Arquivo da tag: oba hortifruti

Zero Glúten: nutricionista indica receitas para dietas restritivas

Renata Guirau, especialista em nutrição do Oba Hortifruti ensina o passo a passo de pão integral, massa para panqueca e torta de liquidificador sem glúten

Com o objetivo de conscientizar sobre a doença celíaca, a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau ensina receitas práticas e saborosas de pão integral, massa para panqueca e torta de liquidificador para serem feitas por quem precisa seguir uma dieta restritiva.

De acordo com a nutricionista, uma série de reações inflamatórias e que prejudicam a saúde ocorrem quando as pessoas celíacas ou que possuem sensibilidade ao glúten consomem cereais como trigo, centeio, triticale, cevada e aveia.

“A doença celíaca é uma questão autoimune, na qual ocorre a atrofia da estrutura intestinal, tendo como consequência a má absorção de nutrientes, desnutrição, entre outros sintomas. É grave, prejudica muito a qualidade de vida dos portadores e pode inclusive evoluir para outras doenças”, explica a profissional.

Já a intolerância e a alergia ao glúten – também chamada de sensibilidade ao glúten não celíaca – é caracterizada por uma reação de intolerância ou “má digestão” dessa proteína dos cereais no intestino. É mais leve que a doença celíaca e mais frequente, embora ainda assim possa causar sintomas muito desconfortáveis para quem possui.

Apesar de não haver evidências de que a exclusão do glúten faz mal à saúde, a nutricionista ressalta que quem não apresenta doença celíaca ou intolerância não precisa tirar esse componente da rotina alimentar.

“Essa prática se tornou “moda” entre as dietas de emagrecimento, o que não tem nenhum fundamento científico. O que ocorre é que o glúten está presente em alimentos mais calóricos, como pães, macarrão, pizza, lanches e o consumo exagerado desses alimentos favorece aumento de peso. Quando não como esses alimentos, reduzo meu consumo calórico e obtenho emagrecimento. Não pela exclusão do glúten, mas pela redução na quantidade de calorias ingerida”, salienta Renata.

Já que preparar em casa a maioria das refeições dentro das próprias necessidades faz parte da rotina do grupo de pessoas que possuem alguma patologia relacionado ao glúten, a nutricionista sugere receitas simples para o dia a dia e que podem ser completadas com os mais variados sabores.

E para quem não é muito fã de aventuras na cozinha e prefere mais praticidade na rotina, a mercearia das mais de 50 lojas da rede Oba Hortifruti possui uma seção especial de produtos sem glúten, que inclui opções de pães, biscoitos, massa, entre outros itens.

Pão integral

Ingredientes
3 ovos
5 colheres de sopa de azeite
1 xícara de chá de leite desnatado ou leite de arroz
1 colher de café de sal
1 colher de sopa de psyllium em pó
1 e ½ xícara de farinha de arroz
½ xícara de polvilho doce
½ xícara de fécula de batata
1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de preparo:
Bata tudo no liquidificador e coloque em forma de bolo inglês untada. Leve para assar até que o pão fique dourado.

Massa para panqueca

Ingredientes
1 ovo
½ xícara de chá de leite desnatado ou leite de arroz
1 xícara de chá de amido de milho
1 colher de sopa de fermento em pó
½ colher de chá de sal (se quiser fazer recheio doce, não acrescente o sal)
Opcionais: parmesão e orégano.

Sugestões de recheios: frango desfiado, carne moída, ricota temperada, cogumelos refogados.

Massa para torta de liquidificador

Ingredientes
3 ovos
250 ml de água
1/3 de xícara de chá de azeite
1 xícara de chá de farinha de arroz
1 colher de sopa de amido de milho
1 colher de sopa de fermento em pó
1 colher de chá de sal

Modo de preparo:
Bata tudo no liquidificador até a mistura ficar homogênea e coloque em uma assadeira untada. recheie com a opção de sua preferência e leve para assar até que a massa fique dourada.

Sugestões de recheio: frango desfiado, atum, cogumelos, palmito, legumes.

Fonte: Oba Hortifruti

Coco: versatilidade da fruta rende receitas saudáveis para o inverno

Leite vegetal, farinha low carb, docinho fit, brownie, shake de frutas e até mesmo um picolé natural são algumas das dicas da nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, para aproveitar as vantagens que o coco pode oferecer

Que o coco é o queridinho do verão, isso todo mundo sabe! Mas, a queda das temperaturas não é desculpa para deixar de aproveitar os inúmeros benefícios que a fruta pode proporcionar.

De acordo com a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, o coco é fonte de diversos nutrientes que contribuem para o organismo, como o ácido láurico e o monolauril, componentes que possuem propriedades antimicrobianas e que fortalecem o sistema imunológico, fator essencial para manter a saúde no inverno.

“Além disso, é rico em vitaminas do complexo B, que são importantes para o equilíbrio do sistema nervoso central, e vitaminas A e E, que possuem ação antioxidante e protegem as células do efeito dos radicais livres, afastando problemas como o envelhecimento celular precoce”, explica a profissional.

A fruta ainda é fonte de potássio, que regula a pressão arterial e protege o coração; e magnésio, que ajuda a fortalecer o sistema muscular. Esses dois minerais também ajudam a prevenir o aparecimento das temidas câimbras.

Para os preocupados com a boa forma, o coco também é indicado para fazer parte do cardápio, por possuir muitas fibras que auxiliam no funcionamento do intestino e promovem sensação de saciedade, o que é importante para quem deseja perder peso. “É uma das frutas com menor teor de carboidratos, o que também favorece o processo de emagrecimento”, acrescenta Renata.

Contudo, a nutricionista alerta: é necessário ficar de olho na quantidade, por se tratar de um alimento de alto valor calórico. Cuidado também com o açúcar de coco, embora tenha um menor índice glicêmico que os demais, ainda é um açúcar. Mas, ainda assim, o coco é indicado em estratégias nutricionais para emagrecimento saudável.

O melhor de tudo é que além da água e da fruta in natura, o coco pode ser usado no preparo de leite vegetal e de farinha, que por sua vez podem ser adicionados nos mais variados pratos.

Aprenda como preparar 6 delícias no qual o protagonista é o coco, em sugestões de receitas da nutricionista: leite vegetal, farinha low carb, docinho fit, brownie, shake de frutas e até um picolé natural, para quem não dispensa os sabores do verão em qualquer época do ano. Confira as receitas:

Leite Vegetal e Farinha de Coco

Ingredientes
2 xícaras de polpa de coco seco
3 xícaras de água

Preparo do leite vegetal
Bata no liquidificador por pelo menos 5 minutos, até triturar bem. Coe com a ajuda de um pano limpo, e pronto! Observação: conserve na geladeira por até 3 dias. O leite pode ser usado no preparo de bolos, sobremesas, bebidas e receitas salgadas ou veganas.

