Arquivo da tag: outono

Açorda de Bacalhau, um prato perfeito para o outono

Café no Bosque apresenta Açorda de Bacalhau, um prato perfeito para o outono

Conhecida pela alta qualidade de sua gastronomia, a cafeteria Café no Bosque oferece diversas opções de pratos para curtir o outono em Campos do Jordão (SP). São duas unidades para conhecer, sendo que as duas possuem cardápio idênticos e são coordenadas pela chef Andrea Aires.

Com uma unidade no bairro Vila Inglesa e outra no caminho do Horto Florestal, mais de 90% dos produtos usados pela cafeteria Café no Bosque são orgânicos e regionais, estimulando assim a produção local. Além disso, alguns dos pratos são o Cheese Cake de Frutas Vermelhas e a Truta Ibérica. Mas no momento o que se destaca é a Açorda de Bacalhau, que combina perfeitamente com esse momento do ano.

Conheça a receita de Açorda de Bacalhau

Foto ilustrativa: Food From Portugal

Ingredientes:
1kg de bacalhau dessalgado;
100ml de azeite;
150g de tomate picado em cubos;
150g de cebola picada em cubos;
25g de alho picado;
sal e pimenta a gosto;
1 unidade de pão italiano;
1 unidade de pão ciabatta.

Modo de preparo:
Primeiramente, corte o pão ciabatta em fatias finas e leve ao forno por aproximadamente 20 minutos até tostar. Aproveite esse tempo no forno para fazer o resto da receita. Passe o bacalhau pela água fervente e, em seguida, desfie-o, retirando toda a pele e as espinhas. Dica: deixe a água fervendo antes mesmo de começar a preparar a receita. No azeite, refogue a cebola, o tomate e o alho. Assim que começar a dourar, entre com o bacalhau e tempere com sal e pimenta a gosto. Tire a panela do fogo e reserve. Retire a casca do pão italiano e corte-o em fatias. Depois molhe as fatias em água fria e, em seguida, esprema para retirar o excesso de água. Volte a panela com bacalhau pro fogo, coloque o pão italiano e cozinhe tudo por mais 10 minutos. Sirva o bacalhau acompanhado das torradas de ciabatta.

Fonte: Café no Bosque

Veja quais hábitos alimentares ajudam a manter a saúde e o bem-estar no outono

Nutricionista da Dietbox afirma que alimentos ricos em nutrientes e vitaminas tornam o organismo fortalecido, ficando menos suscetíveis aos resfriados

Outono, época de temperaturas amenas, das tradicionais folhas caídas ao chão, dias mais curtos e noites mais longas. Com temperaturas mais baixas, tornando propenso o aparecimento de resfriados, é importante alertar para os cuidados com a saúde e como fortalecer o sistema imunológico com uma alimentação balanceada, conforme ressalta Júlia Canabarro, nutricionista da Dietbox, software de nutrição.

“Doenças como gripes acometem as pessoas com sistema imunológico frágil e uma alimentação rica em nutrientes e vitaminas pode ajudar a reforçar as defesas do organismo. Opte pelo consumo de frutas, legumes, verduras, grãos e carnes magras para variar o cardápio e manter o organismo mais resistente”, pondera a especialista.

Nas estações mais frias, costuma-se ingerir alimentos ricos em calorias, uma vez que o corpo gasta mais energia para se manter aquecido. “Uma dica é preparar alimentos chamados comfort foods para aquecer o organismo, mas que não sejam necessariamente hipercalóricos”, orienta Júlia Canabarro.

A nutricionista da Dietbox lista dicas importantes para seguir na alimentação saudável e manter a saúde e o bem-estar no Outono:

=Consuma alimentos ricos em vitamina C: alimentos que possuem alta concentração dessa vitamina têm o poder de ajudar na prevenção de doenças infecciosas do sistema respiratório, podem reduzir as chances de anemia ao favorecer a absorção de ferro e aumentam a imunidade.

=Tente ingerir uma menor quantidade de produtos industrializados.

Foto: Pinterest

=Aposte em sopas com legumes, verduras e proteínas magras. É uma comida que vai aquecer o corpo e dar aquela sensação de conforto e saciedade.

=Evite alimentos calóricos e cheios de gorduras. O corpo pode pedir por alimentos calóricos para tentar se aquecer e manter a temperatura corporal. Nesses casos, procure por chás quentes e café com canela.

iStock

=Beba água: independente da estação e das temperaturas, a água é fundamental para o funcionamento do corpo. Mas, nessa época, o organismo também precisa de água para se manter hidratado, mesmo se não sentir sede.

