Arquivo da tag: reforma

Cinco dicas para reformar a casa

Pintura de paredes, troca de piso, ampliação dos espaços… São diversos motivos que levam as pessoas a renovarem seus ambientes, promovendo mudanças de design para deixarem seus cantinhos mais confortáveis e usuais. Além disso, não podemos deixar de citar os casos para resolver problemas estruturais, como infiltrações, fissuras e vazamentos.

Entretanto, os períodos de reforma normalmente vêm acompanhados de sujeira, bagunça e muito estresse. Seja pela contratação do profissional correto ou cuidados com seus pertences, algumas dicas são importantes para reduzir a dor de cabeça e garantir o sucesso da obra. Confira:

Cautela na escolha do profissional e(ou) empresa

pixabay arquiteto engenheiro trabalho
Pixabay

As indicações são muito válidas na hora de escolher o profissional que vai fazer a reforma de sua casa. Pegue referências com amigos que realizaram serviços com a pessoa ou a empresa que se deseja contratar e busque encontrar um equilíbrio entre investimento e resultados. Você também pode aproveitar as mídias sociais e reviews do Google para entender como é o funcionamento da empresa e quais as qualificações que os consumidores dão para os serviços realizados. Também é importante listar que, com nota fiscal e contratos, fica mais fácil resolver os conflitos caso seja necessário fazer reclamação no Procon ou em outros órgãos. Uma boa sugestão é contratar um arquiteto ou engenheiro para desenvolver o projeto e acompanhar a obra – como ele assume a responsabilidade legal e civil, as chances do trabalho ser bem executado são maiores.

Planejamento é tudo
Nem sempre é possível realizar todas as reformas necessárias ou desejadas de uma vez. Por isso, priorize o que é mais importante conforme a funcionalidade e benefícios. Será que trocar o azulejo é mais emergencial do que construir um novo banheiro? Esse balanço é necessário para ter mais sucesso na reforma e evitar extrapolar o orçamento (mesmo que dê vontade de copiar todas as novas tendências!). Uma boa dica é, antes de iniciar a reforma, fazer um levantamento de todos os custos e tempo necessário para as atividades. Para evitar que os materiais fiquem entulhados, a sugestão é fazer a aquisição por partes ou verificar se a entrega pode ser agendada.

Preste atenção aos detalhes
O revestimento é um elemento muito importante em uma reforma sendo que, além de proteger pisos e paredes, também atua como uma elemento de decoração. Um dos materiais mais escolhidos para essa função é a madeira: além de ser elegante, ela promove um maior conforto térmico. Hoje, o piso laminado é uma das opções mais procuradas pela facilidade de instalação e manutenção – entretanto, vale ressaltar que esse piso não deve ser molhado, sendo que talvez não seja a melhor opção para quem tem filhos pequenos ou animais.

Cuide bem de seus pertences

Foto: Priscilla Fiedler
Foto: Priscilla Fiedler

Muitas vezes, reformar significa ter que trocar os móveis da casa de lugar e, também, deixá-los à mercê de marcas de tintas e outros danos. Caso não seja possível remanejar com tranquilidade os objetos dentro de casa, uma opção é recorrer aos self storages, que também funcionam como depósitos temporários. Segundo a gerente comercial da Espaço A+ Self Storage, Rousy Rojas, uma das vantagens desse tipo de espaço é o acesso direto aos pertences na hora que quiser, além do contrato mensal, que reduz gastos nesse período para que os móveis sejam guardados com segurança.

Limite o modismo e exalte seu gosto

pixabay 2 sala sofa quadros tapete
Pixabay

A área de design sempre está com novidades, as quais nos deixam com vontade de renovar a casa o tempo inteiro. Entretanto, pisos, paredes e outros itens são mais complicados de serem alterados do que objetos de decoração, estes que podem atuar como aquele plus para sua decoração. Por isso, invista em ambientes claros e funcionais, evitando customizações exageradas. Para quem deseja diferenciar paredes, o papel de parede pode ser uma boa opção já que é mais fácil de instalar e ser alterado. Independentemente de qualquer reforma e da sugestão de estilo dos profissionais envolvidos, nunca se esqueça de que a casa é sua e você que irá frequentar o espaço todos os dias. Avalie seus gostos e escolha o que te fará mais feliz.

