Arquivo da tag: paella

Impressione a família preparando uma legítima paella

Quer surpreender no almoço do fim de semana? Que tal preparar uma paella deliciosa? Esse prato incrível da culinária espanhola é a escolha ideal para impressionar a família.

Confira abaixo uma receita de paella separada pela nutricionista Indianara Coimbra, da Trebeschi Tomates, que pode servir de 4 a 6 pessoas.

Paella

Ingredientes:
1 kg de tomate Longa Vida Trebeschi sem pele e sem sementes
500 g de garoupa
500 g de marisco da pedra
500 g de carne de siri
500 g de lula
500 g de polvo
1 kg de camarão sem casca
2 kg de camarão com casca
500 g de cabeça e espinha de peixe (para o caldo)
1 kg de cebola de cabeça
800 g de ervilhas frescas congeladas
200 g de pimentão amarelo sem pele e sem sementes
200 g de pimentão vermelho sem pele e sem sementes
200 g de pimentão verde sem pele e sem sementes
50 g de açafrão da terra
200 g de alho
2 kg de arroz parborizado
1 pimenta dedo-de-moça sem semente picada
1 colher de chá de curry
Sal a gosto
1 colher de chá de páprica

Modo de preparo do caldo de peixe:
3 litros de água, 1 colher de açafrão, cabeça e espinhas de peixe
Ferver por 15 minutos e coar

Modo de preparo da paella:
Em uma paelleira, doure a cebola de cabeça em azeite de oliva e, em seguida, o alho em lâminas. Junte a garoupa em cubos, a carne de siri, o polvo em pedaços, a lula em anéis, o marisco, tomate e o pimentão. Cozinhe por 20 minutos. Acrescente arroz, camarão, ervilhas, açafrão, curry, páprica e o caldo do peixe, conforme necessário para o cozimento do arroz.Tampe. Se não tiver uma tampa, use papel de alumínio para cobrir a paelleira enquanto o arroz cozinha. Após o arroz ficar no ponto, regue a paella com azeite de oliva extravirgem e decore com os camarões com casca cozidos e rodelas de pimentões nas três cores.

paella-receita-foto-trebeschi-girochantal-pixaby.jpg

Fonte: Trebeschi Tomates

 

Dia dos Namorados: romance à moda portuguesa

Bacalhau, Vinho e Cia cria farto menu para a noite mais romântica do ano. No destaque, a famosa Paella Valenciana da casa, para ser compartilhada a dois

Um bairro boêmio e inspirador. Uma casa tradicional, com hospitalidade portuguesa com pratos preparados pelos próprios donos e chefs, em que o nobre bacalhau, os frutos do mar e os doces portugueses, ao lado de bons vinhos e de um serviço acolhedor trazem a atmosfera perfeita para comemorar o dia 12 de junho, em boa companhia. Esta é a proposta do restaurante Bacalhau, Vinho & Cia, na Barra Funda, para celebrar a noite mais romântica do ano – o Dia dos Namorados.

couvertbolinho de bacalhaualheiraspaella

A “Noite dos Namorados” traz um jantar completo com entrada, primeiro prato, segundo prato e sobremesa, tendo a famosa Paella à Valenciana como carro-chefe, para ser compartilhada. O menu inclui uma taça de Cava Espanhola de boas-vindas, couvert completo com cesta de pães portugueses, manteiga, azeitonas, escabeche de berinjela, vinagrete, chanclichi e sardella acompanhada de torradas de pão folha. A experiência começa com bolinhos de bacalhau, ou alheiras de Mirandela ou caldo de bacalhau, à escolha.

O primeiro prato é o Bacalhau assado em cama de Broa – uma bela posta de Bacalhau assado em cama de pão português coberto por cebola caramelizada e azeite e gratinado no forno. O segundo prato é a famosa Paella Valenciana coletiva, para ser compartilhada. É executada pelos chefs da casa no salão, à vista do casal, e servida às 21h.

Para a sobremesa, farta bandeja de doces da pastelaria portuguesa com uma taça de vinho do Porto e Café Gourmet 3 Corações. O preço é de R$ 135,00 por pessoa, bebidas e taxa de serviço à parte. Durante o jantar, trilha sonora romântica e brinde-surpresa para os casais complementam a atmosfera para uma noite perfeita.

