Arquivo da tag: sopa

Receita de sopa de batata baroa com carne de sol e queijo coalho

Um dos chefs da chácara Encanto das Areias, de Curitiba, Eudemar Cavalcanti, preparou uma receita especial: “Sopa de batata baroa com carne de sol e queijo coalho”, perfeita para os dias frios, como o de hoje em São Paulo, e fácil de preparar.

sopa 22

Sopa de batata baroa com carne de sol e queijo coalho

Ingredientes:

500g de batata baroa descascada
200g de carde sol desfiada
100g de cebola picada
80g manteiga
2 colheres de sopa de cebolinha picada
80g queijo coalho ralado
Sal e pimenta preta moída a gosto

Modo de preparo:

Em uma panela colocar a batata baroa, cobrir com água fria e levar ao fogo alto, deixar cozinhar até estar bem macia. Em uma frigideira aquecida, colocar a metade da manteiga e cebola, deixar refogar até dourar, juntar com a batata baroa e processar com um mixer ou liquidificador junto com água do próprio cozimento, até obter um creme liso, devolver na mesma panela e reservar. Na mesma frigideira, colocar o restante da manteiga e refogar a carne de sol até que fique crocante. Voltar o creme ao fogo e misturar a metade da carne de sol no creme da batata baroa, acrescentar a cebolinha verde, mexer e colocar o restante da carne de sol sobre o creme, salpicar o queijo de coalho ralado e servir.

sopa

Tempo de preparo: 40 minutos

Rende: 5 porções

Chácara Encanto das Areias: Rua José Júlio Tortato, 20 – Campo do Santana, Curitiba/PR. 

Inverno pede cuidados com a alimentação; confira algumas dicas

No inverno, é comum sentirmos vontade de comidas quentes e mais elaboradas, como chocolates quentes, fondue, sopas, caldos e massas com molhos mais calóricos. Isso porque durante essa estação, o organismo aumenta o gasto calórico para manter a temperatura do corpo estável.

Precisamos nos atentar mais ainda à nossa alimentação, devido ao possível ganho de peso, optando por refeições mais saudáveis, verduras, legumes e frutas. E é justamente por este motivo que, nos dias mais frios do ano, é preciso redobrar os cuidados com a alimentação.

citricos citricas nicole franzen
Foto: Nicole Franzen

Nesse período, são frequentes gripes e resfriados, uma vez que o sistema imunológico fica mais frágil, por isso, é importante que não falte na nossa alimentação vitamina C e zinco, que ajudam a fortalecer a imunidade. A vitamina C é encontrada, principalmente, em frutas, como laranja, limão, acerola, abacaxi, maracujá, kiwi, goiaba e mexericas; já o zinco, no arroz integral, carnes, castanhas, semente de abóbora, amaranto, quinoa, chia e nozes.

Outra boa dica seria fazer substituições nas preparações típicas do Inverno, a fim de torná-las mais saudáveis e menos calóricas. Por exemplo, no preparo de chocolate quente, dê preferência ao leite desnatado e ao cacau em pó ou achocolatado diet, que não têm adição de açúcar. Quando for preparar sopas e fondue de chocolate, substitua o creme de leite por leite.

O consumo de água é importante também nos dias mais frios. Mesmo não tendo a sensação de sede, devemos ingerir líquidos para o funcionamento adequado dos rins, bexiga e do intestino, regular a temperatura corpórea, auxiliar na digestão, absorção e circulação, ajudar a eliminar toxinas, lubrificar as articulações e evitar a desidratação. Outras opções para aumentar a ingestão de líquidos são os chás, água de coco, sucos naturais, de preferência sem adição de açúcar.

mulher madura tomando agua

Embora no inverno, normalmente, diminua a motivação para a prática de atividade física, é essencial a sua continuidade, por auxiliar na prevenção de doenças, para a manutenção do peso e para a melhoria da qualidade de vida.

Veja algumas dicas para uma alimentação mais saudável durante o frio.

Sopas

IG_KNORR_sopa_de_carne_com_legumes_3_baixa160620_150634

Frio e sopa é uma ótima combinação, porém devemos ter atenção à composição e tamanho das porções consumidas. Substituir a salada com proteína grelhada por uma sopa composta por verduras, proteínas, legumes e temperos naturais pode ser uma opção saudável para os jantares de inverno.

