Arquivo da tag: sustentabilidade

Mitos e verdades sobre comprar roupas de brechós

Confira tudo que é fato e o que é fake sobre o uso de peças de segunda mão e conheça mais sobre a moda consciente

Não é raro escutar que as peças compradas em brechós podem carregar consigo histórias dos antigos donos; que pertenceram a pessoas falecidas; ou mais, que não estão cuidadas e podem transmitir maus fluidos. A resposta? Fake. Para além do incentivo à moda sustentável, questões econômicas, sociais e culturais também devem consideradas na hora da escolha do look do dia.

Quem tem a memória de brechós localizados apenas nos bairros, a novidade: os e-commerces de peças de segunda mão. Neles, o consumidor tem acesso às roupas vindas de todo Brasil, com preços competitivos no mercado e pode realizar as compras online.

No Repassa, startup de moda consciente e maior brechó online do Brasil, o processo de curadoria é minucioso para garantir a comodidade do vendedor e transparência em todas as etapas. Com a proposta virtual, o vendedor não precisa sair de casa para repassar suas peças: o site cuida de todo o processo, desde a etapa de fotografia, cadastro, publicação na plataforma e ainda ajuda a destinar o valor recebido de acordo com sua preferência.

Além da economia para o bolso e cuidados com o planeta, o brechó online participa ativamente na moda circular, promove peças exclusivas e ajuda causas sociais. Por isso, a startup destaca as dúvidas e recomendações no momento de comprar roupas de segunda mão. Confira abaixo:

• Os principais receios dos clientes: de acordo com o gerente de Experiência do Cliente do Repassa, Fabiano Lima, as principais dúvidas dos consumidores que desejam repassar suas peças sem uso ou entender o modelo de negócio da startup são vindas pelas redes sociais da marca – que realiza o atendimento por lá mesmo. “Querendo ou não, os clientes ainda podem ficar inseguros sobre o processo de acompanhamento da Sacola do Bem até seu recebimento no Repassa, por tratar-se de um processo novo. Eles querem vender, mas ainda não sabem como”, explica. Para as dúvidas sobre o processo de venda, a marca busca desenvolver respostas didáticas sobre cada etapa e transparência no envio de e-mails de comunicação. “Procuramos abordar o tema de forma simples, para que o consumidor consuma a informação por completo”, diz Fabiano.

• O que recomendam as marcas: segundo pesquisa do site Modefica, referência no assunto, hoje em dia, o descarte das peças sem uso ocorre muito mais pelo excesso de roupas existentes no armário do que pela perda de função. Para questões sobre a qualidade das peças disponíveis e suas formas de uso para ainda estar na moda, o Repassa explica com imagens. Com uma estética de moda informativa e atual, o Instagram da marca se preocupa em trazer conteúdos conscientes e também o melhor uso nas combinações das peças – e conta ainda com o Blog com publicações de moda e sustentabilidade.

• Dica de ouro para encontrar as melhores peças e ainda ajudar o meio ambiente: para melhor garimpar – verbo usado para a atividade de extrair pedras preciosas e que também indica a exclusividade presente nas compras de roupas de brechó -, o site indica filtros específicos com as principais categorias, como tipos, tamanhos, cores e até marcas já conhecidas. Ao receber a mercadoria em casa, você também pode mudar de ideia. Quanto a isso, a devolução é gratuita e promete ser facilitada. O comprador solicita a troca pelo site e pode conversar com o time de atendimento disponível para todo suporte, se necessário.
Como maior benefício sustentável, há a diminuição significativa de 82% do impacto ambiental causado pela produção de cada peça, além do incentivo ao aumento do ciclo de vida das roupas para que possam contar novas histórias.

Sobre o Repassa

Criado pelo empresário Tadeu Almeida, o Repassa é uma startup de moda consciente e maior brechó online do Brasil. Fundada em 2015, a empresa já economizou mais de 553 milhões de litros de água, evitou que 2,4 toneladas de CO2 fossem emitidas e reduziu 13 milhões de kW/h de energia. Desde o início da operação, em 2015, a marca já recebeu mais de R﹩ 10 milhões de aportes provenientes de fundos de venture capital e investidores-anjos.

Iniciativa global “Take Care With Peanuts” espalha mensagens sobre cuidados

Do papel para a vida real, ficam os temas das tirinhas de Charles Schulz para espalhar mensagens sobre cuidados e resiliência. A iniciativa “Take Care With Peanuts” alinha a propriedade com os movimentos culturais e relembra a todos de sermos bons cidadãos globais, tirar uma pausa para cuidarmos de nós mesmo, dos outros, do nosso lar, dos animais e do planeta.

Take Care with Peanuts apresenta três mensagens vitais – Take Care of Yourself (cuide de si mesmo – com foco no bem-estar físico e mental), Take Care of Each Other (cuidem-se entre si – comunidade e filantropia) e Take Care of the Earth (cuide da Terra – natureza e sustentabilidade) – que inspiram um grande esforço em todo o mundo filantrópico, entre outros componentes.

