Arquivo da tag: vegetariano

Conheça o rodízio de hambúrguer vegetariano

Localizado em Moema, a hamburgueria aposta em um rodízio de mini-hambúrgueres fofos.

O dia do vegetarianismo está chegando e a Mais Burguinho tem um cardápio inteiramente adaptado para os vegetarianos, trazendo opções diversificadas para todos os gostos.

A casa é conhecida por ter rodízios de mini-hambúrgueres, milk-shakes servidos em uma boia de unicórnios e por seu drive-in inaugurado em julho. Alguns dos lanches que fazem parte do cardápio vegetariano são: MB Veget Falafel (pão, burguer de Falafel, queijo prato, maionese artesanal, alface e tomate) e o MB Veget Alho-Poró (pão, burguer de alho-poró, cream cheese, tomate seco e rúcula).

O preço é o mesmo que o de carne, R$ 49,90; no drive-in é R$ 60,00 de terça a sexta e R$ 65,00 nos fins de semana.

Mais Burguinho: Alameda dos Anapurus, 1991 – Moema – São Paulo. Telefone: 11 94593-1890
Salão: terça a domingo – das 18h às 23h e, aos sábados, das 14h às 23h
Drive-in: sexta, sábado e domingo: das 19h às 23h59

Dicas valiosas para reduzir o consumo de carne

Nutricionista explica como substituir a carne animal do cardápio

As mudanças de hábitos alimentares parece ser um dos principais objetivos dos brasileiros nos últimos anos. De acordo com pesquisa divulgada pelo Instituto Datafolha, em 2018, 63% dos brasileiros querem reduzir o consumo de carne.

Para ajudar quem faz parte desta estatística, Jessica Santos, nutricionista da Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis, lista algumas dicas para reduzir o consumo de carne e ter uma alimentação mais saudável:

Começar aos poucos: a melhor forma do organismo se acostumar com a nova alimentação é mudar gradualmente, começando por um dia da semana. “Quando tentamos introduzir novos costumes na rotina bruscamente há maior chance de não nos adaptarmos e desistirmos”, explica. “Carnes 100% plant-based que imitam a carne animal, além de serem enriquecidas com nutrientes, são algumas opções de alimentos que podem ajudar no novo hábito alimentar sem abrir mão do sabor e da nutrição”, sugere.

Ter refeições mais equilibradas: a nutricionista comenta que o consumo equilibrado de verduras, grãos, frutas e, principalmente, leguminosas, pode ser suficiente para suprir os nutrientes da carne.

Comer com moderação: para quem está acostumado a comer em grandes quantidades, reduzir as porções de comida aos poucos também ajuda a estabelecer o novo hábito. Outra dica é se alimentar nos horários certos, estabelecendo uma rotina. “Com isso, a pessoa evita a ingestão exagerada de alimentos quando for comer e até dos famosos snacks entre uma refeição e outra”, explica.

iStock

Preparar as refeições: outra dica é montar o próprio cardápio e até deixar marmitas prontas para a semana, tornando as refeições mais práticas durante o dia a dia. “Além disso, o hábito de cozinhar a própria comida ajuda na descoberta desse novo paladar e na criação de pratos diferentes de acordo com o gosto pessoal de cada um”.

Sugestão de produtos para quem busca reduzir o consumo de carne

O Burger Gourmet Vegan Superbom é semelhante ao de origem animal, porém feito à base de ervilha e saboroso, ideal para composição de lanches saborosos e nutritivos.

Outras opções de proteínas plant-based são: a minicoxinha vegana, a steak vegano sabor peixe e o frango vegano em pedaços. Todos feito à base de proteína da ervilha com características e sabor semelhantes dos produtos de origem animal.

Informações: Superbom

Prato colorido é mesmo sinônimo de alimentação saudável?

Nutricionista da Superbom desmistifica os conceitos da crença popular e explica os benefícios de uma refeição mais elaborada no dia a dia

Não é de hoje que o prato colorido é um dos conceitos mais discutidos na nutrição moderna. O incentivo à sua inclusão na alimentação das pessoas surgiu com força quando, em 1991, o programa “5 ao Dia” foi implementado nos Estados Unidos a partir da aliança de diversas instituições de saúde.

Apoiado pela Organização Mundial da Saúde, o programa que estimula o consumo diário de cinco porções de hortaliças, legumes e frutas de diferentes cores foi amplamente disseminado ao redor do mundo até chegar no Brasil, difundido pelo Instituto Brasileiro de Orientação Alimentar, é até hoje uma pauta em alta nos consultórios de nutricionistas.

Cyntia Maureen, nutricionista parceira da Superbom, marca alimentícia focada na produção de produtos saudáveis, explica que, quando fala-se em prato colorido, deve-se considerar principalmente os alimentos in natura como frutas, verduras e legumes. Segundo a profissional, além de nutrientes essenciais, esses alimentos contam também com compostos bioativos e fibras que são os responsáveis pela ação protetora do organismo, sendo ideal que em todas as refeições frutas ou vegetais crus tenham presença confirmada.

“Quando o prato é colorido naturalmente, e não com conservantes ou corantes alimentares, nós temos uma grande quantidade de nutrientes e substâncias funcionais que vão trazer diversos benefícios para nossa saúde. E isso inclui a prevenção do câncer e de doenças crônicas não transmissíveis, o aumento da imunidade e a melhora na qualidade de vida” explica Cyntia.

