Arquivo da tag: salada

Nutricionista ensina salada fácil que vale por uma refeição completa

Opção leve para almoço ou jantar, a combinação certa de componentes na salada garante os nutrientes necessários para se manter saudável e saciado

A salada é uma opção comumente adotada em dietas que buscam a perda de peso, podendo ser o terror de quem gosta de comer muito — há quem acredite que consumi-la é o mesmo que passar fome. Porém, o segredo para que essa refeição possa substituir pratos principais está no equilíbrio entre os ingredientes.

Segundo a nutricionista Gabi Lodewijks, é preciso combinar diferentes fontes de micro e macronutrientes como vitaminas, proteínas, fibras e gordura boa. Na receita proposta pela nutricionista, a base de endívia — semelhante a chicória, rica em vitaminas A, C e do complexo B, antioxidantes, e fibras que ajudam na digestão e saciedade — se funde à bergamota, nozes e chia, tornando o prato leve e nutritivo.

“O punhado de nozes será responsável por trazer gorduras insaturadas, proteínas, fibras e antioxidantes para a refeição, assim como minerais importantes como o zinco e o potássio. A chia virá como a fonte de ômega 3, fibras e outras vitaminas. Já a bergamota constitui um grupo de frutas cítricas ricas em vitamina C, que ajuda no fortalecimento do sistema imunológico”, conta.

Salada nutritiva

Ingredientes

5 endívias picadas
Ervas italianas finas (à gosto)
1 punhado de Nozes
Chia
1 bergamota (tangerina/mexerica)
100g de queijo minas

Modo de preparo

Corte as endívias em tiras finas e o queijo minas em cubinhos. Em um prato, acrescente a folhagem, as nozes, a bergamota e o queijo minas. Finalize “polvilhando” o prato com chia. Pode adicionar uma colher de sopa de azeite de oliva extra virgem ou sal e pimenta a gosto, se quiser. Coma na hora!

Namorados: faça você mesma pratos saudáveis e gostosos para comemorar

Com opções de entrada, prato principal e sobremesa, receitas prometem deixar a data dos casais ainda mais especial

Comemorado neste sábado (12), o Dia dos Namorados é considerado por muitos como o dia perfeito para declarações de amor, trocas de presentes e, claro, jantares românticos. E em um momento onde a ida a restaurantes continua incerta – e para fugir dos tradicionais deliveries de comida -, Júlia Canabarro, nutricionista da Dietbox, startup de nutrição, sugere um menu completo composto de entrada, prato principal e sobremesa. As indicações, além de saudáveis e saborosas, são ótimas para colocar as mãos na massa, sair da rotina e criar momentos que vão ficar gravados na memória.

Para o cardápio, a profissional separou três opções: salada de quinoa, quiche de legumes e brownie integral. A quinoa, rica em magnésio, dá um ar mais sofisticado ao prato, fugindo do convencional. Já o brownie, feito com farinha de aveia, açúcar mascavo e cacau, promete fechar o jantar com chave de ouro, estimulando ainda mais a sensação de bem-estar.

Confira abaixo as receitas completas preparadas pela nutricionista da Dietbox:

Entrada: Salada de Quinoa com Legumes


Ingredientes:
– 1 xícara de quinoa em grãos
– 1 abobrinha pequena ralada crua
– 1 cenoura pequena ralada
– 1/2 cebola picada
– 1 dente de alho
– Azeite
– 1 tomate picado
– Sal, pimenta do reino e salsinha picada a gosto

Modo de preparo

Refogue rapidamente a cebola e o alho com um pouquinho de azeite. Acrescente a quinoa e 2 xícaras de água. Adicione uma pitada de sal e tampe a panela, cozinhando a quinoa em fogo baixo por aproximadamente 15 minutos ou até que a água seque. Quando a água estiver quase secando, acrescente os legumes ralados e o tomate picado por cima da quinoa e abafe até a água secar completamente. Incorpore os legumes e a salsinha na quinoa e regue de azeite quando estiver pronta.

Prato principal: Quiche de Legumes

Ingredientes

  • 1 xícara de farelo de aveia
  • 2 ovos inteiro + 1 clara
  • 1 colher de café de óleo de coco (caso prefira, pode substituir por manteiga)
  • 4 colheres (sopa) de queijo cottage
  • 1 alho-poró cortado em rodelinhas
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 tomate pequeno picado
  • 1 cenoura ralada
  • 1/2 abobrinha picada

Modo de preparo

Para a massa, misture todos os ingredientes até ficar homogenia. Despeje-a em uma forma untada e asse em forno preaquecido por 10 min. Após, retire para colocar o recheio. Para o recheio,misture o ovo com o queijo cottage e reserve. Em um fio de óleo, refogue os demais ingredientes e tempere conforme sua preferência (pimenta, sal, ervas). Adicione o refogado à mistura reservada. Cubra a massa com o recheio e decore como quiser. Retorne ao forno a 200ºC e asse por 20 min ou até dourar.

Sobremesa: Brownie Integral

Ingredientes

  • 2 ovos
  • 1 xícara de farinha de aveia
  • 3 colheres (sopa) de manteiga
  • 3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • 2 colheres (sopa) de cacau em pó
  • Quadradinhos de chocolate

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes e distribua em uma fôrma pequena untada. Leve ao forno por 15 a 20 minutos.

Fonte: Dietbox 

Camil dá dicas de como planejar cardápio da semana e ter uma alimentação mais saudável

Dicas fazem parte da campanha “Comida de Casa é Camil” que abordam os mais importantes temas alimentares trazendo soluções práticas para o dia a dia

Sabemos da importância da comida feita em casa e da memória afetiva que ela representa, principalmente no momento que estamos vivendo. Pensando nisso, a Camil, líder em grãos e detentora do portfólio mais amplo da categoria, criou a campanha “Comida de Casa é Camil, com dicas e soluções para valorizar o cozinhar em casa e incentivar as pessoas a terem uma alimentação mais gostosa e nutritiva, todos os dias.