Bacalhau, Vinho & Cia: Rua Barra Funda, 1067 Barra Funda, São Paulo – SP

Paella é sugestão deliciosa de Dia das Mães na Figueira Rubaiyat

Este domingo será especial na Figueira Rubaiyat. Um dos restaurantes mais tradicionais de São Paulo tem uma opção especial como sugestão de cardápio para o Dia das Mães, a Paella Marinera. O prato é preparado com frutos do mar e é perfeito para compartilhar. O valor é de R$ 220,00 e serve duas pessoas.

rubaiyat___paella_marinera

Além disso, o restaurante disponibiliza duas opções de presentes: as exclusivas facas do Rubaiyat, que ganham uma versão especial com nome gravado, e os gift cards Rubaiyat Faria Lima e Figueira Rubaiyat, cada um válido para uma casa, perfeitos como opções para presentear as mães.

rubaiyat___paella

A Figueira Rubaiyat – Rua Haddock Lobo, 1738 Jardim Paulista, São Paulo

Rubaiyat Faria Lima – Av. Brig Faria Lima 2954 – Jardim Paulistano, São Paulo

Festival de Paella, Acarajé e Coxinha e Festival dos Doces e Brigadeiros

Que tal aproveitar a folga do final de semana para se deliciar no Festival de Paella, Acarajé e Coxinha e garantir uma dose extra de motivação para o mês? É só aparecer no Memorial da América Latina nos dias 4 e 5 de maio, das 11h às 21h.

Além das comidas deliciosas, a entrada é gratuita e tem show ao vivo a partir das 13h. Para a família toda poder aproveitar, o local possui área kids (a partir de R$ 06,00), fraldário, um minisshopping (com opções de roupas, calçados, acessórios, artesanatos, brinquedos e muito mais) e a entrada de pets é liberada. Sem contar que o Memorial fica ao lado da estação de metrô/trem Barra Funda, conta com pontos de ônibus nas proximidades, ciclofaixas e bicicletário no portão 9 e ainda estacionamento de carros nos portões 4 e 15.

PAELLA
Paella à Marinera – Foto: Sampa Foods

Uma das estrelas do Festival o tradicional prato espanhol, a Paella. Criado pelos camponeses, a refeição recebeu o mesmo nome da panela redonda com alças usada para garantir o cozimento por igual dos alimentos. Embora a receita original não seja feita com frutos do mar, hoje a principal versão leva camarão, polvo, lula e mexilhão. No festival, a tradicional Paella à Marinera custa R$ 45,00, assim como a Paella Caipira do Tio Chico, feita com frango, linguiça calabresa fresca e defumada, lombo e bacon. Outras opções são porção de camarão ao alho e oléo e macarrão com camarão no parmesão (R$ 39,00).

Acarajé Rafa ALTA 01
Acarajé de CamarãoFoto: Rafa Guirro

Acarajé significa “comer bola de fogo” e apesar de ser tão conhecido na culinária baiana, teve origem no continente africano. Esse bolinho de feijão-fradinho com sal e cebola e frito no azeite de dendê, ganhou a versão baiana feito principalmente com bobó de camarão, mas no evento, carne seca, bacalhau e vegano também são opções. Por fim, o cliente precisa escolher entre o quente (apimentado) ou frio (sem pimenta). A versão montada custa a partir de R$ 15,00 e a no prato R$ 17,00, mas também é possível encontrar na barca ou em porções. Outros pratos baianos que também estarão disponíveis são abará, moqueca, bolinho de estudante, baião de dois, moqueca de peixe, entre outros.

