos do Mel, o teor de umidade também varia muito de acordo com a florada e com a época do ano, podendo chegar a 20%.

Granola Premium 500g


A Granola Premium da Superbom é um mix de cereais composta por frutas secas, grãos, oleaginosas e adoçantes naturais. É um preparo que concentra carboidratos, lipídios, fibras, alto conteúdo de vitaminas A, D e E. Muito baixo em sódio, fonte de fibras, isento de gorduras trans. O resultado disso, é a melhora dos casos de prisão de ventre, redução do colesterol e da incidência de câncer no intestino. Sem contar que seu bom funcionamento dá maior disposição e proporciona uma pele mais bonita. A granola também é uma aliada na luta contra o envelhecimento, já que os minerais presentes, em especial selênio e zinco, são antioxidantes e ajudam a manter as células sempre jovens. Assim sendo, a Granola Premium é uma excelente opção para compor cardápios matinais e fortalecer o seu dia.

Fonte: Superbom

Bolo de mel com camadas de paçoca é de dar água na boca

Esta receita é daquelas que só de ler o nome já dá água na boca. Para deixar o fim de semana delicioso, a rede Divino Fogão ensina a preparar bolo de mel com camadas de paçoca. Veja o passo a passo abaixo e se prepare para receber os elogios.

Bolo de Mel com Camadas de Paçoca

Ingredientes:

Massa:
3 xícaras de farinha de trigo
1/2 de xícara de açúcar mascavo
5 colheres de mel
1/2 xícara de manteiga sem sal
2 ovos inteiros
2 colheres de fermento em pó

Para o recheio:
400 g de iogurte natural
½ caixinha de creme de leite
½ xícara de açúcar refinado
3 colheres de mel
½ saquinho de gelatina em pó sem sabor
2 colheres de água

Decoração: paçoca 200g

Modo de preparo da massa:
Derreta a manteiga em banho-maria junto com o açúcar mascavo e o mel. Assim que estiver derretido, reserve até ficar morno. Bata bem os ovos com ajuda de um fouet e quando a manteiga com açúcar estiver morna, adicione-as aos poucos, misturando sem parar. Em seguida, misture o fermento em pó. Por último, acrescente a farinha de trigo peneirada, aos poucos.
Quando a massa estiver bem consistente e não for possível mexer com um fouet, misture com a ponta dos dedos até formar uma bola de massa homogênea. Esse bolo tem uma massa mais pesada, parecida com a de um biscoito.
Divida a massa em 10 pedaços iguais e abra cada parte da massa sobre folhas de papel-manteiga, com ajuda de um rolo enfarinhado, até ficar bem fina, mas sem quebrar.
Faça círculos com ajuda de um prato raso. É importante que todos os pedaços de massa fiquem iguais para o seu bolo não desmontar.
Coloque os discos de massa em uma assadeira, quantos couber.
Leve para assar em forno preaquecido a 200º C por aproximadamente 5 minutos. Fique atento para que a massa fique bem douradinha dos dois lados. Repita isso com todos os círculos.
Deixe os discos esfriarem enquanto você prepara o recheio.
Junte as massas que sobrarem no corte dos círculos e abra com o rolo. Não importa o formato: só precisam estar bem finas também. Asse-as por último e reserve. Elas servirão para decorar o bolo.

Modo de preparo do recheio
1ª parte: Recheio
Na batedeira, coloque o iogurte sem sabor junto com o creme de leite. Bata bem até obter um creme fofinho e volumoso. Adicione o mel e o açúcar e misture bem. Reserve 2/3 do recheio.
2ª parte: Cobertura
Em uma panela pequena, coloque a gelatina e a água e misture bem. Leve ao fogo baixo até que a gelatina tenha se dissolvido.
Em seguida, acrescente-a ao 1/3 do creme. Essa será a cobertura. Espere esfriar para cobrir o bolo.
Montagem do bolo:
Em um prato para bolo, coloque um disco da massa e cubra-o com o Recheio. Repita isso com todos os círculos. Coloque a cobertura e polvilhe a paçoca por cima e nas laterais. Se quiser, pode jogar um fio de mel por cima para finalizar.

