Arquivo da tag: Natal

Mangaba abre encomendas para Ceia de Natal

Restaurante do chef Antônio Albaneze desenvolve cardápio especial e aceitará encomendas até dia 20 de dezembro

O Natal de 2021 será marcado pela volta dos encontros familiares e com pessoas queridas. E, para transformar a data em um momento mais tranquilo, sem a correria de compras no mercado e horas na cozinha, o restaurante Mangaba, do chef Antônio Albaneze em Moema, criou um cardápio especial com pratos que valorizam a culinária brasileira para a Ceia de Natal com encomendas já abertas pelo WhatsApp da casa.

São quatro opções de pratos principais, dentre elas, Peru Recheado com Farofa de Banana da Terra e Cordeiro com Purê de Castanhas e Chutney de Ervas. E, para incrementar o acompanhamento, são duas versões de Arroz ou com Ora Pro Nobis ou Castanhas Brasileiras. Para quem quiser apresentar mais uma variedade salgada aos convidados ou precise levar um prato para uma Ceia de Natal em que foi convidado, as tortas são uma boa pedida, disponíveis em dois tamanhos (para quatro ou seis pessoas), os sabores são Pirarucu Defumado, Carne Orgânica do Pantanal ou Jacaré. Já para a sobremesa, as opções são Pavê de Cupulate com cupuaçu, Torta de Castanhas Brasileiras ou Pudim de Castanhas com Calda de Cachaça.

Os pedidos ficam disponíveis até dia 20 de dezembro pelo WhatsApp do restaurante – (11) 93272-0840, com 50% do valor do pagamento na encomenda e o restante na retirada, a ser realizada no dia 24 de dezembro entre 13 às 18 horas.

Black Friday Ofner: desconto de 30% nos panetones Mousse de Chocolate e Doce de Leite

É hora de começar a preparação para o Natal e a Ofner aproveita o período de 16 a 28 de novembro para dar desconto especial nos panettones Mousse de Chocolate e Doce de Leite, ambos estão com desconto de 30%, de R$ 115,00 por R$ 79,90.

Para presentear ou compartilhar, os panettones podem ser comprados nas lojas, e-commerce, e truck Ofner. Os chocólatras de plantão vão amar o Mousse de Chocolate Exclusiva receita do panettone Ofner com pura massa de fermentação natural recheada com mousse e gotas de chocolate.

Já o Doce de leite tem exclusiva receita do panettone Ofner com pura massa de fermentação natural recheada com nosso cremoso doce de leite.

Informações: Ofner

Clima de Natal: Starbucks lança o inédito Morango Mocha e traz de volta o sabor Avelã Caramelo

As novidades do novo cardápio sazonal da marca também incluem blends especiais de café, itens presenteáveis e produtos exclusivos em parceria com a Rede Gerando Falcões

A magia do Natal invadiu as lojas Starbucks no Brasil com novidades exclusivas. Além dos esperados copos com temática natalina e dos icônicos aventais vermelhos de seus partners baristas marcando o início da temporada mais festiva do ano, chegam para seu cardápio sazonal itens inéditos, como as bebidas Morango Mocha, em três versões diferentes, e o café Christmas Blonde Roast, além de sabores exclusivos em edição limitada, como o retorno do favorito do último ano: o Avelã Caramelo.

“Nessa época do ano, sempre buscamos trazer novidades especiais para os nossos clientes aproveitarem a Experiência Starbucks com novos sabores que remetam à sensação acolhedora e familiar do Natal, tanto em suas visitas às nossas lojas, como em pedidos pelo nosso app”, disse Sedenir Junior, gerente de marketing da Starbucks no Brasil.

Entre os lançamentos para o período também estão os cafés Starbucks Christmas Blonde Roast, blend de torra clara criado há cinco anos e inédito no Brasil, além do conhecido Christmas Blend de torra escura, um ícone dos Natais da Starbucks® no mundo todo. Seguindo o clima de final de ano, a marca também traz edições especiais de seus famosos copos e garrafas térmicas reutilizáveis como opções de presenteáveis.

Reforçando ainda seu compromisso em contribuir com as comunidades que serve, promovendo impactos significativos e duradouros, a Starbucks lança este mês, por meio de sua operadora licenciada SouthRock, dois produtos em parceria com a Rede Gerando Falcões: o mini Gingerbread e a mini Palha Italiana. Estes produtos ficarão disponíveis em breve em todas as lojas do Brasil com o objetivo arrecadar fundos para projetos da ONG em diversas regiões brasileiras a partir da doação do lucro líquido arrecadado com as vendas.

