Arquivo da tag: melão

Frutas da época: aprenda receitas com amora, ameixa, manga e melão

Novembro é o mês em que muitas frutas estão em alta e podem ser aproveitadas, com um bom custo benefício no preparo de receitas. Alguma delas, no entanto, nem sempre vem à mente na hora do cozimento, como é o caso da amora, ameixa, manga e melão. Todas são ingredientes que garantem um sabor rico tanto em sobremesas quanto em pratos salgados. Pensando nisso, o Time de Receitas Nestlé criou uma lista de receitas para incluir a fruta da época no seu cardápio. Veja abaixo:

Salada de Frango com Melão e Lima da Pérsia é um prato refrescante, saboroso e fácil de preparar. Além usar ingredientes deliciosos da época. Receita de Marcelo Resende – aqui o vídeo.

Ingredientes
Molho:

1 pote de Iogurte Nestlé Natural Integral
2 colheres (sopa) de mel
3 colheres (sopa) de suco de lima da Pérsia
2 colheres (sopa) de manjericão
meia colher (sopa) de sal

Salada:
8 folhas de alface crespa, em tirinhas
2 xícaras (chá) de frango grelhado em cubos
2 xícaras (chá) de melão orange em cubos
2 limas da Pérsia em gomos
lascas de queijo parmesão

Modo de preparo
Molho:

Em um recipiente, misture o Iogurte Nestlé, o mel, o suco de lima da Pérsia, o manjericão e o sal. Reserve.
Salada:
Em um prato de servir, disponha a alface o frango, os cubos de melão e os gomos de lima da Pérsia. Regue com o molho de Iogurte reservado. Acrescente as lascas de parmesão e sirva a seguir.

Dica: o melão pode ser trocado por pera, e a lima da Pérsia por laranja lima.

Para quem busca uma sobremesa saborosa para compartilhar com a família o Bolo Quente de Chocolates e Amora é uma ótima opção. Receita de Sheila Oliveira, veja o vídeo aqui.

Ingredientes
Bolo:

1 pote de Iogurte Nestlé Natural Desnatado
1 lata de Nestlé Creme de Leite
1 xícara (chá) de açúcar
3 gemas
1 xícara (chá) de Chocolate em Pó Nestlé Dois Frades
1 e meia xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
3 claras

Calda:
2 xícaras (chá) de amoras congeladas
meia xícara (chá) de suco de laranja
2 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (chá) de amido de milho

Modo de preparo
Bolo:

Em uma batedeira, bata o Iogurte Nestlé, o Nestlé Creme de Leite, o açúcar e as gemas até obter uma massa fofa. Acrescente o Chocolate em Pó Dois Frades, a farinha de trigo, o fermento e o bicarbonato peneirados, misturando bem. Bata as claras em neve e junte-as à mistura anterior, mexendo com cuidado. Despeje a massa em uma assadeira grande (26 cm x 38 cm) untada manteiga e polvilhada com farinha de trigo e leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 35 minutos, até que, espetando uma faca no centro do bolo, ela saia limpa. Espere até ficar morno e corte em quadrados.
Calda:
Em uma panela, coloque todos os ingredientes e leve ao fogo, mexendo sempre até engrossar ligeiramente. Sirva fria com o bolo.

Dica: se preferir, você pode servir o bolo frio.

Torta Tropical Moça é a sobremesa para os amantes de manga. Com um visual muito atrativo, essa receita é fácil de preparar e rende até quatorze porções. Receita de Sheila Oliveira, veja o vídeo aqui.

Ingredientes
Massa:

1 pacote de Biscoito Tostines Maisena , triturado
100 g de manteiga

Recheio:
meio envelope de gelatina em pó sem sabor (6 g)
2 mangas picadas
1 lata de Leite Moça
4 colheres (sopa) de suco de limão

Finalização:
1 manga em fatias

Modo de preparo
Massa:

Em um recipiente, misture o Biscoito Tostines e a manteiga, até formar uma massa homogênea. Forre o fundo e as laterais de uma fôrma de aro removível (22 cm de diâmetro) e leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 15 minutos ou até dourar. Reserve.
Recheio:
Em um recipiente, misture a gelatina em pó sem sabor com 5 colheres (sopa) de água e leve ao fogo, em banho-maria, para dissolver. Em um liquidificador, junte as mangas, o Leite MOÇA, o suco de limão e a gelatina dissolvida e bata até obter um creme homogêneo. Despeje sobre a massa e leve à geladeira por cerca de 2 horas ou até firmar. Decore com fatias de manga e sirva.

