Arquivo da tag: sustentabilidade

C&A e brechó Daz Roupaz firmam parceria para clientes venderem roupas usadas de qualquer marca

Agora os clientes da C&A poderão vender as roupas que não usam mais em um quiosque do brechó Daz Roupaz dentro do Shopping Metrô Tatuapé

A Daz Roupaz, um dos maiores brechós de São Paulo, e a C&A se uniram em uma parceria que incentiva a moda circular no varejo. O brechó montará a partir do dia 25 de julho, dentro da loja do Shopping Metrô Tatuapé, um quiosque de second hand, onde os consumidores poderão vender suas roupas usadas em bom estado e trocar por roupas novas na própria loja da C&A. É a primeira vez que acontece uma parceria como essa, que permite a troca de roupas usadas de qualquer marca, por crédito na aquisição de peças novas de um grande varejista.

A ideia é inserir o varejo no consumo consciente e permitir que roupas usadas ganhem uma vida extra. Assim, de forma prática e sustentável, os consumidores podem levar suas roupas de qualquer marca, originais, em bom estado e de modelos atuais, e receber créditos para usar ali mesmo, na loja da C&A. Por meio da tecnologia do Vale Circular, a Daz avaliará sua peça usada na hora e proporcionará um crédito de 40% sobre o valor de avaliação, para que você compre novos itens na varejista.

“A C&A é super visionária, está sempre antenada aos principais movimentos do universo da moda e consegue atender a diferentes públicos. Justamente por esse motivo, a parceria com ela faz total sentido e conversa com o nosso público de vendedores e compradores também. Essa parceria de comprar as peças usadas e pagar na hora, para que a pessoa gaste em itens novos dentro de uma loja é algo pioneiro e estamos muito felizes de que seja ao lado da C&A”, avalia Julia Wolff, cofundadora da Daz.

Essa parceria, além de possibilitar a compra das roupas de quem está desapegando, proporciona experiências e créditos para que as pessoas consigam aproveitar o que mais gostam, pagando menos.

“Nós criamos o Vale Circular com o intuito de promover uma moda mais democrática, que fosse algo benéfico tanto para quem está vendendo, ao ganhar créditos para comprar roupas novas em lojas como a C&A, tanto para quem compra por um preço mais acessível. Essa parceria com a C&A está totalmente alinhada com o nosso objetivo de promover um consumo consciente, tornar a moda mais inclusiva e ao mesmo tempo prolongar o tempo de vida das peças”, comenta Gabriella Wolff, cofundadora da Daz.

Sobre a Daz Roupaz

Criada pelas irmãs Gabriella e Julia Wolff, a Daz Roupaz se consolidou pelo seu modelo de negócio, que funciona para manter o mínimo de peças paradas no estoque de suas duas lojas e e-commerce, aliando tecnologia e sustentabilidade.

Através de um sistema atento de curadoria, que seleciona cerca de 20 mil peças por mês, o brechó conta com itens como: moda feminina, masculina, infantil, acessórios, cosméticos, perfumes, roupas e acessórios para pets, eletrônicos como secador e chapinha de cabelo, entre outros, sempre priorizando peças-chaves, que estejam em tendência e que sejam modernas. Com duas unidades em São Paulo, nos bairros Pinheiros e Itaim, a Daz Roupaz foi crescendo exponencialmente e, em 2020, lançou seu e-commerce, que conta com novidades todos os dias.

Giorgio Armani apresenta My Way Intense

A fragrância floral amadeirado ambarado é uma interpretação rica e opulenta da assinatura floral contemporânea de My Way, que privilegia ingredientes naturais, neutralidade de carbono e conta com embalagem refil

Em 2021, Giorgio Armani lançou My Way, uma fragrância que revela um conceito profundo e de espírito livre sobre a feminilidade e que foi desenvolvida seguindo um compromisso com a sustentabilidade, favorecendo o uso de ingredientes naturais num frasco desenvolvido para durar, que pode ser recarregado com refil e também reciclado. Para 2022, Giorgio Armani revela um novo capitulo com My Way Intense, uma interpretação rica e opulenta da assinatura floral contemporânea do perfume, como um convite para viver a vida intensamente. My Way Intense atua como um talismã, cuja intensidade torna cada experiência e encontro ainda mais ressonante.

My Way Intense é uma nova e fascinante forma de vivenciar a filosofia My Way, que se define pela ampliação dos horizontes, moldando um eu verdadeiramente único através de experiências e encontros, e despertando os sentidos. My Way Intense captura como sair do familiar intensifica a percepção de uma pessoa. Isso faz com que os momentos sejam vivenciados de forma ainda mais intensa. No espírito de My Way Intense está a descoberta da versão mais verdadeira de si mesmo através de conexões memoráveis com os outros. My Way Intense encapsula a intensidade da experiência que surge quando se está consciente do mundo que os rodeia. O ordinário se transforma no extraordinário, e cada momento é vivido de forma mais profunda.

A fragrância

My Way Intense traça um novo capítulo sensual dentro do universo de My Way. Com seu coração floral amplificado e um intenso rastro amadeirado, My Way Intense eau de parfum oferece uma visão potente da assinatura exclusivamente sedutora da fragrância original.

Desenvolvida pelo mestre perfumista Carlos Benaïm (IFF), a nova fragrância se dá pela junção de alguns dos melhores ingredientes naturais do mundo resultando em uma fusão de culturas que leva nossos sentidos a uma jornada olfativa até uma fragrância âmbar floral feminina intensificada. A fragrância de My Way Intense é seu novo e intenso absoluto de tuberosa da Índia, que possui uma qualidade floral, rica e opulenta. Esta nota realça e amplifica o efeito moderno, natural e solar do absoluto de tuberosa original capturado em My Way. Apropriando-se do buquê floral branco e brilhante de tuberosa indiana e jasmim que estão presentes na versão original.

