Arquivo da tag: Natal

Plano de recuperação imediata da pele após as festas

Especialistas dão dicas de como prevenir e tratar a pele ressecada e sem viço que surge após as festas devido ao consumo de álcool e uso excessivo de maquiagem que ocorrem durante esse período

As festas de fim de ano são pura diversão. É hora de reunir a família para beber e comer os pratos tradicionais da época, além de celebrar o ano que se passou e o ano que está por vir. Porém, no período que procede as festas é comum nos depararmos com a pele ressecada, sem viço, brilho e saúde. Isso por que, além da maquiagem que utilizamos para as festas que por si só afeta a pele, o álcool, geralmente ingerido em grandes quantidades durante essa época, não apenas piora a qualidade do tecido, como pode acelerar o processo de envelhecimento cutâneo.

“O organismo precisa de água para metabolizar o álcool. Logo, se não houver água suficiente, o organismo busca nos tecidos periféricos a água para realizar o seu trabalho. E esse é o grande problema, pois a perda d’água afeta a pele, diminuindo o viço e colaborando para o ressecamento e a descamação. Além disso, o álcool estimula a produção de radicais livres, que em contato com as células danificam a sua estrutura, causando envelhecimento precoce e flacidez”, explica a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Getty Images

Os doces (em excesso) também são vilões da época. “Doces e alimentos ricos em açúcares são pró-inflamatórios e transformados em açúcar, que se liga às fibras de colágeno e modifica sua estrutura em um processo conhecido como glicação, que causa rugas e o amarelamento da pele, quando há um consumo crônico exagerado. Por isso, o ideal é manter uma alimentação saudável e evitar exagerar”, acrescenta a também dermatologista, Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Mas é possível prevenir que a pele sofra após as festas e até mesmo recuperar a saúde que o tecido tinha antes deste período através de alguns cuidados básicos. Confira abaixo:

Hidrate-se: “O mais importante para evitar que sua pele esteja ressecada e sem viço após as festas é manter-se hidratado. E não apenas após beber, mas enquanto bebe também. Junto ao álcool, tome água ou água de coco”, afirma Claudia. Também não esqueça de usar hidratantes em texturas adequadas, com ingredientes como Hyaxel e DSH CN, que mantêm a umidade da pele e recuperam o viço.

Não esqueça de remover a maquiagem antes de dormir: “Retirar a maquiagem antes de dormir evita o acúmulo de oleosidade e resíduos, o que contribui para uma pele mais suave, viçosa e com uma aparência melhor”, explica Isabel Piatti, Consultora Executiva em Estética e Inovação Cosmética e conselheira do Comitê Técnico de Inovação da Buona Vita.

Freepik

O farmacêutico e pesquisador Maurizio Pupo, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy, indica a água micelar, que traz alto poder demaquilante e purificante, sendo capaz de remover com facilidade a maquiagem mais resistente, a oleosidade e os resíduos de poluição e outras impurezas que se aderem à pele ao longo do dia. “A ação do produto deve-se ao fato de ser formulado com micelas demaquilantes, poderosas moléculas de limpeza suave que são capazes de atrair as sujidades da pele e assim realizar uma remoção profunda dessas impurezas que obstruem os poros sem causar irritação ou desidratação do tecido cutâneo”, destaca o farmacêutico.

Não poupe no hidratante: “Após a limpeza da pele, utilizar cremes hidratantes com ação anti-inflamatória e antioxidante no rosto é uma ótima medida para a recuperação rápida do tecido. O ideal é usar produtos com ativos como vitamina C, Alistin, vitamina E, Arct-Alg, resveratrol, picnogenol, luteína, ácido hialurônico e ômegas 3 e 6. Se você tem pele oleosa, procure produtos oil control e que proporcionem efeito mate em forma de séruns, loções ou gel”, afirma Claudia. Já se você tem a pele seca, opte por hidratantes nutritivos com veículos mais robustos, cheios de lipídios e com a capacidade de segurar a água na pele para ajudar a formar a membrana hidrolipídica. “Além disso, as máscaras de hidratação também podem ser usadas para revigorar a pele com aspecto cansado”, diz Paola.

Foto: ViralPortalNet

Faça compressas: “Se a festa foi longa e no dia seguinte os olhos ficaram inchados, uma alternativa rápida e momentânea é aplicar compressas de chá de camomila gelado por dez minutos. Isto vai promover vasoconstrição, diminuição do inchaço e ação anti-inflamatória. Outra forma de diminuir bolsas e olheiras é usar cosméticos à base de vitamina K, cafeína e extratos de castanha da índia, que estimulam a drenagem dos vasos e diminuem o inchaço e a inflamação, além do uso da Vitamina C antioxidante. Uma dica é deixar os cremes na geladeira. Com a temperatura fria eles refrescam e descongestionam os olhos”, ensina Claudia.

