Arquivo da tag: receitas

Celebre o Dia Mundial do Whisky com Jim Beam

Aproveite a data para preparar diferentes drinques com o Bourbon número 1 do mundo

Para comemorar o Dia Mundial do Whisky, celebrado sempre no terceiro sábado do mês de maio, Jim Beam, bourbon número 1 em vendas no mundo, ensina a preparar drinques clássicos para aproveitar a data.

Com cinco rótulos disponíveis no mercado brasileiro – Jim Beam, Jim Beam Black, Jim Beam Honey, Jim Beam Fire e Jim Beam Rye – cada um apresenta peculiaridades, aromas e sabores distintos, que traduzem o espírito da marca, da tradição de uma família que está há sete gerações no comando da destilaria, no Kentucky, EUA.

O que define um bom whisky não é a sua idade. A maturidade e o material do barril em que é destilado são mais importantes, ou seja, o processo de fabricação se sobressai ao tempo. Para ser considerado bourbon, o líquido precisa ser produzido nos Estados Unidos, conter no mínimo 51% de milho, ser envelhecido em barril de carvalho virgem, e envasado sem interferências.

Confira as receitas preparadas com a série completa de Jim Beam e aprecie com moderação.

Jim Beam Highball

Ingredientes:
50 ml de Jim Beam
150 ml de água tônica
1 fatia de limão siciliano
Modo de preparo:
Em um copo alto de Highball coloque Jim Beam, uma fatia de limão sciliano e complete com tônica e gelo.

Jim Beam Honey & Lemonade

Ingredientes:
15 ml de Jim Beam Honey
60 ml de suco de limão siciliano
¼ de limão siciliano
Club Soda
Modo de preparo:
Em um copo alto de highball, coloque os quatros ingredientes e mexa.

Jim Beam Rye Perfect Manhattan

Ingredientes:
60 ml de Jim Beam Rye
15 ml de vermute tinto
10 ml de vermute seco
2 dashs de Angostura
coin de laranja (isso é uma tampinha da casca da laranja)
Parafernália para misturar (mixing glass, bailarina etc.)
Modo de preparo:
juntar os ingredientes no mixing glass. Acrescentar gelo e mexer .
passar o líquido sem o gelo para uma taça previamente gelada.
aromatizar com um coin de laranja Bahia e servir junto com o coquetel

Old Fashioned

Ingredientes:
45 ml de Jim Beam Black
2 gotas de bitter Angostura
1 cubo de açúcar (ou 10 ml de xarope simples)
Lances de água mineral
1 fatia de laranja ou cereja fresca
Modo de preparo:
Ponha o cubo de açúcar em um copo baixo e hidrate com o bitter e a gotas de água. Macere. Encha o copo com gelo e coloque o uísque. Misture levemente. Finalize com uma fatia de laranja, um twist de casca de laranja ou com uma cereja.

Great Beam on Fire

Ingredientes:
45 ml de Ginger Ale
15 ml de Jim Beam Fire
¼ de limão
Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes em copo de Highball com gelo, enfeite com uma rodela de limão

Receitas Gomes da Costa para o fim de semana

Almoço de domingo é uma delícia, não é mesmo? Então nada melhor do que se preparar com algumas dicas. Para te ajudar a Gomes da Costa separou três receitinhas especiais que vão entrar para história. Dá só uma olhada nesses pratos maravilhosos, saudáveis e que cabem no seu bolso. Bom apetite.

Torta de Batata com Atum e Sardinha

Ingredientes:
• 4 batatas médias (cerca de 750g)
• Sal a gosto
• 1 lata de Atum Sólido ao Natural Gomes da Costa (170g)
• 1 lata de Atum Ralado ao Molho de Tomate Picante Gomes da Costa (170g)
• 1 lata de Sardinha com Molho de Tomate Gomes da Costa (125g)
• 3 colheres (sopa) de requeijão (60g)
• 3 claras batidas em neve

Modo de Preparo:
Cozinhe as batatas em água fervente temperada com sal a gosto. Escorra e passe pelo espremedor ou amassa bem com um garfo. Em uma tigela junte o Atum Sólido Gomes da Costa escorrido, o Atum Ralado ao Molho de Tomate Gomes da Costa e a Sardinha em Molho de Tomate Gomes da Costa. Misture e reserve.

Montagem:
Num refratário médio, distribua a batata amassada. Por cima distribua a mistura de peixes. Espalhe o requeijão em colheradas e finalize com as claras batidas em neve temperadas com sal. Leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 25 minutos ou até a superfície gratinar.

Berinjela à Villalva

Ingredientes:

Molho:
• 1kg de tomate maduro e firme
• 1 cebola grande picada (100g)
• 3 dentes de alho amassados (6g)
• Sal e pimenta do reino a gosto
• 1 pitada de açúcar

Berinjela:
• 3 berinjelas grandes (1kg)
• 2 latas de Atum Sólido em Óleo Gomes da Costa (340g)
• 1 ovo cozido picado (60g)
• 1 e meia xícara (chá) de queijo parmesão ralado grosso (135g)
• 1 xícara (chá) de azeitona preta picada (150g)
• 1 cebola pequena picada (60g)
• 2 colheres (sopa) de cheiro verde picado (20g)
• 2 a 3 colheres (sopa) de farinha de rosca (cerca de 20g)

Modo de Preparo:

Molho:
Lave bem os tomates e faça uma cruz em uma das extremidades de cada tomate. Coloque-os em água fervente abundante até a pele do tomate começar a levantar. Escorra e retire a pele. Pique os tomates. Coloque numa panela grande o óleo de 1 lata do Atum Gomes da Costa e refogue ai a cebola e o alho até dourarem. Acrescente os tomates e refogue. Adicione o sal, a pimenta e o açúcar. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo até o molho ficar ligeiramente encorpado e os tomates desmanchados.

Berinjela:
Lave as berinjelas e corte a tampinha. Reserve a tampinha. Com uma faca ou colher comprida, retire a polpa com cuidado para não perfurar a casca da berinjela. Reserve as cascas. Pique a polpa das berinjelas e coloque numa tigela. Acrescente o Atum Gomes da Costa, o óleo de 1 lata de Atum, o ovo, o queijo, a azeitona, a cebola e o cheiro verde. Misture bem. Acrescente a farinha de rosca aos poucos, até unir o recheio. Se necessário tempere com sal. Com o auxílio de uma colher de chá coloque o recheio dentro das cascas de berinjela (use o cabo de uma colher de pau para empurrar o recheio, deixando a berinjela bem recheada e o recheio compacto). Tampe cada berinjela com o auxílio de palitos. Reserve. Coloque as berinjelas no molho de tomate, tampe a panela e leve novamente ao fogo brando por cerca de 30 minutos ou até que as berinjelas cozinhem. Se necessário acrescente água aos poucos. Durante o cozimento, vire as berinjelas para que tenham um cozimento uniforme. Sirva a berinjela cortada em fatias grossas (cerca de 3cm) regadas com o molho.

