Arquivo da tag: museu da casa brasileira

Bazar da Cidade leva 110 expositores ao Museu da Casa Brasileira

Em sua 11ª edição, o Bazar da Cidade ocupa pela segunda vez o privilegiado terraço e jardim do Museu da Casa Brasileira. O evento – com entrada gratuita – ocorre no sábado 27 e no domingo 28 de abril, sempre das 10 às 21 horas, reunindo 110 expositores.

Parte deles – exatos 27 – são dedicados à gastronomia. Estão divididos em dois grupos: Mercearia, com produtos para se presentear ou serem levados para casa –; e Praça de Alimentação, com delícias para serem consumidas lá mesmo, no incrível espaço do MCB.

O Bazar da Cidade reúne também dezenas e dezenas de expositores de vestuários e acessórios, joias e bijuterias, casa e decoração, bem-estar, arte indígena e infantil.

Desde sua primeira edição, em agosto de 2015, o Bazar da Cidade dá importância à Gastronomia, sempre tratada de forma muito especial por Bel Pereira, curadora do evento.

“Dentro do conceito do nosso bazar de valorizar o diverso, o visitante encontrará opções interessantes que aguçarão seu paladar e sua criatividade”, afirma Bel Pereira. Dessa vez, por exemplo, a culinária húngara e toda sua tradição poderão ser apreciadas na barraca do É dos Anjos – Sabores do Mundo. Há ainda a comida típica venezuelana da Arepas Picatta SP e os sanduíches e pratos do Mapu, de legítimas raízes taiwanesas.

O bazar promove também uma série de oficinas para crianças e adultos. Uma das oficinas para adultos é gastronômica, e ocorre nos dois dias do bazar, sempre às 12h30:

Ervas, Especiarias e Masalas. Pitadas afetivas de aromas e sabores, com Marcelo Nastari, da Grão Vizir Masalas & Especiarias – Encontro regado a aromas, sabores e atividades sensoriais. A partir do uso dos sentidos serão abordados: “Conceitos de ervas, especiarias e masalas”, “Noções gerais de uso culinário de três a cinco temperos (ervas, especiaria e masala)” e “Armazenamento e qualidade”. Inclui degustação e material de apoio (temperos e material impresso) – Duração: 1h e 15 minutos – Vagas limitadas: 12 pessoas

Relação completa dos participantes gastronômicos:

Mercearia

Alho Negro do Sítio
O alho negro é o alho in natura, que passa por um processo de fermentação, é depois submetido a uma condição de temperatura contínua de aproximadamente 65 graus centígrados e umidade controlada e assim vai escurecendo sem nenhum aditivo químico. Ele ganha sabor, odor e textura diferenciados. Fica adocicado e perde aquela característica ardida. Com ele, são desenvolvidos diversos produtos: azeite, geleia, chimichurri, mostarda, pasta, pesto e pimenta de alho negro. O alho negro puro é vendido em embalagens de 100g, 250g e 500g. Há ainda embalagens gourmets para restaurantes.

Caiu do Pé

CAIU DO PÉ geleias premium 100% artesanais 1
Geleias premium e licores artesanais por Dulce Botelho. Semanalmente, as melhores frutas são higienizadas e cortadas, recebem adição de açúcar e suco de limão – base de todas as geleias. Para os licores, as frutas são colocadas em infusão alcoólica para maturação de 30 a 90 dias.

Campo Místico Cafés Especiais
Cafés produzidos em Bueno Brandão, Sul de Minas Gerais. Agricultura familiar de montanha, cujo processo de colheita é manual e seletivo, com secagem natural em terreiro suspenso. Tudo isso confere ao café aromas e sabores únicos.

Cantinho de Minas
Queijos artesanais e outros deliciosos produtos fazem o sucesso da Cantinho de Minas, empresa de Soraya Vilhena. Sete queijos são da Fazenda Pé de Serra, propriedade da família Vilhena, em Carmópolis. Mas a Cantinho trabalha com uma variedade maior do produtos. No total, são vinte diferentes tipos de queijos. Há ainda doces de leite, goiabadas, geleias e cachaças – entre elas, a Cachaça Sant’Ângela, armazenada em carvalho e umburana.

Empório Dona Mita
Empório Dona Mita, de Patricia Ioannou, produz de forma natural uma saborosa linha de antepastos e conservas, além de risotos incríveis. Para os antepastos e conservas, são usados azeite de oliva, óleo de girassol, alimentos frescos e não congelados. Destaques para o antepasto de alcachofra, bacalhau confit, relish picante de erva-doce, carpaccio vegetal de chuchu, chucrute artesanal. Os preços dos antepastos variam de R$ 25,00 a R$ 45,00. Os kits para risotos são de cinco sabores e custam R$ 30,00 cada. Entre eles, destacam-se o de pera com alho-poró e o de figo turco com nozes.

Grão Vizir Masalas e Especiarias
Marcelo Nestari leva ao Bazar da Cidade as ervas e temperos da sua Grão Vizir, produtos exclusivos que encantam todos os sentidos. As masalas (termo indiano para mistura de ervas e especiarias) são pra lá de especiais. Entre elas, Curry de Madras, Garam Masala, Kashmir Masala, Panch Phoron Rajasthani, Tandoori Masala e Tchai Masala. Destaque também para a Calda de vinho e especiarias, para ser explorada em muitos pratos, carnes, queijos, bolos e frutas.