Um dos temas mais importantes sobre alimentação é como planejar o cardápio semanal para que se consiga manter refeições mais saudáveis e com comida de verdade mesmo quando o tempo é reduzido, como o home office exige, por exemplo. Sobre este assunto, algumas dicas são:

=Planejar preparações com ingredientes de diferentes grupos alimentares é ponto importante a ser considerado na organização do cardápio, pois uma refeição balanceada é composta por um item de cada grupo: 1) leguminosas: feijão, grão-de-bico, lentilha ou outros grãos + 2) carboidratos: arroz branco, integral, entre outros + 3) legumes e verduras + 4) proteína: animal ou vegetal (carnes, ovos, frango, peixe e etc). Busque preparações que já conhece para facilitar o preparo do dia a dia, mas não deixe de trazer mais variedade com poucos ingredientes para a sua refeição;

=Os grãos são aliados muito importantes neste momento, pois são alimentos nutritivos e extremamente versáteis, podendo ser consumidos quentes ou frios; em ensopados (como o feijão), em saladas, como pastas de grãos, nas sopas, como aperitivos etc; assim dá pra variar bastante o cardápio da semana. Além de poderem ser preparados previamente e congelados para consumir ao longo da semana;

=Ter variações que vão além do tradicional arroz com feijão ajuda a ampliar o paladar e as inúmeras opções com outros tipos de grãos, como lentilha, grão-de-bico, etc. No caso do arroz, o integral, o selvagem, entre outros;

=Variar os pratos de acordo com os legumes e verduras que estão na estação que, além de ser mais barato, garante o melhor aproveitamento destes ingredientes, além de serem muito mais saborosos durante suas safras;

=Para se livrar dos temperos ultraprocessados, abuse das especiarias, alho, cebola, azeite etc. E para agilizar o preparo dos alimentos, como são usadas em todas as preparações, a dica é picar ou bater no processador o alho com cebola e azeite e deixar em um recipiente com tampa da geladeira por até 3 dias;

=Abusar também das ervas frescas na hora de fazer as refeições, como salsinha, coentro, cebolinha, manjericão, etc. Elas trazem frescor e diferentes sabores aos pratos. Caso não tenha a erva fresca, uma dica é quando comprar, lavar e secar bem a salsinha e cebolinha e picar. Depois, guardar em um pote com tampa e congelar. Assim as ervas ficam sempre à mão;

Unlockfoodca

=Outro ponto importante para as famílias com criança em casa é que a comida dos pequenos não precisa ser diferente do restante da família, isso também facilita no planejamento do cardápio.

“Todos nós sabemos da importância cultural do arroz e feijão e o tradicional “prato feito ou PF” para nós brasileiros, que além deste aspecto cultural, tem um equilíbrio nutricional muito relevante. Portanto, quando deixamos de consumir alimentos ultraprocessados e passarmos a consumir mais os “PFs” estamos fornecendo nutrientes importantes para o organismo, mas também mantendo este hábito alimentar saudável”, explica Ivy Oliveira, Gerente de Serviços de Marketing da Camil e que coordena a cozinha experimental da marca.

Confira abaixo três receitas do site de Camil práticas e saborosas para você testar em casa e conferir toda a versatilidade dos grãos:

Salada de Feijão Fradinho

Ingredientes:

Molho
50 gramas de tomate seco
1 unidade pequena de alho amassado
1/2 colher (chá) de orégano seco
1 colher (sopa) de vinagre
1 Pitada de açúcar refinado
6 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 unidade de sal a gosto
1 unidade de pimenta-do-reino (Pó) a gosto

Salada
1 embalagem de Feijão Fradinho Pronto Camil
1 xícara (chá) de vagem cozida, cortada em pedaços com cerca de 2,0 cm
4 colheres (sopa) de azeitonas pretas em rodelas
1 lata de atum sólido em óleo
2 colheres (sopa) de Alcaparras

Modo de preparo:

Molho
Em um processador ou liquidificador, junte todos os ingredientes e bata até obter um purê. Reserve.

Salada
Em uma tigela, junte o Feijão Fradinho Pronto Camil cozido, a vagem em pedaços, as azeitonas pretas, o atum com seu óleo e as alcaparras. Tempere com o molho reservado, envolvendo bem a salada.

Dicas: prepare a salada com cerca de 1 hora de antecedência para que o tempero penetre no feijão. Sirva esta salada acompanhada de torradas.
Harmonização: cervejinha bem gelada.
Crianças: farinha de mandioca, tipo beiju, tostada, para salpicar sobre a salada.
Modo de servir: ideal como finger food em um fim de tarde, como aperitivo, em cumbuquinhas individuais acompanhando a cerveja.

Bolinho de lentilha recheado

Ingredientes:
1 xícara (chá) de Lentilha Camil
6 xícaras (chá) de água
1 folha de louro
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
3 dentes de alho picados
1 colher (chá) de sal
6 colheres (sopa) de farinha de mandioca crua
200 gramas de queijo muçarela cortado em cubos médios
Clara de ovo para empanar
Farinha de Rosca para empanar
Óleo para fritar

Modo de preparo:
Em uma panela, coloque a Lentilha Camil, a água e a folha de louro. Cozinhe por 35 minutos ou até os grãos estarem cozidos. Escorra bem e amasse com o auxílio de um garfo e reserve. Em uma panela, aqueça o azeite em fogo médio e frite o alho até dourar levemente. Acrescente a Lentilha Camil cozida, o sal e a farinha de mandioca e cozinhe, mexendo sempre, até ficar homogêneo. Divida a massa em 20 porções, recheie com um cubo de queijo e modele os bolinhos. Passe os bolinhos na clara de ovo e depois na farinha de rosca. Reserve. Em uma panela pequena e funda, aqueça o óleo em fogo médio e frite os bolinhos aos poucos. Escorra em papel absorvente e sirva a seguir.

