Arquivo da tag: plataforma

Mercado de beleza ganha plataforma que reúne de forma inédita marcas nacionais independentes

Chega ao mercado a Belong Be, um novo market place que tem como missão impulsionar e reunir de forma inédita marcas brasileiras que estão despontando no mercado nacional de forma independente. Desenvolvida durante o período de isolamento social por um grupo de mulheres empreendedoras, a ideia central da Belong Be é fomentar, enaltecer e dar vitrine para as “indie brands” do mercado nacional de beleza e bem estar, ampliando sua voz e espaço e promovendo novas oportunidades dentro de um setor de negócios que está em plena ascensão.

As “indie brands” ou “marcas independentes” vieram para ocupar gaps de mercado e oferecerem alternativas para os consumidores. No geral, se originam fora da grande indústria e traduzem em produtos os seus propósitos e crenças, transformando a relação de consumo em uma relação de conexão com a história da marca. Nesse contexto, os fundadores ganham papel protagonista e são determinantes no alcance das marcas.

Já consolidadas no cenário internacional, as indie brands de beleza começam a ganhar força também no cenário nacional – com uma média de crescimento de 40% ao ano, de acordo com estudo publicado pela Factor-Kline – e vão encontrar na Belong Be um espaço para chamar de seu.

A plataforma nasce com mais de 50 marcas, todas com propósito, missão e valores éticos. Cada marca tem uma página dedicada e personalizada para conduzir o consumidor a uma navegação interativa, que a apresenta individualmente, além de seus produtos, seus fundadores e suas histórias inspiradoras.

Na Belong Be, o consumidor também terá um espaço especial, o Mural da Comunidade, que será composto por fotos postadas pelo público final. A ideia é promover um espaço de pertencimento para todos os entusiastas e apaixonados por beleza, interligando empreendedores, influenciadores e consumidores. Esse conteúdo irá aparecer na home principal e também nas páginas de cada marca, fazendo parte de uma categoria do site que terá o objetivo de inspirar e conectar quem estiver navegando pela Belong Be.

Sócias da Belong Be: Cintia Ferreira, Simone Sancho e Amanda Coelho

Para desenvolver essa empreitada pioneira Simone Sancho, idealizadora da Belong Be, contou com o apoio das empresárias Amanda Coelho e Cintia Ferreira. O grupo de investidores é composto por experts do mercado como Bruna Tavares e Daniele da Mata, personalidades e autoridades do cenário de beleza e cosméticos do país.

A Belong Be já está presente em todas as redes sociais produzindo conteúdos que levam mais informação sobre o mercado de beleza, de postagens que abordam história até guias e modos de uso, tudo isso você já encontra no @belong.be.

Além disso, meses antes de seu lançamento, a nova plataforma criou em paralelo um Instagram focado em gestão empresarial – @belongacademy – para dar suporte para pessoas que já possuem sua própria marca ou sonham em tê-la um dia.

• Be & Unibes: para celebrar o lançamento, a marca optou por destacar a sua parceria com a Unibes, com uma ação que destinou todo o lucro obtido com as primeiras horas de vendas para as ações que empoderam e apoiam outros empreendedores.

• Enredo embalado: a plataforma chega trazendo também uma música inédita “Way to the clouds” faixa composta pela cantora independente @beadummer em que descreveu na letra a jornada de criação do negócio.

Redes sociais:
Instagram: www.instagram.com/belong.be / www.instagram.com/bebelongacademy
Tiktok: https://www.tiktok.com/@belong.be
Twitter: https://twitter.com/BeBelongbe
Facebook: https://www.facebook.com/bebelongbe
Linkedin: https://www.linkedin.com/company/belong-be
Pinterest: https://br.pinterest.com/bebelongbe/
Spotify: https://open.spotify.com/user/b0mzp993ohdqavtk9pxwr32ji?si=2af5b99fd99246bd

Empresas se unem e criam plataforma para auxiliar pacientes, familiares e profissionais de saúde

Addora surge com missão de gerar informação segura e criar comunidade de saúde e bem-estar. Projeto pretende educar brasileiros sobre importância da vitamina D para saúde 

A Addora é uma iniciativa que nasceu em um programa de aceleração de negócios e-health, o HyperaHub, promovido pela Hypera Pharma, uma das maiores empresas farmacêuticas do Brasil. Tem como propósito aproximar marcas da companhia, como Addera D3, de pacientes, familiares e profissionais de saúde que gostam de aprender, ensinar e trocar ideias a respeito dos assuntos mais importantes relacionados ao bem-estar. A plataforma estreou auxiliando esses públicos no cuidado com a saúde, ao facilitar seu acesso à informação de qualidade sobre vitamina D.

