Arquivo da tag: sustentabilidade

Cerveja Praya faz parceria com a Sea Shepherd Brasil na luta pelos oceanos

Por meio da ação Operação Ondas Limpas, organização sem fins lucrativos trabalha para erradicar o lixo marinho e proteger os ecossistemas costeiros

A cerveja Praya, marca carioca criada pelos amigos e sócios Paulo de Castro, o DJ Zeh Pretim, Marcos Sifu, Tunico Almeida e Duda Gaspar, oficialmente se tornou empresa amiga da Sea Shepherd Brasil na luta pelos oceanos.

A Operação Ondas Limpas da Sea Shepherd Brasil visa erradicar o lixo marinho, proteger e conservar ecossistemas costeiros, prevenindo e removendo plásticos que entram nos oceanos e vias marinhas. Nove milhões de toneladas de plástico chegam ao oceano, todos os anos, matando um milhão de aves marinhas e 100.000 animais marinhos. A campanha, já presente em 7 estados e em expansão, organiza mutirões de limpeza de praia e fundo de mar (via mergulho) para remover o lixo marinho de praias e rios, com o objetivo de educar e conscientizar pessoas sobre consumo e descarte responsável.

“Fazemos nossa parte na diminuição do impacto do lixo nas praias, mas sabemos que a sociedade ainda está longe de alcançar este objetivo. Portanto, além de oferecer produtos que não poluam os oceanos, com a Sea Shepherd agora também contribuímos diretamente para retirar os produtos de marcas que ainda não buscaram esta mudança. Damos um passo à frente, focando não apenas em minimizar nosso impacto ambiental, mas também o da categoria como um todo”, diz um dos sócios, o Zeh Pretim.

Para Nathalie Gil, diretora de Desenvolvimento da Sea Shepherd Brasil, o valor de empresas que defendem bandeiras de sustentabilidade é inestimável: “Internacionalmente, temos parceiros de grandes a pequenos que compartilham nossos valores e se unem à nossa causa; como KeepCup, Dr Bronner’s, Billabong (com sua marca Kustom), Futures Fins e Baron Papillon. Aqui no Brasil já temos o apoio de marcas como Ellus, e agora a Praya. É muito esperançoso ver que podemos contar com esse tipo de perfil empreendedor aqui no Brasil também”, afirma.

Sempre preocupada com causas sociais, a Praya também lançou uma ação em parceria com o Instituto Vida Livre, organização não governamental que trabalha na reabilitação e soltura de animais em situação de risco no Rio de Janeiro. A cada caixa de cerveja Praya em lata comprada na loja virtual, 50% do valor é revertido para o instituto. Outro diferencial é que a Praya é uma bebida 100% clean label ou seja, uma cerveja que não tem aditivos químicos, vegana e suas embalagens são 100% recicláveis.

Sobre a Praya

Lançada em 2016, no Rio de Janeiro, a bebida apresenta o conceito de promover o lifestyle brasileiro, realizando diversas ações e apoiando eventos culturais e esportivos. A cerveja witbier, feita com sementes de coentro e limão siciliano, é vendida nas versões garrafa (600 ml), long neck (355 ml) e em lata (269 ml). A bebida já é conhecida por ser bem saborosa, leve, refrescante e 100% clean label, sem conservantes ou aditivos. As embalagens também são ecológicas, pensando em todo conceito sustentável.

Sobre a Sea Shepherd

Sea Shepherd Brasil é um braço da Sea Shepherd Conservation Society, organização sem fins lucrativos para proteger a vida marinha no planeta. A Sea Shepherd foi fundada em 1977 pelo Capitão e ambientalista Paul Watson, também fundador da Greenpeace, para agir de maneira direta no combate a crimes ambientais nos oceanos e áreas costeiras. A missão é proteger a vida marinha e acabar com a destruição de habitats nos oceanos do mundo. No Brasil, a Sea Shepherd visa defender, conservar e proteger a biodiversidade marinha através de pesquisa científica, planos de mitigação e recuperação de ecossistemas marinhos, educação ambiental e treinamento de práticas sustentáveis para multiplicadores.

The Body Shop lança linha para banho com reaproveitamento de alimentos

The Body Shop, reconhecida mundialmente pelo incentivo a sustentabilidade e comércio justo com comunidades, apresenta um novo produto para quem ama um banho relaxante e valoriza momentos de autocuidado. A novidade é a espuma de banho, misturas com frutas e componentes hidratantes para o banho, que penetram na pele e oferecem alta durabilidade.

As espumas de banho são produzidas com frutas que seriam descartadas para a venda na indústria alimentícia. Alguns ingredientes são bananas e peras de segunda linha, ou seja, produtos que seriam inutilizados, e óleo de semente de morango e manga obtidos da fabricação de sucos. Além disso, os produtos são envasados em embalagens plásticas 50% recicláveis, que podem ser reutilizadas após o consumo para minimizar o impacto ambiental.