=Para os chocólatras, é possível comer chocolate, mas investindo em um meio amargo ou no amargo – eles têm maior teor de cacau, dão energia e são fontes de gorduras boas. Consuma moderadamente.

Foto: California Avocado Comission

=Consuma alimentos que deem mais saciedade. Frutas com aveia ou farelo de aveia, abacate, batata doce e cereais integrais são ótimas opções.

Pixabay

=Para quem ingere bebidas alcoólicas, uma tacinha de vinho também está liberada. Vinhos são fontes de flavonoides e protegem a saúde cardiovascular.

Fonte: Dietbox

Cuidados que você deve ter com a voz durante o outono

Fonoaudióloga que atende pelo GetNinjas oferece dicas que ajudam a evitar rouquidão e dores de garganta durante a estação

Com o aumento das vídeo chamadas e ligações telefônicas o uso da voz se tornou mais constante. É comum também que, durante as estações mais frias, as pessoas acabem roucas ou sintam dores de garganta. Isso tem relação direta com a queda nas temperaturas e com o tempo seco, características que variam durante esse período.

A queda nas temperaturas acabam contraindo os vasos sanguíneos, o que deixa a laringe mais estreita e as cordas vocais mais apertadas, por isso, muitas pessoas identificam mudanças na qualidade da voz. Para cuidar dos vocais, a Liliane Lopes, fonoaudióloga que atende no Rio de Janeiro pelo GetNinjas, aplicativo de contratação de serviços, separou algumas dicas práticas para cuidar da voz.

Confira abaixo quais são elas:

Freepik

Dica 1: poupe a voz e procure não falar tão alto;

Dica 2: evite fumar;

Dica 3: afaste-se do ar condicionado;

Dica 4: faça inalação com vaporizador ou aproveite o vapor de uma chaleira com água quente;

Pixabay

Dica 5: evite líquidos e alimentos muito gelados ou muito quentes;

Dica 6: beba bastante líquido, principalmente água, e prefira chás mornos;

Luisa Sancelean/EyeEm/Getty Images

Dica 7: evite as bebidas alcoólicas e as com gás;

Foto: PublicDomainPictures

Dica 8: coma maçã;

Dica 9: evite excesso no consumo de leite e derivados, pelo menos no período da manhã.

Atenção: “Muitas pessoas acreditam que o conhaque, por exemplo, auxilia a garganta durante o frio. Ele pode até esquentar, mas, assim como qualquer outra bebida alcoólica, produz ácido clorídrico, o que é prejudicial para as cordas vocais”, explica a fonoaudióloga.

Pixabay

Se mesmo com todos esses cuidados, você perceber que está ficando doente, procure um médico para fazer o tratamento adequado. No caso dos profissionais que trabalham com a voz, é essencial fazer um acompanhamento com fonoaudiólogos para a realização de exercícios que auxiliam na preservação da voz.

Fonte: GetNinjas

Outono pede vinhos de uvas potentes

A sommelière e embaixadora da adega do Oba Hortifruti, Cecília Aldaz, indica três uvas que produzem vinhos encorpados e cheios de personalidade para harmonizar com uma noite mais fria de outono

A chegada do outono demanda bebidas quentes na rotina, a fim de aproveitar ainda mais essa estação. Pensando nisso, a sommelière Cecília Aldaz, no episódio 6 da websérie Momentos, feita em parceria com o Oba Hortifruti, indica três uvas diferentes, que produzem vinhos perfeitos para esse período. “Vinhos potentes e cheios de personalidades, que preenchem a boca e que não há como errar”, fala Cecília.

As uvas Nebbiolo, Syrah e Tinta de Toro vêm da Itália, França e Espanha, respectivamente, e foram as escolhas da especialista. São vinhos intensos com um alto teor alcoólico, presentes em regiões de muito calor e de grande luminosidade, mas cada um com a sua particularidade.

“Três vinhos com personalidades diferentes, mas muito marcantes. Aqueles que você bebe e nunca mais esquece. Todos você pode encontrar na adega do Oba Hortifruti”, completa a sommelière.

A seguir, confira características sobre cada uva:

Nebbiolo

Direto da região da Itália, a uva Nebbiolo produz um vinho de cor mais clara em relação aos demais. Porém, a sua intensidade é bem marcante, por meio de notas um pouco mais florais e aroma terroso. Em um almoço ou jantar especial, ele combina com cogumelos e carnes, tendo um ótimo custo-benefício e uma qualidade impecável.

