Arquivo da tag: vegano

Linha Lolita da The Body Shop ganha nova identidade visual e formulação vegana

A fragrância remete ao poder da feminilidade e sua constante evolução

The Body Shop, marca global que possui em seu DNA o ativismo em prol da diversidade e o empoderamento feminino, acompanha a evolução de suas clientes e renova a sua linha best-seller, deixando-a ainda mais atrativa, empoderada e intensa. A nova linha de Lolita passa a ser uma fragrância em sua melhor versão, está mais moderna, poderosa, premium e única, com nova identidade olfativa e visual para atender as amantes da alta perfumaria.

Com maior durabilidade de fragrância e hidratação, tanto o perfume quanto linha corporal foram reformulados e agora são livres de ingredientes de origem animal (100% veganos). Os produtos corporais continuam com sua deliciosa essência e sua incrível textura aveludada e tanto o shower gel como o hidratante são livres de silicones, deixando a linha mais sustentável e por um preço ainda mais competitivo.

Lolita evoluiu e se transformou em sua gota olfativa, com a adição de notas frutais como maracujá, frutas vermelhas e cítricos vibrantes. A floralidade do corpo é reforçada pela rosa e muguet, enquanto as notas talcadas e cremosas de fundo trazem uma sensação viciante.

“A The Body Shop como marca feminista luta para que mulheres e meninas possam atingir seu potencial máximo e ter orgulho de suas trajetórias. Acompanhando os movimentos de nossas consumidoras e suas histórias de evolução, nos inspiramos para evoluir juntas e empodera-las ainda mais. Entendemos que Lolita precisava se transformar, tanto os produtos quanto a comunicação. Evoluímos a fragrância que agora está mais elaborada e emponderada para atender o universo de fine fragrance. E também os produtos corporais com a mesma fragrância e textura aveluada, mas agora com fórmula 100% vegana e com um preço ainda melhor”, destaca Karina Meyer, diretora de marketing da marca para Brasil e América Latina.

Confira mais detalhes sobre os produtos:

Sabonete: fórmula vegana sabonete em barra vegetal, limpa a pele delicadamente deixando a pele limpa e perfumada. (100gr). Preço sugerido R$ 12,90

Shower hidratante corporal: sabonete líquido cremoso tem ativos hidratantes, envolve a pele em uma espuma cremosa, deixando a pele limpa e perfumada. Tem fórmula 100% vegana, com fragrância floriental doce. (250 ml). Preço sugerido R$ 45,00

Loção Hidratante: com fórmula 100% vegana, o hidratante mantém a pele hidratada por 24 horas após aplicação. Tem textura leve e de fácil absorção, além de uma fragrância envolvente que traz toda maciez e sensualidade à sua pele (250ml). Preço sugerido R$ 59,90

Deo Fragrância Lolita: a evolução de Lolita traz modernidade e sensualidade através das notas frutais de maracujá, frutas vermelhas e vibrantes cítricos. Essa nova fragrância floriental doce tem fórmula 100% vegana e traz uma sensação viciante de “quero mais”, provocando um clima especial para todos os momentos. (75ml). Preço sugerido R$ 99,00

Sérum desodorante áreas específicas: sérum foi formulado para reforçar toda a maciez e a sensualidade do corpo. Além de reter a umidade da pele, deixando-a aveludada e perfumada com uma fragrância floriental doce. Fórmula 100% vegana (50ml). Preço sugerido R$ 79,90

Creme para as mãos: creme de mãos é 100% vegano, hidrata e protege a pele das mãos deixando-a macia e perfumada com fragrância floriental doce (30ml). Preço sugerido R$ 25,90

A novidade está disponível nas lojas físicas e no e-commerce da marca.

Curseria lança curso sobre confeitaria saudável com Isabela Akkari

A jovem empresária irá compartilhar os principais segredos da culinária saudável por meio de curso online

Algumas pessoas acreditam ser impossível ter uma alimentação saudável incluindo doces no dia a dia, mas a Curseria, plataforma de cursos online que alia educação e entretenimento, irá desmistificar o assunto. Juntamente com Isabela Akkari, proprietária do Café et Patisserie, a primeira confeitaria saudável em São Paulo, localizada no Itaim Bibi e com uma unidade no Shopping Iguatemi, a empresa apresenta o curso “Confeitaria saudável: técnicas, bases e criação de receitas”.

Isabela Akkari é uma jovem empreendedora que decidiu largar o emprego em uma multinacional e seguir sua paixão por doces e um estilo de vida saudável. Em parceria com a Curseria, foi desenvolvido um conteúdo focado nas técnicas, bases e todo o processo de preparo dos doces, fazendo com que o aluno desenvolva autonomia e habilidade para criar as próprias receitas e ter um estilo de vida saudável. As pessoas que possuem algum tipo de restrição alimentar poderão aprender comer doces em segurança.