Burcoxinha Guilherme Alves ALTA
Burcoxinha – Foto: Guilherme Alves

Não é possível saber ao certo como surgiu a Coxinha, mas ninguém contesta que é um salgado tipicamente brasileiro. A receita já ganhou diversas versões, com mudanças na massa e no recheio, e no Festival você encontra algumas delas: além da tradicional de frango, são mais de 30 sabores, como calabresa, carne, bauru, queijo, três queijos, vegetariana, alho poró, carne seca, bacalhau, brócolis e berinjela e com valores a partir de R$ 08,00 a unidade. Coxinha na barca (08 unidades + 02 molhos a escolha + 01 refrigerante), coxinha no cone, espetinho de coxinha, burcoxinha (massa da coxinha com um hambúrguer no meio), coxicake de requeijão e bacon e buque de coxinhas (20 unidades) também são opções. E para que todos possam aproveitar, existem as coxinhas veganas de jaca louca, shimeji e palmito com queijo vegano, por R$ 12,00 e sem glúten de frango, queijo e carne por R$ 10,00.

Doces Rafa ALTA 01
Doces de chocolate – Foto: Rafael Guirro

Para finalizar, nada melhor que uma sobremesa, por isso há também o Festival de Doces e Brigadeiros, com brownie, bolo, macarron, cookie, waffle, maçã do amor, doces cristalizados, palha italiana, e claro, muito brigadeiro.

O projeto Talentos no Memorial garante a música ao vivo das 13h às 20h. Confira a programação:

Músico Rafa ALTA 02
Foto: Rafael Guirro

Sábado (4)
13h – Thyago Hybiak (Pop)
15h – Tchaca Souza (Forró)
17h – Horário Nobre Retrô Band (Retrô 80)
19h – Emblues Beer Band (Blues/Jazz/Folk/Rock)

Domingo (5)
13h – Allysson Martins (Pop Rock)
15h – Zona Western (Outlaw Country)
17h – Guantas (Latino-americana de Ska e Latinidades)
19h – Matuta (Rock)

Público Rafa ALTA 05
Foto: Rafael Guirro

Festival de Paella, Acarajé e Coxinha– Entrada gratuita
Festival de Doces e Brigadeiro – Entrada gratuita
Data: 4 e 5 de Maio.
Horário: das 11h às 21h.
Local: Memorial da América Latina.
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664.
Estacionamento: Portões 4 e 15 (pago).
Bicicletário: ao lado do portão 9.

Clima de praia na Ceagesp vai até março

A Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp termina no próximo dia 3 de março. Até lá, o público ainda pode aproveitar o clima de praia no maior Entreposto de Alimentos da América Latina. No cardápio de todas as semanas, muito camarão, muito peixe e frutos do mar.

Destaque para os Camarões Assados servidos à vontade nas mesas e para a Paella à Marinera, gigante, servida num tacho de mais de um metro de diâmetro. Mas o Festival tem ainda Camarões Crocantes com Tártaro e Limão, Escondidinho de Camarão, Risoto de Camarão e Camarão na Moranga. Tudo isso para o público comer o quanto quiser.

Camarao Assado_MG_1931rdz.jpg

Para quem não abre mão de saborear peixe, também não faltam opções. Toda semana, três receitas com peixes entram no cardápio. Nas semanas seguintes, novos peixes em novas receitas substituem as da semana anterior.

Todo dia um prato diferente

A Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp também tem pratos especiais, incluídos no cardápio a cada dia. Na quarta-feira, tem Caranguejada. Ostras à vontade, toda quinta. Na sexta-feira, tem Camarão Cremoso servido no Coco Verde. Aos sábados, são duas opções. Tem Xixo de Meca, no almoço, e Spaghetti com Camarão no Parmesão Grana Padano, no jantar. O Spaghetti com Camarão reforça o cardápio também aos domingos.

Esses pratos típicos de praia, para comer quantas vezes quiser, são exclusividade que o público só encontra, em São Paulo, no Festival Gastronômico realizado na Ceagesp. E, para ficar ainda mais no clima de praia, logo na entrada, Casquinha de Siri e Acarajé, quentinho, feito na hora, são alguns dos pratos de entrada.

O público que visita a Edição de Verão do Festival do Pescado Ceagesp também tem à disposição uma completa mesa de saladas, com opções de frutos do mar. O Festival ainda oferece várias alternativas de pratos de complemento.