Syrah

A uva Syrah é de origem francesa. Apimentada, forte e com muita personalidade, seu vinho possui um aroma de carne, perfeito para acompanhar pratos que levam esse ingrediente. “Às vezes, o vinho dessa uva pode não ter um aroma tão agradável no começo, então é indicado que deixe ele descansar por um tempo depois de aberto, ou até colocá-lo em um decanter ou tomá-lo em uma taça um pouco maior, para deixar respirando”, orienta a profissional. Cecília ainda sugere, em alguns casos, acrescentar um pouco de vinho branco, da uva Viognier, para estabilizar e marcar mais a cor.

Sangre de toro (tinta de toro)

Foto: 123RF

Vinda de uma região da Espanha que se chama Toro, a uva Tinta de Toro é potente como o próprio nome revela. Essa região faz muito calor, podendo tirar vinhos com até 15% de álcool. Sendo assim, são bem intensos e perfumados, com aromas de muitas frutas. “Ao colocá-lo na boca, ele a deixa totalmente seca com tanta intensidade. Um vinho inesquecível!”, finaliza a sommelière.

Todo mês, um novo episódio da websérie Momentos é disponibilizado no site do Oba Hortifruti.

Dia do Abraço: duas receitas que são uma verdadeira demonstração de carinho

Chef mostra que escolher os ingredientes corretos pode trazer boas sensações afetivas

Abraço protetor, apaixonado, camarada, de urso e até virtual. Existem diversos tipos de abraços que são capazes de demonstrar afeto e carinho por outra pessoa. Em tempos de distanciamento social, a gastronomia pode auxiliar na hora de compartilhar afeto e, para comemorar o Dia do Abraço, comemorado hoje, 22 de maio, a chef e nutricionista do Comitê Umami, Lisiane Miura, separou duas receitas: canja e pão de queijo.

“Quando combinamos os alimentos reconfortantes em uma receita, parece realmente um abraço gostoso de alguém muito querido em forma de comida. Um prato saboroso tem o poder de alegrar qualquer momento do dia. E o que eles têm em comum? Todos levam ingredientes que conferem o gosto umami – não se deixe enganar pelo nome diferente, esses alimentos deliciosos podem ser usados em todos os tipos de preparações”, explica a especialista, referindo-se ao quinto gosto do paladar humano, presente em queijos, milhos, carnes, peixes, cogumelos, entre outros (confira mais opções aqui).

A canja de frango é uma alternativa saborosa e nutritiva, e o prato rende dez porções, indicado para um jantar em família. Já o pão de queijo, muito popular em todos os cantos do país, é uma ótima opção para café da manhã ou lanche da tarde. Confira as receitas e sinta-se abraçado:

Canja

Ingredientes
1 peito de frango sem a pele e com o osso (650 g)
2 colheres (chá) de sal
1 colher (sopa) de suco de 1 limão
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 cebola pequena picada
1 talo de salsão picado
2 litros de água fervente
1 batata média cortada em cubos pequenos
1 cenoura pequena ralada
1 tomate médio, sem pele e sem sementes, picado
meia xícara (chá) de arroz cru
1 colher (sopa) de salsa picada

Modo de preparo:
Em uma tigela, coloque o peito de frango e tempere com metade do sal e o suco de limão. Reserve. Em uma panela de pressão, coloque o azeite e leve ao fogo alto para aquecer. Junte a cebola e o salsão, e refogue por 3 minutos, ou até a cebola ficar transparente. Acrescente o frango reservado e frite por 10 minutos, ou até dourar de todos os lados. Regue com a água, tampe a panela e deixe cozinhar por 15 minutos após o início da fervura. Retire do fogo, espere a pressão ceder e abra a panela. Reserve o caldo, desosse e desfie o frango grosseiramente. Volte o frango desfiado para a panela de pressão e junte a batata, a cenoura, o sal restante, e regue com o caldo reservado. Leve ao fogo médio, com a panela semitampada, por 10 minutos, ou até que a batata e a cenoura estejam macias. Acrescente o tomate e o arroz, e cozinhe por mais 15 minutos, ou até o arroz ficar macio. Retire do fogo, misture a salsa e sirva em seguida.