Pavê de Ameixa e Coco é a receita para quem busca por uma sobremesa saborosa, completa e com as frutas da época. Com uma combinação inusitada de ingredientes, o doce será um sucesso. Receitas de Sheila Oliveira

Ingredientes

1 Leite Moça (lata ou caixinha)
1 medida (da lata) de Leite Líquido Ninho Forti + Integral
2 gemas
1 colher (sopa) de amido de milho
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 lata de Nestlé Creme de Leite
1 lata de ameixa preta em calda
meia xícara (chá) de rum (opcional)
meio pacote de biscoito tipo champagne
1 pacote de coco seco ralado

Modo de preparo
Em uma panela, misture o Leite Moça, o Leite Ninho, as gemas, o amido de milho, a essência de baunilha e leve ao fogo, mexendo sempre até engrossar. Retire do fogo, junte o Nestlé Creme de Leite e deixe esfriar. Abra a lata de ameixas, reserve alguns para a decoração e pique o restante. Misture a calda de ameixa (cerca de 1 e meia xícara chá) com o rum e umedeça os biscoitos. Forre o fundo de uma fôrma retangular (20 cm x 30 cm) com parte dos biscoitos, despeje parte do creme reservado, a ameixa picada e coco ralado. Repita as camadas nesta ordem, até terminar. Decore com as ameixas reservadas e leve para gelar por cerca de 3 horas.
Sirva a seguir.

Dicas: Substitua a ameixa pela mesma quantidade de pêssegos ou abacaxi. Para reidratar o coco, regue-o com uma xícara (chá) de água morna, antes de adicioná-lo ao pavê. Se desejar, substitua o coco seco ralado por 1 e meia xícara (chá) de coco fresco ralado.

Fonte: Receitas Nestlé

Herbalife Nutrition lança Shake sabor Melão sem glúten

Essa é a primeira opção de Shake da marca produzida com proteína 100% vegetal, perfeita para quem quer reduzir o peso ou manter um estilo de vida saudável

A Herbalife Nutrition acaba de incrementar o portfólio com a chegada do Shake sabor Melão1 e promete conquistar muitos fãs. A nova versão exclusiva conta com proteína 100% vegetal, é livre de glúten e atende a um público mais exigente, com muito sabor e cremosidade – marcas registradas da Herbalife Nutrition. O produto é recorde de vendas em países como a Rússia e chega como mais uma opção da marca para quem busca uma refeição nutritiva, gostosa, prática e com poucas calorias, já que possui 207 kcal por porção.

O Shake é uma ferramenta de gerenciamento de peso eficiente e deliciosa para contribuir para um estilo de vida saudável, podendo ser utilizada por quem precisa reduzir ou mesmo manter o peso, pois tem fórmula balanceada com nutrientes de excelência: oferece 18 gramas de proteínas, 2,5 gramas de fibras, além de 23 vitaminas e minerais.

A Herbalife Nutrition possui um portfólio com outros 10 sabores de Shake1, além de três de Nutri Soup2 – versão salgada dos substitutos parciais de refeição – sendo a Nutri Soup Creme de Carne com Batata Doce o lançamento mais recente, uma combinação tipicamente brasileira. Os produtos também podem ser utilizados no preparo de diversas receitas saborosas, como muffin, pudim, flan, bolo, entre várias outras, disponíveis no site.

Modo de preparo:
Os Shakes Herbalife Nutrition têm preparo rápido e prático. Basta bater no liquidificador ou misturar na shakeira duas colheres e meia de sopa (26 g) do pó de Shake com 250 ml de leite semidesnatado ou 250 ml de NutreV 3 – produto da Herbalife Nutrition que é uma alternativa ao leite. Ele é à base de proteína isolada de soja, fortificado com vitaminas e minerais e com baixo teor de gordura e sem colesterol.

O novo Shake sabor Melão é vendido em embalagem com 550 gramas, ao valor de R$ 166,00 (preço sugerido para o Estado de São Paulo sem frete), e rende 21 porções – R$ 7,90 por porção.

Os produtos Herbalife Nutrition são comercializados exclusivamente por Consultores Independentes, mas o consumidor também pode comprar os produtos online ao se tornar um Cliente Premium. Basta acessar o site ou falar com um Consultor Independente Herbalife Nutrition para ter descontos progressivos e conteúdos exclusivos.

Confira sucos para impulsionar o sistema imunológico com frutas e legumes

Todo mundo sabe que alimentação saudável e equilibrada com frutas e vegetais frescos pode melhorar sua saúde e bem estar, fornecendo vitaminas e minerais importantes para o suporte imunológico. Mas comer frutas e verduras não é a única maneira, você também pode beber. De fato, algumas pessoas preferem beber suco a comer as porções recomendadas ao dia.

Algumas combinações oferecem ótimo sabor além de nutrientes essenciais. Confira algumas sugestões da nutricionista Adriana Stavro:

Suco de laranja, cenoura e cúrcuma

A cenoura é uma fonte de betacaroteno, que se converte em vitamina A no organismo. A vitamina A desempenha papel importante na regulação do sistema imunológico. A laranja é fonte de vitamina C. Um antioxidante que protege as células de substâncias nocivas. A cúrcuma (curcumina) é conhecida por suas propriedades anti-inflamatórias antiviral e antifúngico.

Ingredientes
● 200 ml de água filtrada
● 1 laranja sem casca e sem sementes
● 1 cenoura pequena descascada e picada
● 1/4 de colher de chá de açafrão ou cúrcuma

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificado. Coe e beba em seguida.

Suco de morango e tangerina

Este suco delícia fornece super dose de antioxidantes

Ingredientes
● 200 ml de água filtrada
● 1 tangerina sem casca e sem sementes
● 5 morangos médios

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificado e beba em seguida.

