Arquivo da tag: protetor solar

Dezembro Laranja: conheça os sinais de alerta para câncer de pele no mês de prevenção da doença

Tipo de tumor maligno que mais afeta a população brasileira pode ter suas chances de incidência amplamente reduzidas com cuidados relacionados à exposição aos raios solares

A proximidade do verão, período que marca a alta nas temperaturas em todo o país, acende um importante alerta: a exposição prolongada ao sol sem proteção adequada pode levar a consequências importantes à saúde. Além de causar o envelhecimento precoce, o contato direto com raios nocivos aumentam em até dez vezes o risco de câncer de pele, o mais incidente entre os brasileiros, correspondendo a um total que ultrapassa a marca de 185 mil novos casos a cada ano – cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

E apesar de uma considerável parcela da população acreditar que sabe lidar com o sol por viver em um país tropical, campanhas de conscientização como o Dezembro Laranja são essenciais para que informações precisas sejam transmitidas e assim seja possível reduzir os índices deste tipo de câncer, evitável na maioria das situações.

“Os melanócitos e queratinócitos (células da pele) são os principais envolvidos no processo de fotoproteção e quando expostos à radiação solar podem aumentar em número e tamanho. O câncer de pele ocorre quando há um crescimento anormal e excessivo dessas células que compõem a pele e pode ser de dois tipos: melanoma e não-melanoma, sendo o primeiro responsável por 95% dos tumores cutâneos identificados entre os brasileiros”, explica Sheila Ferreira, oncologista da Oncoclínicas São Paulo.

De acordo com a especialista, esse índice está diretamente relacionado à constante exposição à radiação ultravioleta (UV) sem uso de proteção adequada. Por isso, é preciso estar atento aos sinais de alerta.

“Os principais sinais e sintomas de câncer não-melanoma são a presença de lesões cutâneas com crescimento rápido, ulcerações que não cicatrizam e que podem estar associadas a sangramento, coceira e algumas vezes dor e geralmente surgem em áreas muito expostas ao Sol como rosto, pescoço e braços”, diz a médica.

De olho na prevenção

Para pessoas que costumam ficar expostas ao sol, é preciso reforçar o uso do protetor solar diariamente, principalmente no rosto. Se a exposição aos raios solares for maior, como na praia ou piscina, é importante abusar do protetor no corpo todo, usar chapéus e evitar horários em que a incidência solar esteja mais forte.

“Pessoas de pele clara, cabelos claros ou ruivos, com sardas e olhos claros são mais propensas a desenvolver o câncer de pele. A idade é um fator que também deve ser considerado, pois quanto mais tempo de exposição da pele ao sol, mais envelhecida ela fica, aumentando também a possibilidade de surgimento do câncer não-melanoma”, destaca Sheila.

É importante a avaliação frequente de um especialista (dermatologistas) para acompanhamento das lesões cutâneas. A análise da mudança nas características destas lesões é de extrema importância para um diagnóstico precoce. O dermatologista tem o papel de orientar uma proteção adequada para descobrir os possíveis riscos que os raios solares de verão podem causar na pele.

Entenda os diferentes tipos de câncer de pele e os possíveis tratamentos

O câncer de pele não-melanoma pode ser classificado em: carcinoma basocelular e carcinoma espinocelular. O primeiro é o tipo mais frequente, com crescimento normalmente mais lento. O diagnóstico se dá, usualmente, pelo aparecimento de uma lesão nodular rosa com aspecto peroláceo na pele exposta do rosto, pescoço e couro cabeludo. Já no carcinoma espinocelular, mais comuns em homens, ocorre a formação de um nódulo que cresce rapidamente, com ulceração (ferida) de difícil cicatrização.

“Tanto o carcinoma basocelular quanto o espinocelular estão relacionados à alta exposição dos raios solares. Eles devem ser prevenidos com protetor solar e consultas frequentes com o dermatologista, sendo fatores fundamentais para detecção do câncer na sua fase inicial”, aponta a oncologista.

Já o chamado câncer de pele do tipo melanoma, apesar de considerado como sendo de baixa incidência – ele é responsável por 8.450 novos diagnósticos por ano -, é o mais agressivo e requer atenção redobrada. São geralmente os casos que se iniciam com o aparecimento de pintas escuras na pele, que apresentam modificações ao longo do tempo. As alterações a serem avaliadas como suspeitas são o “ABCDE”- assimetria, bordas irregulares, cor, diâmetro, evolução. “A doença é mais facilmente diagnosticada quando existe uma avaliação prévia das pintas”, finaliza Sheila Ferreira.

É recomendável a ressecção cirúrgica destas lesões por especialista habilitado para adequada abordagem das margens ao redor da mesma. Posteriormente, dependendo do estágio da doença, pode ser necessária a realização de tratamento complementar. Quando diagnosticada precocemente, quimioterapia ou radioterapia são raramente necessárias e a cirurgia é capaz de resolver a maioria dos casos.

Fonte: Oncoclínicas São Paulo

Neutrogena amplia sua linha Sun Fresh Derm Care com novo protetor solar facial para peles secas

O lançamento traz ativos dermocosméticos que melhoram a textura da derme, previnem os danos causados pelo sol e mantém a hidratação por até 12 horas

Sempre atenta em atender às necessidades e desejos de seus consumidores, Neutrogena amplia sua linha de protetores solares faciais e traz o novo Neutrogena Sun Fresh Derm Care Pele Normal a Seca. Formulado com ativos poderosos que melhoram a textura da pele e previnem contra os danos causados pelo sol, o novo produto complementa a linha inicial de protetores para pele oleosa e traz absorção instantânea, toque suave e textura ultraleve que mantém a hidratação por até 12 horas. Indicado também para peles sensíveis, está disponível no FPS 70 com as opções sem e com cor, que garante cobertura natural.