Tempo de preparo: 40 minutos
Rendimento: 10 porções

Pão de Queijo Crocante

Ingredientes
4 xícaras (chá) de polvilho doce (400 g)
1 e meia xícara (chá) de leite (300 ml)
meia xícara (chá) de óleo (100 ml)
1 ovo (50 g)
1 colher (chá) de sal (5 g)
meia xícara (chá) de queijo parmesão ralado (50 g)
1 xícara (chá) de queijo tipo minas padrão ralado (100 g)

Modo de preparo
Em uma tigela grande, coloque o polvilho e reserve. Em uma panela média, coloque o leite e o óleo, e leve ao fogo médio até ferver. Transfira para a tigela com o polvilho e misture bem com o auxílio de uma colher. Espere a massa esfriar um pouco e amasse com as mãos até amornar. Acrescente o ovo e incorpore-o à massa. Adicione o sal e os queijos, e continue mexendo até obter uma massa lisa e homogênea. Modele pequenas esferas e disponha-as em uma assadeira untada. Leve ao forno médio (180 graus), preaquecido, por 20 minutos, ou até dourarem. Retire do forno e sirva em seguida.

Tempo de preparo: 30 minutos (+ 20 minutos de forno)
Rendimento: 42 unidades

Umami
É o quinto gosto básico do paladar humano, descoberto em 1908 pelo cientista japonês Kikunae Ikeda. Foi reconhecido cientificamente no ano 2000, quando pesquisadores da Universidade de Miami constataram a existência de receptores específicos para este gosto nas papilas gustativas. O aminoácido ácido glutâmico e os nucleotídeos inosinato e guanilato são as principais substâncias umami. As duas principais características do umami são o aumento da salivação e a continuidade do gosto por alguns minutos após a ingestão do alimento.

Para saber mais, acesse o Portal Umami e acompanhe também pelas redes sociais Facebook e Instagram.

Café Cultura ensina a preparar Hot Salted Caramel

Você é apaixonado por café? Que tal aproveitar para fazer em casa o incrível Hot Salted Caramel, um dos grandes sucessos da rede Café Cultura, referência nacional em cafés especiais?

O caramelo salgado ganhou destaque na gastronomia nos últimos anos. O sal faz realçar os sabores do doce, ganhando em textura e paladar. Era questão de tempo para se tornar ingrediente de cafés especiais. Na rede de cafeterias que conta com unidades nos estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, o Hot Salted Caramel se tornou um dos queridinhos do público que busca o toque doce na bebida.

Hot Salted Caramel

Ingredientes:
160 ml de leite
100 ml de água
Café de boa qualidade passado (cerca de 100ml)
Caramelo salgado (cerca de 30 gramas)

Modo de Preparo:
Passar cerca de 100ml de café de boa qualidade. Aquecer 160 ml de leite no micro-ondas por dois minutos. Colocar o leite no mixer e bater até ficar cremoso (entre 30 segundos e um minuto). Com uma colher, colocar o caramelo salgado no fundo de uma caneca e decorar as paredes internas. Transferir o leite para a caneca e reservar um pouco da crema para a finalização. Transferir o café já preparado (cerca de 45 ml). Finalizar com a crema do leite e decorar com caramelo salgado, usando uma colher.

Fonte: Café Cultura

Aprenda a preparar um caldo verde cremoso

O outono finalmente resolveu aparecer, ao menos em São Paulo. E para esses dias frios, nada melhor que um caldo verde cremoso. Quem ensina a preparar um delicioso é a Água Doce Sabores do Brasil. Confira:

Caldo Verde Cremoso

Ingredientes
2 colheres de sopa de óleo
2 colheres de sopa de cebola picadinha
1 dente de alho picadinho
½ cubo de caldo de legumes
6 rodelas de linguiça calabresa
400ml de água quente
2 batatas médias descascadas, cortadas em cubos e cozidas
1 xícara de chá de couve lavada e fatiada
2 colheres de sopa de creme de leite
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:
Em uma panela com óleo, refogue a cebola, o alho, o caldo de legumes e a linguiça calabresa por três minutos. Reserve. No liquidificador, bata com a água quente a batata até ficar homogêneo e formar um creme. Despeje na calabresa misturada com os outros temperos, junte a couve e cozinhe por mais 10 minutos. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Acrescente o creme de leite. Sirva quente.