Pegue leve na maquiagem e opte por aquelas com ativos hidratantes: “Após as festas, como sua pele está afetada, cuidado para não abusar da maquiagem. Use com moderação e, no lugar da base, prefira hidratantes com cor ou cosméticos multifuncionais, como os BB ou DD creams, pois, além de uniformizar e corrigir sua pele, estes produtos também vão manter o tecido saudável ao longo do dia”, explica Isabel.

Botswanayouth

Alimente-se adequadamente: consumir alimentos leves também é uma boa medida para diminuir os efeitos do pós-festa no tecido cutâneo. “E isso não só na pele, mas em todo organismo, pois alimentos de fácil digestão fazem com que o corpo elimine o álcool e as toxinas com maior rapidez. Além disso, uma dieta saudável melhora a qualidade da pele. Por isso, inclua mais vegetais e frutas na alimentação pós-festa”, finaliza a médica nutróloga Marcella Garcez, professora e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

Nutricionista ensina como evitar exageros na alimentação das festas de fim de ano

Dentre as orientações, nutricionista da Dietbox diz que se deve evitar jejuar durante o dia e beliscar no preparo das refeições

Mesa farta é convite para a “comilança” nas festas de fim de ano. Pode ser difícil resistir às tentações, que, muitas vezes, são mais calóricas que as refeições habituais. Mas, segundo Júlia Canabarro, nutricionista da startup de nutrição Dietbox, é possível aproveitar as datas sem cometer exageros.

“Se você é a pessoa responsável pela preparação do cardápio, pode fazer escolhas inteligentes já durante o processo. Por exemplo, evitar frituras e se atentar ao excesso de gorduras, condimentos, sal e embutidos nas preparações podem ser cuidados importantes para um cardápio mais saudável”, comenta Júlia.

A nutricionista da Dietbox dá outras dicas para minimizar os efeitos das festas de fim de ano e priorizar uma alimentação equilibrada. Confira:

Se alimente normalmente

“Não tente se restringir durante o dia para poder ‘se permitir’ à noite. O ideal é garantir a saciedade com consumo de frutas, fibras, cereais integrais e água para não chegar à noite faminto”, orienta.

Nada de beliscar durante a preparação

Beliscar os alimentos ao longo do processo de preparo não é uma boa ideia. “Normalmente, o ato de beliscar é feito sem pensar, movido pela ansiedade. Nestes casos, é comum nem percebermos o que estamos ingerindo”, comenta. “Fazer um lanche da tarde equilibrado para sustentar a fome até a hora do jantar, e claro, manter uma boa hidratação são medidas essenciais”, completa a nutricionista.

Escolha bem os alimentos que vão ao prato

No momento de montar o prato, a especialista da Dietbox ressalta a importância de priorizar as preparações mais naturais e, se possível, dar preferência a preparações assadas e temperos naturais. Já a porção servida pode depender da necessidade de cada pessoa, mas é essencial avaliar a saciedade e saber o momento de parar. “Apenas vale se atentar que, caso a quantidade ingerida seja muito alta, pode atrapalhar o sono e ainda causar problemas gastrointestinais”, pondera.

Evite líquidos durante as refeições

Júlia alerta para a ingestão em excesso de líquidos junto às refeições, pois a prática pode gerar grande desconforto gástrico. Os alcoólicos merecem atenção redobrada, pois trazem efeitos negativos ao metabolismo, incluindo a desidratação.

Não se sabote na sobremesa

A dica do jantar também se aplica na sobremesa: avalie a saciedade. “Para quem está em um planejamento um pouco mais restrito, talvez optar por frutas ou comer apenas um dos pratos doces seja a melhor alternativa. Assim, pode ficar mais fácil manter um pouco mais de controle sobre o que ingeriu”, aconselha.

Mesmo assim, cometeu algum exagero?

Se mesmo seguindo as orientações houve algum exagero, não tem problema. “No dia seguinte, não tente compensar fazendo uma restrição alimentar ou abusando de exercícios físicos. Um dia apenas não colocará tudo a perder. Procure comer alimentos leves e naturais como frutas, legumes e verduras, e hidrate-se muito”, conclui a nutricionista.

