Arquivo da tag: ourtime

Quem são os solteiros online, como se comportam e o que esperam do futuro

Estudo dos Solteiros 2018 entrevistou mais de 5.200 pessoas para determinar o perfil e o comportamento dos brasileiros que usam sites e apps de relacionamento

Você sabia que o companheirismo é o elemento mais procurado pelos solteiros em um relacionamento? E que beleza é o último critério para escolher um pretendente? Essas descobertas fazem parte do Estudo dos Solteiros 2018, realizado pelo Match Group LatAm – detentor dos principais aplicativos e sites de relacionamento da América Latina, como ParPerfeito, OurTime, Femme, Divino Amor, SingleParentMeet e G Encontros– que ouviu mais de 5.200 pessoas para entender como o solteiro brasileiro pensa, se comporta e o que espera para o futuro.

Entre os homens e mulheres entrevistados, 92% deles têm mais de 30 anos. Sendo que São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Bahia são os estados com as maiores concentrações de solteiros no país. É interessante ressaltar que, com o avanço da tecnologia, o smartphone é o principal meio para encontrar uma nova paquera.

Segundo a pesquisa, os dispositivos mais utilizados para buscar um novo amor são: smartphones com sistema Android, notebook ou PC e iPhones. Além disso, os entrevistados ainda dizem que sexta (12%), sábado (31%) e domingo (34%) são os melhores dias para usar sites e apps de relacionamento.

trabalho mesa laptop computador mulher

Quando questionados sobre as expectativas para um futuro relacionamento, 87% procuram por alguém que seja companheiro em todos os momentos. Além disso, os brasileiros também afirmam o que mais os atrai em um primeiro encontro: gentileza e educação (51%), interesses em comum (24%), bom humor (11%) e inteligência (10%).

“A pesquisa comprova que é possível ter êxito na paquera utilizando principalmente da gentileza e do bom humor. A aparência não é o mais importante para aqueles que estão em busca de um relacionamento sério”, analisa Marina Simas, consultora de relacionamento do Match Group LatAm.

Sites e apps de relacionamento já fazem parte do cotidiano dos solteiros brasileiros, já que 72% dos entrevistados acreditam que não há mais preconceito em usar esse recurso na busca por um novo amor. “Essa constatação remete ao aumento da conectividade dos brasileiros com a democratização da internet. Assim, cada vez mais ela é reconhecida como uma aliada para a busca de um novo amor, como já acontece em outros países, como Estados Unidos, há algum tempo”, complementa Marina.

LGBT

E tem mais revelações que mostram que não está fácil para ninguém! Segundo homens e mulheres homossexuais e bissexuais (48%), a maior dificuldade deles é encontrar alguém que queira um relacionamento sério. Outro dado curioso é a diferente forma de enxergar um (a) parceiro (a) bissexual: 76% delas se incomodam se a parceira for bissexual, enquanto 66% deles não se importam com isso.

50+

estudante laptop computador

Já os solteiros acima de 50 anos acreditam que estão na melhor fase para começar um novo relacionamento. De acordo com a pesquisa, 55% dos entrevistados consideram mais fácil encontrar um novo amor nessa fase da vida porque as pessoas já são mais maduras. Além disso, os solteiros dessa faixa etária não se importam com questões de idade e começariam um relacionamento com alguém mais novo, segundo 78% deles e delas.

“Nessa fase da vida as pessoas têm mais certeza do que desejam e do que esperam em um novo relacionamento. Com as expectativas alinhadas, a relação amadurece com mais qualidade”, explica a consultora de relacionamento do Match Group LatAm.

Solteiros com filhos

mulher celular café

Os pais e as mães também estão aproveitando os sites e apps de relacionamento para procurar um novo amor. Diante da rotina de trabalho e dedicação com os filhos, o universo online se torna uma ótima opção para quem está buscando um recomeço, mas a missão não é muito fácil. Segundo 64% das pessoas com filhos, a maior dificuldade é o medo de que o (a) parceiro (a) não goste e/ou não respeite os filhos. Encontrar alguém que aceite a sua rotina, segundo 30% dos entrevistados, é o segundo maior obstáculo para uma nova relação.

“Os pais e as mães enxergam a necessidade de preservar as relações com filhos para manter o equilíbrio e a segurança deles e consideram isso prioridade antes de engatar em um novo relacionamento. Por isso, buscam pessoas que tenham essa mesma realidade e os mesmos valores para uma relação”, comenta Marina.

Os dados completos do Estudo dos Solteiros podem ser conferidos aqui.

Fonte: Match Group LatAm

Pesquisa revela desafios de encontrar um novo amor depois dos 50 anos

Uma pesquisa do OurTime revela que esse público afirma ter dificuldade em criar coragem para começar um novo relacionamento, mas reconhece essa fase como um ótimo momento para sair mais e conhecer pessoas

Atualmente, são mais de 54 milhões de brasileiros com mais de 50 anos, segundo dados do Instituto Locomotiva. Em 2045, serão mais de 93 milhões, número que representará praticamente metade da população do país. Pensando nesse cenário, o OurTime, site e app de relacionamento para pessoas acima de 50 anos em busca de um relacionamento duradouro, realizou uma pesquisa com 1.358 pessoas para descobrir quais são os desafios para encontrar um novo amor nessa fase da vida.