Preparações compostas por creme de leite, macarrão e queijos gordurosos devem ser evitadas devido à maior oferta calórica. Dê preferência a preparações com verduras, proteínas magras e legumes, como chuchu e abobrinha. Se preferir uma opção com maior oferta proteica, acrescente uma proteína de origem vegetal, como feijão, grão de bico, lentilha, ervilha ou proteínas de origem animal.

Chás

chá com flores

Além da sensação de prazer e relaxamento, o consumo regular de chás pode ter efeitos positivos no organismo, devido às propriedades antioxidantes dos polifenóis. Apesar de naturais, os chás devem ser consumidos com moderação, pois o excesso de algumas substâncias pode causar efeitos colaterais.

Atualmente existe uma variedade enorme de chás indicados para vários objetivos, como, por exemplo, os chás que acalmam (maracujá, melissa, hortelã) e os estimulantes (chá mate, chá preto e chá verde).

Chocolate quente

Cocoa Powder on spoon and Dark Chocolate background

O cacau possui efeito estimulante sobre o sistema nervoso central, proporcionando uma sensação de prazer e satisfação e também ação antioxidante, auxiliando na prevenção de doenças cardiovasculares e inflamatórias. Existem no mercado muitas variações de chocolate. A opção mais saudável para o consumo é o chocolate com concentração acima de 70% de cacau.

Apesar dos efeitos benéficos que o cacau apresenta, não devemos esquecer que o chocolate geralmente possui açúcar em sua composição, o que aumenta muito seu valor calórico. Para preparar um chocolate quente mais saudável e menos calórico, utilize chocolate com concentração de cacau superior a 70% e leite desnatado.

Fondues

fondue

Criado na Suíça, o fondue atualmente é sinônimo de comida refinada, prazer e celebração, presente nas reuniões e jantares no inverno. A variedade na composição deste prato é bem grande, podendo ser preparado com diferentes tipos de queijos, chocolate e/ou caramelo, acompanhados de carnes, pães, frutas e doces.

Para não esquecer a alimentação saudável é importante fazer uma triagem dos ingredientes consumidos, por exemplo, trocar as carnes gordas por cortes mais magros, acompanhados de legumes e molhos à base de queijos magros.
Para a sobremesa, fondue de chocolate com 70% cacau, acompanhado de frutas, evitando os doces.

Por: Adriana Luiza – Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Na Tortinha tem cardápio especial para o inverno

Sempre inovando nos sabores o Na Tortinha oferece pratos especiais nos dias frios de inverno. Além da opção da salada como acompanhamento na hora do almoço, o cliente poderá escolher por sopas ou cremes para completar sua refeição.

Os sabores no cardápio são feijão, mandioquinha, caldo verde e cebola. Um mais delicioso que o outro, perfeito para os dias frios.

Os preços variam de R$ 19,00 a R$ 34,00 de acordo com o sabor escolhido. Além dos pratos deliciosos que o Na Tortinha oferece, o ambiente é superagradável. O restaurante também oferece serviço delivery para São Paulo.

torta_com_sopa.jpg

Na Tortinha: Rua José Otaviano Soares, 71 – Brooklin. Horário de funcionamento: segunda a sexta: das 11h30 às 16h. Sábados: das 12h às 16h30

Sopa de Milho Verde para esquentar a noite

Para os dias mais frios, como o de hoje em São Paulo,sopa de milho verde, receita do Divino Fogão. Confira:

Sopa de Milho Verde

Ingredientes:
1 colher de sopa de óleo
½ cebola picada
3 dentes de alho amassados
Sal a gosto
200g de calabresa cortada em cubos
Cheiro verde a gosto
400g de milho
600ml de água

Modo de preparo:
Bater metade do milho no liquidificador e reservar. Em uma panela, aquecer o óleo, refogar a cebola e o alho até dourar. Colocar a calabresa cortada em cubos e refogar, colocar o milho verde batido no liquidificador, refogar por alguns minutos. Acrescentar a água, após ferver colocar o restante do milho em grãos. Voltar ao fogo até apurar por mais alguns minutos. Corrigir o sal, colocar em uma sopeira polvilhar o cheiro verde e servir.

sopa de milho verde df

Tempo de Preparo: 20 minutos

Rendimento: 5 pessoas

Fonte: Divino Fogão

Secretaria de Agricultura traz dicas e receitas de sopas para o inverno

Estamos no inverno, época do ano em que é comum as sopas e caldos invadirem as mesas. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio da Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), separou algumas dicas para que se possa saborear da forma mais saudável possível esses pratos.