Sobre a Espaço A+

Espaço A+ Self Storage é uma rede de Self Storages que conta com quatro unidades, sendo duas na região central de Curitiba, uma localizada em ponto estratégico e perto do aeroporto de São José dos Pinhais, e uma situada no bairro CIC com boxes climatizados e refrigerados. A Espaço A+ disponibiliza boxes para locação de pessoa física ou jurídica. Além da fachada moderna, o espaço possui sala de reuniões e uma infraestrutura com corredores claros em tons de laranja e azul e monitoramento 24 horas.

Black Week Lar Center: itens de construção, reforma e decoração

Aqueles que planejam reformar ou renovar a decoração de seus lares no fim do ano podem aproveitar os descontos especiais da Black Week Lar Center. De 23 de novembro a 2 de dezembro, produtos de variadas lojas do Shopping Lar Center estarão com preços exclusivos e imperdíveis. A promoção contempla itens para construção e reforma, móveis, eletrodomésticos, eletroportáteis, eletroeletrônicos, acessórios para utilidade doméstica, artigos de decoração, além de soluções para iluminação.

Confira alguns dos destaques da Black Week Lar Center*:

sofá

Black Week Lar Center
Data: até 2 de dezembro de 2018
Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 10h às 22h. Domingos e feriados, das 14h às 20h
Local: Shopping Lar Center
Endereço: Av. Otto Baumgart, 500 – Vila Guilherme – São Paulo/SP

Papeis de parede: tendência e alternativa para quem não pretende gastar muito

Aser Decor sugere papeis de parede diferenciados para todos os tipos de ambientes; variações de cores, texturas e estampas podem criar um visual moderno, tradicional, aconchegante ou espaçoso

AE23

Os papeis de parede são tendências e excelentes alternativas para aqueles que pretendem mudar a decoração da casa sem gastar muito. Existe uma variedade de opções que vão dos mais clássicos ao despojado, dentre eles estão os desenhos geométricos, neutros, com flores, listras e estampas de animais.

papel-de-parede-african-queen-ii-aser-decor-01

Segundo Daniel Palhares, proprietário da Aser Decor, diferente do que muitas pessoas pensam, os papeis de parede não estão restritos apenas as salas e living, também estão presentes na cozinha, quarto e até no lavabo. “ Para decorar um ambiente devemos levar em conta o gosto do proprietário da casa, mas não basta apenas gostar do designer, é preciso pensar no tamanho do local, móveis e decoração que irão compor o espaço”, afirma.

papel de parede sala

A escolha do papel de parede também faz toda a diferença, alguns modelos fazem com que os cômodos pareçam maiores ou menores, mais ou menos iluminados. As variações de cores, texturas e estampas podem criar um visual moderno, tradicional, aconchegante ou espaçoso.

Papel de parede quarto

Além das vantagens estéticas e econômicas, a instalação do papel de parede é simples e não deixa cheiro e nem resíduos na casa. “Depois de aplicado permanece perfeito por mais de cinco anos, uma duração maior que de algumas tintas”, ressalta o empresário.

Os papeis de paredes custam a partir de R$ 156,60, podem ser adquiridos tanto pelo site  quanto pessoalmente na loja da

Aser Decor: Av. Pompeia, 887, São Paulo. Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 9 às 19hrs, e aos sábados das 9 às 14 horas

Gratuito: Upcycling Day debate e ensina tendência no Sesc Vila Mariana

Cada vez mais fala-se de consumo consciente em todos as camadas da nossa vida. E a moda também tem sido discutido. Por que não reformar suas roupas você mesmo e economizar? Como construir um estilo próprio e andar na moda sem consumir de maneira desenfreada? O SESC Vila Mariana vai tratar do assunto e te ensinar a reformar suas roupas sozinho ou criar objetos a partir de roupas velhas com Upcycling Day, no dia 31 de maio.