Espaguete com Tomate Cereja e Atum

Ingredientes:
• 1 colher (sopa) de margarina
• 2 colheres (sopa) de cebolinha verde picada
• 1 dente de alho amassado
• 250g de tomate cereja, maduro e firme cortado ao meio
• 1 colher (sopa) de vinagre de vinho tinto
• Sal e pimenta do reino a gosto
• 100g de espaguete
• 1 lata de Atum Claro em Azeite de Oliva Gomes da Costa (170g)
• Meia xícara (chá) de folhas de salsa
• 2 colheres (sopa) de castanha de caju torrada, picada grosseiramente

Modo de Preparo:
Em uma frigideira grande, aqueça a margarina. Junte a cebolinha e o alho. Frite por cerca de 1 minuto em fogo brando. Acrescente os tomates, o vinagre e tempere com sal e pimenta. Cozinhe mexendo de vez em quando até os tomates começarem a murchar. Reserve.
• Cozinhe o espaguete conforme recomendação da embalagem. Escorra. Volte à frigideira reservada ao fogo e junte o macarrão. Acrescente o Atum Gomes da Costa com seu óleo e a salsa. Misture bem. Despeje a preparação numa travessa e salpique a castanha pela superfície. Sirva a seguir.

Dica de chefe: os tomates devem ser maduros, portanto menos ácidos.

Variação: substitua o vinagre por 2 colheres (sopa) de vinho branco ou tinto seco.

Fonte: Gomes da Costa

Como aproveitar todas as mil e uma possibilidades do arroz; confira receitas

Alimento mais consumido no mundo, o grão possui uma enorme variedade de tipos e pode abrir um leque de oportunidades para variar a alimentação do dia a dia; confira dicas dos especialistas da Camil

Ele é utilizado para desejar felicidade aos noivos e consumido em todo o mundo, mas é mais conhecido mesmo por estar presente no dia a dia do brasileiro: na mais famosa dupla com o feijão, o arroz faz parte da cultura do país, e é um alimento muito nutritivo.

O arroz branco do tipo agulhinha é o mais consumido no Brasil, mas poucos conhecem todas as outras variedades deste grão: dentre os milhares de tipos, podemos encontrar desde o integral até os mais especiais, como arroz preto, o vermelho e o selvagem, além da combinação em um mix com outros grãos, como o 7 grãos integrais.

Mas como aproveitar todas essas possibilidades para variar também o cardápio do dia a dia? A Camil procura incentivar e valorizar o cozinhar em casa por meio da campanha “Comida de Casa é Camil” e traz dicas práticas para aproveitar tudo o que esse alimento muito versátil tem a nos oferecer. Confira abaixo:

• O arroz é um grão extremamente versátil, é possível fazer muitas receitas tendo este alimento como ingrediente principal, como: salada de arroz, arroz de forno, arroz-doce etc;
• Complementar o arroz com alguns ingredientes ajuda a trazer novos sabores para o dia a dia: incluir castanhas, cúrcuma e outras especiarias, e até beterraba para que o arroz fique super colorido! Para este último, outra dica é colocar um pouco de vinagre para que a cor fiquei ainda mais brilhante e viva;
• Preparações que ajudam a reaproveitar o grão: pode ser uma salada com 7 grãos ou os deliciosos bolinhos de arroz, que podem ser incrementados com os sabores de preferência de cada um;
• A tradicional sobremesa de arroz doce também pode ser uma deliciosa opção: a dica é deixar o arroz de molho por 30 minutos, para ajudar na cremosidade. Além disso, ele precisa ficar mais caldoso para que depois de frio não absorva todo o líquido e acabe ficando seco.

“O arroz é um dos alimentos mais versáteis que existem e que está presente na rotina do brasileiro. É importante sempre lembrar que o arroz e feijão são parte da cultura do nosso país e seu consumo é recomendado pelo Guia Alimentar para População Brasileira, pois apresentam diversos nutrientes. Ao aumentar a frequência deles no prato do dia a dia, colaboram para reduzir o consumo dos alimentos ultra processados e assim auxiliam tanto com o aspecto nutricional quanto com o emocional da nossa alimentação”, declara Ivy Oliveira, Gerente de Serviços de Marketing da Camil e que coordena a cozinha experimental da marca.

Além disso, muitas informações são divulgadas em redes sociais sobre o arroz e muitas vezes elas não são verdadeiras, confira algumas das afirmações mais comuns e a verdade sobre elas explicadas pelos especialistas da Camil:

Cookpad

Comer arroz e feijão engorda?
Mito.
Muitas pessoas acreditam que o carboidrato presente no arroz pode levar ao ganho de peso, mas isso é uma ideia errada, visto que nenhum alimento de forma isolada é responsável pelo ganho de peso, e sim quando consumimos alimentos em excesso, em uma quantidade maior do que o corpo necessita. Além disso, muitas pessoas acabam substituindo o arroz e o feijão, alimentos in natura, por lanches ou outros alimentos que consideram melhores para perda de peso, muitas vezes optando por produtos industrializados e menos nutritivos.

É necessário lavar o arroz antes de cozinhar?
Mito.
Esse é um hábito brasileiro que passa de geração em geração, inclusive quem inventou o escorredor de arroz foi uma brasileira no ano de 1959, para retirar as impurezas contidas no alimento que vinha direto do produtor, porém muitas coisas mudaram desde essa época, e hoje em dia não é necessário pois esse processo de limpeza já ocorre na fábrica que elimina essas impurezas. No caso do arroz branco, este apresenta um pó, que é resultado do processo de polimento, ou seja, esse pó não é uma sujeira e sim resquício do próprio arroz, e também não precisa ser lavado.

Arroz e feijão se complementam?
Verdade.
Além de trazerem muitos nutrientes e benefícios, quando são consumidos juntos, eles se complementam em sabor e textura (já que um traz o caldo em sua preparação e o outro tem uma textura mais ‘sequinha’). E também em relação ao lado nutricional, pois o arroz tem o nutriente que falta no feijão para que juntos formem uma proteína completa e, portanto, de alta qualidade no nosso organismo.

O arroz é um alimento nutritivo?
Verdade.
O arroz faz parte do grupo alimentar dos cereais, este grupo abrange os principais alimentos fontes de carboidratos, como o arroz, milho (incluindo grãos e farinha) e trigo (incluindo grãos, farinha, macarrão e pães), além de outros cereais, como a aveia e o centeio. O carboidrato é a principal fonte de energia para o corpo, além disso, os cereais também são fontes de fibras, vitaminas (principalmente do complexo B) e minerais. Combinados ao feijão ou outra leguminosa, os cereais, como o arroz, constituem também uma fonte de proteína de excelente qualidade.

O consumo equilibrado do arroz ajuda na imunidade do corpo?
Verdade.
O arroz é um tipo de cereal, que por possuir carboidratos, é uma ótima fonte de energia. Combinado com o feijão, que possui ferro, potássio, fósforo, magnésio, além de manganês, zinco, selênio e vitaminas do complexo B, torna a refeição muito nutritiva. Todos esses nutrientes, principalmente as vitaminas do complexo B e o zinco, estão intimamente ligados ao funcionamento do sistema imune. Este cereal também é uma ótima fonte de fibras em sua versão integral, que tem atuação no funcionamento adequado do intestino, órgão também relacionado com a defesa do corpo, e ainda apresenta compostos que combatem os radicais livres, protegendo, assim, as células de lesões, inclusive as células do sistema de defesa. O stress é um fator que pode comprometer o sistema imunológico. Comer arroz pode aumentar os níveis de serotonina, um hormônio que pode ajudar na melhora do humor, e até mesmo, auxiliar o sistema de defesa.