Dica do chef: lembra daquela massa que sobrou? Sirva com café ou decore a parte de cima do bolo, como preferir.
Tempo de Preparo: 50 minutos.
Rendimento: 8 a 10 porções.
Fonte: Divino Fogão

Aprenda a preparar Nissin Espaguete com carne seca, requeijão e mel

Você já imaginou preparar um espaguete saboroso em apenas cinco minutos? Com o espaguete instantâneo da Nissin é possível. Versátil, o Nissin Espaguete não vem com o sachê, comum nos outros produtos da empresa, deixando ao consumidor a oportunidade de desenvolver por completo o seu prato.

Para divulgar o produto, que serve até seis porções, a marca preparou uma nova e deliciosa receita com carne seca, requeijão e mel. Abaixo, todos os detalhes:

Nissin Espaguete com Carne Seca, Requeijão e Mel

Ingredientes
1 pacote de Nissin Espaguete (500g)
350g de carne seca (retirado o sal e desfiada)
1 cebola média cortada em tiras
3 dentes de alho picados
1 copo de requeijão cremoso
100ml de leite
100ml óleo vegetal
½ xícara (chá) de cebolinha cortada em rodelas
½ xícara (chá) salsinha picada
100g queijo ralado grosso
2 colheres (sopa) de mel

Modo de Preparo

Molho de carne seca e requeijão: em uma frigideira grande aqueça o óleo e refogue a cebola até ficar transparente. Acrescente o alho e a carne seca desfiada e refogue por mais 5 minutos. Adicione o requeijão e o leite e espere levantar fervura. Desligue o fogo e acrescente a salsinha e a cebolinha.

Nissin Espaguete (500g): prepare o Nissin Espaguete (500g) de acordo com as instruções no verso da embalagem.

Montagem do Prato: coloque o Nissin Espaguete (500g) em uma travessa com molho de carne seca e requeijão e misture. Salpique o queijo ralado e regue com o mel por cima, sirva em seguida.

Dicas:
Preparo da carne seca: primeiro retire o sal colocando a carne seca de molho em água na geladeira por 12 horas, troque a água por 3 vezes no mínimo. Após a retirada do sal cozinhe a carne seca até que ela fique macia, em seguida desfie.

Fonte: Nissin

População não sabe o que fazer em caso de queimadura, revela pesquisa

Atitude da vítima nos primeiros momentos após acidente pode determinar sucesso de todo o tratamento

Por ano, mais de um milhão de brasileiros sofrem algum tipo de queimadura. Destes, apenas 100 mil procuram atendimento médico e 2,5 mil morrem por complicações causadas pelo acidente. Um estudo recente realizado no Colégio Positivo, em Curitiba (PR), alerta para os riscos de complicações no tratamento de queimaduras, por conta da desinformação.

A pesquisa foi realizada pelas estudantes Rafaela Bernardi Rizotto e Rebecca Nogueira Veloso para um trabalho científico sobre enxerto de pele e apresentado em março de 2021 na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), da Universidade de São Paulo (USP). Foram entrevistadas 400 pessoas, sendo que mais da metade (50,5%) delas possui grau de instrução superior completo e 57,8% já sofreram algum tipo de queimadura.

Foto: Justaboutskin

O dado mais alarmante é que 39% dos entrevistados afirmaram que não procurariam cuidados médicos. “Muitas vezes, a desinformação chega a ser pior que a própria queimadura, pois os primeiros cuidados devem ser rápidos e precisos para aumentar o índice de sucesso do tratamento e reduzir o risco de complicações”, afirma a coorientadora do estudo, Irinéia Inês Scota, que é coordenadora de Pesquisa Científica e Empreendedorismo do Colégio Positivo.

Das pessoas que não buscariam cuidado médico, 16% afirmaram que se automedicariam com remédios já existentes em casa ou recomendados por conhecidos; 9,3% fariam uso de produtos não-convencionais caseiros e 3,8% disseram que procurariam informações on-line sobre como proceder. Entre os métodos caseiros citados, destacaram-se o leite materno (3,5%), creme dental (3,3%) e o óleo de cozinha (2,3%).