Fonte: Dietbox

Cuidado com os excessos de fim de ano: antes mesmo de você engordar, sua pele pode sofrer

Estudo publicado em fevereiro no Journal of Investigative Dermatology destaca que, mesmo a curto prazo, a exposição à dieta ocidental rica em gordura e açúcar é capaz de induzir doenças inflamatórias na pele, como acne, psoríase e envelhecimento antes de um significativo ganho de peso corporal

Amamos pavês, bolos, doces, tortas e todo o exagero de Natal, afinal, a ceia feita em família é um momento gostoso. Mas é necessário ter cuidado para não esticar a comilança. Isso porque antes mesmo de experimentar o peso a mais de alguns abusos na alimentação, podemos literalmente sentir na pele as consequências, segundo um estudo, publicado no começo de fevereiro no Journal of Investigative Dermatology.

“Os pesquisadores da UC Davis Health demonstraram que, mesmo uma exposição em curto prazo à dieta ocidental rica em gordura e açúcar pode levar a doenças inflamatórias da pele, como a psoríase”, explica Marcella Garcez, médica nutróloga e professora da Associação Brasileira de Nutrologia. “Segundo o estudo, as doenças inflamatórias da pele podem aparecer antes mesmo de experimentarmos os quilinhos a mais dos excessos”, acrescenta a médica.

Embora o estudo tenha relacionado a casos de psoríase, há evidências de que a dieta rica em gorduras ruins (como frituras) e açúcar pode causar acne e envelhecimento da pele. “Existe um gene chamado TNF-alfa e ele está associado ao processo inflamatório; se o indivíduo tem um alelo (forma alternativa de um determinado gene) que leva a um processo inflamatório mais intenso, você vai usar alguns ativos orais em uma determinada concentração para frear e adequar a expressão desse gene. Além disso, você deve tomar cuidado com a alimentação, pois existem alimentos que são pró-inflamatórios e o consumo exagerado pode piorar a inflamação da acne e também o envelhecimento da pele”, afirma o geneticista Marcelo Sady, Pós-Doutor em Genética e diretor geral Multigene.

Foto: Mel Schmitz

O estudo “Short-term exposure to a Western diet induces psoriasiform dermatitis by promoting accumulation of IL-17A-producing γδ Tcells” sugere que os componentes da dieta podem levar à inflamação da pele e ao desenvolvimento de psoríase. De acordo com a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, a psoríase é uma inflamação que ocorre quando os anticorpos começam a agredir os queratinócitos, células produtoras da proteína morta responsável por formar a camada protetora da pele. Em resposta a essa agressão, os queratinócitos começam a se proliferar, multiplicando-se de maneira muito mais rápida e assim favorecendo a formação de crostas.

Psoriasis Hand

“Além disso, há a dilatação dos vasos sanguíneos, que leva ao surgimento de manchas vermelhas. Posteriormente, ainda ocorre um processo de micropontos de sangramento no local, chamado de orvalho sangrento, devido a remoção dessas crostas que se formaram durante o processo inflamatório”, explica a médica. “Dessa forma, a psoríase é categorizada como uma doença autoimune, sendo causada então principalmente devido à predisposição genética. Porém, outros gatilhos também podem agravar a doença, como fatores ambientais, alimentação e o estresse”, completa.

Estudos anteriores mostraram que a obesidade é um fator de risco para o desenvolvimento ou agravamento da psoríase. A dieta ocidental, caracterizada por uma alta ingestão de gorduras saturadas e sacarose e baixa ingestão de fibras, tem sido associada ao aumento da prevalência de obesidade no mundo. Para o estudo da UC Davis Health, que utilizou um modelo de camundongo, os pesquisadores descobriram que era necessária uma dieta contendo alto teor de gordura e alto teor de açúcar (imitando a dieta ocidental em humanos) para induzir a inflamação da pele.

Em apenas quatro semanas, os ratos com dieta ocidental aumentaram significativamente o inchaço dos ouvidos e a dermatite visível em comparação com os ratos alimentados com dieta controlada e com dieta rica em gordura. “A dieta não saudável não afeta apenas a sua cintura, mas também a imunidade da pele”, diz Marcella.

O estudo detalhou os mecanismos pelos quais a inflamação ocorre após uma dieta ocidental. “O trabalho identificou que a alimentação rica em gordura e açúcares é capaz de despertar a sinalização inflamatória na pele, desregulando a via Interleucina-23, um mensageiro pró-inflamatório que contribui para o desenvolvimento de dermatites”, afirma a nutróloga.

O estudo também enfatiza a importância da dieta para pacientes com doenças de pele. Pacientes com psoríase, por exemplo, com má alimentação têm maior risco de desenvolver doenças relacionadas, incluindo diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares, que podem ser evitadas ou melhoradas por abordagens dietéticas.

