Arquivo da tag: tratamentos

Spa Urbano Aiyuna oferece novo tratamento para celulite

Protocolo define a silhueta, fortalece os músculos e é eficaz na redução de medidas, além de melhorar a dor crônica associada à celulite

A celulite é uma preocupação recorrente em boa parte das pessoas – especialmente entre as mulheres. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, cerca de 95% das mulheres são acometidas pela celulite após atingirem a puberdade, período em que começa a ocorrer a influência do hormônio sexual feminino (estrogênio) no corpo.

Celulite

Celulite é o nome popular da fibroedema geloide, que é o acúmulo de gordura sob a pele. Sua característica principal é o aspecto “ondulado” – chamado popularmente de “casca de laranja” – que a epiderme adquire em algumas áreas do corpo. Ela tende a ocorrer nos locais nos quais a gordura sofre influência mais forte do estrogênio, como nas coxas, nos glúteos, nos flancos e no abdômen.

Ela, em si, não representa um grande problema de saúde, mas pode abalar (e muito) a autoestima de quem as tem. Pensando nisso, o Spa Urbano Aiyuna desenvolveu o tratamento “Tchau, Celulite!”, específico para quem quer melhorar o aspecto da pele através da recuperação da epiderme.

De acordo com César Suzuki, diretor fundador e responsável técnico do Aiyuna Spa, o protocolo personalizado associa a massagem manual com o IFIT, um tipo de aparelho não invasivo que utiliza o vácuo (endermologia) e a eletroestimulação (corrente elétrica de baixa frequência) para mobilizar os tecidos e tonificar os músculos. “O tratamento define a silhueta e fortalece os músculos, pois é eficaz na redução de medidas e da celulite. Além de melhorar a dor crônica associada à celulite, aumenta a autoestima da pessoa”, explica Suzuki.

massagem drenagem corpo pernas

O tratamento utiliza produtos especialmente selecionados. Inicia-se com o esfoliante de algas marinhas, que possui intensa ação desintoxicante, minimiza os edemas e prepara a região para as massagens. Depois, utiliza-se o potencializador corporal, que controla e reduz a gordura localizada ao estimular a produção de colágeno e elastina e possui propriedades anti-inflamatórias, o gel condutor glicerinado ultratonificante que melhora a qualidade e firmeza da pele e o creme de massagem corporal (com fórmula exclusiva de quebra da gordura, possui atuação de 24 horas).

“Para completar a terapia, a cliente leva para casa o home care, que é uma loção anticelulite com ativos que atuam na redução da celulite e da gordura localizada”, conta o responsável técnico do spa. O procedimento dura 40 minutos.

Sobre o Aiyuna Spa

“Fuja da cidade sem sair da cidade” é o conceito que guia o corpo técnico do spa, formado por profissionais especializados e capacitados pelo diretor técnico do Aiyuna. Completando dois anos de atividade em 2019, o Spa Urbano oferece 53 tratamentos para seus clientes, variando entre terapias de relaxamento e bem-estar, complementares e estética. A prática, o ambiente, a atenção aos detalhes, o cuidado, terapias únicas: isso é o que faz com que seja entregue para cada usuário uma experiência ainda mais personalizada.

Informações: Aiyuna Spa

Pele madura tem menor firmeza e hidratação, saiba como tratá-la

Além de tratamentos em clínica, cremes e cápsulas prescritas por dermatologistas melhoram a qualidade da pele madura, que sofre com deficiência natural de estrogênio

Na faixa etária dos 40 aos 50 anos, as rugas se acentuam e a pele começa a ficar marcada com “rugas em repouso”, a flacidez já está em um grau moderado e as queixas são de perda do contorno facial e formação do aspecto “buldogue” das bochechas caídas.

“Ocorre a diminuição dos coxins de gordura da face, a bochecha começa a murchar, então, além da consulta a um dermatologista, que poderá propor alguns tratamentos como toxina botulínica e estimuladores do colágeno, os cremes devem ser usados para melhorar a qualidade da pele, sua hidratação e a questão das manchas”, afirma a farmacêutica e diretora científica da Biotec Dermocosméticos, Mika Yamaguchi.

Mas sabe por que isso acontece? “O hormônio estrogênio aumenta a elasticidade, firmeza, produção de matriz extracelular e hidratação. Há uma deficiência natural desse hormônio após esse período, então isso contribui para a menor elasticidade, firmeza e hidratação da pele madura”, completa a especialista em dermo e nutricosméticos.

Além disso, outro tratamento que deve ser feito, segundo a farmacêutica, é o de manchas, justamente porque nessa idade elas podem ter várias origens, sejam hormonais, por exposição solar, poluentes ambientais, poluentes digitais, estresse, cigarro e o próprio envelhecimento sistêmico.

“As hormonais são as mais difíceis de serem tratadas, as demais com um bom tratamento tópico e oral e acompanhamento médico são passíveis de tratamentos; mas as manchas do melasma caracterizam uma doença crônica, em que é necessário um acompanhamento contínuo para controle”, diz a especialista.

Pensando nas necessidades da pele madura, Mika afirma que é necessário o uso de ativos que melhorem os seguintes parâmetros: reepitelização da epiderme, auto-hidratação, redensificação, luminosidade e combate à inflamação. Por isso ela sugere os seguintes tratamentos:

mulher meia idade creme

Reepitelização da epiderme: uso de cremes com os ativos Hyaxel e SWT-7, que vão hidratar a pele profundamente, ao mesmo tempo em que ajudam no preenchimento das células. “As cápsulas também devem ser usadas, com ativos como Exsynutriment e Bio-Arct, que juntos promoverão uma melhora da síntese de colágeno, com melhora da firmeza e do funcionamento celular”, afirma.

suplementos vitaminas Jeltovski
Foto: Jeltovski

Auto-hidratação: a farmacêutica sugere os ativos Hyaxel e Arct-Alg, que juntos melhorarão a hidratação natural da pele, triplicando a produção de energia das células da pele. As vitaminas orais indicadas são Exsynutriment (silício para melhorar a sustentação e a flacidez da pele) e In.Cell, que combina vários nutrientes para beneficiar a saúde da pele.