My Way Intense abre com uma luminosidade brilhante, graças a notas de topo de bergamota da Calábria, na Itália, e flor de laranjeira do Egito. Já a nota de flor de laranjeira é criada a partir de uma versão modernizada da enfleurage, processo de extração artesanal, exclusivo de Giorgio Armani, permitindo a captura dos compostos aromáticos exalados pelas plantas. Depois que as laranjas amargas são colhidas manualmente no Egito em janeiro e as flores de laranjeira também são colhidas manualmente em março e abril, o processo de enfleurage é feito no Cairo. Este processo ancestral longo e cuidadoso envolve infundir repetidamente as flores de laranja na essência de laranja amarga para obter uma extração fria do perfume. Este método totalmente natural captura toda a riqueza e complexidade da flor de laranjeira, junto com a faceta vibrante das frutas. A elaboração exclusiva da nota de flor de laranjeira cria uma nova interpretação de seu perfume, que funde a riqueza e complexidade da flor com o poder e a energia da fruta. Captura uma qualidade floral cintilante, conferindo às notas de topo um brilho natural e jovem. Um convite a estar aberto a novos encontros e experiências.

Nas notas de coração estão os dois absolutos de tuberosa, obtida e escolhida a dedo na região de Mysore, por fazendeiros de campos na aldeia de Tirumakudal Narsipur, no estado de Karnataka. Desenvolvida exclusivamente para Giorgio Armani, a tuberosa é extraída por destilação molecular, permitindo que os perfumistas selecionem um segmento molecular específico da tuberosa feito sob medida para My Way Intense. O resultado é uma nota de tuberosa composta por facetas cremosas e aveludadas que criam uma experiência olfativa semelhante a um mergulho em um campo de pétalas de flores de tuberosa. Este processo de destilação molecular seleciona o que já é um ingrediente natural precioso e o refina para revelar e realçar seus aspectos mais bonitos e ocultos. A tuberosa combina com a super infusão de jasmim grandiflorum, também da Índia e exclusiva de Giorgio Armani, que permite ao perfumista selecionar e refinar com precisão os aspectos mais femininos desta nota, ao lado do jasmim sambac. Essas notas criam uma sensação de generosidade e feminilidade radiante na fragrância.

As notas de fundo, por sua vez, revelam um rastro sensual. O evocativo e cremoso sândalo é originário da ilha do Pacífico Sul da Nova Caledônia e é criado para Giorgio Armani para identificar e embelezar as facetas mais ricas da nota. Isso se funde com a Baunilha, que é proveniente de Madagascar, e que foi feita exclusivamente para Armani. O processo de produção da Baunilha é artesanal e sustentável, garantindo que seja consistentemente da mais alta e refinada qualidade, além de fazer parte de um programa de abastecimento inclusivo em colaboração com a ONG local Fanamby, que promove a inclusão social priorizando fornecedores que proporcionam trabalho e renda confiáveis para pessoas vulneráveis que normalmente seriam excluídas do mercado de trabalho. O programa diversifica as receitas para melhorar a subsistência local, apoiando os produtores no cultivo de arroz e café junto com a Baunilha, incentivando assim o empreendedorismo local.

My Way Intense reflete o compromisso de longa data de Giorgio Armani com a sustentabilidade, favorecendo o uso dos ingredientes naturais adquiridos de forma responsável, em colaboração com ONGs locais e por meio de programas que apoiam comunidades vulneráveis com base nos princípios de comércio justo. Além disso, a fragrância é carbono neutro, sendo formulada com álcool de origem vegetal, derivado da beterraba francesa, cultivada em condições agrícolas que respeitam o meio ambiente.

“My Way Intense é a nova assinatura olfativa de sensualidade e intensidade feminina, é sobre deixar a sua marca por onde quer que você passe, um perfume construído para despertar emoções e transformar experiências, um floral amadeirado ambarado perfeito para momentos onde você queira passar uma mensagem de feminilidade poderosa”, afirma Ricardo Assi, sommelier & treinador de fragrâncias L’Oréal Luxo. “Assim a melhor indicação é aplicar a fragrância em áreas mais quentes, como pescoço, colo, nuca, pulsos e dobra dos braços, pois são lugares de maior pulsação e também mais quentes, ajudando assim na evaporação do perfume e deixando aquele rastro de intensidade memorável”, conclui Ricardo.

Frasco

O compromisso com a sustentabilidade da marca também se reflete no design do frasco de vidro da fragrância que, seguindo a estética de Giorgio Armani, se destaca por seu contraste entre seu novo suco rosa vibrante em seu interior e o azul profundo da base e da tampa do frasco.

A tampa do frasco é uma pedra de aparência orgânica em um tom de azul profundo, que atua como um ponto focal hipnotizante, simbolizando um talismã poderoso que captura as experiências vividas que inspiram My Way Intense e suas qualidades transformadoras. Sua forma suave e tátil é uma reinterpretação contemporânea das tampas de pedras que se tornaram uma assinatura das fragrâncias Giorgio Armani. O azul distinto da tampa é acentuado com um anel dourado que dá um toque luxuoso, e que simboliza o caminho que inspira a fragrância. Fiel à estética de Giorgio Armani, o design do frasco extrai harmonia de elementos contrastantes.

O destaque do vidro vai além de sua beleza: assim como o frasco de My Way, a fragrância My Way Intense conta com um frasco que foi pensado de maneira sustentável, sendo projetado para durar e poder ser recarregado. Um sistema de recarga inovador, fácil e limpo é proposto, já que nenhum funil é necessário. A recarga pode ser realizada de maneira fácil. Primeiro, a válvula spray pode ser removida, em seguida, o refil de 150ml é conectado ao frasco da fragrância dando início ao processo de reabastecimento que é 100% automático. O frasco original é reabastecido sem perder uma gota do perfume, sem que o líquido respingue nas mãos, com a tampa e o spray sendo facilmente conectados de volta. A caixa externa da fragrância também tem design sustentável, trabalhada em cartão reciclado e impressa com tinta à base de vegetais.