A programação terá um conjunto de ações desenvolvidas ao longo de um dia com o objetivo de divulgar diferentes modalidades de upcycling (termo usado para reformar, em inglês) e, com isso, promover práticas inovadoras no que tange ao consumo de moda, estimulando uma nova relação do indivíduo com o vestuário, compreendido enquanto parte fundamental de nossa construção cultural. As ações, que serão gratuitas, irão falar com o público adulto, jovem e crianças também.

O dia será aberto com Aline Vito ensinando as crianças a fazerem roupa para bonecas a partir de retalhos. Serão peças mais simples, sem cortes elaborados, mas que busquem aumentar a vida útil de outras peças de roupas, sem desperdícios de tecido.

Monique Brasil irá ministrar a oficina de conserto e customização de calçados. Os participantes conhecerão diversas técnicas de customização e restauração de sapatos, adquirindo conhecimentos suficientes para executar qualquer tipo de conserto e transformação. Irão aprender a partir de seus próprios sapatos usados, dando-lhes uma “nova cara” e desenvolvendo um novo olhar sobre eles.

Simone do Prado Romeo irá debater com o público porque devemos aderir a prática do upcyling em sua palestra. A ideia é mostrar como a prática de insere em movimento social mais amplo em torno da sustentabilidade. A conversa irá falar sobre modelos econômicos vigentes, a moda cada mais rápida, além de debater a relação entre sociedade, consumo e felicidade.

Os adolescentes também serão contemplados no Upcycling Day. Ana Carolina Secatti irá falar sobre a tendência com jovens e mostrar como usar o conceito dentro de um desenvolvimento do estilo pessoal e à formação de práticas éticas e sustentáveis a partir do estímulo de novas formas de uso e consumo de moda.

A programação se encerra com a oficina A reconstrução da moda: crie produtos novos reconstruindo antigos, que será feita por Camila Monteiro. Os participantes irão criar uma almofada a partir de uma camisa. A ideia é estimular a reflexão sobre novas formas de consumo e produção, estimulando a prática do “faça você mesmo” e o do desconstruir para construir.

Sobre Aline Vito: graduada em Design de Moda pela Universidade Anhembi-Morumbi e pós-graduada em Consultoria de Imagem e Estilo pelo Centro Universitário Belas Artes. Além disso, é a criadora da marca que leva seu nome.

Sobre Monique Brasil: graduada em design digital, com formação pedagógica em artes e confecção e modelagem de calçados pelo Senai. É proprietária da marca de calçados Rabble, que valoriza o comércio justo e a sustentabilidade.

Sobre Simone do Prado Romeo: mestre e graduada em Ciências Sociais e especialista em Fundamentos da Cultura e das Artes. Desenvolve pesquisas na área de Sociologia da Cultura e atualmente é doutoranda da Escola de Comunicações e Artes da USP e docente da Universidade Anhembi Morumbi.

Sobre Ana Carolina Secatti Gâmbaro:  graduada em Geografia pela Unesp e pós-graduada em Consultoria de Imagem e estilo pelo Centro Universitário Belas Artes. Cursou também o técnico em Estilismo e Coordenação de Moda no SENAC-Campinas, e fez cursos de especialização na área de consultoria de imagem e estilo com Ana Vaz e Luciana Ulrich. Cursou também o antigo magistério.

Sobre Camila Monteiro: graduada em hotelaria pelo SENAC/Campos do Jordão e fez diversos cursos livres de moda pelo SENAC, SENAI, Parsons, Escola São Paulo. É criadora da marca Camon, especializada em upcycling, zero waste e wearables.