Jais Hand Made
Empresa formada pelo alemão e fotógrafo publicitário Egon Jais e sua esposa Karina Jais, brasileira que atuava no mercado de moda. Egon é de família de cozinheiros alemães, onde os homens sempre dominaram a cozinha e trabalhavam da forma mais natural possível. A empresa produz charcutaria de carne suína e bovina, conservas no azeite, manteigas temperadas, chutneys, relishes, picles, mostarda e geleia de bacon.

K.Lab
Dos irmãos Renato Mendes e Victor Mendes, a K.Lab surgiu a partir do sucesso do Kittychenlab, canal de gastronomia do YouTube. A empresa produz uma linha de sete diferentes azeites aromatizados, elaborados com azeite extravirgem, ervas frescas e orgânicas processadas através de desidratação e sous-vide. A produção é artesanal e feita em São Paulo. Preocupada com a sustentabilidade, a Klab tem um sistema de refil, que é o azeite no saco, hermeticamente fechado.

La Conserveria
A empresa nasce da paixão pela gastronomia da italiana Graziana Matera, que une a tradição de fazer conservas à inspiração pela busca de novos sabores. Na Itália, conservar vem da necessidade e de respeito às estações – é armazenar o melhor das frutas e legumes para todos os momentos do ano. A proposta da Le Conserveria é perpetuar esse tipo de conhecimento, através de uma fabricação artesanal de qualidade, sem quaisquer aditivos químicos. No Bazar da Cidade, Graziana Matera estará com suas geleias e chutneys. Entre os chutneys, o mediterrâneo e o de cebola roxa com vinagre balsâmico. Entre as geleias, entre outras a de alho com pimenta calabresa, a de pimenta com alecrim, geleia de amora com lavanda e laranja com manjericão.

Mestiço Chocolates
Trazendo o cacau certificado da Fazenda Bonança, em Itacaré, Bahia, a Mestiço produz artesanalmente o chocolate em pequenas bateladas, preservando as características varietais e imprimindo identidade em cada receita. A família Galvão Kamei inaugura fábrica em São Paulo, na Vila Olímpia, onde desenvolve o conceito Tree-to-Bar, observando todo o processo desde o plantio da árvore até a elaboração das barras. A Mestiço Chocolates faz parte da 3ª geração de cacauicultores de Itacaré, na Bahia. O grande propósito da marca é fazer da Fazenda Bonança uma referência ainda mais forte no cultivo sustentável e de qualidade. O cacau é separado por variedades, permitindo a elaboração de chocolates com características diferenciadas, respeitando a individualidade dos frutos e do terroir.

Pain Vert
A Pain Vert é uma micropadaria artesanal de verdade, que faz pães veganos, orgânicos e de fermentação natural. Pães elaborados apenas com farinhas, sal, água e sementes ou frutas secas. Todos eles são fermentados por mais de 24 horas em ambiente controlado, e modelados manualmente, um a um. Depois de crescerem em panos de linho (couches), os pães são levados ao forno à lenha – assam diretamente no piso do forno.

Quinta do Quiriri
É uma propriedade em Paraibuna, SP, propriedade do português Nuno Carvalho e de sua esposa Joana Mattei, radiestesista e acupunturista. O casal tem uma preocupação bastante séria com o ato de nutrir-se. Assim, cada alimento produzido recebe, pela radiestesia, uma programação energética em seu processo de fabricação. São produzidos pães de fermentação natural, pães de batata doce (típico português), pastas de castanhas, granolas doces e salgadas, manteigas Ghee e iogurte grego sem lactose.

São João das Três Ovelhas

SÃO JOÃO DAS TRÊS OVELHAS queijos e outros produtos.jpg
Queijos artesanais de leite de ovelha produzidos em Terra Fria, Gonçalves, Minas Gerais. As ovelhas crescem livres, se alimentam de gramíneas orgânicas e nativas, bebem água de fonte natural. Os queijos produzidos são curados: o Serrinha é mais firme e o Sertão de Cantagalo, mais cremoso. O leite de ovelha resulta em um queijo de sabor marcante e é facilmente digerido pelos intolerantes à lactose e alérgicos.

Vestra Panem
Panificadora que produz pães artesanais de levain, de longa fermentação natural, assados diretamente na pedra, sem quaisquer aditivos ou melhoradores. A base é somente farinha de boa qualidade e sal. O resultado da arte do levain são pães escuros, com casca crocante e miolo aerado, macio e de sabor marcante e fácil digestão.

Xá de Cadera
“Nós não vendemos chá, vendemos a pausa, a reconexão individual”, afirma Manuela Sanchez, que criou a marca há poucos meses. Os chás são vendidos em tubos de ensaio de vidro. Cada frasco é fechado com uma rolha queimada. O processo é manual e os chás são feitos um por um. “O chá é uma bebida viva”, afirma Manuela. “E meu trabalho está em reconhecer as folhas, os aromas e suas caraterísticas, suas nuances, seus tons e seus benefícios”.

Praça de Alimentação

Aguzzo Cucina
Uma linha de massas artesanais simples e recheadas, preparadas a partir de receitas e molhos clássicos, estará em uma das principais tendas gastronômicas do Bazar da Cidade. O comando é da equipe do Aguzzo Cucina, restaurante inaugurado em 2006 e localizado no bairro de Pinheiros. Serão cinco massas frescas combinadas com cinco diferentes molhos. As massas: ravioli caprese, ravioli manzo, gnocchi de batata, gnocchi de espinafre, fetuccine. Os molhos: pomodoro, bechamel, bolonhesa, manteiga de trufas negras, ragu de cordeiro.