Portfólio de Natal da Starbucks no Brasil

Morango Mocha – disponível pela primeira vez no Brasil, a bebida traz uma combinação de calda de morango, mocha e mocha branco, com finalização de chantilly de baunilha e cobertura de calda de morango. Pode ser degustada nos formatos Latte, Iced e Frappuccino. A partir de R$ 16,50.

Avelã Caramelo – com base de café ou creme, batido com leite, a bebida mais pedida da temporada pelos clientes brasileiros oferece a inconfundível essência de avelã, cobertura de chantilly de baunilha, cobertura de caramelo e pitadas de canela nas versões Latte, Iced e Frappucino. A partir de R$ 16,50.

Triplo Brigadeiro – com o triplo de sabor, esta releitura dos festivos brigadeiros de aniversário faz parte da comemoração dos 15 anos da marca no país e, desde setembro, continua disponível no cardápio nacional da marca nos formatos de Expresso, Latte, Iced e Frappucino. A partir de R$ 16,50.

Starbucks Christmas Blonde Roast – pela primeira vez Brasil, este blend original de 2012 é de característica doce e aveludada. Traz grãos de Java Ocidental e da Papua-Nova Guiné para obter a doçura à base de ervas, depois adicionado ao café etíope para uma explosão de frutas cítricas e nuances de figo cristalizado. É um café ligeiramente torrado para realçar os aromas amadeirados e paladar suave, com notas equilibradas de especiarias sazonais. A partir de R$ 32,00.

Starbucks Christmas Blend – desde 1984, este blend marca o retorno de uma das maiores e mais queridas tradições da marca no mundo, com grãos de Sumatra perfeitamente envelhecidos junto com grãos de torra escura provenientes da Papua Nova Guiné, Guatemala e Colômbia. Seu sabor rico, robusto e sedutor é um tributo para a sensação calorosa que nos cerca nessa época do ano. Possui notas herbais e de especiarias torradas com finalização de chocolate. Cada gole é um convite para a incrível sensação natalina. A partir de R$ 32,00.

Mini Gingerbread e mini Palha Italiana – as versões em miniatura dos tradicionais biscoitos doces chegam em breve nas lojas da marca em embalagens especiais elaboradas em parceria com a Rede Gerando Falcões e com todo o lucro líquido de suas vendas revertido para projetos da ONG. A partir de R$ 12,00.

Copos e Tumblers presenteáveis – uma variedade de copos especiais e reutilizáveis e garrafas térmicas em cores e estampas exclusivas como opção para presentear.

Todos os itens da campanha de Natal podem ser adquiridos por tempo limitado também pela funcionalidade Peça pelo Celular, disponível no aplicativo

Restaurante Camarões, tradicional em Natal, chega a São Paulo

Com 350 lugares, restaurante faz sua primeira expansão e chega a São Paulo

Desde 1989, o restaurante Camarões é um dos maiores representantes da gastronomia potiguar. Com 5 unidades na cidade, acaba de abrir seu primeiro espaço fora de Natal e chega a São Paulo em um projeto de 1400 m² com 350 lugares na Avenida Juscelino Kubitschek.

Camarões tornou-se sinônimo de Natal e parada obrigatória para os turistas que visitam a cidade ao longo do ano. “Não é coincidência que potiguar – termo utilizado para quem nasce no Rio Grande do Norte – significa ‘comedor de camarão’ em tupi. Ficamos muito felizes com a oportunidade de levar nossa história, serviço e receitas para ainda mais pessoas. É um sonho antigo de expansão, que se concretiza com a inauguração em São Paulo”, explica Clara Medeiros, sócia-diretora do Camarões.

Fundado pelo empresário Fernando Medeiros, com apoio de sua então companheira, Vânia Bezerra, o restaurante Camarões inaugurou sua primeira casa no ainda pouco conhecido bairro de Ponta Negra, que hoje é o local mais turístico de Natal. Atualmente, sob o comando dos filhos Clara, Gabriel e Júlio, o Camarões inaugura sua sexta casa e chega a São Paulo com seu cardápio tradicional e também alguns pratos exclusivos.

Nesta primeira fase, o espaço funcionará seguindo todos os protocolos sanitários para a visita do público e com capacidade reduzida. Serviços de entrega e retirada ainda não estão disponíveis.