Preparo da farinha de coco
Separe a polpa do coco que sobra após coar. Aqueça a polpa em uma frigideira por cerca de 20 minutos, mexendo bem para obter uma farinha bem solta. Observação: a farinha pode ser usada no preparo de bolos, tortas, panquecas, entre outras receitas, substituindo a farinha banca, sendo uma opção low carb.

Docinho fit de Coco

Ingredientes
½ xícara de coco seco
1 banana média
2 colheres de sopa de pasta de amendoim

Preparo
Bata o coco no processador. Em uma panela, derreta a pasta de amendoim, acrescente o coco e em seguida a banana amassada. Cozinhe até soltar da panela. Deixe esfriar e modele no formato que desejar.

Brownie de coco

Ingredientes
1 xícara de coco seco
1 vidro de leite de coco
1 colher de sopa rasa de manteiga
1 xícara de farinha de coco
1 colher de chá de fermento em pó
2 ovos

Preparo
Em uma panela, derreta a manteiga, acrescente o leite de coco e deixe apurando por alguns minutos. Bata o coco no processador e misture ao leite de coco já fervendo. Cozinhe até começar a engrossar. Em uma vasilha, bata os ovos e o fermento em pó.
Em seguida, incorpore a farinha de coco e por último, o creme de coco cozido. Leve para assar por aproximadamente 30 minutos.

Shake

Ingredientes
250 ml de água de coco Oba Bem Querer
½ xícara de frutas vermelhas (morango, framboesa, blueberries)
½ banana nanica madura
Folhas de hortelã (opcional para decorar)

Preparo:
Bata tudo no liquidificador e consuma em seguida.

Picolé de frutas

Ingredientes
1 kiwi fatiado
4 morangos fatiados
Blueberries
200 ml de água de coco Oba Bem Querer ou leite de coco (para um picolé mais cremoso)

Preparo
Coloque algumas fatias de morango e as rodelas de kiwi, e algumas blueberries nas forminhas de picolé. Preencha o conteúdo com a água de coco ou com o leite e leve ao freezer.

Fonte: Oba Hortifruti

 

Aposte em chás naturais para aumentar a hidratação durante o inverno

Além de manter o corpo hidratado, bebida quente feita com ingredientes naturais proporciona outros benefícios para a saúde, segundo a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau

Há quem espere o ano inteiro para a chegada do inverno. E entre todos os costumes que a temporada mais fria do ano traz, existe um hábito que praticamente vai embora: o de beber água. Ainda que não se sinta sede, a hidratação durante as baixas temperaturas deve ser constante e os chás naturais podem ser grandes aliados nessa tarefa, como sugere a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau.

“Apesar de nada substituir a ingestão de água em si, os chás naturais são uma alternativa para favorecer a hidratação do corpo no inverno. Além disso, ainda fornecem outros benefícios para a saúde, que vão desde melhorar a digestão, o sono e a função intestinal, até reduzir a inflamação do organismo e a diminuir a retenção de líquidos. Vai depender do objetivo e da planta escolhida”, comenta a especialista.

Chá Indiano (002)

Um estudo de 2019* incluindo dados de chás de lavanda, fenogrego, camomila, hortelã, hibiscus, erva mate, camomila, chá verde e suas combinações, encontrou benefícios relacionados à saúde da mulher, prevenção de diabetes, de doenças cardiovasculares, de alterações no fígado e até alguns tipos de câncer.

Quer mais motivos para apostar no preparo das bebidas naturais? As receitas de chás com cascas de frutas podem ser uma ótima oportunidade para reduzir o desperdício de alimentos e aproveitar melhor todos os nutrientes que eles podem oferecer. E dá até para consumir gelado, para quem prefere bebidas mais fresquinhas mesmo no frio.

Vale ressaltar que mesmo que os chás naturais somem muitos pontos positivos, devem ser ingeridos com cautela. “Por terem efeitos terapêuticos, os chás devem ser consumidos de forma adequada, tanto no que diz respeito à forma de preparo, quanto na escolha do chá. Os estimulantes, como o de gengibre, chá verde, de hibiscus, preto e branco, devem ser consumidos apenas no período da manhã”, orienta a especialista. “Também é importante destacar que o ideal é que os chás sejam feitos sem adição de açúcares e que gestantes e crianças não devem abusar do consumo de nenhum tipo”, finaliza.

Para quem já era adepto aos chás, mas na opção de sachê, a profissional explica que essa versão não consegue preservar os efeitos terapêuticos da bebida, entretanto, ajudam na hidratação.

Por fim, Renata ensina o passo a passo de quatro opções de chás naturais e ainda dá dicas espertas de preparo. Confira:

Dicas de preparo

•Os chás feitos com as folhas das plantas, chamados de infusão, devem ser preparados com o aquecimento da água até que comece a formar as primeiras bolhas; em seguida, desliga-se o fogo e acrescenta-se a folha escolhida, deixando descansar por cerca de 10 minutos com o recipiente tampado.
•Os chás feitos com as raízes das plantas, como gengibre, canela, cravo ou com frutas, devem ser preparados com o aquecimento da água com a planta junto, por alguns minutos após levantar fervura.

Chá de casca de abacaxi com cravo

Chá de casca de abacaxi (002)

Ingredientes
1 xícara de cascas de abacaxi picadas
5 cravos da índia
500 ml de água

Modo de preparo:
Leve todos os ingredientes ao fogo, cozinhando por 10 minutos após levantar fervura. Coe e sirva em seguida.

Chá de frutas

Chá de Frutas (002)

Ingredientes
1 rodela de abacaxi
1 maracujá
1 maçã picada com casca
3 paus de canela
800 ml de água

Modo de preparo:
Leve todos os ingredientes ao fogo, cozinhando por 10 minutos após levantar fervura. Coe e sirva em seguida.

Chá verde com frutas e gengibre

Chá Verde (002)

Ingredientes
3 xícaras de água
3 colheres de sopa de folhas de chá verde
1 pedaço grande de gengibre (3cm)
Suco de 1 limão
Suco de 1 laranja

Modo de preparo:
Aqueça a água com o gengibre picado. Deixe cozinhando por cerca de 5 minutos após levantar fervura. Desligue o fogo e espera cerca de mais 5 minutos. Então, acrescente as folhas de chá verde, o suco de limão e o suco de laranja. Tampe e deixe descansar por 10 minutos. Coe e sirva em seguida.

