Arquivo da tag: ração

Doação de ração para ONG nos dias 30 e 31 garante um ingresso para peça

Parceria entre o grupo de comédia Loucos São Vocês e a ONG Apasfa vai dar um ingresso na faixa para cada 1kg de ração doado

O grupo de teatro Loucos São Vocês, que está em cartaz no Top Teatro, em São Paulo, com a peça de comédia homônima, busca democratizar ainda mais o acesso dos fãs de artes cênicas. Em uma parceria inédita com a Apasfa – Associação Protetora de Animais São Francisco, vai dar um ingresso para cada pessoa que doar ração à entidade.

Para garantir o benefício, basta doar 1 kg de ração diretamente na sede da ONG, localizada na Rua Santo Eliseu, 272 – Vila Maria – São Paulo, e ainda por cima visitar os animais que estão para adoção.

A peça, que conta a história de três amigos que fogem do manicômio buscando a normalidade, tem um carinho especial com os animais: em um momento específico da trama, quem entra em cena é Pitoco, um cachorrinho de rua que aparece para mostrar como pequenos encontros podem criar grandes momentos.

Pitoco.png

Loucos São Vocês fica em cartaz até o próximo fim de semana, 30 e 31 de março no Top Teatro.

Sobre a peça
Após muito tempo trancados em um manicômio, três amigos – Louco, Doido e Maluco – escapam do hospício para se aventurar na sociedade em busca do desconhecido. Tentando provar para si mesmos que são tão normais como os outros seres humanos, começam a se dar conta que, na realidade, tentar ser normal é a maior loucura de todas.

Sobre o grupo
Romulo Bózsa (Doido) é ator, palhaço hospitalar e comediante, e lidera o grupo junto com Lucas Stevanato (Louco), cuja bagagem teatral é a mais extensa, permitindo que sua estreia como diretor venha após diversos trabalhos de assistente ao longo de sua carreira de ator; e Nilson Novoa (Maluco), que assume protagonismo na peça. Além disso, a equipe conta com os atores Miza Carla, Rodrigo Cardoso, Angelo Pavan, Julia Feitosa e Fernando Lima. O grupo de comédia surgiu de discussões sobre o fato da linguagem do teatro muitas vezes não chegar na sociedade por não conversar diretamente com ela.

loucos.png

Loucos São Vocês
TOP Teatro: Rua Rui Barbosa, 201 – Bela Vista – São Paulo – SP
Data: 30 e 31 de março de 2019
Horário: sábado às 21h e domingo às 19h
Valor: R$ 40 inteira/ R$ 20 meia
Gênero: comédia
Recomendação: 18 anos
Duração: 80 minutos
Onde comprar: Alô Ingressos

Ficha técnica
Texto: Romulo Bózsa
Direção: Lucas Stevanato
Elenco: Romulo Bózsa, Lucas Stevanato, Nilson Novoa, Miza Carla, Rodrigo Cardoso, Angelo Pavan, Julia Feitosa, Fernando Lima e Pitoco
Produção e Divulgação: Erika Markutis

*a Animal Place é apoiadora do projeto e disponibilizou um veterinário para atestar que não há maus-tratos com os animais no espetáculo.

Atenção: a partir de abril, não postarei mais sobre animais/natureza/meio ambiente neste espaço, mas, sim, no blog criado apenas para esses temas: Se Meu Pet Falasse, clique no nome e irá para a página automaticamente. Por favor, se gosta de animais, siga-o. Obrigada.

Campanha da Univali troca tampinhas por ração para animais de rua

Iniciativa do Colégio de Aplicação do Campus Tijucas também recolhe latas, lacres e esponjas

Sabe aquelas tampinhas de plástico (de garrafas pet, produtos de higiene, remédios, sucos, leite e iogurtes) que teriam como destino o lixo? Elas podem trocadas por ração animal e beneficiar cães de rua. É isso que está acontecendo no Colégio de Aplicação do Campus da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), em Tijucas (SC).

crianças reciclagem.png

Apenas na última semana, na Unidade de Ensino, foram recolhidas e encaminhadas, ao Abrigo de Animas Tijucas, mais de 70 quilos de tampinhas. Depois a organização se encarrega de vender o material para empresas de reciclagem e, com o dinheiro arrecadado, comprar ração para os animais abandonados.