Cardápio

Crocante com Risoto Brie
Camarão Internacional

Com mais de 40 receitas à base de camarão, entre entradas e pratos principais em porções para compartilhar, não há como se apontar um só carro-chefe. Desde a tradicional Moqueca de Camarão ao mais sofisticado Crocante com Risoto Brie – camarão empanado com quinoa e ervas, servido com risoto de queijo brie, damasco, abobrinha e amêndoa – passando pelos queridinhos Pastel de Camarão e Camarão Internacional, há opções para todo paladar.

Seguindo a mescla de mar e sertão e para os amantes de peixe e frutos do mar, o cardápio traz ainda outras preparações que vão muito além do camarão. O Polvo Mar e Sertão, por exemplo, chega salteado na manteiga de garrafa com tomate, cebola roxa, alcaparras, nata fresca e coentro. Ou ainda o Peixe Vila Flor, grelhado e regado com suave molho de manteiga com castanha do Pará laminada. Acompanha arroz integral com grãos e purê de banana da terra.

Para a unidade de São Paulo, foram criadas receitas exclusivas. Entre elas, o Ravioli de camarão é feito com massa artesanal recheada com camarão e queijo catupiry e ervas com molho rústico de tomate, azeite e manjericão. Já a Salada de carne de sol que reúne folhas verdes, tomate cereja, pepino agridoce, cenoura e rabanete, finalizada com lascas de filé mignon de sol e queijo de coalho empanados e finalizada com molho balsâmico e mel de engenho.

O projeto

Assinado pelo arquiteto Jayme Lago Mestieri, o projeto traz as memórias afetivas da família fundadora do Camarões, inspirado em suas raízes, mas conectado à São Paulo e à movimentada Avenida Juscelino Kubitschek, onde está localizado. Para isso, a fachada com brise em vidro permite uma interação entre externo e interno, criando um ambiente iluminado e que mantém um clima agradável graças a amplitude dos 1400m².

À designer social Cris Ribeiro coube a missão de levar o DNA da marca potiguar ao novo projeto de São Paulo, trazendo referências do mar e do sertão, numa construção afetiva que revela traços da essência do Camarões nos pequenos detalhes. A estampa das cadeiras, por exemplo, foi idealizada com exclusividade pela artista potiguar Ariell Guerra, inspirada nas flores do sertão potiguar. “Mar e Sertão” também é tema das obras do artista plástico potiguar Demétrius Montenegro, que colorem as paredes desta nova unidade.

O lustre de cabaças, campeão de cliques e marca registrada da entrada dos salões de uma das unidades em Natal, estará presente no novo restaurante.

Camarões: Avenida Juscelino Kubitschek, 627 – Vila Nova Conceição – São Paulo. Horário de funcionamento:Segunda a quinta: 11h30 às 15h30 / 18h Às 21h Sexta a sábado: 11h30 às 16h / 18h às 21hDomingo e feriados: 11h30 às 16h / 18h às 21h – Telefone: (11) 3508-8080

Plano de recuperação imediata da pele após as festas

Especialistas dão dicas de como prevenir e tratar a pele ressecada e sem viço que surge após as festas devido ao consumo de álcool e uso excessivo de maquiagem que ocorrem durante esse período

As festas de fim de ano são pura diversão. É hora de reunir a família para beber e comer os pratos tradicionais da época, além de celebrar o ano que se passou e o ano que está por vir. Porém, no período que procede as festas é comum nos depararmos com a pele ressecada, sem viço, brilho e saúde. Isso por que, além da maquiagem que utilizamos para as festas que por si só afeta a pele, o álcool, geralmente ingerido em grandes quantidades durante essa época, não apenas piora a qualidade do tecido, como pode acelerar o processo de envelhecimento cutâneo.

“O organismo precisa de água para metabolizar o álcool. Logo, se não houver água suficiente, o organismo busca nos tecidos periféricos a água para realizar o seu trabalho. E esse é o grande problema, pois a perda d’água afeta a pele, diminuindo o viço e colaborando para o ressecamento e a descamação. Além disso, o álcool estimula a produção de radicais livres, que em contato com as células danificam a sua estrutura, causando envelhecimento precoce e flacidez”, explica a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Getty Images