O curso engloba doces low carb, sem adição de açúcar, sem glúten, sem proteínas do leite animal e veganos, promovendo a inclusão no mundo da confeitaria. Outro viés importante do curso é o empreendedorismo: se o aluno tiver o sonho de abrir uma confeitaria saudável, ele vai encontrar no material as principais dicas sobre como iniciar o negócio.

São 5 horas de conteúdo divididas em 10 aulas + 1 aula extra especial sobre as influências e tendências do mercado de doces low carb. Um dos objetivos do curso é descomplicar os principais dilemas da confeitaria saudável, como substituição, proporção e função dos ingredientes, fazendo com que seja possível produzir doces sem adição de açúcares com a mesma textura e gosto de doces tradicionais.

Entender progressivamente as reações dos ingredientes e as substituições, desde o mise en place à apresentação, são os principais ganhos do material. Além disso, o curso conta com uma aula específica sobre tendências de mercado, ou seja, também foi desenhado para quem deseja abrir uma confeitaria saudável e não sabe por onde começar.

O aluno também vai descobrir as vantagens da confeitaria inclusiva e entender que é possível fazer doces saudáveis para voltar a sentir o prazer de consumir uma boa sobremesa, como é o caso dos portadores de diabetes, que muitas vezes precisam mudar radicalmente a alimentação por conta dos açúcares. Conhecer as funções e propriedades dos ingredientes para criar receitas com o mesmo sabor, textura e cor das originais é também um dos principais objetivos do curso.

“A confeitaria saudável é um desdobramento da confeitaria clássica, por isso requer muita prática, técnica e precisão. Queremos ensinar aos alunos como produzir doces com sabor, bem apresentáveis e ainda sim saudáveis, visando sempre a inclusão das pessoas que têm restrições alimentares, como é o caso dos diabéticos e celíacos. Além disso, para aqueles que buscam doces low carb, vamos ensinar como fazer seus próprios doces para fugir dos industrializados”, conta Danilo Ricchetti, cofundador da Curseria.

A Curseria se destaca por oferecer cursos online que além de ter grandes personalidades brasileiras como professores, abordam processos, técnicas e filosofias diversas que possibilitam a transformação de carreira e ampliação do conhecimento. Indo muito além do que já se conhece em EAD, a plataforma de conhecimento pode expandir o ensino com um público ilimitado, com flexibilidade de acesso e aproximando os estudantes dos profissionais renomados que ali, se tornam professores.

Informações: Curseria

Pesquisa mostra que 90% dos brasileiros têm interesse em alimentos vegetais

 Consumir produtos saudáveis é principal fator de atração

Estudo sobre hábitos de consumo divulgado recentemente pela Ingredion, líder mundial no mercado de soluções em ingredientes, mostra que 90% dos brasileiros se dispõem a ingerir alimentos derivados de plantas e vegetais (plant-based). É a taxa mais alta entre os países pesquisados (Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e Peru).

A pesquisa, feita em conjunto com a consultoria Opinaia, abordou também questões como qualidade de vida e sustentabilidade.

“Há um consenso geral sobre a importância da alimentação na qualidade de vida. Hoje, comer bem significa ser saudável. Por isso, no consumo de alimentos e bebidas, busca-se saudabilidade, indulgência e acessibilidade econômica, ao mesmo tempo em que há grande interesse em saber a origem dos ingredientes consumidos diariamente”, explica Marcelo Palma, Gerente da Plataforma de Plant- Based Protein, América do Sul da Ingredion. Nesse contexto, os alimentos vegetais têm um terreno fértil para se desenvolver.

Tendências e hábitos alimentares

Um dos pontos mais marcantes do relatório revela que, em 2020, mais de um terço dos Sul- Americanos se identificam com alguma alternativa alimentar atual, sendo que 37% dos entrevistados da região se reconhecem seguindo o veganismo, o vegetarianismo, o flexitarianismo ou o pescetarianismo; 80% consideram essas correntes mais saudáveis, 44% o adotam para prevenir doenças e 39% para ter opções mais variadas.

O estudo mostra que a predisposição para o consumo de alimentos derivados de plantas e vegetais é alta, contabilizando 89% de interessados. Os maiores países a apontarem esse interesse foram registrados no Brasil (90%) e Peru (89%). Já na Argentina, observam-se níveis de relevância um pouco mais baixos (78%), os quais 22% indicam diretamente que não têm interesse em consumir esse tipo de produto.

Em relação aos fatores de decisão, o principal motivo da compra de alimentos plant-based é o cuidado com a saúde (56%); depois, porque são mais nutritivos (28%) e para experimentar novos sabores (26%). No Brasil, Argentina, Chile e Peru, a possibilidade de ter opções variadas também se destaca.

No sentido oposto, nos países pesquisados, o principal motivo da não compra de alimentos plant-based está relacionado ao alto preço (59%). Quando falamos de aceitação de produtos, as categorias mais aceitas são: massas (74%), iogurtes (73%), biscoitos (69%) e sorvetes (69%).