Jonas Cadorin, diretor do Colégio de Aplicação da Univali em Tijucas, explica que a arrecadação de tampinhas elimina parte da dificuldade logística de armazenar garrafas. Além disso, existe a relevância comercial, uma vez que a tampinha é feita de polipropileno, um plástico que tem muita utilidade no mercado:

“O ganho com a ação vai além do financeiro. Há uma forte integração gerada pelo projeto que gera, também, uma grande consciência socioambiental. Em casa as crianças ficam de olho para que os pais não coloquem as tampinhas no lixo e isso tem um efeito multiplicador incrível”, resume Jonas Cadorin.

Lacres de alumínio, latas e esponjas também são reciclados

As tampinhas de plástico não são alvo exclusivo das ações de reciclagem no Colégio de Aplicação da Univali em Tijucas. Na unidade educacional também são arrecadadas esponjas de cozinha usadas e lacres e latas de alumínio. Cada 140 garrafas pet de dois litros cheia de lacres podem ser trocadas por uma cadeira de rodas.

latas.png

As latas também não deixam de ser aproveitadas. Elas são recolhidas, amassadas, vendidas e, nesse caso, o recurso é utilizado, inclusive, para a manutenção de outras campanhas de conscientização sobre reciclagem no Campus.

Já o recolhimento das esponjas de cozinha faz parte de uma campanha institucional da Univali que integra Programa Nacional de Reciclagem de Esponjas Scotch-Brite. A iniciativa proporciona destino adequado às esponjas descartadas. Para cada esponja arrecadada pelo Programa, R$0,02 são doados para o Hospital Infantil Pequeno Anjo, de Itajaí.

Para realizar a doação, basta entregar a esponja usada em um dos diversos pontos de coletas distribuídos pelos campi da Univali. É importante, no entanto, para evitar a proliferação de insetos e mau cheiro, que a esponja esteja limpa e seca antes de ser depositada nos coletores.

Todos os tipos de esponjas de uso doméstico são aceitos, independentemente da marca, cor ou tamanho. Após o envio para reciclagem, elas são reintroduzidas na cadeia produtiva como matéria prima e podem virar baldes, lixeiras, pás de lixo e outros materiais.

Fonte: Univali

 

Padaria Pet lança ração 100% natural

A Padaria Pet, uma rede de lojas e fabricante de petiscos humanizados como bolos de aniversário, pipoca, sorvetes, gelatinas, bombons e muitas outras guloseimas para cães, gatos, passarinhos e hamsters, desenvolveu uma ração para cachorros com ingredientes inovadores e diferenciados. Sem medir esforços para trazer benefícios na saúde do pet e uma vida mais longeva, a empresa decidiu, junto com especialistas em nutrição animal, lançar no Brasil um conceito de ração com qualidade que já está crescendo em outros países como EUA e Europa.

A ração possui beterraba, arroz, levedura de cerveja, batata doce, gema do ovo, linhaça, algas e muitas vitaminas, fibras e minerais. A ração é 100% natural e a primeira com ervas de chá, como hortelã e alecrim. Sem transgênicos, sem conservantes artificiais e sem corantes, este alimento completo possui muitos outros ingredientes funcionais como a glucosamina para articulações, a l-carnitina para a obesidade, a zeólita para o odor das fezes, o óleo de peixe para a pelagem e o hexametafosfato de sódio para o tártaro.

Com 28% de proteína, a ração superpremium possui ingredientes com maior valor nutricional e energético, o que gera menos volume de fezes.

De acordo com Rodrigo Chen, um dos fundadores da Padaria Pet, a nova ração surgiu a partir da constatação que nos últimos anos, as pessoas têm mudado os seus hábitos de alimentação em busca de ingredientes mais saudáveis, sem conservantes artificiais e sem corantes. “Esta mesma tendência pode ser vista também no mercado pet, onde hoje, mais de 60% das pessoas consideram o seu animal de estimação como membro da família (segundo pesquisa com internautas realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL))”, explica.

“Devemos lembrar que os pets têm necessidades fisiológicas diferentes dos humanos e por isso, não é aconselhável darmos a nossa mesma comida aos pets. Além de não ser completa com os nutrientes necessários, o pet também poderá estar comendo alimentos que fazem muito mal para eles”, observa Rodrigo Chen. Convém destacar que os cachorros não podem comer feijão, cebola, uva, chocolate e muitos alimentos que são normais para os humanos.