THERAPEUTIQUE FEMMEWOMAN  TAKING MEDICATION
FreeGreatPicture

Redensificação: a união de Scupltessence, Progeline e Densiskin em um mesmo creme promove o redesenho e rearquitetura facial, com efeito ‘Dermorelax’. Para ingestão oral, além de Exsynutriment e In.Cell, a farmacêutica sugere Glycoxil, um ingrediente que tem a capacidade de diminuir os malefícios do açúcar e carboidratos na pele.

gettyimages- mulher pele meia idade

Luminosidade: por meio da associação entre Superox C (aumenta produção de colágeno e ácido hialurônico), Silpearl (associação de silício biodisponível com nutrientes funcionais da pérola para restaurar a luminosidade e o equilíbrio hídrico da pele), Arct-Alg (triplica produção de energia celular) e Overnight Repair (poderoso defensor ambiental além de anti-idade e hidratante), o creme diminui o aspecto opaco da pele, melhorando seu brilho natural. Nas cápsulas, Mika sugere Glycoxil para evitar as manchas provenientes dos malefícios do açúcar e carboidratos, e Bio-Arct, antioxidante que triplica a produção energética, melhorando o aporte de nutrientes.

GettyImages remedios pilulas suplementos.jpg
Getty Images

Combate à inflamação: para tratar a pele inflamada, Mika sugere Pro Barrier Repair e Connect Cell, que vão minimizar os efeitos da inflamação, além de restabelecer a comunicação celular. Para as cápsulas, além de Glycoxil e Bio-Arct, é indicada a suplementação de FC Oral, um modulador inflamatório, com efeito antioxidante e hidratante.

Mika lembra que, antes de qualquer tratamento, é necessário consultar um médico para personalizar as fórmulas de acordo com a necessidade do paciente.

Fonte: Biotec Dermocosméticos–  SAC: 0800-7706160

Pesquisa mostra que tratamentos para engravidar aumentarão quase 10% até 2026

Um dos motivos do crescimento é o adiamento da maternidade pelos casais

De acordo com um relatório publicado este ano pela consultoria norte-americana Allied Market Research, intitulado “Mercado de serviços de fertilização in vitro, por tipo de ciclo e usuário final: análise de oportunidades globais e previsão do setor, 2019-2026 (IVF Services Market, by Cycle Type and End User: Global Opportunity Analysis and Industry Forecast, 2019–2026)”, o mercado global de serviços de FIV gerou US$ 12.505 milhões em 2018 e a projeção é que atinja US$ 26.376 milhões até 2026, crescendo cerca de 9,8% de 2019 a 2026. De 1978 até hoje, cerca de sete milhões de bebês nasceram por meio desse procedimento no mundo todo.

E por que a expectativa é de mais crescimento? Segundo pesquisas da Sociedade Médica de Fertilidade Europeia (ESHRE), um em cada seis casais tem ou terá problemas de fertilidade. Além disso, há outro motivo bem mais conhecido: as pessoas estão deixando para ter filhos mais tarde e, em muitos casos, elas precisarão de tratamento para alcançar o objetivo. Como a maioria dos países não disponibiliza esse tipo de atendimento gratuito, elas acabarão pagando do próprio bolso. E, em alguns casos, haverá mais de uma tentativa.

“Dependendo do caso, e da idade da mulher – a maioria das pacientes das clínicas de reprodução está na faixa dos 40 anos -, será preciso usar o óvulo de uma doadora. Isso não seria necessário se, por exemplo, o médico ginecologista, que acompanha a paciente abordasse a queda da fertilidade depois dos 30 anos durante as consultas. Assim, se aquela mulher estivesse pensando em adiar a gravidez por um longo período, ela poderia ser informada que existe a opção de congelar seus próprios óvulos para utilizá-los no futuro”, afirma Arnaldo Cambiaghi, especialista em ginecologia e obstetrícia, com certificado de atuação na área de reprodução assistida, e responsável técnico do Centro de Reprodução Humana do IPGO.

Felizmente, a medicina está sempre se renovando e novas técnicas, estudos e medicamentos surgem todos os dias. Na reprodução humana não é diferente. Confira duas técnicas voltadas a mulheres maduras:

Estimulação ovariana

fertilização

“Não é novidade que mulheres acima dos 40 anos têm uma redução do potencial da fertilidade quando comparadas a mulheres mais jovens e, consequentemente, têm também uma chance menor de sucesso nos tratamentos de fertilização. Mas, o ponto obscuro é: qual o limite de idade da mulher para o tratamento de FIV com os próprios óvulos? A partir de qual idade é recomendável utilizar óvulos de doadoras?”, comenta o médico.

A grande maioria dos insucessos nos tratamentos em mulheres acima dos 40 anos vem da qualidade dos óvulos que elas produzem, por formarem embriões de má qualidade, que podem ser chamados de embriões incompetentes. Em outras palavras e com mais objetividade: os óvulos destas mulheres tendem a formar embriões com alterações cromossômicas inadequados para a implantação.

“Se isso ocorrer, a paciente poderá sofrer abortos ou, em alguns casos, se a gestação se desenvolver, o bebê poderá ter alterações, como, por exemplo, Síndrome de Down. Entretanto, se conseguirmos um número maior de óvulos, poderemos ter uma chance maior de obter embriões de ótima qualidade (embriões competentes) e, consequentemente, um tratamento bem sucedido e filhos saudáveis. Porém, em muitos casos de baixa reserva ovariana, a paciente produz poucos óvulos e, na maioria das vezes, precisamos de um maior número de estimulações – de duas a três”, diz Cambiaghi.

O médico lembra que, para se definir o melhor protocolo para a estimulação ovariana, é importante a compreensão do significado “Individualização e Customização” dos protocolos para a estimulação do ovário. Customizar significa alterar algo para que melhor se adeque os requisitos de alguém; personalizar. Assim, o protocolo de estimulação ovariana deve der individualizado para cada paciente e customizado de acordo com o seu histórico e situação que ela se encontre.

Protocolo com uso prolongado do hormônio de crescimento

fertilização

O hormônio de crescimento (GH) atua por meio da estimulação da somatomedina C, ou IGF-1 (fator de crescimento de insulina I). É encontrado em vários tecidos e também nos folículos ovarianos, porém, de acordo com estudos, a quantidade desse hormônio é menor em mulheres que apresentam baixa reserva ovariana. Logo, conclui-se que a redução do IGF-1 altera as funções celulares de mulheres com idade avançada ou acometidas pela Insuficiência Ovariana Prematura.