Suco de morango com kiwi e hortelã

Os kiwis e os morangos são frutas doces e cheias de vitamina C, e a hortelã é fonte de folato, vitamina A, magnésio e zinco.

Ingredientes
● 200ml de água filtrada
● 1 kiwi sem casca
● 5 morangos médios
● 10 folhas de hortelã

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificado e beba em seguida.

Suco de cenoura, gengibre e açafrão

Este suco traz três vegetais importantes para suporte a imunidade e para diminuir quadros inflamatórios. A inflamação é uma resposta imune a infecções. Este trio, podem amenizar sintomas de gripes, resfriados, coriza, tosse e dores no corpo. Pessoas com artrite reumatoide podem se beneficiar com esse suco, pois o açafrão e o gengibre têm efeitos anti-inflamatórios.

Ingredientes
● 200 ml de água filtrada
● 3 pedaços de 2 cm de gengibre sem casca
● 1 colher de café de cúrcuma
● 1 cenoura pequena descascada e picada

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificado e beba em seguida.

Espinafre, pepino, couve, melão e limão

Um suco verde à base de vegetais é uma boa dose de nutrientes fundamentais para o sistema imunológico. Adicione salsa para uma porção extra de vitamina B-6.

Ingredientes
● 200 ml de água filtrada
● Suco de 1 limão
● 1 pepino pequeno
● 1 folha de couve
● 1 fatia média de melão
● 5 folhas de espinafre (cozido)

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificado e beba em seguida.

Fonte: Adriana Stavro é nutricionista funcional e fitoterapeuta, especialista em doenças crônicas não transmissíveis, mestre do nascimento a adolescência pelo Centro Universitário São Camilo.

Nutricionista orienta sobre o consumo de frutas para hidratar o corpo no verão

O verão chegou. Aumentar o consumo de água e incluir mais porções de frutas na dieta ajuda a manter o corpo hidratado

A estação mais esperada do ano é sinônimo de calor, praia, piscina e muita diversão. Com o clima quente e seco, manter a hidratação do corpo é essencial. Além de beber muita água, suco e afins é importante adotar uma dieta balanceada, e incluir frutas ao cardápio – uma forma saudável de também hidratar o organismo. Além de serem saborosas, ricas em vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes, elas auxiliam no bom funcionamento do intestino e fortalecem o sistema imunológico.

Frutas como abacaxi, ameixa, laranja, mamão, melancia, melão e pera, por exemplo, estão na lista das frutas que devem ser inseridas na rotina alimentar da estação, pois possuem mais de 70% de água em sua composição. “Recomenda-se consumir entre três e cinco porções de frutas por dia. Uma fatia média de melancia, duas de abacaxi ou três pedaços de melão, por exemplo, são ótimas opções de lanche da tarde e ajudam a manter o corpo hidratado devido à alta concentração de água que as compõem”, orienta a gerente de nutrição assistencial do HCor, Rosana Perim.

Suco ou a fruta inteira?

agua-pinterest
Pinterest

As duas formas são recomendadas para quem quer ter uma alimentação saudável. Tomar um suco natural nos dias quentes de verão é garantia de sabor e refrescância. Todos os nutrientes das frutas são mantidos quando batidas ou espremidas para o preparo do suco. Neste processo, destaca a nutricionista, apenas parte das fibras pode ser perdidas. “No entanto, é importante ressaltar que nada substitui a água e que o consumo de líquidos, ao longo de todo o dia, deve ser aumentado durante o verão”, explica.

As campeãs na hidratação

Rosana selecionou algumas opções de frutas que podem refrescar e hidratar seu corpo e ainda tornar sua alimentação mais saudável:

abacaxi pippalou - morguefile

Abacaxi: composto por vitamina C, ácido málico e bromelina, que auxilia na digestão, garante boa hidratação por possuir 87% de água em sua composição. Possui baixo valor calórico (48 calorias em 100 gramas).

ameixa-max-straeten

Ameixa: rica em potássio, vitamina A e E, e baixo valor calórico (46 calorias por 100g). Devido ao seu elevado teor de água e de potássio, produz um efeito diurético benéfico, além de ser ótima fonte de ferro, cálcio e fósforo.

laranjas pixabay

Laranja: Além da famosa vitamina C, também oferece cálcio, potássio, magnésio, fósforo e ferro. Composta por 89,6% de água contém fibras e antioxidantes.

papaya mamao maduro semente pixabay
Pixabay

Mamão: ótima fonte de vitaminas A e C, além de possuir 86% de água em sua composição. Recomenda-se consumir uma fatia pequena do mamão formosa ou uma metade do mamão papaya, diariamente, em qualquer horário do dia.

melancia

Melancia: uma das frutas que mais hidratam, por conter cerca de 90% de água em sua composição. Rica em vitaminas A, B6 e C, potássio, ferro, cálcio e licopeno. De baixo valor calórico, pode ser consumida mais de uma vez ao longo do dia. Uma boa dica é fazer suco da fruta, que não necessita adicionar açúcar ou adoçante.

melao

Melão: típica fruta do verão e de baixa caloria, fornece grande quantidade de líquido necessário para uma boa hidratação. Possui alto teor de cálcio, magnésio e vitamina C, que ajudam na recuperação dos sais mineiras perdidos no suor. Pode ser consumido também em saladas e sucos.

pera pippalou2

Pera: uma das frutas com maior teor de fibras (cerca de 2,5g por unidade), ajuda a regular o intestino. Possui zinco, vitaminas A e C e potássio. Por conter muitas fibras, aumenta a sensação de saciedade e pode ser consumida várias vezes ao dia.