Para entender melhor as barreiras do consumidor, os atributos que eles esperam são: preço acessível (61%), sabor agradável (57%) e facilmente encontrado nas prateleiras (32%).

Saúde e qualidade de vida

Foto: Pablo Merchan Montes/Unsplash

Em um contexto global sensibilizado pela pandemia da Covid-19, saúde e cuidados pessoais são os temas de maior interesse na região (42%). Com exceção da Argentina, nos demais países alcançados pela pesquisa, alimentação ou culinária figuram entre as 5 primeiras dimensões.

Dos entrevistados, 42% afirmam que saúde e cuidados pessoais são os temas de maior interesse em meio ao cenário da pandemia da Covid-19. Ainda 73% dos entrevistados da América do Sul afirmam que o tema “alimentação” lhes interessa muito. No Brasil, apenas 1% diz não ter interesse sobre o assunto.

O estudo mostra que 81% dos brasileiros se consideram satisfeitos com a saúde e também satisfeitos com a alimentação. Além disso, existe um consenso geral sobre a importância de se alimentar bem para ser saudável.

Em todos os países analisados, a alimentação é apontada como o aspecto mais relevante para o bom estado de saúde (65%), seguida da atividade física (47%).

Consumo e alimentação

Freepik

“A crise global provocada pela Covid-19 não só colocou a questão da saúde no radar da população, mas também tem provocado uma reflexão sobre sustentabilidade e impactos ao meio ambiente. Nesse sentido, a opinião pública brasileira não é diferente. Hoje os cidadãos-consumidores exigem qualidade e confiabilidade das suas marcas, além de saudabilidade e respeito ao meio ambiente”, analisa Marcelo Palma, Gerente da Plataforma de Plant-Based Protein, América do Sul.

Qualidade, saudabilidade e confiança são os três atributos mais levados em conta pelos consumidores na hora da compra de alimentos ou bebidas, segundo os indicadores do estudo. O brasileiro considera importante que as marcas informem sobre a origem dos ingredientes.

A nível regional, 67% dos entrevistados consideram a sustentabilidade das marcas muito importante, porém quando avaliamos a Argentina separadamente esse número cai para 45%, sendo a mais baixa dos países avaliados. No Brasil e Peru, mais de 70% exigem uma postura responsável da marca em relação à sustentabilidade. Na Argentina, apenas 58% consideram importante saber a origem dos alimentos, enquanto no Peru esse número sobe para 87%, seguido do Chile (74%) e Brasil (73%).

Tanto para alimentos em geral quanto para alimentos de origem vegetal, o sabor e a capacidade de reconhecer os ingredientes no rótulo são os atributos mais relevantes. No Brasil, o sabor é o fator mais importante para os alimentos em geral, com 43%, já para os alimentos de origem vegetal, esse número cai para 40%. Quando se trata de um alimento geral, 29% consideram importante reconhecer todos os ingredientes, enquanto para os de origem vegetal a importância cai para 25%.

Sobre a pesquisa

Foram ouvidas 5.705 pessoas nos 5 países, de 6 a 24 de março deste ano. No Brasil houve 1.545 entrevistas. A margem de erro é de 1,3 ponto percentual, para mais ou para menos.

Sobre Ingredion

Ingredion Incorporated, com sede em Chicago, é a fornecedora líder mundial para o mercado de soluções de ingredientes, com clientes em mais de 120 países e vendas anuais de quase US﹩ 6 bilhões. A empresa converte grãos, frutas, vegetais e outros materiais à base de plantas em ingredientes de valor agregado para as indústrias de alimentos, bebidas, nutrição animal, cervejaria, entre outras. Possui centros de inovação INGREDION IDEA LABS® em todo o mundo e mais de 11.000 funcionários. Junto com seus clientes, desenvolve soluções inovadoras para cumprir seu propósito de unir pessoas, natureza e tecnologia para melhorar a qualidade de vida.

Óleo de Rosa Mosqueta: aliado da pele seca e ressecada

Essa composição ajuda a atenuar estrias, manchas na pele e previne o envelhecimento

No mercado, encontramos diversos tratamentos para clarear a pele, sendo o fisioterapeuta dermatofuncional e o dermatologista o profissional mais indicado para recomendar o melhor tratamento. No entanto, qualquer que seja o método escolhido para clarear a pele, é importante destacar e adotar alguns cuidados como, aplicar protetor solar todos os dias e evitar ficar muito tempo exposto ao sol.

A busca pela pele linda e com viço é um desejo tanto de homens quanto mulheres. E um dos itens que vem ganhando os holofotes na rotina de beleza são os óleos essenciais e vegetais. Apesar de já ser bastante difundido e conhecido em outros continentes há muitos anos, o público brasileiro começou a dar destaque muito recentemente.