Um dos principais diferenciais das linhas solares desenvolvidas por Neutrogena é a exclusiva tecnologia Helioplex XP, uma das mais avançadas no mundo da cosmética. Ela protege da luz visível e dos raios UVA/UVB que afetam a pele tanto em altas temperaturas quanto em dias mais frios. Outro grande benefício que vem na formulação de Neutrogena Sun Fresh Derm Care, tanto para peles oleosas como secas, é o combo de ativos dermocosméticos composto por Niacinamida, ativo clareador de sinais causados pelo sol e que auxilia no combate a acne; Feverfew, um poderoso antioxidante que protege contra agressões externas como fumaça e poluição e Vitamina C, antioxidante essencial para a síntese de colágeno que neutraliza radicais livres.

“Temos muito orgulho desta linha de protetores solares faciais de Neutrogena, pois ela foi desenvolvida integralmente aqui no Brasil pela nossa equipe de cientistas, que é incansável na missão de descomplicar a rotina de cuidados com a pele por meio da ciência, sempre com o foco em saúde. Iniciamos a linha Derm Care no ano passado com protetores específicos para pele oleosa, que trazem efeito matte e controle da oleosidade por 12 horas, e agora abrangemos nosso portfólio com mais este integrante que vem atender uma demanda de consumidores com peles secas e mais sensíveis, que necessitam de uma hidratação maior”, declara Daniele Cavalcanti, diretora de marketing das marcas de cuidados com a pele da Jonhson & Jonhson Consumer Health do Brasil .

Entre os resultados clinicamente comprovados do novo integrante de Neutrogena Sun Fresh Derm Care estão hidratação prolongada de 12 horas, reposição do nível da água da pele, melhora da textura, maciez, preservação da barreira cutânea, além de prevenção à manchas solares, pigmentação e rugas. E todos são combinados a uma textura ultraleve, com toque suave que não derrete, resistência à água e ainda absorção imediata.

O novo Neutrogena Sun Fresh Derm Care Pele Normal a Seca vem no FPS 70, nas versões sem e com cor que garante mais luminosidade, por meio de uma cobertura natural.

Preços médios sugeridos:

Neutrogena Sun Fresh Derm Care Peles normais a seca sem cor: R$ 52,90
Neutrogena Sun Fresh Derm Care Peles normais a seca com cor: R$ 59,90

Onde encontrar: maiores redes de farmácias, mercados e sites de e-commerce

Parece, mas não é: conheça a diferença entre produtos usados na rotina de cuidados

Sabonete ou shampoo em barra? Make com FPS ou protetor solar com cor? Fio dental ou escova interdental? Descubra quais as diferenças entre esses e outros produtos de autocuidado, que, apesar de parecidos, não são intercambiáveis.

A rotina diária de beleza, seja com o rosto, o corpo, os cabelos ou até os dentes, é um momento de autocuidado muito importante para a manutenção da saúde dessas estruturas. No entanto, às vezes, realizar esses cuidados pode ser complicado, especialmente para principiantes, que podem facilmente se confundir com a grande quantidade de produtos disponíveis hoje no mercado, principalmente pelo fato de muitos desses produtos serem parecidos à primeira vista, apesar de possuírem diferenças importantes.

E utilizar os produtos errados pode ser realmente catastrófico, com consequências que vão desde a perda da eficácia até a agressão das estruturas. Então, para ajudar você a realizar sua rotina de beleza sem complicações, reunimos um time de especialistas para apontar as principais diferenças entre produtos de autocuidado que, apesar de parecidos, possuem indicações diferentes. Confira:

Getty Images

Sabonete convencional X sabonete facial: muitas pessoas acreditam que o sabonete facial é apenas uma jogada de marketing, mas não é bem assim. O sabonete convencional e o sabonete facial possuem diferenças importantes, sendo recomendado que você tenha os dois. “O pH do sabonete convencional é incompatível com a pele do rosto. Logo, se utilizado nessa região, pode causar desidratação e, em seguida, o efeito rebote. E o mesmo vale no caso contrário, já que, por ser mais suave, o sabonete facial pode não ser eficaz na remoção de sujidades e oleosidade do corpo”, afirma a dermatologista Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. E mesmo entre os sabonetes faciais, é importante prestar atenção para escolher um produto adequado a sua pele.

Peles oleosas, por exemplo, podem apostar em produtos que controlem a produção de sebo, como o Sabonete Poros com Ácido Glicólico, da Be Belle, enquanto peles mais secas devem investir em produtos mais hidratantes, como o Sabonete Poros Hidratante, também da Be Belle.

Pinterest

Esfoliante facial X esfoliante corporal: novamente, a existência de um esfoliante para cada parte do corpo não é apenas uma jogada de marketing. “A pele do corpo é diferente da pele do rosto e, por isso, deve ser tratada com produtos específicos. Um esfoliante próprio para ser usado no corpo geralmente contêm partículas maiores para conseguir tratar a pele da região, que é mais grossa, com eficácia. Consequentemente, esses esfoliantes corporais são mais abrasivos, podendo causar lesões quando usados no rosto, que tem uma pele mais sensível”, afirma o dermatologista Abdo Salomão Jr, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

O ideal então é que o esfoliante facial contenha partículas menores, como é o caso do Esfoliante Tribeca, da BURB, que conta com sementes de Apricot (damasco) em sua composição.