Dica: experimente adicionar bacon ou linguiça calabresa picada na massa de lentilha.

Arroz de Carne de Panela na Cerveja

Ingredientes:

Carne de panela

2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 unidade grande de cebola
3 unidades de Alho
400 gramas de acém ou coxão duro em cubos médios
2 unidades médias de tomate picadas
2 colheres (chá) de sal
pimenta do reino a gosto
1 e 1/2 xícara (chá) de água

Arroz

2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 cebola média picada
2 dentes de alho
1 e 1/2 xícara (chá) de Arroz Reserva Especial Camil
1 lata de cerveja clara pequena
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de água
1 xícara (chá) de queijo muçarela ralado grosso
2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado

Modo de preparo:

Carne de panela
Em uma panela de pressão, em fogo médio aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho até dourar. Junte a carne e refogue rapidamente, adicione o tomate, tempere com sal e pimenta e adicione a água. Tampe a panela e cozinhe por 30 minutos contados a partir do início da pressão. Espere sair toda a pressão, abra a panela e desfie grosseiramente a carne. Reserve.

Arroz
Em uma panela, aqueça em fogo médio o azeite e refogue a cebola e o alho até dourar.Junte o arroz e refogue por mais alguns minutos. Adicione a cerveja e o sal, tampe parcialmente a panela e cozinhe até começar a secar o líquido. Adicione a água, tampe parcialmente a panela e termine o cozimento até que os grãos estejam macios. Desligue o fogo, tampe a panela e deixe descansar por 5 minutos. Solte delicadamente o arroz com um garfo e junte a carne cozida reservada com o caldo, o queijo e o cheiro-verde, misture bem e sirva em seguida.

Dicas:
Para o preparo da carne de panela é importante utilizar uma carne que seja saborosa e você pode substituir o acém ou o coxão duro por outra de sua preferência. Se preferir, você pode substituir a cerveja clara por cerveja preta.

Para conferir estas e outras dicas de Comida de Casa Camil, acesse os perfis da marca no Youtube e Instagram.

Alimentos que ajudam a evitar cólicas em mulheres

Fontes de Ômega-3 e algumas sementes, como a de linhaça, são opções que contribuem para aliviar sintomas desagradáveis, segundo a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau

Cerca de 75% das mulheres sofrem com as cólicas menstruais em nosso país, segundo um estudo feito pela PUC – Sorocaba, em 2018. Em linhas gerais, essa dor acontece mensalmente na região pélvica, provocada por uma substância chamada de prostaglandina. Durante essa fase, as estruturas reprodutivas do corpo feminino se prepararam para receber um embrião e, quando isso não ocorre, o organismo faz um processo inverso, liberando a prostaglandina, fazendo com que o útero contraia e comprima os nervos e vasos sanguíneos, provocando os incômodos embaixo do ventre.

A boa notícia é que há uma grande influência daquilo que comemos durante o ciclo menstrual e, ter à mesa os alimentos certos, pode ser uma alternativa para aliviar os sintomas do período, como afirma a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau.

“Alguns nutrientes ajudam a reduzir essa sensação e há estudos, como um espanhol publicado em 2020, que mostrou redução nos sintomas quando as mulheres aderem ao padrão de dieta do mediterrâneo, que inclui azeites, grãos integrais, lácteos, castanhas e carnes magras, incluindo peixes”, aponta.

Segundo Renata, o ômega-3, presente nos peixes e algumas sementes, como a de linhaça, são excelentes para combater cólicas e inchaços durante o período menstrual. Alimentos ricos em vitamina B6 (aveia, banana, nozes, castanhas) também atuam nos neurotransmissores diminuindo a dor.

Ela também indica a ingestão de alimentos que contém vitamina E, como abacate, azeite e oleaginosas, pois têm ação anti-inflamatória, antioxidante e ajudam a atenuar os sintomas.

Pitaya

O mesmo efeito é encontrado nas frutas cítricas – como a laranja e o limão – e fontes de vitamina C, como o abacaxi, a pitaya, o caju e o maracujá. Outra sugestão da nutricionista é o consumo de cálcio e magnésio, presentes nos lácteos e nos vegetais verde escuro, respectivamente.

A quantidade, segundo a nutricionista, varia muito de acordo com a idade e o peso. “Sempre recomendo que as pessoas comam observando sua saciedade, mas esses alimentos podem fazer parte de todas as refeições”, indica.

No café da manhã e lanche, a dica da nutricionista é comer banana ou vitamina de fruta com aveia, ou iogurte com castanhas. Já no almoço e jantar, o ideal é incluir saladas e refogados com vegetais escuros, peixe assado, cozido ou grelhado e semente de linhaça como parte das preparações.

Por outro lado, açúcar e bebidas alcoólicas vão aumentar os processos inflamatórios e podem potencializar as dores e desconfortos relacionados à cólica menstrual. “Excesso de estimulantes, como a cafeína, presente no café e no chá preto, também podem favorecer uma piora nos sintomas”, alerta. “Além disso, vale a recomendação de utilizar bolsas de água quente, prática regular de atividades físicas e manejo do estresse para ajudar a reduzir os sintomas”, finaliza.

A especialista aproveita para sugerir receitas práticas para o dia a dia com os alimentos indicados:

Saint Peter no Papilote com Espinafre

Ingredientes
2 filés de saint peter
Sal e pimenta a gosto
Ramos de tomilho a gosto
2 col de sopa de azeite
2 xic de chá de folhas de espinafre

Modo de preparo
Tempere os filés com azeite, sal e pimenta.Deixe descansando por 12 horas antes de assar. Separe 2 pedaços de papel alumínio em tamanho suficiente para embrulhar os filés. Acomode as folhas de espinafre e acrescente uma pitada de sal e um fio de azeite. Acomode em seguida os filés pré-temperados e salpique tomilho por cima. Feche os papilotes e leve ao forno por cerca de 30 minutos. Sirva em seguida.