Rendimento: 2 porções

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Revlon destaca tendências de maquiagem para o outono: como usar as cores e criar efeitos

Desde preparação de pele até a tonalidade do batom, os produtos possuem acabamento hidratante que ajudam a pele a não sofrer tanto por conta do tempo mais seco

A Revlon, vendida no Brasil pelo Grupo Boticário, destaca produtos de seu portfólio, entre primer, base e batons, para as consumidoras criarem a maquiagem perfeita durante o Outono. Por conta do tempo mais seco causado pela estação, produtos com acabamento hidratante são essenciais para a maquiagem durar mais tempo e cuidar da pele ao mesmo tempo.

O Revlon PhotoReady Perfecting Primer esconde os poros e as linhas de expressão. Além de iluminar o rosto, também suaviza e prepara a pele para a maquiagem. Possui pink soft touch, que possibilita a fixação dos produtos e ajuda a reduzir a aparência dos poros e linhas finas. Primer: R$ 89,90

A base Revlon Colorstay é indicada para peles mistas ou oleosas. Promove alta cobertura, acabamento semi matte, tom uniforme no rosto, disfarça as imperfeições e dura 24 horas. Possui fórmula livre de óleo, é leve e confortável e não deixa um aspecto pesado na pele. O produto também controla o excesso de oleosidade e brilho. Além disso, possui proteção solar FPS 15 e ácido hialurônico na composição, que promove hidratação da pele. Ao todo, são 12 tonalidades. Base Revlon Colorstay: R$ 89,90

A marca destaca cinco cores de batons da linha Revlon Super Lustrous que são a cara da estação: 420 Blushed, 325 Toast of New York, 240 Sandalwood Beige, 103 Caramel Glace e 630 Raisin Rage. A linha oferece batons com acabamento cremoso, alta pigmentação e fórmula ultra-hidratante, com seda Aloe Vera e vitaminas C e E, além de contar com tecnologia exclusiva Liquisilk, que proporciona toque de seda nos lábios, deixando-os hidratados e macios. Batom Super Lustrous: R$ 49,90

Para os amantes de batons líquidos, a marca também indica três cores da linha Revlon Ultra HD Matte Lipcolor: HD Infatuation, HD Seduction e HD Addiction. Os batons possuem textura suave, fórmula 100% em gel, livre de ceras, acabamento matte e hidratante. Não resseca os lábios e contam com coloração intensa e longa durabilidade. Batom Ultra HD: R$ 65,90

Para os olhos, a marca apresenta o quarteto de sombras da linha Revlon ColorStay 16 Hours. O produto possui fórmula suave e cores vibrantes. Para combinar com o outono, as indicadas são: Addictive e Decadent. Com tons terrosos, que nunca saem de moda, é ideal para criar maquiagens sofisticadas. A linha conta com a tecnologia ColorStay, que proporciona efeito de cor radiante por até 16 horas, sem deixar vincos, desbotar ou borrar. Sombras: R$ 79,90

Todos os produtos podem ser encontrados no site Beleza na Web .

Como diferenciar um espirro normal daquele causado pela covid-19?

Chegada do outono traz queda na temperatura e ar mais seco que favorecem doenças respiratórias

A pandemia de Covid-19 deixou todo o mundo em alerta em relação ao autocuidado e, principalmente, aos sinais que o corpo dá quando algo não vai bem. No entanto, alguns sintomas podem acabar gerando pânico nas pessoas que ficam em dúvida se foram contaminadas pelo novo coronavírus ou se apenas estão com alguma outra condição de saúde, como resfriado ou rinite.

“Nem todo espirro é sinal de coronavírus”, alerta Maura Neves, médica otorrinolaringologista formada pela USP e que atende na Medprimus, que lembra que as crises de espirro tendem a ser mais frequentes nesta estação justamente porque o ar mais seco e frio aumenta a concentração de poluentes no ar.

Outro ponto de atenção é que, por causa do frio, muitas vezes trocamos o ambiente ventilado e arejado por locais fechados, de modo que, sem querer, acabamos ficando mais expostos aos ácaros, poeira, fungos e vírus. “Sempre foi assim. O importante é, agora, sabermos diferenciar uma crise de rinite da Covid-19 e evitar o pânico”, diz a médica.

Mas afinal, qual a diferença entre uma infecção e uma alergia?

“As infecções virais, a saber gripes e resfriados, apresentam como sintomas principais: dor de garganta, cansaço, dor de cabeça além dos sintomas nasais de obstrução, coriza e espirro”, ensina Maura.

A diferença entre resfriado e gripe é que, nesta última, os sintomas são mais intensos e podem ser acompanhados por febre. A duração é de 3 a 7 dias com média de 5 dias.