Partindo desse princípio, pesquisas demonstraram que mulheres com baixa contagem de óvulos, que tiveram o hormônio GH adicionado ao protocolo de estimulação ovariana, tiveram uma melhor resposta folicular. O uso do hormônio GH pode, ainda, aprimorar a qualidade dos óvulos, proporcionando embriões de melhor qualidade e, consequentemente, aumentando as taxas de gravidez. Entretanto, interfere pouco na quantidade de óvulos gerados na indução da ovulação.

“Portanto, se pudermos chegar a um tratamento que ajude as más respondedoras a produzir mais óvulos e de melhor qualidade, ou ambos, seremos capazes de melhorar positivamente a chance de se ter um bebê. Vários tipos de protocolos de suplementação têm sido usados ​​para tentar melhorar os resultados para essas pacientes, e a maioria deles éestimulador das mitocôndrias”, explica o médico.

Para finalizar, Cambiaghi reforça uma mensagem: “Enfatizo que as mulheres devem ser informadas, seja por seus médicos ou pela mídia, que é preferível engravidar antes dos 35 anos, pois é mais seguro, e a probabilidade de se ter um bebê saudável é bem maior se comparada a gestações em idades mais avançadas. Se mesmo assim elas quiserem adiar, congelar os óvulos é a opção mais segura”.

tabela22

Fonte: Arnaldo Schizzi Cambiaghi é responsável técnico do Centro de Reprodução Humana do IPGO, ginecologista obstetra com certificado em reprodução assistida. Membro-titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Laparoscópica, da European Society of Human Reproductive Medicine. Formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa casa de São Paulo e pós-graduado pela AAGL, Illinois, EUA em Advance Laparoscopic Surgery. Também é autor de diversos livros.

Make up free: 6 dicas para conquistar uma pele linda e dispensar a maquiagem

Dermatologista membro da Academia Americana de Dermatologia dá dicas valiosas para mulheres que desejam abandonar a maquiagem. Tratamentos cosméticos, nutracêuticos e com equipamentos podem ser usados para realçar a luminosidade natural e uniformização da face

Sair da casa sem um ponto de maquiagem, uma gota de corretivo ou mesmo uma base, é o anseio muitas mulheres. Mas, para a maioria delas, as manchas, rosácea, acne, danos causados pelo sol e melasma, entre muitas outras coisas, ainda geram dependência da pele facial pelos pigmentos. Mas a dúvida sempre fica: é possível ter uma pele perfeita sem recorrer ao make?

“Uma pele naturalmente bonita deve ser saudável e ter uma rotina de cuidados adequados a cada tipo, idade e época do ano. Independente da boa genética, bons hábitos de vida são pilares que promovem a beleza, saúde e longevidade. A alimentação equilibrada, sono de boa qualidade, exercícios regulares, baixa ingestão de bebida alcoólica e evitar o tabagismo são fundamentais para a manutenção da beleza da pele, além do uso de fotoprotetores adequados, que são os princípios elementares para prover saúde ao nosso corpo como um todo e, isto, claramente inclui seu maior órgão: a pele”, afirma a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

O passo a passo diário de cuidados com a pele e o hábito constante de visitar o seu dermatologista podem colaborar muito nesse processo de desistir das bases e pigmentos de uma vez por todas. A dermatologista lembra os principais cuidados:

Limpeza

demaquilante limpeza pele mulher

O rosto, pescoço e área do colo devem ser lavados de manhã e à noite para controle da oleosidade, retirada da sujidade e das nanopartículas de poluentes que ficam aderidas à superfície da pele. “Os sabonetes devem ter pH próximo ao da pele, sem amidas, sulfas ou parabenos e, de preferência, que apresentem na formulação extratos puros naturais em alta concentração como hamamélis, camomila, calêndula, aveia, malva grapefruit, entre outros”, afirma a médica. Após lavar, o uso de um esfoliante, duas vezes na semana, é bem-vindo. Ele deve conseguir retirar estas pequenas imperfeições do estrato córneo em mais de 50% com remoção de asperezas e microcomedos que ficam depositados no ducto de saída das glândulas sebáceas”, explica. A última etapa conclusiva do ritual de limpeza é a tonificação. “Estes produtos, apesar da nomenclatura tônico, podem ser calmantes, hidratantes, antioxidantes e adstringentes”. Os tônicos têm o papel de recuperar também o PH da pele, além das funções já descritas.

Hidratação com antioxidantes e fotoproteção

mulher usando protetor solar

Após lavar e tonificar pela manhã, é o momento de usar um sérum tensor com efeito lifting, hidratante, que promova ação antioxidante e de proteção à barreira cutânea. “Ácido ferúlico e um pool de Vitaminas podem estar na formulação, que é um booster de energia para a boa atividade celular principalmente para atuar da junção dermoepidérmica”, explica. “A seguir o uso de fotoprotetor sempre acima de FPS 30 E PPD sempre 1/3 do total da proteção solar com ação anti UVA”, recomenda. Fototipos mais claros devem aumentar a fotoproteção: FPS 50 no mínimo.

Tratamentos noturnos

mulher meia idade espelho grisalho rosto

Principalmente durante as épocas mais frias do ano, explica Claudia, à noite é o momento de seguir a prescrição do dermatologista e utilizar compostos à base de vitamina A ácida, alfa-hidroxiácidos e derivados associados a clareadores como hidroquinona, alfa arbutin, decapeptídeo e antioxidantes como o resveratrol a vitamina E e C, as antocianinas presentes nos frutos vermelhos, fatores de crescimento, dentre outras formulações específicas para cada caso, tipo de pele e idade. “O regime de tratamento utilizado é prescrito no receituário e pode variar de acordo com a necessidade da pele, o problema em questão, além do estilo de vida de cada paciente”, destaca.

