Arquivo da tag: tendência

Beleza monocromática: tendência de maquiagem que se adapta a qualquer ocasião

A make monocromática ganhou fama no último ano e hoje define o look tanto para o dia quanto para noite

Muitas tendências do mundo da beleza surgem através de experimentos e conceitos artísticos que maquiadores ao redor do mundo ousam e reproduzem. A make monocromática surgiu dessa forma, e caiu no gosto de influenciadores digitais e celebridades.

Esse estilo de make consiste em utilizar tons de uma mesma paleta em vários pontos do rosto, além de usar o mesmo produto como coringa para o look. O estilo é bem flexível, e pode ajudar na hora de combinar a maquiagem para um evento ou dia a dia. A beauty e hair stylist do salão Maison Rocha, Rosângela Rocha, explica como o look pode ser de simples execução, e apresentar um resultado sofisticado.

Maquiagem-Monocromática.jpeg

“Quando o batom é usado como sombra ou blush, a maquiagem torna-se imediatamente harmoniosa, e assim pode ser complementada com delineados e cílios”, diz.

A regrinha da make monocromática é não destoar da paleta. Ou seja, se for usar um tom coral, as cores podem variar entre mais claras ou escuras, dando um efeito degradê na maquiagem. A sugestão ousada deste estilo, é utilizar um mesmo produto como guia para os outros detalhes da make.

“Hoje os batons matte ou lip-tints, podem ser usados também como delineador, se aplicados com um pincel específico. O estilo fica lindo quando combinado a cor dos lábios e o traço nos olhos”, explica Rosângela.

A dica chave para aproveitar a tendência é: não ter medo das cores. “A tendência abre possibilidade para experimentar os gostos pessoais com a maquiagem, e perceber quais cores combinam mais com a personalidade de cada pessoa”, afirma Rosângela Rocha.

The 23rd Annual Screen Actors Guild Awards - Arrivals
A atriz norte-americana Taraji P. Hanson

Além disso, no momento de se produzir, assistir a tutoriais de maquiagem e ver fotos para se inspirar podem ajudar muito a montar um look monocromático com produtos que já se tem em mãos.

Especialista aponta tendências de maquiagem para o fim do inverno

Falta pouco mais de um mês para o fim do inverno, e apostando nos estilos que estão dominando a estação, o maquiador e visagista Pablo Inisio, coordenador do curso de Make Up Design do Centro Europeu de Curitiba, preparou uma lista com os principais efeitos e cores para olhos, pele e lábios que estão em alta.

Studio portrait of an attractive mature woman posing against a grey background
iStockPhoto

Pele iluminada: uma das principais tendências para bases e pós compactos é o efeito de pele bem feita e iluminada. “É uma pele com boa cobertura, bem acabada e destacando o brilho dos iluminadores. Sendo que é importante lembrar que, no outono e no inverno, o ideal é utilizar bases com hidratantes e proteção solar para evitar o ressecamento da pele, muito comum nos dias mais frios”, afirma Inísio.

make purple olhos maquiagem sombra roxa pinterest
Pinterest

Sombras anos 80: as sombras em cores vibrantes, consagradas no último verão, continuam fortes, mas, agora, em tons mais frios. “Estamos tendo uma forte revisitação dos anos 80 no mundo fashion e esta tendência está bastante em alta também para as produções de make. Os olhos bem marcados em tons de azul, lilás e rosa serão os grandes protagonistas da estação”, comenta o especialista. “O living  coral, cor do ano da Pantone, também continua com espaço nessa época do ano, só que abusando mais das cores com aspectos mais frios da paleta”, completa.

make tons de roxo_ cilios volumosos

Cílios volumosos: nos olhos, os cílios terão grande destaque dando espaço para estilos bem cheios. Segundo Inisio, a tendência de cílios com volume, postiços e com muita máscara estão em alta.

batom tons terrosos.jpgbatom tons marrons

Lábios terrosos: quanto aos lábios, a aposta é nas cores de batons mais terrosas, como os marrons, laranjas e vermelhos escuros, em tons mais fortes e fechados.

Fonte: Centro Europeu

Cabelos despojados e desalinhados é nova tendência entre as mulheres

Você já ouviu falar no Shaggy Hair? Este é o termo utilizado para falar do novo estilo de cabelo que tem feito a cabeça das mulheres ultimamente. Os fios despojados, desalinhados e literalmente desarrumados vêm ganhado cada vez mais espaço, principalmente entre digital influencers.

Quem não desgruda do celular e adora seguir diferentes famosos já percebeu que eles também adoram fazer vídeos logo que acordam, e é este cabelo totalmente “desgranhado” que tem chamado atenção da mulherada! Especialistas em cabelo acreditam que este novo conceito, baseado nos anos 70 e 80, já é uma tendência em 2019.