Fonte: HCor

Alimentos que são ainda melhores juntos

A combinação desses elementos pode favorecer ainda mais o seu organismo

Que uma alimentação balanceada faz bem para o nosso organismo, todo mundo já sabe. Mas você sabia que ao unir alguns alimentos, eles trazem ainda mais benefícios a nossa saúde? Segundo a nutricionista e pesquisadora Aline Quissak, existem alimentos que, quando consumidos juntos, acabam potencializando suas propriedades, e essa sinergia – combinação – faz muito bem para o nosso corpo. Abaixo, uma lista com alimentos que são ainda melhores juntos do que separados, para que você possa inserir no seu dia a dia.

1) Cúrcuma e Pimenta do Reino

curcuma.jpg

A curcumina presente na cúrcuma (açafrão da terra) é um dos anti-inflamatórios naturais mais poderosos que existem. Mas o infelizmente o nosso corpo não consegue absorver. E para isso precisa da piperina, encontrada na pimenta do reino, para potencializar sua absorção em mais de 1000x. Além disso, a melhor proporção para esse efeito é 3:1 (a cada 3 medidas de cúrcuma, uma de pimenta do reino).

Consumo recomendado: 1 colher de chá por dia de cúrcuma para efeitos medicinais dessa raiz.

2) Banana e Nozes

banana

A banana é a queridinha das frutas: prática, simples, docinha e com preço acessível. Ela é muito importante para a saúde do coração e da musculatura, é um importante para o pré-treino, por dar energia, além do fósforo que auxilia no condicionamento cardiorrespiratório. Porém, sozinha a banana tem pontuação inflamatória no nosso corpo. “Não significa que ela cause mal; como falamos, ela tem muitos benefícios. A orientação é não comer ela sozinha. A melhor opção nesse caso, é consumi-la com nozes, devido ao seu poder anti-inflamatório e a concentração de ômega 3. Assim, melhora a performance dos praticantes de atividades e a proteção do coração da população em geral”, explica Aline.

Consumo recomendado: 1 banana + 3 nozes

3) Beterraba e Laranja

beterraba.jpg

Você já deve ter ouvido que beterraba tem grandes quantidades de ferro, e é verdade. Se você tem anemia ou é vegano, saiba que o ferro da beterraba é chamado de “ferro não heme”, ou seja, um ferro não ativado. Por isso, quando adicionamos vitamina C, vinda da laranja ou do limão (se fizer suco use a laranja, se fizer salada opte pelo limão), ativamos o ferro que, aí sim, é absorvido pelo nosso organismo

Consumo recomendado: Para cada 50g de beterraba, 10g de suco de laranja ou limão.

4) Cacau e frutas vermelhas

frutas vermelhas
Foto: Max Straeten

Esses são dois alimentos que sozinhos já trariam muitos benefícios. Mas você sabia que quando unimos os antioxidantes do cacau com o ácido elágico das frutas vermelhas (morango, amora, mirtilo, framboesa), temos uma proteção potente para o tratamento do câncer de mama? “Por regular o estrogênio, essa combinação é ótima para mulheres com TPM intensificada”, lembra a nutricionista.

Consumo recomendado: 100g de morango + 20g de chocolate 70% cacau

5) Damascos ou tâmara e coco

damasco.jpg

Tanto o damasco quanto as tâmaras possuem um nível elevado de potássio e vitamina A. Quando unimos potássio + vitamina A + o TCM – que é a gordura do coco -, ativamos as sinapses dos neurônios, melhorando a memória, o foco e a concentração.

Consumo recomendado: 2 damascos secos/tâmaras +20g de coco seco

6) Shitake, Shimeji e Tomate Cereja

shimeji

Os cogumelos têm as suas particularidades nutricionais, já que ele possui certos antioxidantes que não são encontrados em outros alimentos. O problema é que nem sempre conseguimos absorver essa quantidade de nutrientes. Para isso, unimos a eles a quercetina associada e licopeno do tomate cereja, que conseguem transportar nutrientes do shitake e Shimeji para o cérebro e para o coração. Para isso acontecer, eles precisam ser refogados por pelo menos 8 min.

Consumo recomendado: 1 xícara de chá (metade cogumelos, metade tomate cereja).

7) Acerola e Melão

acerola.jpg

Acerola é a fruta mais anti-inflamatória existente no Brasil. Sozinha, é poderosa aliada no tratamento de doenças como artrite, artrose, câncer (que não seja de estômago), depressão e até Alzheimer. Quando juntamos essa fruta ao melão, temos o efeito anti-inflamatório prolongado, graças a glutationa.