Foto: Daniel Dan Outsideclick/Pixabay

Arroz e feijão são fonte de proteínas?
Verdade.
Quando consumidos juntos, o arroz e o feijão possuem todos os aminoácidos essenciais e constituem uma ótima fonte de proteínas. Atualmente, a qualidade das proteínas é verificada pela digestibilidade dos aminoácidos, ou seja, o quanto dessa proteína é efetivamente digerida e absorvida, para ser utilizada no organismo. Dessa forma, as proteínas do arroz com o feijão, quando comparadas a alimentos fontes de proteínas de origem animal, como o frango ou o ovo, mostram ter uma qualidade similar.

Para conferir estas e outras dicas de Comida de Casa Camil, você pode acessar os perfis da marca no YouTube e Instagram.

Veja abaixo três receitas do site de Camil práticas e saborosas para você testar em casa e conferir toda a versatilidade do arroz:

Tomate Recheado com 7 cereais

Ingredientes:
• 6 unidades médias de tomate
• 2 colheres (chá) de azeite de oliva
• 1 unidade de cebola pequena picada
• 1/2 xícara (chá) de espinafre picado
• 1 xícara (chá) de Arroz 7 Cereais Integrais Camil cozido
• sal a gosto
• Pimenta do Reino (Pó) a gosto

Modo de preparo:
Lave os tomates, retire a tampa e as sementes. Vire os tomates para retirar a água e reserve. Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC). Em uma panela, aqueça o azeite em fogo médio e refogue o alho e a cebola até dourar levemente. Junte o espinafre e refogue até murchar. Tempere com o sal e a pimenta. Retire do fogo, acrescente os 7 Cereais Integrais Camil cozidos e misture delicadamente. Distribua o recheio entre os tomates e coloque-os em uma assadeira média (33 x 23 cm). Cubra com o papel-alumínio e leve ao forno por 15 minutos. Retire o papel-alumínio e leve ao forno por mais 10 minutos. Sirva a seguir.

Dicas: você pode servir os tomates frios como salada.

Arroz integral de forno

Ingredientes:

Arroz
• 1 colher (sopa) de óleo
• 1/2 unidade pequena de cebola picada
• 1 xícara (chá) de Arroz Integral Camil
• 1 colher (chá) de sal
• 2 e 1/2 xícaras (chá) de água fervente

Molho
• 1 colher (sopa) de óleo
• 1 unidade de Alho picado
• 1/2 unidade pequena de cebola picada
• 1 lata de Tomate pelado
• 1/2 xícara (chá) de água
• sal
• 200 gramas de peito de frango cozido e desfiado
• 1 colher (sopa) de salsinha picada
• 1 unidade de requeijão cremoso light (200g)
• 200 gramas de queijo minas frescal fatiado

Montagem
• queijo parmesão ralado light

Modo de preparo:

Arroz
Em uma panela, aqueça o óleo em fogo médio e doure levemente a cebola. Adicione o Arroz Integral Camil e refogue bem. Junte a água fervente e o sal. Tampe parcialmente a panela e cozinhe em fogo médio por 30 minutos ou até o líquido secar e os grãos ficarem cozidos. Reserve.

Molho
Em uma panela aqueça o óleo em fogo médio, e frite o alho e a cebola até dourarem levemente. Junte os tomates, a água e o sal, e cozinhe até começar a ferver. Separe meia xícara (chá) do molho e reserve. Adicione o frango e cozinhe por mais 2 minutos. Retire do fogo e misture a salsinha. Reserve.

Montagem
Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC). Em um refratário retangular (23 x 12 cm), faça camadas com a metade do arroz reservado, espalhe o requeijão, e distribua as fatias de queijo e o molho de frango. Em seguida coloque a outra parte do arroz, o molho de tomates reservado, e polvilhe o queijo ralado. Leve ao forno por 20 minutos e sirva em seguida.

Arroz Doce Romeu e Julieta

Ingredientes:

Creme de queijo
• 2 embalagens de cream cheese pequena
• 1/2 xícara (chá) de açúcar refinado
• 1 unidade de creme de leite caixinha

Arroz doce
• 1/2 xícara (chá) de Arroz Camil
• 2 xícaras (chá) de água
• 600 mililitros de Leite
• 1/2 xícara (chá) de Leite Condensado
• 1 tira de Casca de Limão

Creme de goiaba – montagem
• 300 gramas de goiabada cascão cremosa

Modo de preparo:

Creme de queijo
• Coloque no liquidificador o cream cheese, o açúcar, o creme de leite e bata até ficar homogêneo. Reserve.

Arroz doce
Em uma panela, coloque o Arroz Camil, e a água. Cozinhe em fogo médio, com a panela parcialmente tampada, por 10 minutos ou até começar a secar o líquido. Adicione o leite, o leite condensado e a casca de limão. Misture e cozinhe até ferver. Reduza o fogo e cozinhe, mexendo algumas vezes, por 20 minutos ou até ficar cremoso. Adicione o creme de queijo reservado e misture bem. Reserve.

Creme de goiaba – montagem
Em uma panela, coloque a goiabada e a água e leve ao fogo médio, mexendo sempre até ficar homogêneo. Em 10 taças para sobremesas, coloque camadas alternadas de arroz doce e creme de goiabada, terminando com o arroz doce. Leve à geladeira por, no mínimo 1 hora. Sirva em seguida.

Fonte: Camil Alimentos

Dia Nacional do Chef de Cozinha: Plínio Viana ensina receitas para serem feitas em casa

Para comemorar a data, além de mostrar a relevância desse profissional, a Sodexo On-site traz pratos assinados pelo chef

Hoje, 13 de maio, é comemorado o Dia Nacional do Chef de Cozinha. Esses profissionais, que muitas vezes atuam longe dos olhos do consumidor, são extremamente importantes para garantir uma alimentação nutritiva e de qualidade para milhares de pessoas todos os dias. Mesmo com os desafios da pandemia, causada pela Covid-19, o setor de refeições continuou importante para a economia. Segundo a Abia (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos), o setor de Food Service faturou R$ 139,9 bilhões em 2020, representando 24,4% do mercado interno da indústria alimentícia.

Além das cozinhas tradicionais de restaurantes e bares, os chefs estão presentes em empresas, escolas, hospitais entre outros espaços, servindo em grande escala, e ao contrário do que muitos acreditam, o trabalho desse profissional vai além de apenas dominar as técnicas culinárias e ser criativo na montagem dos pratos e receitas.

Eles também tem a responsabilidade de gerenciar custos das receitas, precisam ter a visão de todo processo produtivo da cozinha, desde o recebimento da matéria-prima até o controle do desperdício, controlar indicadores, verificar as condições ambientais de limpeza e manutenção dos equipamentos, conhecer restrições alimentares de seus clientes, além da liderança para administrar sua equipe a fim de garantir a entrega.

