Arquivo da tag: miolo

Sesmarias 2018, o sexto lendário da Miolo

A arte em forma de vinho num corte de seis castas da Campanha Meridional

Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot, Tannat, Tempranillo e Touriga Nacional. O Sesmarias Safra 2018 nasceu dessas seis castas, cultivadas em seis vinhedos próprios da vinícola Seival Estate da Miolo na Campanha Meridional. É uma criação precisa entre natureza e homem, uma experiência rica em detalhes que exige do enólogo sensibilidade a flor da pele, além, é claro, de muita técnica. O sexto vinho da série The 2018’s Seven Legendaries of Miolo – os Sete Lendários, chega com 6.930 garrafas de um vinho nobre único e poderoso.

É o primeiro tinto elaborado no Brasil com fermentação integral em barricas de carvalho. Todo processo de elaboração é minucioso e extremamente preciso. O cuidado começa ainda no vinhedo, onde nasce o vinho. A seleção contempla uma profunda triagem entre as próprias plantas, onde apenas os frutos perfeitos são colhidos. As uvas são cuidadosamente desengaçadas sem esmagamento.

A remontagem é feita com o rolamento da própria barrica. Tanto a fermentação alcoólica quanto a malolática acontecem na madeira em contato com as cascas. O corte dos seis vinhos estagia por mais de dezoito meses em barrica nova de carvalho francês. O vinho não passa por nenhum tratamento de estabilização para melhor conservar suas características naturais.

Elegante e longevo, o Sesmarias Safra 2018, ícone neste conceito, é um exemplar da vocação e expertise da Miolo na elaboração de vinhos tintos com qualidade internacional. “Aprendemos com a natureza e junto com ela aplicamos o que melhor sabemos fazer.”, destaca o enólogo Adriano Miolo, Diretor Superintendente da vinícola.

Este é o vinho mais conceitual da Miolo, tanto que esta, 2018, é apenas a terceira edição. O rótulo foi também produzido em 2008 e 2011, e agora também confirmado em 2020. É o único vinho da marca comercializado com exclusividade ao consumidor final em pré venda, a conhecida Vente en premier, prática dos grandes châteaux franceses, que resultou na comercialização de aproximadamente 50% do lote de 2018. Agora, a venda será aberta ao mercado nacional e internacional.

O vinho

Sesmarias 2018 (002)

De um vermelho escuro profundo mesclado com importante matiz de tom violáceo, este vinho tem uma fragrância arrebatadora, com predomínio de florais com depuradas notas de frutas negras bem amadurecidas, condimentadas com nuances de especiarias. É um vinho poderoso, altamente estruturado, com grande volume em boca e intrigantemente elegante, com taninos redondos e sedosos que proporcionam um retrogosto longo e muito demorado.

A sofisticação e o requinte do vinho Sesmarias exige também engrandecido acompanhamento gastronômico. Como se trata de um vinho elegante, longevo, corpulento, de acidez refrescante, harmoniza com iguarias à base de carnes nobres e de caça. Por ser um vinho moderno é um excelente parceiro de qualquer obra culinária, mesmo da tão em voga cozinha contemporânea. Ideal ser apreciado a uma temperatura que varia entre 16ºC e 18ºC.

Os Sete Lendários

A Safra 2018 será compartilhada na taça por meio do lançamento dos ‘Sete Lendários’ da Miolo. The 2018´s Seven Legendaries of Miolo. Os sete grandes vinhos serão lançados ao longo do primeiro semestre de 2020. São rótulos ícones das quatro regiões onde a marca está presente com vinhedos e unidades de produção: Miolo – Vale dos Vinhedos (RS), Terranova – Vale do São Francisco (BA), Fortaleza do Seival / Candiota – Campanha Meridional (RS) e Almadén / Santana do Livramento, Campanha Central (RS).

“Nos 30 anos da Miolo, podemos dizer que tivemos duas grandes safras, a de 2005 e a de 2018. Ambas foram semelhantes climatologicamente, porém muito diferentes do ponto de vista tecnológico. 2018 é, com certeza, a melhor safra da nossa história. Por isso, nós a chamamos de Lendária”, comemora Adriano Miolo. Ele explica, ainda, que a Safra 2018 ficará na história da Miolo, pois a vinícola produzirá todos os seus grandes vinhos elaborados, exclusivamente, em safras excepcionais. “Uma safra de qualidade como esta vem para coroar todo o trabalho de dedicação e inovação que foi realizado ao longo dos anos em prol da melhoria da qualidade”, afirma Miolo.