Juntos, um frasco My Way Intense de 50ml e seu refil de 150ml representam uma redução de 64% nas emissões de carbono da fragrância e o reabastecimento da fragrância evita a geração de emissões de carbono que resultariam da produção de um número maior de perfumes. Comparado ao uso de quatro frascos de spray de 50ml da fragrância, o spray de 50ml e seu frasco de refil de 150ml juntos representam uma redução de 32% no uso de papelão, uma diminuição de 55% no uso de vidro, menos 64% de plástico e uma redução de 75% no uso de metal, em comparação com quatro frascos de spray de 50ml da fragrância.

O vidro de ambos os frascos, spray e refil, é reciclável, enquanto cada elemento dos frascos em spray podem ser reciclados separadamente. Isso torna o processo de reciclagem simples, de modo que a tampa, o borrifador, podem ser reciclados em uma usina de reciclagem clássica, enquanto os elementos de vidro são reciclados com a reciclagem de vidro.

Compromisso com a sustentabilidade e o planeta

A concepção ecológica está no coração de My Way Intense, assim como para a fragrância original, ambas fragrâncias carbono neuro. Este valor orientador reflete o compromisso de Giorgio Armani em reduzir o impacto ambiental da marca, com foco particular nas emissões de carbono, o principal causador das mudanças climáticas. Para fazer isso, a marca se esforça para evitar, reduzir e compensar as emissões de carbono sempre que possível. Giorgio Armani se compromete a apoiar a preservação de florestas críticas, compensando as emissões remanescentes por meio de um programa de reflorestamento e projetos de conservação. Giorgio Armani apoia quatro projetos de reflorestamento no Brasil, Madagascar, Peru e Zimbábue – que juntos cobrem mais de 25.000 hectares de floresta. Isso contribui para o objetivo da Armani Beauty de se tornar carbono neutro até 2025.

No Brasil, Giorgio Armani está apoiando um projeto na região da Serra do Amolar para proteger cerca de 11.000 hectares do Pantanal, a maior área úmida tropical do mundo. Além de proteger a floresta, este projeto proporcionará fontes de renda sustentáveis e oportunidades educacionais para as comunidades locais.

Simultaneamente, Giorgio Armani compromete-se com a preservação de uma faixa vital de 1.700 hectares da biodiversidade da Floresta Amazônica no Sudoeste do Brasil. Conseguido através do apoio da marca ao projeto de Proteção Florestal da Amazônia Sul, localizado em uma área de fronteira dos estados do Acre e Amazonas. Este projeto funciona para acabar com o desmatamento na área, reduzindo as emissões de carbono, garantindo colheitas sustentáveis de madeira e reforçando esforços gerais de conservação no Brasil. Além disso, também trabalha para melhorar a vida das comunidades que vivem na área, criando oportunidades de trabalho em projetos de manejo e conservação, além de apoiar a educação ambiental e salvar as culturas tradicionais locais.

Na Amazônia peruana, Giorgio Armani está apoiando um projeto que capacita os agricultores a se engajarem na produção sustentável de castanhas e os ajuda a proteger as florestas da região. O programa protegerá mais de 1.000 hectares de floresta e treinará 460 pessoas no protocolo de proteção florestal e impulsionará a economia da área ao envolver 400 famílias na produção sustentável de castanhas.

Em Madagascar, país de origem da baunilha de My Way Intense, o programa de fornecimento sustentável e inclusivo certificado que Giorgio Armani está engajado com a ONG local Fanamby garantiu o reflorestamento de 150 hectares de floresta de mangue. Estima-se que isso beneficie pelo menos 30% dos pequenos agricultores da área, o que se baseia na missão do programa de incentivar o empreendedorismo local e fornecer trabalho para pessoas vulneráveis.

No Zimbábue, o projeto Kariba protege mais de 1.600 hectares do desmatamento, promovendo o bem-estar e a sustentabilidade das comunidades.

My Way Intense de Giorgio Armani = 50 ml preço sugerido de R$ 599,00, refil de 150 ml preço sugerido de R$ 759,00.

Informações & onde encontrar: 0800 701 7323

Com sabores da Mata Atlântica, Dengo Chocolates traz saudabilidade e sustentabilidade à Páscoa

Redução do uso de plásticos e produtos com mais cacau e menos açúcar reforçam os propósitos da marca para a data; Linha Clássicos ganha embalagem com papel natural 100% compostável feito das cascas da semente do cacau

Para a Dengo Chocolates, marca brasileira de chocolate artesanal, a Páscoa é mais que coelhinho e ovo de chocolate. Para ela, é a oportunidade de apresentar produtos que firmam seus propósitos: sustentabilidade, saudabilidade e os sabores brasileiros. Em 2022, o portfólio traz novidades: ovo à base de plantas, linha sem adição de açúcar, Dengo de Corte e embalagens com papel natural compostável.

Saudabilidade

Misturas irresistíveis combinam sabor com saúde em receitas que levam mais cacau e menos açúcar. “Além do cacau de alta qualidade, elegemos frutas e castanhas da Mata Atlântica. Outro diferencial é que trabalhamos com ingredientes puros, direto de sua origem”, conta Luciana Lobo, chocolatier da Dengo. Desde sempre a marca não trabalha com gordura hidrogenada, conservantes ou aromatizantes em seus chocolates, escolhas alinhadas com o verdadeiro chocolate artesanal.

Para a Páscoa, a marca conta com opções de 36%, 50%, 65% e 70% cacau. Sua linha infantil segue no mesmo estilo: “a infância é o período em que começamos a explorar nosso paladar, e considerando o quesito saúde, é uma ótima forma de trazer para as crianças chocolates com menos açúcar, e que são uma delícia”, explica a chocolatier. No Dengo para Colorir, sucesso entre os pequenos, a marca se preocupa em desenvolver chocolate colorido, que usa pigmentos naturais de frutas e legumes, para a pintura do ovo.

