Arquivo da tag: receitas

Receita de churros para adoçar sua tarde de sábado

Quer aprender a fazer um dos doces mais queridos dos brasileiros? Pois a rede Divino Fogão te ensina. Confira:

Ingredientes:
2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de água
1 pitada de sal
2 colheres de sopa de margarina

Para Empanar: açúcar e canela a gosto

Modo de Preparo:
Leve ao fogo uma panela com a água, o sal e a margarina. Após levantar fervura, apague o fogo e adicione o trigo aos poucos. Mexa lentamente até formar uma bola e desgrudar da panela. Modele o churros com o modelador de churros ou modele a massa em rolos mais finos. Em seguida, corte do tamanho que desejar. Aqueça uma frigideira ou panela com óleo suficiente para fritura. Quando o óleo estiver bem quente, coloque o churros e retire quando estiverem douradinhos. Coloque sobre folhas de papel toalha, para retirar bem o óleo. Recheie-os, passe no açúcar com canela e sirva com o recheio de sua preferência (doce de leite, creme de avelã, brigadeiro etc.).

divino_fogao churros.jpg

Tempo de Preparo: 30 minutos
Rendimento: 10 porções

Fonte: Divino Fogão

Aprenda duas receitas sofisticadas para fazer em casa

Para quem gosta de preparar surpresas ou se aventurar pela cozinha, os chefs do Oliva Trattoria Mediterrânea e do Santa Satisfação idealizaram as duas receitas abaixo. Confira:

Paleta de cordeiro com risoto de shitake do Chef Rudy Bovo, do italiano Oliva Trattoria Mediterrânea

oliva

Ingredientes:
3kg Paleta de cordeiro
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto
1 Cenoura
1 Cebola
Alho
Alecrim a gosto
Tomilho a gosto
Vinho Branco
Shiitake
Arroz Arbóreo
Azeite
Queijo Parmesão
Trufa

Modo de preparo
Escolha uma paleta de cordeiro de 3kg, limpe e tire o osso. Tempere com sal, pimenta do reino, e aromas. Amarre a paleta e coloque no forno pré aquecido por três horas (a 180 graus), com cenoura, cebola, alho, alecrim, tomilho, vinho branco. Acompanhamento: risoto de cogumelos e trufa em uma panela colocar um fio de azeite e ½ cebola picada, acrescentar a arroz arbório e 200g de cogumelos shiitake fatiado. Ao final acrescente queijo ralado parmesão, manteiga e pitadas de trufa.
Monte o prato e sirva.

Dourado com salsa de tomate, camarões, lula e musseline de aipim com castanha-do-pará do Chef Carol Caldas, do Bistrô Santa Satisfação

dourado_floripa

Ingredientes para a musseline de aipim:
1 kg de aipim descascado.
70 gr de manteiga.
100 ml de creme de leite fresco.
sal a gosto.
pimenta-do-reino moída na hora, a gosto.
50gr de castanha-do-pará picada e levemente torrada.

Modo de preparo:
Cozinhe o aipim com 200g de manteiga e escorra. Bata no processador e passe pela peneira. Coloque numa panela e leve ao fogo baixo. Acrescente o restante da manteiga e o creme de leite, mexendo sempre, até obter uma consistência cremosa. Se necessário adicione mais manteiga. Tempere com sal e pimenta.

Ingredientes para o dourado:
1 filet de dourado de 200g, aberto no meio.
½ colher de sopa de azeite.
sal a gosto.
pimenta-do-reino moída na hora, a gosto.
¼ e colher de café de suco de limão.

Modo de fazer:
Em uma frigideira quente, adicione o azeite e grelhe o filet de dourado, já temperado com o sal, a pimenta-do-reino e o suco de limão.