The 2018’s Seven Legendaries of Miolo surgem justamente para mostrar ao Brasil e ao mundo o potencial do vinho tinto brasileiro. Afinal, são sete vinhos tintos nobres, onde a Miolo é especialista, colocando o Brasil no mapa dos grandes rótulos mundiais.

testardiquintamerlo terroir

Lançamentos Safra 2018
1. Miolo Merlot Terroir – Miolo / Vale dos Vinhedos
2. Testardi Syrah – Terranova / Vale do São Francisco
3. Quinta do Seival Cabernet Sauvignon – Seival / Campanha Meridional
4. Miolo Lote 43 – Miolo / Vale dos Vinhedos
5. Quinta do Seival Castas Portuguesas – Seival / Campanha Meridional
6. Sesmarias – Miolo / Campanha Meridional
7. Vinhas Velhas Tannat – Almadén / Campanha Central

Informações: Miolo

Miolo Wild Gamay 2020: vegano e livre de alergênicos

Vinícola resgata variedade agora com novo apelo, criando uma nova família. Vinho vegano e livre de alergênicos é o primeiro a exibir no contra rótulo o Selo The Vegan Society

Elaborado a partir de fermentação espontânea com leveduras selvagens, naturais da própria uva Gamay e sem a adição de sulfitos (SO2), o Miolo Wild Gamay 2020 chega com um apelo totalmente voltado para quem está em busca de produtos mais naturais.

É o primeiro do portfólio a exibir o Selo da The Vegan Society, como 100% vegano e livre de alergênicos. A novidade também chega para matar a saudade – quem não lembra do emblemático Miolo Gamay Nouveau? –, apostando na variedade que se tornou ‘o vinho da Páscoa’, por ser o primeiro de cada safra a ser lançado, porém com novo conceito.

Seguindo o método ancestral de maceração carbônica de cachos inteiros, este Gamay tem como grande diferencial a ausência de SO2 adicionado, que o torna único. A novidade abre uma nova família de produtos voltada ao consumidor jovem, que procura um vinho descomplicado, leve, frutado, democrático, ou seja, fácil de beber. Com edição limitada de 12 mil garrafas, a Miolo inova mais uma vez sendo pioneira no Brasil a desenvolver um Gamay desta forma, a exemplo do que ocorre na França.

Com 100% de sua produção vegana, agora certificada pela The Vegan Society, mais antiga sociedade vegana do mundo, reconhecida pela International Vegetarian Organization, a Miolo inaugura mais um capítulo de sua história ao exibir no contra rótulo do Wild Gamay 2020 o selo que comprova que a vinícola não usa nenhum coadjuvante de origem animal. Daqui para frente, todo vinho da Miolo chegará ao mercado exibindo em seu contra rótulo os selos da Vegan e da Alergenic Free, este cumprindo a legislação brasileira.

Para o enólogo Adriano Miolo, a proposta abre uma nova experiência. “Este é um vinho para quem está em busca de novidades, para quem busca produtos naturais, sem adição de SO2 e fermentação com leveduras selvagens. Conseguimos reunir neste Gammay todas as condições técnicas para viabilização deste novo conceito. É fantástico poder mostrar que fazemos vinhos altamente diferenciados”, destaca.

O Miolo Wild Gamay 2020 é o primeiro tinto da Safra 2020 a chegar no mercado, excelente opção para a Páscoa porque harmoniza muito bem com bacalhau.

O vinho

Miolo - Wild - Gamay 2020 (002)

Elaborado a partir de uvas cultivadas nos vinhedos do Seival, na Campanha Meridional, este vinho é resultado do processo de maceração carbônica de cachos inteiros e por gravidade, sem adição de sulfitos e fermentação com leveduras selvagens da própria uva. Límpido, de coloração rubi intensa com bordas violáceas, apresenta alta intensidade aromática e tipicidade trazido pelo processo de maceração, com aromas de morango, goiaba e maçã caramelada.

Na boca, um vinho de estrutura leve, equilibrado, extremamente agradável e descompromissado. Ideal ser degustado como aperitivo com temperatura entre 10°C e 12°C. Devido sua baixa concentração tânica harmoniza muito bem com saladas, sopas, peixes, massas de molhos brancos, pizzas, carnes brancas e queijos de massa mole e semidura, com destaque para o Emmenthal.

O lançamento está disponível, por R$ 52,09, na loja virtual Miolo.

100% dos vinhos da Miolo são veganos

Vinícola brasileira obtém registro na mais antiga organização vegana do mundo; selo oficial estará no contra rótulo dos produtos

Todos os vinhos e espumantes elaborados pela Miolo Wine Group são veganos. Apesar de não ser uma novidade da marca, o diferencial agora estará no contra rótulo dos produtos com a inserção do Selo da The Vegan Society, mais antiga sociedade vegana do mundo, reconhecida pela International Vegetarian Organization. O primeiro vinho a chegar no mercado com esta informação será o Miolo Wild Gamay 2020.

contra rotulo gamay

Para um vinho ser considerado vegano é necessário que esteja isento de agentes de origem animal. E o que muita gente nem imagina é que isso é comum no mundo todo. O exemplo mais habitual é a albumina (clara de ovo), utilizada na clarificação do vinho. Mas existem outros como caseína (proteína do leite), gelatina (origem bovina ou suína), cola e óleo de peixe e quitina (produto da casca de crustáceos).

Nas quatro unidades da Miolo Wine Group – Vale dos Vinhedos/Bento Gonçalves (Serra Gaúcha), Seival/Candiota (Campanha Meridional), Almadén/Santana do Livramento (Campanha Central) e Terranova/Casa Nova (Vale do São Francisco) – nenhum desses produtos é utilizado. Desde 2004, a empresa optou pelo uso da bentonite (terra diatomáceas), de origem mineral, na clarificação de seus vinhos.