Overnight de Manga

Ingredientes
½ manga madura picada
1 col de sopa de semente de linhaça
4 a 5 castanhas trituradas
4 col de sopa de aveia
150mL de iogurte natural

Modo de preparo
Misture o iogurte com a aveia. Monte em uma taça ou caneca as seguintes camadas: iogurte com aveia, manga picada e em seguida linhaça. Faça outra camada de iogurte, outra camada de manga e finalize com as castanhas picadas. Deixe na geladeira durante a noite para consumir no dia seguinte pela manhã.

Smoothie Verde

Ingredientes
2 fatias de abacaxi congelado
100mL de água de coco
50mL de suco de limão
1 folha de couve picada
4 folhas de hortelã
Gelo à vontade

Modo de fazer
Bata tudo no liquidificador ou mixer e consuma em seguida, preferencialmente sem coar.

Salada Colorida

Ingredientes
½ maço de espinafre
1 pitaya picada em pedaços grandes
5 morangos
10 nozes
Azeite e sal a gosto para temperar.

Em uma saladeira, acomode as folhas de espinafre. Tempere com o azeite e o sal.Acrescente delicadamente os pedaços de pitaya, de morango e as nozes. Finalize com mais um fio de azeite e sal. Sirva em seguida.

Fonte: Oba Hortifruti

Receitas para um almoço saudável

Conhecida por ser uma data que reúne a família para um almoço em casa ou um jantar no restaurante que elas mais gostam, o Dia das Mães passou a ter um formato comemorativo diferente. O fato de as pessoas estarem em casa, respeitando o distanciamento físico, fez com que a Jasmine se inspirasse em uma forma diferente para homenagear as mulheres que tanto merecem. Por isso, a marca sugeriu um cardápio saudável completo, e que foge do tradicional, para preparar em casa e deixar o dia ainda mais especial.

Confira:

Estrogonofe vegano de PTS:

Ingredientes:

  • 100g de Proteína de Soja Texturizada (PTS) Jasmine
  • 100g de Molho de Tomate Tradicional Jasmine
  • 200ml de BioV Aveia + Cálcio
  • 1 cebola média
  • 3 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de shoyu
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de sopa de vinagre branco
  • 2 colheres de sopa de Mostarda
  • 50g de champignon
  • Sal
  • Pimenta-do-Reino (a gosto)
  • Cheiro-verde (a gosto)
  • Arroz Agulhinha Integral Jasmine para acompanhar

Modo de preparo:

Hidrate a PTS em água fervente por 15 minutos. Refogue a cebola e o alho. Ao dourar, acrescente a PTS. Acrescente o vinagre, a mostarda, o sal e a pimenta-do-reino e misture bem. Acrescente o champignon, o molho de tomate e a água. Deixe cozinhar por 5 minutos, mexendo bem. Despeje o Leite de Aveia e cozinhe até engrossar. Tempere com o cheiro-verde e mais sal caso necessário. Prontinho!

Salada de Quinoa com alcaparras:

Ingredientes:

Da salada:

  • 2 xícaras (chá) de Quinoa Real em Grãos Jasmine lavada, cozida e fria
  • 4 xícaras (chá) de tomates cereja
  • 15 azeitonas verdes
  • 4 colheres (sopa) de alcaparras
  • 1/2 xícara (chá) de folhas de manjericão
  • 8 folhas de alface


Do molho vinagrete:

  • 1 colher (chá) de mostarda Dijon
  • 5 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • 2 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
  • 1/2 colher (sopa) mostarda de pimenta verde (opcional)
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Prepare o molho vinagrete juntando todos os ingredientes, um a um. Corte os tomates cereja em quatro partes e as azeitonas, em fatias e adicione-os ao molho vinagrete. Misture as alcaparras e o manjericão picado delicadamente com o molho vinagrete e deixe descansar por 30 minutos. Adicione a Quinoa à mistura e sirva a salada em folhas de alface.

Torta de maçã

Ingredientes:

Massa:

  • 150g de farinha de trigo integral Jasmine;
  • 150g de farinha de aveia;
  • 1/2 xícara de óleo de coco;
  • 1/4 xícara de manteiga ghee;
  • 2 col de sopa de água;

Recheio:

  • 2 maçãs;
  • 4 colheres de sopa de açúcar demerara;
  • Suco de 1 limão;
  • Canela a gosto;
  • 1 colher de chá de essência de baunilha;

Modo de preparo:

Misture os ingredientes da massa em um bowl até obter uma mistura bem incorporada e leve ao freezer por 10 minutos. Em seguida abra a massa com um rolo untado e despeje numa assadeira redonda untada com óleo de coco. Corte as maçãs em cubos ou meia lua, misture com os outros ingredientes do recheio e despeje por cima da massa. Asse em forno preaquecido a 180 graus por 35 a 40 minutos.

Fonte: Jasmine

Exótica, carambola pode integrar receitas de sobremesas e saladas

Azedinha e de cor amarela, a carambola pode ser utilizada para dar um ar diferenciado nas refeições. Fruta da época, ela também oferece diversos benefícios, como sabor, textura e cor, a um bom custo. Veja abaixo como aproveitar o ingrediente em receitas diversas e que darão cor ao seu dia a dia.

Para acompanhar de uma forma diferente sua receita de carne preferida, o Chutney Tropical é a sugestão perfeita para sua refeição. Além de aromático, o sabor é surpreendente. Receita de Iara Venanzi.

Ingredientes
• 1 colher (sopa) de manteiga
• 2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
• 1 cebola média picada
• 2 xícaras (chá) de abacaxi em cubos (400 g)
• 1 carambola média picada
• meia xícara (chá) de suco de laranja
• meia xícara (chá) de vinagre de maçã
• meia colher (chá) de Maggi Fondor
• 1 colher (chá) de fécula de batata
• 3 colheres (sopa) de hortelã picada

Modo de preparo
Em uma panela, aqueça a manteiga e o açúcar e deixe caramelizar. Acrescente a cebola e refogue até dourar. Junte o abacaxi, a carambola, o suco de laranja, o vinagre e o Maggi Fondor e deixe cozinhar em fogo baixo, por cerca de 10 minutos após levantar fervura. Adicione a fécula de batata dissolvida em 2 colheres (sopa) de água. Misture bem e deixe cozinhar por cerca de 2 minutos ou até engrossar levemente. Salpique a hortelã e sirva.