Ingredientes para a salsa:
1 lula em anéis.
7 camarões.
¼ de cebola cortada em cubinhos.
40 ml de azeite.
1 tomate cortado em cubinhos.
½ cs de gengibre em lâminas.
½ cs de vinagre de vinho branco.
1 cc de tomilho fresco.
1 cc de manjericão picado.
1 cs de cebolinha picada.
(cs = colher de sopa / cc = colher de chá)

Modo de fazer:
Em uma frigideira quente, acrescente o azeite e refogue as lâminas de gengibre. Em seguida acrescente a cebola. Refogue até que fique transparente, junte o tomate e desligue o fogo. Acrescente as ervas. Grelhe a lula e os camarões. Junte a salsa.

Montagem:
Em um prato de servir, disponha de um lado o peixe e por cima a salsa. Do outro lado em um pequeno refratário, coloque a musseline de aipim e por cima a castanha-do-pará picada e levemente torrada. Enfeite com um galho de tomilho.

Conheça receitas especiais com Ypióca para celebrar o Dia Nacional da Cachaça

Drinques da linha Premium apresentam a evolução do destilado nacional e proporcionam novas experiências de sabores e rituais

Para celebrar o Dia Nacional da Cachaça, comemorado hoje, 13 de setembro, a Ypióca, destilaria brasileira com mais de 170 anos de história, compartilha com os fãs da tradicional bebida nordestina receitas de drinques especiais com sua linha Premium. O objetivo é apresentar a evolução do destilado nacional, com líquidos cada vez mais elaborados e sofisticados, além de proporcionar aos clientes novas experiências de sabores e rituais no universo da cachaça.

As receitas são assinadas por Nicola Pietroluongo, embaixador da linha Reserve da Diageo, que buscou referências dentro e fora do Brasil para elaborar os coquetéis. “Minha maior inspiração foi envolver a cachaça nessa onda crescente da alta coquetelaria e torná-la foco principal dos drinques. É preciso explorar mais vertentes desse líquido tão especial e que tem tanto da cultura brasileira” comenta.

Na composição das bebidas são utilizados os três rótulos da linha Premium da destilaria: Ypióca 150, edição comemorativa aos 150 anos da marca, combina sabores nobres de cachaças envelhecidas em barris de bálsamo e carvalho, Ypióca 160, também uma edição de aniversário, tem na composição um blend único e exclusivo com malte, e apresenta um sabor surpreendente e aveludado, e a Ypióca Cinco Chaves, que celebra o conhecimento das cinco gerações de Ypióca com um blend de cachaças raras e envelhecidas em barris de carvalho e castanheira.

Conheça abaixo as cinco receitas e saiba como prepará-las (graduação alcoólica: 15,8g):

Caipirinha 150 (cítrico com um toque de mel)

caipirinha gourmet.jpg

Ingredientes:
60 ml cachaça Ypióca 150
25 ml suco de limão siciliano
20 ml xarope de mel

Guarnição:
Casca de limão siciliano

Modo de preparo:
Em uma coqueteleira acrescente gelo, Ypióca 150, suco de limão e mel. Bata vigorosamente. Coe e adicione a mistura em um copo baixo com gelo. Decore o drinque com a casca de limão siciliano

Lady Eugênia (seco e floral)

lady eugenia.jpg

Ingredientes:
50 ml Ypióca Cinco Chaves
30 ml St. Germain
4 lances de Angostura Bitters de Laranja

Guarnição:
Casca de limão siciliano

Modo de preparo:
Em uma coqueteleira acrescente Ypióca Cinco Chaves, St. Germain e gelo. Bata vigorosamente. Sirva no copo de Cosmopolitan. Decore com uma casca de limão siciliano.

Maranguape (cítrico)

maranguape.jpg

Ingredientes:
60 ml Ypióca Cinco Chaves
30 ml Vermute Tinto
15 ml Xarope de Açúcar
2 lances de Angostura Bitters de Laranja

Guarnição:
Lasca de laranja

Modo de preparo:
Encha o copo de gelo. Acrescente 60 ml de Ypióca Cinco Chaves. Acrescente o Vermute Tinto e o Xarope de Açúcar. Finalize com 2 lances de Angostura Bitters de Laranja. Mexa tudo. Finalize com uma longa fatia de laranja.