“Take Care With Peanuts é uma iniciativa que vem do meu coração, pois celebra todos os temas que meu marido apresentava regularmente em seus quadrinhos”, disse Jeanne Schulz, viúva do criador de Peanuts, Charles Schulz. “Sparky compartilhou mensagens de cuidar uns dos outros e respeitar a natureza por anos – ele sempre foi um homem à frente de seu tempo!”, diz ela, referindo-se ao marido pelo apelido pelo qual era conhecido.

A estratégia do programa Take Care with Peanuts localmente irá envolver: produtos exclusivos, eventos, áreas tematizadas, ações de varejo e cobranding a partir do 1º semestre de 2021. Abaixo estão alguns programas desenvolvidos globalmente e futuros lançamentos, locais e internacionais.

Filantropia: parceria com a Foundation for Hospital Art

Projetos filantrópicos serão o componente chave das iniciativas, começando com o programa de murais em hospitais. Em parceria com a Foundation for Hospital Art, a Peanuts Worldwide está doando 70 murais de Snoopy e Woodstock para serem colocados em hospitais ao redor do mundo. Os primeiros murais foram lançados em 01/10/2020 em Nova York e na Califórnia, e seguirão o cronograma para implementação em outros hospitais, sendo que a mesma arte será replicada em demais regiões ao redor dos seis continentes. Esse projeto é apenas o começo de um esforço filantrópico de vários anos, com o objetivo de expandir e reativar relacionamentos existentes com organizações sem fins lucrativos, trazendo à tona uma carinha amigável já conhecida mundialmente.

Plano de Aulas: ensinando mensagens sobre cuidados às crianças

Conteúdo para professores e pais com temas específicos estão sendo disponibilizados no site da Peanuts, desde novembro. Projetado para estudantes de 4 a 11 anos, as aulas apresentarão os personagens da Peanuts com temas exclusivos do Take Care with Peanuts, ajudando crianças a desenvolverem suas habilidades, incluindo linguagem e estudos sociais.

Conteúdos na Apple TV+

A partir de cinco de fevereiro de 2021, a nova série “The Snoopy Show” será lançada na Apple TV+. Os episódios, com target para crianças de 6 a 10 anos, são estrelados por Snoopy e suas várias personas com uma porção de episódios relacionados ao programa Take Care with Peanuts, incluindo alguns temas especiais, como o Dia da Terra.

Peanuts

Os personagens de Peanuts e propriedade intelectual relacionada são propriedade da Peanuts Worldwide, que é 41% propriedade da WildBrain Ltd., 39% propriedade da Sony Music Entertainment (Japão) Inc. e 20% propriedade da família de Charles M. Schulz, que apresentou Peanuts ao mundo em 1950, quando a história em quadrinhos estreou em sete jornais. Desde então, Charlie Brown, Snoopy e o resto da gangue Peanuts deixaram uma marca indelével na cultura popular.

Além de desfrutar dos amados programas e especiais do Peanuts na Apple TV +, fãs de todas as idades celebram a marca Peanuts em todo o mundo por meio de milhares de produtos de consumo, bem como atrações de parques de diversões, eventos culturais, mídias sociais e histórias em quadrinhos disponíveis em todos os formatos, do tradicional para o digital. Em 2018, a Peanuts fez uma parceria com a NASA em um Acordo Espacial de vários anos com o objetivo de inspirar uma paixão pela exploração espacial e pelas ciências entre a próxima geração de estudantes.

Mais natureza e menos plástico: árvore de Natal natural é alternativa elegante e sustentável

Opção para substituir as árvores artificiais, os pinheirinhos naturais trazem beleza e complementam o ambiente na data mais especial e aguardada do ano

Tuia

Decorar a casa com temas natalinos é sem dúvida uma das tradições mais importantes e divertidas durante o período de festas de final de ano. Em meio às luzes e itens que remetem ao Papai Noel não há adorno mais representativo e simbólico do que a árvore de natal. Atração principal na composição para a data tão especial, montar e ornamentar os pinheirinhos é um costume disseminado no mundo todo e, também, entre os brasileiros. Porém, diferente dos países da Europa e da América do Norte por exemplo, que priorizam as espécies naturais, no Brasil foram as opções artificiais que se popularizaram.

Mas que tal adotar novos hábitos e apostar em uma versão natural da árvore de natal? “Aos poucos, as espécies plantadas tem ganhado espaço na casa dos brasileiros. Sabendo dos benefícios de ter qualquer planta ornamental incrementando, purificando e agregando graciosidade ao ambiente é fácil pontuar as vantagens em relação a utilização das opções sintéticas. Além disso, são sustentáveis e podem permanecer com a família por meses além do Natal”, comenta Bruno José Esperança, diretor geral da Esalflores, maior rede de floriculturas do Brasil, que anualmente prepara um estoque exclusivo de espécies naturais com tamanhos e preços variados.