“Esta é uma prática que acompanha a Miolo há 16 anos. Optamos pelo uso de coadjuvantes de origem mineral porque os demais inviabilizam o consumo da bebida por portadores de intolerâncias, alergias e optantes pelo estilo de vida vegana”, explica o enólogo Adriano Miolo, Diretor Superintendente da empresa. Além dos clarificantes, todos os insumos utilizados pelas vinícolas do grupo são rigorosamente verificados para que se enquadrem dentro dos padrões de qualidade impostas pela marca.

Apostando neste conceito vegano, a empresa resolveu certificar o que já vinha fazendo há anos, tornando oficial sua produção 100% vegana. Daqui para frente, todo vinho da Miolo chegará ao mercado exibindo em seu contra rótulo os selos da Vegan e da Alergenic Free, este cumprindo as legislações brasileiras.

O registro junto a Vegan é a garantia de ausência de derivados de origem animal considerados alergênicos pelos órgãos mundiais de segurança alimentar, tanto a União Europeia quanto a Anvisa, no Brasil. Em 2018, segundo pesquisa realizada pelo Ibope, 14% dos brasileiros já eram vegetarianos e veganos, com um crescimento de 75% em relação a 2012.

vinho

Em números brutos, este percentual representa 30 milhões de pessoas. Segundo o estudo, 55% dos entrevistados consumiriam mais produtos veganos se houvesse uma melhor sinalização nas embalagens. Se tivessem o mesmo preço dos produtos de origem animal, 60% dos entrevistados daria preferência a eles na hora da decisão de compra.

Fonte: Miolo

Merlot Terroir 2018, o primeiro lendário da Miolo

As 26.230 garrafas do Miolo Merlot Terroir 2018 são a primeira prova da Vinícola Miolo de que a Safra 2018 entrou para a história da vitivinicultura brasileira como a melhor de todos os tempos. O consumidor já pode testemunhar na taça o que o enólogo Adriano Miolo vem afirmando há dois anos: “2018 foi uma safra lendária e nós vamos eternizá-la, elaborando todos os nossos grandes vinhos. Lançaremos The 2018´s Seven Legendaries of Miolo – os Sete Lendários”, comemora. O primeiro a sair das caves subterrâneas do Vale dos Vinhedos é o Merlot Terroir 2018.

Depois de permanecer num sono profundo em barricas de carvalho francês por 12 meses, o vinho foi engarrafado, habitando as caves subterrâneas da Miolo por mais alguns meses. Mesmo antes de ser lançado, este lendário da variedade emblemática do Vale dos Vinhedos já figurava entre os grandes vinhos tintos brasileiros, alcançando 91 pontos no Descorchados 2019. Ostentando o selo de Denominação de Origem Vale dos Vinhedos (DOVV), carrega toda essência da uva que simboliza, além do terroir, o pioneirismo de uma cultura responsável por desenvolver a Serra Gaúcha, hoje responsável por 90% da produção nacional de vinhos.

“Cada safra reserva emoções que repartimos com todos em cada vinho que elaboramos. Em 2018, fomos além. Todas expectativas foram renovadas e superadas. E agora chegou o grande momento de compartilhar o resultado deste grande equilíbrio entre a natureza e o homem. O primeiro de nossos The 2018´s Seven Legendaries of Miolo está pronto para ser apreciado e nós, da Miolo, temos o maior prazer e orgulho de apresentar o Miolo Merlot Terroir 2018”, celebra Adriano Miolo.

O vinho

vinho abe

Com 15% de graduação alcoólica, o Merlot Terroir 2018 é um vinho nobre, com procedência reconhecida e que expressa o melhor de uma seleção de uvas Merlot dos vinhedos da Miolo no Vale dos Vinhedos. A colheita ocorreu na primeira quinzena de março com seleção manual dos cachos. Eleito o Melhor Merlot do Mundo em Londres, este vinho apresenta coloração vermelho rubi intenso com traços violáceos.

Tem alta intensidade aromática, com expressivo caráter varietal e excelente harmonia da fruta (cereja) com notas de carvalho como caramelo, cacau, café, baunilha. Estruturado, de taninos elegantes e aveludados, com grande volume de boca, apresenta ótimo equilíbrio entre o seu aspecto olfativo e gustativo. Ideal ser apreciado com temperatura entre 16ºC e 18ºC.

Combina muito bem com pratos de textura rica e de aromas intensos e complexos, como pato assado ao tamarindo, risoto de funghi, farfalle ao molho de gorgonzola. Macio, harmoniza por contraposição com comidas de tendência amarga e ácida, como frango caipira com polenta e radicci, avestruz ao molho de mostarda, caldeirada de marisco. Queijos maduros de massa dura, tipo parmesão, pecorino e grana padano são os mais indicados.

Os Sete Lendários

A Safra 2018 será compartilhada na taça através do lançamento dos ‘Sete Lendários’ da Miolo. The 2018´s Seven Legendaries of Miolo. Os sete grandes vinhos serão lançados ao longo do primeiro semestre de 2020. São rótulos ícones das quatro regiões onde a marca está presente com vinhedos e unidades de produção: Miolo – Vale dos Vinhedos (RS), Terranova – Vale do São Francisco (BA), Seival / Candiota – Campanha Meridional (RS) e Almadén / Santana do Livramento, Campanha Central (RS).