Arepas Picatta SP

AREPAS PICATTA SP tortilha venezuelana grossa, feita de milho branco, assada e bem recheada.jpg
A comida típica venezuelana também estará presente no Bazar da Cidade. Arepas Picatta SP é a marca comandada por Rosalva Vanesa Cardona de Silva, venezuelana de Puerto Ordaz, há quase quatro anos vivendo no Brasil, em São Paulo. No cardápio, “arepas” – uma espécie de tortilha feita de milho branco ou amarelo, servida com diferentes recheios –; empanadas fritas recheadas, também feitas de milho amarelo; “tequeños” – dedos de queijo, envoltos por uma massa de trigo –; e “papelón com limón” – limonada típica venezuelana, adoçada com rapadura.

La Cuisine Crepes Artesanais

LA CUISINE CREPES ARTESANAIS crepes de autênticas receitas francesas - salgados com farinha integral e doces com farinha branca (2).jpg
Os crepes são feitos com massa autêntica francesa, aprendidos e reproduzidos à risca de uma dupla de amigas francesas. Serão servidos no Bazar da Cidade crepes salgados, com três diferentes tipos de recheio. Entre eles, o de mozarela e pesto. Há ainda deliciosos crepes doces: de Nutella, de chocolate Hershey’s e de doce de leite .

Cervejaria Los Compadres
Cervejaria artesanal de Atibaia, SP, que nasceu da união de dois compadres. Os rótulos das garrafas são geralmente caricaturas em homenagem aos amigos que contribuíram para o surgimento da empresa. No Bazar da Cidade, a Los Compadres estará com quatro estilos de chopp: Lager, Weiss, Ipa, Red Ipa.

Cheers (Drink Truck)
Taças de vinhos e drinques preparados na hora fazem parte da carta de bebidas da Cheers, empresa criada por Alessandra Miguel. Numa simpática kombi azul, pode-se provar dos drinques da moda, como Aperol Spritz e Gin Tônica, tomar uma dose de uísque ou optar por uma taça de espumante, ou de vinho tinto, branco ou rosê. Os vinhos são da Argentina, Chile, Espanha, Portugal ou ainda da França e Estados Unidos.

Deliciss
A Deliciss é especializada em charcutaria artesanal. Criada em 2014 por Eduardo Augusto da Silva, descendente de italianos, a empresa está sediada na Mooca e tem conquistado São Paulo com suas receitas resgatadas da paixão dos avós de Eduardo, que chegaram ao Brasil no início do século XX. No Bazar da Cidade, Eduardo levará o melhor de seu portfólio: salame, butifarra (salame catalão), copa, lombo, porchetta, pancetta, bacon, linguiça curada, pastrami.

Dom – Emporium & Cozinha Artesanal

DOM EMPORIUM & COZINHA ARTESANAL maha mantra.jpg
Sanduíches, petiscos, pratos informais e drinques. Tudo muito gostoso, desenvolvido a partir de uma cozinha que ocupa a garagem de um sobrado na cidade de Mauá, Grande São Paulo.

É dos Anjos – Sabores do Mundo
Os pratos e doces dessa pequena empresa são inspiradas em receitas de família e homenageiam a culinária húngara. Entre as criações, destaques para Kürtos Kalács, um bolo doce de espeto, típico do leste europeu, cujo primeiro registro escrito remonta a 1.679. Ele nasceu com os húngaros da Transilvânia. Outra delícia típica é o Gulyás (conhecido como Goulash), um dos pratos mais antigos da Hungria, conhecido desde o séc. IX, e originalmente preparado pelos pastores húngaros que eram nômades.

Farfalla Gelato Leggero

FARFALLA GELATO LEGGERO gelato de amora
A Farfalla Gelato Leggero, da mexicana Julieta Osório Borba Pereira e do brasileiro Eduardo Borba, seu marido, estará no Bazar da Cidade com seu tradicional e delicioso gelato italiano: cremoso, leve e artesanal. São tradicionalmente oito sabores, sendo quatro deles veganos: cacau, limão siciliano, manga e maracujá stracciatella. Os outros quatro sabores são baunilha, chocolate, pistache e stracciatella (produzido com o melhor leite fresco e chocolate 53% de origem Bahia). Para a edição do Bazar da Cidade haverá um sabor muito especial: o de amora.

Mapu (Food Truck)

MAPU FOOD TRUCK bao de língua
Comandado por Duilio Biin Homg Lin e sua mãe, o Mapu, criado há pouco mais de um ano, tem como propósito oferecer os aromas e sabores de uma gastronomia de raízes taiwanesas, por meio de um projeto de comida itinerante. Para o Bazar da Cidade, Duilio montou um cardápio delicioso: são três sanduíches que têm como base o bao (pãozinho chinês feito no vapor), dois petiscos e um prato principal: o Lu Rou Rice, uma espécie de picadinho de carne de porco taiwanês.

Pão di Queijo da Mineira
Renata Goulart é mineira e uma verdadeira mestra quando o assunto é “o melhor pão de queijo que alguém já provou”. Nascida em Campanha, cidade do sul de Minas, Renata resolveu, em 2015, transformar em negócio o “pão de queijo produzido cuidadosamente pela família”. Para o Bazar da Cidade, ela levará uma boa mostra dessas delícias mineiras, como o pão de queijo tradicional, que pode ser apreciado em porções de cinco unidades; em unidade formato grande ou deliciosamente recheados. Neste caso, são os lanches de pão de queijo, como o de salmão defumado, com cream cheese e rúcula ou o de calabresa com queijo Serra da Canastra. Há também os pães de queijo recheados com doce de leite e com goiabada cascão.