Image Hires

Um exame de genotipagem também pode ajudar no tratamento da psoríase. “Prevenir a psoríase também pode ajudar na prevenção contra o câncer. Segundo um estudo recente, publicado em outubro de 2019, no conceituado JAMA Dermatology, portadores de psoríase apresentam risco aumentado de diversos tipos de câncer, principalmente portadores de psoríase severa, cujo risco de câncer de células escamosas (um dos tipos de câncer de pele), pode ser até aproximadamente 12 x maior”, afirma o geneticista.

A Multigene já trabalha com o perfil de genotipagem para prevenção e tratamento de psoríase, que não só identifica a presença dessas variantes genéticas responsáveis por maior incidência da doença, como também ajuda a orientar o paciente a como controlar a ação negativa das variantes mais importantes.

Em uma revisão sistemática da literatura, o aumento da gravidade da psoríase pareceu correlacionar-se com um maior índice de massa corporal (IMC), e acredita-se que a obesidade provavelmente predisponha à psoríase e vice-versa.

“Embora as recomendações dietéticas específicas não sejam claras, um estudo observacional encontrou uma associação benéfica de melhora com pacientes que seguiram a dieta mediterrânea. Em termos de suplementos nutricionais, vários estudos apostam no óleo de peixe como o mais promissor e a vitamina D oral demonstrando alguma promessa em estudos abertos”, diz Claudia.

“De qualquer forma, uma boa alimentação, equilibrada e com boa ingestão de fibras, sem excessos em açúcar e gordura de má qualidade, é capaz de trazer diversos benefícios para a pele e evitar muitas doenças. Por isso, procure ajuda de um médico nutrólogo para ajustar os desequilíbrios da sua dieta”, finaliza Marcella.

Como conservar os alimentos que sobram nas festas de fim de ano?

Acondicionar alimentos corretamente aumenta sua durabilidade e faz bem para o bolso

As celebrações de Natal e Ano-Novo são sempre sinônimos de aglomeração em família, mas neste ano nem todos poderão passar a data juntos por conta do isolamento social causado pela pandemia. No entanto, uma coisa é certa: terá muita comida na mesa e, assim como todo ano, as sobras dos alimentos devem durar para além das ceias.

Segundo o estudo Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a Embrapa e o programa Sem Desperdício da União Europeia, revelou que o Brasil joga fora, por pessoa, 42 quilos de comida por ano. Logo, em uma família, o estudo revela o desperdício de 128 quilos de alimentos por ano.

O efeito causa impactos sociais, econômicos e ambientais. A produção e colheita dos alimentos afetam o campo em que foram plantados e, a partir disso, no momento em que a comida é desperdiçada, tal dano ambiental foi causado em vão. Além da perda de dinheiro investido.

Para reduzir a quantidade de comida que vai parar no lixo depois das festas de fim de ano, o ideal é reutilizar os alimentos para criar outros pratos e garantir o almoço da semana toda. Para que isso seja possível é preciso manter tudo bem refrigerado e acondicionado em embalagens plásticas. Desta forma, a comida será conservada e sua durabilidade aumentará consideravelmente.

Como conservar

Alimentos assados, cozidos e fritos podem ser congelados. O ideal é refrigerar as sobras das refeições em pequenas porções individuais. Além disso, é relevante escolher o recipiente correto, já que as embalagens adequadas influenciam na durabilidade dos produtos. A diretora de Comércio Exterior e Marketing da Alpfilm, Alessandra Zambaldi, informa que para congelar alimentos, o mais indicado é utilizar sacos plásticos herméticos que impedem a entrada de ar e previnem a contaminação por fungos e bactérias.

“Um fator determinante para garantir maior durabilidade dos alimentos na geladeira é escolher adequadamente os recipientes que serão utilizados. O ideal é fazer uso de recipientes para conservar o alimento e vedar com tampa ou caso não houver, com embalagens plásticas, como o plástico filme PVC Alpfilm Protect, material com micropartículas de prata com propriedade bactericida e fungicida. Assim, além de não ocorrer absorção de umidade, a embalagem também impedirá a entrada de bactérias e fungos. A proteção é ainda mais relevante por conta da pandemia em que estamos vivendo, pois este produto também possui capacidade de inativar o novo coronavírus”, conta a diretora.

Foto: foodsafetysuperhero

Além disso, o uso de etiquetas nas embalagens facilitam a diferenciação dos alimentos. A identificação traz maior praticidade na hora de retirar o alimento do congelador. A diretora indica que seja anotado o prazo de validade para certificar-se de consumi-lo em bom estado.