Água micelar X tônico adstringente: tanto o tônico facial quanto a água termal funcionam, de acordo com Paola, como um complemento à higienização da pele, removendo impurezas que não saíram apenas com o sabonete, além de normalizarem o pH da pele, o que também contribui para melhor absorção dos ativos cosméticos que serão aplicados. A diferença desses produtos está na indicação. “A água micelar possui micelas que atraem as partículas de sujeira, poluição e oleosidade sem a necessidade de atrito, sendo assim ideal para ser usada por peles mais secas e sensíveis. Já o tônico adstringente possui uma ação de controle da oleosidade, sendo assim recomendado para peles oleosas e mistas”, aconselha a dermatologista, que afirma também que a água micelar ainda pode ser usada como demaquilante.

Cremes X séruns: ambos os produtos têm como principal função hidratar a pele, podendo também trazer na composição uma série de ingredientes escolhidos conforme as características de cada pele. “Esses produtos utilizados podem ser formulados com uma série de ativos para atender às necessidades de cada pele, como substâncias calmantes, anti-inflamatórias, clareadoras, rejuvenescedores e, principalmente, antioxidantes”, explica Roberta Padovan, médica pós-graduada em Dermatologia e Medicina Estética. A grande diferença desses dois produtos está no veículo, isto é, a textura do cosmético, e, consequentemente, em sua indicação. “Os séruns, assim como os géis, são veículos mais leves indicados principalmente para o tratamento de peles oleosas e mistas, enquanto os cremes, e também as loções, são veículos mais espessos, ideais para peles secas”, completa a médica.

Quem tem pele oleosa e está à procura de um cosmético rejuvenescedor, por exemplo, pode apostar no sérum Be Hialuronic, da Be Belle, enquanto o Be Young, também da Be Belle, é um creme antirrugas ideal para peles mais secas.

Shutterstock

Maquiagem com FPS X fotoprotetor com cor: apesar de parecerem a mesma coisa, as maquiagens com FPS não têm a mesma eficácia na fotoproteção que os protetores solares com cor. “Geralmente, o FPS das maquiagens é muito baixo, sendo insuficiente para proteger a pele. Então, para quem usa maquiagem, o ideal é optar mesmo pelo protetor solar com cor de alta cobertura, que, além de ser eficaz na proteção, também atua como base”, alerta Daniel Cassiano, dermatologista da Clínica GRU Saúde e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. E a boa notícia é que filtro solar com cor protege mais a pele do que a versão tradicional. “Isso porque a tonalidade do filtro solar é proporcionada pela presença de óxido de ferro na composição, substância capaz de absorver a radiação visível do sol. Hoje, sabemos que a luz visível tem uma participação importante no processo de pigmentação da pele, favorecendo o desencadeamento de dermatoses pigmentárias, como melasma e hipercromia pós-inflamatória”, diz o médico.

486339964

Sabonete X shampoo em barra: mais uma vez, o shampoo em barra não é apenas uma estratégia para você comprar um sabonete por um valor mais caro. São produtos bem diferentes. “Usar um shampoo sólido ou em barra não tem nada a ver com lavar o cabelo com sabonete. Os sabões ou sabonetes passam por um processo de saponificação, têm mais aditivos químicos e pH mais alcalino, sendo assim agressivos aos fios. Já os shampoos em barra foram especificamente desenvolvidos para serem usados no couro cabeludo. A base de óleos vegetais pode até ser a mesma do sabonete, mas os componentes estão em quantidade mais adequada para o tratamento dessa região, além da fórmula ser mais nutritiva e o pH ser mais equilibrado”, acrescenta a dermatologista Patrícia Mafra, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Fio dental X escova interdental: apesar de ambos atuarem na limpeza da região entre os dentes, o fio dental e as escovas interdentais, como a CPS Prime da Curaprox, possuem ações diferentes que se complementam. “Enquanto o fio dental auxilia na remoção de detritos alimentares e pontos de contato muito apertados, a escova interdental realiza a desorganização da placa bacteriana nas irregularidades e depressões interdentais que o fio dental não consegue higienizar”, finaliza Hugo Lewgoy, cirurgião-dentista e doutor pela USP.

Johnson & Johnson reúne marcas de proteção solar em promoção inédita

“Quem cuida ganha dinheiro de volta” traz opções para toda a família aproveitar as estações mais quentes em segurança

Johnson & Johnson Consumer Health, maior e mais diversificada empresa de saúde do mundo, acaba de reunir pela primeira vez as suas três marcas de proteção solar na promoção de cashback “Quem cuida ganha dinheiro de volta”. A promoção é válida em todo o Brasil, entre os dias um de outubro e trinta de novembro, tanto nas lojas físicas como e-commerce.

Sundown, Neutrogena Sun Fresh e Neostrata Minesol se unem com uma mensagem de otimismo neste ano garantindo proteção completa para toda a família, trazendo ciência para a pele de maneira descomplicada e produtos com tecnologia anti-idade.

Para participar, basta comprar pelo menos R$ 90 em produtos Sundown, Neutrogena Sun Fresh e Neostrata Minesol , sendo obrigatoriamente* um dos itens Sundown. E será possível receber 50% do valor de volta na sua conta, limitado a até R$ 100 por CPF.