O Chef Plínio Viana

“O Chef é um cozinheiro experiente com alta habilidade na aplicação de técnicas gastronômicas, mas precisamos ir além do conhecimento técnico para ser um bom profissional e atender em grande escala com excelência. É necessário dominar outras responsabilidades importantes como organização, coordenação e supervisão de todas as etapas do processo de preparo das refeições e da equipe também. Essas qualidades não só contribuem para qualidade e sabor dos pratos como também proporcionam um bom ambiente de trabalho”, afirma o Chef Plínio Viana.

Na Sodexo há nove anos, ele atua como consultor gastronômico da Plataforma Food, área de inteligência da Sodexo On-site, que conta com profissionais capacitados para desenvolver novas receitas e cardápios, aplicando as tendências gastronômicas para levar novos sabores e experiências aos consumidores brasileiros. “Nosso trabalho é identificar a melhor forma de aplicabilidade e usabilidade das tendências gastronômicas, levando em consideração a regionalização e hábitos alimentares de cada parte do Brasil”, conta.

E para comemorar essa data especial, a Sodexo On-site, líder em serviços de qualidade de vida por meio de soluções em alimentação e facilities, elencou algumas receitas exclusivas assinadas pelo Chef Plínio Viana, para diversos momentos do seu dia. “Temos uma opção de prato mais requintado, perfeito para ocasiões especiais, um prato prático e saudável, que oferece um alto valor nutricional e uma receita tipicamente brasileira”, ressalta o chef.

Filé de Tilápia ao limão com batatas bolinhas

Foto meramente ilustrativa/Loveinmyoven

Ingredientes
800 g de filé de tilápia
12 batatas bolinhas
2 cenouras cortadas
2 cebolas
1 pimentão verde
1/2 pimentão vermelho
Suco de 2 limões
Pimenta-do-reino
Azeite

Modo de preparo
Tempere o filé de peixe com limão, sal e pimenta-do-reino. Corte as batatas ao meio e as cenouras em palitos, todos com casca. Dê uma pré-cozida em uma panela com água, escorra e reserve. Regue o fundo de um refratário com azeite. Distribua rodelas de cebola, batata e cenoura, formando uma cama. Coloque os filés de peixe temperados por cima. Cubra com pimentões cortados em rodelas. Regue com mais 1/2 xícara de azeite. Leve para assar no forno preaquecido por 30 minutos. Sirva.

Cuscuz Marroquino

Foto meramente ilustrativa/ Cooking Classy

Ingredientes
500 g de cuscuz marroquino pré-cozido
500 g de peito de frango
½ xícara de chá de azeite de oliva
5 dentes de alho picados
2 abobrinhas pequenas
1 berinjela média
½ pimentão vermelho
3 colheres de sopa de uvas-passas sem sementes
½ xícara de chá de damasco seco em tiras
½ xícara de chá de castanhas-do-pará cortadas ao meio
Sal a gosto
½ xícara de chá de hortelã fresca
1 colher de chá de canela em pó
1 colher de chá de páprica doce

Modo de preparo
Ferva um litro de água. Espalhe o cuscuz numa assadeira de maneira uniforme. Regue o cuscuz com água fervente, até ficar bem úmido. Cuidado: não coloque toda a água de uma só vez. Vá acrescentando aos poucos para não empapar.Junte do azeite. Solte o cuscuz com um garfo, misturando-o com o azeite. Deixe de repouso por aproximadamente 10 minutos. Solte novamente com o garfo. Reserve. Corte os legumes em cubos médios. Descarte o miolo da berinjela e da abobrinha.Corte o frango em cubinhos e tempere-o com alho e sal. Refogue no restante do azeite até dourar.Adicione todos os legumes, alho e as especiarias. Refogue por mais 2 minutos.Tampe a panela e deixe cozinhar até que os ingredientes estejam macios, mas não muito moles.Adicione as uvas-passas, os damascos e as castanhas-do-pará. Mexa de leve e retire-os do fogo.Adicione a mistura ao cuscuz. Tempere com sal, misture bem e disponha em uma travessa bonita.Decore com bastante hortelã.

Feijão-tropeiro

Foto meramente ilustrativa/Simple Living recipes

Ingredientes
500 g de feijão carioquinha
150 g de farinha de mandioca torrada
200 g de bacon
500 g de linguiça calabresa
400 g de toucinho de barriga
3 dentes de alho
2 cebolas grandes
Pimenta-do-reino a gosto
Sal a gosto
3 colheres de sopa de cheiro-verde
1 pimenta-malagueta em conserva

Modo de preparo
Corte o toucinho de barriga em cubos médios, tempere com sal e alho. Reserve.
Após 30 minutos, coloque o toucinho numa panela ainda fria e leve ao fogo médio com um fio de óleo. Deixe fritar na própria gordura que se formará. Assim que ficar dourado e crocante, retire o toucinho com ajuda de uma escumadeira e coloque em um prato forrado com papel toalha para escorrer o excesso de gordura. Reserve.
Cozinhe o feijão por cerca de 20 minutos até que os grãos fiquem cozidos, mas firmes e inteiros.
Escorra todo o caldo utilizado no cozimento e reserve o feijão. Corte o bacon e a linguiça calabresa em cubinhos. Coloque-os em uma panela e frite-os até dourarem.
Uma vez dourados, acrescente uma cebola cortada em tiras finas e o alho picado. Refogue.
Acrescente o feijão escorrido, a farinha de mandioca torrada, o cheiro-verde, o sal, a pimenta-do-reino e a pimenta-malagueta em conserva esmagada. Mexa de forma delicada para que o feijão não desmanche.Sirva bem quente.

Fonte: Sodexo On-site Brasil

Oito dicas para montar uma linda e deliciosa tábua de queijos + receitas de cremes

A Escola do Queijo, projeto no Youtube da Tirolez, ensina o passo a passo para uma tábua de queijos de dar água na boca, além de dois patês para o acompanhamento

As tábuas de queijos podem agradar diversos paladares pela variedade de sabores e texturas, portanto, são recomendadas para ocasiões diversas, atendendo como entrada ou petisco para receber amigos e familiares. Mas você sabe como montar uma tábua de queijos? Na Escola do Queijo, um projeto da Tirolez no Youtube, que visa tornar consumidores em especialistas em queijos, há uma videoaula mostrando todos os segredos para montar uma tábua de queijos perfeita.

Confira os oito passos para montar a sua tábua de queijos:

1º passo: é essencial que você pense na situação em que a tábua de queijos será servida, afinal, existem queijos para todos os momentos;

2º passo: escolha o prato que você mais gosta, uma tábua de mármore ou de madeira suficientemente grande para servir os queijos e os seus complementos;

3º passo: utilize de quatro a oito variedades de queijos, para que todos os queijos harmonizem uns com os outros e seus complementos;

4º passo: para não desperdiçar, separe de 150g a 200g de queijo, no máximo, por pessoa;

5º passo: agora é a hora de escolher os queijos para compor sua tábua de queijos. Abuse da criatividade e invista em diferentes combinações de sabores, diferentes texturas, tipos de cascas, maturação e intensidade. Outra dica importante é: nunca jogue fora as cascas dos queijos, pois acrescentam aromas e sabores que diferenciam um queijo do outro.