Chá indiano

Chá indiano 2 (002)

Ingredientes
500 ml de água
2 bagas de cardamomo
2 paus de canela
3 cravos da índia
1 colher de sopa de mel
100 ml de leite de arroz
2 colheres de sopa de folhas de hortelã

Modo de preparo:
Aqueça a água com o cardamomo, a canela, o cravo e o mel. Deixe cozinhando por cerca de 5 minutos após iniciar a fervura. Desligue o fogo e espere cerca de 5 minutos. Então, acrescente as folhas de hortelã e o leite de arroz. Tampe e espere mais 5 minutos. Coe e sirva em seguida.

Fonte: Oba Hortifruti

*Referência: Poswal FS, Russell G, Mackonochie M, MacLennan E, Adukwu EC, Rolfe V. Herbal Teas and their Health Benefits: A Scoping Review. Plant Foods Hum Nutr. 2019;74(3):266-276. doi:10.1007/s11130-019-00750-w)

Aprenda a preparar pizzas mais saudáveis

Nutritivas, sugestões da Bio Mundo incluem versões veganas, sem glúten e low-carb

Quentinha ou amanhecida, salgada ou doce, tradicional ou incrementada. Seja como for, a pizza definitivamente é amada pelos brasileiros. Segundo a Associação de Pizzarias Unidas de São Paulo, o país está entre os cinco que mais consomem a iguaria italiana em todo o mundo. Entretanto, com a preocupação cada vez maior em ter e manter uma alimentação saudável e equilibrada, muitas pessoas acabam se privando de consumir o delicioso prato.

Por isso, a Bio Mundo apresenta quatro versões fit para quem não abre mão de degustar uma pizza. As receitas são saudáveis, nutritivas, práticas e, o melhor: extremamente saborosas.

Pizza vegana

pizza vegana

Ingredientes
• ¾ xícara de farinha de trigo
• ½ xícara de farinha de grão-de-bico;
• 1/3 xícara de farinha de linhaça
• ½ xícara de fécula de batata
• 1 colher de sopa de açúcar mascavo
• 1 colher de sopa de fermento biológico seco
• ¾ de xícara de água morna
• 1 colher de sopa de azeite
• sal a gosto

Modo de preparo:
Em um recipiente, acrescente todas as farinhas, o fermento e o açúcar. Misture bem e adicione a água até que a massa fique homogênea. Se precisar, coloque um pouco mais de água. A massa precisa ficar um pouco grudenta. Acrescente o azeite e o sal e incorpore. Tampe a massa com um pano de prato e deixe descansar até crescer e ficar com o dobro do volume. Vai levar entre 15 e 20 minutos. Modele a pizza em uma forma untada com óleo (aconselho untar a mão com óleo também) e asse em forno pré-aquecido a 180°C por aproximadamente 15 minutos. Retire do forno, coloque sua cobertura preferida e volte ao forno por mais uns 10 minutos. Sugestões de coberturas: cogumelos salteados no azeite, shoyu e salsinha; tomates picados; sementinhas e manjericão salpicados por cima.

Minipizza de berinjela

pizza beringela

Ingredientes
• 1 berinjela média
• 200g de mozarela light
• 100g de tomate cereja
• ½ de molho pronto
• sal a gosto

Modo de preparo:
Fatie a berinjela (com a casca) com mais ou menos 1,5cm de largura, e coloque numa assadeira levemente untada com margarina. Uma pitadinha de sal por cima de cada fatia cai bem. Depois, em cada fatia coloque uma colher cheia de molho. Cubra com a mozarela e os tomatinhos cereja cortados ou não. Uma ótima dica é cortá-los para incorporar mais o sabor. Por fim, salpique o orégano, e leve ao forno preaquecido a 180º por 30 minutos.

Pizza sem glúten

pizza sem gluten

Ingredientes
• 1 maço de couve-flor
• 1 ovo
• ½ xícara de mozarela ou queijo parmesão
• sal, pimenta do reino e orégano a gosto

Modo de preparo:
Primeiro, separe a couve-flor em buquês (somente a parte crespa) e lave em água corrente. Em um processador de alimentos, processe a couve (se preferir pode picar bem com uma faca). Depois de picada, leve ao micro-ondas por 3 minutos. Espere esfriar e misture a mozarela ralada ao ovo. Tempere com o sal, pimenta do reino e o orégano. Unte bem uma assadeira e modele a massa no formato de um disco de pizza. Leve para assar em forno preaquecido (230º) por aproximadamente 10 minutos ou até as bordas começarem a dourar. Por fim, retire do forno, cubra com os ingredientes de sua preferência e volte ao forno apenas para derreter o queijo.

Pizza doce integral

pizza banana sweden trip
Imagem meramente ilustrativa – Foto: Sweden Trip

Ingredientes
• 1 tablete de fermento biológico
• 1 pitada de açúcar demerara
• 1 e meia xícara (chá) de farinha de trigo integral
• 1 xícara (chá) de farelo de aveia
• meia xícara (chá) de água (100 ml)
• 3 colheres (sopa) de leite
• meia colher (sopa) de óleo de coco
• 1 pitada de sal do himalaia

Cobertura:
• 1 gema
• 1 colher (sopa) de manteiga Ghee
• meia xícara (chá) de açúcar demerara
• 4 colheres (sopa) de amido de milho
• 1 e meia xícara (chá) de leite (300 ml)
• 4 bananas-nanicas, maduras, cortada em rodelas
• meia colher (chá) de canela em pó

Modo de preparo:
Para a massa, em um recipiente grande coloque o fermento biológico e o açúcar, misturando até dissolver. Junte a farinha de trigo integral, o farelo de aveia, a água, o leite, o óleo e o sal. Amasse com as mãos até ficar homogêneo. Divida em 2 partes iguais, molde esferas e deixe-as descansar por 30 minutos, cobertas com um pano de prato limpo. Em uma superfície lisa, abra cada parte da massa entre dois plásticos com o auxílio de um rolo, em círculos de 25 cm de diâmetro. Transfira para duas formas de pizza, fure a superfície com um garfo e leve ao forno médio (180 graus), preaquecido, por 10 minutos. Para a cobertura, coloque em uma panela média a gema, a margarina, o açúcar, reservando 1 colher (sopa) para polvilhar, o amido de milho. Cozinhe em fogo baixo, por 10 minutos, mexendo sem parar ou até encorpar. Retire do fogo e espere esfriar. Depois, espalhe sobre as massas, cubra com a banana e polvilhe com a canela previamente misturada ao açúcar reservado. Por fim, leve ao forno médio (180 graus), preaquecido, por 10 minutos. Retire do forno e sirva em seguida.