Tanto homens (55%) quanto mulheres (59%) revelam que ter coragem para recomeçar é a maior dificuldade para buscar um relacionamento nessa faixa etária. Outros desafios mencionados por eles são: conhecer novas pessoas e os filhos aprovarem o pretendente. Entretanto, eles reconhecem que namorar nessa fase da vida tem grandes vantagens. Segundo a maioria dos homens (43%) e mulheres (61%) entrevistados, é possível ter mais tempo livre para sair e namorar. Além disso, eles (38%) e elas (35%) também acham muito positivo não sofrerem nenhum tipo de pressão para casar e ter filhos.

Com o mundo conectado, já é comum as pessoas nessa fase de vida usarem sites e aplicativos de relacionamento para conhecer novas pessoas. Como o levantamento de 2016 do Instituto Locomotiva revela, o número de pessoas com mais de 60 anos online cresceu 940% em oito anos, o que equivale a 4,8 milhões de novos internautas, sendo 50% homens e 50% mulheres. Segundo a pesquisa do OurTime, 47% dos entrevistados já marcaram encontros com pessoas que conheceram online e, 94% deles e 97% delas, acreditam que pode dar certo o relacionamento com pessoas que se conhecem pela internet.

“A pesquisa revela que mais da metade dos homens e mulheres com mais de 50 anos consideram que os sites e aplicativos de relacionamento facilitam a busca por uma relação afetiva, mas não acham que é a mesma coisa que conhecer pessoalmente numa festa ou em um bar. Esse tipo de pensamento é uma consequência do modelo vigente construído socialmente para essa faixa etária, lembrando também que a internet é uma ferramenta relativamente nova para esse público. E, mesmo assim, 35% dos entrevistados já consideram esse meio como um dos melhores para conhecer um novo amor”, explica Marina Simas, consultora de relacionamento do OurTime.

“Existe toda uma condição favorável atualmente para as pessoas dessa faixa etária buscarem um novo amor. O principal é que aceitem e se permitam experimentar sites ou aplicativos de relacionamento para facilitar essa busca. É importante fazer o teste sem preconceitos, encarando como uma nova vivência e um novo desafio”, complementa.

Confira abaixo os resultados completos da pesquisa:

Qual seu gênero?
Mulher 58%
Homem 42%

mulher celular café

Na sua opinião, os sites e aplicativos de relacionamento:
Ajudam bastante, mas não são a mesma coisa de conhecer alguém em uma festa ou um bar. 55%
São os melhores meios de se conhecer um novo amor atualmente. 35%
Não os considero muito relevantes. 10%
Você já marcou encontros com pessoas que conheceu em sites ou aplicativos de relacionamento?
Não 53%
Sim 47%
Você acredita que o relacionamento entre pessoas que se conheceram na internet pode dar certo?
Sim 94%
Não 6%

 

493ss_getty_rf_woman_looking_at_computer

Na sua opinião, qual é a maior dificuldade para começar um novo relacionamento depois dos 50 anos?
Ter coragem para começar de novo. 55%
É mais difícil para conhecer novas pessoas. 28%
Os filhos nem sempre concordam com o novo relacionamento. 17%
 Qual é a melhor coisa de voltar a namorar depois dos 50?
Tenho mais tempo livre para sair e namorar 43%
Já não sofro mais a pressão de casar e ter filhos 38%
Sou mais tranquilo por já não ter a pressão do trabalho 19%
Na sua opinião, os sites e aplicativos de relacionamento:
Ajudam bastante, mas não são a mesma coisa de conhecer alguém em uma festa ou um bar. 56%
São os melhores meios de se conhecer um novo amor atualmente. 34%
Não os considero muito relevantes. 10%

mãos casal

Você já marcou encontros com pessoas que conheceu em sites ou aplicativos de relacionamento?
Não 53%
Sim 47%
Você acredita que o relacionamento entre pessoas que se conheceram na internet pode dar certo?
Sim 97%
Não 3%

 

Na sua opinião, qual é a maior dificuldade para começar um novo relacionamento depois dos 50 anos?
Ter coragem para começar de novo. 59%
É mais difícil para conhecer novas pessoas. 32%
Os filhos nem sempre concordam com o novo relacionamento. 9%
casal meia idade praia pixabay
Pixabay
 Qual é a melhor coisa de voltar a namorar depois dos 50?
Tenho mais tempo livre para sair e namorar 61%
Já não sofro mais a pressão de casar e ter filhos 35%
Sou mais tranquilo por já não ter a pressão do trabalho 4%

Fonte: OurTime – Março 2018