6º passo: cada queijo tem um tipo de corte, e as formas podem variar, como cubinhos, triângulos, fatias e até pedaços. Para uma experiência completa, vale o investimento em facas especiais para cada tipo de queijo, mas as facas multiuso são ótimas alternativas.

7º passo: agora é hora de montar. O comum é servir seguindo a ordem dos ponteiros do relógio, ou da esquerda para a direita se for um prato retangular. Você pode começar dos sabores mais suaves e deixar os mais fortes para o fim.

8º passo: inclua os acompanhamentos. Você  sabia que é possível suavizar um sabor ou até acentuá-lo ainda mais? Para o Queijo Brie, utilize mel e nozes; já o Queijo Gruyère e o Queijo Reino combinam com focaccia, frutas secas e frescas, como a uva. E para o Queijo Parmesão, o ideal é o acompanhamento com azeitonas e presunto cru.

Outra boa maneira de impressionar seus convidados de um jeito prático e delicioso é preparando Patês variados à base de Creme de Ricota Tirolez. Pensando nisso, que tal aprender a fazer dois patês de sabores diferentes? Veja como fazer um Creme de Ricota com Azeitonas Pretas e um Creme de Ricota com Ervas Finas. Assim, sua tábua de queijos ficará ainda mais apetitosa para receber quem você ama com muito sabor.

Creme de Ricota com Azeitonas Pretas

Food.com

Ingredientes:
1 embalagem de Creme de Ricota Tirolez
10 azeitonas pretas picadas
1 pitada de sal e pimenta-do-reino

Modo de Preparo:
Em um mixer, coloque as azeitonas, o Creme de Ricota Tirolez e uma pitada de sal e pimenta-do-reino e bata até que tudo esteja bem misturado. Sirva em seguida.

Creme de Ricota com Ervas Finas

Foto: GimasShipSupply

Ingredientes:
1 embalagem de Creme de Ricota Light Tirolez
2 colheres (sopa) de ervas finas picadas (dill, salsinha, cebolinha)
1 pitada de sal
1 pitada de pimenta-do-reino

Modo de preparo:
Em um mixer, coloque o Creme de Ricota Light Tirolez, as ervas picadas e uma pitada de sal e pimenta-do-reino e bata até que tudo esteja bem misturado e sirva em seguida.

Fonte: Tirolez

Nutricionista ensina cardápio fácil, prático e saudável para o Dia das Mães

O dia é especial, o momento é de homenagem, mas como ainda não é o momento, melhor deixar os abraços e beijos para depois, cuide-se

Tradicionalmente o Dia das é Mães é comemorado no segundo domingo de maio. E como a pandemia de Covid-19 continua em alta no país, melhor comemorar a data com quem moramos e preparando os pratos.

Por isso reinvente-se, e prepare você mesmo um almoço especial para sua mãe ou esposa. E para te ajudar nesta tarefa, a nutricionista Adriana Stavro montou um cardápio fácil que pode ser adaptado de acordo com a preferência de cada uma. Lembrando: organize suas compras e evite aglomerações de última hora. #proteja-se

Entrada – Creme de Palmito

Ingredientes
1 colher sopa de manteiga
1 cebola média ralada
1 dente de alho bem picadinho
2 vidros de palmito picados em cubos pequenos
1 colher sopa de farinha de trigo ou amido de milho
1 litro de leite ou de caldo de legumes
Sal e pimenta do reino à gosto
Salsinha e cebolinha à gosto

Preparo:
Em uma panela, coloque a manteiga e leve ao fogo até derreter. Acrescente cebola e alho, refogue até a cebola ficar transparente, acrescente o palmito e deixe cozinhar por + ou – 5 minutos, mexendo de vez em quando. Polvilhe com uma peneira a farinha ou amido de milho e misture. Tempere com sal e pimenta-do-reino. Aos poucos, junte o leite ou o caldo de legumes, mexendo sempre até obter um creme homogêneo (se o creme empelotou, bata no liquidificador ou passe por uma peneira grossa). Acerte o sal e finalize com salsinha e cebolinha.

Dica:o palmito pode ser substituído por aspargos ou cebolas.

Prato principal – Risoto de Shitake e Amêndoas Torradas

Ingredientes:
2 litros de caldo de legumes (receita abaixo)
1 cebola grande picada em cubinhos finos
2 dentes de alho picados em cubinhos finos
2 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de manteiga
200 gramas de cogumelo tipo shimeji
200 gramas de cogumelo tipo shitake cortado em tiras finas
500g de arroz arbóreo
2 xícaras de chá (400ml) de vinho branco seco
Sal de ervas e pimenta do reino à gosto
Salsinha e cebolinha a gosto
Queijo parmesão ralado a gosto
1 xícara chá de amêndoas torradas e picadas

Modo de preparo:
Para o caldo de legumes: adicione legumes como cenoura, cebola, alho-poró, talos de salsinha e cebolinha ou alho em 2,5 litros de água. Deixe ferver em fogo baixo por 30 minutos. Isso vai render em média 2,0 litros de caldo.

Base: em uma panela aqueça o azeite e 1 colher de sopa de manteiga. Acrescente a cebola e o alho e frite muito lentamente até ficarem macios. Acrescente o arroz e abaixe o fogo. O arroz vai começar a fritar levemente. Continue mexendo lentamente. Depois de aproximadamente 2 minutos, ele vai ficar levemente transparente. Aumente o fogo e acrescente o vinho e continue mexendo até secar. Acrescente o caldo (quente) aos poucos (de concha em concha) mexendo lentamente. Adicione um pouco de sal e abaixe o fogo. Deixe cada concha de caldo secar antes de adicionar a próxima. Prove o arroz. Se estiver al dente, está pronto. Em outra frigideira coloque 1 colher de sopa de azeite e refogue os cogumelos com sal e pimenta do reino.
Retire a panela do fogo e misture o restante da manteiga, o parmesão, e os cogumelos. Mexa bem delicadamente. Tampe a panela e deixe descansar de 2 a 3 minutos, no máximo, tempo suficiente para atingir a cremosidade necessária. Por fim, salpique a salsinha a cebolinha e por último acrescente as amêndoas torradas. Sirva imediatamente.

Dica: cogumelos podem ser substituídos por camarão, rúcula com tomate seco, pera com gorgonzola. Lembrando que se usar frutos do mar, tire o queijo parmesão. Eles não combinam.