Silvio Silva, Diretor comercial da Johnson & Johnson Consumer Health, destaca o compromisso da companhia em oferecer cuidado para que as famílias possam desfrutar do verão com segurança e também com economia. “Os brasileiros querem aproveitar ao máximo o período mais quente do ano com segurança e, por isso, os locais ao ar livre serão os protagonistas no verão, ocasionando o aumento na exposição solar. Como maior empresa de saúde do mundo, queremos estar ao lado das famílias brasileiras neste momento com produtos que já são referência na proteção da pele aliados a uma oferta de valor”, comenta o executivo.

A campanha chega com um plano de comunicação nos ambientes físico e digital, com o objetivo de impactar mais consumidores. Nas redes sociais, o destaque fica para a criação de peças exclusivas no Instagram, Youtube e Facebook. Já nos pontos de venda, o consumidor encontrará diversos materiais, com QR codes, que direcionam ao site da promoção.

Para mais detalhes da promoção, acesse o regulamento completo clicando aqui.

Sete cuidados de beleza que os médicos seguem com rigor

Dermatologistas são especialistas quando se trata de pele, cabelo e unhas, diagnosticando e tratando mais de 3.000 doenças e condições, incluindo câncer de pele, acne, psoríase e eczema. Eles também ajudam os pacientes a lidar com suas preocupações estéticas, como remoção de tatuagens, cicatrizes e envelhecimento da pele. Mas você já se perguntou quais dicas de cuidados com a pele os médicos usam para manter uma pele saudável? Consultamos especialistas que entregam os melhores cuidados de beleza pessoais, mas que servem para a população em geral:

Protetor solar diariamente

“Antes de se preocupar com uma rotina que contenha ácidos e antioxidantes, devemos ter o hábito do uso regular do filtro solar: ele é o creme antienvelhecimento mais importante”, explica o dermatologista Daniel Cassiano, da Clínica Gru e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. E diariamente é realmente diariamente, ok?

“As consequências dos danos causados pela radiação sobre as estruturas celulares e cutâneas (como fibras de colágeno e elastina, responsáveis pela elasticidade da pele) são flacidez, rugas ou linhas de expressão e manchas”, destaca Roberta Padovan, médica pós-graduada em Dermatologia e Medicina Estética. Para obter a melhor proteção, aplique um protetor solar de amplo espectro resistente à água com FPS 30 ou superior em todas as peles não cobertas por roupas e reaplique a cada duas horas ou após nadar ou suar.

Lembre-se de que, como nenhum protetor solar pode bloquear 100% dos raios ultravioleta do sol, também é importante procurar sombra e usar roupas de proteção ao ar livre, incluindo camisa de mangas compridas, calças, chapéu de aba larga e óculos de sol, quando possível. Durante o inverno, o uso do protetor também se faz necessário: “A radiação ultravioleta mesmo no inverno causa fotoenvelhecimento e possíveis manchas. O fotoenvelhecimento inclui flacidez. Além de, a longo prazo, poder causar câncer de pele. Mesmo no inverno dentro de casa (durante a quarentena) o uso do protetor solar é fundamental. A radiação ultravioleta atravessa vidros e tecidos finos (cortinas) e pode atingir a pele da mesma forma”, acrescenta a dermatologista Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Fugir da exposição solar direta

Foto: Wikimedia

“Não existe bronzeamento saudável que envolva a exposição à radiação ultravioleta, as pessoas acreditam nisso, mas é um grande mito. Todo bronzeamento é uma defesa natural da pele, isto é, resposta a um dano induzido pela radiação ultravioleta”, explica Roberta. A alternativa mais sensata para expor a pele ao sol com menos riscos é respeitar o clássico horário que seria antes das 10h e após às 16h, pois nesse intervalo (das 10h às 16h) a incidência de radiação UVB é maior. “Mas não abuse, pois apesar de boa fama, esse horário também causa rugas e manchas”, diz a médica.

Simplificar a rotina de cuidados com a pele

Menos é mais quando se trata de cuidados com a pele. Usar muitos produtos, especialmente vários produtos antienvelhecimento, pode irritar sua pele. Para a pele, o essencial é: limpeza adequada (lavar), hidratar e proteger (proteção solar com FPS 30 no mínimo).

“Você precisa lavar o rosto de manhã e à noite. Lavar a face pela manhã ajuda a retirar possíveis células mortas que se acumularam durante o sono. Além disso, se a pessoa usou um ácido à noite deve limpar bem a pele pela manhã (ácidos são fotossensíveis). Ainda temos mais uma razão para lavar o rosto ao despertar: preparar a pele para a rotina da manhã: hidratante e protetor solar. À noite, a limpeza facial é essencial para retirar vestígios de maquiagem, protetor solar e resíduos de poluição. Existem diversos trabalhos que mostram a poluição como fator agravante do fotoenvelhecimento cutâneo”, explica Paola.

A introdução de antioxidantes também é bem-vinda. Ativos com essa finalidade podem estar presente nos hidratantes, em fórmulas com vitaminas C e E, ácido ferúlico, resveratrol e alistin, que são ativos clássicos.

Cuidar dos lábios

Além de ser uma região sensível ao câncer, a pele dos lábios também envelhece. Esse envelhecimento começa por volta dos 30 anos de idade e é progressivo. “Ele ocorre devido ao processo de envelhecimento intrínseco da face: há uma perda de colágeno com diminuição da firmeza da pele e diminuição da gordura facial. Além disso, usamos muito a musculatura ao redor da boca (mastigação e mímica facial – sorriso e fala)”, explica Paola.