Nutricionista ensina opções de pizzas saudáveis para fazer em casa

 

Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti explica como deixar o tradicional prato italiano mais leve e como inserir na alimentação sem medo

Quem resiste a uma saborosa pizza? Um dos pratos favoritos para ser dividido entre a família ou os amigos é tão apreciado aqui no Brasil que até ganhou um dia para chamar de seu: 10 de julho! E para quem quiser comemorar a data da melhor maneira, a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, orienta sobre como inserir a iguaria de forma equilibrada na alimentação e ensina o preparo de dois tipos de massas de pizzas caseiras saudáveis: a de batata doce e a de tapioca com aveia.

Apesar das pizzas serem pratos ricos em carboidratos e com valor calórico aumentado, de acordo com a nutricionista, quando consumidas de maneira correta, podem fazer parte da alimentação sem culpa. Renata explica que o segredo está na quantidade e na frequência do consumo.

“Dentro de um contexto em que a maioria das refeições são mais leves e ricas em vegetais, a pizza será muito bem-vinda de forma esporádica. A quantidade ideal varia de acordo com a pessoa, mas o indicado sempre é não cometer exageros e comer para saciar a vontade”, ressalta.

Entre as sugestões mais saudáveis da especialista para serem feitas em casa estão a pizza à base de batata doce e a pizza com massa de aveia e tapioca. “Essas duas ideias são ricas em fibras, que vão ajudar na sensação de saciedade, e ainda são livres de glúten, podendo ser consumidas por quem precisa evitar esse componente”, indica a profissional.

Na hora de escolher os recheios, optar por um molho de tomate de qualidade vai garantir mais sabor e elevar a qualidade nutricional da receita. “Quem busca mais praticidade e saúde, pode utilizar a passata de tomate no processo, pois é um molho mais encorpado, sem grandes quantidades de conservantes e que preserva os nutrientes do tomate”, acrescenta Renata.

E para os demais complementos, a nutricionista recomenda utilizar alimentos mais naturais, como frango desfiado, tomate, rúcula, brócolis, manjericão, cogumelos, cebola e orégano fresco, no lugar de embutidos e ultraprocessados, para deixar a receita caseira mais equilibrada.

“Outros elementos, embora processados, mas que são interessantes de acrescentar no recheio são as azeitonas, o atum, o tomate seco, bacon artesanal e queijos em geral”, finaliza a especialista.

E quem não quiser literalmente colocar a mão na massa, pode comemorar o Dia da Pizza com a família saboreando as opções de pizzas da linha Oba Bem Querer, disponíveis em todas as unidades da rede.

Confira o passo a passo das receitas propostas pela nutricionista e bom apetite:

Massa de pizza sem glúten

Pizza com massa de aveia e tapioca (002)

Ingredientes
2 ovos
30mL de leite desnatado
1 xícara de tapioca
2 col de sopa de parmesão ralado
2 col de sopa de farinha de aveia
1 col de chá de fermento em pó
½ col de café de sal

Modo de preparo:
Misture tudo até formar uma massa homogênea. Coloque em uma forma untada e leve ao forno preaquecido a 200 graus por cerca de 15 minutos. Acrescente o recheio e leve ao forno por mais 10 a 15 min. Sugestões de recheios: queijo mussarela com manjericão.

Pizza à base de batata doce

Pizza com massa de batata doce (002)

Ingredientes
2 xic de chá de batata doce cozida e amassada
2 col de sopa de farinha de arroz
½ col de café de sal
1 col de sopa de azeite de oliva

Modo de preparo
Misture tudo até formar uma massa homogênea. Coloque em uma forma untada e leve ao forno preaquecido a 200 graus por cerca de 15 minutos.  Acrescente o recheio e leve ao forno por mais 10 a 15 min.

Azeite de oliva: nutricionista responde principais dúvidas e ensina receitas

Renata Guirau nutricionista do Oba Hortifruti dá dicas de como escolher, quais são as melhores formas de inserir o azeite na alimentação e os benefícios do consumo

Se existe um ingrediente que sempre está presente na cozinha, é o azeite de oliva! Prático e versátil, esse óleo é um dos itens mais utilizados na hora de agregar aroma e sabor nas mais variadas receitas. Para quem tem dúvidas sobre qual azeite escolher, como acrescentar na alimentação e como esse alimento pode beneficiar a saúde, a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, responde aos questionamentos que mais escuta no consultório.

Ao final, a profissional também ensina receitas simples nas quais o azeite ganha todo o destaque no prato: molho pesto, azeite aromático e até uma manteiga de azeite.

1. Quais são os benefícios do consumo do azeite?
Renata: Assim como outros tipos de óleos vegetais, o azeite é livre de colesterol ruim (LDL) e fonte de gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas (incluindo o ômega-9). O consumo auxilia no controle sérico de colesterol, ajuda a proteger a saúde cardiovascular e também a reduzir a inflamação do organismo.

Azeite Aromatizado (1) (002)

2. O azeite é mais saudável que outros tipos de óleo?
Renata: Como mencionado anteriormente, o azeite é um tipo de gordura que deve fazer parte da nossa alimentação, entretanto, ele sozinho não fornece todos os ácidos graxos essenciais que precisamos. Por isso, a recomendação é incluir outros tipos de gordura na dieta, principalmente o ômega-3 dos peixes. De qualquer forma, podemos considerar que é mais saudável que outros óleos vegetais, como o de soja e o de canola.

3. Qual a diferença entre os tipos virgem, extravirgem e refinado? Como escolher a melhor opção?
Renata: O que difere é principalmente o teor de acidez permitido em cada tipo. O azeite refinado pode ter acidez maior que 2%. É um produto geralmente obtido de azeitonas de qualidade inferior, sem padronização de sabor e que, por isso, precisa passar por refinamento industrial para padronização das características sensoriais. Já o azeite virgem deve ter acidez entre 1% a 2%. Ele deve ser extraído das azeitonas sem adição de nenhum produto químico. O azeite extravirgem é obtido desta mesma forma, mas deve ter acidez inferior a 1%. Também vale mencionar que o extravirgem é mais sensível ao calor, quando comparado às demais variedades. Na hora de escolher, os principais pontos a serem considerados são: o tipo de preparo (para cozinhar ou temperar) e o sabor que mais agrada. Há também quem goste de verificar a origem de produção.

4. Qual a melhor forma de inserir o azeite na alimentação?
Renata: A melhor maneira é usar no preparo de alimentos e no tempero de saladas. Também pode ser usado para regar carnes já prontas e massas. Outra opção, muito comum em países europeus, é regar pães com o azeite imediatamente antes do consumo. Dessa forma, conseguimos obter o sabor e aproveitar todos os benefícios do tempero.