Bonitas e sofisticadas, as opções de árvores de natal naturais agregam leveza e requinte a qualquer espaço. A Tuia Holandesa é a opção mais popular e pode ser encontrada em diversas dimensões. Na Esalflores, há opções com tamanhos entre 30 centímetros a 2 metros de altura, com preços que variam entre R$ 15,90 e R$ 89,90. Outras possibilidades são as Kaizucas e os Ciprestes, mas, independente da escolha, é preciso estar atento aos cuidados para mantê-las saudáveis e duradouras.

“A Tuia dura cerca de um a dois meses, dificilmente vai durar de um ano para o outro, mas é ideal para o período das festas de Natal e ano novo”, explica o diretor. “Para mantê-la saudável é preciso muita água e luz. Com relação aos enfeites, não há restrição. Assim como as árvores artificiais, os galhos suportam vários modelos de enfeites e combinam bem com os mais variados tipos de adereços natalinos. Já as luzes devem ser preferencialmente de LED, pois não esquentam e, portanto, não representam perigo para a planta”, completa.

Quanto as regas e crescimento, a maioria das espécies com perfil para árvores de natal naturais exigem regas em dias intercalados e adubação mensal com substâncias especificas encontradas em lojas especializadas. “Lembrando que é sempre importante estar atento ao aspecto da planta, checando a umidade da terra e os sinais que a aparência dos galhos e folhas oferecem”, sugere o profissional.

“Após o período de festas, basta retirar os enfeites e adornos da planta e manter os cuidados. Caso necessário, é possível transportá-la para um vaso maior para incentivar o crescimento”, finaliza Esperança.

Informações: Esalflores

Natura anuncia “Natura Friday” e mostra importância da compra consciente

Campanha “Eu me importo de quem eu compro”, programada para o mês de novembro, convida consumidores a irem além dos descontos e buscarem o consumo consciente

A Natura Friday se estenderá por todo o mês de novembro com campanha que alia descontos em produtos à valorização de sua rede de consultoras. A marca de cosméticos apostará em descontos progressivos e em itens selecionados. As oportunidades podem chegar a 60% de desconto.

Para trazer mais propósito para a data, a marca lança a campanha “Eu me importo de quem eu compro”, lembrando que o cuidado de valorizar a rede e manter a economia circulando também é uma escolha do consumidor. A cada compra realizada no e-commerce e varejo da marca, será doado um real para projetos sociais de Consultoras de Beleza Natura.

“Para a Natura é importante contribuir em dar mais significado para as compras do mês de novembro. Os descontos já tradicionais desse período estarão presentes, mas também deve estar a importância da origem do produto e quem está por trás de sua venda. É um ato de consciência”, explica Cida Franco, diretora de vendas da Natura.

A comunicação está alinhada ao enfoque dado às Consultoras de Beleza da marca ao longo de todo o ano. A campanha é assinada pela agência Africa e segue o conceito “Natura da”, que se inspira nas histórias reais de Consultoras para mostrar que a empresa não se resume aos seus produtos, mas é feita, principalmente, por uma grande rede de afeto. Para conectar o período de descontos com o impacto positivo na vida das Consultoras de Beleza, os nomes de diversas mulheres serão incluídos nas peças publicitárias, como “Natura Friday da Livia”, “Natura Friday da Sulemi”, “Natura Friday da Amanda”.

“Muito mais do que trocarmos o nome, nossa intenção é dar um novo valor ao consumo muitas vezes impensado que esse mês traz consigo”, comenta Sophie Schonburg, Diretora Executiva de Criação da Africa. “Estamos fazendo isso seguindo toda a comunicação que desenvolvemos ao longo de 2020, dando enfoque às vendas vias consultoras no ano em que mais destacamos e valorizamos esse público e suas histórias” finaliza.

Reforçando o compromisso de valorizar mais de um milhão de Consultoras de beleza, recentemente a Natura apresentou manifesto exaltando sua rede de afeto, além de dois minidocumentários, narrados por Emicida, que contam histórias de vida. Uma plataforma online que tem como premissa divulgar os perfis de pessoas da rede, nomeada de “Páginas Laranjas”, também foi lançada. A partir dela, é possível um pouco da história de Consultores e Consultoras e acessar o espaço digital do profissional.

Onde encontrar: os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as consultoras, por meio do e-commerce, do app Natura, nas lojas próprias ou nas franquias “Aqui tem Natura”.

“Especial Mulher” Americanas aposta em produtos sustentáveis e com ativos naturais

Evento traz itens para cuidados da pele e cabelos

Cuidar da beleza e da saúde se tornou um hábito. Aliada da rotina diária de cuidados, a Americanas promove, até o dia 26 de outubro, o “Especial Mulher”, trazendo uma seleção de produtos para higiene e cuidados pessoais a preços bem acessíveis. Dentre os destaques do evento, estão lançamentos do mercado que oferecem alternativas mais sustentáveis e naturais para a saúde da pele e dos cabelos.