Segundo o estudo, a falta de informação pode elevar a taxa de mortalidade nos casos de queimaduras. “Os familiares e socorristas podem, na maioria das vezes, salvar vidas prestando corretamente os primeiros socorros às vítimas, evitando a automedicação e o uso de substâncias caseiras”, afirma Rafaela Rizotto. O presidente da Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), José Adorno, ressalta que o primeiro cuidado com o ferimento é fundamental para o sucesso do tratamento.

“Qualquer substância que seja passada sobre a pele queimada vai irritá-la e pode fazer com que a queimadura piore, inclusive evoluindo de um grau para outro. Há também o alto risco de infecção por bactérias, fungos e vírus presentes nesses produtos, já que a barreira natural do organismo – a pele – está danificada”, esclarece.

De acordo com Adorno, o tratamento vai depender da gravidade da ferida, localização, profundidade, extensão, presença ou não de infecção, agente causador da queimadura, estado nutricional do paciente, idade e presença de doenças crônicas degenerativas. No entanto, antes de chegar ao hospital ou unidade de saúde, algumas medidas simples podem ajudar a aliviar a dor e conter o ferimento.

O que fazer

A orientação da Sociedade Brasileira de Queimaduras é que, imediatamente após o acidente, deve-se resfriar o local com água corrente; retirar acessórios (como anéis, colares, relógios etc), pois o corpo incha naturalmente após uma queimadura e esses objetos podem ficar presos; tomar comprimido analgésico para o alívio da dor; cobrir o ferimento com pano ou toalha limpa e dirigir-se à emergência (UPA) ou chamar socorro médico (SAMU). Não é indicado o uso de gelo nas lesões, furar as bolhas, tocar a área afetada com as mãos ou utilizar qualquer produto no local sem orientação médica.

O cirurgião plástico Luiz Henrique Calomeno informa que mais de dois terços dos acidentes com queimaduras acontecem dentro de casa e, por isso, houve um aumento considerável de casos durante a pandemia. “As pessoas estão cozinhando mais e com o agravante do uso indiscriminado de álcool em gel em altas concentrações, que são ainda mais inflamáveis”, alerta. Ele aconselha que, dentro de casa, seja dada preferência à lavagem de mãos com água e sabão, para diminuir o risco de acidentes.

Outro agravante, segundo Calomeno, é que muitas pessoas não procuram cuidados médicos por pensar que não terá atendimento por conta da alta ocupação hospitalar nessa época ou ainda com medo de se infectar com a Covid-19 dentro das unidades de saúde ou hospitais. “As queimaduras estão dentro do hall de emergências que serão sempre atendidas, independente de pandemia ou não”, assegura o cirurgião.

Novas técnicas medicinais para o tratamento de queimaduras no Brasil

Enxertos sintéticos vêm sendo estudados e testados para cobrir temporariamente áreas da pele afetadas por grandes queimaduras. Eles protegem contra infecções e perda de líquidos e podem ser apresentados em forma de spray, gel, espuma ou membrana. É o caso da pele de tilápia e do mel de abelhas, que foram estudados pelas jovens curitibanas.

Rebecca Nogueira Veloso e a pele de tilápia utilizada para fazer enxertos

O trabalho mostra que a pele da espécie de peixe tilápia possui características e morfologia semelhantes à pele humana, mas com cicatrização mais rápida – de 16 dias, em vez de 21. Com maior aderência à ferida, evita contaminação externa e desidratação, além de demandar trocas menos frequentes do curativo. A pele de tilápia pode ser deixada sobre a ferida por dias e, conforme a situação, até a cicatrização completa, o que pode reduzir o sofrimento do paciente. A técnica também tem um custo mais baixo se comparada aos demais tratamentos.

Rafaela Bernardi Rizotto, aluna do Colégio Positivo

Outro componente que vem sendo utilizado para tratar queimaduras é o mel (de grau médico, orgânico, livre de toxinas e esterilizado). Apresentado nas formas de tubo, gel e curativos, possui efeito antibactericida, cicatrizante e ainda diminui o edema local e a cicatriz. As estudantes pesquisaram que o tratamento com mel de abelha pode substituir os antibióticos tópicos, pois promove a formação de novos vasos sanguíneos e estimula as células do sistema imune. Além de ser natural, possui baixo custo.