Uma das opções que tem grande notoriedade por seus benefícios é o Óleo de Rosa Mosqueta. Ou também conhecido como rosa rubiginosa, cientificamente, é de origem oriental e nasce em clima frio e chuvoso. A sua extração é feita com auxílio de uma prensa e sua composição é rica em ácidos graxos insaturados como: ácido oleico, linoleico e linolênico, também chamados de ômega 9 e ômega 6. Possui também vitamina A, B, C, E e K, além de conter muitos minerais como o potássio, ferro, cálcio, magnésio, e fósforo.

Trata-se de um arbusto que pertence à família das rosáceas, com flores brancas, rosadas ou avermelhadas. Quando as flores caem nasce um fruto na planta, dentro do qual estão as sementes que dão origem ao Óleo de Rosa Mosqueta.

Annette Meyer/Pixabay

Por ser um óleo rico em ácidos e vitaminas essenciais para a nossa pele, sua ação é anti-inflamatória, antioxidante e hidratante. Todos elementos que beneficiam a barreira lipídica do corpo e rosto, principalmente quando se trata de peles ressecadas, promovendo uma ação regeneradora e cicatrizante. Pode ser utilizado em situações como: queimaduras e assaduras; cicatrizações de feridas; tratamento de cicatrizes; minimização de estrias e celulite; psoríase e outras doenças de pele; hidratação da pele; rejuvenescimento da cútis; suavização das rugas e linhas de expressão.

Para pessoas que sofrem com cabelos e unhas quebradiças, o Óleo de Rosa Mosqueta também é uma excelente saída. Ele ajuda a repor os nutrientes perdidos e a dar mais força para essas partes do corpo. Cabelos secos ou danificados por excesso de química também contam a hidratação promovida pelo óleo. Para esse tratamento você pode usá-lo puro, aplicando diretamente sobre os fios, ou ainda através de cremes e xampus de tratamento capilar.

A Use Orgânico, loja multimarcas referência no mercado de produtos saudáveis e sustentáveis, selecionou através de sua criteriosa curadoria óleos de rosa mosqueta de marcas confiáveis.

• Óleo Vegetal Seleção Exclusiva Rosa Mosqueta da WNF


Indicado para peles secas ou ressecadas e é contraindicado em peles oleosas, mistas e acneicas. Produto 100% natural, vegano, contém embalagem de vidro âmbar com conta gotas. É rico em ácidos graxos – como ácido oleico, linoleico e linolênico – além de vitamina A e alguns compostos cetônicos. Pode ser utilizado diretamente na pele em áreas ressecadas, como pés, mãos, rosto, cicatrizes, manchas e pontos específicos com ressecamento. É um excelente protetor labial, além de ajudar a atenuar estrias, queloides, cicatrizes e rugas e linhas de expressão na pele, possuindo um potente efeito regenerador e emoliente sobre a pele. Serve também para diluir Óleos Essenciais.

• Óleo de Rosa Mosqueta da By Samia


Indicado peles ressecadas e com sinais de envelhecimento. Produto 100% puro e natural, se destaca pela sua composição rica em 80% de ácidos graxos essenciais (linoleico e linolênico), além de ácido graxo oléico, vitaminas A e C, possuindo excelente propriedade regeneradora celular, atuando na redução de cicatrizes causadas por feridas, queimaduras ou acnes, manchas de sol e do envelhecimento, linhas de expressão e estrias. Tem ótima ação hidratante, formando uma barreira contra a perda de água transepidérmica. Sendo assim, é um óleo extremamente nutritivo, cicatrizante e antioxidante usado tanto na prevenção e tratamento de manchas, cicatrizes e rugas. Pode ser usado puro no corpo e rosto ou diluído com Óleos Essenciais.

• Óleo Vegetal de Rosa Mosqueta da Arte dos Aromas


Ele é totalmente puro, vegano e prensado à frio. Sua fórmula não contém aditivos ou conservantes. Muito usado para auxiliar no tratamento de rugas, estrias e manchas, é um poderoso regenerador, clareador e rejuvenescedor para a pele, sendo ainda ótimo para dar brilho aos cabelos. É indicado para tratar estrias, rugas, manchas na pele causadas pelo sol ou idade e cicatrizes. Contraindicado o uso em peles oleosas, mistas e acneicas.
Para atenuar manchas, estrias e cicatrizes: aplique o Óleo Vegetal de Rosa Mosqueta na pele preferencialmente à noite e massageie até ser absorvido. Pela manhã, lave o rosto com sabonete e aplique protetor solar. Não exponha a pele ao sol utilizando o produto.
Para o tratamento e prevenção de rugas: aplique o Óleo Vegetal de Rosa Mosqueta no rosto, pescoço e colo à noite e lave pela manhã.
Como carreador para Óleos Essenciais: utilize uma colher de sopa de Óleo Vegetal de Rosa Mosqueta para cada 5 gotas de Óleo Essencial de sua preferência.