Além de hidratar e perfumar, o produto também é perfeito para acalmar peles ressecadas e repuxadas.

Sobre os lançamentos:

Espuma de banho Banana (250ml): enriquecido com óleo de coco, abacate e purê de banana. Preço sugerido R$ 73,90

Espuma de banho Berry (250ml): enriquecido com extrato de mirtilo, beterraba e óleo de semente de morango. Preço sugerido R$ 73,90

Espuma de banho Pera (250ml): enriquecido com aloe vera do Comércio justo com Comunidade do México e polpa da pera. Preço sugerido R$ 73,90 

Espuma de banho Manga (250ml): enriquecido com maracujá, extrato de cenoura e óleo de semente de manga. Preço sugerido R$ 73,90

Produtos podem ser encontrados nas lojas físicas e no site.

 

Natura e The Body Shop lançam programa de logística reversa de embalagens no Brasil

Iniciativa presenteia consumidor com um novo produto ao devolver cinco embalagens vazias em suas respectivas lojas

Para contribuir com a diminuição do impacto ambiental gerado pelo despejo inadequado de embalagens, a Natura e a The Body Shop lançam um programa de logística reversa nas lojas próprias das marcas.

A cada cinco embalagens vazias das marcas (com exceção de frascos em miniatura e amostras), os clientes receberão um novo produto. As lojas da Natura ainda receberão produtos de qualquer uma das quatro marcas do grupo Natura &Co: Avon, Natura, The Body Shop e Aesop.

“O objetivo é incentivar o descarte correto das embalagens, a reciclagem e a economia circular”, ressalta Paula Andrade, vice-presidente de varejo de Natura &Co. A executiva lembra que, em junho, o grupo lançou seu plano “Compromisso com a Vida”. No documento, a empresa se compromete a intensificar suas ações para enfrentar alguns dos problemas mais urgentes do mundo, entre eles a mudança da produção para alcançar maior circularidade. No documento, a Natura &Co também convoca a sociedade civil a se juntar para a criação de um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

Tais iniciativas serão realizadas em parceria com a TerraCycle empresa especializada em soluções de reciclagem, que recolherá as embalagens e será responsável por todo o processo de reciclagem. Os materiais reciclados deverão ser transformados em vasos de plantas, cones de trânsito, caixas para legumes e vegetais, entre outros utensílios.

A ação é válida para todas as 60 lojas de shoppings da Natura e para 35 lojas da The Body Shop (listadas neste link), localizadas em diversas cidades do país. Todas as lojas da Natura e The Body Shop estão seguindo as medidas recomendadas de saúde e segurança para preservar a saúde de colaboradores e clientes, como redução de horário de funcionamento, obrigatoriedade de uso de máscaras, distanciamento entre as pessoas, higienização frequente de superfícies e limite de ocupação no interior do estabelecimento.

O que mais a Natura já tem feito?

A Natura já realiza ações voltadas para a reciclagem, como a reutilização de 925 toneladas de plástico reciclado por ano na produção de embalagens dos produtos da marca. Essa iniciativa evita que o equivalente a 31 milhões de garrafas PET de 1 litro vire lixo. A empresa também oferece refis nas principais linhas do seu portfólio desde 1983 – economizando, por ano, o equivalente ao lixo produzido por 4,7 milhões de pessoas em um único dia. Na linha Ekos, por exemplo, todos frascos de plástico são 100% reciclados. A Natura também possui o Programa Natura Elos, que desde 2017 colabora para garantir a rastreabilidade, a homologação e a logística reversa em todos os seus elos das cadeias de materiais reciclados. Essa ação já recuperou mais de 10 mil toneladas de resíduos pós-consumo no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e Peru. Além disso, mais 142 mil toneladas de materiais também foram recuperadas com o Programa Dê as Mãos para o Futuro, iniciativa da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), do qual somos parceiros.

Quais são as iniciativas de The Body Shop?

A The Body Shop também segue políticas que visam minimizar a quantidade de resíduos prejudiciais despejados no meio ambiente. Entre elas, estão o uso de ingredientes naturais apenas de origens sustentáveis e rastreáveis e o compromisso em utilizar plástico 100% reciclado em todas as suas embalagens até 2030. A empresa também já colocou em prática a mecânica de logística reversa em outros locais do mundo onde a marca atua, bem como o apoio a comunidades catadoras de lixo.

Confira os lançamentos de Natura que podem ser destinados para reciclagem:

Natura Luna – Desodorante Colônia Luna Absoluta Feminino (75ml) – R$ 129,90


Luna Absoluta apresenta a magnífica orquídea negra, que com sua singular beleza traz feminilidade com uma faceta sensual, intensa e poderosa. O toque inusitado da folha de violeta com especiarias que se unem à contornos iluminados do buquê de rosa e jasmim e notas de damasco. A fragrância ganha ainda mais personalidade pelo contraste vibrante de frutas vermelhas com o adocicado do Cacau, ingrediente da biodiversidade brasileira.
Caminho olfativo:  chipre moderado, feito para ocasiões especiais.