Outra dica é que, apesar do que muitas pessoas acreditam, não é necessário esperar que o alimento esfrie para inserir no congelador. “Esperar a comida esfriar para congelá-la pode reduzir o tempo consumo e isso acontece porque, quando em temperatura ambiente, o alimento fica mais exposto à contaminação por fungos e bactérias. Por isso, o ideal é não aguardar mais que duas horas para levar o prato ao freezer”, explica.

Recongelar o alimento também não é indicado: depois de descongelar um alimento, não o leve de volta ao freezer. A diretora afirma que quando em contato com o ar em temperatura ambiente, o nível de proliferação de micro-organismos aumenta. Desse modo, quando recongelada, a comida possuirá uma carga microbiana muito maior, podendo causar intoxicações alimentares após o consumo.

Evitar o desperdício de alimentos, além de ser a opção mais inteligente e econômica, também contribui para o meio ambiente com o uso consciente dos recursos naturais e maior sustentabilidade.

Fonte: Alpfilm

Receitas de sobremesas clássicas: panna cotta e tiramisù

A chef de cozinha da Cantina Tia Lina, Carol Góes, preparou dicas de receitas especiais que podem ser servidas no Réveillon.

A Panna Cotta é uma sobremesa típica italiana, que pode ser servida em qualquer ocasião. Com a calda vermelha cobrindo essa delícia, super combina com os pratos e até com a decoração de Natal.

Panna Cotta

Ingredientes
1 litro de creme de leite;
180g de açúcar;
5g de baunilha;
12g de gelatina sem sabor.

Calda de Frutas Vermelhas
200g de água;
160g de açúcar;
500g de frutas vermelhas.

Modo de preparo
Coloque o creme de leite, o açúcar e a baunilha em uma panela para ferver. Após a fervura, desligue o fogo e adicione gelatina já hidratada. Coloque em taças individuais e leve à geladeira.

Calda de frutas vermelhas
Reduza a água com açúcar pela metade no fogo, adicione as frutas vermelhas na calda e bata no liquidificador.

Já o Tiramisù é considerado um dos doces italianos mais famosos do mundo. Ele é feito com café, a segunda bebida mais consumida no Brasil, perdendo apenas para a água. Por isso o doce é tão popular por aqui também. Fácil de fazer e de agradar o paladar de todos no Ano-Novo.

Tiramisù

Ingredientes
3 gemas;
350g de Cream Cheese;
180g de mascarpone;
150g açúcar;
200g chantilly;
Essência de Baunilha a gosto;
1 pacote de biscoito champanhe;
1 colher de sopa café solúvel;
1 colher de chá chocolate em pó 50%;
15 ml de licor de café;
100 ml de água;
Essência de amêndoas a gosto.

Modo de preparo

Creme
Coloque as gemas em uma panela e leve ao banho maria, mexendo até engrossar e mudar de cor, retire do fogo e coloque em uma batedeira. Acrescente o açúcar, creme cheese e bata até ficar homogêneo, em seguida coloco o chantilly, mascarpone e umas gotinhas da baunilha e reserve.

Calda
Aqueça a água, dissolva a café e o chocolate em pó, adicione o licor e umas gotinhas da essência de amêndoas.

Montagem do prato
Umedeça os biscoitos na calda e disponha sobre a travessa e cubra com o creme, alise e leve até a geladeira por no mínimo 6 horas, polvilhe chocolate em pó para servir.

Fotos meramente ilustrativas

Fonte: Cantina Tia Lina

Chef Thiago Ribeiro ensina a preparar torta low carb com sobras da ceia

Aprenda uma torta incrível para fazer com as sobras da ceia de Natal

Exagerou nos pratos para a ceia de Natal? No dia seguinte sempre acaba sobrando alguma coisa da ceia de Natal não é mesmo, para aproveitar essas sobras e não desperdiçar, o chef Thiago Ribeiro ensina uma torta LowCarb incrível, que certamente você vai querer fazer.

Confira o passo a passo e boas festas:

Torta Low Carb – Sobras da Ceia

Ingredientes da massa
1 xícara de farinha de amêndoas
¾ xícara de farinha de mandioca ou arroz
½ xícara de farinha de coco
½ xícara de #parmesão ralado
3 colheres de sopa de manteiga #ghee
2 colheres sopa de óleo de coco
2 ovos grandes

Ingredientes do Recheio
800 g a 1 kg de proteína desfiada das sobras da ceia (peru, pernil, frango, lombo, bacalhau)
150 g de azeitonas
100 g cream cheese
1 pitada de pimenta
Sal a gosto
Ervas frescas a gosto

Modo de Preparo
Coloque todos os ingredientes da massa em uma vasilha e amasse até soltar das mãos.
Embale a massa em um filme plástico e deixe na geladeira por 30 minutos. Para o recheio, misture sem aquecer, todos os ingredientes até ficar homogêneo. Forre com papel manteiga, a lateral de uma assadeira de 20 cm com fundo removível. Coloque a massa e abra deixando uma borda de 4 a 6 cm de altura. Coloque o recheio, deixando 1,5 cm da borda da massa livre, dobre a borda por cima e leve para assar por 35 minutos, em forno preaquecido a 200 graus.