Recém-chegada no mercado, a Linha Pantene Bambu vem com itens que nutrem e hidratam por meio de ativos naturais, como o extrato de bambu, o óleo de rícino e a cafeína. Os itens podem ser adquiridos individualmente ou por meio de um kit com shampoo + condicionador por apenas R$ 19,99. Além disso, a embalagem de papel do kit é feita de material reciclado. A linha conta ainda com o creme de pentear de 240 g, por R$ 14,99, e o creme de tratamento de 270 ml, por R$ 15,99.

Outra novidade são as ‘hair masks’ ou máscaras capilares. Disponíveis nas versões nutrição e hidratação, da marca Aussie, e hidratação e reparação, da marca Pantene, as máscaras também contam com produtos naturais, como óleo de coco, e podem ser encontradas por R$ 20,99 cada na versão 300 ml. Para completar a rotina de cuidados, o evento aposta também em produtos para a pele, com destaque para as recém-lançadas máscaras faciais da Garnier que podem ser encontradas por apenas R$ 18,99 . São cinco opções de máscaras baseadas em princípios ativos naturais que acalmam (camomila), reduzem a oleosidade (carvão puro), hidratam (chá verde e romã) e uniformizam a pele (vitamina C).

As promoções são válidas para produtos das lojas físicas da Americanas. Para uma compra com mais rapidez e segurança, os clientes também podem adquirir os produtos das lojas físicas da Americanas pelo app ou site da marca, por meio da opção de entrega “pegue ou receba hoje”, ou pelo WhatsApp (21-40420321). Em pedidos realizados até às 16h, é possível comprar na unidade mais próxima e receber o produto no mesmo dia. Além disso, quem pagar com o app Ame Digital, sem contato físico, poderá receber parte do dinheiro de volta.

Parceria entre Natura, Heineken e Rock in Rio resulta na transformação de 10 toneladas de plásticos

 Copos foram utilizados no festival em embalagens dos novos Deos Corporais Humor e evitam emissão de 15 toneladas de CO²; marcas firmaram o compromisso histórico de reciclar os copos utilizados pelo público durante os sete dias do Rock in Rio 2019, para transformá-los em tampas das novas unidades de Deo Spray de Humor

Por um mundo com mais beleza e menos lixo, Natura, Heineken e Rock in Rio se uniram pela transformação. A Cidade do Rock na edição de 2019 do festival foi palco de mais uma operação de reciclagem, desta vez focada no reaproveitamento dos copos utilizados pelo público. Uma parceria inédita entre as marcas possibilitou que 10 toneladas de copos plásticos dessem origem a tampas de novos produtos da Natura. A iniciativa resultou na produção de 670 mil unidades de tampas do novo Desodorante Corporal Spray de Natura Humor e evitou a emissão de 15 toneladas de CO2 no meio ambiente, mostrando que o lixo não é um fim, mas um novo começo.

Com o objetivo de oferecer novos caminhos sustentáveis para os resíduos gerados no festival, a ação promoveu a reciclagem dos copos em três fases. O primeiro passo, a coleta dos resíduos, foi dado pelo Rock in Rio, que promove ações de gestão de resíduos desde 2011, com atuação de cooperativas parceiras do evento, responsáveis pela triagem dos materiais. Após o processo de separação dos copos, o plástico foi convertido em resina reciclada, com apoio da petroquímica Braskem, parceira da Natura no fornecimento de matérias-primas plásticas utilizadas nas embalagens da marca. Por fim, com apoio da Silgan, também parceira da Natura, a resina reciclada foi modelada e transformada em tampas das embalagens dos novos deos de Natura Humor.

“A Natura tem um compromisso histórico com a sustentabilidade, que é um dos pilares de atuação da marca. Desde 2007, somos uma empresa Carbono Neutro e acreditamos que o compromisso de reduzir as emissões de carbono e gerar impacto positivo na sociedade e no meio ambiente é um desafio coletivo”, explica Maria Paula Fonseca, diretora global da marca Natura. “A parceria com a Heineken é mais um desdobramento do movimento ‘Todos Juntos #PorUmMundoMaisBonito’ e da nossa causa #MaisBelezaMenosLixo, no qual fazemos um convite para que as pessoas se engajem, repensando hábitos”, completa a executiva.

A mobilização entre as marcas garantiu novo destino a 10 toneladas de copos plásticos, dando continuidade às ações entre as marcas de cuidado com o meio ambiente – as tampas recicladas ainda podem ser utilizadas em até 10 refilagens dos deos corporais Meu Primeiro Humor Feminino e dos lançamentos da linha de deos, o casal Química de Humor Feminino e Masculino. Os produtos também possuem formulação feita com álcool 100% orgânico.

“Vivemos um momento global onde as marcas precisam ter um papel ativo na transformação da vida das pessoas. Por isso, estamos felizes em poder inspirar o mundo com atitudes positivas como esta, pois por meio dela podemos reforçar a mensagem que todo cuidado com o meio-ambiente é importante e que o futuro da natureza tem que ser uma preocupação coletiva”, comenta Vanessa Brandão, diretora de marcas premium do Grupo Heineken no Brasil.