“É um corte totalmente descontraído, especialmente para quem adora um visual leve e com uma vibe retrô. Para quem já gosta de andar ‘descabelada’ por aí, já pode cair na onda do Shaggy Hair e aproveitar”, conta o cabeleireiro Felipe Guimarães.

E como é feito o corte Shaggy Hair?

O corte Shaggy é um tipo de estilização que se faz com camadas. Ele utiliza um efeito repicado. Essa combinação pode começar desde a altura dos olhos (quase sempre acompanhado de uma franjinha, justamente para dar o efeito de volume concentrado no topo da cabeça) até o meio, ou nas pontas dos cabelos, criando mechas bem despojadas.

Depois disso, o resultado é um corte com partes mais curtas e outras mais longas. Por ser um corte democrático, todas as mulheres podem aderir ao look; depois de pronto, ele dá uma sensação de pontas desconectadas e totalmente leves.

Hairstylist, Felipe Guimarães acredita que essa sensação de liberdade é o que a mulherada vem buscando há muito tempo. “Muito vem se falando em empoderamento feminino e esta é mais uma conquista delas, que querem ser livres dos pés à cabeça, literalmente”, declara.

 

jodei fosterhalle-berry-shag-1539717433Long-Shaggy-Hairstyleshag-haircut-julia-roberts-1533239201long-hairstyles-for-women-over-with-long-hairstyles-for-women-over-40carly-simon-hair-shags-spring-2015-trend

E depois de fazer o corte, como cuidar dos fios no dia a dia?

Segundo Felipe, apostar nesse novo cabelo e manter uma aparência saudável é fácil e prático. Mas ele ressalta que este look despojado também precisa de cuidados. “O segredo deste cabelo é redobrar a atenção, principalmente com as pontas dos fios, pois elas estão em evidência o tempo todo. Fazer o uso de óleos ou cremes protetores para dar uma aparência sempre natural é essencial! Se quiser deixar o cabelo sempre com aquela aparência de corte perfeito, a dica é usar o secador ou um babyliss para valorizar o repicado”, afirma Felipe.

Avon Brasil elege tendências para outono&inverno 2019

Com a chegada dos dias mais frios do ano é hora de atualizar os itens da necessaire. Aposte no que mais combina com você, entre as tendências em make, esmaltes, perfumes e skincare, para renovar o visual. Confira abaixo as principais dicas dessa temporada outono inverno:

Perfumes intensos

little black dress.png

Se durante o verão procuramos frescor, os dias frios são ótimos motivos para usarmos e abusarmos das fragrâncias mais marcantes. O inverno pede notas mais amadeiradas e especiarias, e o Little Black Dress (R$ 67,99) é o verdadeiro acessório atemporal, como um vestido preto: uma combinação clássica e ao mesmo tempo moderna de frutas brilhantes e elegantes florais misturados a luxuosas madeiras.

far away gold.png

Para aquele ar de mistério e sex appeal, o clássico Eau de Parfum Far Away Gold (R$ 61,99) tem um misterioso encontro entre notas suculentas de pêssego e a luminosidade floral de frésia e osmanthus, enquanto o jasmim indiano reforça a volúpia e a sensualidade.

colonia-desodorante-avon-luck-50ml.jpg

Se você prefere os delicados, porém atraentes, pode se jogar nos toques cítricos de bergamota e frutas vermelhas do Luck For Her (R$ 73,60) – envolvidos por um buquê de pétalas de flores aveludadas e inesquecíveis acordes orientais florais. É puro luxo e poder para a época do ano mais elegante!

Foco no skincare

Nesta estação, nosso ritual de cuidados com a pele se torna ainda mais sagrado. A queda da temperatura, da umidade relativa do ar, os banhos quentes e a diminuição da ingestão de água fazem com que a pele fique ressecada, então o segredo é mantê-la sempre hidratada! A linha Renew Hydra é perfeita para potencializar e manter a hidratação da cútis, com ácido hialurônico na fórmula.

 

 

Mas como nos expomos menos ao sol no inverno, é a melhor estação para fazermos tratamentos! Aproveite para se jogar: a linha Renew Clareador te ajuda com as manchinhas, reduzindo as imperfeições no tom da pele, suavizando e melhorando a textura; para atacar as rugas, aposte no poderoso Antirrugas Renew Platinum (mais de 55 anos), que restaura e aumenta a produção das células jovens do rosto. A linha Ultimate (entre 45-55 anos) também combate as rugas com minerais de ouro e o exclusivo Celluvive Plus Complex com extrato de pérola negra, proveniente das águas exóticas do Taiti – retendo a umidade da pele, deixando a pele hidratada e restaurando seu brilho natural imediatamente.

Lembre-se sempre que um ritual perfeito deve seguir 3 passos: (1) limpar a pele, (2) utilizar o seu creme ou sérum de tratamento e, por fim, (3) aplicar o protetor solar! Assim, você garante um skincare dos sonhos.