Consumo recomendado: consumir as frutas de duas a três vezes na semana, para que elas tenham seu efeito durante a semana toda.

8) Café e Óleo de coco filtrado (TCM)

café getimage

O óleo de coco extravirgem possui, entre outras substâncias, uma gordura chamada TCM (triglicerídeos de cadeia média); quando o filtramos (Lotus de Coco), temos apenas o TCM isolado. Essa gordura é a única que não passa pelo fígado para ser metabolizado, passando direto para o sistema nervoso central. Por isso, quando unimos o TCM com a cafeína do café, ele carrega a carrega direto para o cérebro, dando energia rápida para quem consome a mistura. “Essa não é uma mistura termogênica como muitos acreditam, é uma mistura para aumentar o rendimento nos treinos ou dar um ‘up’ em quem está cansado”, alerta.

Consumo recomendado: Para cada xícara (80ml) uma colher de café (5ml). Não recomendado para quem sofre de ansiedade.

9) Linhaça e semente de abóbora

semente de abobora.jpg

As sementes são uma estratégia usada pelos nutricionistas para regular o ciclo da mulher. A linhaça já é uma “superfood”, mas quando consumimos junto com a semente de abóbora, ela cria um equilíbrio entre progesterona e estrogênio para melhorar o humor e disposição no início do ciclo de menstruação.

Consumo recomendado: 1 Colher de sopa de cada, do primeiro ao 15 dia, a partir do início da menstruação.

Nutricionista orienta como consumir frutas para hidratar o corpo no verão

A estação mais esperada do ano é sinônimo de calor, praia, piscina e muita diversão. Com o clima quente e seco, manter a hidratação do corpo é essencial. Além de beber muita água, suco e afins é importante adotar uma dieta balanceada, e incluir frutas ao cardápio – uma forma saudável de também hidratar o organismo. Além de serem saborosas, ricas em vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes, elas auxiliam no bom funcionamento do intestino e fortalecem o sistema imunológico.

Frutas como abacaxi, ameixa, laranja, mamão, melancia, melão e pera, por exemplo, estão na lista das frutas que devem ser inseridas na rotina alimentar da estação, pois possuem mais de 70% de água em sua composição.

“Recomenda-se consumir entre três e cinco porções de frutas por dia. Uma fatia média de melancia, duas de abacaxi ou três pedaços de melão, por exemplo, são ótimas opções de lanche da tarde e ajudam a manter o corpo hidratado devido à alta concentração de água que as compõem”, orienta a gerente de nutrição assistencial do HCor, Rosana Perim.

Suco ou a fruta inteira?

sucos de frutas naturais

As duas formas são recomendadas para quem quer ter uma alimentação saudável. Tomar um suco natural nos dias quentes de verão é garantia de sabor e refrescância. Todos os nutrientes das frutas são mantidos quando batidas ou espremidas para o preparo do suco.

Nesse processo, destaca a nutricionista, apenas parte das fibras pode ser perdidas. “No entanto, é importante ressaltar que nada substitui a água e que o consumo de líquidos, ao longo de todo o dia, deve ser aumentado durante o verão”, explica.

As campeãs de hidratação

A gerente de nutrição assistencial do HCor selecionou algumas opções de frutas que podem refrescar e hidratar seu corpo e ainda tornar sua alimentação mais saudável:

abacaxi pippalou - morguefile

Abacaxi: composto por vitamina C, ácido málico e bromelina, que auxilia na digestão, garante boa hidratação por possuir 87% de água em sua composição. Possui baixo valor calórico (48 calorias em 100 gramas).

ameixa-max-straeten

Ameixa: rica em potássio, vitamina A e E, e baixo valor calórico (46 calorias por 100g). Devido ao seu elevado teor de água e de potássio, produz um efeito diurético benéfico, além de ser ótima fonte de ferro, cálcio e fósforo.

laranjas pixabay

Laranja: além da famosa vitamina C, também oferece cálcio, potássio, magnésio, fósforo e ferro. Composta por 89,6% de água contém fibras e antioxidantes.

papaya mamao maduro semente pixabay
Pixabay

Mamão: ótima fonte de vitaminas A e C, além de possuir 86% de água em sua composição. Recomenda-se consumir uma fatia pequena do mamão formosa ou uma metade do mamão papaya, diariamente, em qualquer horário do dia.

melancia ronnie b 2

Melancia: uma das frutas que mais hidratam, por conter cerca de 90% de água em sua composição. Rica em vitaminas A, B6 e C, potássio, ferro, cálcio e licopeno. De baixo valor calórico, pode ser consumida mais de uma vez ao longo do dia. Uma boa dica é fazer suco da fruta, que não necessita adicionar açúcar ou adoçante.

cantaloupe melão pixabay
Foto: Pixabay

Melão: típica fruta do verão e de baixa caloria, fornece grande quantidade de líquido necessário para uma boa hidratação. Possui alto teor de cálcio, magnésio e vitamina C, que ajudam na recuperação dos sais mineiras perdidos no suor. Pode ser consumido também em saladas e sucos.

pera pippalou2

Pera: uma das frutas com maior teor de fibras (cerca de 2,5g por unidade), ajuda a regular o intestino. Possui zinco, vitaminas A e C e potássio. Por conter muitas fibras, aumenta a sensação de saciedade e pode ser consumida várias vezes ao dia.