Em reforço ao compromisso da Natura com a sustentabilidade, o uso do plástico pós-consumo da Braskem promove a reinserção do resíduo plástico no ciclo produtivo. A iniciativa também auxilia na conscientização do consumidor final sobre o caminho realizado pelos resíduos descartados adequadamente. Além disso, a resina reciclada é uma alternativa viável para melhorar a pegada ambiental dos produtos e contribuir com a captura de carbono.

Para Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio, “é muito bom quando encontramos marcas que compartilham os mesmos valores que os nossos. O Rock in Rio implementa um plano de gestão de resíduos muito abrangente, hoje temos uma taxa de reciclagem na ordem dos 80%. Desde 2011, numa parceria com a Comlurb, os resíduos recicláveis gerados na Cidade do Rock são separados e vendidos por cooperativas parceiras, o que ainda gera renda para os catadores. Desta forma, quando Natura e Heineken nos procuraram com essa ideia ousada e brilhante, abraçamos imediatamente e parte do trabalho já estava organizado para que estes copos pudessem seguir para a reciclagem”, garante Roberta.

O processo de transformação dos resíduos do festival é um incentivo tanto de Natura e Heineken, quanto do Rock in Rio, que desde 2013 possui a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis, a reutilização de materiais e ao convite da reflexão: em um mundo que se transforma, a ressignificação do fim é um novo começo.

Sobre os produtos

Lançamento
Deo Corporal Química de Humor Feminino R$ 32,20 (100 ml)


Frutal moderado. Mistura irreverente que combina notas de romã, fruta explosiva e afrodisíaca, com o contraste da piper, pimenta da biodiversidade brasileira.

Lançamento
Deo Corporal Química de Humor Masculino R$ 32,20 (100 ml)


Amadeirado moderado. Mistura irreverente de madeiras que combina notas de romã com o contraste da piper, pimenta da biodiversidade brasileira.

Deo Corporal Meu Primeiro Humor Feminino R$ 32,20 (100 ml)


Frutal moderado. O encontro das notas cítricas com um irresistível frozen de pera. Sua fórmula combina tecnologia desodorante que protege contra os odores da transpiração com uma perfumação leve, perfeita para o o dia a dia.

Onde encontrar: os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as consultoras, por meio do e-commerce, do app Natura, nas lojas próprias ou nas franquias “Aqui tem Natura”.

 

Cerveja Praya faz parceria com a Sea Shepherd Brasil na luta pelos oceanos

Por meio da ação Operação Ondas Limpas, organização sem fins lucrativos trabalha para erradicar o lixo marinho e proteger os ecossistemas costeiros

A cerveja Praya, marca carioca criada pelos amigos e sócios Paulo de Castro, o DJ Zeh Pretim, Marcos Sifu, Tunico Almeida e Duda Gaspar, oficialmente se tornou empresa amiga da Sea Shepherd Brasil na luta pelos oceanos.

A Operação Ondas Limpas da Sea Shepherd Brasil visa erradicar o lixo marinho, proteger e conservar ecossistemas costeiros, prevenindo e removendo plásticos que entram nos oceanos e vias marinhas. Nove milhões de toneladas de plástico chegam ao oceano, todos os anos, matando um milhão de aves marinhas e 100.000 animais marinhos. A campanha, já presente em 7 estados e em expansão, organiza mutirões de limpeza de praia e fundo de mar (via mergulho) para remover o lixo marinho de praias e rios, com o objetivo de educar e conscientizar pessoas sobre consumo e descarte responsável.

“Fazemos nossa parte na diminuição do impacto do lixo nas praias, mas sabemos que a sociedade ainda está longe de alcançar este objetivo. Portanto, além de oferecer produtos que não poluam os oceanos, com a Sea Shepherd agora também contribuímos diretamente para retirar os produtos de marcas que ainda não buscaram esta mudança. Damos um passo à frente, focando não apenas em minimizar nosso impacto ambiental, mas também o da categoria como um todo”, diz um dos sócios, o Zeh Pretim.

Para Nathalie Gil, diretora de Desenvolvimento da Sea Shepherd Brasil, o valor de empresas que defendem bandeiras de sustentabilidade é inestimável: “Internacionalmente, temos parceiros de grandes a pequenos que compartilham nossos valores e se unem à nossa causa; como KeepCup, Dr Bronner’s, Billabong (com sua marca Kustom), Futures Fins e Baron Papillon. Aqui no Brasil já temos o apoio de marcas como Ellus, e agora a Praya. É muito esperançoso ver que podemos contar com esse tipo de perfil empreendedor aqui no Brasil também”, afirma.

Sempre preocupada com causas sociais, a Praya também lançou uma ação em parceria com o Instituto Vida Livre, organização não governamental que trabalha na reabilitação e soltura de animais em situação de risco no Rio de Janeiro. A cada caixa de cerveja Praya em lata comprada na loja virtual, 50% do valor é revertido para o instituto. Outro diferencial é que a Praya é uma bebida 100% clean label ou seja, uma cerveja que não tem aditivos químicos, vegana e suas embalagens são 100% recicláveis.