Natura Essencial – Deo Parfum Essencial Supreme Feminino (100ml) – R$ 196,00 


Descubra a combinação perfeita entre a flor de Ylang, intensa e feminina, com a sensualidade e o calor do Ishpink, a canela amazônica.  Floral intenso. Fragrância marcante, de alta fixação.

Natura Una – Batom Matte Powder – R$ 48,90

Novo Batom Matte Powder! Com acabamento matte sem peso, leveza de um batom em pó e pigmentação extrema, o item indispensável ainda conta com micropartículas naturais que disfarçam as linhas finas e contribuem para a uniformização dos lábios.
Benefícios:
• Pigmentação extrema;
• Sensação de hidratação e de não deixar os lábios ressecados;
• Uniformidade da cor na primeira aplicação;
• Disfarça marcas e linhas finas dos lábios;
• Deslize confortável;
• Textura aveludada;
• Não craquela nos lábios;
• Vegano;
• Alta tecnologia de partículas: micropartículas naturais que disfarçam as linhas finas e contribuem para uniformização dos lábios.

Natura Una – Primer Rosto – R$ 71,00 


O Primer Facial Neutralizador de Natura Una corrige irregularidades de tons e textura ao mesmo tempo em que mantém a pele hidratada por 24 horas. O produto conta com alta tecnologia de partículas: exclusiva combinação de partículas difusoras de luz que atuam como um filtro de cor, uniformizando em segundos irregularidades de tons da pele. O primer ainda possui ativos da ciência dermatológica: com ingrediente prebiótico que ajuda a intensificar a retenção de água na pele, promovendo hidratação imediata e contínua.
Benefícios:
• Suaviza imediatamente manchas marrons e marcas de acne;
• Nivela a textura da pele e disfarça poros;
• Reduz a necessidade de base de alta cobertura e/ou aplicação de várias camadas da base;
• Promove acabamento natural.

Onde encontrar: os produtos da marca Natura podem ser adquiridos com as consultoras, por meio do e-commerce, do app Natura, nas lojas próprias ou nas franquias “Aqui tem Natura”.

Informações: Natura / The Body Shop / TerraCycle

A moda agora é o reúso

Estilo, consumo inteligente e oportunidade de negócio: entenda por que a procura por brechós está crescendo

 

A indústria da moda é responsável por cerca de 8% a 10% das emissões globais de gases-estufa e impacta o meio ambiente mais do que o transporte marítimo e o avião juntos, além de ser a segunda economia que mais consome água e responsável por liberar 500 mil toneladas de microfibras sintéticas nos oceanos ano a ano, de acordo com levantamento feito pela ONU Meio Ambiente em 2019.

Questões como produção, escolha de matérias-primas, descarte quase que imediato das peças pelos consumidores e intensa fabricação mundial estão entre os fatores mais críticos para a poluição ambiental. Ainda segundo a ONU, apesar do lucro, pois a indústria está avaliada em cerca de US$ 2,4 trilhões e emprega mais de 75 milhões de pessoas internacionalmente, são perdidos anualmente cerca de US$ 500 bilhões com o descarte de roupas que vão para lixões e aterros sem serem recicladas.

Devido a algumas revoluções no universo da moda, a evolução das gerações e da consolidação das mídias sociais e das novas tecnologias como a principal fonte de busca e manifestação dos consumidores modernos, o mercado compreendeu que as roupas deixaram de ser apenas um item de necessidade básica e se transformaram em símbolos culturais, objetos de desejo, poder de aquisição e parte importante da impressão de personalidade.

vestido_degrifee_jul_18

Em contrapartida, muita coisa vem mudando nos últimos tempos. Os consumidores, especialmente as novas gerações, estão cada vez mais envolvidos em questionar e cobrar das marcas e indústrias comprometimento e posicionamentos sobre temáticas como inclusão e empoderamento, conforto atrelado a estilo, ações sustentáveis e processo de produção e descarte de roupas, o que resultou em uma significativa mudança de comportamento que estreita e repensa a relação das pessoas com o consumo de roupas e acessórios e tem provocado grandes mudanças no mercado, principalmente na moda.

Quem ganhou com isso foram os brechós, que, muitas vezes, são a opção número um para quem deseja ter uma peça “nova” sem ceder às tradicionais lojas de departamento.

O preconceito com os brechós vem sendo desmistificado e parou de ser visto como um ambiente pouco convidativo, com itens velhos e mal-conservados. Os motivos variam, mas comprar peças de segunda mão caiu no gosto das pessoas e atinge diversas camadas sociais. De todos os estilos e gostos, eles podem ser voltados para diversos setores da moda, inclusive para os de luxo, com itens de estilistas e alfaiates.