Cílios Volumosos

avon big volumr.png

Cílios muito volumosos para um olhar marcante, tanto nos cílios superiores, como nos inferiores Para não ficar fora da tendência, aposte na Mark Big & Fenomenal Máscara de Volume (R$ 38,99), com um aplicador turbo com cerdas flexíveis que garante volume desde a primeira aplicação distribuindo o produto uniformemente da raiz a ponta dos cílios e sua fórmula é ultrapreta com pó de carvão.

Delineados

DELINEADOR TRUE COLOUR AVON

Ainda pensando na maquiagem dos olhos, os delineados também são destaques, mas dessa vez livre para escolher a cor, a textura e o formato. Para isso, o Avon True Glimmerstick Delineador Retrátil para Olhos (R$ 22,99) é ideal, disponível nas cores azul, marrom e preto possui um traço de alta pigmentação com textura cremosa e é à prova d’água.

Boca Marrom e Vermelha

 

Já para os lábios, os tons marrons estão chegando para ficar afim de completar a gama dos vermelhos. Dos tons mais abertos até os mais fechados para aqueles dias de bocão tudo. A sugestão são os batons Avon True Color Ultramatte Batom FPS 15 (R$ 29,99) nas cores Chocolate Ultramatte, Pétala Ultramatte, Vinho Ultramatte e Rubi Ultramatte, eles deslizam facilmente para uma melhor aplicação, não ressecam os lábios, possuem cor intensa e são 100% matte.

Dark Chic – azuis e cinzas

Colorir as unhas já é parte do ritual de beleza, por isso, não ficam de fora das novidades. Nessa estação, os tons de azul e cinzas são apostas, variando seus efeitos, desde superbrilhantes até os foscos. Para arrasar, Avon Mark Gel Finish 7 em 1 (R$ 19,99): Violeta Total, Azul Safira ou Cinza Londrino, que contam com 7 benefícios em um único produto: acabamento gel sem necessidade de luz UV com o máximo de cor e brilho, pincel com aplicação precisa e sem falhas, fortalecimento das unhas em até 42%, alta cobertura com apenas uma aplicação e fórmula 5 free acabamento perfeito de salão na sua casa para ir sem medo de arriscar.

Onde encontrar: por meio das revendedoras Avon pelo Brasil, via Rappi para as consumidoras de São Paulo e Rio de Janeiro, e também pelo site.

 

 

 

Tendências de unhas para este ano

Muito mais do que apenas um detalhe no visual, as unhas conseguem dizer muito sobre a personalidade de alguém. Pela cor ou pelo formato é possível descobrir traços de nossa personalidade, como ser mais romântica ou despojada, aventureira ou caseira.

Segundo Bruna Almeida, técnica responsável pela rede de clínicas especializadas em unhas e sobrancelhas BeautyB, a mulher brasileira, em especial, é muito ligada às tendências da moda e com as unhas não é diferente. “Além de ter o poder de demonstrar nossas emoções, uma mão bem cuidada é sempre uma ótima pedida para qualquer situação e momento”.

Formatos e cores

Entre os formatos favoritos estão a quadrada e a stiletto (modelada com a ponta mais afiada). Já entre as cores que prometem ser a cara de 2019, podemos apostar nas veteranas como os tons de nude e os clássico vermelhos.

Pensando nisso, a especialista da BeautyB listou as cores mais pedidas pelas clientes nas redes e que podem ser apostas para 2019.

esmalteria4

*Laranja:  tons terrosos vem com tudo esse ano, em especial para a primavera.

unha nude pinterest
Pinterest

*Nude: se tornou a queridinha das brasileiras. O tom combina tanto com a mulher mais clássica quanto com a mais despojada.

unhas

*Vermelho: a cor mais clássica da lista, as diversas variações da cor seguem como uma das favoritas no coração das brasileiras.

esmalteria2

*Metálicas: o metal predominou nas últimas últimas semanas de moda pelo mundo e não demorou a chegar às unhas.

unha neon
Pinterest

*Neons: uma das principais apostas para o ano. Já é fácil encontrar os tons nas mãos de influenciadoras pelas redes sociais.

unhas rosa

*Tons pastéis: são cores mais delicadas e combinam com todos os estilos.

unhas stiletto halloween
Pinterest

*Preto: é a cor coringa, ela combina com tudo e nunca sai de moda.

Vale a pena lembrar que é importante escolher um bom profissional, Bruna alertou quanto ao risco de uma unha mal feita: “Ao escolher, observe a limpeza do local. O material perfurante pode ser da própria cliente ou precisa ser esterilizado na hora de fazer a cutícula. É necessário tirar apenas o excesso porque a função dela é proteger as unhas de sujeira e bactérias”, finaliza.