Foto ração.jpg

O produto será oferecido em embalagens de 1 quilo, por um preço a partir de R$ 17,40.

Sobre a Padaria Pet

Idealizada pelos irmãos Rodrigo e Ricardo Chen em 2011, após uma viagem aos Estados Unidos, eles perceberam um mercado promissor em ascensão mas carente desta experiência. Eles também notaram que, assim como os americanos, os brasileiros passaram a humanizar mais os seus animais, tornando-os membros da família. Assim, o conceito da Padaria Pet seria muito receptivo no Brasil.

Por isso em 2015 os irmãos Chen inauguraram a primeira loja em Pinheiros, São Paulo. Posteriormente, em meados de 2016, inaugurou-se uma loja conceito na Rua Oscar Freire. Depois, a expansão foi rápida e a empresa conta com franquias já em Belo Horizonte (MG), em Vila Velha (ES) e nos bairros Chácara Klabin e Brooklin, em São Paulo.

Esta expansão se deve à meta da empresa em atingir 15 unidades até 2019, por isso, eles oferecem uma taxa de franquia flexível de acordo com o modelo de negócio, variando os valores de R$ 15 mil a R$ 30 mil e, dependendo do modelo de franquia, o investimento médio inicial pode variar entre R$ 50 mil a 250 mil.

Informações: Padaria Pet

Curiosidade: você sabe como é produzido o alimento do seu pet?

Conheça as curiosidades do processo de fabricação do alimento do seu melhor amigo

Quando seu melhor amigo sai correndo feliz em direção ao potinho de ração que acaba de ser servido, muitas vezes o tutor não faz ideia do que está por trás daquele alimento, especialmente quando o assunto é processo de fabricação.

A Royal Canin, uma das maiores fabricantes do mundo de alimentos de alta qualidade e segurança alimentar para gatos e cães, mostra algumas etapas fundamentais e outras até curiosas sobre a produção das rações para gatos e cães.

Formulação

Na Royal Canin, os produtos são formulados com base na precisão nutricional, e é na sede da empresa, no interior da França que isso ocorre. Especialistas em nutrição trabalham com base nas necessidades de cada animal sempre associados à evidências científicas atualizadas.

Seleção da matéria-prima: toda a matéria-prima que chega à fábrica da Royal Canin, em Descalvado, vem de um fornecedor rigorosamente selecionado e que deve atender a todos os padrões de excelência em segurança e qualidade.

Ao chegar na fábrica, a matéria-prima permanece dentro do caminhão, em uma área externa, para uma averiguação inicial. Lá são coletadas amostras por meio de uma sonda de lugares e profundidades diferentes do caminhão para que sejam analisadas imediatamente em laboratório. Se houver qualquer tipo de irregularidade no conteúdo o caminhão retorna imediatamente e não chega se quer próximo a área de descarregamento.

Processo Produtivo (1).png

Ao ser aprovada, a matéria-prima vai para o interior da fábrica sem qualquer contato humano, evitando, assim, contaminação. O processo de descarregamento é feito por meio da inclinação do caminhão, que despeja o conteúdo em uma espécie de “funil gigante”, para que seja armazenado em reservatórios (silos) de onde serão utilizadas as quantidades necessárias para a fabricação de cada tipo de alimento.

Processo Produtivo (2).png

Ingredientes, muitos ingredientes: para produzir um alimento completo e balanceado, é necessário utilizar diversas fontes de nutrientes, garantindo que o pet receba as proteínas, gorduras, carboidratos, fibras, vitaminas e minerais necessários para contribuir para a saúde e longevidade.

Receita tecnológica

A formulação correta de cada tipo de alimento é garantida por meio do acompanhamento de sistemas de computadores presentes no interior da fábrica. São neles que os especialistas inserem a “receita” para aquele determinado produto. A partir dali as máquinas pesam, misturam e trituram as matérias-primas que, em seguida, serão cozidas em alta pressão e temperatura, por meio de um processo chamado extrusão.