Upcycling Day – Dia 31 de maio, SESC Vila Mariana. Atividades gratuitas – entrega de senhas na Central de Atendimento, 30, minutos antes. Local – Praça de Eventos

be7295e2aa39.jpg

Oficina de roupas de boneca com retalhos – Com Aline Vito
Horário – das 11 às 13 horas.
Não recomendado para menores de 10 anos.

6e3a20f46346

Palestra Por que upcycling? – Com Simone do Prado Romeo
Horário – das 13 às 14 horas.
Livre.

d93d479b7f7b

Oficina de estilo upcycled para adolescentes – Com Ana Carolina Secatti
Horário – das 14 às 16 horas.
Não recomendado para menores de 12 anos.

4190655c6b1d

Oficina conserto e customização de calçados – Com Monique Brasil
Horário – das 14 às 16 horas.
Não recomendado para menores de 16 anos.

b21948e17905

Oficina A reconstrução da moda: crie produtos novos reconstruindo antigos – Com Camila Monteiro
Horário – das 14 às 16 horas.
Não recomendado para menores de 16 anos.

Sesc Vila Mariana – Rua Pelotas, 141 – Vila Mariana. Telefone – (11) 5080-3000. Acesso para deficientes físicos.

Site atua como ponte entre oferta e procura no setor de obras e reformas

Habitissimo  é uma empresa espanhola com forte presença no Brasil e toda a América Latina. Atua como uma ponte entre oferta e procura no setor de obras, reformas e serviços domésticos. Funciona da seguinte maneira: o site publica de graça seu pedido de orçamento e abre a possibilidade que até quatro profissionais dessa área possam fazer contato. Na outra ponta, o Habitissimo auxilia os profissionais e empresas, a encontrar os clientes.

Há oito anos, o Habitissimo atua em todo país com o maior volume de negócios nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Bahia. As previsões são otimistas e o Habitissimo, que possui 180 mil profissionais registrados, pretende chegar aos 300 mil em 2018.

A página web brasileira já recebeu mais de 2 milhões de pedidos de orçamentos, com uma média de 50 mil pedidos por mês. Confira alguns serviços e profissionais oferecidos pelo Habitissimo:

habi2

Construção,
Reformas,
Instalações,
Mudanças,
Limpeza,
Manutenção entre outros.

habi3

A empresa oferece também profissionais como

habi4

Eletricistas,
Encanadores,
Pedreiros,
Construtoras de grande porte,
Arquitetos,
Decoradores etc.

habi1

Informações: Habitissimo

Casa: ideias para renovar o lar em 2017

Confira dicas para dar um up e quais os profissionais mais indicados para cuidar do seu refúgio

A casa é o nosso grande refúgio em meio à correria da rotina e também merece cuidados. Como dizem que o ano começa após o Carnaval, que tal começar o ano com o pé direito? Coloque em ação algumas sugestões para renovar o lar e atrair boas vibrações. Veja um checklist preparado pelo site Bicos:

1. Abaixo a gambiarra
Aquela grande reforma precisa ser adiada? Isso não é desculpa para deixar a casa sem manutenção. Faça uma lista de todos os pequenos consertos urgentes: luz queimada, tomada com problema e fiação solta; telha quebrada; calha suja; encanamento entupido; buraquinhos nas paredes; dobradiças desgastadas etc. Depois, é só comprar os materiais necessários e mãos à obra. Para resolver tudo mais rápido e com acabamento profissional, chame um marido de aluguel. Isso evitará preocupações ao longo do ano.

giff_007_-_calha

2. Xô, apego
O acúmulo de objetos sem uso, velhos, bagunçados ou entulhos em casa representa energia estagnada e gera desconforto no dia a dia. Aproveite a época para fazer uma triagem, separando itens para doar, jogar fora e guardar. Comece com pequenas tarefas, limpando gavetas, a papelada e, depois, parta para coisas mais difíceis de desapegar, como roupas, acessórios e até móveis. Para facilitar a missão, contrate um personal organizer que dará dicas sobre a melhor forma de armazenar tudo, abrindo espaço para novidades e passando adiante o que não quer mais.