Azeite Aromatizado (2) (002)

5. É verdade que aquecer o azeite pode ser prejudicial para a saúde?
Renata: Aquecer o azeite a altas temperaturas pode fazer com que ele produza uma substância chamada acroleína, que é irritante ao estômago. Isso acontece quando o azeite atinge temperatura suficiente para produzir uma fumaça esbranquiçada (o que chamamos de ponto de fumaça). Se o azeite for aquecido apenas para refogar algum tempero ou for utilizado para regar alguma preparação que será assada, dificilmente chegará a essa temperatura em que ele “queima”. Ainda assim, uma sugestão para esses preparos quentes seria usar o azeite virgem (e não o extravirgem), que é mais resistente à temperatura. É importante ressaltar que o azeite não é uma boa opção para o preparo de alimentos fritos sob imersão, como parmegiana, pastel e outros pratos em que o alimento é mergulhado na gordura fervendo.

6. O azeite engorda? Podemos consumi-lo à vontade?
Renata: O azeite engorda se for consumido em excesso, já que é uma gordura, ainda que boa. Todo alimento fonte de gordura será bastante calórico e deverá ser consumido com moderação. Não existe uma quantidade padrão indicada para cada pessoa. Pode ser consumido diariamente, desde que o suficiente para o preparo ou tempero dos alimentos. Dessa forma, não fará mal à saúde.

Agora que você já sabe como inserir o azeite de maneira saudável na sua alimentação, confira as receitas selecionadas pela nutricionista:

Molho Pesto

Molho Pesto (002)

Ingredientes
2 xícaras de folhas de manjericão fresco
1/2 xícara de nozes picadas
1 xícara de queijo parmesão ralado
2 dentes de alho picados
1 1/2 xícara de azeite
Sal a gosto

Modo de preparo:
Bata tudo no liquidificador ou mixer. Use para temperar saladas, acompanhando pães e torradas ou massas.

Azeite Aromatizado

azeite e pimenta

Ingredientes
100 ml de azeite extravirgem
1 dente de alho
1 ramo de alecrim
1 ramo de tomilho
1 pimenta dedo-de-moça fatiada

Preparo:
Coloque o azeite em um recipiente de vidro que possa ser bem fechado. Acrescente os temperos. Deixe descansando por pelo menos 5 dias antes de consumir. Use no preparo de receitas e para temperar saladas.

“Manteiga” de Azeite

Manteiga de Azeite (002)

Ingrediente
Azeite extravirgem
Manjericão a gosto (ou ervas de sua preferência)

Modo de preparo:
Separe uma forma de gelo. Cubra o fundo de cada espaço da forma de gelo com uma folha de manjericão. Acrescente o azeite, colocando mais uma folha no meio de cada espaço. Leve ao freezer e consuma em até 30 dias. Use em pães e torradas ou no preparo de receitas.

Fonte: Oba Hortifruti

No Dia do Chocolate, aprenda novas receitas com a guloseima

 

Chocolate com frutas: conheça combinações cheias de sabor

Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti, sugere as melhores misturas para os amantes do doce. A profissional também informa o passo a passo de duas receitas práticas e deliciosas com o alimento para celebrar o Dia Mundial do Chocolate, comemorado hoje (7).

Em 2019, o Brasil produziu cerca de 277 mil toneladas de chocolates no primeiro trimestre do ano. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab), o volume foi 2,5% superior ao mesmo período do ano anterior. Na época, o país ocupava o sexto lugar no ranking global de vendas no varejo.

Popular em diversos países, o produto já possui até data comemorativa! Por ser tão querido nos quatro cantos do mundo, anualmente é celebrado o Dia Mundial do Chocolate, no dia 7 de julho. Esse carinho pelo doce pode ser explicado pelo seu excesso de sabor e, também, por trazer a sensação de bem-estar por conta da sua composição que possui feniletilamina, substância responsável por ativar a liberação de dopamina no cérebro.

Além de ser delicioso e, como citado anteriormente, trazer benefícios para a mente, o chocolate é extremamente versátil, pois permite a sua mistura com diferentes alimentos. Renata conta que as frutas são as combinações ideais, pois agregam fibras, vitaminas e também aumentam a saciedade na hora da ingestão.

fondue

“O interessante nessa mistura é que o sabor adocicado rende mais por estar ‘diluído’ nas frutas. Além disso, o azedo contrasta muito bem com o chocolate, inclusive nas versões mais amargas”, complementa.

Entre as sugestões da nutricionista, morangos, uvas e kiwis são indicados para serem banhados em chocolate derretido. Lascas de coco seco e rodelas de banana nanica também entram como apostas interessantes na hora de fazer as misturas.

Para os dias de inverno, a profissional indica maçã e pera fatiadas para serem aquecidas no micro-ondas e combinadas com chocolate ao leite. Já os que preferem frutas secas podem unir damascos e oleaginosas, como as castanhas do Pará, com o chocolate derretido.

Guirau informa que é possível inserir o chocolate em uma dieta equilibrada, entretanto, frisa a importância de estar atento à quantidade e à qualidade na hora do consumo. Chocolates mais amargos, por exemplo, possuem mais cacau e menos açúcar, portanto, são indicados para o dia a dia. Ainda assim, é importante estar atento às porções.

“O excesso de qualquer tipo de chocolate é prejudicial à saúde, mas é possível manter o contexto de uma alimentação equilibrada com o consumo entre 10g e 20g por dia. Outra sugestão é optar pelo alimento na forma de sobremesa, após almoço ou jantar. Isso ajuda a reduzir a carga glicêmica que, por sua vez, fica maior quando ingerimos açúcar”, explica.

Versões saudáveis

De acordo com a revisão científica apresentada no Reviews in Cardiovacular Medicine, em 2018, os efeitos do cacau nos nossos organismos mostram que os flavonoides presentes no cacau, conhecidos como compostos bioativos, possuem ação antioxidante e ajudam a reduzir marcadores de inflamação. Isso significa que alguns fatores de risco para doenças cardiovasculares podem ser minimizados com o consumo de fontes de cacau.

“Versões acima de 85% de cacau já apresentam uma quantidade mais baixa de açúcar e mais alta de cacau e seus compostos antioxidantes. Apostar em chocolates com versões adoçadas com produtos naturais também são boas opções”, informa Guirau.

Além disso, a profissional informa que, na hora da escolha do alimento, é indicado optar por produtos com menos ingredientes na composição.

Agora que você já tem todas as dicas sobre o consumo do chocolate, confira duas receitas deliciosas para desfrutar o alimento com frutas maduras:

Creme de Coco com Chocolate

Creme de Chocolate com coco (002)

Ingredientes:
2 xícaras de polpa de coco verde batida no mixer
1 xícara de chocolate meio amargo

Modo de preparo:
Derreta o chocolate em banho maria e misture com o coco batido. Coloque em taças e leve para gelar.