Fonte: Colégio Positivo

Pele saudável no verão: saiba quais os melhores alimentos para manter o rosto hidratado

Calor intenso pode causar aumento da oleosidade, perda de nutrientes e ressecamento severo da derme

O verão chega no fim deste mês, pouco antes do Natal. Trata-se da época do ano em que os dias são mais longos e as noites mais curtas. A exposição ao sol, porém, demanda cuidados redobrados com a pele.

A nutricionista Ellen D’arc, da Bio Mundo, indica alguns alimentos que promovem a manutenção da derme, uma vez que todos os tipos de pele estão sujeitos a alterações quando os termômetros marcam temperaturas altas. “O excesso de transpiração promove a perda de nutrientes importantes. Para repor, além da ingestão de alguns ingredientes naturais, eles também podem ser usados de forma tópica e trazer bons resultados”, afirma Ellen.

Para conter a oleosidade

Em dias mais quentes é comum que o corpo produza mais suor e o rosto fique com aquele brilho que incomoda muita gente. “Alguns ingredientes naturais encontrados na maçã en o pepino têm poderes adstringentes e oferecem limpeza para o rosto, além de serem extremamente benéficos para quem tem acnes, inclusive”, explica a especialista.

Além disso, a fruta promove a hidratação perfeita na hora de repor a água da pele e ficar longe dos óleos. Já o pepino tem propriedades clareadoras, ideal para diminuir a vermelhidão do sol e, de quebra, amenizar as olheiras. Ambos podem ser usados em rodelas ou terem extraídos o suco para aplicar com um algodão sobre a face higienizada.

Rosto seco nunca mais

Pexels

Se engana quem pensa que a pele seca leva vantagens diante do sol forte, isso porque, por ser mais sensível, há maior possibilidade de descamação, ressecamento acentuado e em situações mais graves até feridas. Para manter a cútis saudável e com um aspecto bonito, mel e aveia são bons itens para serem associados às máscaras faciais caseiras, já que suas propriedades altamente hidratantes atingem camadas profundas da derme.

“Outra vantagem é o poder anti-inflamatório, que ajuda na cicatrização de feridas e até a diminuir as linhas de expressão”. A hidratação do mel é proveniente das moléculas de açúcar, já a aveia possui grânulos perfeitos para uma esfoliação leve, podendo ser combinados entre si para potencializar os resultados.

Esfoliação natural

Uma superdica para limpar a pele é a esfoliação natural. A esfoliação com mel e açúcar além de limpar, promove a sua hidratação. Basta misturar uma colher de sopa de mel com uma colher de açúcar em um recipiente e depois aplicar no rosto em movimentos circulares suaves. Deixar agir por 10 minutos e remover com água.

Pele normal também precisa de cuidados

A pele normal também exige alguns cuidados e manutenções específicos. Mesmo que ela tenha um bom nível de hidratação, o uso de produtos inadequados pode causar alterações e desencadear aumento do suor ou ressecamento. O iogurte é um grande aliado nesses momentos por possuir ácido lático na fórmula. Ele é capaz de hidratar, combater os efeitos da poluição na pele e reduzir os poros.

“É um alimento abundante em proteínas essenciais, cálcio, vitamina B2, B12 e D” informa a profissional. Uma ótima dica é espalhar uma camada bem grossa sobre a pele limpa e deixar agir entre 15 a 20 minutos, isso irá promover uma limpeza suave e desobstruir os poros.

Fonte: Bio Mundo

Cinco alimentos que fortalecem o sistema respiratório

Nutricionista explica quais nutrientes atuam no bom funcionamento pulmonar

Com o atual cenário do novo coronavírus, somado à queda de temperatura, que favorece o aparecimento de alguns problemas respiratórios como sinusite, rinite e gripes, é preciso ficar ainda mais atento quanto à saúde pulmonar. “Poucos sabem, o bom funcionamento do pulmão está fortemente ligado a uma boa alimentação e outros hábitos saudáveis”, explica Jessica Santos, nutricionista da Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis.