Petiscleta (Food Bike)
A proposta da Petiscleta é oferecer sempre opções fáceis e criativas para se comer. Um exemplo é o hambúrguer de pinhão, combinado com guacamole, salada de repolho e cenoura. Há ainda hambúrguer de espinafre, batata suíça e pizza aperitivo de massa artesanal, fina e crocante.

Bazar da Cidade
Datas: 27 e 28 de Abril (sábado e domingo), das 10 às 21 horas
Local: Museu da Casa Brasileira
Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima 2705
Entrada gratuita

Museu da Casa Brasileira antecipa Dia das Mães com Mercado das Madalenas

Evento ocorre nos dias 13 e 14 de abril, das 10h às 20h, tem entrada gratuita e reúne moda, artes, decoração, gastronomia e entretenimento

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Sociedade Civil por meio de A Casa Museu de Artes e Artefatos Brasileiros, apresenta a 22ª edição do Mercado das Madalenas. Com temática voltada ao Dia das Mães, o evento sazonal que fomenta o desenvolvimento da economia criativa paulista, será realizado nos dias 13 e 14 de abril, sábado e domingo, das 10h às 20h, com entrada gratuita.

Os visitantes encontrarão uma variedade de produtos exclusivos feitos artesanalmente por aproximadamente 120 expositores oriundos de diversas cidades do país, característica que contribui para a pluralidade regional do evento, que reúne marcas de segmentos entre vestuário (feminino, masculino e infantil), decoração, joias, acessórios e presentes, além de uma gama de opções gastronômicas. Será oferecido ainda, gratuitamente, uma intensa programação cultural, com oficinas e palestras para públicos de diferentes faixas etárias.

Idealizado por Inara Prudente Corrêa e Mônica Isnard, o Mercado das Madalenas tem como missão gerar oportunidades para produtores independentes apresentarem seus trabalhos e estreitarem relações com os consumidores. A proposta é sair do clichê dos shoppings centers, razão pela qual, a curadoria segue critérios bastante seletivos.

“Unimos os mais diferentes criadores a consumidores interessados em adquirir produtos autorais artesanais, atraídos não só pela relação de consumo, mas também pela troca de conhecimento, em uma integração direta entre o produtor e o consumidor”, explica Inara. “Encurtamos as distâncias porque, além de levarem para casa um produto, as pessoas também levam uma história, pois podem conversar com os produtores e entender como é o processo de criação, as matérias primas usadas e a motivação dos nossos expositores”, comenta Mônica.

Seja na curadoria dos produtos ou das atrações, o Mercado das Madalenas busca valorizar e promover ações que contribuam para o bem-estar. “Nossa marca registrada é o alto astral, pois procuramos criar um ambiente onde a amizade é valorizada e a relação entre o expositor e o consumidor é resultado de uma conexão espontânea e natural”, afirma Mônica. “Queremos incentivar pequenos empreendedores a divulgarem seus trabalhos reunindo pessoas em um ambiente agradável para todos os gostos e idades, com temáticas relacionadas à vida em equilíbrio e à produção em cadeia sustentável”, completa Inara.

“O MCB é único museu do país voltado ao design e à arquitetura. Realizamos eventos que estimulam a economia criativa e valorizam o pequeno produtor ou artesão, como o Mercado das Madalenas, promovendo seu contato direto com o consumidor final, a fim de garantir a sustentabilidade desta cadeia”, acrescenta Miriam Lerner, diretora geral do Museu.

madalenas

Programação Cultural

As atividades oferecidas no evento são gratuitas. Para participar, é necessário chegar com 1h30 de antecedência e se inscrever no local.

Dia 13/04 – Sábado
Atração infantil
11h00 | Oficina ‘Construção de Fantasias’, com Atelier ZigZag – Atividade com duração de 30 minutos a cada 10 participantes – Duração: 6 horas
Atração para a família
11h15 | 13h15 | 15h15 | 17h15 | Mágica e Ilusionismo, com Celio Aminio – Vagas ilimitadas – Duração: 45 minutos
15h | Yoga com contação de histórias para pais e filhos, com Claudia Sant’Anna e Juliana Furlaneto – Vagas ilimitadas – Duração: 40 minutos
17h00 | Mandala das Dez Direções (exercícios em roda para qualquer idade), com Ondina Clais – Vagas ilimitadas – Duração: 40 minutos
Aulas
11h00 | Aula de Meditação, com Prem Ratna – 30 Vagas – Duração: 1 hora
Oficinas
12h00 | ‘Oficina de Kokendama’ (técnica japonesa de jardim suspenso), com Eveline Duarte – 15 Vagas – Duração: 1h30min
15h30 | ‘Carta de Colagem’ (confecção de cartas para a figura materna), com Sofia Lemos – 15 Vagas – Duração: 1 hora
Palestras
14h00 | ‘Qual a lógica sobre Alimentação Orgânica?’, com Ricardo Corrêa – 25 Vagas – Duração: 1 hora
17h00 | ‘A autoconfiança de mãos dadas com o autoconhecimento’, com Nininha Campedelli – 25 Vagas – Duração: 1 hora