Para saborear o quanto quiser todos os itens, o valor por pessoa é de R$ 79,90 (exceto bebidas e sobremesas, cobradas à parte). Crianças de até cinco anos, não pagam. De seis a dez, pagam metade do preço. No Festival Ceagesp, também não há cobrança de taxa de serviço.

Funcionamento

A Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp funciona sempre de quarta a domingo, até 3 de março. De quarta a sexta, o horário é das 18h às 24h. Aos sábados, das 12h às 17h, e das 18h às 24h. Aos domingos, das 12h às 17h.

A entrada é pelo Portão 4 da Ceagesp, na altura do nº 1.946 da av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital. O estacionamento, no mesmo local, tem preço especial para os frequentadores do evento.

Edição de Verão – 2019 – Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp
Quando: até 3 de março
Horários: de quarta a sexta, das 18h às 24h. Aos sábados, das 12h às 17h, e das 18h às 24h. Aos domingos, das 12h às 17h
Preço: R$ 79,90 por pessoa (não haverá cobrança de taxa de serviço). Bebidas e sobremesas são cobradas à parte. Criança até cinco anos, não paga. De seis a dez, paga metade do valor.
Onde: Espaço Gastronômico Ceagesp
Endereço: Portão 4 da Ceagesp – av. Dr. Gastão Vidigal, altura do 1.946, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital.
Estacionamento: no mesmo local (preço especial para os frequentadores do evento)

Ceagesp em clima de praia no feriado em São Paulo

Para quem está com saudade das delícias da praia, a sugestão é dar uma passadinha na Ceagesp. Tem muito peixe e frutos do mar para comer o quanto quiser, sem precisar descer a serra. Até o dia 3 de março ocorre a Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp, no maior entreposto de alimentos da América Latina e terceiro do mundo.

Na próxima sexta-feira (25), feriado pelo Aniversário da Cidade de São Paulo, o festival vai funcionar somente para o almoço, do meio-dia até às cinco da tarde. Nos demais dias, o horário é normal. No cardápio de sexta-feira, além de todas as delícias, o destaque será o Camarão Cremoso servido no coco verde, novidade desta temporada de verão, em clima de praia.

camarao assado (divulgacao)_mg_1761rdz

Sempre de quarta a domingo, são dezenas de pratos à base de peixes e frutos do mar para o público comer à vontade. Camarões Assados no Espeto, Camarões Crocantes com Tártaro e Limão, Escondidinho de Camarão, Risoto de Camarão e Camarão na Moranga são apenas alguns dos pratos para matar a fome e a saudade do mar.

paella-foto-de-eduardo-bacani
Foto: Eduardo Bacani

Isso sem contar a atração gigante do festival: a Paella à Marinera, servida num tacho de mais de um metro de diâmetro. Campeã de selfies, entre os frequentadores, o prato imenso é recheado de camarões e outros frutos do mar.

Para quem é fã de peixe, também não faltam opções no festival. Semanalmente, três receitas com peixes entram no cardápio. Nesta semana, por exemplo, tem Costela de Tambaqui, Pescado Cambucu à Thermidor e Medalhão de Meca (a picanha do mar) com Molho de Maracujá e Menta. Nas semanas seguintes, novos peixes em novas receitas renovam o menu.

Pratos de praia

ostras-foto-lilo-olegário_2460-1400x550
Foto: Lilo Olegário

A Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp também tem pratos exclusivos, incluídos no cardápio. A quarta-feira é dia de Caranguejada. Às quintas, o público pode comer Ostras, quantas vezes quiser. A sexta-feira é dedicada ao Camarão Cremoso servido no Coco Verde, que estreou este ano no cardápio. Xixo de Meca é o prato extra de todo sábado. No domingo, o Spaghetti com Camarão no Parmesão Grana Padano encerra a semana de gostosuras.

acarajé_mão02092017_0001-1024x678

Esses pratos típicos de praia são exclusividade que o público só encontra, em São Paulo, no festival realizado na Ceagesp desde 2013. E, para continuar ainda mais no clima de pé na areia, logo na entrada, tem até Casquinha de Siri e Acarajé, quentinho, feito na hora.