“Nos 30 anos da Miolo, podemos dizer que tivemos duas grandes safras, a de 2005 e a de 2018. Ambas foram semelhantes climatologicamente, porém muito diferentes do ponto de vista tecnológico. 2018 é a melhor safra da história da Miolo. Por isso, nós a chamamos de Lendária”, comemora Adriano Miolo. Ele explica, ainda, que a Safra 2018 ficará na história da Miolo, pois a vinícola produzirá todos os seus grandes vinhos elaborados, exclusivamente, em safras excepcionais. “Uma safra de qualidade como esta vem para coroar todo o trabalho de dedicação e inovação que foi realizado ao longo dos anos em prol da melhoria da qualidade”, afirma Adriano Miolo.

No Vale dos Vinhedos, o clima em 2018 transcorreu de forma adequada, com chuvas limitadas e esparsas, acompanhado de temperaturas mais amenas em relação à média normal. As noites foram frescas e os dias mais quentes. Assim, a uva concentrou mais cor, aroma e açúcar, além da sanidade determinante para a elaboração de grandes vinhos.

Lançamentos Safra 2018

Miolo - Safra lendária - merlot terroir

Miolo Merlot Terroir – Miolo / Vale dos Vinhedos
Testardi – Terranova / Vale do São Francisco
Quinta do Seival Cabernet Sauvignon – Seival / Campanha Meridional
Quinta do Seival Castas Portuguesas – Seival / Campanha Meridional
Miolo Lote 43 – Miolo / Vale dos Vinhedos
Sesmarias – Seival / Campanha Meridional
Vinhas Velhas Tannat – Almadén / Campanha Central

Miolo lança Brandy Imperial com 15 anos de envelhecimento

Foram 15 anos em barricas de carvalho americano, tempo ideal para maturar este destilado de vinhos finos elaborado com uvas cultivadas no Vale do São Francisco, transformando-o em um brandy clássico, carregado de aromas e com um dourado peculiar. O Miolo Brandy Imperial 15 Anos chega ao mercado apresentando uma embalagem moderno e ao mesmo tempo nobre.

Distribuído para todo o Brasil, o Miolo Brandy Imperial 15 Anos é único em sua categoria. Isso porque seu excelente custo-benefício permite aos apreciadores degustar um destilado com qualidade superior. Produzido integralmente com uvas viníferas, a exemplo de seus similares europeus, apresenta grande complexidade aromática com notas de amêndoas, baunilha, caramelo, mel e canela. Possui um bom equilíbrio, suavidade e ótimo volume de boca e persistência.

MIOLO BRANDY IMPERIAL (2)

Para os apreciadores tradicionais, a melhor forma de degustar o Miolo Brandy Imperial 15 anos é à temperatura ambiente, em uma taça tradicional de Cognac. Também pode ser apreciado “on the rocks”, com duas pedras de gelo. Sua versatilidade permite servi-lo como aperitivo ou para finalizar a refeição, ou até mesmo acompanhando um bom charuto ou cigarrilha.

Informações: Miolo

Fim de ano: a vez das borbulhas

Miolo brinda final de ano com portfólio que exibe 15 espumantes de quatro terroirs brasileiros com preços que variam de R$ 25 a R$ 350

Réveillon, verão e férias têm que ter espumante. Nas festas, na praia, na piscina, em casa ou no destino de descanso, abrir uma garrafa é sempre um bom motivo para brindar. O espumante nacional caiu no gosto dos brasileiros e de consumidores do mundo inteiro em qualquer época do ano, mas é no Natal e Ano Novo que ele ganha a preferência mundial.

A Miolo, vinícola brasileira que elabora espumantes em três regiões do Rio Grande do Sul e na Bahia, tem espumantes que harmonizam com os agitos do período. E não é só isso, a marca também brinda os 33 prêmios conquistados este ano somente para seus espumantes.

São 15 rótulos que vão de escolhas descontraídas até as mais sofisticadas. Tem espumante para todos os gostos. A diversidade está nos estilos e no preço, com opções que vão de R$ 25, como é o caso do Almadén Brut (Branco e Rosé) e Demi Sec, até chegar ao recém lançado Íride Miolo Sur Lie Nature 10 Anos, a R$ 350. Tem espumante tropical, espumante que conquistou até a França e espumante com Denominação de Origem Vale dos Vinhedos.

Os rótulos das marcas Terranova, Seival e Almadén, por exemplo, colocam na taça toda pluralidade que o Brasil esbanja com um excelente custo-benefício. Elaborados com uvas cultivadas no Vale do São Francisco, na Campanha Meridional e Campanha Central do Rio Grande do Sul, estes espumantes são ideais para celebrar. Fáceis de beber, carregam expressões dos três terroirs em assemblages com uvas como Chardonnay, Pinot Noir, Chenin Blanc, Sauvignon Blanc, Verdejo, Moscato, Grenache, Pinot Gris, Shiraz e Semillon.