Oferecer um leque de opções que varia entre produtos para crianças, jovens, adultos, gêneros e até mesmo para pets e para casa, além de proporcionar outras vantagens, como, por exemplo, a comodidade de receber as compras em casa, excelente preço e qualidade, inclusão, rapidez e confiança ao tratar diretamente com o proprietário do brechó.

Um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em parceria com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostrou que seis em cada dez consumidores compraram algum item usado entre 2018 e 2019. A maioria dos entrevistados (96%) ficou satisfeita com a aquisição.

moda reuso

Atentas a essa tendência, as empresárias Raquel Sandenberg Lins (30) e Isabel Sandenberg Lins (25), fundadoras do Brechó Choque Size, encontraram uma oportunidade de negócio em Vila Velha, no Espírito Santo. ‘’Tenho um armário bem pequeno de roupa hoje em dia, e 80% é brechó. Não entro em uma loja popular há mais de dois anos. Ao me mudar para cá, tive essa sacada que não tem peças Plus Size nem muitos brechós aqui onde estou. Com isso, veio a ideia do brechó’’, comenta Raquel.

A previsão é de que o mercado second hand continue em ascensão e dobre até 2025. De acordo com pesquisa realizada pela GlobalData, empresa de análise de varejo, o valor movimentado pelo segmento deve ir de US$ 24 bilhões para US$ 51 bilhões.

A transformação digital passou a ser uma aliada da crescente procura por brechós ao unir e facilitar, tanto para as pessoas que usam a tecnologia para empreender na internet, quanto para quem procura consumir os itens divulgados. “No passado, o consumidor precisava procurar no brechó muitas peças até encontrar o que combinasse com seu estilo. Hoje, ele consegue rapidamente navegar nas fotos do brechó, como se fosse uma vitrine digital, facilitando a visualização das peças e se inspirando em visuais ou composições sugeridas pelas lojas”, explica Davi Paunovic, consultor de negócios do Sebrae-SP.

Basta pesquisar no Google ou nas redes sociais para encontrar rapidamente muitos perfis de brechós. A facilidade encontrada para abrir esse tipo de negócio é clara: os investimentos iniciais são baixos e todo o processo é rápido e eficaz. Sites especializados e redes sociais correspondem aos principais canais de compras, com 69% e 54% de preferência do público, respectivamente. Para essa pesquisa, a CNDL ouviu 837 consumidores acima de 18 anos de ambos os sexos, de todas as classes sociais, residentes nas 27 capitais do país.

Cada vez mais, a moda, os modelos de negociação e a forma de consumo se modificam, e é preciso se adaptar. Os brechós vão na contramão das tendências fast fashion e estão alinhados com as expressivas mudanças de comportamento e já dividem espaço com as vitrines de lojas populares e marcas renomadas. A prova disso é que algumas peças são vendidas no momento em que são publicadas no feed ou em poucas horas.

calça mom damlyer

Outros temas que impulsionam as compras em brechós são a facilidade de encontrar peças vintage, como calça mom jeans, suéteres, entre outros, a cuidadosa curadoria, acessar grandes marcas com menor custo e a valorização das roupas e do trabalho dos vendedores independentes. O movimento slow fashion ou o ato de repassar roupas usadas para frente proporciona um imenso impacto social, econômico e sustentável.

Namorados: opte por um presente diferente e, de quebra, amigo da natureza

O Dia dos Namorados em 2020 vai ser diferente dos anos anteriores. Neste ano, a pandemia cancelou ideias de viagens, piqueniques no parque ou um cineminha.

Que tal aproveitar este momento de reflexão e incentivar o seu amor a ser mais consciente com o planeta? Além de dar um presente “verde”, ainda foge das sugestões tradicionais de flores, chocolates, camiseta, perfume e boné.

A Mapeei – Uma Vida Sem Plástico separou algumas ideias para tipos diferentes de par perfeito. Escolha qual combina mais com a sua cara-metade!

Kit Banho Zero Desperdício

banho

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como evitar os plásticos no banheiro, e este kit foi desenvolvido pela Mapeei para incentivar esta jornada com menos plástico na rotina diária de mais autocuidado: o banho. Todos os itens deste kit são veganos e livres de químicos, além de possuírem embalagens biodegradáveis (sim, dá pra compostar) ou reutilizáveis (e também passíveis de reciclagem).

O kit é composto* por um xampu sólido (nesta foto uma opção para cabelos normais); um condicionador sólido; um sabonete para corpo e rosto; uma esponja de juta e algodão, ótima para otimizar a utilização dos sabonetes; um desodorante cremoso indicado para todos os tipos de pele e um perfume sólido (nesta foto com a essência de Jasmim); e um saco em algodão como sugestão de embalagem, que pode ser reutilizado nas suas compras, na organização da casa, na divisão dos itens quando for fazer mala, ele é super versátil!