Sobre Uso Orgânico:

A Use Orgânico é referência no mercado por ser transparente na sua operação em todos os momentos. O cuidado se dá na seleção dos produtos, na verificação dos certificados e selos dos fabricantes, na gestão sustentável da empresa e no compartilhamento de conhecimento, para que todos os dias mais e mais pessoas possam fazer melhores escolhas, alicerçadas na educação e no autocuidado.

Informações: Use Orgânico – SAC 11 4200-7780

 

Dicas para fazer doces veganos

Especialista ensina a substituir leite, achocolatados e manteiga em receitas de guloseimas veganas

Eliminar alimentos de origem animal do cardápio como os veganos fazem não significa abrir mão do sabor, principalmente das sobremesas que representam uma tentação para muitas pessoas. Pelo contrário, fazendo escolhas inteligentes é possível preparar doces veganos saborosos e ainda saudáveis.

Chocolate em pó, manteiga, leite e ovo são alguns dos ingredientes de origem animal comumente utilizados em receitas de doces, mas fáceis de serem substituídos por opções veganas.

Abaixo a nutricionista da Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis, elenca dicas de ingredientes veganos para receitas de sobremesas:

Cacau em pó: os achocolatados comumente utilizados em receitas podem ceder lugar ao cacau em pó, que além de ser vegano, é mais saboroso e rico em ferro, potássio, fósforo, sódio e cálcio. “Como o sabor do cacau é mais forte, ele deve ser usado em menor quantidade do que o achocolatado”, recomenda.

Leite vegetal: algumas bebidas vegetais como leite de aveia, de coco e de arroz podem substituir o leite de vaca e até são mais nutritivos. É possível comprar esses produtos prontos em supermercados e empórios ou fazê-los em casa.

Canadutch

Banana: sim, apesar de parecer inusitado, ½ xícara de banana madura amassada substitui um ovo. “Por ter sabor marcante, a banana combina mais com receitas de bolos e panquecas. Já em outros preparos uma colher de sopa de bicarbonato de sódio e uma de vinagre branco podem cumprir o papel de um ovo na receita”, indica.

Manteiga: já existem algumas opções de manteigas veganas no mercado brasileiro como a de coco ou de amendoim, sendo está última conhecida também como pasta de amendoim e encontrada pronta em supermercados. “A pasta de amendoim harmoniza muito bem com cacau, por isso ambos podem ser combinados em uma única receita”, explica.

Fonte: Superbom

Dicas valiosas para reduzir o consumo de carne

Nutricionista explica como substituir a carne animal do cardápio

As mudanças de hábitos alimentares parece ser um dos principais objetivos dos brasileiros nos últimos anos. De acordo com pesquisa divulgada pelo Instituto Datafolha, em 2018, 63% dos brasileiros querem reduzir o consumo de carne.

Para ajudar quem faz parte desta estatística, Jessica Santos, nutricionista da Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis, lista algumas dicas para reduzir o consumo de carne e ter uma alimentação mais saudável:

Começar aos poucos: a melhor forma do organismo se acostumar com a nova alimentação é mudar gradualmente, começando por um dia da semana. “Quando tentamos introduzir novos costumes na rotina bruscamente há maior chance de não nos adaptarmos e desistirmos”, explica. “Carnes 100% plant-based que imitam a carne animal, além de serem enriquecidas com nutrientes, são algumas opções de alimentos que podem ajudar no novo hábito alimentar sem abrir mão do sabor e da nutrição”, sugere.

Ter refeições mais equilibradas: a nutricionista comenta que o consumo equilibrado de verduras, grãos, frutas e, principalmente, leguminosas, pode ser suficiente para suprir os nutrientes da carne.

Comer com moderação: para quem está acostumado a comer em grandes quantidades, reduzir as porções de comida aos poucos também ajuda a estabelecer o novo hábito. Outra dica é se alimentar nos horários certos, estabelecendo uma rotina. “Com isso, a pessoa evita a ingestão exagerada de alimentos quando for comer e até dos famosos snacks entre uma refeição e outra”, explica.

iStock

Preparar as refeições: outra dica é montar o próprio cardápio e até deixar marmitas prontas para a semana, tornando as refeições mais práticas durante o dia a dia. “Além disso, o hábito de cozinhar a própria comida ajuda na descoberta desse novo paladar e na criação de pratos diferentes de acordo com o gosto pessoal de cada um”.

Sugestão de produtos para quem busca reduzir o consumo de carne

O Burger Gourmet Vegan Superbom é semelhante ao de origem animal, porém feito à base de ervilha e saboroso, ideal para composição de lanches saborosos e nutritivos.

Outras opções de proteínas plant-based são: a minicoxinha vegana, a steak vegano sabor peixe e o frango vegano em pedaços. Todos feito à base de proteína da ervilha com características e sabor semelhantes dos produtos de origem animal.