Processo Produtivo (3)

O alimento ganhando forma: para isso, ao final da extrusão, a massa do alimento é empurrada através de uma placa e cortada por lâminas, moldando o formato final e tamanho de cada croquete ou tipo de alimento, sempre mantendo as características ideais e o padrão de qualidade global exigidos pela marca.

raçao.png

Secagem: após o alimento ganhar sua forma final, é preciso realizar a secagem em outra máquina para que ele possa ficar com a umidade ideal.

Recobrimento e engorduramento: o objetivo desta fase de processamento é aumentar a palatabilidade do produto, tornando mais atraente para o pet, além de nutritivo. Vale lembrar que a gordura aqui não tem conotação negativa, ela faz parte dos nutrientes que o cão e o gato precisam ao longo do dia, sendo incluída de forma precisa, mantendo a qualidade e colaborando para a saúde do seu melhor amigo.

Embalagem: a embalagem tem a função de preservar e proteger o alimento, sendo todo o processo de empacotamento automatizado. As máquinas, previamente programadas, acomodam e pesam os pacotes antes de liberá-los para o corte e armazenamento.

Processo Produtivo (4)

Nitrogênio no lugar de oxigênio: para alguns tipos de embalagens, no momento de fechamento, a máquina retira parte do oxigênio presente no pacote e injeta uma quantidade de nitrogênio. Esse processo contribui para a conservação do alimento, limitando a oxidação e mantendo a sua qualidade por mais tempo.

Processo Produtivo (5)

Armazenamento para o centro de distribuição: as embalagens de alimentos são, enfim, acomodadas em paletes e transferidos para os caminhões que as levarão até os centros de distribuição e, finalmente, para os pontos de venda em que são adquiridos por você para o seu melhor amigo!

Fonte: Royal Canin

Dicas e receita de sorvete de ração para refrescar os pets

No calor, é importante ter cuidados para evitar a desidratação, hipertermia, queimaduras nas patinhas e infestação de pulgas e carrapatos

Os cuidados com a hidratação de cães e gatos devem ser redobrados. Durante o verão, aumentam em 30% os casos de hipertermia, quando a temperatura do corpo do pet sobe muito, com risco de elevar a pressão e causar parada cardíaca. “Como não transpiram, os bichinhos trocam calor pela boca e têm maior dificuldade para manter a temperatura corporal”, afirma a veterinária Karina Mussolino, gerente técnica de clínicas da Petz e do Centro Veterinário Seres.

Por isso, tudo que amenize os efeitos do calor é importante. Uma dica da veterinária para deixar os pets mais confortáveis é fazer o sorvete de ração ou colocar para gelar os snacks e petiscos e oferecer nos períodos mais quentes do dia.

Receita

Para preparar o sorvete, coloque uma porção de ração seca ou úmida nas forminhas de gelo, junto com um pouco de água, e leve ao freezer. Pode também bater no liquidificador com água. Mas é preciso bom senso na hora de oferecer ao pet. O ideal é servir um cubinho por dia, como petisco ou durante a refeição. Confira abaixo como melhorar o bem-estar dos bichinhos com a alta da temperatura.

Dez dicas para proteger os pets do calor:

1 – Sorvete de ração

sorvetecachorropetmothernaturenetwork
Foto: Richard W. Rodriguez/AP Images for PetSmart, Inc

Mantenha a alimentação normal com ração balanceada que tem todos nutrientes que o pet precisa. Mas deixe o pote sempre à sombra e retire as sobras para evitar deterioração. Para amenizar o calor, ofereça também o sorvete de ração.

2 – Água fresca

gato bebendo agua fonte Icon Home Design
Foto: Icon Home Design

Troque com frequência a água da vasilha, para que esteja sempre fresca e disponível, e estimule o pet a beber mais vezes ao dia. Nos passeios, leve o cantil ou use os bebedouros de parques e lojas mais vezes.

3 – Passeios

mulher cachorro passeio caminhada
Os melhores horários são iguais aos usados para passear com um bebê, entre 6 e 10 horas, e após as 17. De preferência, longe do asfalto quente, que pode causar queimaduras sérias nos coxins, as “almofadinhas” das patinhas dos pets. Ao notar que o bichinho está ofegante, é importante parar num local fresco, oferecer água, borrifar um pouco dela pelo corpo do cão.