FELIZ NATAL

Um Conto de Natal

“O maior presente é um pedaço de você mesmo” – Ralph Waldo Emerson

Eu estava em San Francisco, a poucos dias do Natal. As lojas já começavam a ficar entupidas e multidões esperavam impacientemente pelos ônibus e bondes no fim da tarde.

Quase todo mundo carregava pilhas de pacotes, e o cansaço era tanto que eu comecei a me perguntar se os inúmeros amigos e parentes mereciam mesmo aqueles presentes e tanto sacrifício. Esse não era bem o espírito de Natal que eu desejava.

Por fim, fui literalmente empurrada para dentro de um bonde superlotado, e a ideia de ficar ali como sardinha em lata até chegar em casa foi se tornando insuportável. O que eu não daria por um lugar sentada!

À medida que algumas pessoas foram descendo, consegui respirar melhor e comecei a notar os outros passageiros. Com o canto dos olhos, vi um menino pequeno, de pele escura – não podia ter mais do que seis anos -, puxando a manga de uma mulher e perguntando: “Quer se sentar?” Ele a levou até o assento vago mais próximo e partiu em busca de outra pessoa  cansada. Assim que um cobiçado lugar surgia, ele rapidamente se enfiava em meio àquela massa humana para procurar mais uma mulher carregada de pacotes e levava-la até o assento.

Finalmente, quando senti um puxão em minha própria manga, já estava  completamente fascinada pelo menino. Ele me pegou pela mão e com um sorriso do qual jamais vou me esquecer disse: “venha comigo”. Mal tive tempo de agradecer, pois ele já partia em busca de mais uma necessitada.

Os passageiros do bonde, que em geral viajavam olhando para a frente e evitando os olhares dos vizinhos, começaram a trocar sorrisos. Uma mulher comentou comigo o cansaço que sentia, e três pessoas se abaixaram ao mesmo tempo para apanhar um pacote que caíra no c hão. Em pouco tempo, as pessoas conversavam. Aquele menininho havia realmente mudado alguma coisa – todos nós nos sentíamos envolvidos num sutil sentimento de aconchego, e o resto do percurso foi puro prazer.

Não percebi o menino descer. Quando olhei, ele não estava mais ali. Quando cheguei ao meu ponto, saltei do bonde pisando nas nuvens e desejei sinceramente ao motoqueiro “Feliz Natal”. Pela primeira vez percebi como as casas de minha rua estavam lindamente iluminadas e pensei em reunir os vizinhos para um chá antes do fim do ano. Eu me sentia de bem com o mundo, feliz com os presentes que comprara e com a alegria que eles dariam.

E, de repente, o Natal deixou de ser uma estressante festa de consumo para adquirir seu verdadeiro sentido. Mais uma vez era um menino que, com seu gesto de amor, anunciava nossa verdadeira vocação.

(Autora desconhecida. in: Histórias para aquecer o coração – Edição de bolso. Rio de Janeiro: Sextante, 2003)

Descubra como harmonizar cerveja com pratos típicos de Natal

A beer sommelier da cervejaria Berggren, Camila Nassar, lista os principais pratos que costumam ter na ceia e como harmonizar com a cerveja ideal

Natal. Neste dia, familiares se unem para celebrar, trocar presentes e apreciar uma ceia saborosa repleta de pratos típicos. Na hora do brinde, o cardápio é variado e vai desde um espumante, vinho ou até mesmo uma cerveja. Hoje em dia é possível encontrar cervejas de diferentes estilos nas gôndolas, por isso muitos costumam ter dúvidas sobre qual rótulo é o mais indicado para harmonizar com um prato natalino.

Pensando nisso, a beer sommelier da cervejaria Berggren, Camila Nassar, lista os principais pratos que costumam ter na ceia e como harmonizar com a cerveja ideal, confira:

Carnes brancas, aves e suínos

Considerados os pratos principais, o ideal é harmonizar carnes brancas e aves com uma cerveja Pale Ale. No aroma, o lúpulo surge em primeiro plano trazendo notas cítricas e, no sabor, o amargor é equilibrado pelo dulçor do malte. De corpo médio e final levemente seco, é uma cerveja com alta drinkability. A ideia é que o sabor da cerveja não se sobreponha ao sabor da carne, por esse motivo é a mais indicada.