Decoração Industrial: dicas para escolher o piso ideal para compor o ambiente

A decoração industrial, estilo proveniente dos Estados Unidos das décadas de 50 a 70, quando os galpões e estúdios foram adaptados para moradias, vem conquistado o público que aprecia um estilo rústico e vintage. A decoração consiste em ambientes sem divisórias, paredes de tijolos, armações metálicas, concreto, tons neutros e terrosos, canos, vigas e tubulações a mostra e o elemento principal: os pisos.

Camila Barbosa, gerente da Telhanorte Conceito, destaca os principais modelos para quem deseja apostar na decoração industrial em casa. “A decoração industrial é referência de praticidade, conferindo ao ambiente personalidade e ar despojado. A junção de alguns elementos remete facilmente ao estilo, mas é necessário dar maior importância à escolha dos pisos”.

Pisos Cerâmicos

Segundo Camila, os pisos cerâmicos são versáteis, resistentes e ótimos para compor o ambiente. “As opções com texturas são facilmente associadas ao estilo industrial, principalmente por transmitirem um tom retrô. A dica é complementar o cômodo com objetos metálicos e móveis em madeira rústica”.

Piso de Cimento Queimado

O piso de cimento queimado possui um tom rústico que combina perfeitamente com a decoração industrial, remetendo aos antigos galpões. “Uma alternativa criativa é combinar este modelo de piso com móveis em madeira e a parede de tijolos. Para fugir do monocromático, aposte em pontos de cor, como poltronas e vasos”, completa a especialista.

Pisos Porcelanatos

Existe uma grande variedade de pisos porcelanatos, porém os que se adaptam melhor ao estilo industrial são os modelos acetinados, os de textura natural e os que imitam madeira. Estas opções conferem uma sensação aconchegante ao ambiente, e harmonizam perfeitamente com o restante dos elementos. “Espelhos e lustres agregam ao visual, e nuances de cinza contribuem para um ambiente leve e elegante”, destaca Camila.

Ladrilhos Hidráulicos

Os ladrilhos hidráulicos são ideais para quem deseja compor um ambiente industrial no melhor estilo “casa da avó”. Além de fáceis de limpar e resistentes, garantem aconchego, brilho e evitam a sobriedade do estilo. A especialista indica atenção aos modelos estampados: “As opções com estampas coloridas requerem cuidado para não pesar no ambiente. Opte por móveis em tons neutros e decorações em cobre e cristal”, indica a especialista.

3d render of beautiful clean interiorIndustrial-Style Domestic RoomMinimalist modern interior living room with sofa and hexagon tiles on the wall

Fonte: Telhanorte

Pixie hair: saiba como cuidar do corte que é tendência entre famosas para o verão

Ideal para quem quer inovar e radicalizar na hora de cortar as madeixas, o pixie hair precisa de cuidados específicos para manter-se com uma aparência bonita e saudável

No verão, um dos grandes problemas que as mulheres com cabelos compridos enfrentam é o calor. E para quem tem fios grossos e volumosos, a situação é ainda pior, já que nem o ato de prendê-los é capaz de aliviar a sensação. Porém, para quem sofre com o problema, já existe uma solução: o pixie hair.

“Tendência entre famosas como Katy Perry, Anne Hathaway e Sophia Abrahão, o cabelo curtinho é ideal para quem quer praticidade no dia-a-dia, pois, além de ser supermoderno, o corte destaca os pontos fortes do rosto e pode ser usado por praticamente qualquer uma, independentemente do tipo ou da textura do cabelo”, afirma Rafael Canelas, hair dresser do Lefil Beauty, maior salão de beleza de São Paulo.

pixie_hair

Mas para conquistar um pixie hair impecável, não basta apenas cortar o cabelo, é preciso também tomar alguns cuidados. Para ajudar, especialistas explicam como cuidar do cabelo curto. Confira:

– Hidrate os fios: independente do comprimento, a hidratação é fundamental para manter a saúde dos fios. Por isso, cabelos mais grossos devem receber o tratamento uma vez por semana e cabelos mais finos devem ser hidratados a cada duas semanas. “A máscara de hidratação é capaz de repor os nutrientes necessários ao cabelo de forma mais intensa que o condicionador, conferindo força, maciez e brilho aos fios. O ideal então é alternar entre uma máscara reconstrutora e uma máscara nutritiva. Enquanto a primeira vai ajudar a deixar os fios mais firmes e fortes, a segunda vai tornar os cabelos mais brilhosos e macios”, recomenda a hairdresser do Lefil Beauty.