Os doces (em excesso) também são vilões da época. “Doces e alimentos ricos em açúcares são pró-inflamatórios e transformados em açúcar, que se liga às fibras de colágeno e modifica sua estrutura em um processo conhecido como glicação, que causa rugas e o amarelamento da pele, quando há um consumo crônico exagerado. Por isso, o ideal é manter uma alimentação saudável e evitar exagerar”, acrescenta a também dermatologista, Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Mas é possível prevenir que a pele sofra após as festas e até mesmo recuperar a saúde que o tecido tinha antes deste período através de alguns cuidados básicos. Confira abaixo:

Hidrate-se: “O mais importante para evitar que sua pele esteja ressecada e sem viço após as festas é manter-se hidratado. E não apenas após beber, mas enquanto bebe também. Junto ao álcool, tome água ou água de coco”, afirma Claudia. Também não esqueça de usar hidratantes em texturas adequadas, com ingredientes como Hyaxel e DSH CN, que mantêm a umidade da pele e recuperam o viço.

Não esqueça de remover a maquiagem antes de dormir: “Retirar a maquiagem antes de dormir evita o acúmulo de oleosidade e resíduos, o que contribui para uma pele mais suave, viçosa e com uma aparência melhor”, explica Isabel Piatti, Consultora Executiva em Estética e Inovação Cosmética e conselheira do Comitê Técnico de Inovação da Buona Vita.

Freepik

O farmacêutico e pesquisador Maurizio Pupo, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy, indica a água micelar, que traz alto poder demaquilante e purificante, sendo capaz de remover com facilidade a maquiagem mais resistente, a oleosidade e os resíduos de poluição e outras impurezas que se aderem à pele ao longo do dia. “A ação do produto deve-se ao fato de ser formulado com micelas demaquilantes, poderosas moléculas de limpeza suave que são capazes de atrair as sujidades da pele e assim realizar uma remoção profunda dessas impurezas que obstruem os poros sem causar irritação ou desidratação do tecido cutâneo”, destaca o farmacêutico.

Não poupe no hidratante: “Após a limpeza da pele, utilizar cremes hidratantes com ação anti-inflamatória e antioxidante no rosto é uma ótima medida para a recuperação rápida do tecido. O ideal é usar produtos com ativos como vitamina C, Alistin, vitamina E, Arct-Alg, resveratrol, picnogenol, luteína, ácido hialurônico e ômegas 3 e 6. Se você tem pele oleosa, procure produtos oil control e que proporcionem efeito mate em forma de séruns, loções ou gel”, afirma Claudia. Já se você tem a pele seca, opte por hidratantes nutritivos com veículos mais robustos, cheios de lipídios e com a capacidade de segurar a água na pele para ajudar a formar a membrana hidrolipídica. “Além disso, as máscaras de hidratação também podem ser usadas para revigorar a pele com aspecto cansado”, diz Paola.

Foto: ViralPortalNet

Faça compressas: “Se a festa foi longa e no dia seguinte os olhos ficaram inchados, uma alternativa rápida e momentânea é aplicar compressas de chá de camomila gelado por dez minutos. Isto vai promover vasoconstrição, diminuição do inchaço e ação anti-inflamatória. Outra forma de diminuir bolsas e olheiras é usar cosméticos à base de vitamina K, cafeína e extratos de castanha da índia, que estimulam a drenagem dos vasos e diminuem o inchaço e a inflamação, além do uso da Vitamina C antioxidante. Uma dica é deixar os cremes na geladeira. Com a temperatura fria eles refrescam e descongestionam os olhos”, ensina Claudia.

Pegue leve na maquiagem e opte por aquelas com ativos hidratantes: “Após as festas, como sua pele está afetada, cuidado para não abusar da maquiagem. Use com moderação e, no lugar da base, prefira hidratantes com cor ou cosméticos multifuncionais, como os BB ou DD creams, pois, além de uniformizar e corrigir sua pele, estes produtos também vão manter o tecido saudável ao longo do dia”, explica Isabel.

Botswanayouth

Alimente-se adequadamente: consumir alimentos leves também é uma boa medida para diminuir os efeitos do pós-festa no tecido cutâneo. “E isso não só na pele, mas em todo organismo, pois alimentos de fácil digestão fazem com que o corpo elimine o álcool e as toxinas com maior rapidez. Além disso, uma dieta saudável melhora a qualidade da pele. Por isso, inclua mais vegetais e frutas na alimentação pós-festa”, finaliza a médica nutróloga Marcella Garcez, professora e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

Nutricionista ensina como evitar exageros na alimentação das festas de fim de ano

Dentre as orientações, nutricionista da Dietbox diz que se deve evitar jejuar durante o dia e beliscar no preparo das refeições

Mesa farta é convite para a “comilança” nas festas de fim de ano. Pode ser difícil resistir às tentações, que, muitas vezes, são mais calóricas que as refeições habituais. Mas, segundo Júlia Canabarro, nutricionista da startup de nutrição Dietbox, é possível aproveitar as datas sem cometer exageros.