“Nós sentimos que a população ainda tem um conhecimento restrito quando o assunto é vitamina D e seus inúmeros benefícios, e a startup Insight Technologies and Healthcare Education está nos dando um importante suporte no desafio de desenvolver novos canais de comunicação e iniciativas que de fato conecte e converse com a população interessada em saúde, nutrição e qualidade de vida”, explica Marcelo Albertotti, diretor de Marketing de medicamentos de prescrição crônicos da Hypera Pharma.

Addora oferece uma plataforma de navegação intuitiva e aborda temas como vitamina D e infância, imunidade, saúde óssea, entre outros, de forma didática e leve. Ainda disponibiliza uma central de downloads para o internauta baixar infográficos, receitas, curiosidades e orientações de saúde e ter consigo estes conteúdos. E, se ainda assim o público ficar com alguma dúvida, pode ficar tranquilo. No rodapé da página há um espaço dedicado para esclarecer qualquer questão.

“A HyperaPharma analisou uma série de alternativas de soluções tecnológicas de complemento aos seus produtos e viu na Insight Technologies and Healthcare Education o parceiro adequado para o objetivo de educar o mercado em uma dinâmica de comunidade para um tema tão importante”, afirma o sócio-fundador da Innoscience, Maximiliano Carlomagno, consultoria parceira que executa o HyperaHub com a Hypera Pharma para a marca Addera D3.

Mais que plataforma, uma comunidade

“Levando em consideração a era do consumo 4.0, em que as pessoas usam a tecnologia a seu favor e procuram o máximo de informações reais sobre as suas necessidades, nós sugerimos a criação não só de uma plataforma de conteúdo, mas de uma comunidade digital focada em pessoas que queiram também receber informações sobre a vitamina D”, complementa Leonardo Zimmerman da Insight Technologies and Healthcare Education.

E para fazer parte desta comunidade dedicada à saúde é muito simples: basta completar a inscrição disponível no portal Addora e receber respostas para dúvidas, dicas para prevenir doenças e cuidar da saúde, tudo em um só lugar. Confira acessando o site.

Fonte: Hypera Hub

 

Dicas de meditação para iniciantes

Quer começar a meditar, mas não sabe como? A profissional da plataforma online Queima Diária, Evellyn Penna, dá algumas dicas para iniciar a prática meditativa e, consequentemente, adquirir uma boa qualidade de vida

Envolvendo respiração, concentração e postura, a meditação é uma ótima opção para quem busca viver com mais leveza, bem-estar e qualidade de vida. A prática tem como objetivo oferecer um momento de concentração profunda e desenvolver habilidades para lidar melhor com as emoções e acalmar a mente, trazendo diversos benefícios para o corpo, como redução do estresse, aumento da concentração, além de auxiliar no tratamento contra a ansiedade, contribuir para uma boa noite de sono, sensação de bem-estar, entre outros.

Para incentivar a meditação, a plataforma de exercícios físicos online Queima Diária lançou o programa Meditação Para Iniciantes com instrução da profissional Evellyn Penna – instrutora de yoga com formação nacional reconhecida pelo MEC e formação internacional com certificado YTT pela Yoga Allianz. Tendo como base a meditação tradicional budista, o objetivo do programa é integrar e interiorizar a prática de forma independente para cada usuário, através de aulas guiadas de 15 minutos.

Além de contar com um programa especializado, confira outras dicas da profissional Evellyn Penna para quem quer iniciar a prática meditativa:

Melhor local e momento do dia


Encontre um local de sua casa que seja longe de ruídos que possam causar interferências na prática. Além disso, dedique um momento do dia apenas para a prática, de forma plena e consciente, e sem se preocupar com outros afazeres ou obrigações.

Use roupas confortáveis


Calças apertadas ou vestimentas que causam desconforto atrapalharão a prática, por isso use roupas adequadas e confortáveis para a meditação.

Cuidado com a postura


Para que a prática meditativa seja realizada de maneira correta, a coluna deve estar reta de maneira que seja cômoda e agradável.

Foco na respiração


A respiração é o principal ponto para conseguir se concentrar completamente na meditação, sendo assim, procure manter o foco na respiração o tempo todo, mesmo quando pensamentos queiram invadir a mente.

Como funciona a Queima Diária?

Conhecida como “Netflix Fitness”, a Queima Diária é considerada a maior plataforma online com programas de exercícios físicos para fazer em casa e, além do Meditação Para Iniciantes, possui mais de 40 programas elaborados por profissionais da educação física de forma didática e atrativa. O acesso é simples e as aulas podem ser assistidas pelo computador, aplicativo (disponível para iOS ou Android) ou até pela Smart TV. Mamãe Sarada, Adeus Dor nas Costas, Bumbum na Lua, Barriga Negativa, Power Hiit e Puro Yoga são exemplos de outros programas disponíveis.

Para utilizar a Queima Diária é preciso aderir a uma assinatura anual, de R$ 29,90 por mês, sendo que o usuário pode experimentar a plataforma por 30 dias.