Não esquecer de lábios e olhos

pexels protetor labial lábios
Pexels

A dermatologista lembra que lábios e olhos devem ser tratados com cremes com boa espalhabilidade que promovam a formação de filme na pele da região para maior proteção. “O produto para a região dos olhos deve ser usado duas vezes ao dia e a fórmula em questão adequada a cada idade com ação tensora, nutritiva, hidratante e capaz de melhorar a turgescência local, com hidratação e volumização”, conta. “Quanto aos lábios, para a hidratação das mucosas podemos utilizar substâncias emolientes como a manteiga de karité, a vitamina B5, a Vitamina E, ácido hialurônico, fosfolipídios e glicerina”, recomenda.

Nutracêuticos ajudam

nutraceuticos-em-dermatologia.png

Os nutracêuticos são fórmulas extremamente benéficas e que potencializam e muito a ação do tratamento tópico, explica a médica. “Eles atuam no combate aos radicais livres, ajudam a hidratar e recuperar a membrana de água e gordura sobre a pele, estimulam a elasticidade das fibras de colágeno e elastina, melhoram a perfusão para a microcirculação periférica, auxiliam na fotoimunoproteção do tecido cutâneo e são importantes no controle de patologias como melasma, dermatite atópica, rosácea e na melhora da condição estrutural de textura, coloração, tônus e viscoelasticidade”, destaca. “Estes produtos devem ser prescritos pelo especialista para cada caso clínico em questão e podem conter ativos como o colágeno peptídeo, Exsynutriment, Glycoxil, silício orgânico, carnosina, resveratrol, picnogenol, polipodium leucotomus, vitamina C, FC Oral, extrato de gengibre e extrato de green tea.”

Tratamentos em clínica

microagulhamento-pele

A curto prazo, os tratamentos em clínicas dermatológicas com lasers e radiofrequências podem ser indicados para resultados mais rápidos. “Os tratamentos mais indicados são o laser de CO2 fracionado com radiofrequência para face e pescoço, o microagulhamento de ouro com radiofrequência, entre outros que são indicados de acordo com a necessidade da pele do paciente”, finaliza.

Fonte: Claudia Marçal é  médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). É speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.

 

Saciedade precoce: por que me sinto cheio tão rapidamente?

Quando uma pessoa come, os receptores nervosos dentro do estômago percebem quando ele está cheio. Esses receptores, então, enviam sinais ao cérebro, que os interpreta como uma sensação de plenitude. Esse processo ajuda a evitar excessos.

No entanto, algumas pessoas podem se sentir cheias depois de consumir uma quantidade muito pequena de alimentos. Isso é conhecido como saciedade precoce. Com o tempo, a saciedade precoce pode levar a deficiências nutricionais e complicações de saúde associadas.

O que é saciedade precoce?

mulher prato dieta pinterest

Para manter níveis adequados de nutrientes, uma pessoa deve consumir uma quantidade adequada de calorias por dia. Esse valor varia de acordo com:

idade
sexo
altura e peso
nível de atividade
genes

A saciedade precoce ocorre quando uma pessoa não pode comer uma refeição de tamanho adequado ou se sente cheia após apenas algumas mordidas. Em curto prazo, isso pode levar a náuseas e vômitos. Em longo prazo, uma pessoa pode experimentar deficiências nutricionais e complicações de saúde associadas.

Sintomas

pão com geleia mordido.jpg

Os sintomas mais comuns da saciedade precoce incluem:

=incapacidade de consumir uma refeição completa e de tamanho adequado
sentindo-se cheio depois de comer uma quantidade muito pequena de comida
náusea ou vômito enquanto come;

=se a saciedade precoce é devida a uma condição médica subjacente, uma pessoa pode experimentar sintomas adicionais. Estes variam de acordo com a condição;

Em geral, uma pessoa deve conversar com um médico se a saciedade precoce for acompanhada de algum dos seguintes sintomas:

-dificuldade em engolir
-tosse seca
-dor de garganta
-gases
-inchaço
-arrotos
-indigestão
-dor no peito
-dificuldade para respirar
-náusea
-vômito
-dor de estômago
-ganho ou perda de peso
-fezes pretas e demoradas
-tornozelos inchados
-má cicatrização de feridas

Causas

barriga-inchada-gezonderleven

Existem muitas causas potenciais de saciedade precoce. Algumas são relativamente inofensivos, enquanto outras são muito mais graves. Segundo a Universidade Médica da Carolina do Sul, em Charleston, uma das causas mais comuns de saciedade precoce é a gastroparesia. Essa condição faz com que o conteúdo do estômago esvazie lentamente no intestino delgado.

Pessoas com gastroparesia podem apresentar os seguintes sintomas, além da saciedade precoce:

=inchaço
=náusea
=azia
=dor no estômago ou abdômen
=perda de apetite

Segundo os Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos, uma das principais causas da gastroparesia é o diabetes. Isso ocorre porque o diabetes pode causar danos aos nervos que afetam o estômago e como ele funciona.

Algumas outras causas potenciais de saciedade precoce incluem:

intestino-figado-corpo-elionas2-pixabay
Pixabay

=úlceras estomacais
=doença do refluxo gastroesofágico, em que o ácido do estômago sobe para o esôfago ou tubo alimentar
=obstrução da saída gástrica, em que os alimentos não podem entrar facilmente no intestino delgado
=síndrome do intestino irritável
=prisão de ventre
=fígado aumentado
=líquido no abdômen ou ascite
=câncer

Diagnóstico

Ao diagnosticar a saciedade precoce, os profissionais de saúde devem garantir que os sintomas não se devam a outro problema gastrointestinal. Para fazer um diagnóstico preciso, o médico registra o histórico médico da pessoa e realiza um exame físico. Ele também pode solicitar os seguintes testes para confirmar o diagnóstico ou descartar outras causas:

EXAME DE SANGUE MNT
MedicalNewsToday

-Hemograma completo: é um exame de sangue que ajuda a identificar o sangramento interno.
-Teste de fezes: esta é uma análise de fezes que ajuda a identificar o sangramento intestinal.
-Ultrassom abdominal: é uma técnica de imagem que usa ondas sonoras para procurar anormalidades no estômago.
-Série gastrointestinal superior: esta é uma técnica de imagem que usa raios-X para examinar o trato gastrointestinal.
-Endoscopia superior: técnica de imagem que utiliza uma pequena câmera para observar o interior do aparelho digestivo superior.
-Teste de esvaziamento gástrico: procedimento que utiliza os níveis de dióxido de carbono na respiração para avaliar a rapidez com que o estômago esvazia os alimentos.
-Cintilografia de esvaziamento gástrico: procedimento envolve comer uma refeição contendo uma pequena quantidade de uma substância radioativa. Uma varredura mostra a rapidez com que a comida se esvazia do intestino.
-SmartPill: uma cápsula ingerível que mede os níveis de pH, pressão e temperatura em todo o sistema gastrointestinal.