“Se você é a pessoa responsável pela preparação do cardápio, pode fazer escolhas inteligentes já durante o processo. Por exemplo, evitar frituras e se atentar ao excesso de gorduras, condimentos, sal e embutidos nas preparações podem ser cuidados importantes para um cardápio mais saudável”, comenta Júlia.

A nutricionista da Dietbox dá outras dicas para minimizar os efeitos das festas de fim de ano e priorizar uma alimentação equilibrada. Confira:

Se alimente normalmente

“Não tente se restringir durante o dia para poder ‘se permitir’ à noite. O ideal é garantir a saciedade com consumo de frutas, fibras, cereais integrais e água para não chegar à noite faminto”, orienta.

Nada de beliscar durante a preparação

Beliscar os alimentos ao longo do processo de preparo não é uma boa ideia. “Normalmente, o ato de beliscar é feito sem pensar, movido pela ansiedade. Nestes casos, é comum nem percebermos o que estamos ingerindo”, comenta. “Fazer um lanche da tarde equilibrado para sustentar a fome até a hora do jantar, e claro, manter uma boa hidratação são medidas essenciais”, completa a nutricionista.

Escolha bem os alimentos que vão ao prato

No momento de montar o prato, a especialista da Dietbox ressalta a importância de priorizar as preparações mais naturais e, se possível, dar preferência a preparações assadas e temperos naturais. Já a porção servida pode depender da necessidade de cada pessoa, mas é essencial avaliar a saciedade e saber o momento de parar. “Apenas vale se atentar que, caso a quantidade ingerida seja muito alta, pode atrapalhar o sono e ainda causar problemas gastrointestinais”, pondera.

Evite líquidos durante as refeições

Júlia alerta para a ingestão em excesso de líquidos junto às refeições, pois a prática pode gerar grande desconforto gástrico. Os alcoólicos merecem atenção redobrada, pois trazem efeitos negativos ao metabolismo, incluindo a desidratação.

Não se sabote na sobremesa

A dica do jantar também se aplica na sobremesa: avalie a saciedade. “Para quem está em um planejamento um pouco mais restrito, talvez optar por frutas ou comer apenas um dos pratos doces seja a melhor alternativa. Assim, pode ficar mais fácil manter um pouco mais de controle sobre o que ingeriu”, aconselha.

Mesmo assim, cometeu algum exagero?

Se mesmo seguindo as orientações houve algum exagero, não tem problema. “No dia seguinte, não tente compensar fazendo uma restrição alimentar ou abusando de exercícios físicos. Um dia apenas não colocará tudo a perder. Procure comer alimentos leves e naturais como frutas, legumes e verduras, e hidrate-se muito”, conclui a nutricionista.

Fonte: Dietbox

Cuidado com os excessos de fim de ano: antes mesmo de você engordar, sua pele pode sofrer

Estudo publicado em fevereiro no Journal of Investigative Dermatology destaca que, mesmo a curto prazo, a exposição à dieta ocidental rica em gordura e açúcar é capaz de induzir doenças inflamatórias na pele, como acne, psoríase e envelhecimento antes de um significativo ganho de peso corporal

Amamos pavês, bolos, doces, tortas e todo o exagero de Natal, afinal, a ceia feita em família é um momento gostoso. Mas é necessário ter cuidado para não esticar a comilança. Isso porque antes mesmo de experimentar o peso a mais de alguns abusos na alimentação, podemos literalmente sentir na pele as consequências, segundo um estudo, publicado no começo de fevereiro no Journal of Investigative Dermatology.

“Os pesquisadores da UC Davis Health demonstraram que, mesmo uma exposição em curto prazo à dieta ocidental rica em gordura e açúcar pode levar a doenças inflamatórias da pele, como a psoríase”, explica Marcella Garcez, médica nutróloga e professora da Associação Brasileira de Nutrologia. “Segundo o estudo, as doenças inflamatórias da pele podem aparecer antes mesmo de experimentarmos os quilinhos a mais dos excessos”, acrescenta a médica.