Segundo Cassiano, os sinais do envelhecimento da região incluem a perda de volume e as rugas “códigos de barras”. “Os lábios tornam-se mais finos, com rugas ao redor da boca (o famoso “código de barras”) e consequente queda do ângulo da boca (“sorriso triste”). Outra medida importante é não traumatizar (morder ou lamber) essa região com frequência de forma repetitiva”, explica Paola.

“A hidratação deve ser endógena (beber pelo menos dois litros de água por dia) e com hidratantes labiais específicos pela manhã, de preferência, com FPS 30 de exposição solar. O hidratante labial pode ser reaplicado ao longo do dia quantas vezes forem necessárias para manter a hidratação adequada”, completa a médica.

Tirar as mãos do rosto

Sempre que você toca seu rosto, você transfere sujeira, germes e óleo das mãos para o rosto. Faça o possível para deixar sua pele em paz ao longo do dia. O toque no rosto pode espalhar sujeira, óleo e bactérias, o que pode entupir os poros. “Suas mãos entram em contato com toneladas de coisas diariamente – maçanetas, telas de celular gordurosas etc. – e essa transferência de bactérias pode facilmente sujar a sua pele, propiciando o entupimento do poro e a inflamação. Isso explica o motivo pelo qual, mesmo no frio e sem produção excessiva de oleosidade, ainda há acne”, afirma o dermatologista Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Vírus e microrganismos potencialmente patogênicos podem ficar nos cabelos, na barba, nas roupas ou objetos. “Então, caso seu cabelo ou sua barba sejam contaminados e você os toque e, em seguida, leve a mão ao rosto, existe a possibilidade de contaminação. Por isso é fundamental também higienizar as mãos frequentemente e evitar tocar a face”, diz Paola.

Verificar a pele regularmente

O câncer de pele é o tipo de câncer mais comum. No entanto, quando detectado precocemente, o câncer de pele – incluindo o melanoma – é altamente tratável. É importante verificar regularmente a sua pele em busca de novas manchas, manchas diferentes das outras manchas do corpo ou manchas que coçam, sangram ou mudam de cor, pois costumam ser sinais precoces de câncer de pele. O fotoprotetor também ajuda a evitar o câncer de pele. “Se você tem dúvida sobre qual o produto mais adequado a sua pele ou acredita que há alguma mancha ou pinta suspeita, visite um dermatologista”, afirma Cassiano.

Cuidados preventivos

Getty Images

Seja por meio de procedimentos injetáveis, lasers, radiofrequência ou ultrassom, os tratamentos preventivos podem ajudar a formar uma ‘poupança de colágeno’, o que mantém a pele mais jovem por mais tempo. “Existem diversas novidades que ajudam nesse processo, com destaque para Ultraction 3D, um ultrassom microfocado, e Pico Ultra 300, um laser de picossegundos. Ambos estimulam a produção de colágeno e não tiram o paciente das atividades diárias”, explica Salomão.

Além disso, nutracêuticos e uma boa dieta podem impactar diretamente na pele. Mesmo uma boa genética necessita de bons hábitos: “Muito do processo inflamatório subclínico é causado por estresse, obesidade, falta de sono adequado, má alimentação e falta de atividade física, por exemplo, o que pode acelerar mais ainda a formação de rugas. Bons hábitos de vida podem modular a expressão de genes, de forma a prevenir alterações de pele”, finaliza o geneticista Marcelo Sady, Pós-Doutor em Genética e diretor geral Multigene.

ADCOS lança protetor solar em stick com cobertura ultraleve e toque aveludado

Stick Ultraleve FPS50 reduz oleosidade da pele em 50%, por até 12 horas e é ideal para peles mistas, oleosas e acneicas

Fundada em 1993, a ADCOS tem entre seus compromissos o comprometimento com a prevenção ao câncer de pele. Por isso, oferece a mais completa e variada gama de filtros solares do Brasil, com diferentes formatos, texturas e tonalidades. Investindo mais uma vez em tecnologia e inovação, a marca apresenta um produto único no mercado brasileiro, um protetor solar em stick com cobertura ultraleve, toque aveludado e cobertura natural. Ideal para peles mistas, oleosas e acneicas, o novo Stick Ultraleve FPS 50 controla a oleosidade da pele em 50% e por até 12h, disfarçando, de forma natural poros e imperfeições do rosto.

Sua fórmula conta com Vitamina E, um excelente antioxidante, que impede a formação de radicais livres, retardando assim os efeitos do envelhecimento, além de promover a nutrição celular e possuir ação regeneradora e cicatrizante, e, ainda, ser um ótimo umectante e hidratante. O Stick Ultraleve FPS 50 tem em sua formulação a exclusiva tecnologia Sym-Urban, que protege as células contra a poluição, com ação antioxidante, antienvelhecimento e reduz pigmentação provocada pela poluição.

O lançamento conta, ainda, com um complexo antibrilho de efeito 3R na pele: regula a produção de sebo, reequilibra a microflora da pele e reduz inflamações. Devido a associação de ativos tecnológicos, o complexo antibrilho diminui a vermelhidão da pele deixando-a menos suscetível ao desenvolvimento da acne. Essa tecnologia conta também com um sensorial macio, toque sedoso e aveludado, proporcionando o disfarce ótico de imperfeições na pele.

Com cobertura natural e textura de fácil espalhabilidade, o novo Stick Ultraleve FPS50 integra a família de sticks da ADCOS, líder absoluta em protetores em bastão do mercado nacional, disponível em quatro cores: incolor, peach, beige e nude. O produto é vegano, Cruelty Free, sem glúten, respeita o ecossistema marinho, não escorre nos olhos e é resistente à água, ideal para práticas ao ar livre e perfeito para descomplicar a rotina de cuidados com a pele.