“Convidamos os pais a escolherem um chocolate saudável para os seus pequeninos. Que a tomada de decisão não seja pela lembrancinha ou cor da embalagem, a saúde de nossas crianças é o que importa”, completa a especialista. 

Com o conceito ‘É daqui com muito gosto’, a marca prioriza o uso de ingredientes brasileiros, como diferentes frutas da Mata Atlântica, que ganham destaques nas receitas e proporcionam sabor único para os produtos.

Sabores do Brasil

Linha Ovo Quebra-Quebra

Para 2022, a Páscoa da Dengo apresenta produtos inéditos. A linha Ovo Quebra-Quebra ganha as versões de Frutas Tropicais (R$ 109,90 | 260g), uma mistura surpreendente de frutas da Mata Atlântica (manga, abacaxi e maracujá) com chocolate 36% cacau, e Limão com Tapioca (R$ 119,90 | 260g), uma combinação bem brasileira do limão com a tapioca e chocolate branco 40% cacau. Sabores que foram sucesso em outros anos também estão presentes, que é o caso do Ovo Quebra-Quebra de Banana e Castanha-de-Caju (R$ 109,90 | 260g), destacando a fruta com chocolate 36% cacau; Ovo Quebra-Quebra de Cupuaçu e Castanha-de-Caju (R$ 109,90 | 260g), combinação autêntica da fruta com a semente e o chocolate 65% cacau; e o Ovo Quebra-Quebra Biju (R$ 109,90 | 260g), feito de chocolate 50% cacau com pedacinhos de biju. Todos os ovos Quebra-Quebra são embalados em tecidos 100% naturais reutilizáveis, promovendo o reuso e reduzindo o descarte, produzidos artesanalmente por uma rede de costureiras. 

Ovo 36% cacau ao leite

Pela primeira vez no Brasil, a Dengo Chocolates transformou as cascas da semente de cacau em papel natural 100% compostável, reduzindo o impacto no meio ambiente em suas embalagens dos ovos das linhas Clássicos e Infantil. Os formatos dos Ovos Clássicos também fogem do convencional, com design exclusivo que remete ao cacau. A marca traz ainda, pela primeira vez, o Ovo 50% cacau à base de plantas (R$ 69,90 | 126g), feito com chocolate 50% cacau e aveia, acompanhando drágeas de castanha-de-caju. A linha ainda conta com o 36% cacau ao leite (R$ 69,90 | 126g) e 70% cacau intenso (R$ 69,90 | 126g) que acompanham trufas de chocolate. Produtos sem adição de açúcares também fazem parte desta coleção, sendo o 50% cacau sem adição de açúcar (R$ 69,90 | 126g) e o 65% cacau sem adição de açúcar (R$ 69,90 | 126g), ambos com amêndoas de cacau como acompanhamento. O Ovo 70% cacau varietal (R$ 75,90 | 126g) segue com o sabor intenso de cacau de espécie única e notas sensoriais cítricas e florais, contando também com trufas de chocolate.

Linha infantil

Para as crianças, a Dengo traz o sabor de um mundo melhor. A linha de Ovo Cafuné é encontrada nas versões 36% cacau (R$ 59,90 | 100g) e 50% cacau (R$ 59,90 | 100g) e acompanha jogo da memória com os bichos da Mata Atlântica, despertando o conhecimento da fauna brasileira. Sua embalagem também é feita de papel natural 100% compostável

Já o Dengo para Colorir (R$ 99,90 | 140g),uma invenção da marca, não poderia faltar. Feito com chocolate 36% cacau, o kit acompanha pincel e pigmentos naturais à base de frutas e legumes para a criançada soltar a imaginação e personalizar seu dengo como quiser. Os Ovinhos Dengo (R$11,90 | 25g), de chocolate 36%, são os itens perfeitos para a brincadeira de caça aos ovos.

Trio Quebra-Quebra

Para presentear, há sugestões como o Trio Quebra-Quebra (R$ 49,90 | 90g), que traz os sabores autênticos dos Quebra-Quebras de banana, cupuaçu e biju. 

Dengo de Corte Banana e Doce de Leite

Para aqueles que estão em busca de um produto de colher ou recheado, a marca ousa novamente ao apresentar a sua versão cremosa sem deixar de ser saudável. Os Dengo de Corte são outra grande aposta, com design exclusivo e impactante, vem nos sabores Banana e Doce de Leite (R$ 149 | 450g), feita com chocolate 50% cacau recheado em camadas com banana, doce de leite, gianduia de castanha de caju e biscoito; e Gianduia (R$ 149 | 450g), a base de chocolate 65% cacau e recheio com três camadas gianduia de castanha-de-caju: 36% e 50% cacau e chocolate branco. 

Ovo Tamarindo

A edição limitada do Ovo Tamarindo (R$ 290 | 450g) com chocolate 50% cacau de casca recheada com ganache de tamarindo e baunilha brasileira; acompanha drágeas de macadâmia e de castanha-de-caju e se destaca pela embalagem diferenciada, com carta que conta a história da marca, assinado e numerado pela Chocolatier Luciana Lobo.

Impacto ESG / Sustentabilidade

Segundo Estevan Sartorelli, cofundador da Dengo Chocolates, “o mundo não precisa de mais marcas, o mundo precisa de mais negócios de impacto social”. Isso significa que a sustentabilidade faz parte do DNA da Dengo desde seu nascimento e está presente em tudo o que a marca faz, desde a colheita do fruto no campo, produção do chocolate, até chegar ao produto final. 

Para a Páscoa 2022, a Dengo Chocolates traz para o Brasil a possibilidade de transformar a casca da semente do cacau em papel 100% compostável. Cerca de 20% da amêndoa de cacau é casca e o seu uso no ‘papel de cacau’ é a melhor forma de conseguir aproveitá-la por completo, ainda evitando a necessidade de materiais que não são amigos do meio ambiente, como o plástico. A novidade está presente nos Ovos Clássicos e nos Ovos Cafuné.