Dia 14/04 – Domingo
Atração infantil
11h00 | Oficina ‘Construção de Fantasias’, com Atelier ZigZag – Atividade com duração de 30 minutos a cada 10 participantes – Duração: 6 horas
Atração para a família
11h15 | 13h15 | 15h15 | 17h15 | Mágica e Ilusionismo, com Celio Aminio – Vagas ilimitadas – Duração: 45 minutos
15h | Yoga com contação de histórias para pais e filhos, com Claudia Sant’Anna e Juliana Furlaneto – Vagas ilimitadas – Duração: 40 minutos
17h00 | Mandala das Dez Direções (exercícios em roda para qualquer idade), com Ondina Clais – Vagas ilimitadas – Duração: 40 minutos
Aulas
11h00 | Aula de Meditação, com Prem Ratna – 30 Vagas – Duração: 1 hora
Oficinas
12h00 | ‘Arranjo Tropical’, com Fernanda Procoppe – 15 Vagas – Duração: 1 hora
15h30 | ‘PapperCutting’ (técnica de recortes em desenho no papel), com Sofia Lemos – 15 Vagas – Duração: 1 hora
Palestras
14h00 | ‘Benefícios das Plantas e Flores para o corpo, mente e alma’, com Hilda Pontes – 25 Vagas – Duração: 1 hora
17h00 | ‘Relacionamentos na era digital’, com Nininha Campedelli – 25 Vagas – Duração: 1 hora

Praça de Alimentação:
Arepas Picatta SP, Café Campo Místico, Caminhoneta Burger & Co, Capril do Bosque, Cheers, Cozinha Voilá, Da Villar Food Cart, Jais Hand Made, Kiro, Limoncello Di Gagliardi, Mapuche Bier, Mocotó Aqui!, Muu, Pão di queijo da mineira, Pedala Café Bistro, Priscila França Chocolates, Quinta do Quiriri, Tâmara Alimentos, Verdô Sucos, Villa Lucchese.

Marcas participantes já confirmadas:
2b Eco, Adedo, Agü Bebê, Aline Vito, AR Atelier d’Art, Ateliê Alaine Colucci, Ateliê Andreas Martorelli, Ateliê Beta Macedo, Ateliê Fernanda Precoppe, Atelier Luciana Pivato, Ava Velas, AzuLar, Bagbag Store, Bossa Basics, Bossapack, Brestudio, Brisa moda ao ar livre, Bruno Moreno Studio, Bubblebee, Camila Romero, casa MO, Ceci Borges acessórios, Cheeky Children, Coisas de Nine, Collab L2, Coquine Intimates, Criativo Curioso, Crochê Moderno, Dafna Edery, Easy Company, Ecletnica, Eco.tube, Essências da Terra, Estilo Barkoh, Estúdio Capim, Fabiana Zerbinatto, Feira Moderna / Edith Pittier Bolsas, Feminist.Joy, FigaSwim, Fita de Moça, Giuliana de Fiori Atelier, Iguana Eco, Iluminismo, Ju Pellizzon, Juprá, Klatsch, Lejour Homewear, Leninha Roupa de Baixo, Lhanas, Loom Knitwear, Lu Montenegro, Michele Brito, Miemy Stilo, Mien Atelier, 1985 d.D, Miriam Pappalardo, Mole Bags, Moeê, Mumo Moda, My Bag Studio, Naná Flores, Nuz demi couture, Ó a saia dela, O coletivo megafone, O Ponto Mosaico & Artes, Panou, Para Dormir, Patmotta, Paula Fabbri, Peixe Amarelo, Porfiria Budetti, Psicotrópica, Regina Lindenberg Aquarelas, Roxanne Duchini, Sacola Tropical, Simone Aguilera Design, Sophos Rio, Studio Dalzotto, TA Tear Paulista, Tecer, Terral, Teti Lis, Timirim, Tina LIsboa bolsas, Trecos e Trapos, Utopiar, Viajantesss, ViraMundo ateliê / Bothânikos, Yunques, Zona de Conforto.

madalena6

Museu da Casa Brasileira: Av. Brigadeiro. Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano, São Paulo – SP

 

 

Museu da Casa Brasileira promove edição de Natal do Mercado das Madalenas

Com entrada gratuita, o evento será realizado nos dias 15 e 16 de dezembro com exposições, gastronomia, cultura e lazer

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura do Estado, gerido pela Sociedade Civil por meio da A Casa Museu de Artes e Artefatos Brasileiros, apresenta a 21ª edição do Mercado das Madalenas – edição comemorativa de Natal, que será realizada nos dias 15 e 16 de dezembro, sábado e domingo, das 10 às 20 horas. A entrada é gratuita.

Os visitantes encontrarão uma grande variedade de produtos exclusivos feitos artesanalmente, com mais de 80 marcas dos mais diversos segmentos, entre vestuário (feminino, masculino e infantil), decoração, joias, acessórios e presentes. O Mercado das Madalenas também oferece opções gastronômicas e oficinas gratuitas para o público.

As idealizadoras e curadoras, Inara Corrêa Prudente e Mônica Isnard, afirmam que a missão do evento é promover a economia criativa, gerando oportunidades para os produtores independentes apresentarem seus trabalhos, estreitando relações com o consumidor.

“Sempre admiramos os trabalhos autorais, que são singulares e diferentes daquilo que é produzido em massa, e também tínhamos contato com muitas pessoas desse meio. A partir daí, tivemos a ideia de desenvolver um evento reunindo esse círculo pessoal em um ambiente agradável e repleto de possibilidades”, conta Monica. “A proposta é sair do clichê dos shopping centers, por isso, o nosso critério é bastante seletivo. Queremos incentivar pequenos empreendedores a divulgar o seu trabalho, além de reunir pessoas em um ambiente agradável para todos os gostos e idades”, completa Inara.