Se você precisa de uma salada com cores atrativas, sabor diferenciado e super-rápida de fazer, a Salada de Rúcula Especial pode te ajudar. Leva apenas cinco minutos para preparar. Receita de Sheila Oliveira.

Ingredientes

Salada:
• 2 maços de rúcula
• 1 xícara (chá) de carambola picada
• 1 pote de queijo cottage (220g)

Molho:
• 1 stick de Maggi Meu Segredo
• meia xícara (chá) de vinagre
• 4 colheres (sopa) de azeite
• 1 colher (chá) de pimenta rosa triturada

Modo de preparo

Salada:
Em uma saladeira, distribua as folhas de rúcula, a carambola e o queijo cottage.

Molho:
Em uma tigela, misture os ingredientes e regue a salada no momento de servir.

Apostar em uma sobremesa com frutas é tendência para quem deseja aliar prazer e alegria. E a carambola pode ser aproveitada para fazer uma deliciosa Torta de frutas. Receita de Marcelo Resende.

Ingredientes

Massa da torta:
• 1 xícara (chá) de farinha de trigo
• meia xícara (chá) de Aveia Flocos Finos Nestlé
• 4 colheres (sopa) de manteiga
• 4 colheres (sopa) de Leite Líquido Ninho Forti+ Integral

Recheio da torta
• 2 xícaras (chá) de Leite Líquido Ninho Forti+ Integral
• 2 gemas
• 2 colheres (sopa) de mel
• 2 colheres (sopa) de amido de milho
• meia colher (chá) de essência de baunilha

Montagem da torta
• 2 kiwis em fatias
• 3 morangos em fatias
• 1 carambola em fatias
• 1 colher (sopa) de mel

Modo de preparo

Massa da torta:
Em um recipiente, misture bem todos os ingredientes até formar uma farofa úmida. Forre o fundo e as laterais de uma forma com fundo removível (25 cm de diâmetro) e leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 10 minutos. Reserve.

Recheio da torta
Em uma panela, misture todos os ingredientes e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar. Cubra com plástico-filme e reserve.

Montagem da torta
Coloque o Creme sobre a Massa reservada, cubra com as frutas, regue com o mel e leve para gelar por cerca de 1 hora. Sirva.

Fonte: Nestlé

Que tal preparar um macarrão diferente para o almoço?

Vontade de preparar massa para o almoço? Pois a Divino Fogão ensina receita de salada de macarrão caprese. Fácil, saboroso e rápido. Confira:

Macarrão Caprese

Ingredientes

½ pacote de macarrão parafuso
10 unidades de tomate cereja
8 unidades de mussarela búfala
Sal a gosto
Manjericão a gosto
3 colheres (sopa) de azeite

Modo de preparo

Cozinhe o macarrão conforme indicado na embalagem e reserve. Lave e seque os tomates cerejas e as folhas de manjericão. Corte os tomates e a mussarela ao meio. Misture em um bowl os tomates, mussarela, azeite, manjericão e sal. Junte o macarrão com todos os ingredientes e finalize com fio de azeite.

Tempo de preparo: 25 minutos
Rendimento: 3 a 4 pessoas
Grau de dificuldade: Fácil
Fonte: Divino Fogão

Bacalhau da Noruega ensina como escolher e preparar o melhor peixe

Marca representada pelo Conselho Norueguês da Pesca é símbolo de origem e qualidade dos produtos exportados pelo país nórdico

A Páscoa está chegando e uma das estrelas da data é o Bacalhau da Noruega. Seja no bolinho, na salada ou no almoço de domingo, lá está ele. Tanto o autêntico Bacalhau da Noruega, o Gadus morhua, quanto os peixes salgados secos da Noruega, Saithe, Zarbo ou Ling são ideais para a preparação dos mais variados pratos, sendo ideal para todos os dias, pois além de serem saudáveis, rendem até 30% a mais após o dessalgue sem perder o sabor e a qualidade.

O que é bacalhau?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre o que é ou do que é feito o bacalhau. O autêntico Bacalhau da Noruega é o Gadus morhua (da família Gadidae) vem das águas frias e cristalinas dos mares que circulam o Polo Norte, na Noruega, garantindo a melhor qualidade e o sabor único. O conhecimento e a experiência únicos da Noruega constituem uma das maiores comunidades de pesquisa e desenvolvimento em pesca e produtos do mar do mundo, que incluem desde o tamanho dos peixes até os métodos de pesca. Além disso, o país nórdico possui sistemas de rastreabilidade que permitem que as informações sobre os peixes sejam rastreadas em toda a cadeia de alimentos.

O Bacalhau da Noruega é altamente saudável, tem baixo teor de gordura – cada 100g do peixe possui aproximadamente 160 calorias, é fonte de proteínas, cálcio, ferro e rico em ômega 3, além de ser livre de conservantes artificiais, porque é apenas peixe e sal. Tanto o Bacalhau da Noruega quanto os outros peixes salgados secos da Noruega, Saithe, Zarbo e Ling, rendem até 30% a mais após o dessalgue, ou seja, ganham o volume que perderam durante o processo de salga e secagem.

Como escolher:

Para ter certeza de que está levando o produto certo para casa, é preciso saber diferenciar todos os tipos de bacalhau. Por aqui, podemos encontrar cinco tipos de peixes salgados secos da família Gadidae, que a partir da nova legislação de janeiro de 2019 devem ser denominados da seguinte forma:

Gadus morhua

Bacalhau Salgado Seco Gadus morhua– Considerado o mais nobre bacalhau, esse tipo é pescado no Atlântico Norte e apresenta postas altas, largas e coloração palha e uniforme, quando salgado e seco. Depois de cozido, sua carne se desfaz em camadas claras e tenras.