Picolé de Maracujá com Cobertura de Chocolate

Picole de maracuja (002)

Ingredientes
Polpa de 1 maracujá
2 colheres de sopa de açúcar
200 ml de água
100g de chocolate ao leite
1 colheres de sopa de óleo de coco

Modo de preparo:
Faça um suco com o maracujá, a água e o açúcar. Coloque em forminhas de picolé e leve ao freezer. Derreta o chocolate em banho maria e misture com o óleo de coco, formando uma calda. Desenforme os picolés e cubra com a calda de chocolate. Leve novamente ao freezer por pelo menos 1 hora antes de servir.

Aventure-se com uma receita inovadora

Para os apreciadores da iguaria, não existe nada melhor do que uma receita especial para comemorar a data. Pensando nisso, a Black+Decker, marca líder no mercado, desenvolveu um empada de chocolate com recheio de brigadeiro gourmet que promete agradar todos os paladares. Vamos lá?

Empada de Chocolate com Recheio de Brigadeiro Gourmet

doce chocolate

Ingredientes

Massa:
• 550g de farinha de trigo
• 50g de coco
• 75g de cacau em pó 50%
• 325g de margarina
• 125g de gema de ovo
• 50g de óleo de coco

Recheio:
• 2 latas de leite condensado
• 100g de chocolate meio amargo
• 100g de creme de leite
• 40g de margarina
• 80g de chocolate em pó 50%

Modo de Preparo

Massa:
Em um bowl, misture os ingredientes secos, faça um orifício no centro e agregue a margarina, as gemas e o óleo de coco, misture os ingredientes até formar uma massa lisa. Em seguida, coloque um plástico e leve a geladeira por 30 minutos. Coloque a massa em formas de empada, recheie com o brigadeiro e cobra, leve ao forno de 20 a 25 minutos, deixe esfriar. O próximo passo é banhá-las no chocolate.

Recheio:
Em uma panela acrescente todos os ingredientes e leve ao fogo baixo até dar ponto de brigadeiro (soltar do fundo da panela). Em seguida, coloque em recipiente de vidro e cobra com plástico até esfriar.

Tempo de preparo: 1 hora
Dificuldade: fácil

 

As dez frutas mais ricas em vitamina C e os benefícios deste nutriente

Fontes naturais são mais eficientes no aporte da vitamina, que ajuda a fortalecer a imunidade e a reforçar a absorção de outros minerais no organismo, segundo a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau

Cuidar da imunidade é importante em todas as épocas do ano. Mas, durante as estações mais frias, como o outono e o inverno, alguns cuidados extras são necessários, já que o organismo fica mais suscetível a infecções e doenças respiratórias comuns dessas épocas.

Quando o assunto é fortalecer o sistema imune, uma vitamina em especial sempre ganha as atenções: a vitamina C. Segundo a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, de fato esse nutriente contribui para que as defesas do corpo sejam reforçadas, uma vez que a principal função da vitamina C é auxiliar os mecanismos antioxidantes dos quais o organismo precisa. Consequentemente, essa ação tem influência no sistema imunológico.

E as vantagens da vitamina C não param por aí. O nutriente ainda ajuda na prevenção de doenças crônicas, no retardo do envelhecimento celular, na absorção de minerais importantes, como o ferro e o cálcio, e também auxilia na produção natural de colágeno – o que, por sua vez, contribui para a saúde dos tecidos da pele, unha, cabelos, músculos, ossos e articulações.

Mas, antes que você pense em investir nas pastilhas efervescentes vendidas em farmácias, a nutricionista alerta: a absorção do corpo é muito melhor quando a vitamina C vem de fontes naturais, como as frutas.

De acordo com Renata: “uma pessoa adulta precisa de cerca de 75mg de vitamina C por dia. Isso é facilmente atingido com 1 porção diária de fruta rica nessa vitamina ou duas porções de frutas de modo geral, considerando que quase todos os alimentos desse grupo contém pelo menos uma pequena quantidade de vitamina C”.

No ranking das frutas mais ricas nessa vitamina, estão:

frutas-citricas

1 acerola – 150mg de vitamina C
1 goiaba – 120mg de vitamina C
Suco de 4 limões – 110mg de vitamina C
2 tangerinas – 110mg de vitamina C
5 morangos – 100mg de vitamina C
2 kiwis – 100mg de vitamina C
1 fatia de abacaxi – 95mg de vitamina C
1 caju – 95mg de vitamina C
1 laranja – 90mg de vitamina C
1 manga média – 90mg de vitamina C

Na hora de consumir as frutas, pensando no aporte da vitamina, Renata ressalta que vale ter atenção em dois pontos: evite aquecer ou usar esses alimentos em preparos quentes, e deixe para descascar as frutas apenas no momento em que for comê-las.

“A vitamina C é sensível ao calor. É como se evaporasse em contato com temperaturas altas. Quando temperamos uma carne com limão e em seguida levamos ao forno para assar, aproveitaremos o sabor do limão, mas não a vitamina C inicialmente nele contida. Já quando acrescentarmos limão na carne após assada e em temperatura mais baixa, no momento da refeição, aí sim teremos o benefício nutricional e o do sabor”, orienta.

Como a vitamina C também sofre alterações em contato com o ar, caso precise preparar sucos ou guardar os alimentos já descascados na geladeira, a dica da profissional é utilizar um recipiente hermético, que vai preservar a polpa da fruta e as qualidades nutricionais.

Por fim, Renata ensina o passo a passo de receitas práticas e saborosas não deixar a vitamina C faltar na rotina. Anote:

Molho para saladas cruas

Molho cítrico para saladas (002)

Ingredientes:
4 col de sopa de azeite extravirgem
2 col de sopa de água
Suco de 1 limão
Suco de 1/2 laranja pera
1 col de café de sal

Modo de preparo:
Misture tudo delicadamente e use para regar saladas cruas.

Suco de carambola com maracujá e gengibre

Suco de carambola maracujá e gengibre (002)

Ingredientes

Polpa de 1 maracujá
1 carambola sem sementes
1 col de chá de gengibre picado
1 xícara de gelo
300 ml de água

Modo de preparo:
Bata tudo no liquidificador, coe e beba em seguida.

Tigela de frutas

Tigela de Frutas (002)

Ingredientes
Suco de 1 laranja
1 kiwi fatiado
30 mL de leite de aveia
1 xícara de morangos congelados
1 col de sopa de semente de linhaça dourada
5 amêndoas
1 col de sopa de mel

Modo de preparo:
Bata no mixer o suco de laranja com os morangos congelados, o mel e o leite de aveia.
Coloque em uma taça e cubra com o kiwi fatiado e as amêndoas. Consuma em seguida.