Tratamentos

Implantable neurostimulator / for gastric stimulation
Neuroestimulador Implantável Medtronic

As opções de tratamento para saciedade precoce dependem de sua causa subjacente. No entanto, alguns tratamentos gerais que um médico pode recomendar incluem:

=comer várias pequenas refeições ao longo do dia
=consumir alimentos em forma de purê ou líquido
=consumir menos fibra e gordura
=tomar medicamentos para ajudar a aliviar o desconforto estomacal
=usar estimulantes do apetite

Algumas causas de saciedade precoce podem exigir cirurgia. Dependendo do tipo e gravidade da condição subjacente, um médico pode recomendar um dos seguintes procedimentos:

=Estimulação elétrica gástrica: procedimento que envia pequenos pulsos de eletricidade ao estômago para ajudar a prevenir náuseas ou vômitos.
=Tubos de alimentação: são tubos que passam pelo nariz de uma pessoa e penetram no estômago. Eles permitem que a nutrição líquida contorne o esôfago.
=Nutrição parenteral total: este é um método de alimentação que usa um cateter para fornecer nutrição líquida diretamente a uma veia no peito.
=Jejunostomia:  método de alimentação que utiliza um tubo de alimentação para fornecer nutrientes diretamente para uma pequena parte do intestino.

Sumário

A saciedade precoce pode ser o resultado de uma condição benigna ou grave. Uma pessoa deve consultar seu médico se não puder comer uma refeição completa com frequência ou se se sentir cheia após apenas algumas mordidas.

Casos prolongados de saciedade precoce podem causar problemas como desnutrição e fome. Eles também podem levar a outras complicações de saúde associadas à má nutrição. Um profissional de saúde trabalhará para diagnosticar a causa da saciedade precoce. Tratar a causa subjacente pode ajudar a aliviar a saciedade precoce e evitar episódios futuros.

Fonte: Medical News Today

Dicas para o crescimento saudável dos cabelos

É possível conquistar um cabelo forte e saudável e, ainda, evitar a queda

Existem diversos tipos de cabelos, no entanto, alguns cuidados são comuns para garantir o crescimento de qualquer um com um aspecto vigoroso e muito mais bonito. Nem sempre um cabelo longo quer dizer que ele está saudável, por isso, é preciso estar atenta a pequenos hábitos do dia a dia, como:

– Atenção na hora de lavar, é importante utilizar somente produtos destinados àquele tipo de cabelo;
– Hidrate o cabelo, seja em casa ou no salão;
– Corte o cabelo regularmente, sempre com um profissional;
– Alimente-se bem;
– Beba água.

adelia-mendonça.jpeg

Tratamentos inovadores

Esses pequenos cuidados no dia a dia são essenciais para manter a saúde do cabelo, no entanto, é importante lembrar que é preciso usar produtos de qualidade e adequados para o seu tipo de cabelo. Por isso, o mercado da pesquisa e tecnologia de tratamentos capilares vem crescendo a cada dia.

Após anos de pesquisa para o fortalecimento e renovação capilar, nutrição do couro cabeludo e vitalidade dos fios, a Adélia Mendonça Cosméticos lançou o Hair + Ceuticals, uma linha capilar exclusiva no Brasil. Constitui em um tratamento avançado e biotecnológico que impulsiona o crescimento do cabelo mais forte, brilhante, bonito e resistente desde a sua origem.

Joielle Mendonça, Farmacêutica Industrial, Pós-Graduada em Ciência e Tecnologia de Cosméticos e responsável técnica da Indústria de Cosméticos Adélia Mendonça, afirma que a linha Hair + Ceuticals foi desenvolvida para fortalecer o crescimento capilar. “A linha atua com mais de dez mecanismos ativos diretos para o aprimoramento capilar. Assim o resultado são cabelos fortes, renovação celular, nutrição do couro cabeludo, estímulo da vitalidade e da proliferação de novos folículos”, aponta.

Além disso, a linha reduz os danos que provocam alterações estruturais na fibra, como a perda de nutrientes vitais, ressecamento e quebra dos fios. Ela também possui o Blend que estimula o crescimento do cabelo durante a produção capilar e a produção de fios, melhorando a densidade. Também promove ação anti-inflamatória que contribui contra as caspas e outros tipos de inflamações no couro cabeludo.

A linha é composta por:

kit-home-care-hair-ceuticals.jpg

– Skin + Jections Therapy Hair Booster: um sistema de estímulo e fortalecimento capilar nanoconcetrado.

– Hair Booster Therapy: shampoo nanotecnológico de crescimento capilar. – Photon Hair + Ceuticals: dispositivo capilar de estimulação fotônica, um método de terapia de luz que utiliza formas não ionizantes de fontes de luz no espectro visível e infravermelho.

Indicações
O uso da linha Hair + Ceuticals é indicado para todos que querem um cabelo bonito e saudável. Ainda produz eficácia comprovada contra a queda de cabelo.

Informações: Adélia Mendonça Cosméticos

 

Conheça quatro tipos de manchas na pele e como tratá-los

As manchas podem ter origem interna ou depender de fatores externos como a exposição solar. Produtos de tratamento devem primar pela renovação celular combinada com ação despigmentante e antioxidante

As manchas ou hipercromias ocorrem quando há produção excessiva de melanina (pigmento que dá cor à pele), o que confere à região afetada uma coloração mais escura que o restante do tom da pele ao redor.