Rabo de Galo 160 (amargo e complexo)

rabo de galo.jpg

Ingredientes:
50 ml Cachaça Ypióca 160
15 ml Vermute Tinto
20 ml Cynar

Guarnição:
Twist casca de limão tahiti

Modo de preparo:
Coloque todos os ingredientes em um copo baixo cheio de gelo. Mexa por 15 segundos
Decore com o twist da casca de limão.

Tonic 5 (refrescante)

tonic 5.jpg

Ingredientes:
50 ml Cachaça Ypióca Cinco Chaves
150 ml Tônica
20 ml Cynar
Ramo de cana de açúcar

Guarnição:
Rodela de limão siciliano

Modo de preparo:
Encha um copo longo de gelo. Acrescente 50 ml de Ypióca Cinco Chaves.Complete com a Tônica. Mexa tudo. Finalize com a rodela de limão siciliano e o ramo de cana.

Aprecie com moderação.
Se beber não dirija
Não compartilhe este conteúdo com menores de 18 anos

Fonte: Diageo

Pequeno Larousse do Chocolate reúne receitas incríveis

Obra promete encantar os apaixonados por confeitaria e os loucos por esse delicioso ingrediente

Chocolate é uma unanimidade. Não tem quem não goste de comer uma barra inteira sozinho, ou devorar um brigadeiro, por exemplo. Pode ser amargo, ao leite, branco ou com especiarias, cada pessoa tem seu tipo favorito. Pensando em agradar todos esses aficionados, a Editora Alaúde lança o “Pequeno Larousse o Chocolate”, obra que reúne mais de 170 receitas (dos grandes clássicos até criações inspiradoras) com o aval e dicas dos chefs da Le Cordon Bleu – a maior escola de culinária do mundo.

Amplamente ilustrado, o livro traz dezenas de técnicas passo a passo para que o leitor descubra todos os segredos para trabalhar com um dos ingredientes mais tradicionais e respeitados da gastronomia. Por isso, a obra é o presente perfeito tanto para quem está começando na cozinha, como para aqueles que buscam apenas aprimorar técnicas e aumentar o repertório de receitas.

larousse chocolate2

A obra traz ainda, dicas para fazer as mais variadas decorações com chocolate, como por exemplo, flores, ondas, faixas laterais, entre outros, tornando o livro uma verdadeira enciclopédia sobre o tema.

Sobre o autor

Por 120 anos, o Le Cordon Bleu tem se comprometido em fornecer excelente treinamento em culinária, panificação, panificação, bem como no setor de hotelaria e turismo, desde o início até o nível de MBA. Hoje, o Le Cordon Bleu está presente em 20 países com mais de 50 escolas.

larousse chocolate

Pequeno Larousse do Chocolate
Le Cordon Bleu
Formato: 21 x 28 cm
Nº de Páginas: 416
Acabamento: dura, miolo colorido, com fotos
Editora: Alaúde
Preço: R$ 185,00

Aprenda a preparar dois pratos leves e saborosos

Tirolez dá algumas inspirações para preparar refeições incríveis para a família, com rendimento de 4 porções e prontas em no máximo 40 minutos

Cogumelos Recheados

Cogumelos-Recheados-Tirolez

Ingredientes:
8 cogumelos Paris grandes
1 xícara (chá) de Queijo Gouda Tirolez ralado
1 tomate sem sementes cortado em cubos pequenos
2 colheres (sopa) de nozes picadas
1 pitada de sal
Manjericão picado a gosto

Modo de preparo:
Com ajuda de uma faca ou colher, retire o miolo de cada cogumelo. Pique o miolo dos cogumelos e misture com o queijo, o tomate, as nozes, o sal e o manjericão. Recheie cada cogumelo com a mistura. Leve para assar em fogo médio por, aproximadamente, 25 minutos até que o queijo esteja derretido. Sirva em seguida.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