Saithe Salgado Seco da Noruega Pollachius virens – Possui sabor mais forte e coloração menos clara. Quando cozido, sua carne macia desfia com facilidade. É o tipo perfeito para preparar bolinhos, saladas e ensopados.

Ling Salgado Seco da Noruega – Molva molva – O mais estreito entre os peixes tipo bacalhau. Sua carne branca e apetitosa é perfeita para pratos desfiados, assados, cozidos e grelhados.

Zarbo Salgado Seco da Noruega – Brosme brosme – É o menor entre os cinco peixes tipo bacalhau. É mais roliço do que o Ling e possui barbatana dorsal contínua. É ótimo para a preparação de pratos desfiados, caldos, pirões e bolinhos.

Os peixes salgados secos da Noruega: Saithe (Pollachius virens), Ling (Molva molva) e Zarbo (Brosme brosme) provenientes da Noruega, são feitos com peixes da mesma família do qual se faz o Bacalhau (Gadus morhua). São salgados e secos da mesma forma e com o mesmo padrão de qualidade, são espécies de peixes diferentes, devem ser denominados como tal, mas são submetidas ao mesmo processo.

Na hora da compra, é importante checar a origem do produto para ter a certeza de que está levando para casa o autêntico Bacalhau da Noruega. Busque pelas etiquetas, logo e pergunte ao vendedor para se certificar que o produto é realmente exportado pela Noruega.

Como dessalgar:

O método de dessalgue do bacalhau, que ganha aproximadamente 30% a mais de volume, pode até levar um tempo a mais, mas é muito simples. É recomendado mergulhar o bacalhau em água fria, com pedras de gelo, dentro da geladeira e usar duas partes de água para cada parte de bacalhau, trocando duas vezes por dia, no mínimo, e mantendo o bacalhau na geladeira, para ficar bem conservado.

O tempo de dessalgue depende da altura das postas, seguindo a indicação:
Bacalhau Desfiado: 6 horas (trocar a água de 3 em 3 horas)
Postas normais: 24 horas (trocar a água de 6 em 6 horas)
Postas grossas: 40 horas (trocar a água de 8 em 8 horas)
Postas muito grossas: 48 horas (trocar a água de 8 em 8 horas)
Lombos muito grossos: 72 horas (trocar a água de 8 em 8 horas)

Como conservar o peixe em casa:

Ao comprar o bacalhau na bandeja, retire o filme plástico. Faça o mesmo no caso de comprar no saquinho. Coloque em vasilhame bem limpo, seco e com tampa. Se for salgado e seco, deve ser mantido em refrigerador (nunca manter em temperatura ambiente, em armários, prateleiras etc). Pincelar com azeite para evitar o ressecamento. E o mais importante, nunca congele o bacalhau ainda salgado. Depois do processo de dessalgue, pode congelar o peixe, pois o bacalhau não perde seu sabor autêntico e único e estará sempre pronto para consumo em inúmeras receitas, ideal para todos os dias.

Tipos de cortes:
Você sabia que para cada tipo de corte existe uma receita diferente? Tanto o autêntico Bacalhau da Noruega como os peixes salgados secos da Noruega são ideais para consumir o ano inteiro. Os cortes centrais (altos) são os lombos, parte mais alta e nobre, ideal para assar e grelhar, além de serem ótimos para receitas que utilizem o pedaço inteiro, depois de assado, grelhado ou cozido. Esse corte solta pétalas claras e tenras, que deixam os pratos bem bonitos. Os pedaços abaixo dos lombos são as postas médias, também conhecidas como filés, perfeita para serem consumidas inteiras ou também em pétalas. É uma ótima opção para ser consumido em churrasco. As partes mais extremas das laterais e a mais próxima ao rabo, são as postas finas, que após dessalgadas podem ser retiradas pétalas e até mesmo desfiadas para o preparo de inúmeras receitas.
Já o rabo e a pele também podem ser utilizados para o preparo de caldos, que vão deixar inúmeras preparações com um sabor incrível.

Receitas para a data:

Bacalhau da Noruega assado com purê de abóbora e beterraba

Ingredientes:
2 lombos de Gadus morhua da Noruega, após dessalgar
2 dentes de alho
1 ramo de tomilho
1 ramo de alecrim
50ml de azeite
350g de abóbora
20g de manteiga
200g de beterrabas cozidas
50ml de suco de beterraba
50g de couve cortada em tiras
20g de sementes de abóbora
200ml de óleo ou azeite para fritar
Sal
Pimenta-do-reino
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Modo de fazer:
Colocar o alho e o tomilho sobre os lombos de Bacalhau da Noruega e regar com o azeite.Levar a assar em forno preaquecido a 180ºC durante 15 a 20 minutos e reservar. Para o purê de abóbora, assar os cubos de abóbora descascados e temperados com o alecrim, o sal e a pimenta-do-reino durante 35 minutos na mesma temperatura. Depois de assada, triturar com a manteiga até que a textura fique cremosa. Para o purê de beterraba, triturar a beterraba cozida e temperar com sal e pimenta-do-reino. Servir os lombos de bacalhau assado com os purês, a couve frita em óleo e as sementes de abóbora.