“O MCB, único museu do país voltado ao design e à arquitetura, realiza uma série de eventos, como o Mercado das Madalenas, que valorizam o pequeno produtor ou artesão, promovendo seu contato direto com o consumidor final, a fim de garantir a sustentabilidade desta cadeia produtiva”, acrescenta Miriam Lerner, diretora geral do Museu.

madalenas 1

Programação cultural
As atividades oferecidas no evento são gratuitas. Para participar, é necessário chegar com 1h30 de antecedência e se inscrever no local.

Dia 15/12 – Sábado

Atração infantil
11h às 18h – Atelier Zig Zag com Silvinha Moraes – construção de fantasias

Aulas
11h – Meditação com Prem Ratna – duração de 1h – vagas ilimitadas
17h – Feng Shui e Prosperidade para 2019 com Cris Ventura – duração 1h – 25 vagas

Oficinas
12:30h – Arranjo de Flores Naturais com Cris Sanches – duração 1h – 15 vagas
15h – Caderno de Colagem com Sofia Lemos – duração 1h30 – 15 vagas

Dia 16/12 – Domingo

Atração infantil
11 às 18h – Atelier Zig Zag com Silvinha Moraes – construção de fantasias

Aulas
11h – Meditação com Prem Ratna – duração de 1h – Vagas ilimitadas.
12:30h – Poder das Afirmações e Intenções com Cris Ventura – duração 1h – 25 vagas
15h – Imagem Pessoal e Empoderamento, com Karis Brito – duração 1h30 – 20 vagas

Oficinas
17h – Flores em Papel com Marcia Chicaoka – duração de 1h – 15 vagas

Praça de Alimentação:
Café Campo Místico, Caminhoneta Burger & Co, Da Villar Food Cart, DeliciSS Produtos Artesanais, De Lá Do Pão, Eco.tube, Empório Dona Mita, Itea Chás Orgânicos, Jais Hand Made, Josi Atelier Gourmet, Kiro, La Viole, Limonchello Di Gagliardi, Mapuche Bier, Marroquina Couscous, Mel Costa Rica, Mestiço Chocolates, Mocotó Aqui!, Pão Di Queijo da Mineira, Pedala Café Bistrô, Pimentas & Pitadas, Pracinha de Portugal, Quinta do Quiriri, Sal da Terra Gastronomia, Salud Chopp Bike, Sissi Pães de Mel, Specialitá Di Tatá e Verdô Sucos.

Marcas participantes já confirmadas
Achados de Brianti, Adedo, Andrea de Carvalho, AR Atelier d’Art, Ateliê Alaine Colucci, Ateliê Beta Macedo, Atelier Luciana Pivato, Bagbag Store, Baka Studio, Bossapack, Brestudio, Brisa Moda ao Ar Livre, Camila Romero, Casa MO, Ceramic By Tati, Cheeky Children, Chicaoka Papel em Flor, CollabL2, Dafna Edery, Denise Gerassi, Dri Carneiro, DudaByDuda, Ecletnica, Ekilibre Amazônia, Equal Moda Inclusiva, Essências da Terra, Estilo Barkoh, Estúdio Capim, Estúdio Justina, Farol Brasil, Fita de Moça, Giuliana Di Fiori Atelier, Hayô Objetos com Significado, House of Freyja, Iluminismo, Ima Poesia, Ju Pelizzon, Katia Giambrone, Klatsch, Le Diable, Le Jour Homewear, Loom Knitwear, Lu Montenegro Cerâmica, Luiza Ruberti, Luli Ateliê, Maduu/Heleve, Maria Sublime, Marion Kopel, Maurício Duarte, Miemy Stilo, Miriam Papalardo, Moeê, Molsk, Mumo Moda, Muu, My Bag Studio, Neu, Ó A Saia Dela, O Coletivo Mega Fone, O Ponto Mosaicos, Panou, Para Dormir, Paula Fabbri, Peixe Amarelo, Pet For Fun, Rever, Ricreare, Riz, Rox, Roxanne Duchini, Sacola Tropical, SHWE, Sol.co, Sole, Sophos Rio, Studio Dalzotto, Studio Nó, Tear Paulista, Terral Natural, Timirim, Trapinhos Kids, Uber 47, Urbaninhos Store, Utopiar, Vic House, Vira Mundo Ateliê/Botanikos, Wee Joias, Woog, Yunques e Zona de Conforto.

madalenas

Mercado das Madalenas
Dias 15 e 16 de dezembro de 2018
Sábado e domingo, das 10h às 20h
Local: Museu da Casa Brasileira
Endereço: Av. Faria Lima, 2705
Entrada Gratuita

Bazar Elo7 traz produtos autorais e criativos para o Museu da Casa Brasileira

Mais de 60 lojas virtuais de todo o Brasil do Elo7 estarão reunidas nos dias 14 e 15 de abril, das 10h00 às 20h00, com entrada gratuita

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, e o site Elo7 realizam em parceria, nos dias 14 e 15 de abril, sábado e domingo, das 10 às 20 horas, o Bazar do Elo7. O evento terá entrada gratuita e os visitantes poderão conhecer produtos autorais de mais de 60 lojas virtuais de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, entre outros.

A intenção é poder oferecer presencialmente produtos de decoração, vestuário, calçados e acessórios, confeccionados pelos artesãos que compõem a rede do Elo7, o maior e mais completo site de produtos criativos e autorais do Brasil. Uma grande vitrine que habitualmente atrai virtualmente milhões de visitantes.