Para comer à vontade todas essas delícias o valor por pessoa é de R$ 79,90. Bebidas e sobremesas não estão incluídas nesse valor. Criança de até cinco anos, não paga. De seis a dez, paga metade do preço. No Festival da Ceagesp, também não há cobrança de taxa de serviço.

Funcionamento

imagem-festival-do-pescado-ediÇÃo-verÃo-2019-pagina-home-1400x550

A Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp acontece até 3 de março. De quarta a sexta, o horário é das 18h às 24h (atenção: nesta sexta, 25 de janeiro, excepcionalmente, funcionará apenas para o almoço, das 12h às 17h). Aos sábados, abre das 12h às 17h (almoço), e das 18h às 24h (jantar). Aos domingos, das 12h às 17h (somente almoço).

Edição de Verão – 2019 do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp  
Quando: até 3 de março
Horários: de quarta a sexta, das 18h às 24h. Aos sábados, das 12h às 17h, e das 18h às 24h. Aos domingos, das 12h às 17h. (atenção: nesta sexta, 25 de janeiro, excepcionalmente, funcionará apenas para o almoço, das 12h às 17h).
Preço: R$ 79,90 por pessoa (não há cobrança de taxa de serviço). Criança até cinco anos, não paga. De seis a dez, paga metade do valor.
Onde: Espaço Gastronômico Ceagesp
Endereço: Portão 4 da Ceagesp – av. Dr. Gastão Vidigal, altura do 1.946, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital.
Estacionamento: no mesmo local (preço especial para os frequentadores do evento)

Novidades na Vivenda do Camarão

Recebi um voucher da Vivenda do Camarão para visitar uma das lojas e experimentar um dos novos pratos Seleções. São eles: Brasil (escondidinho de camarão), Inglaterra (fish’n chips ao molho Pale Ale), México (massa ao molho bravo de camarão), Alemanha (tilápia grelhada com molho mostarda escura e batata souté) e Espanha (massa ao alho e óleo com páprica e camarões). Bom, isso é o que estava no convite.

seleções.jpg

Quando cheguei à loja do Shopping Pátio Higienópolis, que fica pertinho de onde moro, o rapaz, muito simpático, me mostrou o cardápio e quais pratos eu poderia escolher. E nele havia paella, que foi o escolhido, pois adoro este prato espanhol. Porém, ele faz parte de outra campanha, Especialidades.

Enfim, confusões à parte, o que vale é experimentar os pratos e falar sobre eles, não é mesmo? Então, vamos lá.

paella facebook
Aqui, imagem da paella no Facebook
paella loja
Aqui, meu prato, bem farto

O prato é bem generoso, mais que nas fotos, e com certeza o deixará satisfeito. O que senti falta foi de mais camarões, pois nas imagens das redes sociais e do cardápio, os crustáceos aparecem em destaque, mas, no prato em si, não vieram tantos.

No mais, o prato estava quente, bem temperado e apetitoso. Só queria mais camarõezinhos. E para beber, fui de suco natural de maracujá, que também vem em um copo grande.

Informações: Vivenda do Camarão

Bacalhau&Vinho terá jantar especial para casais em três tempos

No dia 12 de junho, o restaurante Bacalhau, Vinho & Cia traz bons motivos para comemorar o romance. Um brinde de boas-vindas com cave espanhola abre o ritual preparado para a data, que inclui couvert completo com azeitonas portuguesas, berinjela escabeche, vinagrete, patês de cebola, chanclich e sardela, torradas de pão folha, pão português e manteiga, para petiscar.

couvert bacalhau e vinhobolinho de bacalhau

A seguir, bolinhos e iscas de bacalhau para aquecer o clima, e como prato principal uma vistosa e rica paella valenciana executada no salão da casa, para deleite do casal.

paella

De sobremesa, doces da pastelaria portuguesa ou pudim de leite, com direito a vinho do porto para coroar a experiência. O jantar sai ao valor de R$ 198,00 para duas pessoas.

doces portugueses

Fotos: Johnny Mazzilli

Bacalhau, Vinho & Cia – Rua Barra Funda, 1067 Barra Funda, São Paulo – SP – Reservas e informações: (11) 3666.0381 e (11) 3826.7634

 

 

Paella vegetariana: opção saudável e deliciosa para o almoço do Dia das Mães

O Dia das Mães é um momento muito especial e merece uma celebração à altura para as nossas homenageadas do mês. Pensando nisso e com a preocupação, cada vez mais crescente, de oferecer aos consumidores refeições completas e saudáveis, a Korin apresenta uma receita prática e muito saborosa para quem deseja preparar uma refeição vegetariana no almoço do Dia das Mães: uma Paella Vegetariana com ingredientes orgânicos, muito fáceis de encontrar. Uma parceria entre a Korin e a culinarista Angela Festa que é sucesso garantido para este 13 de maio.