– Faça cortes regulares: quando o cabelo começa a crescer e surgem as pontas duplas e secas, o corte tende a sofrer modificações. Dessa forma, o pixie hair precisa ser cortado mais cedo do que cabelos de comprimentos maiores, já que estes disfarçam melhor as pontas soltas. De acordo com Rafael, o ideal para quem opta por usar o cabelo curto é cortar a cada 20 ou 30 dias. “Além disso, quem tem os cabelos coloridos deve retocá-los junto com o novo corte para evitar que os fios fiquem desbotados ou com mais de uma cor”, explica.

– Cuidado com o excesso de oleosidade: a oleosidade é um dos problemas do pixie hair, pois, ao contrário dos cabelos longos, nos cabelos curtos o óleo produzido pelo couro cabelo chega mais rapidamente ao restante dos fios. Logo, cabelos curtos tendem a ser mais oleosos. “O ideal é que você invista em produtos específicos para o seu tipo de cabelo e nunca utilize água quente para lavar os cabelos, já que este hábito pode deixar os fios frágeis. O recomendado então é usar água morna e realizar um último enxágue com água fria, para fechar as cutículas do fio”, destaca Rita Paixão, hairdresser do Lefil Beauty, maior salão de beleza de São Paulo.

– Atenção na hora de usar o condicionador: “Por ser mais oleoso, é necessário aplicar uma quantidade menor de condicionador no pixie hair. Além disso, é importante passar o produto apenas no comprimento e nas pontas, pois, como o couro cabelo já é naturalmente oleoso, o uso do produto nesta região pode obstruir a raiz dos fios e causar uma série de danos, como queda e caspa.”

– Aposte nos cabelos bagunçados: para conquistar o estilo moderno marcante do pixie hair é necessário dar textura aos cabelos. Então, para deixar o penteado com fios bagunçados de propósito, utilize óleo de argan, uma pomada ou cera de cabelo. “Porém, tome cuidado para não utilizar estes produtos em excesso, pois eles podem conferir um aspecto oleoso aos fios. Caso prefira não arriscar, opte por produtos mais leves, como o gel e o leave-in, que dão textura e ainda deixam os cabelos brilhosos”, completa Rita.

Caso você tenha decidido apostar no pixie hair e se preparar para o verão, o ideal é que visite o seu cabeleireiro, já que apenas ele poderá analisar o formato do seu rosto e indicar qual o melhor corte para você, além dos cuidados necessários para mantê-lo em dia. “O pixie hair é extremamente versátil e tem diversas formas. Por isso, é fundamental que você converse com o seu cabeleireiro para decidir que traços você pretende destacar com a ajuda do novo corte. Para quem ter o rosto mais arredondado, por exemplo, o pixie hair pode contar com uma franja alongada para equilibrar o visual. Já quem tem o rosto oval pode optar por um corte mais repicado”, finaliza a profissional do Lefil Beauty.

Fonte: Lefil Beauty

Dez tendências de gastronomia para 2019

Mais uma vez, chegou a hora de dar uma espiada nas 100 tendências do Pinterest para 2019! O Pinterest é aquele cantinho especial da Internet onde mais de 250 milhões de pessoas de todo o mundo vêm para descobrir novas ideias. E o que acontece quando mais ou menos um milhão dessas pessoas começam a procurar pela mesma coisa? Nasce uma nova tendência.

As tendências do Pinterest são únicas. Elas mostram os sonhos e os planos das pessoas mais estilosas, dos pais mais corujas, dos viajantes mais experientes e dos amantes de cozinha mais inspirados para o ano que vem. Em tempos em que tanto parece nos dividir, essas ideias são um símbolo do que temos em comum, da inspiração para o dia a dia até os grandes sonhos para o futuro.

Comida: Pratos vegetarianos

A comida reúne o mundo inteiro à mesa. Com 23 bilhões de receitas e ideias de refeições, o Pinterest ajuda a matar qualquer fome, desde o café da manhã até os ataques noturnos à geladeira. O que temos no menu para 2019? Refeições saudáveis, sustentáveis e com ingredientes incomuns.

creme light cogumelo

O poderoso cogumelocogumelos cheios de nutrientes estão dominando as receitas, de cafés a barras de chocolate. As buscas por receitas com cogumelos (“mushroom recipes”, em inglês) tiveram um aumento de 64%.

soja-1600 getty

A dieta pegan: meio paleolítica e meio vegana, a dieta pegan está ganhando espaço com quem fica de olho nos hábitos saudáveis. As buscas por dieta pegan (“eating pegan”, em inglês) tiveram um aumento de 337%.

frutas

Mesa farta e abundante: as mesas de petiscos são um banquete para os olhos. Pode sair da dieta. As buscas por mesas de petiscos (“grazing tables”, em inglês) tiveram um aumento de 163%.

pão de batata

Mão na massaa panificação está em alta, principalmente quando se trata de massas fermentadas como a lêveda. As buscas por panificação (“baking bread”, em inglês) tiveram um aumento de 413% desde o ano passado.