4 – No carro

gato-caixa-transporte
Mantenha a ventilação do carro e, em caso de viagens longas, faça paradas para o pet se refrescar. Com apenas 10% de perda de fluidos corporais, eles já podem desidratar. Os sintomas são perda de elasticidade da pele, letargia, perda de apetite, olhos fundos, focinho, boca e gengiva secos.

5 – Filtro solar

protetor solar cachorro drs foster and smith
Foto: DrsFosterandSmith

Use filtro solar específico para pets no focinho, extremidades das orelhas e barriga para evitar câncer de pele. Os mais afetados são os de pelagem e pele mais claras, como o pit bull branco, maltês, whippet, staffordshire terrier americano e boxer branco.

6 – Atividades

cachorro na piscina pinterest
Pinterest

Sempre em horários de calor mais ameno, como no começo da manhã ou no final da tarde. Caso o pet goste de nadar, como o labrador e o golden, é preciso ter cuidado com os ouvidos e com o pelo, secando bem e retirando todo o resíduo de cloro ou de água salgada, para evitar inflamações e micose.

7 – Sombra

gatinha dormindo no jardim
Para os pets que ficam em quintal ou varanda, manter um local fresco, para que possam se proteger do calor e das chuvas de verão. O ideal é que tenham opções de sombra para se abrigar, além de um piso frio para deitar esparramado, ajudar a baixar a temperatura e facilitar as trocas de calor.

8 – Pulgas e carrapatos

cachorro antipulga
A hipersensibilidade à picada de insetos é a causa mais comum das alergias em cães. Por isso, intensifique os cuidados contra picadas de insetos, pulgas e carrapatos, pois as temperaturas altas formam um ambiente ideal para a proliferação deles. Peça orientação ao veterinário para utilizar os produtos mais apropriados para o seu pet.

9 – Doença da praia

cachorro-praia-alvimann
Foto: Alvimann/Morguefile

Para aqueles que vão ao litoral ou que moram em cidades que têm praia, é preciso prevenir contra a dirofilariose. Ao picar, o mosquito transmite parasita que se aloja no coração de cães e gatos, provocando lesões e até insuficiência cardíaca. Procure o veterinário para indicação de vacina ou uso de vermífugo para prevenção.

10 – Vacinação em dia

vacina gatos
Carteira de vacinação deve estar em dia, pois há mais contato entre os pets, eles saem mais para passear, além da temporada de chuvas, que pode trazer risco de leptospirose.

Fonte: Petz

Alimentação úmida pode ser uma alternativa para nutrir e refrescar pets no verão

No primeiro mês do ano, as altas temperaturas têm chamado a atenção. E não são só as pessoas que sofrem com o calor. Assim como nós, os animais também sentem a mudança de temperatura do verão.

Uma das principais consequências é uma maior predisposição a perda de líquidos e, por isso, é necessário reforçar a oferta de líquidos para mantê-los hidratados. Mas aumentar o consumo de água de um pet nem sempre é uma tarefa fácil.

Uma opção para complementar os potinhos de água fresca espalhados pela casa é oferecer a alimentação úmida, encontrada nas versões lata ou sachê. O ideal é procurar por uma opção completa e balanceada, para garantir todos os nutrientes que o seu pet precisa.

“Os alimentos do tipo úmido têm em sua composição entre 60% a 90% de água, contribuindo não somente com a ingestão hídrica, mas também com a manutenção da saúde do trato urinário dos gatos e cães. Outra vantagem é que é altamente digestível e palatável”, afirma Natália Lopes, Coordenadora de Comunicação Científica da Royal Canin.

O alimento úmido completo e balanceado pode ser oferecido sozinho ou em combinação com o alimento seco – a quantidade ideal está indicada na embalagem ou pode ser consultada com o médico-veterinário.

cachorro racao

Confira os principais benefícios da alimentação úmida:

· Baixa caloria: uma maior porção com menos calorias auxilia na manutenção do peso. Isso ocorre devido a diluição calórica pelo alto teor de água.
· Saciedade: apetite saciado devido ao volume maior da porção, que favorece a repleção do estômago, ativando os receptores que sinalizarão ao sistema nervoso central os sinais de saciedade.
· Alta palatabilidade: aroma mais evidente e atrativo, associado a uma textura diferente do alimento seco.

Como oferecer ao seu pet:

Exclusivamente: é possível nutrir seu pet somente com a versão úmida. Porém, a quantidade correta do alimento precisa ser seguida de acordo com as recomendações da embalagem, que deve indicar também ser um alimento completo e balanceado.