“A primeira edição do Bazar do Elo7 no Museu da Casa Brasileira visa a diversificação da programação de feiras que o museu vem realizando, com o intuito de propiciar o contato direto entre o pequeno produtor ou artesão e o consumidor final, na tentativa de garantir a sustentabilidade dessa cadeia produtiva”, explica Miriam Lerner, diretora geral do museu.

“Queremos trazer para o bazar toda a inspiração e os produtos fora de série que estão no dia a dia do site. O Dia das Mães também será um motivo especial, com presentes feitos com talento e carinho pelos criativos”, complementa o CEO do Elo7, Carlos Curioni.

992492ad-bazarmcb-01_06y07u06y07u00000045dffe0e-bazarmcb-02_06y07u06y07u000000403d6ffe-bazarmcb-03_06y07u06y07u000000

O Bazar do Elo7 oferecerá oficinas gratuitas para quem deseja aprender técnicas de artesanato durante os dois dias de evento. As aulas acontecerão às 14h00 e às 16h00, com temas como coração de crochê, carteira mágica eco e faixa de cabelo em tricô. Para os visitantes acompanhados de crianças de até dez anos, o Espaço Baby & Kids será o ponto de diversão, com atrações que incluem atividades criativas e circo, acompanhadas por monitores e brincadeiras.

O evento também contará com Espaço Pet, preparado para receber animais de estimação na entrada do Bazar, fora do Museu, e em parceria com a organização Pet Anjo.

Mais atrações

Com música ao vivo e DJs durante todo o evento, o público presente poderá aproveitar o Espaço Zen, com massagem do Espaço Terapêutico Rosa dos Ventos. Para os amantes de gastronomia, o Bazar conta com o Espaço Gastronômico, onde o público encontrará food trucks como Batuta’s, My Oh My Milkshakes e Espada de Jorge.

Música

Sábado – 14.04
11h00 – Show Big Shot Blues (blues)
13h00 – Show Bernardo – Voz e Violão (chorinho)
18h00 – Show Thermo Band Rock (pop rock)

Domingo – 15.04
11h00 – Show Big Shot Blues (blues)
13h00 – Show Bernardo – Voz e Violão (chorinho)
15h00 – Show Instrumentrio (blues)
18h00 – Show Brother Charlie (pop rock)

Circo

Sábado – 14.04
16h00 – Circo Tico e Polenta

Domingo – 15.04
17h00 – Circo Tico e Polenta

Oficinas criativas gratuitas

Sábado – 14.04
14h00 – Oficina de coração de crochê
16h00 – Oficina de carteira mágica eco

Domingo – 15.04
14h00 – Oficina de coração de crochê
16h00 – Oficina faixa de cabelo em tricô

O Bazar do Elo7 conta com o apoio da loja Carlota Design, da ONG Pet Anjo e da empresa Círculo.

bazar elo7

Bazar do Elo7: 17ª edição
14 e 15 de abril, sábado e domingo
Das 10h00 às 18h00
Museu da Casa Brasileira
Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705
Entrada gratuita
Informações: Tel.: (11) 3032-3727

Pequenos produtores de gastronomia participam da segunda edição da Feira Sabor Nacional

4 e 5 de novembro, sexta-feira e sábado – entrada gratuita

Após o êxito da primeira edição, que ocorreu em julho deste ano, o Grupo FEM e o Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, realizam a segunda edição da Feira Sabor Nacional, nos dias 4 e 5 de novembro, das 10 às 20 horas, com entrada gratuita. O evento reúne pequenos produtores de alimentos, bebidas e acessórios culinários com o intuito de incentivar e dar visibilidade aos produtos nacionais.

O principal objetivo do evento é retomar a tradição da cozinha brasileira, valorizando as receitas, temperos, cores e sabores, além de unir a cadeia de pequenos produtores diretamente ao consumidor final, fomentando um consumo consciente.

A Feira traz tanto estandes de produtores quanto uma praça de alimentação no jardim do Museu. Como opções de alimentação, estão nomes mais ou menos conhecidos, como: Mocotó Aqui; Cervejaria Nacional; RuaA; Mani Sorvetes; Carne Louca; Atelier do Brigadeiro; Capitu Cervejas; Cubq; VegNice; Gloops; Pipó; No Pote; PanneCrew; Amma Chocolates; Dourado Doces; Joy Pães de Mel; Isidoro Chocolates; Tabuleiro das Meninas.

Entre os estandes confirmados estão: A Compoteira; Abra a Boca e Feche os Olhos; Addad Franco Gastronomia; Agulha Mágica; A Queijaria; Alho Negro do Sítio; Amburana; Barraca do Juca; Borá Coalhadas; Borrielo Azeites; BR Spices; Cachaça Primeiro Beijo; Café Amorim; Casa do Bolo de Rolo; Cafeteria da Fazenda; Capril do Bosque; Cancian Embutidos; Castanharia; Cerâmicas da Cris; Cook It; Chefn’boss; Chez Moi Chez Toi; Chocolatar; Cogushi Cogumelos; Companhia dos Fermentados; Éh Tudo Cacau; Empório Poitara; Farofa.lá; Fazenda Santa Gostosura; Fazenda Santa Maria; Ghee Banqueteria; Grão Vizir Especiarias; Il Casalingo; Katsarola; Lá da Venda; La Mitad; La Tartuferia; Livraria da Vila; MeiMei Chás; Mestre Cuco; Mel Mandala; Obaatian Chás; Provençal Gourmet; Pupo Antepastos; Puro Verde Sucos; Regio Cestarias; Sabor de Fazenda; Samuka’s Pimentas; Santa Adelaide Orgânicos; Santiago Pães; Spadaccino; Spice Splice; S Simplesmente; Stella Ferraz; Strumpf; Terá Biscoitos; Telier; UM CoffeeCo; Victória Pães; Vinícola Fin; Yuki Cogumelos.