A marca trabalha com pequenos e médios produtores de cacau de alta qualidade, gerando renda decente por pagar mais ao produtor de cacau e capacitação técnica agrícola aos produtores. Em 2021, foram realizados dezenas de treinamentos e os produtores receberam, em média, 91% acima do preço de mercado do cacau.  

Os lindos tecidos que vestem os produtos da marca ainda movimentam uma série de costureiras, reduzindo o uso de plástico e promovendo valor compartilhado. Os panos são reutilizáveis, sendo ótimos jogos americanos, lenço de cabelo e, até mesmo, como decoração da casa.

Os produtos especiais de Páscoa chegam às lojas a partir de março e estão disponíveis nas lojas da marca, no site, via iFood e WhatsApp Dengo.

Informações: Dengo

Dia Mundial da Saúde chama atenção para a conexão entre a saúde do planeta e da população

Em 2022, a OMS convida todos à reflexão sobre o impacto direto dos desafios ambientais na saúde das pessoas

Criado para celebrar o aniversário da fundação da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Dia Mundial da Saúde apresenta, todos os anos, os principais tópicos a serem discutidos sobre a saúde da população global. Este ano, a temática “Nosso planeta, nossa saúde” convoca a todos a se questionarem sobre as consequências dos desafios ambientais, como a poluição do solo, da água e do ar, as mudanças climáticas e o manejo inadequado dos resíduos sólidos, na saúde e no bem-estar de todos. De acordo com o órgão, cerca de um milhão de mortes prematuras ocorrem, anualmente, devido a riscos ambientais evitáveis e conhecidos.

Há décadas, a Danone levanta a mesma bandeira por meio de sua missão “One Planet, One Health”, promovendo uma alimentação saudável para as pessoas enquanto gera impactos positivos em seu ecossistema. Como forma de apoiar esse movimento e propagar melhores e mais sustentáveis práticas de comer e beber ao maior número de pessoas possível, a companhia uniu forças à ONU Unitar e desenvolveu, por meio do Instituto das Nações Unidas para Formação e Pesquisa, um curso virtual que ajuda a população a entender como seus hábitos alimentares e escolhas diárias podem afetar a sua própria saúde e a do planeta. O e-learning gratuito “Dieta Sustentável”, disponível em português no site UN CC: e-Learn, ajuda as pessoas a adquirirem novas habilidades e conhecimentos para tornarem suas dietas mais equilibradas do ponto de vista nutricional e ambiental.

“Na Danone, acreditamos que o alimento não é apenas um produto, mas, sim, um poderoso catalisador das mudanças positivas para a sociedade em que vivemos. Por meio de nossa visão ‘One Planet, One Health’, queremos conscientizar a todos de que a saúde das pessoas e do planeta estão interligadas e que, ao adotarmos hábitos mais saudáveis, beneficiaremos também o meio ambiente” afirma Cibele Zanotta, diretora de Assuntos Corporativos da Danone Brasil.

O treinamento é composto por sete módulos que abordam desde a produção do alimento, trazendo informações sobre as melhores e mais modernas práticas de agricultura, ao consumo e desperdício de produtos e embalagens. Após a conclusão do curso, os participantes receberão um certificado e estarão aptos para aplicarem e disseminarem, com propriedade e segurança, melhores hábitos alimentares.

Foto: Foundry/Pixabay

“Estamos comprometidos em agregar conhecimento de qualidade às pessoas e aproximá-las de assuntos tão importantes como o acesso à alimentação, o valor nutricional dos alimentos e a sustentabilidade, de forma a incentivá-las a consumir com consciência e empatia”, conclui Cibele.

O treinamento “Dieta Sustentável” pode ser acessado gratuitamente no portal de cursos da ONU Unitar (UN CC: e-Learn), por meio do site.

Fonte: Danone

Por que não devemos consumir carne com frequência?

Neste mês, comemoramos o Dia Mundial Sem Carne; Henrique Marques de Almeida Rolim, coordenador do curso de Gastronomia do UDF, aponta os riscos do consumo excessivo

Não se pode negar que a carne é um alimento extremamente nutritivo, principalmente em minerais e vitaminas lipossolúveis, além de ferro, zinco e vitaminas B6 e B12, que são importantes para o bom funcionamento do organismo. O Brasil é o maior produtor de proteína animal do mundo e o consumo de carne faz parte da cultura dos brasileiros, mas apesar de estar presente na mesa de muitas pessoas, o consumo em excesso pode trazer sérios problemas à saúde.

Segundo o professor Henrique Marques de Almeida Rolim, coordenador do curso de Gastronomia do Centro Universitário do Distrito Federal – UDF, por mais que a carne seja um componente nutricional importante para o organismo, a ingestão em excesso pode ocasionar diversos problemas.

“Consumir com frequência, principalmente carnes vermelhas, pode trazer problemas, entre eles: renal, hepático e coronariana, como alterações nos níveis de colesterol e hipertensão, além de outros prejuízos para o sistema circulatório, rins e fígado, podendo facilitar também o desenvolvimento de câncer e tumores”, explica.

Atualmente, cortes de carne como patinho, estão em alta no mercado consumidor por possuírem um teor muito baixo de gordura, mesmo assim, não é somente o corte específico que faz com que a saúde de muitos seja prejudicada pelo consumo excessivo de carne. De acordo com o professor do UDF, a forma de cozinhar, bem como os ingredientes utilizados para elaborar o preparo, podem transformar uma carne magra em uma verdadeira bomba calórica.

“Vejamos como exemplo o próprio patinho preparado à milanesa, onde faz com que uma carne até então magra, se transforme num alimento muito ruim, se consumido de forma exagerada”, esclarece.