Nozes, castanhas e amêndoas

Foto: Jacqueline Dodd

Seja para decorar a mesa ou para consumo antes do prato principal, os petiscos sempre marcam presença na ceia natalina. Por ser uma refeição mais leve, a cerveja mais indicada é a Lager, que possui uma mistura especial de maltes de cevada e uma seleção única de lúpulos norte-americanos de características cítricas. O resultado é uma cerveja leve e com baixo amargor.

Frutos do mar e peixes

Cameron’s Seafood

Pratos leves combinam com cervejas tradicionais, como a Weiss, uma cerveja de trigo bastante popular na Alemanha. Uma clássica Weissbier não passa pelo processo de filtração, o que mantém parte das leveduras na garrafa conferindo aspecto turvo à cerveja. No aroma, apresenta notas delicadas de cravo e banana, típicas do estilo, e, no sabor, um perfeito equilíbrio entre os ingredientes. A Weiss combina com frutos do mar, peixes, pato assado e comidas alemãs.

Sobremesas

Até no momento de saborear uma sobremesa a cerveja pode ser uma ótima opção de harmonização. Nesse caso, a cerveja mais indicada é a Porter, que apresenta ampla variação de aromas torrados, permeando entre café, chocolate até o biscoito e o toffee, com sabor e amargor equilibrado entre os lúpulos e maltes torrados presentes na receita.

Fonte: Berggren

Aprenda a preparar Torta Brownie para deixar o Natal mais doce

A chef pâtisserie Karyne Iancoski é proprietária do Al Pasto em Curitiba (PR), professora de confeitaria e criadora de conteúdo na página Aula de Confeitaria,na qual ensina receitas de forma prática e descomplicada. Aqui, ela ensina como preparar uma deliciosa torta para deixar o Natal ainda mais doce. Confira:

Torta de Brownie

Ingredientes:

Base de brownie
100g de manteiga sem sal
100g de chocolate meio amargo (cortado em cubos pequenos)
85g de ovos (aproximadamente 2 ovos médios)
80g de açúcar refinado
60g de açúcar mascavo
1 colher (café) de essência de baunilha
1 Pitada de sal
50g de farinha de trigo
25g de cacau em pó 100%

Para finalizar
250g de doce de leite firme
300g de creme de leite fresco batido
Frutas a gosto (morangos, amoras, mirtilos, cerejas)

Modo de preparo:

Para o brownie
Coloque a manteiga com o chocolate meio amargo em uma tigela e leve ao banho-maria ou micro-ondas para derreter. Em outro recipiente, misture a farinha, o cacau e o sal, reserve. Na batedeira, bata os ovos com os açúcares e a baunilha por 5 minutos, desligue e, com uma espátula, misture o chocolate derretido com a manteiga. Adicione os ingredientes secos reservados e misture até incorporar totalmente. Despeje em uma fôrma redonda, forrada com papel manteiga ou alumínio e asse em forno preaquecido a 220°C por aproximadamente 15 minutos. Ao colocar um palito, ele deve sair úmido, mas a massa não pode estar crua. Deixe esfriar totalmente para desenformar. Retire o papel manteiga e coloque em um prato.

Para finalização
Coloque o doce de leite em um saco de confeitar. Faça pitangas em toda a borda do brownie. Bata o creme de leite fresco em picos médios e preencha todo o meio da torta. Decore com frutas frescas.

Grau de dificuldade: fácil.
Rendimento: 8 porções
Tempo médio de preparo: 40 minutos.

Chef Cecília Victorio sugere bolo e tortas lindos e práticos para Natal

Frutas da estação, amêndoas e chocolate são atrações dessas sugestões que podem incrementar a renda, se transformar em presentes e deixar a ceia mais bonita

Um Natal cheio de charme e sabor é a proposta da chef Cecília Victorio que selecionou três bolos deliciosos para quem quer presentear ou deixar essa data ainda mais gostosa. Para quem quer ir para cozinha, a boleira selecionou três receitas práticas que, além de trazerem o sabor de festa, também podem ser comercializadas ou se transformarem em deliciosos presentes.

Uma das sugestões é a Colomba Natalina de Colher que leva passas, frutas cristalizadas e uma cobertura açucarada para ficar ainda mais bonita. Já, para quem adora chocolate, Cecília criou uma Torta Cookie recheada com gotas do doce e finalizada com creme de avelã e lascas crocantes de amêndoas. Outra sugestão é o Carrot Cake com Frutas Cristalizadas feito com especiarias, açúcar mascavo, passas e frutas cristalizadas e uma linda cobertura de glacê com damascos, cerejas e nozes.