Fonte: Oba Hortifruti

Dia das Mães: café da manhã surpresa é dica para comemorar a data

Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti, sugere quatro opções de café da manhã – além do clássico café com pãozinho- com receitas fáceis para serem preparadas pelos filhos

Surpreender quem a gente ama é sempre uma boa ideia! E com a proximidade do Dia das Mães, uma dica simples e muito carinhosa de agradar a matriarca da família em uma data tão especial é os filhos prepararem um café da manhã surpresa para ela começar o dia com mais alegria e sabor.

Para contemplar diferentes paladares e agradar perfis de mamães diferentes, a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, listou quatro opções de café da manhã saudáveis e completos, e com sugestões de receitas fáceis de serem feitas pelos filhos. Confira:

Café da Manhã Fit

“Para as mães que se preocupam com a boa forma, vale apostar em um café da manhã rico em fontes proteicas, como ovos e queijos, e carboidratos de baixo índice glicêmico, como pães integrais, aveia, tubérculos e panquecas. Além de frutas e um café quentinho para completar”, sugere Renata.

Panqueca salgada

Panqueca Salgada (2) (002)

Ingredientes
1 ovo
1 col de sopa de tapioca
1 col de sopa de farinha de aveia
½ col de café de orégano
Sal a gosto

Modo de preparo
Misture todos os ingredientes e cozinhe em uma frigideira untada com azeite. Sugestões de recheio: patê caseiro, húmus, queijo e tomate.

Café da manhã energético

Sua mãe é ativa e gosta de começar o dia com mais energia? Então, prefira uma refeição que seja fonte de carboidratos, como pães, tapioca, sucos de frutas e cereais em geral. Complemente com manteiga, requeijão, geleia de frutas, oleaginosas, iogurtes, leites e chás.

Mingau de aveia com banana

Mingau de aveia com banana (002)

Ingredientes
200 ml de leite (de vaca ou vegetal)
1 banana madura
3 col de sopa de aveia em flocos
1 col de café de canela
2 col de sopa de castanhas trituradas

Modo de preparo
Misture o leite com a aveia em uma vasilha e leve ao micro-ondas por 1 minuto. Retire, misture e leve novamente ao micro-ondas por mais 1 minuto. Repita até que a mistura fique em consistência pastosa (4 ou 5 minutos, geralmente). Pique a banana em cubos e misture ao mingau delicadamente. Finalize com a canela e castanhas de sua preferência e consuma ainda quente.

Café da manhã leve

Para as matriarcas que não sentem muita fome de manhã, ainda dá para fazer uma surpresa! Renata sugere opções que são baixas em calorias e de mais fácil digestão. “Podemos considerar frutas frescas, iogurtes, vitaminas e sucos com propriedades digestivas”, ressalta a nutricionista. “Outra dica sempre interessante é escolher as frutas da estação, que por estarem no período de cultivo natural, ficam mais saborosas, suculentas e nutritivas. No mês de maio, é tempo do cultivo de laranja, limão-taiti, morango, atemoia e banana-maçã, por exemplo”.

Suco Nutritivo de atemoia com laranja

Suco de atemoia com laranja (002)

Ingredientes
Suco de 1 laranja
Suco de 1 limão
½ xícara de polpa de atemoia picada
50 ml de água

Modo de preparo
Bata tudo no mixer ou liquidificador, coe e está pronto para servir.

Café da manhã funcional

Mamães que não abrem mão de uma alimentação que reforce a saúde? Vá de café da manhã funcional! A nutricionista recomenda opções que sejam ricas em vitaminas e compostos antioxidantes e funcionais. “Vale lembrar de evitar os alimentos industrializados em geral e investir em ideias como os sucos funcionais, tapioca, húmus, frutas, ovos, leites vegetais e oleaginosas”, orienta Renata.

Bowl funcional de frutas

Bowl Funcional de frutas (002)

Ingredientes
½ xícara de frutas vermelhas congeladas
1 banana congelada
50 mL de suco de laranja
1 col de sopa de semente de linhaça
5 a 6 unidades de castanhas

Modo de preparo
Bata no mixer as frutas congeladas com o suco de laranja. Coloque em um bowl pequeno e finalize com a semente de linhaça e as castanhas. Pode-se acrescentar também outras frutinhas para decorar e está pronto para o consumo.

Café da Manhã tradicional

Se sua mãe gosta mesmo é do clássico café da manhã brasileiro, o café preto e o pão com manteiga são a dupla perfeita. E se engana quem pensa que esse tipo de café da manhã não é benéfico à saúde. A especialista explica que quando feito em quantidades adequadas, pode sim compor um padrão de alimentação saudável.

Para finalizar, independentemente do tipo de café da manhã que você escolher para sua mãe, vale considerar os gostos dela e caprichar na decoração da mesa ou da bandeja para tornar o momento ainda mais inesquecível.

Fonte: Oba Hortifruti

Nutricionista dá dicas de alimentação para a quarentena e ensina duas receitas

Especialista em nutrição do Oba Hortifruti, Renata Guirau, orienta sobre os alimentos que devem estar presentes à mesa e quais cuidados de higiene e preparo são necessários

As organizações de saúde e órgãos públicos do país já alertaram: quem puder, fique em casa pelos próximos dias. Evitar aglomerações é a principal recomendação para tentar conter a pandemia do coronavírus.

Neste período em que devemos reduzir a circulação, as idas ao mercado também devem ficar mais restritas. Mas, isso não significa que devemos colocar na despensa apenas alimentos industrializados e não perecíveis, como explica a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau.

“É importante tentar ao máximo manter uma rotina alimentar balanceada e saudável. O consumo frequente de frutas e vegetais é imprescindível, ainda mais em um momento em que precisamos estar com uma boa saúde. Quando as defesas do organismo estão em dia, favorece que o vírus cause menos danos ao organismo e reduz o tempo de recuperação em caso de doença”, comenta a profissional.

Para quem vai cumprir com o isolamento social pelos nas próximas semanas e está preocupado com o que colocar no carrinho, Renata listou algumas orientações. Confira:

prato-saudavel
• Reduza a quantidade de alimentos nas refeições, já que durante a quarentena a tendência é ficar menos ativo. “O ideal é comer conforme a fome e finalizar a refeição assim que sentir saciedade”, explica Renata.

congelados produtos aimee law
Foto: Aimee Law

• Mantenha em casa opções de alimentos saudáveis com maior durabilidade, como feijão, lentilha, vegetais congelados, polpa de frutas.