“As sopas devem ser preparadas conforme a preferência da pessoa. Com um bom tempero, utilizando ingredientes saudáveis como legumes e verduras. Adicionar algum tipo de proteína, animal ou vegetal, torna a sopa mais saborosa e nutritiva”, diz a nutricionista da Codeagro, Katlly Evillim Sousa.

Aqui estão algumas dicas:

=Prepare com legumes e hortaliças frescas (abobrinha, vagem, cenoura, abóbora, espinafre, escarola, acelga, berinjela, brócolis, chuchu etc.);
=Use e abuse de temperos naturais como salsinha, cebolinha, orégano, alecrim, louro. Além de alho e cebola, que vão deixar a sopa bem saborosa;
=Prefira cereais como arroz, macarrão integral, trigo em grãos e farelo, farinha de linhaça, amaranto, chia, quinoa, aveia em flocos, cevada ou cevadinha;
=Inclua feculentos (batata, inhame, cará, mandioca, mandioquinha ou batata doce) e leguminosas (feijão, grão-de-bico, lentilha, soja ou ervilha);
=Escolha cortes magros de carne bovina ou de frango e peixes;
=É preciso atenção na escolha dos ingredientes para não adicionar carboidratos excessivamente ou alimentos ricos em gorduras (paio, linguiça, bacon, costela, creme de leite, queijos gordos…);
=Caldos industrializados tornam a sopa desequilibrada, com alta densidade energética e rica em sódio;
=Não compre as sopas de pacotinho, são muito artificiais e ricas em sódio.

Essas escolhas são muito mais saudáveis e nutritivas do que a opção de sopas e caldos prontos, que contêm muito sal (sódio), gorduras e conservantes em sua composição. Sendo assim, podem apresentar muitas calorias e pouco ou nenhum nutriente. Outra opção são os cremes de hortaliças (aspargo, cebola, couve-flor, espinafre, palmito etc.). As mesmas bases usadas para molhos, servem para as sopas-creme, como velouté, bechamel, acrescentando-se caldo, leite ou ovos.

“A maioria das sopas é simples e de fácil preparo. Os ingredientes são de uso diário e ela pode ser feita em panela de pressão para acelerar o cozimento. Além de ser de fácil preparo, a sopa pode auxiliar em dietas, pois a maioria é de baixa caloria”, ressaltou Katlly.

Existe uma grande variedade de sopas, a maioria delas é servida quente, porém temos a opção de servi-las fria também, como, por exemplo, o gazpacho, que tem origem espanhola, e a vichyssoise, que tem origem francesa e pode ser servida quente ou fria.

“Seja em pedaços ou na forma de caldos, esse prato pré-histórico, que só foi ganhando forma ao longo dos anos, combina com croutons, que realça o sabor e pode ser servida também como entrada”, finaliza a nutricionista.

Confira agora três receitas de sopas que dão água na boca:

Sopa de Porpetinha

sopa porpetinha.png

Ingredientes
1 cebola média (150g)
2 dentes de alho médios (8g)
5 ramos de salsinha (30g)
1 pé de escarola médio (500g)
1 tomate grande (195g)
500g de carne magra moída
3 colheres (chá) de sal (18g)
2 ovos médios (130g)
1 xícara (chá) de farinha de trigo (130g)
1/2 colher (sopa) de óleo (8ml)
1,5l de água