agua-gengibre-emagrecer-digestao istock

Dose de inspiraçãobasta uma fatia de gengibre na água para fazer uma poção cheia de benefícios digestivos e anti-inflamatórios. As buscas por água de gengibre (“ginger water”, em inglês) tiveram um aumento de 353%.

rabada retro

Receita retrôas pessoas estão famintas por receitas com rabo de boi para fazer em casa. Se der para usar a panela elétrica, melhor ainda. As buscas por receitas com rabo de boi (“oxtail recipes”, em inglês) tiveram um aumento de 209%.

peixe no papelote

Desenrolaas refeições feitas no papel alumínio são perfeitas para os cozinheiros ocupados: são fáceis de preparar, não fazem bagunça e são muito saborosas. As buscas por receitas no papel alumínio (“foil pack dinners”, em inglês) tiveram um aumento de 759%.

xgeleia-de-framboesa.jpg.pagespeed.ic.rcv9hctnha

Geleia em casaviva o sabor da geleia caseira, seja de framboesa, amora ou qualquer sabor que você escolher. As buscas por geleia caseira (“homemade jam”, em inglês) tiveram um aumento de 829%.

leite aveia

Além do leite de amêndoaso novo leite vegetal favorito de todo mundo é delicioso, vegano e também ecologicamente correto. As buscas por leite de aveia (“oatmilk”, em inglês) tiveram um aumento de 186%.

bolinho de chuchu

Bom pra chuchu: não vale enjoar do chuchu. Esse superalimento é muito versátil e complementa todos os tipos de culinária. As buscas por receitas com chuchu (“chayote recipes”, em inglês) tiveram um aumento de 76%.

Metodologia Pinterest

A forma como sabemos quando uma ideia é uma tendência é olhando para o que todos pesquisam. Se uma ideia continua recebendo mais e mais buscas a cada mês, e essa trajetória ascendente permanece estável por mais de seis meses, então é uma tendência.

As tendências P100 deste ano vão desde hábitos antigos, como hamamélis e pão caseiro (com mais de 1 milhão de buscas em média), até novas tendências que estão apenas começando a decolar, como receitas pegan, esmalte de unhas em pó e qualquer outra coisa que você vê com um ↗ (com 10 a 70 mil pesquisas cada, essas tendências estão apenas começando a decolar).

As tendências no mundo dos vinhos em 2019*

O ano de 2018 foi desafiador para o mercado de vinhos no Brasil, pois foi afetado por duas forças que deram aquele baque no bolso dos winelovers. Primeiramente, as geadas do inverno dos anos de 2016 e 2017 na Europa destruíram muitas vinhas.

Regiões principais como a Bordeaux, Borgonha, Vale do Loire, Toscana, Rioja e outras passaram a oferecer volumes muito menores e isso refletiu diretamente em um aumento drástico nos valores de alguns dos vinhos mais queridos dos brasileiros. O valor de Chablis, por exemplo, subiu 30% de um ano para o outro.

O segundo fator foi a queda do real frente a crise sociopolítica brasileira, que aconteceu em meados de 2018 e dificultou ainda mais as condições de mercado. Aquele vinho que você comprava a R$ 59,90 em janeiro? Em agosto já estava a R$ 79,90.

Acredito que 2019 será promissor para o nicho, que contará, sim, com algumas tendências. Eis as apostas no mundo dos vinhos para este ano:

Portugal em foco

Vinhos de Portugal_divulgação_inf04_vinho Flor de São José - produtor João Brito e Cunha

Queridinhos dos brasileiros, os vinhos lusitanos surpreenderam a todos com sua conquista em 2018: pela primeira vez, Portugal entrou nos Top 2 países com maior número de vinhos importados, ficando atrás somente do Chile – campeão graças à força de vinhedos grandes, como a Santa Helena e a Concha y Toro, que traz por importação própria as marcas populares do rótulo Casillero del Diablo.

Porém, é interessante observar que a gigante chilena não conseguiu manter o crescimento dos anos anteriores, ao passo que Portugal só evolui sua aderência ao público. Não duvido que ao menos ganhe mais espaço no nosso mercado e aposto minhas fichas nisso, pois os vinhos portugueses oferecem a melhor relação custo-benefício da Europa. Os vinhos verdes, por exemplo, são divertidos e gostosos, além de leves, ideais para nosso clima. As regiões de Alentejo e Douro entregam potência, músculo e complexidade nos seus tintos, enquanto Dão oferece elegância e, Lisboa, tons de frutas frescas. Realmente, há vinhos portugueses para todos os gostos.

Saúde, senhores!

Você sabia que hoje entre 10% a 20% de todos as vinhas do mundo são orgânicas ou estão em vias de adaptar seus processos? A “tendência mundial” não é mais tendência e, sim, preferência – tanto do consumidor quanto do produtor.