Sobremesa – Torta Crua de Castanhas com Recheio de Mousse de Chocolate 70% Cacau

Ingredientes:
200g de castanhas-do-pará
200g de nozes
100g de pistache
200g de ameixas secas ou uvas passas ou tâmaras
1 colher de sopa de óleo de coco ou manteiga de coco
1 pitada de sal ou flor de sal

Recheio – ingredientes mouse 70% cacau:
200g de chocolate 70% cacau
1 pitada de sal ou flor de sal
1 colher de chá de café solúvel (opcional)
½ xícara de leite desnatado (se preferir pode pôr um leite vegetal)
1 lata de creme de leite batido em chantili ou chantili de garrafa com xylitol a gosto
Essência de baunilha a gosto

Cobertura – Ingredientes:
1 xícara de chá de morangos
1 xícara de chá de mirtilos
1 xícara de chá de framboesa
Uva sem caroço (se preferir uma opção mais barata)

Preparo – mouse 70% cacau:
Misture o chocolate com o leite quente. Adicione o café e deixe descansar por 5 minutos. Prepare o chantili com a essência de baunilha. Misture todos os ingredientes até formar um creme homogêneo.

Preparo da base:
Bata todos os ingredientes no liquidificador. Use a tecla pulsar. Não deixe virar uma massa. O ideal é ficar pedaços das sementes. Misture a manteiga de coco ou o óleo de coco. Isso vai ajudar a dar liga. Coloque em uma forma previamente untada com óleo de coco e molde com as mãos. Adicione a mousse de chocolate e leve à geladeira por 4 horas. Retire da geladeira e coloque as frutas vermelhas. Para finalizar jogue nozes e amêndoas cortadas grosseiramente.
OBS. as frutas e as amêndoas podem ser colocadas na hora de servir.

Para beber – Suco de Laranja, Cenoura, Acerola e Gengibre

Ingredientes:
2 laranjas pera sem casca e sem sementes
1 cenoura média descascada
1 pedaço pequeno de gengibre cortado em cubinhos
1 sachê de acerola congelada ou 1 xícara de chá acerolas

Modo de fazer:

Bata todos os ingredientes no liquidificador, com 500ml de água filtrada e gelo a gosto. Passe pela peneira. Sirva em taças, fica lindo e gostoso.

Vinho – sugestões
Vinho Pérez Cruz Reserva Doña Mariana Sauvignon Blanc
Vinho Eternitá Rosa Rosé

Fonte: Adriana Stavro é nutricionista funcional e fitoterapeuta, especialista em Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT) pelo Hospital Israelita Albert Einstein – Mestranda do Nascimento a Adolescência pelo Centro Universitário São Camilo.

Quatro receitas para um fim de semana especial

Uma maneira de homenagear a mulher mais importante das nossas vidas é com um almoço delicioso com a família. Para este Dia das Mães, a Yoki indica quatro receitas fáceis de preparar. Vale dedicar um tempinho na cozinha e oferecer um almoço com toque caseiro e repleto de sabor para comemorar a data. Confira as receitas:

Creme de Feijão Branco com Bacon

Ingredientes
1 colher (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de bacon cortado em pequenos cubos
1 cebola pequena picada
230g de Feijão-Branco Yoki
1 cubo de Caldo de Galinha Kitano
2 xícaras (chá) de água fervente
Um pouco de sal a gosto

Modo de preparo
Em uma panela, aqueça o azeite e frite o bacon em fogo baixo. Reserve. Frite a cebola, junte o feijão, o caldo de galinha dissolvido na água e deixe ferver a receita de creme de feijão com bacon. Retire do fogo, coloque no liquidificador e bata por 1 minuto. Decore sua receita de feijão-branco salpicando o bacon por cima. Acerte o sal se necessário. Sirva a receita de feijão-branco simples cremoso com bacon quente ou fria.

Tempo de preparo: 15 minutos
Rendimento: 2 pessoas

Polpetone ao sugo, parmesão e palha

Ingredientes
400g de patinho ou alcatra moído
100g de lombo suíno
100g de queijo parmesão
50g de cebola picada
1 ovo extra
2 fatias de pão de forma sem casca
50ml de leite integral
2 colheres de sopa de salsa fresca picada
Sal e pimenta-do-reino e noz-moscada a gosto
80g de mussarela
100g de farinha de rosca
1,5 litro de óleo vegetal ou gordura vegetal hidrogenada
1 pacote de Batata Palha Tradicional 140g

Modo de preparo
Numa vasilha, colocar as fatias de pão picado e adicionar o leite. Misturar bem e reservar.
Cortar o lombo em cubos pequenos. Misturar as carnes com o pão umedecido, a cebola, a salsa, metade do queijo parmesão e o ovo. Misturar muito bem. Temperar com sal, pimenta-do- reino e a noz-moscada. Modelar os polpetones, recheando cada um com 20g de queijo mussarela. Empanar os polpetones na farinha de rosca e fritar no óleo ou gordura bem quente até ficarem dourados. No prato, colocar uma concha de molho de tomate ao sugo e sobre ele o polpetone. Salpicar queijo parmesão ralado e sobre ele a Batata Palha Tradicional Yoki.

Tempo de preparo: 50 minutos
Rendimento: 4 pessoas

Bolinho de Batata Palha

Ingredientes
1 pacote Batata Palha Yoki (140g)
3 ovos
1 1/2 xícara (chá) leite
1 1/2 xícara (chá) mussarela ralada
2/3 xícara (chá) farinha de trigo
Sal e Salsa Kitano a gosto

Passo a Passo
Em uma tigela, misture todos os ingredientes até formar uma massa homogênea e consistente.
Divida a massa em pequenas porções. Em uma panela, aqueça o óleo e frite as porções até ficar dourada. Retire o excesso de óleo sobre papel toalha. Sirva quente.

Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 30 pessoas

Pudim de Amendoim

Ingredientes
1 xícara (chá) de açúcar
½ xícara (chá) de água
2 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 lata de leite condensado
2 vezes a mesma medida de leite
½ xícara (chá) de Amendoim torrado Yoki
1 colher (sopa) de Amido de Milho Yoki

Modo de preparo
Em uma panela, misture os ingredientes da calda (água, açúcar e chocolate em pó) e leve ao fogo baixo, sem mexer. Cozinhe até a calda começar a engrossar (não deve ficar muito espessa). Despeje em uma assadeira para pudim (com furo central) e reserve. Bata todos os ingredientes da sua receita com amendoim no liquidificador até obter uma mistura homogênea. Despeje a mistura na assadeira de pudim com a calda. Leve ao fogo e cozinhe em banho-maria por aproximadamente 1 hora. Dica: para saber se o pudim está no ponto, perfure-o com um palito. Se o palito sair “”limpo”” está pronto. Espere esfriar e leve a sobremesa de amendoim à geladeira por, no mínimo, 4 horas. Desenforme e sirva sua deliciosa sobremesa com amendoim.

Tempo de preparo: 1 hora 20 minutos
Rendimento: 12 pessoas

Fonte: Yoki

Capriche no cardápio e torne o Dia das Mães ainda mais especial

A Tirolez ensina o passo a passo para preparar três pratos incríveis

O segundo domingo de maio é mundialmente conhecido como o Dia das Mães, mas você já se perguntou como surgiu uma das datas mais amadas no mundo? A Tirolez conta essa curiosidade e ainda sugere três incríveis receitas para deixar cada momento do dia especial. Afinal, ela merece, não é mesmo?