A Feira Sabor Nacional contará ainda com palestras e oficinas sobre os novos olhares da gastronomia. Veja a programação completa:

Palestras:
4 de novembro, sexta-feira
14h30 – Cenários e tendências do segmento de alimentação fora do lar (Michelle de Melo Santos | Sebrae SP)
16h – Alimentação Viva: Como tornar seus alimentos vivos e probióticos (Fernando e Leonardo | Companhia dos Fermentados)
17h30 – Horta Caseira Orgânica de Temperos em Pequenos Espaços (Silvia Jeha e Sabrina Jeha | Sabor da Fazenda)

5 de novembro, sábado
12h – Queijo em casa (Fernando Oliveira | A Queijaria)
12h às 15h – A alimentação e suas histórias (contadores de histórias para crianças sobre a Alimentação | Associação Viva e Deixe Viver)

Oficina Educativo MCB
Jardim Comestível – 5 de novembro, sábado, 14h30
Inscrições gratuitas: agendamento@mcb.org.br ou 11 3026-3913 (indicação etária: a partir de 5 anos)
Realizada em parceria com o Grupo de Estudos em Agricultura Urbana da USP, serão incorporados à horta do Museu uma série de espécies comestíveis típicas da cultura brasileira, tais como: ora-pro-nobis, capuchinha, taboa, entre outras.

feira

Expositores (confirmados até a data de fechamento desta postagem):
A Compoteira; Abra a Boca e Feche os Olhos; Addad Franco Gastronomia; Agulha Mágica; A Queijaria; Alho Negro do Sítio; Amburana; Borá Coalhadas; Borrielo Azeites; BR Spices; Cachaça Primeiro Beijo; Café Amorim; Casa do Bolo de Rolo; Cafeteria da Fazenda; Capril do Bosque; Cancian Embutidos; Castanharia; Cerâmicas da Cris; Cook It; Chefn’boss; Chez Moi Chez Toi; Chocolatar; Cogushi Cogumelos; Companhia dos Fermentados; Éh Tudo Cacau; Empório Poitara; Farofa.lá; Fazenda Santa Gostosura; Fazenda Santa Maria; Ghee Banqueteria; Grão Vizir Especiarias; Il Casalingo; Katsarola; Lá da Venda; La Mitad; La Tartuferia; Livraria da Vila; MeiMei Chás; Mestre Cuco; Mel Mandala; Obaatian Chás; Provençal Gourmet; Pupo Antepastos; Puro Verde Sucos; Regio Cestarias; Sabor de Fazenda; Samuka’s Pimentas; Santa Adelaide Orgânicos; Santiago Pães; Spadaccino; Spice Splice; S Simplesmente; Stella Ferraz; Strumpf; Terá Biscoitos; Telier; UM CoffeeCo; Victória Pães; Vinícola Fin; Yuki Cogumelos.

Praça de alimentação:
Mocotó Aqui; Cervejaria Nacional; RuaA; Mani Sorvetes; Carne Louca; Atelier do Brigadeiro; Capitu Cervejas; Cubq; VegNice; Gloops; Pipó; No Pote; PanneCrew; Amma Chocolates; Dourado Doces; Joy Pães de Mel; Isidoro Chocolates; Tabuleiro das Meninas.

Sobre o Grupo FEM
O Grupo FEM foi criado em julho de 2015 com a proposta de descobrir pequenos produtores da área gastronômica, divulgar seus trabalhos e receitas e aproximá-los ao consumidor final, fomentando um consumo constante e consciente. O trabalho é desenvolvido a partir da experiência profissional de seus fundadores, os empresários Elson Reys, José Roberto Giffoni, Reginaldo Okasaki de Freitas, Claudia de Castro Mello e Fawsia Borralho.

Sobre o MCB
O Museu da Casa Brasileira (MCB), instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação contempla exposições temporárias e de longa duração, além de uma agenda com debates, palestras e publicações que contribuem na formação de um pensamento crítico em temas diversos como urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre as inúmeras iniciativas do MCB, destacam-se o Prêmio Design MCB, principal reconhecimento do segmento no país, realizado desde 1986, e o projeto Casas do Brasil, cujo objetivo é resgatar e preservar a memória sobre a diversidade do morar do brasileiro.

lowres_feira_nacional-victor-neco
Foto: Victor Neco

Feira Sabor Nacional
4 e 5 de novembro, sexta-feira e sábado das 10h às 20h – entrada gratuita sujeita à lotação
Realização: MCB e Grupo FEM
Local: Museu da Casa Brasileira (11) 3032.3727
Av. Brig. Faria Lima, 2705 – Jd. Paulistano

Visitação
De terça a domingo, das 10 às 18 horas
Ingressos: R$ 7,00 e R$ 3,50 (meia-entrada) | Crianças até 10 anos e maiores de 60 anos são isentos | Pessoas com deficiência e seu acompanhante pagam meia-entrada
Gratuito aos finais de semana e feriados
Acesso a pessoas com deficiência
Bicicletário com 40 vagas | Estacionamento pago no local

Visitas orientadas: (11) 3026.3913 | agendamento@mcb.org.br | 

Informações: Museu da Casa Brasileira