traditional-closet

3. Pequenas mudanças, um novo astral
Se o lar não reflete mais a personalidade do dono ou a decoração já enjoou, é hora de mudar. Algumas sacadas são mexer nas disposições dos móveis, trocar objetos de cômodos e usar mais os itens reservados para ocasiões especiais, como toalhas de mesa e peças de servir refinadas. Abuse do poder das cores para alegrar os ambientes: vale reformar um móvel com a ajuda do tapeceiro ou buscar um pintor profissional para aplicar texturas e tonalidades nas paredes.

pintando parede mulher

4. Limpeza pesada
Aproveite o embalo para fazer aquela faxina reforçada. As vidraças, os cantinhos mais difíceis de alcançar, limpar embaixo de móveis pesados, deixar o piso brilhando. Quem cansou só de pensar pode contratar uma diarista para colocar ordem na casa. O quintal também merece a visita de um jardineiro para aparar folhagens e adubar plantas, elas renovam o ar e trazem boas vibrações!

jatoclean

5. O toque que faltava
Para finalizar, invista nos detalhes: distribua vasos de plantas ou compre um belo arranjo de flores; borrife essências pelos cômodos; use sabonetes decorativos nos banheiros; troque toalhas de rosto, tapetinhos e panos de prato etc. “São medidas simples que fazem toda a diferença, ainda mais quando feitas com a ajuda de um especialista”, indica Marcos Botelho, CEO do Bicos. Quem se animar para seguir as dicas encontra no site diversos profissionais prontos para resolver essas tarefas de casa.

Sala_imagem_6www_countryliving160516_172621

Bicos site

Fonte: Bicos

 

Reforma sem sair de casa

Dá para deixar a casa bonita e repaginada sem precisar arrumar as malas e se mudar! Com planejamento e ajuda de um bom profissional, moradores e obras podem conviver debaixo do mesmo teto

Vira e mexe, as pessoas pensam em fazer alguma mudança em casa. Mesmo assim, muita gente atrasa esse desejo por não ter condições de deixar a casa durante a obra. Para quem está nesse dilema, a notícia é boa: de acordo com profissionais de arquitetura e decoração, dá para reformar sem sair de casa.

Como já foi comprovado pela física, dois corpos não ocupam o mesmo lugar ao mesmo tempo. Portanto, o primeiro passo para conviver bem com uma reforma é eliminar todos os itens que não servem mais e liberar espaço. “O primeiro passo da reforma deve ser um bota fora mesmo! Depois de fazer essa organização, as coisas que sobrarem e tiverem utilidade devem ser embaladas e colocadas em um local reservado a elas”, reforça o arquiteto Júnior Piacesi.

cozinha
Neste projeto executado pelo arquiteto Júnior Piacesi, a cozinha foi totalmente reformulada com a cliente morando no apartamento. Com uma boa gestão de obra, isso é completamente possível – Foto: Gustavo Xavier

Se tem uma coisa que incomoda muito em obra é a poeira. Mas, infelizmente, ela é inevitável. A designer de interiores Danielle Bellini e o arquiteto Luís Gustavo Bellini ensinam como minimizar esse transtorno: “Os móveis podem ser protegidos com plástico preto. A reforma também pode ser feita remanejando os ambientes, transferindo os móveis de lugar e liberando um ambiente após o outro, de acordo com a necessidade dos moradores”.

Outra dica importante é limpar, ainda que grosseiramente, os ambientes a cada etapa da reforma. “Oriento as equipes a sempre separar o lixo no final do dia, isso facilita a visualização de acabamento na obra e ajuda a diminuir a sujeira e a poeira”, ensina Júnior Piacesi. O arquiteto lembra ainda que sempre que possível é ideal passar um pano úmido em objetos e jogar água no ambiente se for possível.

area gourmet
Nesta área gourmet, para não gerar grandes transtornos aos clientes que ficaram na residência enquanto o espaço era revitalizado, os profissionais Danielle e Luis Bellini optaram por usar no piso um revestimento madeirado que pode ser colocado em cima do já existente                       Foto: Daniel Mansur

Para áreas de banho e cozinha o indicado é usar revestimentos por cima dos já existentes. “Uma boa opção para essas áreas são os revestimentos madeirados, fixados com cola de sapateiro por cima do já existente”, contam Danielle e Luís Gustavo.