Modo de Preparo
Descasque e lave a cebola e o alho. Passe pelo processador os dentes de alho e 3/4 da cebola; em seguida, passe pela peneira para retirar o excesso de líquido. Pique bem o restante da cebola e reserve. Lave a salsinha, pique-a e reserve. Lave as folhas de escarola, pique-as e reserve. Lave, retire as sementes do tomate, pique-o em cubinhos e reserve. Em um recipiente, misture a carne moída, a cebola e o alho processados, 1 colher (chá) de sal, os ovos, a salsinha e a farinha de trigo. Misture bem e, separando 1/2 colher (chá) dessa mistura (aproximadamente 2g), faça pequenas almôndegas, modelando-as na palma das mãos untadas com um pouco de óleo. Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola picada. Junte o tomate picado e deixe murchar. Adicione 2 colheres (chá) de sal e a água. Tampe e deixe ferver. Junte as almôndegas, misture e tampe novamente. Deixe cozinhar por 10 minutos. Acrescente a escarola picada e, com a panela tampada, deixe cozinhar por mais 10 minutos. Sirva bem quente e, se desejar, com queijo parmesão ralado e um fio de azeite.

Rendimento: 10 porções
Peso da Porção: 240g
Valor Calórico da Porção: 150 Kcal
Tempo de Preparo: 2 horas

Sopa de feijão branco com lombo

sopa feijão branco com lombo

Ingredientes
2 e 1/2 xícaras (chá) de feijão branco (500g)
1 cebola grande (210g)
2 dentes de alho pequenos (4g)
1/2 limão pequeno (40g)
500g de lombo suíno
1 colher (chá) de sal (6g)
1 cenoura grande (240g)
2 mandioquinhas médias (260g)
3 ramos de salsinha (18g)
3 colheres (sopa) de azeite de oliva (45ml)
2,5l de água

Modo de Preparo
Lave o feijão e deixe de molho de um dia para o outro. Descasque, lave e pique a cebola e o alho em cubos pequenos e reserve. Lave e esprema a metade do limão e reserve seu suco. Lave o lombo, retire a gordura aparente e corte-o em cubos pequenos. Em uma bacia média, coloque o lombo, o suco do limão e metade do sal, misture bem, deixe descansar por 10 minutos. Lave, descasque e corte a cenoura e a mandioquinha em rodelas médias e reserve. Lave e pique a salsinha e reserve. Em uma panela de pressão, doure o alho e a cebola no azeite, em seguida, acrescente o lombo, e deixe refogar. Coloque o feijão, adicione 1l de água. Feche a panela e deixe cozinhar por 20 minutos, após pegar pressão. Na mesma panela de pressão, acrescente, a cenoura e a mandioquinha, adicionando mais 1l de água e deixe cozinhar por mais 10 minutos, após pegar pressão. No liquidificador, bata a cenoura e mandioquinha com um pouco do caldo do cozimento. Retorne o caldo batido para a panela, adicione a salsinha e o restante do sal e mais 500ml de água, e deixe cozinhar sem pressão até levantar fervura. Apague o fogo e sirva.

Rendimento: 10 porções
Peso da Porção: 330g
Valor Calórico da Porção: 200 Kcal
Tempo de Preparo: 1h50min

Sopa de milho com batata e calabresa

sopa milho com batata e calabresa

Caldo de Legumes
Ingredientes
1 cenoura média (274g)
2 batatas médias (470g)
1 cebola média (150g)
1 talo de alho-poró (15g)
3 e 1/2 xícaras (chá) de água (840ml)
1 colher (chá) de sal (5g)

Modo de Preparo
Lave e descasque a cenoura, a batata e a cebola. Em seguida corte-as na metade e coloque na panela de pressão. Lave e corte ao meio o talo de alho-poró e coloque na panela. Coloque a água, acrescente o sal e leve ao fogo. Após pegar pressão deixe cozinhar por mais 10 minutos. Apague o fogo, espere sair a pressão, reserve as batatas e a água. Os demais ingredientes que foram utilizados para o caldo de legumes, como sugestão poderão ser utilizados em outras preparações se for necessário.

Sopa
Ingredientes
1 gomo de calabresa (110g)
1 cebola média (150g)
1 dente de alho médio (5g)
1/2 colher (chá) de azeite (2ml)
3 colheres (sopa) de azeite (45ml)
1 lata de milho verde (300g)
2 e 1/2 xícaras (chá) de caldo de legumes (600ml)
2 colheres (sopa) de creme de leite (30g)
Manjericão para decorar

Modo de Preparo
Retire a pele da calabresa, corte-a em pequenos cubos e reserve. Lave a cebola, descasque-a, pique-a e reserve. Lave, descasque e amasse o alho e reserve. Frite a calabresa com 1/2 colher (chá) de azeite e reserve. Em uma panela, refogue o alho e a cebola com 3 colheres (sopa) de azeite. Junte o milho e o caldo de legumes e deixe cozinhas por 20 minutos. Junte as batatas e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Bata tudo no liquidificador e acrescente o creme de leite. Decore com manjericão e sirva com a calabresa.