Pesquisas realizadas pela Universidade de Harvard, apontam que as pessoas mais afetadas por problemas respiratórios possuem deficiências de determinados nutrientes, como vitaminas C e E, além de ácidos graxos. Por isso, a especialista selecionou alguns alimentos que agem no fortalecimento do sistema respiratório. Confira abaixo:

mel pexels
Pexels

Mel: o alimento apresenta vários nutrientes como vitaminas e minerais, além de ter flavonoides, que produzem ações antioxidantes e anti-inflamatórias no organismo, amenizando a tosse e irritação na garganta. “Apesar de seus inúmeros benefícios, pessoas com diabetes precisam consumir com cautela por ser calórico e rico em glicose”, afirma.

gengibre

Gengibre: a raiz é eficaz no combate aos vírus e às bactérias de gripes e resfriados por possuir propriedades anti-inflamatórias eficazes na “limpeza” pulmonar, aliviando os sintomas de doenças respiratórias leves e facilitando a respiração. “O gengibre pode ser incluído em sucos e chás, para potencializar os benefícios para a saúde e ter ao mesmo tempo bebidas saborosas”, sugere.

tangerina pixabay
Pixabay

Tangerina: a fruta cítrica é rica em vitamina C, responsável pelo aumento da imunidade e fortalecimento dos alvéolos pulmonares. Além da fruta in natura também é possível apostar no suco de tangerina.

linhaça

Linhaça: tem ação emoliente sobre as mucosas, aliviando sintomas de problemas respiratórios, como nariz entupido e coriza. “Pode ser usada em diversas receitas, desde sucos até bolo”, esclarece.

3d9ee-alho-gadini-pixabay

Alho: rico em vitaminas do complexo B e sais minerais antioxidantes, como zinco e selênio, age na prevenção de infecções por bactérias, fungos e vírus, por isso é um poderoso aliado para evitar doenças respiratórias e aliviar os sintomas.

Sugestão de produtos

Méis Superbom

mel

Linha de méis da Superbom, disponíveis no tipo orgânico (330g), tradicional (330g) e composto em tubetes (200g) de eucalipto, geleia real e própolis. Ricos em nutrientes que trazem benefícios para a saúde, todos ajudam a fortalecer o sistema respiratório.

Suco de tangerina

tangerina

O suco de tangerina da Superbom Integral é um suco 100% fruta, por isso conservar o sabor da fruta tem o valor energético da vitamina C, que ajuda a prevenir inflamações no sistema respiratório.

Fonte: Superbom

Cinco fatores que podem baixar a imunidade

Estresse e má alimentação estão entre os causadores do enfraquecimento do sistema imunológico

O nosso corpo está em constante contato com microrganismos causadores de doenças como vírus e bactérias. Entretanto, o que determina se haverá uma contaminação ou não é o sistema imunológico, responsável pela defesa do nosso organismo. Estar com a imunidade baixa significa que este sistema está enfraquecido, portanto mais vulnerável à doenças e infecções.

Agora, com a pandemia do novo coronavírus, é ainda mais necessário fortalecer o sistema imunológico, evitando gripes, resfriados e outras doenças que necessitem de acompanhamento médico. Para ajudar, a nutricionista da Superbom, Jessica Santos, elencou cinco causas que diminuem a imunidade:

• Estresse

fim de ano natal estresse
Em situações de alto estresse o eixo hipotálamo-hipófise é ativado no cérebro, essa parte estimula os glicocorticoides, hormônios capazes de inibir a produção de fatores importantes para o bom funcionamento do sistema imunológico como as citocinas. “É recomendado a prática de exercícios físicos e boas noites de sono com, pelo menos, 7 horas dormidas para evitar quadros de estresse”, sugere.

• Má alimentação

carne de porco gordura pixabay
Pixabay

“Uma dieta com excesso de gorduras saturadas, sal e açúcar prejudica o bom funcionamento das células e comprometem suas funções, podendo levar ao aumento de infecções e outras doenças sistêmicas como hipertensão, diabetes e obesidade, que dificultam a ação do sistema imunológico”, explica.

• Falta de nutrientes

mulher comendo salada de frutas botswana youth
Botswanayouth

Uma má alimentação também representa falta de nutrientes e enfraquece a imunidade. A especialista afirma que para fortalecer o sistema imunológico é necessário a ingerir alimentos ricos em ferro, cálcio, zinco, vitaminas A, C, D e E e complexo B, como frutas, legumes, verduras, mel e oleaginosas, além de beber muita água.