Com essas dicas já dá para começar a pensar na reforma. Assim, em dezembro estará tudo pronto para receber amigos e familiares sem nenhuma preocupação.

Planejamento e tranquilidade na hora de reformar

A decisão por reformar um ambiente, ou todo o imóvel, pode começar num momento de empolgação e vontade de mudança. O morador inicia várias ações para que as alterações aconteçam e chegue ao resultado esperado. Simultaneamente a esse processo podem começar a surgir dúvidas, e até algumas decepções.

Para a designer e arquiteta Katalin Stammer, a presença de um profissional é de grande ajuda, e é importante que o agente das mudanças tenha conhecimento de qual a proporção dessa intervenção no ambiente, de quem ela depende, quanto custa e qual a ordem que as etapas devem acontecer.

Reforma 2

“No geral iniciamos o trabalho procurando entender o objetivo final esperado. É necessário avaliar se será necessária intervenção como quebra de paredes, troca de revestimentos ou ajustes de elétrica e hidráulica, por exemplo. Nesse caso não é possível trabalhar sem um profissional habilitado e que se responsabilize pela obra”, diz a profissional.

Atrasos, resserviços e imprevistos são muitos característicos no mercado. “A partir do momento que o cliente iniciar esse processo ele deve estar ciente que isso pode acontecer. Sugiro ter em mente o prazo calculado multiplicado por dois para ter uma margem de conclusão feliz e saudável para todos os envolvidos”, comenta Katalin.

A reforma pode valorizar bastante o imóvel e tornar-se diferencial na escolha de futuros compradores. Principalmente imóveis antigos, quando passam por reformas de elétrica e hidráulica. “Como são detalhes imperceptíveis para o comprador é importante ter em mãos as notas dos serviços, os contatos dos fornecedores e prestadores de serviço responsáveis para que tudo possa ser comprovado para o novo morador”, orienta a arquiteta.

Cuidar do espaço não é um trabalho simples e ou estático; está sempre acontecendo em maiores ou menores proporções. “Seja em um ambiente residencial, comercial ou institucional, o mais importante desse processo é que seja possível aproveitar o resultado depois do processo concluído”, completa Katalin.

Fonte: Katalin Stammer

Gastos com reforma de imóvel podem ser divididos após separação

Se a união for por comunhão parcial de bens, cônjuge pode reivindicar 50% das construções e reformas realizadas no imóvel

Uma das questões que geram dúvidas após uma separação é se os investimentos com a ampliação do imóvel podem ser divididos entre os cônjuges, mesmo se for adquirido por um deles antes do casamento com comunhão parcial de bens. Segundo Rodrigo Barcellos, sócio do escritório Barcellos Tucunduva Advogados, essa divisão é possível.

“Pela lei, considerando que a casa foi adquirida antes da união, ela não pode ser dividida. No entanto, entram na divisão de bens as reformas e melhorias realizadas em bens particulares de cada cônjuge, conforme o artigo 1.660, inciso IV, do Código Civil”, explica Barcellos.

Segundo o advogado, a partir de uma interpretação desse artigo, construções realizadas no imóvel também integram o patrimônio comum do casal e a metade dos bens a que cada cônjuge tem direito na separação, pois se supõe que tenham sido realizadas com o esforço de ambos.

“Mesmo que não houvesse essa interpretação, a ampliação do imóvel seria, ao menos, indenizável, conforme o artigo 1.255 do Código Civil”, ressalta Barcellos.

Fonte: Barcellos Tucunduva Advogados