Paella Vegetariana Especial

Ingredientes

3 colheres de sopa de azeite
1 dente de alho
1 cebola média picada
1 cenoura média picada
1 abobrinha picada em cubos
1 xícara de chá de ervilhas frescas
½ pimentão verde em tiras
½ pimentão vermelho em tiras
½ pimentão amarelo em tiras
2 xícaras de chá de arroz integral Korin cozido
1 xícara de chá de grão de bico cozido
Sal e açafrão a gosto.

Modo de Preparo

Aqueça o azeite em uma paellera. Em seguida, acrescente o alho e a cebola. Refogue até a mistura ficar transparente. Adicione a cenoura, a abobrinha e as ervilhas. Tampe e deixe cozinhar por 5 minutos. Junte os pimentões, mexendo bem. Coloque o sal e o açafrão. Adicione o arroz e os grãos de bico, mexendo para ficar bem quente. Enfeite com os pimentões. Se desejar, coloque um ramo de salsinha no centro da paellera. Sirva.

paella vegetariana.png

Rendimento: 8 porções
Nível de Dificuldade: Fácil
Tempo de Preparo: 40 minutos

Fonte: Korin

 

Pratos com sabor de ervas, característica marcante da culinária caiçara

Ao degustar pratos com temperos à base de ervas, não há quem não perceba uma excitação à mais de sabor no paladar. Elas fazem toda a diferença na composição dos ingredientes e, mais do que isso, trazem consigo benefícios dos nutrientes, óleos essenciais, antioxidantes, minerais e vitaminas que são essenciais para uma alimentação saudável, além de proporcionarem uma sensação de bem-estar.

A culinária caiçara é um segmento gastronômico que tem como uma de suas características principais os temperos à base de ervas. Entre as inúmeras opções, destacam-se o açafrão, alecrim, coentro, manjerona, estragão e louro, que são um misto de referências litorâneas.

banner-5c92082c317e4a58864868933594c75cbanner-5f8a6f39825cd84671a73864fac84a82

Carlos Martins, chef gastronômico do restaurante O Rei do Peixe, em São José dos Campos, explica que na culinária caiçara a maioria dos pratos recebem essas ervas, ressaltando ainda mais suas iguarias.

“As moquecas e caldeiradas, por exemplo, recebem o coentro como o tempero essencial em sua composição. Os grelhados de frutos de mar, ao receberem o estragão, transformam-se em pratos de sabor inigualável. Já a famosa paella tem o açafrão como ingrediente mágico”, exemplifica o chef.

paella valencianafrutos do mar

O Robalo dos Reis é um dos pratos mais tradicionais da casa. O peixe é marinado em tempero de ervas finas, proporcionando um sabor altamente sofisticado e delicioso, o que faz ser uma das opções mais procuradas e elogiadas. Os legumes grelhados que o acompanham, também recebem um toque de sabor das ervas.

Um diferencial do O Rei do Peixe é que as ervas utilizadas na cozinha são cultivadas em uma horta própria do restaurante. Segundo Carlos, essa produção local ressalta ainda mais a qualidade dos pratos elaborados.

“A junção de frutos do mar, peixes frescos e ervas de diversas especificações cultivadas de maneira natural, transforma a gastronomia caiçara em algo que nos remete a experiências inigualáveis de sabor e bem-estar, deixando sempre uma sensação de quero mais”, conclui o chef.

banner-9959aba6dabb815c20a516f60e69ef64

O Rei do Peixe –  Avenida Lineu de Moura, 735, Urbanova – São José dos Campos