FreeGreatPicture compras supermercado
FreeGreatPicture

• Compre frutas mais “verdes”, que também terão uma durabilidade maior.

suco cenoura organic facts
OrganicFacts

• Vegetais mais resistentes, como cenoura, vagem, repolho, batata doce também devem entrar na rotina.

lavando os legumes
• Vegetais que são consumidos crus, precisam ser lavados em água corrente e em seguida deixados de molho em solução de água com cloro. “Uma opção mais prática é comprar saladas e vegetais já higienizados e cortados, como os disponíveis no Oba Hortifruti”, indica a profissional.

ovo cozido markgraf
Foto: Mark Graf/Moguefile

• Carnes e ovos não devem ser consumidos crus ou malpassados, para eliminar qualquer possibilidade de contaminação.

frutas-citricas
• Inclua alimentos fontes de vitamina C (frutas cítricas), de selênio (castanhas), de zinco (feijões), e de ferro (carnes e vegetais verdes escuros) para ajudar a manter a imunidade em dia.

mulher bebendo agua pixabay
pixabay

• Não se esqueça de manter um bom nível de hidratação. De acordo com Renata, o ideal é beber água de forma fracionada ao longo do dia, de modo que a urina fique bem clara.

E, para quem precisa de algumas ideias criativas de receitas para variar na cozinha, Renata indica o passo a passo de arroz de forno e de um picadinho de frango com legumes:

Arroz de forno

Arroz de Forno (002)

Ingredientes
2 xícaras de arroz cozido
1/2 xícara de ervilhas congeladas
1/2 xícara de cenoura cozida cortada em cubos
1 xícara de molho de tomate
1 xícara de queijo mussarela ralado
300g de carne moída
Alho, cebola e sal a gosto
2 colheres de sopa de azeite

Modo de preparo
Aqueça o azeite e refogue o alho e a cebola. Acrescente a carne moída e deixe “fritar”. Quando a carne estiver bem cozida, acrescente o molho de tomate e acerte o sal. Em um refratário, misture o arroz, a cenoura e a ervilha. Por cima, acrescente a carne moída com o molho vermelho. Finalize polvilhando o queijo ralado e leve ao forno por 10 minutos para gratinar.

Picadinho de frango com legumes

Picadinho de Frango com Legumes (002)

Ingredientes
500g de peito de frango cortado em cubos
1 cebola média cortada em cubos
3 dentes de alho amassados
2 xícaras de chá de jardineira de legumes congelada
1/2 lata de tomates sem pele
1 colher de sopa de azeite
Sal e cheiro verde a gosto

Modo de preparo
Aqueça o azeite e doure o alho e a cebola. Acrescente o frango e deixe grelhando em fogo baixo, mexendo para não grudar. Com o frango já cozido, acrescente a jardineira de legumes e os tomates sem pele. Acerte o sal e deixe ferver. Desligue o fogo, finalize com o cheiro verde picado e sirva em seguida.

Fonte: Oba Hortifruti

Detox pós-Carnaval: dicas de como limpar o organismo após a folia

Nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, indica o consumo de frutas, legumes e verduras para eliminar as toxinas e os excessos de líquidos acumulados

Depois de muita folia durante o feriadão de Carnaval, é hora de voltar à rotina. Ao longo desta época de festividades, é normal exagerar nas comidas e bebidas calóricas, mas isso não é motivo de preocupação. Para o organismo voltar ao ritmo saudável do dia a dia, é preciso ter a iniciativa de recomeçar e, para isso, o detox é um ótimo aliado para auxiliar nesse processo.

De acordo com a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, a estratégia de “desintoxicar” o corpo consiste em fornecer nutrientes, de forma adequada, para ajudar o nosso organismo a eliminar toxinas, enquanto evitamos, ao mesmo tempo, alimentos que favorecem o acúmulo dessas substâncias, como açúcares, bebidas alcoólicas e os ultraprocessados – enlatados, congelados, biscoitos, salgadinhos, embutidos etc.

Entretanto, não é necessário fazer dietas muito restritivas para compensar os excessos cometidos no Carnaval. “O ideal é equilibrar o consumo dos alimentos, de forma consciente e sem passar fome, para não acabar comendo muito, alguns dias depois, como forma de compensação”, explica Renata.

frutas citricas

Segundo a especialista, aumentar o consumo de frutas, legumes e verduras é um dos grandes aliados para eliminar as toxinas e os excessos de líquidos acumulados, visto que esses alimentos fornecem antioxidantes e fitoquímicos para combater os radicais livres.

“Para as frutas, podemos dar destaque às que são fontes de vitamina C, como a laranja, o limão, o maracujá e a carambola, que têm ação antioxidante potente, combatendo os radicais livres que podem estar aumentados depois de dias de exposição ao calor, a má alimentação e às bebidas alcoólicas”, complementa.

Vale frisar a importância de melhorar a hidratação após o Carnaval, visto que o corpo tende a sofrer com a diminuição da ingestão de água nesta época. A junção de um corpo bem hidratado e que, igualmente, consome alimentos saudáveis é a receita de sucesso para conseguir voltar com tudo para a rotina.

“Quando nos hidratamos melhor e baseamos a alimentação em vegetais, nossos rins e fígados são capazes de melhorar a metabolização e filtragem dos compostos que precisamos eliminar. Isso ajuda a reduzir algumas alterações, como inflamações e retenções hídricas que se acumulam no nosso organismo”, informa Renata.

Anotou as dicas? Então, confira agora sugestões de receitas saudáveis com as indicações da nutricionista:

Bombom de coco antioxidante

Bombom de coco antioxidante

Ingredientes
½ xícara de coco seco ralado ou batido no processador
100g de chocolate 85% cacau
Suco de 1 laranja pera

Modo de preparo
Derreta o chocolate no micro-ondas. Após derretido, misture o chocolate com o suco da laranja. Em forminhas de silicone, cubra o fundo com o chocolate derretido e leve ao freezer por meia hora. Quando o chocolate estiver endurecendo, acrescente uma porção do coco ralado e cubra com mais chocolate. Leve ao freezer novamente, até que o chocolate endureça.

Bowl de frutas com iogurte

Bowl de iogurte e frutas

Ingredientes
100 ml de iogurte
1 col de sopa de chia
1 kiwi médio picado em cubos
¼ de manga média picada em cubos
3 a 4 castanhas de sua preferência trituradas

Modo de preparo
Misture o iogurte com a chia. Em uma taça, faça uma fina camada com o iogurte. Em seguida, cubra com a manga picada. Faça outra camada de iogurte. Acrescente o kiwi picado. Finalize com uma última camada de iogurte e salpique castanhas trituradas por cima. Sirva gelado.

Smoothie de frutas cítricas

Smoothie Cítrico

Ingredientes
Suco de 1 lima
Suco de 2 laranjas pera
1 carambola média
300 ml de água de coco
1 xícara de chá de gelo

Modo de preparo
Bata tudo no liquidificador ou mixer e sirva em seguida

Fonte: Oba Hortifruti