 

Fiever lança Carmel, a nova construção platform vulcanizada

A plataforma, trend dos anos 70 que estourou nos pés de estrelas do rock, voltou para ficar e já está fazendo a cabeça – e os pés – das fashionistas. A Fiever, marca do grupo Arezzo, é fã dessa construção, e acaba de lançar uma versão ainda mais estilosa do seu platform sneaker.

A Carmel, nova construção vulcanizada da Fiever, tem altura de 4,5 cm e alonga a silhueta, deixando qualquer look com um toque cool. Versátil, ela vem em modelos slip-on e com amarração, e apresenta duas tendências queridinhas do momento: o veludo cotelê e a lona metalizada.

 

 

Informações: Fiever

 

Red Sale Shoestock: descontos de até 50%

A Shoestock faz venda especial com produtos entre calçados e acessórios em janeiro. São itens femininos entre sapatos de todos os estilos, bolsas, mochilas e carteiras com descontos de até 50%. A sandália meia pata com corda de R$ 249,90 sai por R$ 149,90; a rasteira transpassada lilás era R$ 159,90 e ficou R$ 79,90; o tênis com elástico superprático e confortável de R$ 189,90 por R$ 89,90; e a pochete minimal vermelha de R$ 139,90 por R$ 69,90.

 

 

O Red Sale Shoestock vai até o fim de janeiro ou enquanto durarem os estoques. Confira a seleção de produtos na loja física (Av. Bem-Te-Vi,. 221, Moema), e também no e-commerce.

Repassa: consumo sustentável e economia colaborativa

Idealizado a partir dos objetivos do publicitário e empresário Tadeu Almeida em gerar impacto positivo na sociedade e na natureza, o Repassa chegou ao mercado como uma nova tendência, baseado nos verdadeiros conceitos de sustentabilidade, projetos sociais e qualidade. E também para trazer a acessibilidade necessária ao produto, vendedor e comprador. O mercado brasileiro de roupas usadas em excelente estado é muito grande e é aonde a empresa busca ser referência.

Além de tudo, o uso de roupas de segunda mão é uma tendência cada vez mais forte em todo mundo, já que agrega um importante valor: o consumo consciente, avesso ao ritmo descartável que chegamos hoje. Segundo o Ibope, existem mais de R$ 50 bilhões em roupas paradas no guarda-roupa das pessoas, que não usam 60% das roupas que têm. Mas, esse mercado está em forte crescimento, pois cada vez mais as pessoas compram peças gentilmente usadas e entendem melhor o conceito de utilidade do que se consome, e passam a acumular menos coisas.

repassa3

“A indústria da moda é a segunda mais poluente do mundo e a forma mais eficiente de diminuir esse impacto é dando mais ciclos de vida para as nossas roupas. Afinal, uma peça gentilmente usada, é tão boa, bonita e útil quanto uma nova, mas é até 90% mais barata e muito mais exclusiva”, diz Tadeu.

Só que muitas pessoas doam as peças que não usam mais, e por mais que estejam em excelentes condições, para um projeto social é muito melhor receber uma doação em dinheiro, que será usado diretamente em sua causa, do que em peças de roupa. Assim, o empresário juntou essas informações e definiu a missão da empresa: repassar o bem através das peças de roupa que não são mais usadas. “Na era da conexão, do compartilhamento, a gente repassa o tempo todo, mas só coisa boa, em que a gente acredita, então, o nome veio bem a calhar”, completa.

A versão beta da plataforma foi desenvolvida em 2015. Quem queria vender, fotografava e cadastrava as peças no site, e quando eram vendidas, os vendedores eram avisados e as enviavam pelos correios para quem comprou. A aceitação dos usuários foi ótima, mas nesse momento foi constatado que a maioria das pessoas não tem tempo nem paciência para fazer todo o trabalho que dá para vender algo pela internet.

Foi aí que o Repassa desenvolveu a Sacola do Bem, uma forma muito mais fácil de vender roupas pela internet sem ter trabalho algum. O cliente pede a Sacola do Bem pelo site, recebe-a em casa e a enche com as peças que amou, mas não usa mais, e a envia de volta.

repassa2

Com experiência, bom gosto e cuidados especiais na seleção das peças, a equipe do site faz todo o trabalho de curadoria e certificação, fotografia, cadastro, armazenamento e envio. O cliente não tem que fazer mais nada e recebe 60% do valor das vendas.

No momento em que pedem a sua sacola, os clientes também podem fazer um Repasse Solidário, escolhendo uma porcentagem de suas vendas para doar para uma das ONGs parceiras como Graacc, Fundação Abrinq, Mães da Sé e Saúde Criança.