Para o coordenador do curso de Gastronomia, apesar da proteína de origem animal ser muito específica, o consumo de leguminosas como grão de bico, soja, lentilha, ervilha, feijão entre outras, bem como o consumo de quinoa, cogumelos e derivados de soja como o tofu, podem, de alguma forma, suprir a necessidade do consumo de carnes vermelhas de forma mais saudável.

O professor ressalta que além do fator econômico, para o Brasil, uma vez que o país é o maior produtor de proteína animal do mundo, bem como os aspectos culturais enraizados na sociedade, onde o consumo de carne é algo muito importante, inegavelmente a questão da saúde é algo que vem preocupando cada vez mais o mercado consumidor.

“Nas camadas mais abastadas economicamente do país o consumo de carne é precedido de conceitos muito atuais de sustentabilidade, ou seja, o mercado consumidor quer saber como o animal foi criado, abatido, sua carne armazenada e se o produtor tem preocupação com todas as partes da cadeia produtiva. Isso é cada vez mais importante para o mercado consumidor, que hoje tem total consciência da importância de se conhecer a procedência do que se come” salienta.

Fonte: Centro Universitário do Distrito Federal (UDF)

5 dicas para uma alimentação saudável

Nutricionista cadastrada no GetNinjas ensina como manter uma dieta balanceada e rica em nutrientes

A alimentação saudável é um hábito que vem conquistando os brasileiros aos poucos e com a pandemia, muitas pessoas repensaram suas refeições especialmente preocupadas com o sistema imunológico. Sendo assim, comer de forma equilibrada é um fator de extrema importância, mas também um desafio cotidiano. A nutricionista Bárbara Ramires, que atende pelo GetNinjas, maior plataforma de contratação de serviços do Brasil, selecionou algumas dicas que podem ajudar. Confira:

Prefira os alimentos orgânicos
Passe longe dos fast foods, comidas congeladas ou alimentos pré-prontos. “Essas comidas são altamente calóricas e gordurosas e não contém nenhum nutriente, nem vitaminas e tampouco minerais”, explica Bárbara. “É importante sempre optar por alimentos orgânicos ou frescos e conhecer as feiras da sua região, o que além de econômico é mais saudável”.

Pixabay

Consumo consciente
Não ultrapasse o limite. Tudo que é demais não faz bem à saúde. Reduza o sal, opte pela segunda sem carne.

Gordura do bem
Existem gorduras que são importantes para o nosso corpo, como por exemplo, o azeite de oliva, óleo de coco, e gordura de porco.

Opte por reeducação alimentar
Reeducação alimentar é a melhor escolha para quem deseja perder peso. Não existe dieta milagrosa. Não faça dieta sem acompanhamento de um profissional de saúde.

Adobe Stock

Frutas são de extrema importância!
Não exclua as frutas, verduras, legumes, sementes e grãos da sua alimentação diária, são eles que darão o equilíbrio necessário para manter a sua alimentação mais saudável.

No GetNinjas, é possível encontrar mais de 500 tipos de serviços, que são oferecidos por mais de 3 milhões de profissionais cadastrados na plataforma, entre eles, serviços de saúde e serviços domésticos, como nutricionistas, personal chef, entre outros.

Entenda o que está em jogo com o Projeto de Lei da caça esportiva no Brasil

Reuber Brandão, professor da UnB e membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza, analisa argumentos dos defensores do PL 5.544/20 e avalia os riscos à conservação da biodiversidade

O Projeto de Lei 5.544/2020, que libera a caça esportiva no Brasil – permitindo perseguição, captura e abate de animais – foi retirado da pauta da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara dos Deputados na última semana, após uma série de obstruções de parlamentares contrários à medida. “A forte mobilização da sociedade civil brasileira e o entendimento que as pessoas possuem sobre o valor intrínseco da vida fizeram com que os apoiadores do PL recuassem. Mas é provável que o tema volte à pauta em algum momento e, por isso, devemos ficar atentos”, afirma Reuber Brandão, membro da Rede de Especialistas em Conservação da Natureza (RECN) e professor de Manejo de Fauna e de Áreas Silvestres na Universidade de Brasília (UnB).

Diante da dificuldade em fiscalizar as áreas naturais em todo o país, a permissão à caça pode fazer com que muitas espécies silvestres sejam vistas como troféus. “A tendência é a busca pelos animais mais raros e únicos, aumentando a pressão sobre as espécies que são topo de cadeia, que precisam de grandes áreas preservadas para viver. Incentivar essa prática me parece uma covardia”, frisa o professor da UNB. Algumas das espécies que poderiam entrar na mira dos caçadores são a onça-pintada, a anta, o tamanduá-bandeira e o lobo-guará.

O especialista reforça que esse tipo de proposta vai na contramão dos esforços mundiais pela preservação das diversas espécies ameaçadas de extinção. “O Brasil precisa de um modelo de desenvolvimento que valorize a sua incrível biodiversidade e não de propostas que aumentem a pressão sobre a nossa fauna, que já enfrenta dificuldades por causa do desmatamento, de incêndios e outros enormes desafios”, afirma.

Para Brandão, a tentativa de colocar o PL 5.544/20 em votação é um aceno dos deputados ao atual governo, alicerçada em uma falsa noção da ampliação das liberdades individuais. Facilitar o acesso da população a armas é uma das principais bandeiras nesta direção. “Sob este pretexto, a tentativa revela, tão somente, uma percepção egoísta que pressupõe a ausência de limite do comportamento do indivíduo na sociedade. Entendo que a garantia de liberdades individuais não pode se confundir com ausência de responsabilidade coletiva. Na área ambiental, essa ideologia somada aos esforços para enfraquecer os órgãos de fiscalização e controle pode gerar um ambiente de total descontrole, que certamente vai trazer mais ameaças a muitas espécies da nossa fauna”, argumenta Brandão.