Em 1905, na cidade de Grafton, no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, uma jovem perdeu a mãe e, diante da dor que sentiu, decidiu junto a outras jovens criar um dia especial para homenagear todas as mães e ensinar a importância da figura materna. Assim, em 10 de maio de 1908, o grupo de moças celebrou um culto em homenagem às mães na Igreja Metodista.

A repercussão da celebração foi tão positiva que chamou a atenção de governadores e, posteriormente, do até então presidente dos Estados Unidos, Woodrow Wilson que, em 1914, propôs que o dia nacional das mães fosse comemorado em todo segundo domingo de maio. No Brasil, a data passou a ser celebrada seguindo o molde americano somente em 1932, durante o governo de Getúlio Vargas.

Curiosidades à parte, esse dia é marcado por muito afeto, carinho e, claro, uma mesa cheia de comidinhas deliciosas. Por isso, para sua mãe iniciar o domingo de uma forma memorável, que tal preparar uma mesa de café da manhã repleta de gostosuras e convidar toda a família para enchê-la de amor? Para esse momento, o cheiro de pão de Pão de Queijo Mineiro quentinho já vai surpreendê-la ao acordar.

Já para o almoço a massa é sempre uma ótima pedida, por isso a Lasanha aos Quatro Queijos promete fazer sucesso e deixar todos com gostinho de quero mais. E para fechar o dia com “chave de ouro”, sirva o Cheseecake com Geleia de Frutas Vermelhas.

Pegue o caderninho, anote as três receitas e aproveite cada momento desse dia ao lado da mulher mais importante da sua vida:

Pão de Queijo Mineiro

Ingredientes:
½ xícara (chá) de leite zero lactose (100 ml)
½ xícara (chá) de óleo (100 ml)
1 colher (sopa) de sal
500g de polvilho azedo
3 ovos
250g de Queijo Minas Meia Cura Tirolez ralado grosso

Modo de preparo
Aqueça o óleo com o leite e o sal até ferver. Apague o fogo e, aos poucos, acrescente ao polvilho, mexendo com uma colher de pau até obter uma massa macia. Deixe esfriar.
Acrescente o queijo meia cura à massa ainda quente e junte 1 dos ovos, amassando com as mãos. Junte o restante dos ovos, um a um, e amasse até obter uma massa homogênea com consistência de enrolar. Modele 50 pequenas bolinhas e coloque em uma assadeira untada, deixando 2 cm de espaço entre elas. Leve ao forno preaquecido (200°C), e asse por cerca de 20 minutos ou até que os pãezinhos comecem a dourar.

Lasanha aos Quatro Queijos

Ingredientes:

Molho de Gorgonzola:
8 colheres (sopa) de Manteiga Tirolez sem Sal
8 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 litro de leite
1 cebola pequena
2 folhas de louro
2 cravos
1 pitada de noz-moscada
1 pitada de pimenta-do-reino
Sal
150 g de Queijo Gorgonzola Tirolez

Montagem:
500 g massa de lasanha fresca e pré-cozida
600 g de Mussarela Tirolez ralada
1 sachê de Requeijão Cremoso Tirolez (250 g)
100 g de Queijo Parmesão Tirolez ralado

Modo de Preparo:
Comece pelo molho de gorgonzola:
Coloque a manteiga em uma panela e deixe derreter em fogo baixo. Acrescente a farinha e deixe tostar, mexendo sempre, até que comece a exalar aroma de castanhas (cerca de 2 minutos). Adicione o leite aos poucos, mexendo vigorosamente para não formar grumos.
Para aromatizar o leite, corte a cebola ao meio e, em uma das metades, espete uma folha de louro com um cravo, para que fique presa. Coloque as metades de cebola no molho e deixe-o cozinhar, ainda em fogo baixo, mexendo sempre, até que comece a engrossar (cerca de 15 minutos). Tempere com a noz-moscada, a pimenta-do-reino e o sal e retire as metades de cebola. Amasse o gorgonzola com um garfo e junte-o ao molho ainda quente, mexendo até que derreta completamente.

Monte a lasanha:
Escolha um refratário grande e fundo (22 x 36 cm e 8 cm de altura). Espalhe uma camada fina de molho de gorgonzola no fundo do refratário. Distribua (sem sobrepor) as lâminas de massa para lasanha, formando uma camada. Não há problema se ficar algum espaço entre elas. Adicione outra camada de molho e distribua 1/3 do queijo muçarela, formando uma camada uniforme. Continue alternando as camadas de massa, molho de gorgonzola e muçarela. Finalize espalhando um pouco do molho e acrescente o requeijão cremoso em pingos, apertando diretamente do sachê. Distribua dessa forma por toda a superfície. Cubra com o molho de gorgonzola restante e polvilhe o parmesão.,Leve ao forno médio (180 °C) preaquecido e asse por cerca de 40 minutos ou até que a lasanha esteja gratinada na superfície.

Cheseecake com Geleia de Frutas Vermelhas

Ingredientes:

Massa:
1 pacote de biscoito de aveia
1 xícara (chá) de ameixas sem caroço
Recheio 1 xícara (chá) de Queijo tipo Cottage Tirolez
¼ xícara (chá) de iogurte grego
1 ovo
4 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de amido de milho
½ colher (chá) de essência de baunilha
1 colher (sopa) de raspas de limão

Cobertura:
1 xícara (chá) de geleia de frutas vermelhas de sua preferência.

Modo de Preparo:

Massa:
Bata o biscoito no liquidificador até formar uma farofa. Reserve em um recipiente. No mesmo copo do liquidificador, adicione a ameixa e bata até formar uma pasta. Misture o biscoito triturado com a ameixa e acomode, compactando a massa dentro de uma forma de fundo removível.

Recheio:
Bata todos os ingredientes no liquidificador e despeje sobre a massa já aberta na forma.
Leve para assar em forno preaquecido a 180 °C por 30 minutos ou até que o creme esteja bem firme. Espere esfriar, desenforme e cubra com a geleia de sua preferência.

Fonte: Tirolez

Seis tipos de mães e os drinques que combinam com elas

Que mãe só tem uma, a gente sabe. Mas há características típicas que fazem com que as identifiquemos prontamente. De clássicas às mamães irreverentes, descubra o drinque que irá agradá-la e proponha o brinde neste Dia das Mães

A mãe clássica: ela gosta de transmitir uma imagem tradicional, desde o corte de cabelo até as roupas que decide usar. Como tem preferência por símbolos atemporais, que não dão brecha a erros, brinde com ela com um Kir Royal, um drinque refrescante e elegante, que combina licor de cassis Gabriel Boudier com espumante e é sempre uma escolha certeira. Modo de preparo: coloque 50 ml do licor em uma taça do tipo flute, complete com espumante e decore com frutas vermelhas. Pronto, você terá um drink sofisticado e delicioso, que nunca sai da moda.

A mãe poderosa: ela é sofisticada, vaidosa e cheia de energia. Sua presença invade todos os espaços – é conhecida e admirada na escola, no parque, nas salas médicas – e seus filhos são motivo de orgulho. Quer surpreendê-la? Aposte do drinque Carajillo 43, a união do mítico Licor 43 com café, que resulta em uma harmoniosa mistura de sabores. Modo de preparo: coloque 3 pedras de gelo em um copo baixo, 50 ml de Licor 43 e adicione 50 ml de café espresso. Misture todos os ingredientes e complete com mais gelo. Para a versão batida, basta adicionar todos os ingredientes em uma coqueteleira e bater vigorosamente.