Valor: R$ 182,50 *itens vendidos separadamente

Kit Aromaterapia

aromaterapia

Este é o combo mais amado pelos adeptos da aromaterapia! Ele é composto por um colar de cerâmica com difusor pessoal, um óleo essencial de lavanda, uma latinha em alumínio com rosca e, como sugestão de embalagem, um guardanapo estampado 100% algodão. O óleo essencial de lavanda* é indicado contra insônia, ajuda no relaxamento mental e físico e em crises de ansiedade, sendo a tradução perfeita de cuidado para com seu parceiro/a em tempos de isolamento social e incertezas (consulte também outras opções de óleos essenciais na loja Mapeei caso queira um presente ainda mais pessoal para sua metade).

Valor: R$ 124,00 *cada óleo essencial, por suas propriedades de extração, possui um valor distinto, variando de R$ 25,00 a R$ 200,00.

Kit Barba

barba

Esse é o kit queridinho do público masculino. Ele é composto por produtos simples, funcionais e práticos, para evitar o uso do plástico no dia a dia no cuidado com o rosto e a barba.

O kit inclui*:

1 Barbeador de aço carbono com lâmina; 1 Pincel de barbear, para facilitar a espumação no rosto;
1 Sabão para Barba;
1 Latinha prata em alumínio para armazenamento e transporte do sabão de barba;
1 Hidrolato de Tea Tree com spray, ideal para o cuidado diário da pele do rosto, e ótimo pós barba;
1 Sabonete corporal e facial de Aveia, Cardamomo e Olíbano**;
1 Bag para Sabonetes em juta e algodão, que além de facilitar o transporte do seu sabonete, também tem a função de esponja levemente esfoliante para todos os tipos de pele;
1 Saquinho do Projeto Águas Limpas, focado em reciclagem de rede de pesca, que além de uma embalagem muito legal, também é ótimo para transportar frutas e legumes.

Valor: R$ 163,40
* Itens vendidos separadamente.
** Aromas variados disponíveis.

Kit Iniciante Mapeei

iniciante

Esse é o presente perfeito para quem quer começar a transição ecológica e se livrar do lixo. Esse kit é completo para você recusar todo o plástico e lixo gratuito que existe em apenas um almoço diário.

O kit inclui:

1 Garrafa térmica inox Mapeei;
1 Kit de talheres de bambu;
1 estojo de algodão com zíper;
1 Canudo inox M (universal) para bebidas como suco e também milkshake;
1 Escova para limpeza de canudos feita de bucha vegetal e alumínio, 100% reciclável;
1 Guardanapo Mapeei Marmita inox P (12cm);
1 Saquinho 100% algodão Bio é Pop Mapeei V.

Valor: R$ 290,00

Kit banheiro/viagem Zero Desperdício

banheiro viagem

Este kit foi desenvolvido pela Mapeei para você levar seus cosméticos e produtos de higiene de maneira organizada e compacta na sua bolsa ou mochila, em substituição ao usuais kits de viagem com embalagens de plástico. O kit é composto por uma nécessaire confeccionada com resíduo têxtil de estofado automotivo, um Mini Rollon transparente, uma mini espátula, uma mini latinha slide e 2 latas altas com rosca em alumínio, uma preta e outra prata. Compacto, prático e leve, cabe em qualquer cantinho da bolsa ou mochila, é ideal para viagens. Estes recipientes são perfeitos para levar seus cosméticos em viagens e também para o dia a dia em casa:

● A latinha slide é ótima para o seu lip balm ou creme dental caseiro;
● A mini espátula tem a função de retirar os cosméticos das latinhas, evitando ter contato direto com o produto, expondo a menos contaminação e trazendo mais durabilidade aos seus produtos;
● No minirroll-on você pode armazenar seu perfume natural ou óleo vegetal preferido;
●As duas latas maiores de alumínio podem ser usadas de diversas maneiras, como porta- sabonete, shampoo e condicionador sólidos durante viagens, como saboneteira no banheiro, para guardar as lâminas do aparelho de barbear/depilar, para armazenar o desodorante/creme dental/hidratante feito em casa, ou ainda como porta-joias, kits de costura, porta trecos…

Valor: R$ 70,00

Sugestões de embalagem

embalagem saco

A Mapeei – Uma Vida Sem Plástico acredita que a embalagem também pode ser um desperdício a menos e, além dos saquinhos acima que podem ser reutilizados, separou algumas sugestões para seu presente ser ainda mais zero waste:

embalagem guardanapo

Guardanapos: a partir de R$ 10,00

embalagem furadinho
Furoshikis: a partir de R$ 18,00

embalagens
Sacos em algodão: a partir de R$ 13,00

Informações: Mapeei – Uma vida sem plástico– SAC: (11) 97323-2670
online@umavidasemplastico.com.br – Instagram

 

Floresta em Pé faz ação em prol do Dia Mundial do Meio Ambiente

Produtora de castanhas naturais busca sustentabilidade em todo o seu processo

A Floresta em Pé, uma marca de castanhas naturais e artesanais, colhidas em sua maioria nas margens do Rio Jurena, no Mato Grosso, de forma sustentável e com os conhecimentos e princípios das comunidades indígenas e ribeirinhas locais, acaba de implantar um projeto ambiental de enriquecimento floresta.