Informações: Superbom

Aprenda a fazer hambúrguer gourmet vegano

Com diversas opções de substitutos da carne animal disponíveis nas prateleiras, as possibilidades de criar novos pratos veganos e saudáveis também aumentaram. Para ajudar na missão de diversificar o cardápio de quem deseja reduzir ou já eliminou o consumo de carne animal, a Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis, traz como sugestão a receita de hambúrguer gourmet vegano, um lanche saboroso e prático de fazer.

“Rica em proteína e em vitaminas A, B9 e B12, a receita ainda traz benefícios para a saúde quando consumida dentro de uma alimentação equilibrada”, aponta a nutricionista da Superbom, Jéssica Santos.

Hambúrguer Goumet Vegano

Ingredientes:
• 1 Burger Gourmet Vegan Superbom
• 1 pão de hambúrguer
• Folhas de rúcula e/ou alface
• 2 rodelas de tomate
• 2 fatias de queijo Vegan Cheese Gourmet Brie
• Cebola em rodela

Modo de preparo:
Em uma frigideira com um fio de azeite, frite o burger gourmet vegan e reserve. Depois, coloque o hambúrguer, o queijo brie vegano, a rúcula (e/ou alface) e a cebola no pão. Consuma enquanto estiver quente.

Rendimento: 1 lanche

Fonte: Superbom

Chef Lidi Barbosa ensina lanches saudáveis para aproveitar o feriadão

Hábitos saudáveis adquiridos na infância garantem mais qualidade na vida adulta. Ok, isso todo mundo sabe, certo? O grande desafio muitas vezes é colocar isso em prática. Mas se nem sempre é possível convencer os pequenos a trocarem a batata frita pela maçã, que tal oferecer um pão mais natural ou um bolo de cenoura com ingredientes mais saudáveis?

Esta é a proposta da chef funcional Lidi Barbosa, que ensina cada vez mais famílias a mudarem seus pratos levando alimentação saudável, sabores e paladares e, principalmente, seu conhecimento em relação àquilo que colocam na dispensa com o seu Projeto Crescer e Semear.

“O objetivo é despertar o olhar dos pais por meio das crianças para uma alimentação mais saudável, pois acredito que o que se aprende nos primeiros anos de vida levamos para a vida toda. A criança não vai sozinha ao supermercado, não tem o poder de decisão e nem paga conta. As crianças têm vontades, assim como os adultos, mas cabe a nós oferecermos as opções mais saudáveis, ensinando que podemos comer bolos, biscoitos e muitas guloseimas de uma forma natural e saudável”, dia a chef.

Lidi garante que preparações integrais, sem glúten, sem leite, sem soja e se houver a necessidade, sem açúcar também, podem ser muito saborosas. Confira abaixo quatro receitas que com certeza vão fazer sucesso na hora do lanche.

Empanadas

Ingredientes:
500g de farinha de trigo integral
150g de manteiga ghee
180 ml de água quente
8g de sal marinho moído

Modo de preparo:
Em uma panela esquente bem a água e dilua o sal.Desligue o fogo e derreta a manteiga.Em um bowl peneire a farinha e acrescente aos poucos a mistura da panela. Incorpore bem.
Não precisa de muita sova, mas, precisa estar bem lisa e homogênea. Deixe a massa coberta por um plástico na geladeira por 1 hora. Abra bem a massa. Corte e círculo recheie com recheio de sua preferência e feche, com um garfo ou cortador. Faça furinho na lateral da massa para não explodir. Leve ao forno 200ºC por 10 minutos. Nós ainda colocamos um queijinho por cima.

Bisnaguinhas Veganas

Ingredientes:
500g de farinha de trigo integral ou mix de farinha sem glúten
230g de bebida vegetal de castanhas ou coco
20g de fermento biológico
35g de açúcar mascavo
10g de sal marinho moído
80g de óleo de coco extravirgem
Melado de cana para pincelar

Modo de preparo:
Na batedeira coloque a farinha, o fermento seco e o açúcar. Acrescente a bebida vegetal e bata por 4 minutos em velocidade baixa e depois por 8 minutos em velocidade média. Acrescente o sal e o óleo de coco e bata 4 minutos na velocidade alta. Faça uma bola com a massa e deixe descansar em um bowl untado com óleo de coco. Cubra com plástico filme e faça furinhos no plástico. Deixe por 1 hora. Ao final desde tempo, enfarinhe a bancada e divida a massa em 14 porções iguais. Cubra com pano e deixe descansar por 15 minutos. Faça bolinhas com as mãos e já coloque em uma assadeira enfarinhada, deixe espaço entre eles. Pincele por cima melado de cana misturado com óleo de coco. Deixe descansar novamente por 1 hora. Asse em forno preaquecido a 180ºC por 20 minutos. Retire do forno, coloque em uma grade, espere esfriar.