Embora o estudo tenha relacionado a casos de psoríase, há evidências de que a dieta rica em gorduras ruins (como frituras) e açúcar pode causar acne e envelhecimento da pele. “Existe um gene chamado TNF-alfa e ele está associado ao processo inflamatório; se o indivíduo tem um alelo (forma alternativa de um determinado gene) que leva a um processo inflamatório mais intenso, você vai usar alguns ativos orais em uma determinada concentração para frear e adequar a expressão desse gene. Além disso, você deve tomar cuidado com a alimentação, pois existem alimentos que são pró-inflamatórios e o consumo exagerado pode piorar a inflamação da acne e também o envelhecimento da pele”, afirma o geneticista Marcelo Sady, Pós-Doutor em Genética e diretor geral Multigene.

Foto: Mel Schmitz

O estudo “Short-term exposure to a Western diet induces psoriasiform dermatitis by promoting accumulation of IL-17A-producing γδ Tcells” sugere que os componentes da dieta podem levar à inflamação da pele e ao desenvolvimento de psoríase. De acordo com a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, a psoríase é uma inflamação que ocorre quando os anticorpos começam a agredir os queratinócitos, células produtoras da proteína morta responsável por formar a camada protetora da pele. Em resposta a essa agressão, os queratinócitos começam a se proliferar, multiplicando-se de maneira muito mais rápida e assim favorecendo a formação de crostas.

Psoriasis Hand

“Além disso, há a dilatação dos vasos sanguíneos, que leva ao surgimento de manchas vermelhas. Posteriormente, ainda ocorre um processo de micropontos de sangramento no local, chamado de orvalho sangrento, devido a remoção dessas crostas que se formaram durante o processo inflamatório”, explica a médica. “Dessa forma, a psoríase é categorizada como uma doença autoimune, sendo causada então principalmente devido à predisposição genética. Porém, outros gatilhos também podem agravar a doença, como fatores ambientais, alimentação e o estresse”, completa.

Estudos anteriores mostraram que a obesidade é um fator de risco para o desenvolvimento ou agravamento da psoríase. A dieta ocidental, caracterizada por uma alta ingestão de gorduras saturadas e sacarose e baixa ingestão de fibras, tem sido associada ao aumento da prevalência de obesidade no mundo. Para o estudo da UC Davis Health, que utilizou um modelo de camundongo, os pesquisadores descobriram que era necessária uma dieta contendo alto teor de gordura e alto teor de açúcar (imitando a dieta ocidental em humanos) para induzir a inflamação da pele.

Em apenas quatro semanas, os ratos com dieta ocidental aumentaram significativamente o inchaço dos ouvidos e a dermatite visível em comparação com os ratos alimentados com dieta controlada e com dieta rica em gordura. “A dieta não saudável não afeta apenas a sua cintura, mas também a imunidade da pele”, diz Marcella.

O estudo detalhou os mecanismos pelos quais a inflamação ocorre após uma dieta ocidental. “O trabalho identificou que a alimentação rica em gordura e açúcares é capaz de despertar a sinalização inflamatória na pele, desregulando a via Interleucina-23, um mensageiro pró-inflamatório que contribui para o desenvolvimento de dermatites”, afirma a nutróloga.

O estudo também enfatiza a importância da dieta para pacientes com doenças de pele. Pacientes com psoríase, por exemplo, com má alimentação têm maior risco de desenvolver doenças relacionadas, incluindo diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares, que podem ser evitadas ou melhoradas por abordagens dietéticas.

Image Hires

Um exame de genotipagem também pode ajudar no tratamento da psoríase. “Prevenir a psoríase também pode ajudar na prevenção contra o câncer. Segundo um estudo recente, publicado em outubro de 2019, no conceituado JAMA Dermatology, portadores de psoríase apresentam risco aumentado de diversos tipos de câncer, principalmente portadores de psoríase severa, cujo risco de câncer de células escamosas (um dos tipos de câncer de pele), pode ser até aproximadamente 12 x maior”, afirma o geneticista.

A Multigene já trabalha com o perfil de genotipagem para prevenção e tratamento de psoríase, que não só identifica a presença dessas variantes genéticas responsáveis por maior incidência da doença, como também ajuda a orientar o paciente a como controlar a ação negativa das variantes mais importantes.

Em uma revisão sistemática da literatura, o aumento da gravidade da psoríase pareceu correlacionar-se com um maior índice de massa corporal (IMC), e acredita-se que a obesidade provavelmente predisponha à psoríase e vice-versa.