A ação visa a produção e o plantio de mudas como castanha-do-Brasil, açaí, palmito de pupunha e castanha de cumaru e vai gerar em médio ou longo prazo um enriquecimento da biodiversidade em áreas degradadas, promovendo o desenvolvimento econômico, social e ambiental.

O objetivo do projeto, denominado “Projeto Ambiental de Enriquecimento Florestal”, é gerar uma atividade sustentável em cima da exploração das matas, sendo aplicado através de mapeamento, tecnologia de rastreabilidade de plantio e com ajuda de marcas investidoras.

Com a produção feita na origem, a marca gera renda para as comunidades da região onde atua, através do comércio justo e produção artesanal, focando em uma economia verde.

Além disso, hoje (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, a marca lançou um clube de assinaturas chamado “Da Nossa Floresta Para Sua Casa”, migrando as vendas para o e-commerce. Por R$ 55,90 por mês, os assinantes recebem três unidades de 125 gramas de castanhas-do-Brasil, para promover ainda mais um estilo de vida saudável.

Floresta em Pé (002)

O projeto também incentiva outras marcas a plantar mudas de árvores nativas na Floresta Amazônica em áreas de desmatamento, ganhando assim a certificação “Sou Floresta em Pé”.

Informações: Floresta em Pé

Antiga dica de consumir grãos, frutas, verduras e legumes nunca foi tão moderna quanto agora*

Temos sempre que discutir a importância do tipo de alimentação para manter a saúde dos indivíduos. Agora, uma nova perspectiva científica introduz outro conceito, muito importante também: de que precisamos discutir o tipo de alimentação dos indivíduos para a saúde do nosso planeta.

Isso foi fundamentado em um artigo publicado pela revista científica britânica Nature Food, no dia 18 de fevereiro, que destacou a influência da nossa alimentação para as mudanças climáticas que a Terra vem sofrendo. Aliás, o último relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas das Nações Unidas (IPCC) já havia repercutido este tema, que lança um novo olhar dentro dos estudos do aquecimento global.

O que se revela agora é que o uso da terra e o consumo de alimentos são fatores determinantes para o fenômeno de mudanças climáticas. A professora de Planejamento Energético da Coppe/UFRJ, Joana Portugal Pereira, foi uma das autoras do artigo da Nature Food e em uma entrevista à revista Época, ela explica melhor a relação entre o que comemos e o clima do planeta:

agua torneira trestletech
Foto: Trestletech

“Temos muitas campanhas de redução de água nos ambientes domésticos, mas não podemos esquecer que nossos pratos devoram água. Ao longo de toda a vida de uma vaca, de um boi, em média temos o consumo de 12 mil a 16 mil litros de água por quilograma de carne. A ração consome água, o animal bebe água. Em cenários de escassez hídrica, com mudanças climáticas e maior frequência de eventos extremos, é um ponto a se considerar. O que defendemos é aumentar a informação disponível para o consumidor, torná-lo mais consciente dos impactos de suas ações no dia a dia.”

Quem trabalha por uma alimentação mais saudável, já caminha nessa direção há anos. É o caso do Instituto Melhores Dias, do qual sou presidente, que realiza programas que incentivam o consumo de frutas, legumes, verduras e cereais no cotidiano de crianças brasileiras desde 1993. Promovemos a construção de hortas orgânicas escolares e o uso de tudo que é colhido.

As crianças saem da sala de aula para interagir com o meio ambiente e despertam o cuidado por meio do estabelecimento de uma relação direta com o solo, a água e as plantas.

Essa intervenção, de mexer na terra, cultivá-la e colher plantas, é muito produtiva e pedagógica, além de nutritiva, pois auxilia no consumo de alimentos saudáveis e informa sobre a procedência e produção dos alimentos. Isso contribui para a aprendizagem contextualizada e a formação humana e cidadã das crianças.

A agricultura e a importância de seus produtos deveriam estar mais presentes na vida escolar. O Instituto Melhores Dias, insistentemente fala sobre a riqueza dos alimentos regionais brasileiros, estimula seu consumo nas diferentes localidades onde atua e até ressalta a importância das abelhas nativas brasileiras para este processo.

Existe uma cultura de consumo da carne, mas vivemos um momento de reflexão sobre sua importância e, principalmente sobre os substitutos vegetais que podem suprir as necessidades proteicas de nossas crianças.