Fonte: HCor

Salada de Gnocchi com Melão e Presunto

Além de render até cinco porções, a receita da Adria feita com a linha Grano Duro, é a opção perfeita para comemorar a primavera da melhor forma possível

Com clima ameno e dias mais chuvosos, a primavera tem o poder de transformar a paisagem, trazendo mais cor e vida para a natureza. É o período ideal para elaborar pratos mais coloridos e refrescantes, como saladas à base de carboidratos, fibra e proteínas.

Tudo isso fica mais gostoso sabendo escolher o melhor tipo de massa, como a linha Grano Duro da Adria. Massa premium feita com grão duro, um tipo de trigo especial que, após o cozimento, deixa a massa naturalmente al dente, ou seja, soltinha e macia, porém resistente à mordida

Aprenda então com a Adria uma receita deliciosa que rende até cinco porções, ideal para dividir com a família e amigos: Salada de Gnocchi com Melão e Presunto. Aproveite esta época agradável e tenha dias mais leves, equilibrados e felizes junto das pessoas que você ama.

Veja o modo de preparo abaixo.

Salada de Gnocchi com Melão e Presunto

salada de gnochi.jpg

Ingredientes:

Salada
1 embalagem de Gnocchi Grano Duro Adria (500g)
2 fatias médias de melão em cubos
150g de presunto em cubos
200g de queijo provolone ralado grosso
100g de uvas passas
Sal

Vinagrete de Melão
6 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de suco de limão
4 colheres (sopa) de creme de leite
1 dente de alho pequeno
2 fatias médias de melão
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Para decorar
Salsinha picada a gosto
Folhas de hortelã para decorar

Modo de Preparo:
Comece preparando o vinagrete de melão. Bata no liquidificador todos os ingredientes, acerte o sal, tempere com a pimenta-do-reino e reserve.  Em uma panela grande ferva 5 litros de água com sal e cozinhe a massa. Para isso, coloque a massa e mexa de vez em quando, até que a água volte a ferver. Deixe cozinhar de 9 a 11 minutos ou até que fique “al dente”, ou seja, macia, porém resistente à mordida. Escorra a massa e esfrie em água corrente. Coloque em uma travessa grande, acrescente o vinagrete de melão e envolva com a ajuda de dois garfos grandes. Junte o melão, o presunto, o queijo provolone, as uvas passas e misture com a massa delicadamente. Decore com a salsinha e as folhas de hortelã. Sirva a seguir.

Rendimento: 5 porções

Fonte: Adria

 

Alimentos que funcionam como “botox”

A nutricionista Paula Castilho, da Rede Nação Verde, explica como a alimentação pode ajudar na estética. Muitas mulheres estão investindo em alimentos saudáveis ao invés de procedimentos estéticos (cirúrgicos ou não). Além, do resultado esperado, elas ainda ganham melhora na qualidade de vida.

Esses alimentos evitam o desgaste das células, têm o poder de regenerar os tecidos e ainda conseguem controlar os danos pela radiação solar. Conheça os grandes aliados na luta contra o envelhecimento:

tomates alexas_fotos pixabay

Tomate – o licopeno, que dá a cor avermelhada à hortaliça, tem o poder de defender a pele contra os raios ultravioleta do sol. Ele protege as fibras de colágeno e contribui para a renovação celular. O ideal é saborear um tomate pequeno maduro, pelo menos três vezes por semana, com um pouco de azeite de oliva: ele é importante para melhorar a absorção do licopeno.

iogurte profet77 pixabay

Foto: Profet77/Pixabay

Iogurtes – se você escolher aqueles abastecidos de lactobacilos, o intestino e a pele vão agradecer. Eles reforçam a imunidade da pele, evitando, por exemplo, a formação de manchas após uma exposição prolongada ao sol. O ideal é optar pelos iogurtes com lactobacilos paracasei e johnsonii, uma porção duas vezes na semana basta.

chá verde

Chá-verde – os polifenóis, presentes em grande quantidade nas folhas desse chá, são famosos pela faxina que promovem no organismo, mandando embora as toxinas e os radicais livres. Como esses dois vilões costumam apagar a beleza da pele e abrir caminho para manchas e rugas é recomendado beber 3 a 4 xícaras por dia ou 1 a 2 xícaras, no caso dos chás verdes enriquecidos com outras substâncias antienvelhecimento, como vitamina C, selênio e zinco.

espinafre

Folhas verde-escuras – espinafre, couve, brócolis e repolho também saem na frente no quesito ação antioxidante. Para evitar que as células fiquem, digamos, enferrujadas e a pele envelheça antes da hora, a dica é consumir dois pratos de sobremesa por dia. Na hora da compra, escolha o espinafre que estiver mais próximo da luz – segundo um estudo publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry as folhas iluminadas preservam mais as vitaminas C, K, E e folato.