Quem aqui quer consumir pesticidas e agrotóxicos? Eu não! E estou disposto a pagar um pouco a mais para saber que minha comida e meu vinho são livres dessas substâncias. Claro, podem dizer que sou da Califórnia e, assim, um pouco suspeito, já que há algum tempo somos considerados “hippies” demais quando tocamos neste assunto. Mas muitos produtores também acham que o melhor vinho é produzido de forma orgânica.

Empolgados pela mudança de hábito dos consumidores, estão optando por tirar químicas das vinhas, diminuir o uso de sulfitos e interferir menos na produção – tudo isso para oferecer a melhor expressão possível do seu terroir. E isso inclui grandes produtores de regiões tradicionalíssimas: Os Bordeaux de Domaine Chevalier, que estão entre os mais longevos do mundo, são orgânicos, assim como os Brunello di Montalcino de Pertimali e os Chianti Classico da Il Molino di Grace, entre outros.

mulher bebendo vinho

Já no Brasil, demorou bastante para essa onda pegar. Mas hoje a procura por vinho orgânico, biodinâmico e natural está começando a esquentar e, por isso, podemos esperar um boom no ano que vem, acompanhando a tendência da indústria alimentícia. Mas se quiser aderir já, aí vai uma dica de insider: Liderado em São Paulo por restaurantes como a Enoteca Saint Vin Saint e bares como o Clube Beverino, já é possível encontrar esses vinhos em vários sites e lojas de importadoras de todos os portes.

Descobertas exóticas

vinho.png

O Brasil já não é mais criança no consumo de vinho, está entrando na sua adolescência. O consumo anual per capita na cidades de São Paulo e Rio de Janeiro já está por volta dos 10 litros, que rivaliza com os EUA. No Rio Grande do Sul, este consumo é maior ainda.

Um dos maiores prazeres da vida é a descoberta de um achado e os enófilos do país estão entendendo que isso também se encaixa no mundo dos vinhos. Por isso, procuram cada vez mais sair da mesmice e provar versões exóticas, de regiões diferentes e pouco divulgadas. Pela lei da oferta e da demanda, minha aposta é que vamos passar a encontrar muitos novos vinhos desse perfil no nosso mercado em 2019.

Não seria surpreendente, por exemplo, vermos por aqui mais vinhos da Europa Central (Hungria, Alemanha e Áustria), os excelentes brancos de Nova York e Virgínia, os cativantes Riesling e Gewurztraminer da Alsácia, os grandes Godellos de Bierzo ou raridades como os espumantes da Inglaterra, que hoje estão dando muito o que falar.

Valorização do nacional

Espumante

Ainda novidade para muitos consumidores, há dezenas de microprodutores nacionais em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul que produzem vinhos excelentes. Os tintos são bons, alguns realmente fantásticos (um exemplo é o Miolo Single Vineyard Touriga Nacional, com excepcional relação custo-benefício). Por sua vez, em São Paulo, os tintos à base de Syrah da Guaspari são cada vez mais procurados.

No entanto, a força do Brasil está sem dúvida nos seus espumantes, tendo como líderes Pizzato, Cave Geisse, Campos de Cima e vários outros pequenos produtores de peso. Hoje, essa categoria tem reconhecimento internacional – tanto é que, pela primeira vez, são exportados para Inglaterra e EUA – e, finalmente, estão começando a receber o mérito devido dentro do próprio país: só em 2018, a venda dos espumantes nacionais subiu mais que 50% com relação ao ano anterior.

Se a tributação interestadual for resolvida ou simplificada no próximo ano, o consumo do espumante nacional poderia explodir. (Hoje há um imposto de ICMS/ST de 40% arrecadado de um vinho do Sul que entra em SP, MG ou RJ, muito oneroso para produtores artesanais).

Vamos torcer para que aconteça. Também vamos tomar uma taça ou outra a mais para comemorar o início de um novo ano com tantas previsões de novidades para os winelovers. Tim-Tim!

*Alykhan Karim é CEO do e-commerce de vinhos premium Sonoma e expert em curadoria de vinhos

Entrevista: Veronica Kato, perfumista da Natura, fala de tendências e preferências

E o verão praticamente chegou ao Brasil, apesar de a estação mais quente do ano começar oficialmente no próximo dia 21. E para quem é apaixonada por fragrâncias, como eu, há uma tendência para esta temporada? Aliás, os perfumes também se tornaram algo fashion? E por que a maioria das mulheres não gosta de perfumes mais doces? Confesso que gosto, uso, mas não abuso. E sei qual o clima ideal para isso.

Para ajudar a esclarecer alguns pontos, entrevistei a perfumista da Natura, Veronica Kato, que falou, entre outros assuntos, quais as tendências, as mudanças e as preferências olfativas, especialmente das brasileiras, e o crescimento das fragrâncias genderless.