Estreia premiada

Miolo Millésime Brut Rosé
Foto: Augusto Tomasi

A variedade também é grande para quem busca algo mais requintado. É o caso do Miolo Millésime Brut. A versão Rosé 2017, lançada este ano em alusão aos 30 anos da Miolo, é um exemplar único, feito a partir de uvas Pinot Noir cultivadas no Vale dos Vinhedos.

Elaborado pelo método tradicional – fermentação na garrafa – e envelhecido por 18 meses nas caves subterrâneas da vinícola, este espumante é complexo, elegante e traz a Denominação de Origem Vale dos Vinhedos. Obteve 91 pontos no Descorchados 2019, colecionando prêmios de Vinho Revelação, Melhores Espumantes Brut, Melhores Espumantes Rosados e Melhores do Vale dos Vinhedos.

Também foi classificado pelo Guia Catad’Or 2019 e recebeu Gold no Wines of Brazil Awards 2019. O Miolo Millésime Brut Rosé 2017 encerra seu ano de estreia com Grande Ouro no 11º Concurso do Espumante Brasileiro, acompanhado pelo Íride Miolo Sur Lie Nature 10 Anos Safra 2009 e pelo Miolo Cuvée Tradition Espumante Brut Rosé.

Do Natal Luz a Paris

Miolo Cuvée Tradition
Foto: Rodinaldo Goularte

Outra dica certeira para brindar a chegada de 2020 em qualquer lugar do mundo é o Miolo Cuvée Tradition. Eleito o espumante oficial do Natal Luz de Gramado há vários anos, é também o espumante brasileiro mais vendido em Paris, capital do país do champagne. Presente em 15 países (Alemanha, Austrália, Brasil, Chile, China, Estados Unidos, França, Guatemala, Inglaterra, Itália, Japão, Nova Zelândia, Paraguai, Peru e República Tcheca), o Miolo Cuvée Tradition pode ser encontrado no varejo e loja virtual da Miolo, além de casas especializadas, hotéis e restaurantes de todo o país.

Outra boa dica da marca para a estação são os novos frisantes, elaborados com uvas moscatéis cultivadas no Vale do São Francisco. O clima tropical seco da Bahia é perfeito para este tipo de uva, agregando mais frescor e intensidade aromática ao produto. O Almadén Moscatel Frisante nas versões Blanc e Rosé traz a leveza do verão.

Coleção de espumantes da Miolo Wine Group

Íride (2)
Foto: Augusto Tomasi

Íride Miolo Sur Lie Nature 10 Anos
Miolo Millésime Brut
Miolo Millésime Brut Rosé

Miolo Cuvée Tradition 2
Foto: Rodinaldo Goularte

Miolo Cuvée Tradition Brut
Miolo Cuvée Tradition Brut Rosé
Miolo Cuvée Tradition Demi-Sec
Terranova Brut
Terranova Brut Rosé
Terranova Demi-Sec
Terranova Moscatel
Almadén Brut

Processed with VSCO with e4 preset
Almadén Brut Rosé
Almadén Demi-Sec
Seival by Brut

Miolo Seival Brut Rosé
Foto: Rodinaldo Goularte

Seival Brut Rosé

Informações: Miolo

Miolo é Campeã da Grande Prova Vinhos do Brasil 2019

Vinícola segue sendo a mais premiada da competição nacional, liderando as categorias Espumante Brut Rosé, Touriga Nacional, Rosé e Bag in Box, além de alcançar 92 pontos com três rótulos

Única campeã em quatro categorias, a Vinícola Miolo continua sendo a marca de vinhos e espumantes brasileiros mais premiada na Grande Prova Vinhos do Brasil (GPVB). A empresa saltou de 11 para 26 rótulos bem avaliados pela competição que reuniu, de 3 a 6 de junho, 25 especialistas no Hotel Vila Galé, no Rio de Janeiro. Os grandes vitoriosos foram o Terranova Brut Rosé, Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2018, Miolo Seleção Rosé 2019 e o Bag in Box Miolo Seleção Cabernet Sauvignon/Merlot 2017, campeões nas categorias Espumante Brut Rosé, Touriga Nacional, Rosé e Bag in Box.

A marca que possui o maior portfólio de rótulos nacionais – hoje com mais de 100 – mostrou não apenas a diversidade de sua produção como também a capacidade que o Brasil tem de elaborar vinhos e espumantes de alto nível, aproveitando o que cada região tem de melhor. Única a cultivar vinhedos e produzir em quatro diferentes terrois brasileiros – Vale dos Vinhedos (Serra Gaúcha), Seival/ Candiota (Campanha Meridional), Almadém / Santana do Livramento (Campanha Central) e Terranova / Casa Nova (Vale do São Francisco) -, a Miolo é a expressão mais autêntica da riqueza de solo e clima que o Brasil oferece.

“Apostamos nesse projeto de terroirs porque acreditamos no potencial de cada um deles. Respeitamos a natureza, entendendo suas potencialidades. Assim, criamos rótulos únicos que hoje são admirados pelo mundo inteiro. Receber mais esta distinção nos enche de orgulho e nos dá a energia de que precisamos para seguir adiante, conquistando novos paladares, gerando ainda mais prazer”, comemora Adriano Miolo, diretor superintendente da Miolo.