Brigadeiro de Colher

Ingredientes:
500 ml de leite de coco ou qualquer leite que seja a matéria-prima e água
200g de chocolate 70% ou chocolate ao leite de coco sem açúcar refinado
20g de óleo de coco extravirgem

Modo de preparo:
Derreta o chocolate em banho maria com o óleo de coco e coloque em uma panela com o leite. Mexa bem até desgrudar do fundo da panela. Leve ao congelador por 30 minutos.

Bolo de Cenoura

Ingredientes:
2 cenouras médias
1 xícara de óleo de girassol (você pode usar coco extravirgem)
3 ovos
1 xícara de açúcar demerara ou 2 maças cozidas e processadas com casca
1 1/2 xícara de farinha de trigo integral
1 colher de sopa de fermento para bolo

Modo de preparo:
Bata as cenouras com o óleo e os ovos. Bata por 3 minutos. Acrescente as maçãs ou o açúcar. Bata mais 3 minutos. Peneira farinha em um bowl e misture a massa do liquidificador. Acrescente o fermento e leve ao forno 180ºC por 35 minutos. Coloquei uns chocolatinhos.

Fonte: Lidiane Barbosa trocou uma especialização com foco na carreira jurídica pelo curso de técnicas em gastronomia na Escola de Restauració I Hostalatge, de Barcelona, em 2002. Fez pós-graduação e outras especializações. Em 2015, teve a oportunidade de expandir seus conhecimentos estudando na Le CordonBleu, em Paris. Estudou no Natural Gourmet Institute, em Nova York, Escola Jamie Oliver, em Londres e Matthew KenneyCulinarySchool em Venice Beach. Presidente e Idealizadora do Projeto Crescer e Semear (desde 2015), realizado pela ONG – Instituto Alice Henrique de Campos Gonçalves, também presidido pela mesma.

Vult lança linha de maquiagem para atender todos os tons de pele da mulher brasileira

 

Com mais de 20 tons de base e 10 tons de pó compacto, a linha Basic foi criada a partir de um estudo profundo com consumidoras brasileiras de diversos tons de pele

Pensando em trazer mais diversidade para o portfólio de produtos, Vult apresenta a nova linha, Basic, desenvolvida a partir de um estudo de cores realizado junto ao Grupo Boticário em Recife – cidade com maior diversidade de tons de pele do Brasil, onde mais de 90 consumidoras foram entrevistadas.

A nova régua foi definida a partir da orientação de Vanessa Bento, pesquisadora especialista em cores dentro do Grupo, ao qual Vult pertence. Também fizeram parte do estudo os profissionais da área de Desenvolvimento de Produto do Grupo Boticário e a equipe de marketing de Vult para entender a percepção das consumidoras na hora da aplicação dos novos produtos. O estudo também revelou que 80% da população feminina do Brasil, possui pele morena, parda ou negra.

Linha Basic

 

A base líquida Basic é um produto multifuncional que pode ser utilizado como base e corretivo e possui 24 tonalidades – de peles claras a retintas. O produto oferece alta cobertura e promove aparência mais natural para a pele, além de proporcionar um efeito matte, tendência que cresce nas maquiagens atualmente.

O pó compacto Basic conta com 12 tonalidades e é ideal para finalização da maquiagem. Confere um aspecto aveludado à pele e sela a maquiagem com efeito matte. Tanto a base quanto o pó são livres de parabenos, óleos e sem testes em animais.

A máscara de cílios Basic 3 em 1 proporciona volume, alongamento e definição. Conta com aplicador cilíndrico de silicone, o qual preenche os fios da raíz às pontas. Não forma grumos e proporciona efeito black, além se ser livre de parabenos.

Vegano, também livre de parabenos, com visor central e textura cremosa, o batom Basic 2 em 1, pode ser usado como blush. O produto desliza facilmente sobre os lábios e possui 12 tonalidades.

Preços sugeridos:
Base Basic 2 em 1 – R﹩ 19,90
Pó compacto Basic 2 em 1 – R﹩ 15,90
Máscara para cílios Basic 3 em 1 – R﹩ 18,90
Batom Basic 2 em 1 – R﹩ 9,90

Informações: Vult Cosméticos – SAC (11) 4736-8890 sac@vult.com.br

Prato colorido é mesmo sinônimo de alimentação saudável?

Nutricionista da Superbom desmistifica os conceitos da crença popular e explica os benefícios de uma refeição mais elaborada no dia a dia

Não é de hoje que o prato colorido é um dos conceitos mais discutidos na nutrição moderna. O incentivo à sua inclusão na alimentação das pessoas surgiu com força quando, em 1991, o programa “5 ao Dia” foi implementado nos Estados Unidos a partir da aliança de diversas instituições de saúde.

Apoiado pela Organização Mundial da Saúde, o programa que estimula o consumo diário de cinco porções de hortaliças, legumes e frutas de diferentes cores foi amplamente disseminado ao redor do mundo até chegar no Brasil, difundido pelo Instituto Brasileiro de Orientação Alimentar, é até hoje uma pauta em alta nos consultórios de nutricionistas.

