Arquivo da tag: renato vaiano

Receita de de nhoque vegetariano para a “segunda sem carne”

Quem disse que massa precisa ser pesada? Pensando no crescimento das comidas vegetarianas e na saúde de seus clientes, o Chef Renato Vaiano ensina como preparar um nhoque de abóbora japonesa, tão saboroso e inovador quanto este nicho alimentício.

Aproveitando o dia da semana e lembrando da campanha mundial “Segunda Sem Carne”, que incentiva as pessoas a não consumirem esta proteína ao menos uma vez na semana.

“A receita pode ser saboreada da forma desta receita ou com molho de sua preferência. Todos que provam passam a amar e percebem o paladar que existe, sim, em opções vegetarianas”, finaliza o chef.

Nhoque Vegetariano

Ingredientes
500g de abóbora assada e amassada
1 ovo
100g de farinha de trigo
1 colher (de chá) de sal (rasa)
30g manteiga
Noz-moscada
Alecrim
Sal
50g Parmesão
Pimenta do reino
Alecrim

Modo de preparo
Separando estes ingredientes, basta assar a abóbora até ficar bem macia, feito isso, tire a polpa e amasse até virar um purê. “O sentido é assar a abóbora para que ela fique mais seca e não precise acrescentar tanta farinha”, orienta Vaiano. Depois, tempere com sal, noz-moscada e pimenta do reino. Na sequência, acrescente a gema e o queijo parmesão. De acordo com o Chef, após isso, misture a farinha e incorpore a massa, sem sovar, isso colabora para não liberar o glúten e deixar o nhoque duro. Preparada a massa, basta enfarinhar uma bancada e preparar os rolinhos, para isso, corte a mesma em retângulos de aproximadamente 3 cm. Uma vez pronta, aqueça água em uma panela com pitada de sal. Após levantar fervura, cozinhe os nhoques. “Uma dica para saber se estão prontos é observar quando começam a subir até a superfície da água”, aconselha Vaiano. Finalizada, reserve a massa e em uma frigideira antiaderente, derreta a manteiga com uma rama de alecrim para aromatizar. Frite o nhoque na manteiga e finalize com parmesão ralado.

Overnight Oats é opção para café da manhã nutritivo e barato

Ingredientes custam menos de três reais por porção e receita apresenta versão vegana

Assim como destaca o chef de cozinha Renato Vaiano, o café da manhã é a principal refeição do dia, afinal, ele dará o start e o gás para que todas as tarefas sejam realizadas ao longo das 24 horas.

Pensando nisso, o culinarista definiu a receita de Overnight Oats como seu desjejum. “Meu dia a dia é bem corrido, acabo dormindo tarde e acordando cedo no dia seguinte. E, além do sabor, a facilidade desse prato permite que eu não me preocupe com o café da manhã. É só pegar uma porção na geladeira para comer em casa ou até mesmo a caminho do trabalho”, explica.

O custo baixo é uma das principais vantagens do prato, além, é claro, de seu alto valor nutritivo que reúne vitaminas do completo B e E, fibras, manganês, fósforo, antioxidantes e ômega 3. Todos os ingredientes necessários somam um total de R$ 25,00 que rendem até 11 porções, sendo assim, cada café da manhã sai a menos de três reais.

Para fazer desta a principal receita do desjejum, é preciso dos seguintes ingredientes para preparar uma porção:

Overnight Oats

Ingredientes
• 2 colheres de sopa de aveia
• 6 colheres de sopa de leite
• iogurte grego light
• 1 banana picada
• 3 morangos picados
• 1 colher de sopa de chia
• 1 colher de sopa de granola
• pote de vidro ou taça para servir

Modo de preparo
De início, é preciso misturar a aveia com o leite e, depois, despejar no fundo do pote de vidro. Em seguida, cobrir com metade da banana e um morango já picados. Juntar o iogurte com a chia e colocar em cima das frutas. Logo após, acrescentar a outra metade das frutas picadas e levar à geladeira para descansar de um dia para o outro. Na manhã seguinte, colocar uma colher de granola por cima para tornar o Overnight Oats ainda mais saboroso.

“Cada porção rende, em média, 290 gramas e leva em torno de cinco minutos para montá-las. No entanto, são necessárias dez horas para que a receita descanse sob refrigeração”, esclarece Renato.

Para o chef de cozinha, o diferencial dos pratos está na variedade de texturas, por isso, como dica extra, Renato propõe que castanhas laminadas ou lascas de coco sejam acrescentadas por cima do Overnight Oats. Contudo, é preciso se atentar para que esses itens sejam colocados apenas minutos antes de serem servidos, dessa forma, a crocância e o sabor único estarão garantidos. Existe também a opção de usar outras frutas como manga, uva sem caroço ou kiwi.