Berinjela Recheada

Berinjela-Recheada-Tirolez.jpg

Ingredientes:
2 berinjelas cortadas ao meio na longitudinal
2 dentes de alho descascados e amassados
1 colher (sobremesa) de azeite
100 g de carne moída
1 lata de tomates pelados picado
1 xícara (chá) de espinafre picado cru
½ pote de Creme de Queijo Minas Frescal Original ou Light Tirolez
Pimenta-do-reino preta moída a gosto
4 castanhas-do-pará picadas

Modo de Preparo:
Em uma panela, cozinhe as berinjelas com água, até que as polpas fiquem macias (aproximadamente 10 minutos). Com ajuda de uma colher, retire parte das polpas das berinjelas, formando barquinhas e reserve. Em uma panela, doure o alho no azeite, acrescente a carne moída e deixe refogar. Acrescente os tomates pelados e deixe cozinhar, até que desmanchem; junte o espinafre, e tempere com pimenta. Desligue o fogo e adicione o Creme de Queijo Minas Frescal Original ou Light Tirolez. Distribua o recheio pelas barquinhas de berinjela, coloque-as em uma assadeira e leve ao forno alto para gratinar por 20 minutos. Retire do forno e finalize com as castanhas picadas. Sirva em seguida.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 40 minutos

Fonte: Tirolez

Como se alimentar à base de plantas de um jeito descomplicado e econômico

O chef Thiago Medeiros, do Namu Cursos, ensina como utilizar a alimentação Plant Based no dia a dia de um jeito descomplicado e econômico

Comer de forma saudável, prática e saborosa é o desejo das pessoas que tentam conciliar o dia a dia agitado e o bem-estar. Muitas vezes, no entanto, imaginam que é difícil abandonar antigos hábitos, como se alimentar em fast-foods, ingerir proteína animal ou utilizar alimentos industrializados. Para mostrar que é possível criar consciência alimentar, sem perder tempo nem prazer à mesa, o Namu Cursos, primeira plataforma de videoaulas voltada exclusivamente para o bem-estar, criou “Descomplicando o Plant Based”, com o chef Thiago Medeiros, especializado em gastronomia vegana e vegetariana.

O curso para iniciantes mostra conceitos, dá dicas como organizar a lista de compras, ensina técnicas de cozinha e como preparar pratos diários com o que tem na geladeira. O Plant Based, alimentação 100% natural à base de plantas, inclui tudo o que vem da terra, como sementes, grãos, frutas, flores, legumes e verduras. “É preciso combater o estigma de que esse tipo de alimentação é sem graça e pouco nutritiva. Ela é rica em vitaminas e minerais, contém proteínas e pode ser muito saborosa”, afirma Thiago. “E ainda reduz os riscos de Diabetes tipo 2, diminui a hipertensão arterial e contribui para o alcance da longevidade”, completa.

Mas qual é a diferença entre veganismo e o Plant Based? Os dois excluem o consumo de produtos de origem animal, mas o Plant Based propõe um modelo com o uso integral dos alimentos, minimamente processados, frescos e, de preferência, orgânicos. “Ele traz ainda o conceito de comfort food, aquela comida que lembra os pratos preparados pela avó, tia ou mãe na infância e tem a capacidade de despertar emoções”, diz.

Quem aderir ao Plant Based ainda está contribuindo para o equilíbrio do meio ambiente. O método respeita os conceitos de sustentabilidade, rastreabilidade (conhecimento da origem do alimento), sazonalidade (consumo apenas de produtos de cada estação) e processo orgânico (sem adubo químico nem fertilizante). “A ideia é se alimentar de forma saudável e manter equilíbrio com o universo”, conclui Thiago.

E, para finalizar, Thiago ensina duas receitas deliciosas do seu curso disponível na plataforma Namu Cursos. Lá é possível encontrar um conteúdo exclusivo, com outras receitas e dicas.