Toda e qualquer atitude na direção de melhorar a vida no planeta Terra e de deixar um legado saudável para futuras gerações é emergencial e imediata. Por isso rever hábitos alimentares, procurar mudanças saudáveis e ter abertura para novos hábitos se faz indispensável.

getty images frutas legumes

Avalie seu cardápio, alimente-se melhor, com mais colorido natural em seu prato. Consuma mais grãos, frutas, legumes, verduras… Essa dica antiga nunca foi tão moderna quanto agora.

*Artigo de Joyce Capelli, Presidente do Instituto Melhores Dias

Instituto Stop Hunger lança 5ª edição do livro de Receitas Sustentáveis

Estudo realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), mostra que cada brasileiro desperdiça mais de 41 quilos de alimentos por ano. No total, são quase 37 milhões de toneladas de lixo orgânico (restos de alimentos), o que representa cerca de 50% do lixo recolhido em todo o país.

Com a missão de estimular a produção sustentável, promover a alimentação saudável e combater o desperdício, o Instituto Stop Hunger, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) e sem fins lucrativos mantido pelo Grupo Sodexo, anunciou a 5ª edição do Ebook de Receitas Sustentáveis.

A publicação, disponibilizada gratuitamente, apresenta seis pratos exclusivos, que foram formulados por um time de nutricionistas a partir da utilização de legumes, hortaliças e outros ingredientes ricos em valoração nutricional. O conteúdo reforça a importância de desenvolver hábitos alimentares mais saudáveis e proporciona novas alternativas para utilização de matérias geralmente descartadas, em receitas que fazem parte do gosto popular brasileiro, são elas:

Biscoito Salgado de Resíduo de Leite Vegetal
Bolo de Casca de Banana
Sopa Cremosa de Salsão
Quibe de Berinjela
Bolo de Batata-Doce
Bolo Nutritivo de Abobrinha

O material está disponível para download aqui.

CAPA E-BOOK.JPG

Dedicação à causa

O lançamento do e-book encerra um ciclo de iniciativas realizadas pela Sodexo e o Instituto Stop Hunger ao longo de outubro, para celebrar o mês da alimentação saudável. A agenda que envolveu bate-papo com nutricionista em Paraisópolis e Osasco, lançamento de hortas comunitárias na Academia Pérolas Negras (RJ) e um webinar que reuniu especialistas em alimentação, evidencia o compromisso da companhia em conscientizar parceiros, voluntários e o público em geral sobre questões relativas à nutrição e à alimentação, sensibilizando-os para o desperdício de alimentos, orientação nutricional e impacto causado nas comunidades locais.

Andreia Dutra, presidente do Instituto Stop Hunger Brasil, destaca um dado alarmante: “Segundo cálculos da FAO, 8,7 milhões de toneladas de comida vão para o lixo no Brasil, enquanto 13 milhões de pessoas passam fome. Esses números mostram a importância de se aproveitar o alimento como um todo”. Ela ainda afirma que é preciso alertar sobre o grande volume de desperdício que acontece diariamente.

“Durante o mês de outubro celebramos a alimentação saudável e fechar esse importante mês com o ebook de receitas sustentáveis foi mais uma oportunidade de promover mudanças de hábitos e conscientizar sobre o impacto que nossas atitudes geram no meio ambiente e na sociedade de maneira geral”, finaliza Andreia.

“Ano após ano, o Instituto tem atuado com empenho e dedicação para combater a fome e a má nutrição que ainda assola o país. Por meio de ações como estas, realizadas no Mês da Alimentação Saudável, temos contribuído para o desenvolvimento nas comunidades em que atuamos. Daqui para frente, nosso objetivo é progredir com as iniciativas e beneficiar ainda mais pessoas”, afirma Fernando Cosenza, vice-presidente do Instituto Stop Hunger Brasil.

Fonte: Instituto Stop Hunger

Giorgio Armani apresenta Acqua di Giò edição com refil

Com a novidade, estima-se que haverá uma redução de 40% menos vidro do frasco, 90% menos plástico da tampa e 60% menos papel

Acqua di Giò capta a própria essência da água, enfatiza a conexão especial do homem com a natureza, transmitindo valores de autêntica masculinidade. O perfume criado em 1996 transcendeu tendências e modas para se tornar um clássico atemporal e um líder mundial. Em 2019, Giorgio Armani apresenta uma edição com refil, refletindo o compromisso da marca para um consumo mais sustentável.

Fragrância icônica, design atemporal

Um símbolo de força, serenidade e sensualidade, Acqua di Giò é uma promessa de frescor e vitalidade. Desde os primeiros toques de bergamota, tangerina e neroli até as brisas do oceano que trazem o aroma de notas marinhas e de jasmim, misturados ao calor do patchouli e do cedro, o perfume aquático criado pelo mestre perfumista Alberto Morillas é a personificação da masculinidade natural.