Mix com alimento seco: a alimentação úmida também pode ser fornecida para o seu animal de estimação em conjunto com a ração seca. As quantidades também precisam ser adaptadas conforme orientadas na embalagem.

gato-comendo-comida-umida-vetstreet

É importante saber que, se o seu pet nunca teve contato com um alimento úmido, essa inserção deve ser feita de maneira gradativa, inicialmente misturando a ração seca até que ele esteja totalmente confortável com a mudança. E, após fornecido no comedouro, deve ficar disponível por um período de uma a duas horas, e então descartado, para evitar alterações das características do alimento. A Royal Canin possui opções de alimentação úmida para cães e gatos completa e balanceada.

Informações: Royal Canin

Você sabe como alimentar seu gato corretamente?

Veterinária da Hill’s Pet Nutrition, Brana Bonder, dá dicas para fazer o manejo certo da alimentação dos felinos

Quando se passa a ter um animal de estimação em casa, logo no primeiro momento o tutor prioriza a compra de brinquedos, da casinha e de um alimento que atenda as necessidades de saúde do pet. Porém, muitas vezes acabam esquecendo de questionar sobre a quantidade correta da alimentação para cada espécie.

Os gatos, por exemplo, são os que mais sofrem com essa conduta. “É muito comum os tutores não controlarem a quantidade oferecida de alimento ao gato. Por mais que o animal consuma pequenas quantidades ao longo do dia, é importante mensurar o volume fornecido para prevenir a obesidade e monitorar a ingestão alimentar. Outro erro comum é deixar a caixa de areia na mesma área na qual se encontram as tigelas de água e comida. Isso pode interferir no consumo alimentar do gato ou o animal pode até mesmo evitar de urinar no local, o que aumenta a chance de desenvolver doenças do trato urinário”, explica Brana Bonder, médica-veterinária da Hill’s Pet Nutrition.

gato comendo

O jeito certo

Para garantir que o felino seja alimentado de uma forma correta, o indicado é oferecer o alimento específico para fase de vida em pequenas porções com quantidades mensuradas várias vezes ao dia.

“Este manejo imita o comportamento natural de caça”, acrescenta a veterinária. A médica reforça que em cada fase de vida o animal possui diferentes necessidades nutricionais. “O gato filhote, por exemplo, precisa de um alimento que tenha maior teor de proteína e gordura, se comparado ao gato adulto. Essas particularidades devem ser respeitadas”.

Outro ponto que não deve ser esquecido é ofertar o alimento em tigelas/pratos rasos para que os bigodes não toquem as laterais. Além disso, não esqueça de fornecer água limpa e fresca. “Em casas multigatos, o ideal é que cada pet tenha sua própria “estação” de água e alimento em local calmo”, explica.

Levando em consideração esse cenário, a Hill’s Pet Nutrition preza por equilíbrio nutricional em todas as fases de vida do gato. “Nossos alimentos têm complexo de antioxidantes com benefícios comprovados, ingredientes de alta qualidade e fácil digestão, que contribuem para a condição corporal ideal, manutenção da saúde da pele e pelagem brilhante”, finaliza.

gato comendo pixabay

Por isso, não se esqueça de sempre conversar com o médico-veterinário para fazer o manejo alimentar correto para seu felino.

Fonte: Hill’s Pet Nutrition

Shopping Palladium, de Curitiba (PR), aposta em legado social para este Natal

Ação inédita e interativa irá conscientizar crianças e adultos sobre cuidados com os animais

Lúdico, aspiracional e pioneiro, o Natal do Shopping Palladium de Curitiba inova mais uma vez trazendo mensagens e valores que vão muito além da beleza das decorações natalinas. Com tecnologia e experiência vivencial, a proposta do gigante do varejo da capital foi desenvolver uma campanha chamada Pet Noel, que além de apresentar uma imponente decoração engajada ao contexto “traga seus filhos e seu pet para ver o Papai Noel”, construiu um grande celeiro que reúne os amigos do bom velhinho, que juntos encantarão crianças e adultos.

No circuito da atração “Pets do Noel”, as crianças irão conhecer a gata Maya, o cachorro Max, a coelha Juju e o porquinho, Nicolau, participando de uma animada atividade criada especialmente para o Palladium pela Spirit Animation Studios, produtora brasileira que já realizou filmes para a Disney.