Bolinho de Bacalhau com pimenta-dedo-de-moça recheado com queijo ⠀
⠀⠀⠀⠀


Ingredientes:
300g de postas finas de peixe salgado seco da Noruega Saithe, Zarbo ou Ling, após dessalgar
300g de batata asterix descascada
1 gema
2 colheres de sopa (10g) de salsinha picada
2 colheres de chá (6g) de pimenta-dedo-de moça bem picada
100g de queijo muçarela em cubinhos
Óleo vegetal para fritura ⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Modo de fazer:
Colocar bastante água em uma panela de tamanho médio e levar ao fogo alto, quando formar as primeiras bolinhas no fundo, abaixar o fogo e colocar as postas finas de peixe salgado seco Saithe, Zarbo ou Ling. Deixar cozinhar em fogo brando por 3 minutos. Retirar com uma escumadeira e deixar o Saithe escorrer bem. Nessa mesma panela (não descartar a água) acrescentar a batata e deixe cozinhar até ficar bem macia. Depois de retirar da água, escorrer e amassar a batata ainda quente.
Com o Saithe, Zarbo ou Ling já mais frio, retirar a pele, as espinhas e desfiar com um pano limpo. Em uma tigela, acrescentar a batata amassada, o peixe desfiado, a gema, a salsinha e a pimenta-dedo-de-moça e misturar muito bem. Pegar cerca de 1 colher de sopa de massa, abra um buraco com o dedo e rechear com o queijo muçarela em cubinhos. Fechar com mais massa de bolinho e modelar com o auxílio de 2 colheres de sopa. Fritar em óleo quente até dourar.

Bacalhau da Noruega com manteiga, alho e limão siciliano

Ingredientes:
4 lombos de Gadus morhua da Noruega, após dessalgado
4 colheres de sopa (80g) de manteiga em temperatura ambiente
2 unidades de limão siciliano
1 cabeça de alho
1 colher de sopa (10g) de queijo parmesão ralado
2 folhas de louro
1 colher de sopa (5g) de salsinha picada
Pimenta-do-reino a gosto
3 colheres de sopa (18g) de farinha de rosca
1 pitada de sal

Modo de fazer:
Reservar os 4 dentes de alho. O restante do alho, amassar com a lateral de uma faca. Com o bacalhau já dessalgado, colocar bastante água em uma panela funda e adicione os dentes de alho amassados e as folhas de louro. Levar a panela ao fogo e não deixe a água ferver, quando começar as bolhinhas no fundo, abaixar o fogo, colocar os lombos e deixar cozinhar em fogo brando por 8 a 10 minutos, para não alterar o sabor ou a textura. Retirar o bacalhau e com delicadeza tirar a espinha central e transferir para um refratário. Temperar com um pouco de pimenta-do-reino e reservar. Em uma tigela, colocar a manteiga, o queijo parmesão, a farinha de rosca, uma pitada de sal, o alho amassado, raspas de 1 limão siciliano, em seguida o suco deste limão siciliano, a salsinha picada e misturar bem. Colocar 1 colher de sopa desta mistura em cada lombo de bacalhau.
Leve ao forno a 180ºC por 15 minutos. Retirar do forno e decorar com rodelas de limão siciliano cortadas ao meio e, se quiser, colocar mais salsinha picada ou raspas de limão siciliano.

Salada de Bacalhau da Noruega

Ingredientes:
500g de peixe salgado seco da Noruega, Saithe, Ling ou Zarbo, após dessalgar
6 batatas inglesas médias
12 ovos de codorna
1 xícara de chá de azeite de oliva
4 colheres de sopa de vinagre de vinho branco
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
10 azeitonas pretas para decorar
1 pé de alface
2 tomates cortados em gomos
1 pimentão verde cortado em tiras
Mostarda
Salsa picada a gosto

Modo de fazer:
Cozinhar o peixe salgado seco da Noruega no vapor até ficar bem macio.
Retirar as pétalas do peixe e misturar com as batatas, previamente cozidas e cortadas em cubos pequenos.

Molho:
Deve ser preparado com antecedência. Cozinhar os ovos e retirar as gemas de quatro ovos. Amassar com o garfo e passar na peneira fina. Misturar com o azeite, vinagre, mostarda, salsa, sal e pimenta-do-reino. Enfeitar com a alface, tomates, pimentão, azeitona preta e o restante dos ovos. Servir com o molho a gosto.

Fonte –Bacalhau da Noruega

Receita especial para semana santa: salada de bacalhau confitado com grão-de-bico

Celebrar a semana santa e a Páscoa com um delicioso prato feito à base de bacalhau é uma tradição milenar. Mas, que tal diversificar? Inspire-se nesta receita

O bacalhau é o pescado mais usado para o almoço de Páscoa. Mundialmente apreciado, podemos dizer que este é um alimento milenar. O hábito brasileiro de saborear esse peixe é herança da colonização portuguesa, que começou a se espalhar a partir do descobrimento do Brasil.

Mas somente com a chegada da corte portuguesa e dos comerciantes lusos no país, no início do século XIX, que o consumo do pescado foi impulsionado e difundido entre a população. Hoje é indispensável e muito procurado em períodos de Quaresma, Semana Santa, Páscoa, entre outros. Para o nosso Especial de Páscoa trouxemos um prato feito a base que bacalhau que vai te surpreender.

O que preparar?

Nesta época do ano surgem várias dúvidas sobre o que preparar para servir aos convidados. Pensando na sua comodidade, trouxemos mais uma receita para você se inspirar. Convidamos a chef Lili Miarelli, da Ares de Cozinha, para preparar uma deliciosa salada de bacalhau confitado com grão-de-bico.

Salada de bacalhau confitado com grão-de-bico

Ingredientes:
300g de Lombo de bacalhau Pesca Nobre, já dessalgado
Azeite Grego Minos, o quanto baste
200g de Grão-de-Bico Pink cozido e escorrido
2 colheres (sopa) de cebola picada
1 tomate sem sementes cortado em cubinhos
2 dentes de alho
1 colher (sopa) de salsinha picada
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de suco de limão
10 azeitonas Pretas Azapa picadas
Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Preaqueça o forno a 190ºC. Unte um refratário com um fio de azeite e disponha as postas de bacalhau com a pele para baixo (se tiver, se não tanto faz o lado). Regue o bacalhau com mais azeite e tempere com uma pitada de sal. Coloque os dentes de alho com a casca em algum cantinho do refratário.Leve para assar por 30 minutos, ou até que enfie o garfo e perceba que está soltando as lascas.Retire do forno e deixe esfriar até ficar morno (reserve o azeite pois você irá usá-lo). Se a sua posta tinha pele, provavelmente ela terá ficado grudada no refratário, e se não ficou sairá facilmente. Retire toda a pele e as espinhas que encontrar e desmanche as postas com as mãos em lascas grandes e pequenas. Descasque os alhos assados e amasse-os com um garfo. Em um grande bowl misture, o alho amassado e a salsinha. Misture bem. Aí então junte as lascas de bacalhau e tempere com limão, o azeite que ficou do bacalhau no refratário, misture. Cubra e leve para gelar até o momento de servir, ou sirva de imediato.