Cyntia Maureen, nutricionista parceira da Superbom, marca alimentícia focada na produção de produtos saudáveis, explica que, quando fala-se em prato colorido, deve-se considerar principalmente os alimentos in natura como frutas, verduras e legumes. Segundo a profissional, além de nutrientes essenciais, esses alimentos contam também com compostos bioativos e fibras que são os responsáveis pela ação protetora do organismo, sendo ideal que em todas as refeições frutas ou vegetais crus tenham presença confirmada.

“Quando o prato é colorido naturalmente, e não com conservantes ou corantes alimentares, nós temos uma grande quantidade de nutrientes e substâncias funcionais que vão trazer diversos benefícios para nossa saúde. E isso inclui a prevenção do câncer e de doenças crônicas não transmissíveis, o aumento da imunidade e a melhora na qualidade de vida” explica Cyntia.

No entanto, ainda existe uma dúvida geral sobre quais alimentos de fato devem estar presentes em um prato colorido. Segundo a nutricionista, para que seja nutricionalmente equilibrado, ele deve conter vegetais crus ou cozidos e assados, carboidratos (de preferência os integrais) e proteínas animais e vegetais. No caso de uma alimentação vegetariana, é importante atentar-se ainda mais à inclusão de fontes de proteínas vegetais na dieta. As leguminosas como feijões, grão de bico, lentilha e ervilha são uma ótima alternativa para aqueles que não comem carne, proporcionando-os uma alimentação que favorece a saciedade e supre as necessidades do organismo.

Mas será que um prato tão elaborado e com tantos elementos é superior em valores calóricos? Segundo Cyntia, não necessariamente. Com mais vegetais e frutas, o prato colorido tende a ser até menos calórico, dependendo do que se coloca nele. Ela explica que folhas como couve e agrião, por exemplo, têm uma quantidade de nutrientes acima da média e valor calórico baixo, mas reitera a importância de não se prender apenas às calorias do alimento, mas focar principalmente nos nutrientes presentes nos mesmos.

Ainda segundo a nutricionista, a variedade de alimentos é fundamental para criar novos estímulos ao organismo, fazendo com que ele trabalhe da forma mais eficiente e protetora possível.

“Não tenha medo de ‘comida de verdade’! Desfrute das cores que a natureza nos oferece e ganhe a vida que está contida nos alimentos vivos. Cuidado com os produtos ultra processados que encontramos nos mercados, pois muitos dizem ser saudáveis, mas na realidade, não são. Fique atento aos rótulos e prefira sempre aqueles que são feitos com produtos naturais, como é o caso da Superbom. Estes são feitos com base em alimentos de verdade para que você tenha uma alimentação equilibrada e saudável!”.

Sugestão de produtos disponíveis no catálogo da Superbom para turbinar suas refeições:

Frango Vegano em Pedaços à Base de Ervilha

O Frango Vegano à base de ervilha Superbom é uma inovação para o mercado vegetariano. Depois da versão ovolactovegetariana, demos um upgrade e apresentamos a versão de frango vegano que substitui o frango de carne animal. Enriquecido com vitaminas A, B9 e B12, bem como dos minerais ferro e zinco, o frango vegano pronto é prático e permite excelentes combinações na elaboração de diferentes receitas, como aperitivos, saladas ou pratos quentes. Com textura macia e sabor único, o frango sem carne animal vem em pedaços e está disponível em embalagem de 400g.

Suco de Uva Integral 1 litro

O suco de uva integral Superbom é um produto 100% natural, produzido a partir de uma única variedade de uva: a Isabel. Tendo características próprias e extremamente marcantes dessa uva, esse saboroso suco de uva tem um sabor único desde 1925. Excelente como acompanhamento para refeições, lanches, também é indicado para pré e pós treino, o suco de uva integral Superbom é uma bebida saudável que oferece muitos benefícios à saúde e também está disponível em 300 ML ou 1 L.

Suco de Tangerina Integral 1 litro

O Suco de Tangerina Integral da Superbom é um suco produzido 100% da fruta, feito especialmente para quem deseja ter uma vida mais equilibrada. Saboroso, o suco de tangerina é uma bebida saudável feita a partir de frutas selecionadas que oferecem a doçura característica da tangerina somada ao valor energético da vitamina C, ajudando a prevenir inflamações no sistema respiratório.

Geleia de Amora

Além da qualidade, a geleia de amora dá um toque especial aos pratos, é fonte de fibras solúveis, importante na atuação reguladora do intestino. E para aqueles que praticam atividades físicas, também são excelentes fontes de energia. Geleia 100% fruta de amora com sementes.

Geleia de Morango com Chia

Além da qualidade, a geleia de morango com chia dá um toque especial aos pratos, é fonte de fibras solúveis, importante na atuação reguladora do intestino. E para aqueles que praticam atividades físicas, também são excelentes fontes de energia. Geleia 100% fruta de morango com chia.

Fonte: Superbom