Um dos argumentos em defesa da aprovação do PL 5.544/20 é o aumento da interação entre o ser humano, os animais e a natureza. Na visão do professor da UnB, a apresentação deste raciocínio beira o surreal. “Presume que as pessoas querem ter interação com o sangue, a morte e a extinção dos animais. Não consigo entender que tipo de benefício um PL como esse pode trazer ao país. Pelo contrário, pode reforçar a ideia de que o Brasil realmente não tem compromisso com a sua rica biodiversidade”, finaliza.

Conforme Enquete Pública realizada no site da Câmara, a ampla maioria da sociedade civil brasileira é contra a caça por esporte. O levantamento mostrou que 97% dos votantes (71.614 votos) se dizem “totalmente contrários” ao PL. Existe a possibilidade de o projeto ser submetido a audiência pública antes de voltar à apreciação da Câmara.

Pixabay

Sobre a Rede de Especialistas A Rede de Especialistas em Conservação da Natureza (RECN) reúne cerca de 80 profissionais de todas as regiões do Brasil e alguns do exterior que trazem ao trabalho que desenvolvem a importância da conservação da natureza e da proteção da biodiversidade. São juristas, urbanistas, biólogos, engenheiros, ambientalistas, cientistas, professores universitários – de referência nacional e internacional – que se voluntariaram para serem porta-vozes da natureza, dando entrevistas, trazendo novas perspectivas, gerando conteúdo e enriquecendo informações de reportagens das mais diversas editorias. Criada em 2014, a Rede é uma iniciativa da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. Os pronunciamentos e artigos dos membros da Rede refletem exclusivamente a opinião dos respectivos autores. Acesse o Guia de Fontes clicando aqui.

N.R.: tentativas como esta me fazem sentir vergonha de viver no Brasil atual.

Confira cinco atitudes para levar uma vida com lixo zero

A TerraCycle , líder global em soluções ambientais de resíduos de alta complexidade, preparou uma lista com cinco atitudes para ajudar as pessoas a produzirem menos lixo ou a darem a destinação correta aos resíduos. A tarefa é urgente e precisa virar hábito, uma vez que, segundo dados do Panorama dos Resíduos Sólidos , produzido pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), só em 2019 o país gerou 79,1 milhões de toneladas de lixo.

Ainda segundo o estudo, o brasileiro produz individualmente, em média, 379,2 kg de lixo ano após ano, ou o equivalente a 1 kg por dia. “Mesmo que a coleta seletiva e a destinação do lixo residencial dependam de ações do governo, todos podem contribuir individualmente para atenuar a situação”, aponta a analista de Marketing e Relacionamento na TerraCycle, que também é credenciada como consultora Lixo Zero pelo Instituto Lixo Zero Brasil, Gabriella Rocha. Foi pensando nisso que a TerraCycle separou uma lista com cinco atitudes que certamente vão ajudar quem queira aderir ao projeto de vida amigo do meio ambiente.

1 – Repensar sua motivação de consumo. É importante sempre considerar o porquê estamos comprando determinado produto e o que será feito com ele depois do uso. Existe uma forma de descarte sustentável? Se não, vale reconsiderar a compra.

2 – Recusar itens descartáveis. Canudos, copos plásticos, guardanapos, sacolas de supermercado, talheres de delivery – todos esses itens têm substituições simples e fáceis de carregar na bolsa. É possível montar um mini kit lixo zero e garantir que, dentro ou fora de casa, você não gere mais lixo com itens desnecessários.

3 – Pesquisar e comprar de marcas conscientes. Você sabe se as marcas que consome oferecem opções de logística reversa ou refil para suas embalagens? A fabricação dos produtos é ambientalmente consciente? Todas essas questões pesam e contribuem para que uma marca continue fabricando e vendendo sem preocupação ambiental ou repense sua cadeia produtiva.

Pixabay

4 – Separe seu lixo. Hoje em dia, mesmo que alguns municípios não ofereçam o serviço de coleta seletiva, existem catadores, cooperativas e pontos de entrega voluntária que recebem os principais itens recicláveis. Se informe na sua região e evite que materiais que poderiam ser aproveitados tenham como destino aterros sanitários ou até mesmo lixões. Você também pode compostar seus resíduos orgânicos utilizando uma composteira doméstica ou algum serviço de coleta e compostagem desse material.

5 – Se junte a um programa de reciclagem da TerraCycle. Eles são gratuitos e oferecem soluções para materiais complexos, de difícil reciclagem. Você pode enviar pelos Correios sem pagar nada ou entregar em um dos nossos pontos públicos de coleta.

Informações: TerraCycle

5 maneiras de evitar o desperdício de alimentos e ajudar o planeta*

Um dos maiores problemas que assolam o mundo é o desperdício de alimentos. De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, cerca de 1,3 bilhão de toneladas é perdido ou vai para o lixo, impactando a insegurança alimentar no mundo, número que corresponde a um terço de todos os alimentos produzidos globalmente.

É um cenário difícil de entender especialmente quando temos a sorte de ter comida na geladeira ou na despensa sempre que sentimos fome. Mas esse privilégio também pode nos inspirar a fazer escolhas mais conscientes.

Uma pesquisa conduzida pela Herbalife Nutrition nos Estados Unidos sobre dietas a base de plantas mostrou que 40% das escolhas alimentares dos entrevistados são motivadas pelo interesse em ser mais ecologicamente correto. Reduzir o desperdício de alimentos é uma ação adicional e simples que pode ter um grande efeito.

Como causar um impacto positivo

Existem várias maneiras de reduzir o desperdício de alimentos e viver de forma mais sustentável. Confira cinco delas:

Planeje com antecedência


Preparar refeições nutritivas para a semana ou planejar o menu do próximo encontro em família são ótimas maneiras de garantir que você prepare apenas a comida que irá consumir e evitar servir quantidades além do que seus convidados podem comer.