O novo Stick Ultraleve FPS 50 está disponível nas lojas físicas e e-commerce da ADCOS e lojas físicas pelo valor de R$145,00 na versão incolor e nas versões com cor por R$ 149,00 .

Nivea Sun Beauty Expert Sensitive Anti-idade: protetor solar e antienvelhecimento

Desenvolvido para peles sensíveis, a novidade chega ao mercado como um aliado na prevenção do envelhecimento precoce da pele

Sempre em busca de soluções eficientes para atender as necessidades de seus consumidores, Nivea SUN, principal marca de proteção solar do mundo, apresenta novo aliado para aqueles que buscam praticidade e multibenefícios quando o tema é exposição ao sol: o Nivea Sun Beauty Expert Sensitive Anti-idade, com FPS 50 e minimiza os efeitos da luz visível.

Sua fórmula de textura leve e rápida absorção foi especialmente desenvolvida para peles sensíveis, não possui corantes, perfumes e conservantes. Além disso, seu sistema de filtros UVA/UVB oferece alta proteção imediata, que previne o envelhecimento prematuro da pele, causado pela exposição excessiva ao sol, além de proteger contra os danos causados pelos raios solares.

A novidade faz parte do relançamento da linha facial Nivea Sun Beauty Expert, que apresenta quatro versões especialmente desenvolvidas para diversos tipos de pele: Nivea Sun Beauty Expert Controle de Oleosidade/Efeito Matte, Nivea Sun Beauty Expert Facial Anti-Idade Q10, Nivea Sun Beauty Expert Tom Uniforme Com Cor e Nivea Sun Beauty Expert Sensitive Anti-idade, todos com tecnologia que minimiza os efeitos da luz visível.

Nivea SUN Beauty Expert Sensitive Anti-idade é oil free, não contém parabenos, pode ser utilizado por jovens e adultos e pode ser encontrado nos principais sites de compra, supermercados e drogarias de todo país pelo preço sugerido de R$ 49,99.

Informações: Nivea

Garnier Skin Active apresenta Uniform&Matte Protetor Hidratante com Cor Tudo em 1 com FPS 50

Com quatro cores – Clara, Média, Morena e Negra -, o produto multibenefícios corrigi, reduz e preveni manchas solares, com preço sugerido de R$ 39,90, e atende a diversos tons de pele, sendo a tonalidade Negra desenvolvida em parceria com a cantora Iza

Sucesso desde seu lançamento no ano passado, a linha Uniform&Matte, de Garnier Skin Active, lança mais um item para completar a rotina de skincare das brasileiras: o Protetor Hidratante com Cor Tudo em 1 FPS 50, que oferece alta proteção contra os efeitos dos raios UVA e UVB; corrige, reduz e previne manchas solares e tem ação antioleosidade e antioxidante graças à sua fórmula enriquecida com vitamina C. Agora, além da opção sem cor com FPS 30, a versão com cor FPS 50 apresenta quatro tons: Clara, Média, Morena e Negra, que se adaptam a diferentes tonalidades de pele, uniformizando-a instantaneamente e dando acabamento matte.

Em parceria com a embaixadora da marca no país, a cantora Iza, a cor Negra foi cocriada não só pensando nos desejos da porta-voz, como também no das brasileiras negras que tinham dificuldades em encontrar no mercado produtos com tonalidades escuras, que se adaptassem de fato a sua pele.

“É incrível fazer parte desse processo do começo ao fim, eu não imaginava que pudesse opinar e influenciar tanto (risos). Eu não me sentei diante de uma mesa e escolhi uma cor entre tantas outras, eu participei de cada etapa de desenvolvimento dessa tonalidade até chegarmos no resultado final – que vale ressaltar que me atende perfeitamente. Eu nunca vi uma marca tão envolvida e com tanta vontade de criar algo relevante e inclusivo para a pele das brasileiras”, conta Iza.

Informações: Garnier – @garnierbrasil – SAC: 0800 701 0114

Make B. Retinol H+ alia o duplo retinol ao FPS80 e ácido hialurônico vetorizado

Unindo maquiagem e tratamento de pele, a nova linha do Boticário, Make B. Retinol H+, conta com a primeira base do mundo com exclusivo duplo retinol e FPS 80, além de ácido hialurônico vetorizado em sua composição. Ou seja, os lançamentos não só oferecem os efeitos imediatos desejados na maquiagem, como tratam de verdade e atuam gradualmente melhorando a textura e luminosidade da pele com o uso contínuo. Aceleração da renovação celular para uma pele mais radiante e firme a partir de 15 dias de uso, 2x mais produção de colágeno e escudo protetor contra UVA+++ e luz azul estão entre os principais benefícios do hero da linha: a base.

A fórmula possui um ingrediente revolucionário: o retinol vegetal, extraído das algas azuis dos lagos de Klamath, que proporciona os mesmos benefícios do retinol estabilizado. Esse ativo único, que atua na renovação celular de todos os tipos de pele, é criado a partir do encontro das águas puras do lago com uma formação geológica. Combinados, o ácido hialurônico vetorizado e o retinol estabilizado completam o poderoso blend de ativos. Todos os itens foram testados de formas clínicas para garantir a eficácia de toda a linha Retinol H+ .