Rendimento: 4 porções
Peso da Porção: 300g
Valor Calórico da Porção: 300 Kcal
Tempo de Preparo: 55min

Por: Adriana Luiza Assessoria de Comunicação Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Margot Bistrot lança pratos perfeitos para o frio de São Paulo

Nada mais convidativo para os dias frios do inverno do que pratos quentinhos e saborosos. Para aquecer o paladar e o coração, a chef Yasmine Bahiense, à frente do restaurante Margot Bistrot no Campo Belo, incluiu recentemente três pratos especiais de inverno no menu, que serão servidos até o fim da estação.

SOPA CREMOSA DE BATATA COM ALHO PORÓ_2

Entre eles está a sopa cremosa de batata com alho poró (acompanhada de vieiras grelhadas e bacon crocante), receita francesa – (R$ 42,00).

GALETO DESOSSADO

Outra opção é o galeto desossado (acompanhado de polenta cremosa com gorgonzola e quiabos tostados) – (R$ 73,00).

OSSOBUCO DE VITELO

Por fim, há o ossobuco de Vitelo (servido com uma deliciosa farofa de pinhão e saladinha de miniagrião), prato tradicional italiano da região da Lombardia, especialmente da cidade de Milão – (R$ 81,00)

MARGOTBISTRO_2017_09_BAIXA

Margot Bistrot, Café e Bar R. Antônio de Macedo Soares, 1683 – Campo Belo/SP. Horário de funcionamento: almoço – sábado (12h às 16h) e domingo (12h às 17h). Jantar: quarta a sábado (19h às 00h)

Receita de sopa de lentilha com bacon

ADRIA sugere deliciosa sopa para você se aquecer nesses dias frios

Estamos no inverno e, claro, nada melhor do que aquela sopa bem quentinha para nos aquecer, não é mesmo? Por isso, a Adria sugere uma saborosa e irresistível sopa de lentilha com bacon.

Abaixo, o passo a passo completo da receita.

Sopa de Lentilha com Bacon

Ingredientes:
1 ½ xícara (chá) de macarrão Padre Nosso Adria
100g de lentilha
2 talos de salsão, em cubinhos
2 dentes de alho, picados
3 colheres (sopa) de azeite
sal, pimenta-do-reino e salsinha picada a gosto
2 cenouras em cubinhos
1 cebola picada
150g de bacon em cubinhos

Modo de preparo:
Em uma panela grande, aqueça o azeite, frite o bacon, refogue o alho e a cebola. Junte o salsão, a cenoura, a lentilha e mexa delicadamente. Acrescente na panela 2 ½ litros de água fervente e deixe cozinhar por 20 minutos. Acerte o sal, junte a massa e deixe cozinhar por cerca de 6 minutos ou até que fique al dente, ou seja, macia, porém resistente à mordida. Retire do fogo, tempere com a pimenta-do-reino, a salsinha e sirva a seguir.

Sopa de Lentilha com Bacon - Padre Nosso Adria.jpg

Rendimento: 8 porções
Calorias: 506 kcal
Tempo de preparo: 40 minutos

Fonte: Adria

Boteco Todos os Santos oferece cardápio para amenizar o frio

Com três opções de caldos, feijoada e drink especial, o estabelecimento está preparado para aquecer o clima da Vila Madalena neste inverno

Os apaixonados pelo frio já estão comemorando a chegada do inverno. As baixas temperaturas pedem ambientes aconchegantes e uma alimentação apropriada. Pensando nisso, o Boteco Todos os Santos – um dos mais famosos bares de São Paulo, localizado na Vila Madalena, tradicional bairro boêmio da zona oeste da cidade – traz em seu cardápio três opções de saborosos caldos, feijoada e drinques preparados especialmente para aquecer a estação.