Sobre a Praya

Lançada em 2016, no Rio de Janeiro, a bebida apresenta o conceito de promover o lifestyle brasileiro, realizando diversas ações e apoiando eventos culturais e esportivos. A cerveja witbier, feita com sementes de coentro e limão siciliano, é vendida nas versões garrafa (600 ml), long neck (355 ml) e em lata (269 ml). A bebida já é conhecida por ser bem saborosa, leve, refrescante e 100% clean label, sem conservantes ou aditivos. As embalagens também são ecológicas, pensando em todo conceito sustentável.

Sobre a Sea Shepherd

Sea Shepherd Brasil é um braço da Sea Shepherd Conservation Society, organização sem fins lucrativos para proteger a vida marinha no planeta. A Sea Shepherd foi fundada em 1977 pelo Capitão e ambientalista Paul Watson, também fundador da Greenpeace, para agir de maneira direta no combate a crimes ambientais nos oceanos e áreas costeiras. A missão é proteger a vida marinha e acabar com a destruição de habitats nos oceanos do mundo. No Brasil, a Sea Shepherd visa defender, conservar e proteger a biodiversidade marinha através de pesquisa científica, planos de mitigação e recuperação de ecossistemas marinhos, educação ambiental e treinamento de práticas sustentáveis para multiplicadores.

The Body Shop lança linha para banho com reaproveitamento de alimentos

The Body Shop, reconhecida mundialmente pelo incentivo a sustentabilidade e comércio justo com comunidades, apresenta um novo produto para quem ama um banho relaxante e valoriza momentos de autocuidado. A novidade é a espuma de banho, misturas com frutas e componentes hidratantes para o banho, que penetram na pele e oferecem alta durabilidade.

As espumas de banho são produzidas com frutas que seriam descartadas para a venda na indústria alimentícia. Alguns ingredientes são bananas e peras de segunda linha, ou seja, produtos que seriam inutilizados, e óleo de semente de morango e manga obtidos da fabricação de sucos. Além disso, os produtos são envasados em embalagens plásticas 50% recicláveis, que podem ser reutilizadas após o consumo para minimizar o impacto ambiental.

Além de hidratar e perfumar, o produto também é perfeito para acalmar peles ressecadas e repuxadas.

Sobre os lançamentos:

Espuma de banho Banana (250ml): enriquecido com óleo de coco, abacate e purê de banana. Preço sugerido R$ 73,90

Espuma de banho Berry (250ml): enriquecido com extrato de mirtilo, beterraba e óleo de semente de morango. Preço sugerido R$ 73,90

Espuma de banho Pera (250ml): enriquecido com aloe vera do Comércio justo com Comunidade do México e polpa da pera. Preço sugerido R$ 73,90 

Espuma de banho Manga (250ml): enriquecido com maracujá, extrato de cenoura e óleo de semente de manga. Preço sugerido R$ 73,90

Produtos podem ser encontrados nas lojas físicas e no site.

 

Natura e The Body Shop lançam programa de logística reversa de embalagens no Brasil

Iniciativa presenteia consumidor com um novo produto ao devolver cinco embalagens vazias em suas respectivas lojas

Para contribuir com a diminuição do impacto ambiental gerado pelo despejo inadequado de embalagens, a Natura e a The Body Shop lançam um programa de logística reversa nas lojas próprias das marcas.

A cada cinco embalagens vazias das marcas (com exceção de frascos em miniatura e amostras), os clientes receberão um novo produto. As lojas da Natura ainda receberão produtos de qualquer uma das quatro marcas do grupo Natura &Co: Avon, Natura, The Body Shop e Aesop.

“O objetivo é incentivar o descarte correto das embalagens, a reciclagem e a economia circular”, ressalta Paula Andrade, vice-presidente de varejo de Natura &Co. A executiva lembra que, em junho, o grupo lançou seu plano “Compromisso com a Vida”. No documento, a empresa se compromete a intensificar suas ações para enfrentar alguns dos problemas mais urgentes do mundo, entre eles a mudança da produção para alcançar maior circularidade. No documento, a Natura &Co também convoca a sociedade civil a se juntar para a criação de um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

Tais iniciativas serão realizadas em parceria com a TerraCycle empresa especializada em soluções de reciclagem, que recolherá as embalagens e será responsável por todo o processo de reciclagem. Os materiais reciclados deverão ser transformados em vasos de plantas, cones de trânsito, caixas para legumes e vegetais, entre outros utensílios.

A ação é válida para todas as 60 lojas de shoppings da Natura e para 35 lojas da The Body Shop (listadas neste link), localizadas em diversas cidades do país. Todas as lojas da Natura e The Body Shop estão seguindo as medidas recomendadas de saúde e segurança para preservar a saúde de colaboradores e clientes, como redução de horário de funcionamento, obrigatoriedade de uso de máscaras, distanciamento entre as pessoas, higienização frequente de superfícies e limite de ocupação no interior do estabelecimento.

O que mais a Natura já tem feito?