Desde essa mudança no modelo da empresa, as compras também se multiplicaram, pois os compradores se sentem mais seguros ao verem fotos profissionais publicadas, ao saberem que a peça passou pela avaliação de profissionais treinados antes de ir para o ar e em saberem que as peças estão fisicamente com a equipe do Repassa e que vão recebê-las, além de poder devolvê-las sem custo algum.

Como a empresa assume todo o processo, também consegue anunciar produtos melhores, com fotos e descrições melhores, além de preços mais competitivos. Isso faz com que os compradores se sintam mais seguros para comprar e achem ofertas mais interessantes. O resultado é que todo mundo fica feliz: quem vende, quem compra e quem doa.

“Muitas clientes entram em contato com a gente agradecendo e dizendo que vão divulgar para todas as suas amigas. Adoramos quando isso acontece e como achamos que toda boa ação deve ser retribuída, desenvolvemos uma forma justa de remunerar cada recomendação que um cliente faz de forma recorrente e em vários níveis de conexão” explica Tadeu.

O principal público do empreendimento é o feminino, de 20 a 40 anos, da classe A até a C. Normalmente, pessoas com maior poder aquisitivo vendem no site e quem quer economizar em peças de grandes marcas em excelente estado, compram. O público é bem dividido e com a consciência do consumo cada vez mais em alta, o nível de renda importa cada vez menos.

A empresa tem muito interesse em expandir no segmento masculino, que não tem tantas opções e, esse público, preocupa-se casa vez mais com o visual. Também estão nos planos a expansão no segmento kids, em que as peças são perdidas muito rápido, tendo sido usadas poucas vezes.

O Repassa ainda conta com a parceria de influenciadoras como Paty Scaringela, Lu Taboada e Luiza Sobral, que têm uma vitrine solidária dentro do site. Elas se aproximam de seus seguidores, que podem ter o que foi delas, ganham dinheiro no processo e ainda ajudam ONGs incríveis, passando valores de solidariedade e sustentabilidade.

repassa1

Por último, foi desenvolvido também um algoritmo de recomendação inteligente de peças, que envia sugestões por e-mail das roupas que podem ser interessantes para os seus usuários.

A empresa cresceu 417% desde o início do ano e a meta é crescer 4 vezes mais até o final de 2017. Outra meta do Repassa é estruturar pontos físicos de coleta e entrega de Sacolas do Bem, em que também serão expostos alguns produtos em destaque para venda.

Informações: Repassa

Apaixonados por gastronomia ganham rede social

WeSeek Food indica os melhores restaurantes da região, por especialidade culinária, avaliação e faixa de preço, ajudando-os a escolher o local ideal para sua próxima refeição

Encontrar bons restaurantes, avaliar e compartilhar descobertas de estabelecimentos e montar seu próprio guia gastronômico são algumas das possibilidades que a rede social de gastronomia WeSeek Food oferece aos seus usuários. A plataforma é toda colaborativa. Nela, seus membros podem se tornar referência em gastronomia à medida que ganham destaque na comunidade, fazendo avaliações, conquistando seguidores, ganhando curtidas e efetuando check in nos restaurantes de diferentes culinárias, seja no Brasil ou em qualquer parte do mundo.

Com investimento de R$ 1,5 mi do fundo MPar e da i5 Empresas, o WeSeek Food surgiu com o objetivo de organizar essa comunidade de apaixonados por comida. “Toda e qualquer pessoa que gosta de comer e conhece bons lugares pode se tornar um crítico em nossa plataforma. À medida que as pessoas vão utilizando a rede social, elas ganham pontos, viram especialistas e até referência em determinado tipo de culinária, tudo baseado em um ranking que avalia o prestígio conquistado pelo usuário dentro da nossa comunidade”, observa Daniel Silva, sócio-fundador da rede social.

Outra funcionalidade de destaque do aplicativo é a facilidade de acesso às criticas dos melhores especialistas locais. “Em poucos cliques é possível encontrar e seguir o melhor especialista de comida italiana em São Paulo e consultar as suas recomendações, por exemplo. Por esse motivo, alguns dos maiores foodies das redes sociais estão adotando o WeSeeK Food como plataforma para promoção do seu trabalho”, explica Daniel.

icon-list-1.png

“O mais bacana do WeSeek Food é a possibilidade de estar a dois, três cliques da melhor opção para sair para comer, seja qual for a sua vontade. A rede faz com que meu trabalho seja melhor organizado e disposto para os meus seguidores. A interatividade da rede também me estimula abastecê-la sempre com novas informações. Com o WeSeek Food teremos o melhor guia gastronômico do ponto de vista de pessoas comuns”, comenta Gabriel Gasparini, crítico da plataforma.

WeSeek Food foi desenvolvido 100% no Brasil e já conta com mais de 3.000 restaurantes espalhados por 120 cidades ao redor do mundo, como Nova York, Paris e Londres, todos cadastrados e avaliados pelos membros da comunidade.