Croquete de grão de bico

croquete de grao de bico.jpg

Ingredientes:
2 xícaras de grão de bico cozido
1 xícara de farinha de trigo integral
1 cebolas em cubos
2 dentes de alho
2 colheres de sopa de tahine
2 colheres de sopa de zaatar
½ maço de coentro
1 maço de escarola
1 colher de sopa de lemon-pepper
1 limão
½ xícara de azeite
Sal e pimenta do reino a gosto
Farinha de linhaça para empanar

Modo de preparo:
Como fazemos com todas as leguminosas, primeiramente é preciso deixar o grão de bico de molho por até 24 horas, trocando a água a cada 8. Em seguida, cozinhe-o em água/caldo de legumes até que comece a desmanchar. Transfira o grão escorrido ainda quente para o processador e bata-o até obter um purê. Tempere esse purê com tahine, zaatar, coentro, lemon pepper, limão, azeite, sal e pimenta do reino. Em paralelo, refogue o alho e a cebola em um fio de azeite, adicione as folhas de escarolas rasgadas e mexa tudo rapidamente. Adicione a escarola refogada ao purê de grão de bico e processe mais uma vez. Acerte o ponto da massa com farinha de trigo, lembrando sempre de adicionar a farinha aos poucos para não ressecar a massa. Quando ele estiver em ponto de bolear, está pronto. Molde os croquetes com as mãos, empane-os na farinha de linhaça e disponha-os lado a lado em uma assadeira previamente untada. Leve ao forno preaquecido a 200º por 20 minutos, ou até que estejam firmes.

Risoto de tomate e hortelã

risoto de tomate e hortela.jpg

Ingredientes:
1xícara de arroz arbóreo
1kg de tomate em cubos
2 cebolas em cubos
4 dentes de alho picados finamente
1 maço de hortelã
¼ xícara de açafrão ralado
1 colher de sopa de páprica picante
2 colheres de sopa de chimichurri
Caldo de legumes caseiro
Sal a gosto

Modo de preparo:
Comece por fazer um caldo de legumes caseiro bem saboroso. Para isso, coloque uma panela no fogo com água e junte cascas e aparas de legumes, talos de ervas, folhas de louro, especiarias e etc. Deixe ferver por, pelo menos, uma hora, ou até que os sabores tenham passado para o caldo. Agora, em uma frigideira alta, refogue o alho, a cebola, o açafrão e metade do tomate com um fio de azeite, mexendo bem até ficar bem dourado. Tempere com uma pitada de sal e chimichurri, e, em seguida, acrescente o arroz. Deixe que o grão doure por completo e vá adicionando o caldo de legumes aos poucos, sempre mexendo em sentido horário e, dessa forma, cozinhe o grão.
Toda a vez que o líquido secar, você adiciona mais um pouco do caldo de legumes. Continue sempre mexendo em sentido horário, até que o grão esteja macio. Acerte os temperos com sal e páprica picante e finalize com uma boa dose de azeite e folhas de hortelã rasgadas.

Sobre o Thiago Medeiros: Chef de cozinha formado pela Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, especializado em cozinha vegetariana e vegana. Faz viagens de pesquisa para diversos países com o objetivo de agregar ainda mais conhecimento e experiência aos seus pratos

Sobre o Namu Cursos: startup com foco em qualidade de vida. É a primeira plataforma de videoaulas voltada exclusivamente para o bem-estar. O objetivo da empresa é contribuir para a evolução das pessoas por meio de conteúdos para uma vida mais equilibrada. Os cursos são completos e contam com os melhores professores de yoga, pilates, fitness e alimentação saudável. São adquiridos por meio do site e podem ser acessados pelo computador, celular ou tablet.

 

Três receitas para deixar o dia mais doce

A arte de preparar doces e compotas é, muitas vezes, passada de geração em geração. Um bom doce caseiro tem o poder de fazer qualquer ocasião ainda mais especial. São delícias que podem finalizar um saboroso almoço em família ou que podem se transformar em uma deliciosa maneira de presentear e surpreender alguém especial.