caldo todos os santos.jpg

Com sabores marcantes e temperos acentuados, o caldo de mandioca com carne seca (R$ 12) é uma das estrelas do inverno, mas – além dele – o cremoso caldo verde (R$ 9) e o tradicional caldinho de feijão (R$ 9) são uma uma ótima pedida para esquentar um pouco na estação mais fria do ano. Feitos especialmente pelo Chef da casa, Manoel Vicente da Silva, os pratos são as melhores escolhas para as baixas temperaturas e todos são acompanhados por pão francês.

feijoada todos os santos.jpg

Para quem não abre mão de uma boa e saborosa feijoada no inverno, o bar oferece – das 12 às 17 horas de todos os sábados – a melhor da região, que acompanha arroz, feijoada light, bisteca, torresmo, couve, banana a milanesa, molho apimentado, farofa e laranja, em porções individuais (R$ 45) ou para duas pessoas (R$ 80).

drinque todos os santos.jpg

E, na carta de drinques, o estabelecimento conta com a chegada de uma novidade superespecial para mandar o frio embora. O drinque flame foi criado pelo barman Bruno Luiz dos Santos Souza para homenagear a estação. Com sabor doce e delicado, a bebida ficará disponível no cardápio durante todo o inverno (R$ 30).

Deixando o clima nas alturas, o estabelecimento conta com música ao vivo de quarta a domingo. Com uma contagiante programação que conta com samba de raiz, pagode e sertanejo, o que não vai faltar neste inverno é música boa para dançar e esquentar até os mais friorentos.

O local é dividido numa área interna com salão grande e confortável, nove televisores e dois telões estrategicamente localizados; tem o espaço Jardim, onde o público fica próximo aos grupos aproveitando a música; e o Piso Superior bem espaçoso com visão privilegiada do palco, banheiros exclusivos, três televisores e caixa próprio para não pegar fila na hora de pagar – camarote ideal para festas de aniversário e confraternizações.

*A programação está sujeita a alterações, mas respeitando sempre o estilo e padrão musical dos artistas. Confira a programação de música ao vivo e promoções, atualizadas diariamente, no site e no perfil do Instagram.

Boteco Todos os SantosRua Aspicuelta, 585 – Vila Madalena

Saúde renal: cuidados com a alimentação no inverno

Pouca ingestão de líquidos e maior consumo de alimentos gordurosos podem afetar o funcionamento dos rins

Com a chegada do inverno, as temperaturas mais baixas são um convite para o aumento do consumo de bebidas e alimentos mais gordurosos. Devido ao alto gasto calórico, o organismo, para manter a temperatura corporal, aumenta a sensação de fome, que faz com que muitas pessoas abusem das guloseimas e se alimentem de forma inadequada.

De acordo com a nutricionista Mayara Olikszechen, da Fundação Pró-Renal, nesta época do ano é importante manter uma alimentação rica em alimentos naturais, como frutas e hortaliças, e optar por carboidratos de baixo índice glicêmico, como batata doce, inhame e arroz integral.

A nutricionista explica que devemos cuidar do consumo de alimentos industrializados e hipercalóricos, como, por exemplo, carnes processadas, bolachas, chocolates, molhos e sopas prontos, para não sobrecarregar o organismo, principalmente o funcionamento dos rins. “No inverno, é importante priorizar o consumo de alimentos ricos em Vitamina C, pois são antioxidantes e melhoram a imunidade. Por isso, evite a monotonia alimentar. Um prato saudável é sempre colorido”, explica.

rins-healthtap

Os rins são responsáveis por manter o sangue limpo e quimicamente equilibrado. Além disso, o rim é o órgão que participa da liberação de alguns hormônios que regulam a produção de glóbulos vermelhos e são fundamentais para o controle da pressão arterial. O sódio em excesso pode levar ao desenvolvimento da Hipertensão Arterial Sistêmica, a qual é fator de risco para a Doença Renal Crônica. O consumo abusivo de carnes e alimentos industrializados também pode acarretar a Litíase Renal, popularmente conhecida como pedras nos rins.