Perfis_variados_-_soja_na_alimentacao_baixa160704_191211

Soja – com uma ação semelhante à do estrogênio, o hormônio produzido pelo corpo da mulher, as isoflavonas presentes na soja estimulam a renovação celular. O resultado é que as rugas demoram a aparecer, a pele fica mais hidratada, a textura melhora e ainda é possível prevenir manchas e ressecamento. A dica é consumir de 25 gramas de proteína de soja por dia, o equivalente a ½ xícara (chá). Vale também, segundo a nutricionista, incluir na dieta alimentos como quibe, tofu e missô, que são ricos nesse ingrediente.

acerola kamuelaboy
Foto: Kamuela/MorgueFile

Acerola – ela vem abarrotada de vitamina C, nutriente que contribui para a formação de dois aliados da beleza: o colágeno e a elastina. O primeiro mantém a firmeza da pele enquanto a elastina ajuda a pele a voltar à sua forma original depois de ela ter sido esticada. Como o corpo precisa de ambos, crie o hábito de degustar diariamente duas acerolas ou uma laranja. Os sucos devem ser consumidos assim que preparados, pois a vitamina C se degrada rapidamente.

castanha do brasil

Castanhas – a vedete da castanha-do-brasil é a vitamina E, outro nutriente que também tem um efeito antioxidante. Ela é capaz de manter a pele jovem e viçosa e, de quebra, ainda protege a saúde coração. Mas, como essa delícia é bastante calórica, a nutricionista Andréa aconselha moderação no consumo. Duas unidades por dia ou um mix formado por uma castanha, uma noz e uma amêndoa, que contam com o mesmo efeito benéfico, são suficientes.

lox-deli-salmao-defumado-laqueado-com-mel

Salmão – peixe rico em ômega-3, um ácido graxo capaz de evitar as marcas da ação danosa do sol. É um antioxidante natural e, quando consumido, deixa a pele mais macia e luminosa. Inclua-o no prato três vezes por semana. Basta um filé médio, de 100 gramas, que pode ser alternado com sardinha ou anchova.

frutas vermelhas e roxas pixabay

Frutinhas vermelhas e roxas – não se engane com o tamanho delas. Açaí, framboesa, amora, pitanga, groselha, uva roxa e mirtilo contêm altas doses de antocianinas. Elas neutralizam o efeito dos radicais livres e, evitam o envelhecimento precoce. Previnem os melasmas, as manchas escuras do rosto. Ingerir cinco unidades/dia.

cantaloupe melão pixabay
Foto: Pixabay

Melão cantaloupe – o tom alaranjado dessa fruta indica que ela é rica em betacaroteno, outro nutriente que exerce a função fotoprotetiva. Além de barrar a ação negativa da radiação solar, a fruta é rica em vitamina A, que reforça as defesas cutâneas. Consuma uma fatia ao dia e alterne com uma cenoura, dois damascos secos ou duas colheres de abóbora cozida.

Dicas de alimentação e novidades sobre como repor o colágeno da pele

Após os 30 anos, homens e mulheres sentem a elasticidade e firmeza da pele diminuírem pouco a pouco, pois, a partir dessa idade, o corpo passa a perder colágeno gradativamente, impactando diretamente a aparência.

O colágeno é uma proteína produzida pelo nosso organismo, cuja principal função é dar firmeza, elasticidade e sustentação à pele.

colageno 1

Existem alimentos que ajudam na firmeza da pele, os chamados firmadores da pele. Muitos médicos solicitam que seus pacientes aliem uma dieta rica em reposição de colágeno com o Sculptra (ácido poli – L – lático injetável), que é um tratamento estético estimulante da produção natural do colágeno do organismo. Assim, os resultados, além de mais certeiros, tendem a ter uma duração maior e mais permanente na pele.

Abaixo seguem algumas dicas que muitos médicos especialistas indicam para seus pacientes:

Alimentação

frutas-citricas-limao-laranja

Frutas Cítricas: são ricas em vitamina C, substância indispensável para a formação de colágeno. Indicação de quatro porções ao dia.

frutas vermelhas skyangel

Frutas vermelhas: morango e a amora são exemplos de frutas vermelhas que contêm vitamina C e flavonoides que, ao trabalharem juntos, possuem ação antioxidante que combate os radicais livres e o envelhecimento do corpo humano.

linhaça

Linhaça: rica ação das fibras e ômega-3. O ideal é consumir uma colher (chá) por dia, de preferência triturada.

aveia haaijk
Foto: Haaijk/Pixabay

Aveia: é uma fonte de silício, um dos nutrientes necessários para a formação de colágeno.

peixe com açafrao jacek chabraszewski

Peixes: ricos em ômega-3 e DMAE. Comer no mínimo três vezes por semana garante uma ótima absorção das enzimas.

oleaginosas castanhas
Pixabay

Castanha, nozes e amêndoas: contêm ácidos graxos poli-insaturados importantes para a vitalidade da pele e vitamina E.