Para te convidar a fazer do mundo um lugar mais doce, a Cozinha Experimental União preparou três sugestões fáceis e deliciosas de fazer. Confiar abaixo.

Doce de Banana

doce de banana.jpg

Ingredientes
10 bananas-nanicas maduras cortadas em rodelas (1 kg)
2 colheres (sopa) de suco de limão (30 ml)
3 xícaras (chá) de açúcar União Cristalçúcar (570 g)
3 xícaras (chá) de água (300 ml)
1 pedaço pequeno de canela em pau

Modo de preparo
Em uma tigela, coloque a banana-nanica e misture o suco de limão. Reserve. Em uma panela, em fogo médio adicione o açúcar União Cristalçúcar com 1 xícara (chá) de água e cozinhe até obter uma calda de caramelo claro. Junte a banana reservada, o restante da água e a canela em pau. Abaixe o fogo e cozinhe, mexendo sempre, por 50 minutos ou até que a banana adquira um tom avermelhado escuro e os pedaços se dissolvam e o doce fique cremoso. Desligue o fogo, retire a canela em pau e sirva frio ou gelado.

Dica:
Experimente servir o doce de banana com queijo branco.

Capacidade de xícara: 200 ml
Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: 4 porções

Doce de Leite Cremoso

doce de leite.jpg

Ingredientes
1 litro de leite
1 xícara (chá) de açúcar União Cristalçúcar (190 g)
½ colher (café) de bicarbonato de sódio (2 g)

Modo de preparo
Em uma panela grande e alta, em fogo médio/baixo adicione o leite, o açúcar União Cristalçúcar e o bicarbonato e cozinhe mexendo aos poucos e tomando cuidado para não ferver e vazar da panela, por aproximadamente 1 hora ou até obter a cor de caramelo claro. Retire da panela, coloque em um pote bem fechado e sirva frio.

Dica
Para ajudar que o leite não transborde durante o cozimento do doce de leite, você pode colocar um pires de cabeça para baixo dentro da panela. É importante utilizar no preparar o leite integral ou com um maior teor de gordura como o leite fresco, para obter um doce de leite mais cremoso e saboroso. A adição do bicarbonato ajuda a não deixar a proteína do leite coagular e ajudar na textura cremosa do doce.

Capacidade da xícara: 200 ml
Tempo de preparo: 1 hora e 15 minutos
Rendimento: 4 porções

Doce de Abóbora

doce de abobora.jpg

Ingredientes:
500g de abóbora pescoço cortada em cubos
1 xícara (chá) de água (200ml)
4 colheres (sopa) de coco seco ralado
1 e ½ xícara (chá) de açúcar União Cristalçúcar (285 g)
6 cravos-da-índia
1 pedaço de canela em pau

Modo de preparo
Em uma panela, adicione a abóbora, a água, o coco, o açúcar União Cristalçúcar, o cravo e a canela e cozinhe em fogo baixo, por 40 a 45 minutos ou até a abóbora se desmanchar e o doce apurar. Sirva quente ou frio.

Dica
Experimente substituir o coco seco por coco fresco ralado.

Capacidade da xícara: 200ml
Tempo de preparo: 45 minutos
Rendimento: 4 porções

Receitas elaboradas pela Cozinha Experimental União

Livro “Da Horta à Mesa”, do Vigilantes do Peso, traz mais de 120 receitas

“Da horta à mesa” contém dicas sobre as variedades de cada alimento e preparações para atender ao paladar de intolerantes à lactose e glúten, além de opções veganas e vegetarianas

Manter a rotina de alimentação saudável pode ser desafiador para algumas pessoas. Muitas delas acreditam que as opções disponíveis não são tão saborosas quanto as que costumam comer, pois buscam as alternativas mais práticas e acessíveis para o dia a dia. Porém, essas escolhas podem ser as menos nutritivas. Pensando nisso, o Vigilantes do Peso traz em seu novo livro, “Da horta à mesa”, mais de 120 receitas inéditas e exclusivas, fáceis de preparar e para todas as refeições do dia.