A sensualidade autêntica de Acqua di Giò é encapsulada em um design de frasco minimalista e essencial. Com seu vidro fosco branco refletindo o frescor misterioso da fragrância e sua tampa prateada mate, o luxo refinado atende à perfeita simetria e harmonia da natureza.

armani

Feito para durar com sustentabilidade

O novo Acqua di Gio recarregável vem em um conjunto contendo um frasco de 50ml, juntamente com um refil de 200ml. Equivalente a cinco frascos de 50ml, um conjunto recarregável de Acqua di Gio permite uma redução significativa da matéria-prima: 40% menos vidro do frasco, 90% menos plástico da tampa e 60% menos papel da caixa externa.

Desde o papelão com certificação FSC, que garante um manejo florestal respeitoso, ao vidro e ao bico de plástico selecionados, todos os componentes deste conjunto também podem ser separados um do outro no final da vida útil para serem total e adequadamente reciclados.

armanigio

A nova edição com refil de Acqua di Giò Eau de Toilette está disponível em todas as perfumarias do Brasil com preço sugerido ao consumidor de R$ 649,00.

SAC: 0800 701 7323

Lumina, da Natura, agora conta com refis em todas as linhas

Com a exclusiva Biotecnologia Pró-teia, Natura Lumina é 100% vegana e apresenta portfólio que proporciona tratamento de precisão com resultados desde a primeira aplicação. Agora a marca conta também com refis para todas as linhas em embalagens com até 82% menos plástico

Acabam de ser incorporadas ao portfólio de Natura Lumina os refis das embalagens para todas as linhas da marca que já nasce 100% vegana e vêm em frascos plástico verde. As embalagens de refil de Lumina usam até 82% menos plástico que as regulares.

Inspirada na inteligência da natureza e na beleza da ciência, Lumina é a nova marca de tratamento capilar da Natura que chegou ao mercado em junho e conta com 5 linhas — para Cabelos Secos, Cabelos Quimicamente Danificados, Cabelos Lisos, Cabelos Cacheados e Cabelos Crespos. Ao todo são 28 produtos entre shampoos, condicionadores, máscaras e tratamentos finalizadores.

Insubmissa a padrões de beleza inatingíveis, Natura Lumina reconhece em cada cabelo a potência de uma beleza única, chegando para dar luz à conexão entre essência e aparência. Com a exclusiva Biotecnologia Pró-teia, entrega tratamento capilar de precisão, pois os produtos preenchem os fios de dentro para fora, na exata medida de cada dano – nem mais, nem menos. A nova marca já nasceu 100% vegana, com opção de refil e os produtos vêm em embalagens de plástico verde, totalmente recicláveis. Assim como todo o portfólio Natura, não foram realizados testes em animais para a criação dos novos produtos (a Natura não realiza testes em animais desde 2006).

Conheça as tecnologias inéditas de Natura Lumina

Microtomografia capilar de raio X

Para a criação de Lumina, a Natura desenvolveu uma tecnologia diagnóstica exclusiva para entendimento dos danos capilares. Chamada de microtomografia capilar de raio X, a exclusiva tecnologia diagnóstica “enxerga” o fio em um nível mais profundo, detectando exatamente o grau dos danos – da textura da cutícula até os microporos do córtex capilar. Com isso, é possível trazer soluções mais assertivas e eficazes para o tratamento dos fios, regenerando os danos da fibra capilar de dentro pra fora.

natura lumina

Biotecnologia pró-teia

A biomimética (“imitação da vida”) é uma área da ciência que utiliza a natureza como exemplo e fonte de inspiração para a tecnologia. Por meio da biomimética estuda-se as estruturas biológicas e suas funções para assim aprender com as estratégias e soluções da natureza. Por meio da biomimética, a Natura identificou que a proteína presente em teias tem formato similar à proteína do fio de cabelo — o que revela uma afinidade única e uma alta capacidade de recarga de proteína. A partir desta descoberta, a empresa reproduziu a proteína em laboratório e criou uma tecnologia avançada e inédita no tratamento de cabelos: a Biotecnologia Pró-teia. Essa nova proteína, que mimetiza a proteína encontrada na teia, atua em nível profundo, preenchendo o fio de cabelo de forma inteligente de dentro para fora, reparando cada dano do fio na medida exata. O resultado são cabelos regenerados e saudáveis desde a primeira aplicação.

Onde encontrar: por meio de uma Consultora Natura, por meio do app, nas franquias “Aqui tem Natura”, na Rede Natura ou nas Lojas próprias da Natura, em São Paulo, São Caetano do Sul, Ribeirão Preto, Alphaville São Paulo, Campinas, Florianópolis, Belo Horizonte, Goiânia, Brasília, Campo Grande, Curitiba e no Rio de Janeiro.