Cenoura

Abóbora, cenoura, melão e pêssego: contêm vitamina A, responsável pela regeneração da pele. Comer ½ xícara por dia, em saladas ou sucos.

chá branco pixabay

Chá Branco:  pode proteger as proteínas presentes na estrutura da pele, em especial o colágeno. A justificativa para a ocorrência de tal fato é que a bebida previne a ação de enzimas que destroem o colágeno.

Sculptra

rosto colageno

A aplicação de Sculptra, que pode ser realizado em consultório médico, consiste na aplicação de uma substância chamada ácido poli–L–láctico, um estimulante da produção natural do colágeno do organismo que melhora a flacidez e o contorno facial.

Revolucionário e reverenciado pelos médicos, dermatologistas e especialistas, o Sculptra é um bioestimulador de colágeno injetável, composto por ácido poli-L-láctico, uma substância absorvível pelo nosso organismo.

Sculptra atua de dentro para fora, suavizando os sinais do envelhecimento e melhorando a flacidez. O tratamento consiste em cerca de três sessões, com intervalo médio de 30 dias entre cada uma delas. Os resultados são graduais e começam a surgir a partir da terceira semana após a primeira sessão, sendo mais visíveis após seis meses. Devido ao exclusivo mecanismo de ação de Sculptra, os resultados são duradouros e percebidos por até 25 meses.

Fonte: retirado de Adaptado de Rebecca Fitzgerald, Danny Vleggaar. Facial volume restoration of the aging face with poly-L-lactic acid. Dermatologic Therapy, Vol. 24, 2011, 2–27.

Mas por que entre todos os tratamentos, o Sculptra é apontado como diferenciado?

sculptra

Uma pesquisa* com 383 mulheres, entre 35 e 69 anos, sobre o comportamento do consumidor de tratamentos estéticos faciais anti-idade, mostrou que os pacientes preferem resultados graduais e duradouros, ao invés de imediatos. 75% das mulheres questionadas sobre suas preferências quanto a tratamentos estéticos desejam algo gradual, com resultados que duram dois anos.

*Weinkle S, Lupo M. Attitudes, awareness, and usage of medical antiagingtreatments. Results of a patient survey. J Clin Aesthetic Dermatol. 2010;3(9):30-33.dual, com resultados que duram dois anos.

Adaptado de Brandt, Fredic S. et al. Investigator global evaluations of efficacy of injectable poly-l-lactic acid versus human collagen in the correction of nasolabial fold wrinkles. Aesthet surg j. 2011 Jul;31(5): 521-8.

Fonte: Galderma

 

Entenda porque comer frutas em jejum pode ser a melhor escolha

As propriedades das frutas podem ser ainda mais benéficas para saúde quando elas são ingeridas com o estômago ainda vazio. A informação é do médico Theo Webert, que atua em nutrologia e reequilíbrio corporal. Segundo ele, o organismo terá mais facilidade para absorver os nutrientes da fruta se o estômago estiver em jejum.

“Sem dúvida, com o estômago vazio, a desintoxicação do seu corpo será muito maior, já que o organismo estará focado em sugar todos os benefícios do alimento. Como gastará mais energia, favorece a perda de peso e outros benefícios à saúde”, explica.

O especialista lembra que as frutas têm de ser consumidas, preferencialmente, de forma isolada, sem que se misturem com outros alimentos. “Se você resolve se alimentar antes, seja com o que for, isso pode atrapalhar sua digestão, já que as frutas possuem mais facilidade para serem absorvidas pelo organismo do que outros alimentos, principalmente os preparados e processados”, diz.

Segundo o médico, a mistura de alimentos pode, sim, causar incômodos estomacais e formação de flatos, devido ao tempo de permanência da fruta aparelho digestivo .”Pães, biscoitos e comidas preparadas no geral, quando são consumidos juntamente com as frutas, podem causar letargia do processo digestivo. Além disso, a fruta perde bastante dos seus benefícios quando ela entra em contato com os sucos gástricos estimulados pelos outros alimentos”, explica Webert.

Theo Webert lembra que o melhor é o consumo de frutas frescas, sem que tenham sido preparadas de alguma forma no calor. “Até mesmo os sucos, como gostamos tanto de consumir, podem ser menos benéficos uma vez que consumimos de uma vez só. O ideal é que deixemos um tempo na boca para o contato inicial com a saliva para só depois engolirmos. Isso ajudará e muito na digestão e no aproveitamento dos nutrientes”, diz.

Conheça as principais propriedades de cada fruta:

Morango: grande quantidade de antioxidantes;

morangos no pote

Kiwi: fonte de potássio, magnésio, vitamina E e Fibra, além de vitamina C;

kiwi.jpg

Maçã: possui antioxidantes e flavonoides, que potencializam a vitamina C;

maças

Goiaba: Rica em vitamina C e fibras;

goiaba

Laranja: rica em vitamina C;

laranja modnar
Foto: Modnar/MorgueFile

Melão: é composto por 92% de água. Possui glutationa, que ajuda no sistema urinário. É fonte de licopeno, antioxidante, além de conter vitamina C e potássio;

melao

Papaia Rica em vitamina C e betacaroteno, que entre outras coisas faz bem para a visão;

mamaão papaia xenia2