Para quem já sofre com alguns tipos de doenças, como a diabetes e a hipertensão, os cuidados no inverno devem ser redobrados. Consumir menos sal e açúcares pode evitar a pressão alta e manter os rins saudáveis. Por isso, a hidratação é fundamental para a saúde. “A atividade física também é importante durante o ano todo e não apenas no inverno. Ela regula o peso corporal, reduz níveis de glicose sanguínea, controla a pressão arterial, reduz o colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL). Além disso, auxilia no controle da ansiedade e depressão, entre outros benefícios”, ressalta a nutricionista.

Consumo de chás e sopas

chá com flores.jpg

Chás e sopas bem quentes são sempre uma delícia em dias mais frios. Existem inúmeros benefícios do consumo, mas, no caso dos chás, nem todos são indicados. Segundo Mayara, existem alguns tipos de chás que podem agravar a função renal de pacientes com Doença Renal Crônica. Os mais indicados são os chás de camomila, maracujá, hortelã e espinheira santa. Devem ser evitados chás mate (por causa do excesso de cafeína), cavalinha e sene.

Já em relação às sopas, a indicação é sempre pelas opções caseiras, feitas com ingredientes naturais e sem temperos industriais e conservantes. “As sopas industrializadas contêm muito sódio, corantes e conservantes, entre eles, o glutamato monossódico, que é um realçador de sabor e que pode ser responsável pelo desenvolvimento de várias doenças, como câncer, enxaqueca, entre outros”, alerta a nutricionista.

Fonte: Fundação Pró-Renal

Compulsão alimentar no inverno

É comum que o apetite aumente durante a estação mais fria do ano, assim como a vontade de ingerir alimentos mais calóricos e quentes

Durante o inverno, é recorrente escutar comentários de que se come mais que o normal, ou até mesmo que o frio engorda. E os comentários são verdadeiros. Nessa época do ano é comum que o apetite aumente, assim como a vontade de ingerir alimentos mais calóricos e quentes, a exemplo de massas, caldos e doces.

Isso acontece porque no frio, o organismo tem maior gasto energético e a tendência é que carecemos de mais energia para manter a temperatura do corpo, provenientes dos alimentos. Além de nos sentirmos mais aquecidos e predispostos ao nos alimentar, é importante estar atento também quanto à reposição de nutrientes.

mousse chocolate

“O inverno é uma época do ano em que o nosso corpo precisa de vitaminas e minerais para aumentar nossas defesas e prevenir gripe, resfriados e demais enfermidades típicas da época de frio”, explica Henrique Eloy, médico especialista em cirurgia, endoscopia bariátrica e gastroenterologia.

Mas mesmo que tenhamos a necessidade de comer mais nesse período, é preciso ficar atento às calorias extras que estamos ingerindo. Muitas vezes, o aumento no consumo de alimentos ocorre de forma exagerada, o que pode trazer consequências sérias e prejudiciais à nossa saúde, incluindo o sobrepeso. É preciso estar vigilante aos alimentos ingeridos que irão proporcionar energia e aquecer o corpo, sem ganhar quilos a mais.

Por isso, de acordo com Eloy, é imprescindível seguir uma alimentação equilibrada também no inverno. O ideal é apostar em alimentos que dão maior saciedade durante as refeições, com preferência para os alimentos sazonais, que possuem menos pesticidas e são nutricionalmente mais ricos. Além disso, alguns alimentos típicos da estação mais fria do ano têm o poder de fortalecer o sistema imunológico e aliviar os principais incômodos que atacam nessa época, como doenças respiratórias, alergias, dores musculares e até cólicas menstruais.

chá quente pixabay
Pixabay

“Privilegiar as sopas de legumes e queijos ‘magros’ como a mussarela, ingerir alimentos ricos em fibras, como aveia, pão e arroz integral, devido a maior saciedade que eles proporcionam, e consumir chás sempre bem quentes são boas dicas para manter o equilíbrio alimentar no frio”, aconselha o médico.

esteira-exercicio-academia-1400x1000-0517

Outro agravante do inverno é o desânimo por conta do frio. Normalmente, a frequência dos exercícios físicos diminui ou até mesmo são interrompidos nessa época do ano, o que não pode acontecer de forma alguma, segundo Eloy. “A atividade física aquece o corpo, melhora a disposição e contribui para prevenção e cura de muitas doenças. Por fim, a vontade de comer não está atrelada apenas à necessidade fisiológica, mas também nas nossas cabeças”, finaliza o médico.