Além de ser campeã nas quatro categorias, a Miolo também se destacou na GPVB por alcançar 92 pontos com três rótulos, sendo eles: Terranova Brut Rosé, Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2018 e Miolo Lote 43 Safra 2012, mais um resultado que demonstra a qualidade da marca tanto em espumantes quanto em vinhos tranquilos. Os 26 rótulos com mais de 86 pontos contemplaram produtos de todas as regiões de atuação da Miolo.

A Campanha Meridional lidera com 11 destaques, seguida pelo Vale do São Francisco com nove, Vale dos Vinhedos com cinco e Campanha Central com um. Dos quatro Campeões, três são provenientes da Campanha Meridional, região que vem se destacando no cultivo de uvas propícias para a elaboração de vinhos diferenciados.

A GPVB reuniu 1.072 amostras inscritas por 122 vinícolas de oito estados brasileiros. A competição é uma realização do Grupo Baco Multimídia dirigido pelo jornalista Marcelo Copello, também presidente do júri. O resultado completo será publicado no Anuário Vinhos do Brasil 2019/2020, que será lançado no Rio Wine and Food Festival, em agosto. A cerimônia de entrega da premiação será durante a Wine South America, em setembro, em Bento Gonçalves (RS).

Bag in Box premiado

Atenta as mudanças no comportamento do consumidor de vinho, a Miolo é exemplo de inovação. Há mais de 10 anos, a empresa aposta no Bag in Box como alternativa para quem aprecia degustar apenas uma taça de vinho nas refeições, por exemplo, ou até mesmo levando em consideração a crescente consciência sobre o consumo moderado. O conceito vem ganhando espaço no mercado e a preocupação com a qualidade do produto é permanente.

“Todos nossos vinhos Bag in Box são os mesmos dos que são embalados em garrafa. A alternativa e a inovação do Bag in Box é apenas mais uma opção de atendimento das várias oportunidades e demandas do mercado. Ser Campeão na categoria Bag in Box da maior competição às cegas do Brasil é quebrar o paradigma de que vinho bom é somente aquele envasado em garrafa”, ressalta Adriano Miolo.

Campeões Miolo Grande Prova Vinhos do Brasil 2019

Categoria: Espumante Brut Rosé Charmat

Terranova Brut Rosé
Terranova Brut Rosé (Miolo Terranova – Vale do São Francisco, BA)

Categoria: Tinto Touriga Nacional

Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2018b
Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2018 (Seival/Candiota – Campanha Meridional, RS)

Categoria: Rosé

Miolo Seleção Rosé
Miolo Seleção Rosé 2019 (Seival/Candiota – Campanha Meridional, RS)

Categoria: Bag in Box

Miolo Seleção Bag in Box
Miolo Seleção Cabernet Sauvignon / Merlot 2017 (Seival/Candiota – Campanha Meridional, RS)

Jurados
Presidente do Júri: Marcelo Copello, Grupo Baco Multimídia
Sérgio Queiroz – Grupo BACO Multimídia
Alexsander de Oliveira – sommerlier chefe do Grupo Claude Troisgros
Beto Duarte – jornalista e diretor de documentários
Bruno Vianna – presidente SBSomm e Dip WSET
Danio Braga – chef e sommelier, fundador da ABS Brasil
Deise Novakoski – jornalista e consultora em vinhos
Ed Arruda – sommelier chefe do Copacabana Palace
Fernando Lim -, blogueiro e diretor da ABS-Rio
Gilvan Passos – WSET, consultor e autor de livros e DVDs sobre vinho
Homero Sodré – consultor de vinhos
Jéssica Marinzeck – sommelier, Dip WSET
João Pedro Lamonica – sommelier campeão do RWFF 2013
Jocelyn Sodré – professora de vinhos da Universidade Estácio de Sá
Joseph Morgan Jr. – presidente da ABS-Rio
Luiz Nunes – diretor e ex-presidente da ABS-Rio
Marcelo Copello – Grupo Baco Multimídia
Marcelo dos Santos – sommelier do Mr Lam
Marcelo Rebouças – proprietário da Cave Nacional
Maria Helena Tahuata – diretora da ABS-Rio
Rafael Puyau – WSET, embaixador Enocultura RJ
Raphael Zanon – sommelier chefe do restaurante Satyricon
Ricardo Farias – diretor e ex-presidente da ABS-Rio
Rodrigo Machado – Wset e colunista de vinhos na Band News FM/RS
Rodrigo Moura – sommelier e diretor de profissionais da ABS Rio
Wandyr Hagge – WSET, enólogo e produtor

Desemprenho dos produtos Miolo

CATEGORIA PRODUTO/SAFRA ORIGEM PONTOS CLASSIFICAÇÃO
Espumante Brut Rosé Charmat Terranova Brut Rosé Vale do São Francisco (BA) 92 Duplo Ouro

Campeão

Tinto Touriga Nacional Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2018 Campanha Meridional (RS) 92 Duplo Ouro

Campeão

Tinto Super Premium Miolo Lote 43 2012 Vale dos Vinhedos (RS) 92 Duplo Ouro
Rosé Miolo Seleção Rosé 2019 Campanha Meridional (RS) 90 Ouro