“Make B. é nossa marca de maquiagem mais inovadora, com itens que contam com tecnologia em sua composição e desenvolvimento, e entregam alta performance. Depois de termos lançado a linha Hyaluronic, com a primeira base do mundo com FPS 70 e ácido hialurônico vetorizado, inovamos novamente com a primeira base do mundo com exclusivo duplo retinol e FPS 80”, explica Bruna Nunes, Gerente da Categoria. “Estamos sempre atentos às necessidades do nosso consumidor e às tendências do mercado, para que possamos entregar os melhores ativos em nossos produtos”, complementa.

Tecnologia avançada

A linha é formada por base, flash iluminador e corretivo, batom líquido e balm. A Base Retinol H+ 80 está disponível em 14 tons e 1 invisível, e oferece proteção contra UVA+++ e luz azul, além de FPS 80. O produto compõe a nova geração de bases de Make B., com tecnologia avançada, proteção e cobertura que garantem uma pele renovada, com aparência natural e perfeita. Com ela, a renovação celular é acelerada, a produção do colágeno é duplicada e a pele torna-se mais firme e radiante com apenas 15 dias de uso.

O Flash Corretivo Iluminador Retinol H+, que pode ser encontrado em 8 cores e também na versão invisível, atua em 3 dimensões: preenche e reduz a aparência das rugas profundas e linhas de expressão, enquanto uniformiza olheiras e imperfeições, atenuando sinais de fadiga das áreas dos olhos e contorno labial.

Já o Batom Preenchedor Retinol H+ e o Balm Líquido invisível atuam na renovação e revitalização da aparência dos lábios, melhoram a firmeza e o volume da boca, preenchendo rugas e vincos. Sua fórmula garante 24 horas de hidratação profunda e prolongada, para lábios macios e com aparência saudável ao longo do dia.

Testes de eficácia

Para comprovar a eficiência dos produtos, o Boticário realiza testes in vitro, feitos em Pele 3D no Laboratório de Métodos Alternativos do Grupo Boticário. Com essa tecnologia, os experts da marca notaram um aumento de 110% na produção de colágeno da face e a aceleração da renovação celular após a aplicação da linha Retinol H+. As peles ficaram mais firmes em 15 dias de uso e hidratadas por até 24 horas. Além dos testes In Vitro, a marca também realizou testes com voluntárias para observar o comportamento e os efeitos do produto na pele.

Veja algumas imagens de antes e depois do uso:

Antes
Depois de 60 dias de uso

O Grupo Boticário desenvolveu, de forma pioneira no Brasil, a pele 3D, que reproduz a pele humana, sendo um dos mais modernos métodos para testes de produtos cosméticos. Para saber mais sobre o uso de Pele 3D no desenvolvimento de produtos do Boticário, basta acessar o perfil do Instagram e o canal do Youtube do Grupo Boticário.

Conheça mais sobre o portfólio de produtos e outras dicas no blog Dicas de Beleza , no site do Boticário.

Make B. Base Retinol H+ 80 = Preço Sugerido: R$ 119,90
• 14 tons;
• Acelera renovação celular;
• Pele mais firme e radiante em 15 dias;
• FPS 80 UVA +++, UVB e Luz azul;
• Prevenção de envelhecimento da pele;
• Hidratação profunda;
• Dermatologicamente testado.

Make B. Base Retinol H+ 80 = Preço Sugerido: R$ 119,90
• Invisível;
• Acelera renovação celular;
• Pele mais firme e radiante em 15 dias;
• FPS 80 UVA +++, UVB e Luz azul;
• Prevenção de envelhecimento da pele;
• Hidratação profunda;
• Dermatologicamente testado.

Make B. Flash Corretivo Iluminador Retinol H+ = Preço Sugerido: R$ 85,90
• 8 cores;
• Preenche e reduz aparência das rugas e linhas de expressões;
• Uniformiza e corrige olheiras;
• Pele iluminada;
• Textura leve;
• Rápida absorção
• Pincel de alta precisão
• Dermatologicamente testado.

Make B. Batom Líquido Retinol H+ = Preço Sugerido: R$ 63,90
• 5 cores;
• Renovação e revitalização dos lábios;
• 24 horas de hidratação profunda e prolongada;
• Melhora firmeza e o volume dos lábios;
• Textura aveludada;
• Dermatologicamente testado.

Make B. Balm Líquido Retinol H+ = Preço Sugerido: R$ 63,90
• Invisível;
• Renovação e revitalização dos lábios;
• 24 horas de hidratação profunda e prolongada;
• Melhora firmeza e o volume dos lábios;
• Textura aveludada;
• Dermatologicamente testado.

E no lançamento, toda a linha Make B. Retinol H+ está com 20% de desconto.

A linha Make B. Retinol H+ já está disponível em todas as lojas físicas e no e-commerce da marca, além do app do Boticário, disponível para as versões Android e iOS. Também é possível fazer pedidos pelo WhatsApp através do número 0800 744 0010 – número oficial e seguro – diretamente na plataforma do dispositivo. Basta o cliente contatar a marca por esse número para verificar a disponibilidade na sua região. Há ainda a opção de contatar um revendedor da marca clicando aqui.