Veronica Kato -Perfumista
Veronica Kato – Foto: Divulgação

Confira a conversa:

Pergunta – Tempos atrás era comum uma pessoa usar sempre uma mesma fragrância e aquele “cheiro” era como uma marca pessoal. O que mudou?Veronica Kato – Mudaram muitas coisas. Há 30 anos se lançavam dezenas de fragrâncias por ano; 20 anos atrás centenas, e hoje, milhares em um ano! Com tantos lançamentos e ofertas é difícil uma pessoa se fidelizar a uma fragrância. Se perdeu o sentido de encontrar um cheiro “só meu”, e se tornou mais uma questão de experiência, de fragrâncias para diferentes ocasiões, um acessório, principalmente para os jovens de hoje.

P – Acha que perfumes se tornaram fashion, no sentido de que a cada estação escolhemos um novo? Ou alguns sempre serão clássicos?
VK – Sim, como respondi anteriormente. Mas acredito que, para a nova geração dificilmente fragrâncias como Chanel 5, Miss Dior ou o Essencial da Natura se tornarão um clássicos, tampouco uma fragrância atual ou um novo lançamento se tornarão um clássico no meio de milhares, ressalvo pouquíssimas exceções… Como disse, tem a ver com uma nova relação dos jovens com perfumes, com a experiência, a moda, o momento…

P – Falando em estações, quais as tendências aromáticas para este verão que está chegando?
VK – Fragrâncias mais leves, no caminho ervas aromáticas (lavanda, salvia, hortelã), que eram consideradas masculinas estão chegando para as mulheres, como também notas aquosas, geladas, com frescor metálico e também fragrâncias genderless, com notas cítricas, amadeiradas e musk.

P- As brasileiras são muito diferentes das mulheres de outras regiões do mundo na hora de se perfumar ou temos semelhanças?
VK – Temos algumas peculiaridades como, por exemplo, usarmos perfumes aromáticos e amadeirados masculinos, e o gosto por nota de lavanda, que lá fora é considerado um cheiro funcional de limpeza.

P – Quais aromas (femininos) fazem mais sucesso em nosso país?
VK- As brasileiras gostam muito de notas florais adocicadas e florais amadeiradas que a fazem se sentir mais sensuais e empoderadas.

P – Adoro perfumes doces, mas noto que pessoas do meu círculo e colegas jornalistas não gostam muito. Por que você acha que isso ocorre?
VK – Muitas pessoas, em especial aquelas que já são consumidoras assíduas de perfumaria, preferem fragrâncias mais suaves ou nichos, assim como também dizem ter uma consciência maior quanto ao uso de perfumes em relação ao outro e dão preferências por notas mais cítricos, verdes, amadeirados, florais leves e musks – que são notas mais intimistas, menos invasivas

P – Certa vez me contaram que na Índia, por exemplo, o resultado do perfume na pele é diferente, pois eles têm muitos condimentos na alimentação, o que influencia. Aqui no Brasil ocorre algo parecido?
VK – O perfume combina com o cheiro de cada pessoa e todos nós temos um cheiro característico em função do que ingerimos, dos nossos hábitos alimentares, do nosso período hormonal, e vícios como cigarro e ingestão de vitaminas etc. Estes últimos são ótimos exemplos que evidenciam a influência do que ingerimos na composição do nosso cheiro.

No Gender 1

P – A tendência genderless (sem gênero) está crescendo em todas as áreas. Acredita que no futuro não haverá mais separação entre perfumes femininos e masculinos?
VK – Tudo na perfumaria é cíclico. Vou dar um exemplo: antes de 1800, os perfumes eram genderless, tanto os homens quanto as mulheres escolhiam uma fragrância porque gostavam da nota, não importava se era floral ou amadeirado. Acredito que a tendência genderless, que agora está mais atual do que nunca, continuará cada vez mais forte, uma vez que as pessoas estão cada vez mais livres de rótulos e regras. (Na Natura também temos opção genderless em nosso portfólio, a fragrância No Gender, de Faces). Digo que é cíclico porque a perfumaria acompanha os movimentos sociais.

P – A Natura investe em ingredientes brasileiríssimos e prima pela sustentabilidade tanto em cosméticos quanto na perfumaria. Agora, que a empresa adquiriu a The Body Shop, que tem perfil parecido, as fragrâncias serão fabricadas na sede da Natura ou haverá divisões?
VK – A Natura não tem relação com a linha de produção da The Body Shop.

P – Qual a porcentagem que a perfumaria representa em vendas? É o carro-chefe da Natura? Quais os mais vendidos?
VK – As fragrâncias da Natura, a Casa de Perfumaria do Brasil, estão entre os principais itens de venda do portfólio, porém, infelizmente, não podemos revelar mais informações por questões estratégicas da marca.