A primeira metade do livro é dedicada à descrição e às informações sobre a maioria das frutas e hortaliças. Nesta seção, os leitores conhecerão as variedades de cada alimento, a melhor época para comprá-las, dicas de armazenamento e seus benefícios. “Uma alimentação saudável não impede as pessoas de comerem o que gostam. O melhor caminho é ser consciente da qualidade nutricional dos alimentos ingeridos em todas as refeições e preferir fazer escolhas saudáveis”, destaca o Nutricionista do Vigilantes do Peso, Matheus Motta.

Para quem busca variar o cardápio e torná-lo mais simples, o livro é um grande aliado. Dividido por tipo de preparo, unidades ProPontos – sistema criado pelo Vigilantes do Peso que atribui um número a cada alimento – e ingredientes utilizados, o livro contém informações nutricionais completas e fotos de dar água na boca. As receitas têm como protagonistas alimentos que saciam mais, como frutas, verduras e legumes, além de opções sem glúten e laticínios e preparações vegetarianas e veganas. E mais: o leitor ainda conta com mais de 70 pratos com três ProPontos ou menos, ou seja, além de deliciosos, são ideais para manter a rotina de hábitos saudáveis.

CAPA2.jpg

O livro “Da horta à mesa” tem 264 páginas e está disponível por R$ 39,90 no site do Vigilantes do Peso.

Fonte: Vigilantes do Peso

 

Drinques com goiabada: originais e deliciosos

Doce usado normalmente em sobremesas e bolos pode ser ingrediente para bebidas deliciosas e surpreendentes

predilecta

Tomar um drinque gostoso no final da tarde ou no fim de semana é sempre uma ótima pedida. Para quem gosta de inovar no cardápio e surpreender o paladar dos convidados, a Predilecta preparou duas receitas super-rápidas de drinques com goiabada: o Coquetel Sem Álcool Mineirinho e o Drinque Alcoólico Goiabada Maluca. Confira as receitas:

Coquetel Sem Álcool Mineirinho Predilecta

coquetel mineirinho

Ingredientes:
1 copo de café gelado
1 colher de sopa de requeijão
1 colher de sopa de Goiabada Cremosa Goiabada Predilecta
Açúcar a gosto
Cubos de gelo ou gelo picado

Modo de Preparo
Misture bem a goiabada, o requeijão e o açúcar em um copo grande de plástico ou outro recipiente em que você possa misturá-los bem. Com a ajuda do mixer, misture os ingredientes (caso não tenha mixer, pode usar um fue ou garfo). Despeje o café sobre essa mistura. Coloque num copo de drinque e acrescente o gelo.

Goiabada Maluca

goiabada maluca.jpg

Ingredientes
2 colheres de sopa de leite condensado
1 copo de água gelada
1/2 copo de vodca (pode ser substituída por saquê)
Goiabada Cremosa Predilecta à vontade

Modo de Preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador e bata até ficar bem homogêneo;
Coloque num copo com gelo e sirva.

Fonte: Predilecta

Hoje é Dia do Nutricionista: comemore com receitas leves

Hoje é Dia do Nutricionista. Que tal homenagear esses profissionais fazendo algumas receitinhas leves e saudáveis? As dicas são da Gomes da Costa.

Sopa Fria de Tomate e Sardinha

sopa-fria-de-tomate-e-sardinha-desktop.jpg

Ingredientes:
1 colher (sopa) de Azeite Carbonell
1 cebola picada
1 dente de alho amassado
3 tomates picados (500g)
1 xícara (chá) de água
1 lata de Sardinha Sabor Limão Gomes da Costa (125g)
Meio pepino pequeno cortado em cubos pequenos
Sal a gosto
1 colher (sopa) de hortelã fresca picada
Azeite Carbonell para regar

Modo de Preparo:
Numa panela aqueça o Azeite Carbonell e doure aí a cebola e o alho. Junte os tomates, a água e cozinhe em fogo brando, panela tampada, por 20 minutos ou até os tomates desmancharem. Bata o refogado de tomate no liquidificador de maneira a obter um purê homogêneo. Coloque a sopa numa tigela e junte a Sardinha Gomes da Costa com seu molho e o pepino. Tempere com sal a gosto. No momento de servir a sopa fria, salpique a hortelã e regue com Azeite Carbonell.