A Natura já realiza ações voltadas para a reciclagem, como a reutilização de 925 toneladas de plástico reciclado por ano na produção de embalagens dos produtos da marca. Essa iniciativa evita que o equivalente a 31 milhões de garrafas PET de 1 litro vire lixo. A empresa também oferece refis nas principais linhas do seu portfólio desde 1983 – economizando, por ano, o equivalente ao lixo produzido por 4,7 milhões de pessoas em um único dia. Na linha Ekos, por exemplo, todos frascos de plástico são 100% reciclados. A Natura também possui o Programa Natura Elos, que desde 2017 colabora para garantir a rastreabilidade, a homologação e a logística reversa em todos os seus elos das cadeias de materiais reciclados. Essa ação já recuperou mais de 10 mil toneladas de resíduos pós-consumo no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e Peru. Além disso, mais 142 mil toneladas de materiais também foram recuperadas com o Programa Dê as Mãos para o Futuro, iniciativa da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), do qual somos parceiros.

Quais são as iniciativas de The Body Shop?

A The Body Shop também segue políticas que visam minimizar a quantidade de resíduos prejudiciais despejados no meio ambiente. Entre elas, estão o uso de ingredientes naturais apenas de origens sustentáveis e rastreáveis e o compromisso em utilizar plástico 100% reciclado em todas as suas embalagens até 2030. A empresa também já colocou em prática a mecânica de logística reversa em outros locais do mundo onde a marca atua, bem como o apoio a comunidades catadoras de lixo.

Confira os lançamentos de Natura que podem ser destinados para reciclagem:

Natura Luna – Desodorante Colônia Luna Absoluta Feminino (75ml) – R$ 129,90


Luna Absoluta apresenta a magnífica orquídea negra, que com sua singular beleza traz feminilidade com uma faceta sensual, intensa e poderosa. O toque inusitado da folha de violeta com especiarias que se unem à contornos iluminados do buquê de rosa e jasmim e notas de damasco. A fragrância ganha ainda mais personalidade pelo contraste vibrante de frutas vermelhas com o adocicado do Cacau, ingrediente da biodiversidade brasileira.
Caminho olfativo:  chipre moderado, feito para ocasiões especiais.

Natura Essencial – Deo Parfum Essencial Supreme Feminino (100ml) – R$ 196,00 


Descubra a combinação perfeita entre a flor de Ylang, intensa e feminina, com a sensualidade e o calor do Ishpink, a canela amazônica.  Floral intenso. Fragrância marcante, de alta fixação.

Natura Una – Batom Matte Powder – R$ 48,90

Novo Batom Matte Powder! Com acabamento matte sem peso, leveza de um batom em pó e pigmentação extrema, o item indispensável ainda conta com micropartículas naturais que disfarçam as linhas finas e contribuem para a uniformização dos lábios.
Benefícios:
• Pigmentação extrema;
• Sensação de hidratação e de não deixar os lábios ressecados;
• Uniformidade da cor na primeira aplicação;
• Disfarça marcas e linhas finas dos lábios;
• Deslize confortável;
• Textura aveludada;
• Não craquela nos lábios;
• Vegano;
• Alta tecnologia de partículas: micropartículas naturais que disfarçam as linhas finas e contribuem para uniformização dos lábios.

Natura Una – Primer Rosto – R$ 71,00 


O Primer Facial Neutralizador de Natura Una corrige irregularidades de tons e textura ao mesmo tempo em que mantém a pele hidratada por 24 horas. O produto conta com alta tecnologia de partículas: exclusiva combinação de partículas difusoras de luz que atuam como um filtro de cor, uniformizando em segundos irregularidades de tons da pele. O primer ainda possui ativos da ciência dermatológica: com ingrediente prebiótico que ajuda a intensificar a retenção de água na pele, promovendo hidratação imediata e contínua.
Benefícios:
• Suaviza imediatamente manchas marrons e marcas de acne;
• Nivela a textura da pele e disfarça poros;
• Reduz a necessidade de base de alta cobertura e/ou aplicação de várias camadas da base;
• Promove acabamento natural.

Onde encontrar: os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as consultoras, por meio do e-commerce, do app Natura, nas lojas próprias ou nas franquias “Aqui tem Natura”.

Informações: Natura / The Body Shop / TerraCycle

A moda agora é o reúso

Estilo, consumo inteligente e oportunidade de negócio: entenda por que a procura por brechós está crescendo

 

A indústria da moda é responsável por cerca de 8% a 10% das emissões globais de gases-estufa e impacta o meio ambiente mais do que o transporte marítimo e o avião juntos, além de ser a segunda economia que mais consome água e responsável por liberar 500 mil toneladas de microfibras sintéticas nos oceanos ano a ano, de acordo com levantamento feito pela ONU Meio Ambiente em 2019.

Questões como produção, escolha de matérias-primas, descarte quase que imediato das peças pelos consumidores e intensa fabricação mundial estão entre os fatores mais críticos para a poluição ambiental. Ainda segundo a ONU, apesar do lucro, pois a indústria está avaliada em cerca de US$ 2,4 trilhões e emprega mais de 75 milhões de pessoas internacionalmente, são perdidos anualmente cerca de US$ 500 bilhões com o descarte de roupas que vão para lixões e aterros sem serem recicladas.

