Arquivo da tag: risotto

Risottos variados no jantar do Dona Firmina

Conhecida pela combinação das gastronomias portuguesa e italiana, a Dona Firmina Pizzaria traz para seus clientes um menu especial de risottos disponível todos os dias no jantar.

Entre as opções estão açafrão e ragu de ossobuco (R$ 49), brie e presunto parma (R$ 49), camarão ao limão siciliano (R$49), Mignon com quatro queijos (R$ 49) e shitake (R$ 39). Além dos risottos, o novo cardápio ainda inclui duas opções de arancini – o bolinho italiano feito com risotto – nos sabores gorgonzola (R$ 29 | 6 unidades) e ragu de ossobuco (R$ 29 | 6 unidades).

Dona Firmina Pizzaria: Alameda dos Anapurus, 1491- Moema

Alcachofra está de volta ao menu sazonal da Mercearia do Francês

Durante o mês de outubro, a iguaria é destaque na casa com um prato inédito

Localizada no bairro de Higienópolis desde 2005, a Mercearia do Francês traz o espírito descontraído dos bistrôs parisienses com uma cozinha franco-brasileira em um ambiente acolhedor e charmoso. Sempre atenta às novidades e respeitando a sazonalidade e frescor dos alimentos, em outubro acontece a época mais esperada da casa pelos clientes: a época da alcachofra no menu.

Sendo assim, para a edição de 2020 o chef e sócio da casa, José Luiz Balon, criou um prato exclusivo com a iguaria, que se assemelha a uma flor e homenageia a chegada da primavera: risotto de alcachofra com pinoles ao perfume de trufas.

Leve e de sabor inigualável, a opção estará no menu sazonal da casa enquanto tiver a safra. Além disso, clássicos como Steak Tartare, Crepes e Saladas, entre outros, estão também entre as opções da casa, que possui um ambiente charmoso e acolhedor, perfeito para um almoço de negócios até um jantar a dois.

Para acompanhar, na Mercearia do Francês é possível apreciar vinhos dos mais diversos países, além de drinks com espumante Chandon Reserve Brut, tal como a Água de Paris feita com morangos, suco de laranja, gelo e a bebida; Clericot, que leva frutas cítricas, soda e vinho branco; Gin tônica com manjericão, limão e pimenta rosa; e champagne francesa, além de bebidas não-alcoólicas.

Mercearia do Francês: Rua Itacolomi, 636 – Higienópolis – São Paulo. Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 12h às 15h e das 19h às 22h; respectivamente, e, aos domingos, das 12h às 18h (apenas almoço). Nestes horários também é possível realizar pedidos via iFood, telefone e take away, além de reservas.

Casamento perfeito: vinho e risoto

Especialista dá dicas de vinhos ideais para serem harmonizados com o clássico da gastronomia italiana

Nada melhor do que agradar as pessoas que gostamos. Uma maneira fácil e prática de conseguir isso, é com a gastronomia. Que tal apostar em um belo e versátil risoto, um clássico italiano, para conseguir uns pontinhos com aquela pessoa especial? Afinal, o jeito mais fácil de tocar no coração de alguém, é por meio do estômago.

O risoto pode ser servido como entrada em pequena quantidade, como prato principal ou ainda como acompanhamento de carnes. Além disso, a versatilidade permite que ele seja harmonizado com diversas bebidas, principalmente um vinho de qualidade. De acordo com Abel Blumenkrantz, executivo da Garage Vinhos, vinhos e risotos harmonizam tão bem que formam o “casal” perfeito da gastronomia.

Risotto alla milanese – Dreamstime

No Brasil, os risotos mais conhecidos são o Risotto alla Milanese (risoto milanês), o Risotto com Funghi (risoto ao funghi) e o Risotto al Quattro Formaggi (risoto aos quatro queijos). Alguns ingredientes são indispensáveis para a receita, entre eles o arroz dos tipos arbório, arbório integral, carnaroli ou vialone nano, caldos aromáticos, cebola, manteiga, vinho e queijo.

Mas na hora da harmonização, qual é o vinho ideal para cada risoto? Para Abel, os ingredientes do preparo irão definir essa escolha. “Os ingredientes utilizados no risoto é que vão determinar qual o melhor vinho para a harmonização. Antes de escolher a bebida, é fundamental prestar atenção nas peculiaridades do preparo. Como o risoto é muito versátil, o leque de vinhos para harmonização também é muito grande”, comenta.

Segundo o especialista, os vinhos brancos e rosés costumam acompanhar muito bem risotos preparados com ingredientes leves. “Se você for fazer um risoto com legumes ou frutos do mar, os brancos e rosés são um complemento perfeito”, explica. “Mas as receitas com carne, linguiça, cordeiro ou carne de caça, precisam de um vinho com mais intensidade. Daí eu sugiro a harmonização com tintos leves”, completa Abel.

Confira algumas dicas especiais do especialista:

• Risoto de frutos do mar, com mexilhões, lulas e ou polvo.
Vinho: Casas del Toqui Reserva Sauvignon Blanc
Tipo de uva: Branca
Uva: Sauvignon Blanc
Origem: Chile

• Risotos de filé mignon, com funghi, carne seca e ou linguiça
Vinho: Casa Scarpa
Tipo de uva: Tinta
Uva: Barbera D’Asti
Origem: Itália

• Risoto de queijo brie:
Vinho: Las Perdices Reserva Chardonnay
Tipo de uva: Branca
Uva: Chardonnay
Origem: Argentina

• Risoto de aspargos com presunto parma
Vinho: Espumante De Vergy Blanc de Blancs Brut
Tipo de uva: Brancas
Uvas: Ugni Blanc, Colombard, Chardonnay
Origem: França

Menu especial de Natal no Piselli

Clientes que frequentarem o Piselli SUD, localizado no piso térreo do Iguatemi Shopping, e o Piselli Jardins poderão degustar o delicioso Menu di Natale (R$ 95,00), preparado pelo Chef Carlos Vesentini.

Com a missão de dar início às celebrações de fim de ano, a opção ficará disponível até 31 de dezembro e levará um dos clássicos da casa: Risotto Piselli, que é um risoto de ervilhas com queijo pecorino e é o prato mais tradicional da casa a partir do momento que a leguminosa que marcou as origens do restaurateur e sócio da casa Juscelino Pereira, e como sobremesa será servido tiramisù de panetone, que é baseado na tradicional receita italiana, acompanhado de sorvete de pana cotta, crumble e creme de café.

risotto piselli gladstone campos - realphotos
Foto: Gladstone Campos/Realphotos

“A minha vinda de Joanópolis para São Paulo se deu devido à uma mal-sucedida tentativa de plantação de ervilhas. Aliás, hoje vejo que nada deu errado. Muito pelo contrário, pois foi isso que me impulsionou a buscar um trabalho na capital e realizar o meu sonho, baseado nos ensinamentos de meu avô e meu pai que diziam que um homem deveria estar aprumado até os 35 anos, diz Juscelino Pereira.

tiramisu piselli
Divulgação

“O Piselli foi inaugurado exatamente no dia do meu aniversário de 35, depois de muitas lutas e batalhas. É por isso que afirmo que ervilhas dão sorte. Aliás, sugiro que elas sejam incorporadas nas tradições de fim de ano. Ervilhas também são sinônimo de fartura!”, finaliza.

Informações: Piselli