“Embora as recomendações dietéticas específicas não sejam claras, um estudo observacional encontrou uma associação benéfica de melhora com pacientes que seguiram a dieta mediterrânea. Em termos de suplementos nutricionais, vários estudos apostam no óleo de peixe como o mais promissor e a vitamina D oral demonstrando alguma promessa em estudos abertos”, diz Claudia.

“De qualquer forma, uma boa alimentação, equilibrada e com boa ingestão de fibras, sem excessos em açúcar e gordura de má qualidade, é capaz de trazer diversos benefícios para a pele e evitar muitas doenças. Por isso, procure ajuda de um médico nutrólogo para ajustar os desequilíbrios da sua dieta”, finaliza Marcella.

Como conservar os alimentos que sobram nas festas de fim de ano?

Acondicionar alimentos corretamente aumenta sua durabilidade e faz bem para o bolso

As celebrações de Natal e Ano-Novo são sempre sinônimos de aglomeração em família, mas neste ano nem todos poderão passar a data juntos por conta do isolamento social causado pela pandemia. No entanto, uma coisa é certa: terá muita comida na mesa e, assim como todo ano, as sobras dos alimentos devem durar para além das ceias.

Segundo o estudo Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a Embrapa e o programa Sem Desperdício da União Europeia, revelou que o Brasil joga fora, por pessoa, 42 quilos de comida por ano. Logo, em uma família, o estudo revela o desperdício de 128 quilos de alimentos por ano.

O efeito causa impactos sociais, econômicos e ambientais. A produção e colheita dos alimentos afetam o campo em que foram plantados e, a partir disso, no momento em que a comida é desperdiçada, tal dano ambiental foi causado em vão. Além da perda de dinheiro investido.

Para reduzir a quantidade de comida que vai parar no lixo depois das festas de fim de ano, o ideal é reutilizar os alimentos para criar outros pratos e garantir o almoço da semana toda. Para que isso seja possível é preciso manter tudo bem refrigerado e acondicionado em embalagens plásticas. Desta forma, a comida será conservada e sua durabilidade aumentará consideravelmente.

Como conservar

Alimentos assados, cozidos e fritos podem ser congelados. O ideal é refrigerar as sobras das refeições em pequenas porções individuais. Além disso, é relevante escolher o recipiente correto, já que as embalagens adequadas influenciam na durabilidade dos produtos. A diretora de Comércio Exterior e Marketing da Alpfilm, Alessandra Zambaldi, informa que para congelar alimentos, o mais indicado é utilizar sacos plásticos herméticos que impedem a entrada de ar e previnem a contaminação por fungos e bactérias.

“Um fator determinante para garantir maior durabilidade dos alimentos na geladeira é escolher adequadamente os recipientes que serão utilizados. O ideal é fazer uso de recipientes para conservar o alimento e vedar com tampa ou caso não houver, com embalagens plásticas, como o plástico filme PVC Alpfilm Protect, material com micropartículas de prata com propriedade bactericida e fungicida. Assim, além de não ocorrer absorção de umidade, a embalagem também impedirá a entrada de bactérias e fungos. A proteção é ainda mais relevante por conta da pandemia em que estamos vivendo, pois este produto também possui capacidade de inativar o novo coronavírus”, conta a diretora.

Foto: foodsafetysuperhero

Além disso, o uso de etiquetas nas embalagens facilitam a diferenciação dos alimentos. A identificação traz maior praticidade na hora de retirar o alimento do congelador. A diretora indica que seja anotado o prazo de validade para certificar-se de consumi-lo em bom estado.

Outra dica é que, apesar do que muitas pessoas acreditam, não é necessário esperar que o alimento esfrie para inserir no congelador. “Esperar a comida esfriar para congelá-la pode reduzir o tempo consumo e isso acontece porque, quando em temperatura ambiente, o alimento fica mais exposto à contaminação por fungos e bactérias. Por isso, o ideal é não aguardar mais que duas horas para levar o prato ao freezer”, explica.

Recongelar o alimento também não é indicado: depois de descongelar um alimento, não o leve de volta ao freezer. A diretora afirma que quando em contato com o ar em temperatura ambiente, o nível de proliferação de micro-organismos aumenta. Desse modo, quando recongelada, a comida possuirá uma carga microbiana muito maior, podendo causar intoxicações alimentares após o consumo.