Devido a algumas revoluções no universo da moda, a evolução das gerações e da consolidação das mídias sociais e das novas tecnologias como a principal fonte de busca e manifestação dos consumidores modernos, o mercado compreendeu que as roupas deixaram de ser apenas um item de necessidade básica e se transformaram em símbolos culturais, objetos de desejo, poder de aquisição e parte importante da impressão de personalidade.

vestido_degrifee_jul_18

Em contrapartida, muita coisa vem mudando nos últimos tempos. Os consumidores, especialmente as novas gerações, estão cada vez mais envolvidos em questionar e cobrar das marcas e indústrias comprometimento e posicionamentos sobre temáticas como inclusão e empoderamento, conforto atrelado a estilo, ações sustentáveis e processo de produção e descarte de roupas, o que resultou em uma significativa mudança de comportamento que estreita e repensa a relação das pessoas com o consumo de roupas e acessórios e tem provocado grandes mudanças no mercado, principalmente na moda.

Quem ganhou com isso foram os brechós, que, muitas vezes, são a opção número um para quem deseja ter uma peça “nova” sem ceder às tradicionais lojas de departamento.

O preconceito com os brechós vem sendo desmistificado e parou de ser visto como um ambiente pouco convidativo, com itens velhos e mal-conservados. Os motivos variam, mas comprar peças de segunda mão caiu no gosto das pessoas e atinge diversas camadas sociais. De todos os estilos e gostos, eles podem ser voltados para diversos setores da moda, inclusive para os de luxo, com itens de estilistas e alfaiates.

Oferecer um leque de opções que varia entre produtos para crianças, jovens, adultos, gêneros e até mesmo para pets e para casa, além de proporcionar outras vantagens, como, por exemplo, a comodidade de receber as compras em casa, excelente preço e qualidade, inclusão, rapidez e confiança ao tratar diretamente com o proprietário do brechó.

Um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em parceria com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostrou que seis em cada dez consumidores compraram algum item usado entre 2018 e 2019. A maioria dos entrevistados (96%) ficou satisfeita com a aquisição.

moda reuso

Atentas a essa tendência, as empresárias Raquel Sandenberg Lins (30) e Isabel Sandenberg Lins (25), fundadoras do Brechó Choque Size, encontraram uma oportunidade de negócio em Vila Velha, no Espírito Santo. ‘’Tenho um armário bem pequeno de roupa hoje em dia, e 80% é brechó. Não entro em uma loja popular há mais de dois anos. Ao me mudar para cá, tive essa sacada que não tem peças Plus Size nem muitos brechós aqui onde estou. Com isso, veio a ideia do brechó’’, comenta Raquel.

A previsão é de que o mercado second hand continue em ascensão e dobre até 2025. De acordo com pesquisa realizada pela GlobalData, empresa de análise de varejo, o valor movimentado pelo segmento deve ir de US$ 24 bilhões para US$ 51 bilhões.

A transformação digital passou a ser uma aliada da crescente procura por brechós ao unir e facilitar, tanto para as pessoas que usam a tecnologia para empreender na internet, quanto para quem procura consumir os itens divulgados. “No passado, o consumidor precisava procurar no brechó muitas peças até encontrar o que combinasse com seu estilo. Hoje, ele consegue rapidamente navegar nas fotos do brechó, como se fosse uma vitrine digital, facilitando a visualização das peças e se inspirando em visuais ou composições sugeridas pelas lojas”, explica Davi Paunovic, consultor de negócios do Sebrae-SP.

Basta pesquisar no Google ou nas redes sociais para encontrar rapidamente muitos perfis de brechós. A facilidade encontrada para abrir esse tipo de negócio é clara: os investimentos iniciais são baixos e todo o processo é rápido e eficaz. Sites especializados e redes sociais correspondem aos principais canais de compras, com 69% e 54% de preferência do público, respectivamente. Para essa pesquisa, a CNDL ouviu 837 consumidores acima de 18 anos de ambos os sexos, de todas as classes sociais, residentes nas 27 capitais do país.

Cada vez mais, a moda, os modelos de negociação e a forma de consumo se modificam, e é preciso se adaptar. Os brechós vão na contramão das tendências fast fashion e estão alinhados com as expressivas mudanças de comportamento e já dividem espaço com as vitrines de lojas populares e marcas renomadas. A prova disso é que algumas peças são vendidas no momento em que são publicadas no feed ou em poucas horas.

calça mom damlyer

Outros temas que impulsionam as compras em brechós são a facilidade de encontrar peças vintage, como calça mom jeans, suéteres, entre outros, a cuidadosa curadoria, acessar grandes marcas com menor custo e a valorização das roupas e do trabalho dos vendedores independentes. O movimento slow fashion ou o ato de repassar roupas usadas para frente proporciona um imenso impacto social, econômico e sustentável.