É possível, ainda, fazer algumas pequenas modificações na receita para que ela se torne um café da manhã ideal para aqueles que são adeptos a alimentação vegana. “Basta substituir o leite e iogurte por leite de coco, leite de amêndoas, leite de arroz ou leite de soja, neste último caso, ao misturar com a chia, deixe descansar por aproximadamente dez minutos antes de colocar no pote”, sugere o chef.

Esta é uma opção muito recomendada para quem procurar balancear a dieta, já que, seus ingredientes são capazes de promover a sensação de saciedade por um longo período. Além disso, por ser uma receita fresca e refrigerada, seu consumo é indicado para os dias quentes, como os que logo virão.

Moqueca de Banana da Terra: prato vegetariano ganha destaque na ceia de Ano-Novo

Chef de Cozinha explica relação com gastronomia de origem vegetal e ensina receita

A culinária de origem vegetal sempre esteve presente na vida do chef de Cozinha Renato Vaiano que, apesar de não ser totalmente adepto a essa opção alimentar, sempre foi grande apreciador da modalidade gastronômica. “Desde criança, pelo menos uma vez ao mês, nós íamos até um restaurante vegetariano localizado no Rudge Ramos, bairro do ABC Paulista. A partir daí, fui me habituando aos novos sabores e texturas”, relembra o profissional.

Há alguns anos, após ter seu segundo filho, a relação com a gastronomia vegetariana se estreitou ainda mais quando descobriram que o pequeno tem intolerância a alimentos proteicos, como ovo, leite e oleaginosos. “Me senti perdido, porque embora já tivesse contato com pratos sem proteína animal, ainda conhecia muito pouco sobre essa cozinha. Então, comecei a estudar muito e a gostar do estava descobrindo.”

Desde então, todos os menus criados por Vaiano levam opções vegetarianas e veganas e, com a chegada das festas de final de ano, um prato em especial vem ganhando destaque no cardápio desenvolvido exclusivamente para as ceias de Natal e Ano-Novo.

Ao contrário do estereótipo sobre a culinária vegetariana que muitas pessoas ainda têm, esta opção alimentar não significa fazer dietas restritas. “A verdade é que este é um campo que está em sua fase embrionária, a indústria alimentícia ainda não conseguiu adequar o seu processo produtivo a demanda. As pessoas ainda acham muito complicado somar três ingredientes ou mais para se tornar um, entretanto, a falta de tempo também é obstáculo. Sendo assim, procuro apresentar receitas fáceis para que mais pessoas se lancem a esta experiência tão rica”, encerra Vaiano.

A seguir, o chef explica como fazer a Moqueca de Banana da Terra que, com certeza, vai conquistar o paladar e coração de muitos convidados.

Moqueca de Banana da Terra

Ingredientes:

1kg de banana da terra madura
2 dentes de alho amassados
3 cebolas em rodelas
1 pimentão vermelho em rodelas
1 pimentão amarelo em rodelas
5 tomates picados
1 maço de coentro picado
2 colheres de sopa de salsinha picada
2 colheres de sopa de manjericão picado
1 xícara de leite de coco
1 pimenta dedo de moça picada sem sementes
suco de 2 limões
Sal a gosto
Azeite a gosto
Azeite de dendê a gosto

Modo de preparo

Inicialmente, é preciso cortar a banana em fatias e depois misturá-la com sal, suco de limão e alho, deixando marinar por uma hora. Em seguida, é necessário refogar a cebola, os pimentões e o tomate no azeite por aproximadamente cinco minutos e, então, acrescentar uma pitada de sal. Após esse tempo, desligue o fogo e adicione coentro, salsinha e manjericão. Em uma panela de barro ou de pedra, coloque uma cama do refogado e uma cama de banana, as intercalando. Regue com o leite de coco e deixe cozinhar por 20 minutos em fogo baixo. Nos últimos cinco minutos, acrescente o azeite de dendê.

Tempo: em torno de 35 a 40 minutos

moqueca de banana da terra

 

Dicas

“Se quiser deixar a moqueca ainda mais rica em sabores e texturas, acrescente um caju cortado em cubos e 200g de palmito pupunha fatiado em tiras, junto com o refogado” recomenda o Chef, como dica extra sugere ainda: “para acompanhar o prato, sirva arroz branco ou uma boa farofa, e para fechar com chave de ouro, harmonize a receita com uma taça de vinho branco seco, uma cerveja pilsen ou de trigo.”

A Moqueca de Banana da Terra deve ser mantida sob refrigeração, caso não seja completamente consumida nas ceias de final de ano, e pode ficar até, no máximo, dois dias na geladeira.