Considere cozinhar com ingredientes mais sustentáveis

As pessoas estão buscando dietas baseadas em vegetais por muitas razões. Dentre elas: saudabilidade, perda de peso e preocuação com o meio ambiente. Para aqueles que estão começando, um cardápio flexível, baseado principalmente em vegetais com a inclusão ocasional de carnes, aves, peixes ou ovos, pode ser um bom início e é uma ótima maneira de manter uma dieta saudável e equilibrada. Ao mesmo tempo, ajuda a proteger o meio ambiente, reduzindo a energia e os recursos que a produção da carne vermelha requer.

Proporcione adequadamente o alimento em seu prato

Foto: Stocksnap/Pixabay

Deixe as panelas sobre o fogão e se sirva na cozinha. Este simples hábito evita a sobra de alimentos no prato. Com os pratos servidos na mesa é muito mais fácil colocar “apenas mais uma colherada”, que pode acabar sobrando. Aliás, os restos deixados no prato são uma das maiores fontes de desperdício de alimentos que acabam no lixo. Isso ainda ajuda a controlar as porções.

Reaproveite os alimentos que estão prestes a estragar

Christopher Chilton/Pixabay

Existem muitas maneiras de aproveitar os alimentos perecíveis, mesmo quando eles começam a parecer um pouco “tristes”. Quando seus tomates ficarem moles demais para serem usados na salada, considere transformá-los em molho caseiro. As bananas estão ficando marrons e moles? Descasque e congele para usar como ingrediente saudável para preparar deliciosos smoothies. Sopas, refogados e saladas também são ótimos pratos que podem incluir diferentes ingredientes com vida útil mais curta.

Doe o excedente para quem precisa

Foto: Onehundreddollarsamonth

Quando for organizar a despensa, considere doar os alimentos não perecíveis extras para bancos de alimentos e instituições de caridade locais. E da próxima vez que for limpar a geladeira, o freezer ou a despensa, preste atenção no que você jogou fora e faça um esforço para reduzir o desperdício de alimentos no futuro.

*Por Susan Bowerman, Diretora Sênior Global de Educação e Treinamento em Nutrição da Herbalife Nutrition

O Boticário apresenta promoção “Me completa” para os refis das linhas Nativa SPA e Cuide-se Bem

Na ação, na compra de qualquer loção das linhas Nativa SPA e Cuide-se Bem, o consumidor ganha um refil da mesma marca

O Boticário, a marca de beleza mais amada do Brasil*, apresenta a promoção “Me completa”, a qual na compra de uma loção de 400ml das linhas Nativa SPA e Cuide-se Bem, o cliente leva um refil da mesma marca. A ativação reforça a expressividade dos refis nas linhas contempladas e estimula o uso e a experimentação desse formato de produto, que existe há bastante tempo em variadas categorias do portfólio do Boticário.

Para a campanha “Me Completa”, Boticário faz um convite descontraído para o cliente, convidando-o para completar o vazio da embalagem do seu produto preferido com a frase “Para cada embalagem vazia, tem um refil do Boticário para preencher”. A ação compre e leve tem início em 30 de agosto e é válida somente para os produtos selecionados das linhas Nativa SPA e Cuide-se Bem, em que o cliente ganha um refil de 400 ml na compra de qualquer loção de 400 ml da mesma marca. São cerca de 30 fragrâncias disponíveis, entre elas as mais famosas e já preferidas dos consumidores como Nativa SPA Ameixa, Ameixa Negra, Quinoa, Cuide-Se Bem Boa Noite, Beijinho e Nuvem, e até os lançamentos mais recentes como Nativa Jasmim Sambac e Cuide-Bem Bendito Cacto.

“Essa é mais uma forma de incentivarmos nossos consumidores a usarem os refis, que já é uma realidade para muitas pessoas. Atenta ao comportamento do consumidor, a marca tem, cada vez mais, expandido a oferta dessa opção. Atualmente, 32% do nosso portfólio de produtos corporais de Nativa SPA e Cuide-se Bem já têm a opção de refil. Trata-se de uma escolha inteligente e consciente para os consumidores que desejam renovar o estoque do seu produto preferido, com a vantagem de economizar, uma vez que refis custam em média de 24 a 30% a menos do que os frascos regulares”, explica Vanessa Machado, diretora da categoria Corpo & Banho do Grupo Boticário.

Mas nessa promoção a vantagem é ainda maior: na linha Nativa SPA, por exemplo, na compra de um produto de R$ 64,90 o cliente leva sem qualquer custo um refil que custaria R$45,90. Além de ser uma opção mais econômica, os refis reduzem até 78% a quantidade de plástico utilizada nas embalagens.

A hora do refil

Há bastante tempo, o grupo passou a contar com a entrada de refis na produção. As loções em refil das linhas Nativa SPA e Cuide-se Bem reduzem até 78% do consumo de plástico se comparadas com os frascos tradicionais, sendo mais precisamente 78% quando se trata de Nativa SPA e 69% em Cuide-se Bem. Para os próximos anos, o objetivo é ampliar a “refilagem” também em outras categorias, como maquiagem e perfumaria.

O Boticário tem a meta de levar cuidado diário e beleza para a vida dos brasileiros de forma leve e, com os refis, traz mais acessibilidade, visto que custam em média de 24 a 30% menos versus o preço do produto regular. Além de atender a necessidade do consumidor que busca economia, a marca também estimula o reaproveitamento da embalagem do produto que ele já tem em casa.

A promoção “Me completa” está disponível em todas as lojas físicas do país e no e-commerce da marca, além do app do Boticário, disponível para as versões Android e iOS. Também é possível fazer pedidos pelo WhatsApp por meio do número 0800 744 0010 – número oficial e seguro – diretamente na plataforma do dispositivo. Basta o cliente contatar a marca por esse número para verificar a disponibilidade na sua região. Há ainda a opção de contatar um revendedor da marca clicando aqui.