Na rinite e crises alérgicas, os sintomas são só nasais: obstrução, coriza, espirros e coceira. Os sintomas podem durar algumas horas, alguns dias ou serem perenes. “Uma característica importante nas rinites é que os espirros são, muitas vezes, em salvas, ou seja, vêm em séries de muitos e na sequência. Pode ocorrer em qualquer hora do dia a depender do momento da crise de rinite. Muitas pessoas relatam espirros em salva ao acordar ou sair do banho, por exemplo, o que ocorre por conta da variação de temperatura corporal.”

E a rinite é algo bastante comum: estudos populacionais indicam que cerca de 30% da população sofre deste tipo de alergia, sem contar as rinites não alérgicas (irritativa, hormonal, do idoso etc.).

“E a Covid-19? Como diferenciar?” Essa é a grande questão que mais fazem para a médica. Os sintomas da Covid-19 são parecidos com os da gripe e, nos casos mais graves, somam ainda febre alta, tosse e dificuldade para respirar. “Porém, pode ocorrer de serem sintomas mais leves, como nariz entupido ou escorrendo, dor de garganta e até sintomas gastrointestinais, como dor de barriga, diarreia e vômito. A perda de olfato e paladar ocorre muitas vezes sem a obstrução nasal e os espirros não são tão frequentes, embora possam aparecer”, ensina Maura.

A dica deixada pela médica é se atentar aos demais sintomas que acompanham a crise de espirros. Rinites, por exemplo, não têm dor de garganta ou febre e são acompanhadas de coceira e salva. Já gripes e resfriados não têm coceira. Se o nariz ficar obstruído, a perda de olfato ocorrerá por este motivo e, no caso da Covid-19 isso ocorre sem que o nariz fique entupido.

“De qualquer forma, se houver dúvida, o médico deve ser consultado para melhor orientação”, conclui Maura.

Fonte: Medprimus

Tardes quentes e noites frias: vinhos perfeitos para o outono

Muita gente associa vinho com inverno, lareira, queijinho e cobertas, certo? Mas estamos no meio do outono, outra estação que também pede vinhos específicos para momentos agradáveis nesta que é uma estação perfeita para apreciar belíssimos rótulos da milenar bebida.

É uma estação intermediária, misturando características do verão e do inverno, com um clima ameno que possui dias quentes com noites mais frescas – excelente para degustação de vinhos.

“Os pratos desta época se tornam mais fortes com ingredientes mais temperados, então os vinhos para acompanhamento precisam ser mais encorpados com uma boa presença no paladar. Vinhos frutados com taninos macios e um pouco de frescor são ideais para esta época” explica Ricardo Guira, sócio proprietário da Vinvino, e-commerce de vinhos especializado em garrafas para odas as estações do ano.

Claro que a degustação de vinho precisa considerar as preferências de cada pessoa e é essa variedade que traz excelentes momentos para tardes agradáveis e noites frias

Confira as dicas da Vinvino para o outono:

Pixabay


– Começando com um brasileiro, que é o Fabian Intuição Merlot. Um vinho de corpo médio, ideal para harmonizar com massas com molhos mais leves e pizzas.- Os vinhos do sul do Rhône são perfeitos para harmonizar com uma noite de outono. Eles preenchem todos os requisitos para a meia estação: têm aromas de frutas e especiarias, corpo médio, acidez e álcool bem integrados. A dica é Côtes-du-Rhône Abel Pinchard (Uva: Grenache, Syrah). Harmoniza muito bem com carnes vermelhas, aperitivos e queijos.

– Para quem gosta de Malbec a indicação é de dois vinhos para o outono: um rose e um tinto. Crios Rose Malbec: Vinhos argentino rosé com a assinatura da icônica vinícola Susana Balbo. Ideal para harmonizar com aqueles que ainda são um pouco mais quentes e com pratos à base de peixes e, também, sushis e sashimis.

Red wine

Já o Cadus Tupungato Appellation Malbec é um Malbec argentino encorpado. É um vinho de cor intensa e no nariz aparece uma combinação de frutas vermelhas com notas de mineralidade. Entre 60% e 80% do vinho amadurece por 12 meses em barricas de carvalho francês. Harmoniza muito bem com carnes vermelhas, massas com molho intenso, queijos curados e pratos condimentados.

O site da Vinvino está com diversos vinhos Malbec com preço especiais.