“Essa coloração pode ser resultado de fatores externos, como a exposição solar excessiva, traumas na superfície cutânea ou até mesmo a utilização de certos medicamentos e uso de cosméticos inadequados. Como fatores internos, por exemplo, estão os de natureza genética, distúrbios endócrinos (hormonais), características raciais ou até mesmo fatores de fundo emocional”, explica Isabel Piatti, especialista em Estética e Cosmetologia, embaixadora do CIA — Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas, Membro do Conselho Científico da Academia Brasileira de Estética Científica – ABEC.

“As manchas, inclusive, podem ser causadas pela ação de cosméticos (como os que contém parabenos, justamente pela ação estrogênica da substância, assemelhando-se aqui à causa de origem hormonal”, completa a especialista. Com relação ao tipo, elas podem ser, segundo a especialista, melasma (ou cloasma), efélides (ou sardas), hiperpigmentação pós-inflamatória e melanose solar (ou mancha senil). Ela explica:

melasma 1

Melasma — dermatose caracterizada por manchas escuras ou acastanhadas (e geralmente com padrão bilateral), o melasma afeta principalmente mulheres em idade fértil com peles mais morenas e que residem em países de climas quentes. Pode estar localizado em áreas como a região centro facial, mentoniana, buço, malar e até mesmo em todo o rosto. “Afeta frequentemente mulheres grávidas, pessoas com propensão genética ou que usam anticoncepcionais à base de estrógeno. Essas manchas pigmentadas, em tom castanho, desenvolvem-se e aumentam de intensidade com a exposição solar que é estimulante da formação da melanina”, explica. Segundo a especialista, o melasma classifica-se em epidérmico, quando o depósito de melanina ocorre nas camadas basais e suprabasais da epiderme e, ocasionalmente, entre as células da camada córnea; dérmico, quando atingem a derme superficial e profunda; e misto, quando os dois coexistem no mesmo tecido. “Atualmente, os tratamentos de melasma levam em consideração o gerenciamento e controle da mancha. Além da radiação, pessoas com melasma devem estar atentas, também, à luz visível, aquela emitida por lâmpadas, pela tela do computador, TV, tablet e celular e também pelo sol, e que pode piorar as manchas”, completa.

melasma

Efélides — manchas castanho-claras que aparecem na infância, após exposição solar. “Com frequente caráter hereditário, aparece em ruivos e pessoas de pele clara”, explica Isabel.

hiperpigmentacao MNT
MedicalNewsToday

Hiperpigmentação pós-inflamatória — ocorre na pele após traumas ou processos inflamatórios como acne, dermatites, picadas de insetos, queimaduras, entre outros. Também é comum esse tipo de pigmentação em pós-procedimentos com lasers ablativos e mais agressivos, explica a especialista. “Costuma ser frequente nos pós-operatórios (cicatrizes) e os fototipos mais altos são os que apresentam maior tendência de serem atingidos”, completa.

solar melanosis basicmedical key
Basic Medical Key

Melanose solar —– manchas marrons variando de claras a escuras que surgem principalmente no dorso das mãos e antebraços em indivíduos com mais de 40 anos. “Fortemente relacionadas com a exposição solar sem a devida proteção ao longo da vida e com o envelhecimento cronológico, é mais comum em pessoas de pele e olhos claros”, comenta.

Tratamentos

Isabel explica que quanto mais profunda a localização do pigmento, mais difícil será o tratamento. “Para que o diagnóstico seja o mais preciso possível, é recomendado o uso da Lâmpada de Wood, que permite a visualização desse tipo de lesão e também ajuda a definir em que camada da pele se encontra a hipercromia”.

Para tratar as hipercromias o ideal, segundo a especialista, é combinar cosméticos que promovam a renovação celular – peelings, inclusive química (ácidos), com despigmentantes e ativos com finalidade inibidora, como os antioxidantes, sempre aplicados por profissionais especializados ou sob orientação dos mesmos.

“Essa sinergia é importante porque, no caso dos ativos de renovação celular expressiva e que provocam descamação, quando você associa o despigmentante, faz com que ele consiga penetrar mais facilmente”, explica. “Já o uso isolado do ácido de renovação celular remove apenas as manchas da camada superficial da pele, sem impedir que o melanócito (célula que produz melanina) continue produzindo pigmento em excesso”, conta.

pele peeling rosto mulher

Isabel sugere a combinação sinérgica de ativos como a Vitamina C estável e o Ácido Ferúlico, à ação despigmentante de compostos como o Skin Whitening Complex e o Belides. Outro ativo de destaque no tratamento de melasma e manchas inflamatórias é o ácido tranexâmico — por agir nos mensageiros celulares que causam a inflamação e consequentemente a mancha.

Cada um deles apresenta uma finalidade específica e muito importante no tratamento da hipercromia, mas Isabel complementa: “Um tratamento completo, para ser realmente completo, deve atuar em todas as etapas da formação da mancha. Não adianta usar produtos com apenas um ou outro ativo, e sim uma sinergia deles, pois é a associação que vai proporcionar o clareamento efetivo, agindo nos diferentes mecanismos e fases da mancha. Por isso indico produtos que contenham os ativos belides, ácido ferúlico, skin whitening complex, TGP2, antipollon e B-white”.

Sobre as fases de formação da mancha, Isabel esclarece que o tratamento deve atuar inibindo a formação da mancha, durante a sua formação e também depois, inclusive na absorção do excesso de melanina que se formou, descolorindo o pigmento já depositado na pele.

“Funciona mais ou menos assim: antes, reduzindo a Endotelina-1, responsável por formar a tirosinase – enzima que dá início à formação da melanina; durante, inibindo a formação da tirosinase; e depois, impedindo a transferência dos grânulos de melanina já formada para os queratinócitos (camada superficial), dando resultado mais rápido e de efeito long lasting, ou seja, prolongado. A associação cosmética também deve ser capaz de inibir tanto a pigmentação de origem genética quando a que se dá por fatores epigenéticos – ação do ambiente – como fotoexposição em excesso. Dessa forma será reduzida a hiperpigmentação da pele e irregularidades de cor, como manchas causadas pela idade ou excesso de sol”.

A profissional também faz um alerta com relação ao Hidroquinona. “Ainda encontramos muitos profissionais que fazem tratamento com base na Hidroquinona, porém seu uso é muito perigoso, porque o paciente pode ter a chamada hipopigmentação, que é caracterizada por uma despigmentação irreversível de uma área da pele. Quando usada por muito tempo, deixa-se de produzir melanina naquele local, e a pele fica com manchas esbranquiçadas, efeito também conhecido por ‘confete branco’”, alerta.