• Álcool

mulher-bebendo-vinho
Foto:edmontonfetalalcoholnetworkorg

O consumo prolongado de bebidas alcoólicas causa danos ao fígado, hipertensão, além de inibir as respostas imunológicas do organismo, deixando-o mais vulnerável a ação de vírus e bactérias. “Isso acontece porque o álcool pode sobrecarregar o fígado, já que o órgão só consegue metabolizar em média uma dose de bebida por hora. Na tentativa de retomar o seu funcionamento normal, o organismo trabalha em dobro e os mecanismos de defesa podem não suportar essa carga, tendo como consequência, a queda da imunidade”, esclarece.

• Hábito de fumar

mulher quebrando cigarro fumo tabaco
O cigarro também pode gerar danos às diversas células do organismo e inflamações, entre elas estão a flora nasal e a bucal, que são responsáveis por evitar a entrada de vírus e bactérias no organismo.

Sugestão de produtos para evitar a queda da imunidade

Mel Superbom

mel
Linha de méis da Superbom, disponíveis no tipo orgânico (330g), tradicional (330g) e composto em tubetes (200g) de eucalipto, geleia real e própolis. Ricos em nutrientes que trazem benefícios para a saúde, todos ajudam a evitar a queda de imunidade.

Granola

granola
A Granola Premium da Superbom é um mix de cereais composta por frutas secas, grãos, oleaginosas e adoçantes naturais, além de ser rica em vitaminas A, D e E, fatores que contribuem para manter a imunidade em alta.

Suco de Tangerina Integral Superbom

tangerina
O suco de tangerina da Superbom Integral é um suco 100% fruta, feito especialmente para quem deseja ter uma vida mais equilibrada. Saboroso, o suco de tangerina é uma bebida saudável feita a partir de frutas selecionadas que oferecem a doçura característica da tangerina somada ao valor energético da vitamina C.

Fonte: Superbom

Como fazer uma esfoliação caseira e quais os benefícios

Especialista fala sobre o procedimento, cuidados e benefícios

Muita gente não sabe, mas a pele é o maior órgão do corpo humano e, assim como os demais, exige cuidados para manter-se saudável. De acordo com Ângela Coelho, esfoliar a pele faz toda a diferença, já que ela não só remove os restos de pele morta e impurezas, como ajuda a manter renovada e a deixa sempre macia.

Ainda segundo a especialista, o ideal é que a esfoliação seja feita pelo menos uma vez por semana. “Esfoliar a nossa pele tem vários benefícios. Hoje existem vários produtos para isso, mas a esfoliação caseira, para mim, ainda é uma das melhores. Além de usarmos produtos mais naturais, ela é super em conta”, esclarece.

Esta receita de esfoliação caseira pode ser aplicada em todos os tipos de pele, e você vai precisar apenas de açúcar mascavo e mel.

esfoliação com mel

1º passo: higienize a área que vai ser esfoliada com um sabonete específico para o seu tipo de pele; em seguida, enxague bem.
2ª passo: em um recipiente limpo, misture uma colher (sopa) de açúcar mascavo e uma colher (sopa) de mel.

mulher usando esfoliante pinterest
Pinterest

3º passo: com a ajuda do dedo anelar ou uma espátula, passe a mistura na região e massageie suavemente em movimentos circulares. Se você estiver esfoliando o rosto, de uma atenção especial para o nariz, testa e queixo.
4ª passo: enxague em água abundante.
5ª passo: finalize o processe com um hidratante para o seu tipo de pele.

Pronto. Além do rosto, você pode esfoliar o corpo todo, incluindo mãos e pés, mas cuidado para não exagerar.

“Essa é uma esfoliação leve, delicada, então cuidado para não usar muita força na hora da aplicação, isso pode causar irritação na pele, principalmente nas mais sensíveis. O mel atua na nossa pele como hidratante, antibactericida e cicatrizante. Já o açúcar é um ótimo hidratante, e suas partículas ajudam na esfoliação. São produtos naturais, mas precisamos tomar cuidado sempre”, finaliza a esteticista.

Fonte: Ângela Maria Coelho é formada em estética e cosmética pela Faculdade Opet, é licenciada Patrícia Guimarães no método Renata Franca, em microagulhamento e peelings químicos. Para mais informações sobre a profissional, acesse a página oficial no Facebook e Instagram.