Campeão

Tinto Tannat Miolo Reserva Tannat 2017 Campanha Meridional (RS) 90 Ouro
Branco Gewurztraminer Almadén Gewrztraminer 2018 Campanha Central (RS) 89  
Espumante Brut Rosé Charmat Almadém Brut Rosé Vale do São Francisco (BA) 89  
Tinto Merlot Miolo Merlot Terroir 2015 Vale dos Vinhedos (RS) 89  
Espumante Brut Branco Charmat Terranova Brut Vale do São Francisco (BA) 89  
Tinto Cabernet Sauvignon Quinta do Seival Cabernet Sauvignon 2015 Campanha Meridional (RS) 89  
Doces e Fortificados Miolo Late Harvest 2012 Campanha Meridional (RS) 89  
Espumante Brut Branco Champenoise Miolo Millesime Brut 2015 Vale dos Vinhedos (RS) 89  
Branco Sauvignon Blanc Seival by Miolo Sauvignon Blanc 2018 Campanha Meridional (RS) 89  
Tinto Pinot Noir Miolo Single Vineyard Pinot Noir 2017 Campanha Meridional (RS) 89  
Bag in Box Tinto Miolo Seleção Cabernet Sauvignon/Merlot 2017 Campanha Meridional (RS) 89 Campeão
Espumante Moscatel Branco Terranova Moscatel Vale do São Francisco (BA) 88  
Branco de Outras Castas e Cortes Terranova Reserve Verdejo 2019 Vale do São Francisco (BA) 88  
Branco Sauvignon Blanc Seival by Miolo Sauvignon Blanc 2019 Campanha Meridional (BA) 88  
Espumante Brut Branco Charmat Almadém Brut Vale do São Francisco (BA) 88  
Branco Chardonnay Miolo Reserva Chardonnay 2017 Campanha Meridional (BA) 87  
Tinto Syrah Testardi Syrah 2017 Vale do São Francisco (BA) 87  
Tinto Tempranillo Miolo Reserva Tempranillo 2017 Campanha Meridional (BA) 87  
Espumante Demi-Sec Branco Charmat Terranova Demi Sec Vale do São Francisco (BA) 87  
Branco Chardonnay Miolo Cuvée Giuseppe Chardonnay 2017 Vale dos Vinhedos (RS) 87  
Espumante Demi-Sec Branco Charmat Almadém Demi Sec Vale do São Francisco (BA) 86  
Tinto Cortes Miolo Cuvée Giuseppe Merlot/Cabernet Sauvignon 2017 Vale dos Vinhedos (RS) 86

 

Vinhos Seival by Miolo

Democrática e versátil, linha traz um tinto, um branco e um espumante

Vem da consagrada região da Campanha, no Rio Grande do Sul, a nova linha de vinhos da Miolo, uma das mais expressivas e premiadas vinícolas do Brasil. Os rótulos foram elaborados com uvas que se adaptaram perfeitamente ao terroir onde está instalada a Vinícola Seival e chegam ao mercado nas versões Seival by Miolo Tempranillo 2016, Seival by Miolo Sauvignon Blanc 2017 e Seival by Miolo Branco Brut.

“Os novos vinhos Seival by Miolo são rótulos de qualidade que vão agradar desde os consumidores que estão começando a se aventurar no mundo do vinho até aqueles que já apreciam a bebida e buscam opções de rótulos descompromissados e leves. Gastronomicamente, é uma linha democrática e versátil, pois harmoniza com uma grande variedade de receitas”, resume Adriano Miolo, superintendente do grupo, que oficializou o lançamento dos produtos em São Paulo no dia 4 de setembro.

O tinto Seival by Miolo Tempranillo é a companhia perfeita para pratos suculentos como carne de panela, arroz carreteiro, feijoada, massas, pizzas clássicas e queijos como Gouda e Gruyère. De aroma frutado, traz elegantes notas de carvalho.

Se o cardápio inclui um bate-papo com os amigos ou um aperitivo à beira da piscina, saladas, peixes e carnes brancas, a harmonização fica por conta do branco Seival by Miolo Sauvignon Blanc. De pronunciado frescor ácido, combina com pratos leves e de média estrutura. Por contraposição, contrasta perfeitamente com comidas gordurosas e com tendência à doçura.

Límpido, de cor amarelo palha com nuances esverdeadas, o espumante SEIVAL by Miolo Branco Brut tem borbulhas finas, delicadas e persistentes. Com aromas delicados de frutas tropicais, deve ser consumido a temperatura entre 6 e 8 °C. É a escolha perfeita para acompanhar saladas, carpaccios e frutos do mar.

vinhos miolo

Os rótulos Seival by Miolo chegam ao mercado em setembro para vendas em empórios, delicatessens e restaurantes de todo o Brasil.

Os vinhos estão disponíveis em São Paulo, na capital, no Empório Netdrinks, Varanda Frutas, Lisboa Importados, Rei do Whisky, Rei dos Vinhos, Empório Santa Joana, Empório Vignamazi, Galeria dos Pães e Empório Frei Caneca. Em cidades do interior do estado a linha poderá ser encontrada no Q Emporium, em Taubaté; Padaria Real, em Sorocaba; Adega Paratodos, em Botucatu; Casa Deliza, em Araraquara; e Offer Importados, em Mogi das Cruzes.