Dica de chef
É importante que os tomates estejam maduros, para que a sopa fique vermelha e saborosa.

Variação
Acrescente 2 colheres (sopa) de creme de leite à sopa.

Chuchu Recheado

chuchu-recheado-desktop.jpg

Ingredientes:
2 chuchus (cerca de 320g cada)
Sal a gosto
1 lata de Sardinha em Óleo Gomes da Costa (125g)
3 colheres (sopa) de cebola picada (45g)
1 tomate maduro, com pele e com semente, picado (80g)
Salsa picada a gosto

Modo de Preparo:
Lave bem os chuchus e seque-os. Enrole-os individualmente em filme plástico, fechando bem. Coloque-os num prato e leve ao forno de micro-ondas em potência máxima por cerca de 5 minutos. Vire-os e cozinhe por mais 5 minutos. Desligue o forno e deixe-os descansar por 5 minutos. Retire do forno, espere amornar e retire o filme plástico. Corte cada chuchu ao meio no sentido do comprimento e retire o excesso de miolo. Passe sal por toda a superfície e reserve-os distribuídos num refratário. Num refratário pequeno com cerca de 17 cm de diâmetro, 3,5cm de altura (500ml de capacidade), aqueça 2 colheres (sopa) do Óleo da Sardinha Gomes da Costa e 3 colheres (sopa) de cebola picada. Cubra o refratário com tampa própria para micro-ondas ou filme plástico furado com um garfo. Leve ao forno de micro-ondas em potência máxima por cerca de 3 minutos. Destampe e acrescente o tomate. Leve novamente ao forno, coberto, por mais 2 minutos em potência máxima. Retire do forno de micro-ondas e acrescente a Sardinha Gomes da Costa. Misture. Tempere com sal se necessário. Distribua o recheio de Sardinha entre os chuchus reservados. Salpique a salsa e leve ao forno de micro-ondas somente para aquecer, por cerca de 1 minuto em potência máxima.

Dica de chef
Dê preferência para chuchus frescos, com a casca lisa e bonita, por serem mais frescos e saborosos.

Variação
Substitua o chuchu por batata, neste caso o cozimento deve ser feito da seguinte maneira: lave bem 2 batatas médias, com casca (cerca de 225g cada). Seque-as e fure-as várias vezes com um garfo. Forre um prato com papel toalha e coloque-as lado a lado. Leve as batatas ao forno de micro-ondas por cerca de 8 minutos em potência máxima, virando na metade do tempo. Desligue o forno e mantenha descansando

Abobrinha ao Molho com Atum Alho e Óleo

abobrinha-ao-molho-com-atum-alho-e-oleo-desktop.jpg

Ingredientes:
3 abobrinhas do tipo italiana pequenas (400g)
Sal a gosto
1 lata de Molho com Atum Alho e Óleo Gomes da Costa (170 g)
1 cebola pequena picada (60g)
¼ xícara (chá) de tomate seco picado grosseiramente (50g)

Modo de Preparo:
Lave as abobrinhas, corte em rodelas de cerca de 2 cm de espessura e cozinhe em água fervente temperada com sal a gosto. Cozinhe as abobrinhas até ficarem (macias mas ainda firmes). Escorra e distribua numa travessa. Aqueça 1 colher (sopa) do óleo do Molho com Atum Gomes da Costa e refogue ai a cebola até dourar levemente. Junte o tomate seco e o Molho com Atum Gomes da Costa restante. Distribua o molho sobre a abobrinha. Sirva em seguida.

Fonte: Gomes da Costa