Fonte: Buona Vita

Asma ainda mata cerca de dois mil brasileiros por ano

A doença é a quarta maior causa de internação no país; desistência do tratamento é um problema a ser resolvido; cerca de 235 milhões de pessoas no mundo sofrem com este mal 

Fernanda-Young.jpg

A escritora, roteirista, atriz e apresentadora Fernanda Young faleceu na madrugada deste domingo, dia 25 de agosto, aos 49 anos, no sítio de sua família localizado em Gonçalves, Minas Gerais. Ela sofreu uma crise de asma seguida de parada cardíaca. Fernanda sofria de asma desde a infância.

A asma é uma doença grave. Responsável pela quarta causa de internação no Brasil e pela morte de duas mil pessoas por ano, a asma é definida como uma obstrução brônquica, geralmente ocasionada por um processo inflamatório. A asma pode ser alérgica e não alérgica. A mais comum e que atinge principalmente as crianças é a asma alérgica, desencadeada pelos alérgenos inalantes como poeira, ácaros, fungos e pólen.

Segundo estimativas da Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença atinge cerca de 235 milhões de pessoas em todo o planeta. Estudos apontam que a asma é responsável pela morte de dois milhões de pessoas no mundo.

Sintomas

Inflamação dos brônquios, provocando falta de ar, sibilância, tosse, dor no peito e opressão torácica. Os sintomas costumam ser desencadeados por infecções respiratórias, exercício e exposição a alérgenos.

Tratamentos

asma

Os dois tipos de asma têm tratamentos muito eficientes. Existe o tratamento sintomático ou de resgate, quando são utilizados os broncodilatadores. Para o tratamento de controle ou anti-inflamatório, as principais medicações são os corticoides inalados isolados ou associados a broncodilatadores de longa duração e ainda os antileucotrienos. Quando o controle não é obtido com estas medicações, geralmente é necessária a utilização dos corticoides orais. Entretanto, devido aos efeitos indesejáveis, esta classe terapêutica deve ser evitada.

Uma pesquisa recente, que contou com a participação da Asbai, apontou que 73% dos pacientes com asma admitem não seguir todas as recomendações médicas. “Cerca de 47% dos pacientes dizem que não usam a medicação de forma regular. Uma das barreiras é o alto custo dos remédios e a dificuldade de encontra-los na rede pública”, explica o presidente da Asbai, Flavio Sano.

A prática regular de exercícios físicos é fundamental para pacientes com asma sob controle, já que amplia a capacidade respiratória.

Novidades no Tratamento

Gustavo Wandalsen, Coordenador do Departamento de Asma da Asbai, conta que os medicamentos mais novos para asma são destinados para pacientes com as formas mais graves da doença. “Estes medicamentos, denominados imunobiológicos, devem ser utilizados para pacientes refratários ao tratamento farmacológico tradicional. Quando prescritos corretamente, são capazes de reduzir as exacerbações, os sintomas da asma, assim como melhorar a qualidade de vida e a função pulmonar”, relata o especialista.

Fonte: Asbai

Lumina Face clareia manchas, suaviza rugas e devolve brilho natural da face

Apesar das rugas serem consideradas as principais marcas do processo de envelhecimento, outras alterações, como manchas e flacidez, também surgem na pele com o passar da idade. Pensando nisso, a LMG traz ao Brasil o Lumina Face, novo procedimento da multiplataforma Solon capaz de tratar, na mesma sessão, as mais diversas consequências do envelhecimento do tecido cutâneo.

manchas-pele-sol-mulher

“Indicado para o tratamento de manchas, sardas, vasinhos, flacidez, rugas e poros abertos, o Lumina Face reúne o laser Erbium:YAG Pro Collagen com a luz intensa pulsada Expert Light para promover rejuvenescimento completo da face”, afirma o dermatologista Abdo Salomão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Segundo o especialista, o tratamento inicia-se com a aplicação do Pro Collagen, que age de maneira mais profunda e é capaz até de conferir volume ao tecido sem a necessidade de nenhum tipo de preenchedor. “Isso por que o equipamento age desde a camada muscular até a derme, retendo água na pele e hipertrofiando os tecidos. Dessa maneira, ele aumenta a espessura da derme, enrijece os músculos e aumenta o volume dentro das células, conferindo o aspecto volumizador”, explica o dermatologista.

“Além disso, o Pro Collagen estimula o fibroblasto a produzir colágeno, retificando as células e, consequentemente, melhorando a textura da pele e promovendo o fechamento dos poros e a suavização das rugas”, completa.

Em seguida, é realizada a aplicação do Expert Light, luz intensa pulsada focada no tratamento de manchas, sardas, vasinhos e outras alterações tanto de origem vascular quanto pigmentar. “O equipamento possui alta performance no clareamento de manchas e outras alterações pigmentares por atuar em diferentes profundidades da pele, sendo capaz de concentrar fótons em comprimentos de onda específicos, dessa forma agindo diretamente no alvo necessário, seja ele a hemoglobina ou melanina”, destaca o dermatologista.

O resultado é o rejuvenescimento global da pele do rosto, com melhora das manchas, sardas, vasinhos, rugas, dos poros abertos, marcas do tempo e flacidez. “Para chegar a estes resultados são recomendadas três sessões com intervalos mensais entre cada uma delas e com novas sessões sendo realizadas anualmente para manutenção dos efeitos do protocolo”, ressalta Salomão.

A vantagem do procedimento é o fato de não possuir downtime, possibilitando ao paciente retornar as atividades imediatamente, e exigir somente os cuidados básicos após o tratamento, sendo necessário apenas que se invista em proteção solar e evite se expor ao sol até que as marcas que surgem na pele em consequência do procedimento sumam, o que leva de quatro a cinco dias.

Studio portrait of an attractive mature woman posing against a grey background
iStockPhoto

“Porém, o procedimento é contraindicado para pessoas com a pele bronzeado e que sofrem de vitiligo ou outras doenças fotossensibilizantes. Dessa forma, o ideal é que você consulte um médico especializado antes de realizar qualquer tipo de procedimento”, finaliza o médico.