“Trouxemos uma experiência vivencial para os pequenos, que além de emocionar, traz mensagens e valores diferenciados. Temos este tipo de preocupação em todas as nossas ações, porque temos ciência da nossa importância em contribuir com um mundo cada vez melhor e com pessoas melhores” – explica a gerente de Marketing do Shopping, Maria Aparecida de Oliveira.

Natal Shopping Palladium-01

Os pequenos saem da atração levando para casa um pet de pelúcia escolhido e customizado, além da principal mensagem “escrita pelo próprio Papai Noel”: sobre a importância dos cuidados com animais de estimação reais e a informação que uma pelúcia como a dela será doada a instituições sociais. Ao todo, serão doados 5.000 pelúcias de pets, entregues por meio da Cruz Vermelha, para crianças carentes de Curitiba e região metropolitana.

Junto com o pet de pelúcia, os participantes também recebem pacotes de amostras de ração, que podem ser levados para casa, quando a criança tiver um pet, ou contribuir com outra doação. A ração, da empresa parceira Hills’, deixada no Shopping para doação será entregue para a ONG Refúgio Pet. A parceria com a Hill´s também permitiu que o Shopping ampliasse a ação, estendendo apoio para que a mesma ONG receba ração ou cuidados com vacinação durante todo o ano de 2019.

Natal Shopping Palladium-02Natal Shopping Palladium-03

A atração Pets do Noel funciona até o dia 31 de dezembro, ou enquanto durarem os estoque, entre segundas e sextas-feiras, das 11h às 22h30, aos sábados das 10h15 às 21h30 e aos domingos das 11h15 às 21h30. Dirigida a todas as idades, a atração tem custo de R$ 30,00 por participante.

Trono do Papai Noel

Natal Shopping Palladium-04.JPG

O Papai Noel saiu mais cedo do Polo Norte neste ano e também já está no Palladium. Com trono instalado na Praça Renner, o Papai Noel vai atender crianças de todas as idades até o dia 24 de dezembro. As visitas ocorrem diariamente, em horário especial (entre segundas e sextas-feiras, das 11h às 23h; aos sábados, das 10h às 22h e, aos domingos, entre 11h e 22h horas. No dia 24 de dezembro o horário é das 10h às 18h). É possível tirar fotos com o próprio celular ou adquirir as fotos oficiais (R$ 15 e cópias R$ 8).

O trono do bom velhinho fica em uma vila encantada, que também tem outras atrações gratuitas para visitação e interação do público. Na sala com fantasias, por exemplo, é possível tirar fotos no camarim e compartilhar nas redes sociais, já no trono do Pet Noel é especial para fotos com os visitantes que estiverem acompanhados de seus animais de estimação.

Atração de Natal

Pet Noel
Data: até 31/12
Horário de funcionamento:
– De segunda-feira a sexta-feira: das 11h às 22h30.
– Sábado: das 10h às 21h30.
– Domingo e feriado: das 11h00 às 21h30
Local: Praça de Eventos, piso L1, em frente às Lojas Americanas
Produção de Pets customizada: R$ 30,00 por pessoa

Trono do Papai Noel
Data: até 24/12
Horário de funcionamento:
Segunda a sexta-feira, das 11h às 23h (com intervalos das 14h às 14h30 e das 20h às 20h30)
Sábado das 10h às 22h (com intervalos das 13h às 13h30 e das 19h30 às 20h)
Domingo das 11h às 20h (com intervalos das 13h30 às 14h e das 19h30 às 20h)
24/12 das 10h às 18h (com intervalos das 14h às 14h10)
Local: Praça de Eventos em frente às Lojas Renner
Fotos: R$ 15 e cópias R$ 8 (Dinheiro ou Débito)

Informações: Shopping Palladium Curitiba

Curitiba: WhataFuck troca hambúrguer e chope por ração de cachorro

No evento solidário, os curitibanos poderão trocar 1kg de ração por um hambúrguer ou um chope e ainda contribuir com a causa

Neste domingo, dia 11 de novembro, vai rolar a segunda edição da Feira de Adoção WhataFuck, na hamburgueria WhataFuck localizada no Shopping Hauer. O evento, que será realizado das 12 às 17 horas, terá uma promoção bem especial: 1kg de ração de cachorro poderá ser trocado por um hambúrguer ou um chope. Cada pessoa poderá trocar até 3kg de ração e as doações serão destinadas para o Projeto Ajudei, uma organização que procura proporcionar uma vida digna aos animais por meio de resgate de maus tratos e realocação com novas famílias.

carne

A rede WhataFuck se engajou na causa dos cachorros abandonados e vai fazer uma ação para que todos possam expressar seu amor pelos pets, e também possam sair de lá com um bichinho para chamar de seu. Por meio do Projeto Ajudei, dezenas de cachorros estarão disponíveis para adoção durante o evento. Na primeira edição da Feira de Adoção WhataFuck, realizada no ano passado, oito cãezinhos ganharam um novo lar e foram doados mais de 700 kg de ração.

guilherme_daniel WhataFuck
Os sócios da Eede WhataFuck, Guilherme Requião e Daniel Mocellin

“Não existe nada mais democrático do que a rua. Há mais de três anos atuando neste espaço tão popular, aprendemos que precisamos sempre inovar para atender a demanda do nosso público. Dessa vez vamos focar no público pet, em tirar os cachorros das ruas e dar um lar e vida digna para eles. Muitos clientes nossos têm pets e são engajados com a causa, que faz parte da nossa agenda desde o ano passado. Na segunda edição da nossa feira de adoção, vamos tentar chamar mais gente para fazer parte do movimento doando ração e adotar os cachorros que precisam de um lar” explica Daniel Mocellin, sócio fundador da rede WhataFuck.

Feira de Adoção

Feira de Adoção WhataFuck
Data: domingo, dia 11 de novembro
Local: loja WhataFuck no Shopping Hauer
Endereço: Rua Coronel Dulcídio Nº 775 – Curitiba
Horário: das 12h às 17h

 

Hábito dos gatos de deixar ração na beira dos potes está relacionado aos bigodes

Ao todo, são 12 pelos principais de cada lado do focinho, com raízes profundas e uma série de terminações nervosas

Um dos comportamentos dos gatos que, provavelmente, já chamou a sua atenção é o hábito de deixar ração na beira do pote. Embora os gatos sejam conhecidos por ter uma personalidade própria, este comportamento vai muito além de uma simples escolha e tem relação com a sensibilidade do bigode.

Curiosidade sobre os bigodes do felino

Os bigodes do felino dão um charme todo especial, mas a sua função vai muito além da aparência. Segundo o veterinário da Max Cat, Marcello Machado, eles são pelos sensoriais de orientação e possuem alta sensibilidade, podendo captar movimentos pela vibração do ar. Ao todo, são 12 pelos principais de cada lado do focinho, com raízes profundas e uma série de terminações nervosas.

“A capacidade de captar movimentos por ondas sonoras é o que permite que os felinos se movimentem com precisão e é devido à sensibilidade dessa área que os gatos deixam toda a ração que fica na beira do pote”, explica Machado. Afinal, eles evitam qualquer situação que possa mexer com os bigodes. Não é nada agradável ficar amassando-os nas laterais do pote para pegar os grãos de ração que ficam ali.

Quando o gato deixa de se alimentar

gato pote comida.png

Entender essa curiosidade sobre gatos é importante não apenas para conhecer melhor seu companheiro, mas também saber até que ponto esse comportamento é normal e quando se torna prejudicial ao animal.

Essa questão se torna um problema quando o gato começa a ter dificuldades para se alimentar ou até mesmo não comer. “Muitas vezes o animal fica irritado e o momento da refeição vira sinônimo de estresse. Para tentar resolver o problema, você pode trocar o pote de ração, buscando um que facilite o acesso ao alimento”, orienta o veterinário.

Se mesmo depois de trocar o pote e oferecer uma ração atrativa ao gatinho, como a Max Cat, ele continuar apresentando dificuldades para comer, procure um veterinário para ter orientações mais detalhadas sobre o seu bichinho.

Eu tenho um gatinho frajola, Sting, que tem os bigodes bem longos, e notei que ela simplesmente joga a ração para fora do pratinho. Preciso trocar urgente de pote para que ele se sinta mais confortável na hora de comer.

Fonte: Total Alimentos