Fonte: Grupo Super Nosso

Dicas de apetitosos pratos feitos com sardinha

Sardinha é uma paixão do povo brasileiro, não é mesmo?! Então nada melhor do que se preparar para o fim de semana com algumas dicas que caem muito bem nesse calor. Para te ajudar a Gomes da Costa separou três receitinhas especiais que vão entrar para história. Dá só uma olhada nesses pratos maravilhosos, saudáveis e que cabem no seu bolso. Bom apetite.

Forminhas de Ricota, Sardinha e Legumes

Ingredientes:
Creme de Queijo:

• 2 xícaras (chá) de ricota passada pela peneira
• 1 lata de Sardinha com Ervas Gomes da Costa (125g)
• Sal e pimenta do reino a gosto
Legumes:
• 5 colheres (sopa) de pepino com casca cortado em cubos pequenos
• 4 colheres (sopa) de tomate, sem semente, cortado em cubos pequenos
• 2 colheres (sopa) de salsão picado
• Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:
Creme de Queijo:

• Numa tigela junte a ricota e o molho da Sardinha Gomes da Costa.Tempere com sal e pimenta a gosto, se necessário.
Legumes:
• Numa tigela junte o pepino, o tomate, o salsão e a Sardinha Gomes da Costa picada. Tempere com sal a gosto.
Montagem:
• Forre com filme plástico 6 forminhas altas de empada (com cerca de 4 cm de base x 4 cm de altura). Distribua a mistura de legumes e sardinha entre elas e cubra com o creme de queijo. Aperte a preparação para que adquira o formato da forminha. Desenforme em seguida ou deixe na geladeira até o momento de servir.

Dica de chef: dê preferência ao pepino japonês por ter sementes menores que os outros (caipira e comum).
Variação: sirva a preparação acompanhada de um molho preparado a base de iogurte e endro (numa tigela junte, 1 copo de iogurte, 2 colheres (sopa) de azeite, meia colher (sopa) de endro fresco picado e sal a gosto). Misture bem.

Salada Grega com Sardinha

Ingredientes:
• 1 pepino tipo japonês médio com casca cortado em cubos (150g)
• 1 tomate grande cortado em cubos
• 3 colheres (sopa) de pimentão verde cortado em cubos
• 2 colheres (sopa) de cebola picada
• 2 colheres (sopa) de azeitona preta picada
• Sal a gosto
• 1 lata de Sardinha com Molho de Tomate Picante Gomes da Costa (125g)

Modo de Preparo:
Numa tigela, junte o pepino, o tomate, o pimentão, a cebola e a azeitona. Tempere com sal a gosto. Junte a Sardinha Gomes da Costa com seu molho. Misture bem. Sirva em temperatura ambiente.

Dica de chef: prefira o pepino japonês por ter menos sementes. Corte o tomate e o pepino em cubos médios e o pimentão em quadrados menores.
Variação: misture “croutôns” (pão amanhecido cortado em cubinhos e passados no azeite ou manteiga até dourar) à salada.

Linguine com Sardinha e Pangratatto

Ingredientes:
Para a farofa de pão italiano (pangratatto):

• ¼ pão italiano ralado grosseiramente
• 2 dentes de alho picados
• 1 pimenta dedo de moça picadas sem sementes
• 4 ramos de alecrim picados (só as folhas)
• 2 ramos de tomilho picados (só as folhas)
• 1 colher (chá) de pimenta do reino moída grosseiramente
• Sal a gosto
• 30 ml de azeite de oliva extravirgem
Para o linguine:
• 200 g de linguine seco
• ½ bulbo de erva doce picado finamente (reserve as folhas)
• 1 cebola roxa pequena picada
• ½ colher (sopa) de sementes de erva doce esmagadas
• 3 latas de Filés de Sardinha com Pimenta Gomes da Costa (125g/drenadas)
• 50 g de pinolis
• 30 g de uva passa branca
• 75 ml de vinho branco
• 50 ml de azeite de oliva extravirgem
• Suco e raspa de 1 limão
• Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:
Para a farofa de pão italiano:
Em uma frigideira grande aqueça bem o azeite. Frite rapidamente o alho, a pimenta, o alecrim, o tomilho e a pimenta do reino. Quando dourar, adicione o pão italiano ralado, abaixe o fogo e misture vagarosamente até dourar e virar uma farofa.
Para o linguine:
Leve ao fogo 6 colheres de azeite, acrescente o bulbo, as sementes de erva doce e as cebolas e cozinhe em fogo baixo por 20 minutos sem deixar corar os vegetais. Adicione metade das sardinhas, os pinolis e as uvas passas e continue cozinhando por mais 10 minutos, mexendo de vez em quando. Acrescente o vinho branco e cozinhe até que o líquido tenha evaporado. Acerte o sal e a pimenta. Acomode o restante das sardinhas sobre o molho e regue com o restante do azeite das latas de sardinha. Abaixe o fogo sem mexer no molho. Enquanto isso, cozinhe a massa de acordo com as instruções da embalagem. Misture imediatamente a massa quente com o molho. Regue a mistura com um pouco de limão, azeite extra-virgem e salpique as folhas da erva doce.
Montagem:
Disponha a massa sobre um prato e salpique o pangratatto.

Fonte: Gomes da Costa