Informações: LMG – Laser Medical Group

Procedimentos para definir músculos, elevar glúteos e tratar gordura, varizes e estrias

Saiba o que há de mais novo para tratar alterações estéticas como gordura localizada, celulite, estrias e varizes

Definir os músculos, perder medidas e elevar os glúteos, tudo isso sempre pareceu uma tarefa árdua, mesmo para quem é acostumado a passar horas na academia. Mas agora, novas tecnologias prometem dar um empurrãozinho para que você tenha o corpo dos sonhos. Confira:

Trate gordura localizada, celulite e flacidez 

Celulite

Total Sculptor é o único equipamento do mundo a associar criolipólise, ultrassom macrofocado, corrente de estímulo muscular, radiofrequência multipolar e criofrequência para tratar de forma efetiva a gordura localizada, promover remodelação corporal e definir o músculo, além de atuar na firmeza da pele e contra a celulite. “O protocolo começa com o congelamento das células (criolipólise) de gordura com consequente morte celular. Mas na mesma sessão, logo após a criolipólise, algumas células de gordura ainda são destruídas por um potente ultrassom macrofocado, que potencializa muito a perda de gordura localizada”, afirma o dermatologista Abdo Salomão Jr, membro da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia). Enquanto isso, a corrente de estímulo muscular age, em uma tecnologia que faz a paciente ‘malhar’ de forma passiva. “Enquanto a paciente está parada, o equipamento começa a contrair e soltar o músculo várias vezes até fazer a definição da área muscular”. O médico enumera as vantagens: “Essa criolipólise é mais potente, já que tem vácuo mais intenso e área de congelamento maior; o ultrassom não dói porque vem logo depois da criolipólise e a gordura e os nervos estão congelados; não há cuidados especiais pós-tratamento e nem downtime, ou seja, após o procedimento, o paciente pode voltar normalmente para suas atividades normais; uma sessão é necessária para atingir os resultados”, completa.

Defina a musculatura e reduza medidas 

corpor fita metrica magra

A tecnologia do EmSculpt é a única que ajuda a construir músculos e queimar gordura. “A tecnologia não invasiva Hifem (High-Intensity Focused Electromagnetic) induz contrações musculares supramáximas não alcançáveis por meio de contrações voluntárias. Quando exposto a essas contrações, o tecido muscular é forçado a se adaptar a essa condição extrema. Ele responde com uma profunda remodelação do interior da estrutura que resulta em construção muscular e queima de gordura”, afirma a dermatologista Claudia Marçal, membro da SBD. Uma das novidades é que, além da definição muscular, o tratamento também é indicado para lifting não invasivo dos glúteos. São necessárias de quatro a seis sessões.

Apague estrias 

estrias

Eletroderme é uma radiofrequência microagulhada com excelentes resultados para estrias. No método, as agulhas ultrapassam a epiderme, emitindo ondas eletromagnéticas apenas nas camadas mais profundas da pele, preservando a superfície. Isso faz com que a temperatura da derme chegue até a 70ºC, estimulando a produção de colágeno e refazendo as fibras rompidas, explica Salomão. “A ação do Eletroderme provoca o estímulo da regeneração celular por meio do processo de cicatrização, a proliferação de células-tronco e estímulo da síntese de elastina, da neocolagênese (produção de colágeno) e angiogênese (proliferação de vasos sanquíneos)”, completa. São necessárias, em média, quatro sessões com intervalos mensais.

Eleve o glúteo

corpo mulher

O glúteo recebeu destaque no último congresso da academia americana de dermatologia e o mundo deseja copiar o padrão brasileiro. “Agora, resultados discretos de melhora do formato e elevação do glúteo são conseguidos com os bioestimuladores do colágeno, aplicados no ápice e lateral do bumbum. Para um efeito mais marcante, maior quantidade do produto é necessária e não há riscos nessa aplicação, já que o produto não reage com o nosso organismo”, afirma a dermatologista Kédima Nassif, também membro da SBD.

Trate as varizes 

varizes-pernas-veias- winzy lee shuttestock
Foto: Winzy Lee/Shuttestock

O procedimento Clacs utiliza laser não-invasivo e injeções de glicose, para aumentar eficácia do tratamento contra as varizes e reduzir os efeitos colaterais. “Com o método combinado, o laser pode ser aplicado com energia mais baixa (o que diminui a dor no tratamento) emitindo pulsos de luz que penetram no corpo do paciente e são absorvidos pelo sangue – agindo nas varizes sem causar dano à pele”, explica Aline Lamaita, cirurgiã vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Logo em seguida, a glicose é aplicada nos mesmos locais onde foi realizado o laser, potencializando seu efeito e secando as varizes. Sendo assim, o método inovador reduz a quantidade de sessões. “Outros tratamentos também podem ser indicados, dependendo do grau das varizes”, acrescenta. “Em apenas três sessões, é possível notar uma melhora significativa, de 70%”, comenta a médica.

Fontes:
Abdo Salomão Jr: doutorando em Dermatologia pela USP (Universidade de São Paulo). É sócio Efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Membro da Sociedade Brasileira de laser em Medicina e Cirurgia e da American Academy of Dermatology. Diretor da Clínica Dermatológica Abdo Salomão Junior.
Aline Lamaita: cirurgiã vascular e angiologista, é membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, do American College of Phlebology, e do American College of Lifestyle Medicine. Formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, a médica participa, na Universidade de Harvard, de cursos de pós-graduação que ensinam ferramentas para estimular mudanças no estilo de vida nos pacientes em prol da melhora da longevidade e qualidade de vida. A médica possui título de especialista em Cirurgia Vascular pela Associação Médica Brasileira / Conselho Federal de Medicina.
Claudia Marçal: médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). É speaker Internacional da Lumenis, maior fabricante de equipamentos médicos a laser do mundo; e palestrante da Dermatologic Aesthetic Surgery International League (DASIL). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.
Kédima Nassif: dermatologista e tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar. Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui Residência Médica em Dermatologia também pela UFMG; realizou complementação em Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal, transplante capilar pela FMABC e em Cosmiatria e Laser pela FMABC. Além disso, atuou como voluntária no ensino de Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo.