Arquivo da tag: patas

Evino lança nova marca própria, Patas, e doará R$ 10 a cada garrafa vendida à Ampara Animal

A novidade faz parte da campanha de arrecadação em parceria com a Ampara Animal, e traz ao portfólio os vinhos Malbec, Cabernet Sauvignon, White Blend e Torrontés

Em celebração ao Mês Nacional dos Animais e entendendo a importância da conscientização das pessoas sobre os cuidados que devem ser dados, a Evino lança a marca própria Patas. A novidade é composta por quatro rótulos que incluem os vinhos: Malbec, Cabernet Sauvignon, Torrontés e White Blend. Para a ocasião, o maior e-commerce de vinhos da América Latina firmou uma parceria com a ONG Ampara Animal e, com a venda dos novos rótulos, promoverá uma campanha de arrecadação para auxiliar o projeto.

A cada garrafa vendida, R$ 10,00 será revertido à iniciativa. “A criação de Patas surgiu da conexão que os colaboradores da Evino têm com os seus bichinhos e o nosso compromisso com as causas sociais”, explica Ari Gorenstein, cofundador da Evino.

“É importante apoiarmos iniciativas que atuem para a proteção dos animais. No caso desta linha, ela foi desenvolvida para homenagear o amor entre as pessoas e os seus pets. Um sentimento transformador que mudará a realidade de quem ainda não tem uma família para chamar de sua por meio da campanha com a ONG Ampara Animal”, complementa.

A meta inicial estimada para a arrecadação é de 130 mil reais. Com esse valor calcula-se que seja possível realizar cerca de 650 castrações de animais domésticos.

Cães e gatos possuem uma capacidade reprodutiva muito maior que a dos seres humanos. Cadelas entram no cio a cada 6 meses e podem ter ninhadas grandes com 8 a 10 filhotes, já a gatas entram no cio de 3 a 4 vezes por ano, gerando várias ninhadas de 4 a 8 gatinhos. A castração de cães e gatos (machos e fêmeas) evitam o nascimento de ninhadas que podem resultar no abandono e a morte de milhares de animais todos os anos.

Por isso, entre as ações da organização, a castração está entre as mais importantes. O controle de natalidade é a luta que absorve grande parte dos esforços e recursos das entidades de proteção animal.

“A Ampara Animal depende do apoio de empresas para que seus projetos aconteçam. Quanto mais apoio nós tivermos, maior o impacto positivo que a gente consegue gerar na sociedade através dos cuidados com a causa animal que foi a causa que a gente escolheu”, afirma Juliana Camargo, presidente da Ampara Animal. “As empresas que entendem que os animais, meio ambiente e natureza são interligados a nós, a gente tem sem dúvida mais chances de construir uma sociedade mais justa e mais equilibrada﹒Os animais dependem e precisam do nosso apoio”, finaliza.

Os vinhos da linha Patas

Os quatro rótulos de Patas incluem duas versões de vinhos tintos e duas de vinhos brancos, que foram desenvolvidos em Mendoza, na Argentina, pela Fecovita, uma das principais cooperativas do Novo Mundo do e-commerce. Temos um par de rótulos dedicado aos cachorros e outro aos gatos. “O Malbec é frutado e apresenta notas de ameixa madura, cassis e toques de canela. Enquanto o Cabernet Sauvignon possui notas de frutas vermelhas, pimentão e especiarias”, conta Vinicius Santiago, sommelier da Evino.

O exemplar feito com Torrontés, casta branca emblemática da Argentina, é um vinho muito aromático, com notas de pêssego, melão e toques florais; já o White Blend apresenta uma versão delicada e muito refrescante, com notas de maçã verde e peras frescas.

A identidade visual da campanha foi elaborada para estimular a conscientização de que raça não define amor. “As ilustrações produzidas nos rótulos têm a finalidade de representar os cães e gatos, retratando os bichinhos sem raça para promover uma reflexão ao consumidor”, revela Santiago. “No logo a letra P desenha uma patinha com o objetivo de expressar o maior símbolo que une os animais. Um brinde aos animais”, conclui.

Fonte: Evino

Pets também precisam de cuidados no “pós verão”

Patas ressecadas, pelos quebradiços e com pontas duplas são alguns dos problemas enfrentados pelos animais de estimação

O calor, a piscina e o clima seco do verão não afetam apenas os humanos. Os pets também sofrem as consequências da estação e merecem cuidados para recuperar a saúde e a beleza da pelagem. “Com o fim das férias é muito comum as pessoas investirem em tratamentos e produtos para recuperar os cabelos que tanto sofrem no verão. Mas é preciso lembrar que os pelos dos cães e gatos também são afetados, ficando mais ásperos e ressecados, com alteração na cor e perda do brilho”, comenta Sandra Schuster, farmacêutica e sócia da docg., empresa de cosméticos e produtos para animais – a primeira do Brasil com sistema de vendas diretas.

O primeiro passo para o tratamento é lembrar que os produtos de higiene e beleza devem ser de uso exclusivo veterinário. “Nada de aproveitar o mesmo xampu ou ampolas de tratamento do tutor do pet”, alerta. Segundo Sandra, a pele dos animais tem pH diferente do humano, são mais finas e sensíveis, por isso a utilização de produtos para humanos pode causar alergias e problemas na pele.

Confira as dicas da farmacêutica para os cuidados pós verão:

1 – Banhos

 

cachorro banho star grooming

Embora não seja indicado, muitos cães costumam tomar banho de piscina ou mar. Se isso ocorrer é preciso dar banho no pet para retirar todo o sal, areia ou cloro da pele e pelagem. “Com o clima seco e mais empoeirado também é comum aumentar a frequência dos banhos. Por isso, é preciso usar xampus adequados ao tipo de pelo do animal e finalizar o banho com condicionador”, explica Sandra.

2 – Hidratação

Para recuperar a hidratação dos pelos, os pets ganharam recentemente produtos semelhantes aos dos humanos, como leave-in e ampolas. “Desenvolvemos produtos que trazem resultados rápidos e são práticos de utilizar”, comenta a farmacêutica. O leave-in é composto por vitamina E, queratina e D-pantenol, que promovem a hidratação e restauração dos pelos. Já a ampola, objetiva fortalecer, dar brilho e restaurar as pontas duplas.

3 – Escovação

Grooming ginger kitten, Butch, 8 weeks old, with a brush
Foto: Warren Photographic

Para evitar que os pelos embolem e também para a retirada de resíduos da pelagem, o ideal é escovar os cães e gatos no mínimo 3 vezes por semana. Segundo a farmacêutica, existem escovas adequadas ao tipo e comprimento dos pelos e também aquelas que prometem retirar os sub pelos mortos, evitando assim que a pelagem embole e a pele respire melhor.

4 – Coloração

fixador pet

A exposição ao sol também prejudica a coloração do animal. “Pelos escuros desbotam e pelos brancos podem ficar manchados devido ao contato com poeira”, explica Sandra. “Xampus e condicionadores adequados à cor da pelagem devem fazer parte da rotina de higiene. Para complementar os cuidados é possível utilizar fixadores de brilho, que valorizam os tons das pelagens”, complementa.

5 – Patas

hidratante pet

Não é apenas a pelagem dos cães que precisa de tratamento especial. As patas e cotovelos sofrem com o atrito no chão e temperaturas mais altas. “Essa também foi uma preocupação da docg. ao desenvolver a linha de produtos”, esclarece a farmacêutica Sandra Schuster. “Criamos um creme para patas com D-pantenol e glicerídeos de soja que está fazendo sucesso”, adianta.

Fonte: docg.