Seival (Eveythrina cristagalli) é a árvore que originou o nome da nova linha de vinhos da Miolo, pois cresce livremente nas terras da região da Campanha, no Rio Grande do Sul.

Fonte: Grupo Miolo

 

Miolo é eleita ‘Melhor vinícola para se visitar’

“Impossível falar de vinho fino brasileiro e não pensar na Miolo” – assim começa a descrição da vinícola nas páginas dedicadas à marca no Guia de Vinícolas Brasil & Uruguay, lançado pelo escritor Flávio Faria, que mapeou 60 vinícolas dos dois países e consagrou a Miolo com a honraria máxima de três estrelas.

A marca também recebeu o prêmio de ‘Melhor vinícola para se visitar’ e figurou o Top 3 das categorias Vocação Turística e Visita Técnica. Pioneira no enoturismo na Serra Gaúcha, a Miolo é a primeira vinícola brasileira a criar um espaço exclusivo e integrado à natureza, o Wine Garden, que oferece aos turistas um charmoso piquenique harmonizado com vinhos e espumantes.

miolo.jpg

Também é a única vinícola na América do Sul a idealizar um curso destinado à formação de enólogos amadores, o Projeto Winemaker, que conta com a supervisão do enólogo da família, Adriano Miolo, e onde cada um aprende a elaborar o próprio vinho. São quatro encontros presenciais que acontecem no intervalo de um ano e meio e incluem aulas e visitas exclusivas aos vinhedos do grupo.

Minicursos de degustação e visitas guiadas com acompanhamento de enólogos da Miolo também são outros dois grandes atrativos aos milhares de turistas que visitam a região anualmente.

“Estamos honrados com o destaque que recebemos do Guia. Isso reforça a tradição da Miolo na elaboração de vinhos brasileiros e atesta nosso pioneirismo no Enoturismo no Brasil”, comemora Adriano Miolo, superintendente da marca.

miolo vinhos

Além de um breve relato sobre a história da Miolo e os principais projetos da empresa no texto intitulado ‘Cada vez melhor’, o Guia destacou quatro rótulos: o Quinta do Seival Alvarinho, como um dos melhores brancos da publicação; o Miolo Cuvée Giuseppe Chardonnay, descrito como “tudo o que se espera de um Chardonnay: cremosidade, volume em boca e os aromas típicos da casta, como abacaxi”; o Miolo Lote 43, um dos emblemas da casa; e o Miolo Merlot Terroir, com notas trufadas e terrosas.

Informações: Miolo

Colheita ao luar: poético vinho elaborado com uvas colhidas à noite

Novo Reserva Sauvignon Blanc expressa o romantismo da colheita sob a luz da lua na promissora região da Campanha, no Rio Grande do Sul

A vinícola Miolo anuncia o lançamento da safra 2017 de um de seus vinhos mais inusitados: o Reserva Sauvignon Blanc Colheita Noturna. Elaborado com uvas colhidas nas frescas madrugadas da promissora região da Campanha, no Rio Grande do Sul.

O poético processo de elaboração contou com uma nova tecnologia de colheita noturna mecanizada, implementada no Brasil em 2016 pela Miolo, que lançou, na ocasião, o primeiro vinho nacional proveniente de uvas colhidas à noite mecanicamente. Madrugada adentro, todos os procedimentos foram acompanhados por uma equipe do grupo, que fez uma inversão de horários para se dedicar à elaboração do novo Reserva Sauvignon Blanc.

“Escondemos os cachos da luz solar durante a maturação para, ao luar, fazermos a colheita. As uvas chegam fresquinhas à vinícola para o início da elaboração, o que possibilita preservarmos os aromas e aportarmos novas características à fruta e, consequentemente, ao vinho”, explica o enólogo e superintendente da marca, Adriano Miolo.

Ele pontua que o principal diferencial do processo é a influência das baixas temperaturas durante a noite. O período mais frio preserva as cores verdes do mosto, influenciando não apenas no sabor e aroma do vinho, como também em sua coloração.

“Durante a madrugada, a uva está gelada e apresenta uma preservação aromática diferente da fruta colhida durante o dia a altas temperaturas. Controlamos a temperatura da Sauvignon Blanc ainda na videira, permitindo evidenciar e explorar algumas de suas potencialidades, além de manter sua acidez natural”, detalha Adriano.

vinho 2017

Cristalino e jovem, o rótulo é a expressão do romantismo da colheita sob a luz da lua. Elaborado “gelado”, gelado deve ser consumido: a temperatura ideal para apreciar o novo Reserva Sauvignon Blanc é de 8°C. Além de ser ideal como aperitivo, é companhia perfeita para saladas, peixes, carnes brancas, massas, pizzas e queijos. Como se trata de um vinho branco de pronunciado frescor ácido, harmoniza com comidas leves e de média estrutura. Por contraposição, vai bem com comidas gordurosas e com tendência à doçura.

O Miolo Reserva Sauvignon Blanc Colheita Noturna 2017 já está disponível para na loja online da marca e nas Casas Miolo Champanharia Natalício em Porto Alegre e em São Paulo.

Informações: Loja Miolo / Champanharia Natalício