Evitar o desperdício de alimentos, além de ser a opção mais inteligente e econômica, também contribui para o meio ambiente com o uso consciente dos recursos naturais e maior sustentabilidade.

Fonte: Alpfilm

Receitas de sobremesas clássicas: panna cotta e tiramisù

A chef de cozinha da Cantina Tia Lina, Carol Góes, preparou dicas de receitas especiais que podem ser servidas no Réveillon.

A Panna Cotta é uma sobremesa típica italiana, que pode ser servida em qualquer ocasião. Com a calda vermelha cobrindo essa delícia, super combina com os pratos e até com a decoração de Natal.

Panna Cotta

Ingredientes
1 litro de creme de leite;
180g de açúcar;
5g de baunilha;
12g de gelatina sem sabor.

Calda de Frutas Vermelhas
200g de água;
160g de açúcar;
500g de frutas vermelhas.

Modo de preparo
Coloque o creme de leite, o açúcar e a baunilha em uma panela para ferver. Após a fervura, desligue o fogo e adicione gelatina já hidratada. Coloque em taças individuais e leve à geladeira.

Calda de frutas vermelhas
Reduza a água com açúcar pela metade no fogo, adicione as frutas vermelhas na calda e bata no liquidificador.

Já o Tiramisù é considerado um dos doces italianos mais famosos do mundo. Ele é feito com café, a segunda bebida mais consumida no Brasil, perdendo apenas para a água. Por isso o doce é tão popular por aqui também. Fácil de fazer e de agradar o paladar de todos no Ano-Novo.

Tiramisù

Ingredientes
3 gemas;
350g de Cream Cheese;
180g de mascarpone;
150g açúcar;
200g chantilly;
Essência de Baunilha a gosto;
1 pacote de biscoito champanhe;
1 colher de sopa café solúvel;
1 colher de chá chocolate em pó 50%;
15 ml de licor de café;
100 ml de água;
Essência de amêndoas a gosto.

Modo de preparo

Creme
Coloque as gemas em uma panela e leve ao banho maria, mexendo até engrossar e mudar de cor, retire do fogo e coloque em uma batedeira. Acrescente o açúcar, creme cheese e bata até ficar homogêneo, em seguida coloco o chantilly, mascarpone e umas gotinhas da baunilha e reserve.

Calda
Aqueça a água, dissolva a café e o chocolate em pó, adicione o licor e umas gotinhas da essência de amêndoas.

Montagem do prato
Umedeça os biscoitos na calda e disponha sobre a travessa e cubra com o creme, alise e leve até a geladeira por no mínimo 6 horas, polvilhe chocolate em pó para servir.

Fotos meramente ilustrativas

Fonte: Cantina Tia Lina

Chef Thiago Ribeiro ensina a preparar torta low carb com sobras da ceia

Aprenda uma torta incrível para fazer com as sobras da ceia de Natal

Exagerou nos pratos para a ceia de Natal? No dia seguinte sempre acaba sobrando alguma coisa da ceia de Natal não é mesmo, para aproveitar essas sobras e não desperdiçar, o chef Thiago Ribeiro ensina uma torta LowCarb incrível, que certamente você vai querer fazer.

Confira o passo a passo e boas festas:

Torta Low Carb – Sobras da Ceia

Ingredientes da massa
1 xícara de farinha de amêndoas
¾ xícara de farinha de mandioca ou arroz
½ xícara de farinha de coco
½ xícara de #parmesão ralado
3 colheres de sopa de manteiga #ghee
2 colheres sopa de óleo de coco
2 ovos grandes

Ingredientes do Recheio
800 g a 1 kg de proteína desfiada das sobras da ceia (peru, pernil, frango, lombo, bacalhau)
150 g de azeitonas
100 g cream cheese
1 pitada de pimenta
Sal a gosto
Ervas frescas a gosto

Modo de Preparo
Coloque todos os ingredientes da massa em uma vasilha e amasse até soltar das mãos.
Embale a massa em um filme plástico e deixe na geladeira por 30 minutos. Para o recheio, misture sem aquecer, todos os ingredientes até ficar homogêneo. Forre com papel manteiga, a lateral de uma assadeira de 20 cm com fundo removível. Coloque a massa e abra deixando uma borda de 4 a 6 cm de altura. Coloque o recheio, deixando 1,5 cm da borda da massa livre, dobre a borda por cima e leve para assar por 35 minutos, em forno preaquecido a 200 graus.