Mitos e verdades sobre beleza e bem-estar no inverno

Especialistas falam dos benefícios e desvantagens do frio para a beleza e a saúde

O frio engorda? A pele resseca? Não é raro que o inverno seja associado a mudanças negativas no corpo e que os benefícios e vantagens das temperaturas mais amenas sejam esquecidos ou ignorados. Se, por um lado, é natural sentir mais fome nos dias frios, por outro, o corpo apresenta espontaneamente um maior gasto energético, o que acaba levando muitas pessoas a adotarem hábitos equivocados. Para manter o corpo e a saúde em dia neste inverno, confira uma lista de mitos e verdades da estação segundo especialistas:

Foto: Shutterstock

É comum sentir mais fome nos dias frios
Verdade. Você certamente já se perguntou por que a gula parece vir com tudo no inverno. “Em temperaturas baixas, nosso metabolismo tem como tendência ficar mais acelerado. Com isso, é gerado mais calor na tentativa de aquecer o nosso corpo e, por consequência, o gasto calórico é maior, assim como a necessidade de se ingerir mais calorias. No frio, a sensação de prazer é muito maior quando ingerimos alimentos quentes. E, normalmente, eles são mais calóricos. Mas, é preciso cuidado porque costuma-se praticar menos exercícios físicos e é possível que se ganhe quilos a mais na balança”, alerta Nívea Bordin Chacur, nutróloga da Clínica Leger.

Se exercitar no inverno ajuda a emagrecer
Verdade.
É normal bater aquela preguiça só de pensar em sair da cama nos dias mais frios, mas para quem quer emagrecer, essa pode ser a época ideal para dar início ao projeto verão. Isso porque no inverno o metabolismo do corpo acelera, pela necessidade de produzir mais calor, ativando mecanismos naturais que promovem a queima de gorduras. “Para impulsionar ainda mais essa tendência do corpo a gastar calorias, vale manter a rotina de exercícios sempre em dia. O ideal é praticar alguma atividade física diária por pelo menos 40 minutos”, completa Nívea.

É a melhor época para fazer cirurgia plástica e tratamentos estéticos
Verdade. Você sabia que é neste período que as clínicas de cirurgia plástica e estética apresentam um aumento de cerca de 40% no movimento? E isso tem explicação. De acordo com a dermatologista Gina Matzenbacher, que também atua na Clínica Leger, a tendência é que as pessoas passem mais tempo em casa e se exponham menos ao sol, o que torna o pós-operatório muito mais agradável. “A preocupação não está com a cirurgia em si, mas sim no pós-operatório. As cirurgias nos seios e abdômen, por exemplo, exigem o uso da cinta durante dias ou até mesmo meses, o que pode incomodar nos dias quentes de verão. Agora no inverno, recomendamos também, tratamentos como o laser de CO2 fracionado ou um peeling mais profundo, uma vez que o sol é inimigo da cicatrização e prejudica a recuperação da pele, podendo até piorar ou agravar o estado da cútis se exposta ao sol durante um tratamento. Costumamos dizer que o inverno é a nossa época de eleições para estes tipos de procedimentos estéticos”.

Pode dispensar o protetor solar no inverno
Mito.
O sol pode até não estar brilhando tão intensamente quanto durante os dias quentes de verão, mas isso não pode servir de desculpa para você abrir mão dos cuidados com a pele. Usar protetor solar diariamente, mesmo em dias nublados, continua sendo a recomendação dos especialistas. “O protetor solar, com fator de proteção 30, tem que ser aplicado em todas as estações do ano, com chuva ou sol. As radiciações UV estão presentes em qualquer momento do ano, até mesmo quando o tempo está nublado. Lembrando que o protetor solar tem uma duração de no máximo quatro horas, por isso é extremamente importante a sua reaplicação”, garante Ana Cecilia Corcini, médica especialista em estética da Clínica Leger. E não basta aplicar o produto no rosto. Todas as demais áreas expostas ao sol, como mãos, braços e colo, devem ser contempladas.

Pele ressecada é mais comum em baixas temperaturas
Verdade.
A queda na umidade relativa do ar aliada às alterações na temperatura comprometem a hidratação da pele nessa época do ano. É preciso um cuidado redobrado, pois é muito comum, além do ressecamento, rachaduras nos lábios e pés. O ideal é usar produtos para uma pele mais sensível e fragilizada, substituir o sabonete em barra pelo líquido, que já tem um hidratante na composição, além de aproveitar os três minutinhos após o banho, quando a pele ainda está úmida e vai absorver um pouco mais dos produtos tópicos, para passar um bom hidratante. Segundo Ana Cecilia Corcini, “no frio temos um hábito não muito saudável de aumentar a temperatura do chuveiro, com isso temos ressecamento da pele e maior produção de oleosidade no couro cabeludo, o que pode gerar até a queda capilar. Por isso é importante, investir em cremes a base de ureia e óleos e evitar o chuveiro muito quente ao lavar o cabelo”, reforça a médica.

Foto: Winzy Lee/Shuttestock

É a melhor estação do ano para tratamentos de varizes
Verdade.
“O inverno é a melhor época para tratar as varizes e os “vasinhos” (veias finas avermelhadas ou arroxeadas). Durante os meses de junho a setembro, as temperaturas são mais amenas e as pernas podem ficar mais protegidas do sol durante o tratamento. A maior vantagem em tratar as varizes no inverno é ficar com as pernas prontas para aproveitar o verão”, afirma Fernanda Federico, cirurgiã vascular da Clínica Leger. Além de melhorar a aparência estética, o tratamento das varizes proporciona melhora da saúde, bem estar e qualidade de vida. Às vezes, apenas os vasinhos são visíveis, mas é possível que haja microvarizes e varizes que também precisam ser tratadas. Antes de começar qualquer procedimento, ainda que para fins estéticos, é preciso fazer uma avaliação clínica vascular das pernas. “Menor exposição ao sol, roupas mais quentinhas e fechadas protegem as regiões tratadas e, assim, menor será a chance de surgir manchinhas na pele. Baixas temperaturas reduzem o inchaço e facilita o uso de meias elásticas”, conclui a médica.

Fonte: Clínica Leger