A mãe prática: a maternidade não é algo de outro mundo e, sim, ela mais aproveita o paraíso do que padece nele. A criança caiu? Levanta que sara, sem muito tempo para os dramas. Essa mãe procura equilibrar as dores e delícias do dia a dia na criação dos filhos. Se sua mãe tem esse perfil, ensine a ela um drinque fácil e rápido como o Fizzy Peachtree. Seu principal ingrediente, o licor de pêssego Peachtree, dá o toque especial ao coquetel. Modo de preparo: sirva em uma taça de vinho com gelo 50ml de Peachtree, 10ml de suco de limão e complete com água com gás.

A mãe fitness: ela ama esportes e incentiva os filhos a praticá-los desde cedo. Ioga, natação, futebol, dança ou o que for, o importante é movimentar o corpo. A alimentação saudável também é prioridade em sua vida, por isso para brindar o Dia das Mães com ela escolha um drink sem glúten como o Stoli Moscow Mule. Modo de preparo: você irá precisar de 60 ml da vodca Stoli Gluten Free, 45 ml de suco fresco de limão, 15 ml de mel agave, 5 folhas de hortelã, 1 pedaço pequeno de gengibre macerado e água com gás. Adicione os ingredientes, menos a água, em uma coqueteleira e bata. Coe e sirva sobre gelo moído em uma caneca. Finalize com água com gás.

Dry Martini – Imagem meramente ilustrativa – DroppedImage

A mãe obstinada: ela é exigente em sua maternidade e espera o mesmo dos filhos. Quer nota 10 porque acredita que sua prole é capaz de chegar ao nível máximo do que quer que seja. Experimente oferecer a esta mãe um potente Dry Martini feito com Elit by Stolichnaya, a vodca Ultra Luxury que foi consagrada com o prêmio ‘2020 Best Vodka’. Irá combinar perfeitamente com esta mãe. Modo de preparo: coloque gelo em uma taça Martíni, e em um mixing glass; adicione 10ml de vermute branco seco no mixing class e misture por 10 segundos com uma colher bailarina, até ficar bem gelado. Pegue o copo pela base, para não esquentar, e dispense o gelo derretido; em seguida acrescente 100ml de Elit e misture por 10 segundos. Volte à taça Martíni, dispense o gelo (que estava ali apenas para gelá-la) e transfira o drinque a ela. Por fim, decore com a azeitona ou um zest de limão.

A mãe irreverente: mente aberta, não tem assunto tabu que a deixe constrangida. Procura quebrar regras na educação dos filhos, claro que com responsabilidade. Quando as crianças crescem, quer buscá-las de madrugada nas festas, conhecer seus amigos e conversar de igual para igual. Está antenada aos drinques do momento, por isso uma taça de Gin&Tonic com MOM Love – o pink gim da mulher moderna infusionado com morangos – irá conquistá-la. Modo de preparo: ofereça uma dose de MOM Gin em uma taça baloon com morangos, folhas de hortelã e muito gelo.

Torradas no café da manhã: confira cinco motivos para consumi-las diariamente + receitas

Além das dicas, Adria ensina também três receitas práticas com torradas que transformarão a refeição em um momento único

As torradas são perfeitas com geleias, manteigas e até puras, com textura diferenciada e apresentação que dão origem a um café da manhã nutritivo e repleto de sabor. A Adria separou cinco dicas sobre as torradas e ensina receitas para uma refeição prática e especial:

Torradas são fontes de carboidratos, portanto, fornecem energia para atividades diárias, como estudar, trabalhar e praticar atividades físicas;
-Podem ser consumidas no café da manhã como substituição ao tradicional pão francês, com recheios salgados e doces;
-Um café da manhã equilibrado deve ser composto por alimentos fonte de carboidratos, proteínas e fibras. Você pode, por exemplo, servir torradas com queijo branco, caottage, ovo mexido ou margarina, além de uma fruta como mamão, maçã ou frutas vermelhas. O cafezinho, o chá ou a vitamina também não podem faltar nessa composição.
-As torradas integrais possuem fibras, que diminuem a velocidade com que o açúcar é absorvido pelo organismo, causando maior controle do açúcar no sangue;
-Por serem crocantes, torradas exigem mais da mastigação e podem ser mais eficientes para alcançar a saciedade, ou seja, é mais um motivo para inclui-las nas suas refeições.

Com tantos motivos, fica ainda mais fácil incluir as torradas na alimentação. Agora, que tal aprender a fazer Torradas com Patê de Tofu, Crostini de Cottage e Avocado e Torrada com Frutas Vermelhas? As receitas são fáceis e ficam prontas rapidinho. Confira abaixo:

Torradas com Patê de Tofu

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de azeite
1 talo de alho-poró picado
400 g de tofu macio
2 colheres (sopa) de ervas picadas (salsa, cebolinha, dill)
1 cenoura média ralada fino
1 embalagem de Torrada Light Adria
Sal a gosto

Modo de Preparo:
Em uma frigideira aqueça o azeite e refogue o alho-poró. Desligue o fogo, tempere com o sal e deixe amornar.No processador coloque o tofu, as ervas e junte o alho-poró. Bata para obter uma pasta mais homogênea. Misture a cenoura e sirva acompanhando as torradas.

Rendimento: 16 torradas
Tempo de Preparo: 30 minutos

Crostini de Cottage e Avocado

Ingredientes:
400 g de queijo cottage
3 colheres (sopa) de ervas (tomilho, alecrim e salsa)
½ embalagem de Torrada Multigrãos Adria
2 avocados em fatias finas
Azeite para finalizar
Sal a gosto

Modo de preparo:
Em uma tigela, misture o cottage com as ervas e o sal.Sobre cada torrada coloque uma porção do cottage temperado e acomode o avocado. Finalize com um fio de azeite e sirva em seguida.

Rendimento: 8 porções
Tempo de Preparo: 20 minutos

Torrada com Frutas Vermelhas

Ingredientes:
3 gemas
½ xícara (chá) de leite
3 colheres (sopa) de açúcar
200 g de ricota fresca, amassada
2 colheres (chá) de essência de baunilha
¼ xícara (chá) de mel
1 colher (sopa) de suco de limão
1 embalagem de Torrada Light Adria
2 xícaras (chá) de frutas vermelhas frescas (mirtilos, amoras e framboesas)

Modo de preparo:
Em uma panela, misture as gemas com o leite e o açúcar. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre, e cozinhe até engrossar. Desligue o fogo, junte a ricota, a essência de baunilha e misture. Deixe esfriar e reserve. À parte, prepare uma calda, misturando o mel com o suco de limão. Sobre cada torrada, espalhe uma porção do creme, acomode as frutas vermelhas e regue com a calda. Sirva em seguida.

Dica do Chef: caso não encontre os mirtilos, substitua-os por morango picado.

Rendimento: 16 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

Fonte: Adria