Confira receitas da chef e aproveite para deixar seu Fim de Ano ainda mais gostoso:

Colomba Natalina de Colher

Ingredientes:

Massa:
2 ovos médios e 1 gema
100g de açúcar refinado
10g de fermento seco para pão
2g de sal
3 ml de essência de panetone ou rapas de 1 laranja
60g de margarina sem sal
150 ml de leite morno
500g de farinha de trigo

Recheio:
40g de frutas cristalizadas
20g de uvas passa pretas
20g de uvas passas brancas

Cobertura:
100g de açúcar impalpável
2 colheres de sopa de leite
Frutas cristalizadas e secas para decoração

Modo de preparo:
Coloque em um bowl o leite, o açúcar e o fermento. Mexa para misturar os ingredientes. Cubra com um plástico e deixe crescer por 15 minutos. Acrescente a essa mistura os ovos inteiros, a essência ou raspas de laranja, a margarina e o sal e mexa rapidamente para agregá-los. Acrescente aos poucos a farinha e mexa com uma espátula até obter uma massa pegajosa. Adicione as frutas cristalizadas e mexa para agregá-las. Cubra com plástico e deixe crescer por 20 minutos. Unte uma forma redonda com fundo falso de 20 cm com manteiga e farinha. Distribua porções de massa na forma usando uma colher. Deixe crescer por mais 40 minutos. Pincele o topo da massa depois de crescida com uma gema de ovo batida com um fio de óleo. Leve ao forno a 180°C por 35 minutos ou faça o teste do palito. Cobertura: Misture o açúcar com o leite e despeje sobre a colomba depois de fria. Decore com as frutas da sua preferência.

Torta Cookie com Recheio de Creme de Avelã

Ingredientes:

Massa:
4 ovos médios
150g de açúcar refinado
50ml de leite integral
70 ml de óleo
210g de farinha de trigo
12g de fermento em pó
70g de gotas de chocolate misturado com 1 colher de sobremesa de farinha. Retire o excesso de farinha e reserve para montagem
200g de creme de avelã

Modo de preparo:
Coloque a farinha e o fermento num bowl, misture e reserve. Bata os ovos inteiros e o açúcar na batedeira até triplicar de volume e obter uma mistura espumosa, cremosa e esbranquiçada. Acrescente o óleo e continue batendo para agregá-lo. Pare de bater e adicione a farinha aos poucos, intercalando com o leite. Misture delicadamente com um fuê. Unte com manteiga e enfarinhe uma forma redonda de 20 cm com fundo falso. Coloque metade da massa na forma, distribua 2/3 das gotas de chocolate sobre a massa e sobre as gotas distribua colheradas do creme de avelã. Coloque o restante da massa e finalize distribuindo as gotas sobre o topo da torta. Leve ao forno a 180°C por 45 minutos ou faça o teste do palito. Se quiser, decore com mais creme de avelã.

Carrot Cake com Frutas Cristalizadas

Ingredientes:

Massa:
4 ovos médios
180g de cenoura ralada
220g de açúcar refinado
40g de açúcar mascavo
200ml de óleo de milho
280g de farinha de trigo
3g de canela em pó
3g de noz-moscada em pó
2g de cravo em pó
5g de bicarbonato de sódio
15g de fermento em pó

Recheio:
15g de frutas cristalizadas
15g de uvas passas pretas
15g de uvas passas brancas

Cobertura:
100g de açúcar impalpável
2 colheres de sopa de leite
Frutas cristalizadas e secas e cerejas para decoração

Modo de preparo:
Misture a farinha, canela, noz-moscada, cravo em pó, bicarbonato e o fermento e reserve. Bata na batedeira os ovos inteiros e os açúcares até triplicar o volume e obter um creme fofo. Com a batedeira ligada, diminua a velocidade e adicione o óleo e bata para misturá-lo. Pare de bater e, com a ajuda de um fuê, acrescente a mistura da farinha reservada acima e delicadamente vá agregando os ingredientes. Mexa devagar para não perder o ar incorporado da mistura dos ovos com o açúcar e acrescente as frutas cristalizadas. Unte e enfarinhe uma forma de buraco com 23 cm. Coloque a massa e leve para assar a 180°C por 40 minutos ou faça o teste do palito. Misture o açúcar e o leite. Despeje a cobertura sobre o bolo e decore com as frutas.

Fonte: Bolos da Cecília