No entanto, ainda existe uma dúvida geral sobre quais alimentos de fato devem estar presentes em um prato colorido. Segundo a nutricionista, para que seja nutricionalmente equilibrado, ele deve conter vegetais crus ou cozidos e assados, carboidratos (de preferência os integrais) e proteínas animais e vegetais. No caso de uma alimentação vegetariana, é importante atentar-se ainda mais à inclusão de fontes de proteínas vegetais na dieta. As leguminosas como feijões, grão de bico, lentilha e ervilha são uma ótima alternativa para aqueles que não comem carne, proporcionando-os uma alimentação que favorece a saciedade e supre as necessidades do organismo.

Mas será que um prato tão elaborado e com tantos elementos é superior em valores calóricos? Segundo Cyntia, não necessariamente. Com mais vegetais e frutas, o prato colorido tende a ser até menos calórico, dependendo do que se coloca nele. Ela explica que folhas como couve e agrião, por exemplo, têm uma quantidade de nutrientes acima da média e valor calórico baixo, mas reitera a importância de não se prender apenas às calorias do alimento, mas focar principalmente nos nutrientes presentes nos mesmos.

Ainda segundo a nutricionista, a variedade de alimentos é fundamental para criar novos estímulos ao organismo, fazendo com que ele trabalhe da forma mais eficiente e protetora possível.

“Não tenha medo de ‘comida de verdade’! Desfrute das cores que a natureza nos oferece e ganhe a vida que está contida nos alimentos vivos. Cuidado com os produtos ultra processados que encontramos nos mercados, pois muitos dizem ser saudáveis, mas na realidade, não são. Fique atento aos rótulos e prefira sempre aqueles que são feitos com produtos naturais, como é o caso da Superbom. Estes são feitos com base em alimentos de verdade para que você tenha uma alimentação equilibrada e saudável!”.

Sugestão de produtos disponíveis no catálogo da Superbom para turbinar suas refeições:

Frango Vegano em Pedaços à Base de Ervilha

O Frango Vegano à base de ervilha Superbom é uma inovação para o mercado vegetariano. Depois da versão ovolactovegetariana, demos um upgrade e apresentamos a versão de frango vegano que substitui o frango de carne animal. Enriquecido com vitaminas A, B9 e B12, bem como dos minerais ferro e zinco, o frango vegano pronto é prático e permite excelentes combinações na elaboração de diferentes receitas, como aperitivos, saladas ou pratos quentes. Com textura macia e sabor único, o frango sem carne animal vem em pedaços e está disponível em embalagem de 400g.

Suco de Uva Integral 1 litro

O suco de uva integral Superbom é um produto 100% natural, produzido a partir de uma única variedade de uva: a Isabel. Tendo características próprias e extremamente marcantes dessa uva, esse saboroso suco de uva tem um sabor único desde 1925. Excelente como acompanhamento para refeições, lanches, também é indicado para pré e pós treino, o suco de uva integral Superbom é uma bebida saudável que oferece muitos benefícios à saúde e também está disponível em 300 ML ou 1 L.

Suco de Tangerina Integral 1 litro

O Suco de Tangerina Integral da Superbom é um suco produzido 100% da fruta, feito especialmente para quem deseja ter uma vida mais equilibrada. Saboroso, o suco de tangerina é uma bebida saudável feita a partir de frutas selecionadas que oferecem a doçura característica da tangerina somada ao valor energético da vitamina C, ajudando a prevenir inflamações no sistema respiratório.

Geleia de Amora

Além da qualidade, a geleia de amora dá um toque especial aos pratos, é fonte de fibras solúveis, importante na atuação reguladora do intestino. E para aqueles que praticam atividades físicas, também são excelentes fontes de energia. Geleia 100% fruta de amora com sementes.

Geleia de Morango com Chia

Além da qualidade, a geleia de morango com chia dá um toque especial aos pratos, é fonte de fibras solúveis, importante na atuação reguladora do intestino. E para aqueles que praticam atividades físicas, também são excelentes fontes de energia. Geleia 100% fruta de morango com chia.

Fonte: Superbom

 

Por que deveríamos adotar uma dieta à base de vegetais?

Mais do que nunca, manter uma alimentação mais verde deveria fazer parte de nossa vida cotidiana não apenas para melhorar a nossa saúde, mas também para ter mais sustentabilidade

Nos últimos anos, cada vez mais pessoas estão aderindo à ideia de reduzir o consumo de carne e manter uma alimentação à base de vegetais, também conhecida como plant-based diet. Para se ter ideia, uma pesquisa recente realizada nos Estados Unidos com 2 mil pessoas mostra que 71% delas estão dispostas a incorporar alimentos plant-based no dia a dia. Além disso, 53% afirmaram que as carnes já não compõem a maior parte do cardápio e outros 23% se consideram flexitarianos por consumirem carnes apenas em alguns dias da semana.

Aqui no Brasil, os números seguem a mesma tendência. De acordo com dados da Sociedade Vegetariana Brasileira, 14% da população já se declara vegetariana, o que equivale a 30 milhões de pessoas. Um aumento de 75% desde 2012.

Essa mudança de comportamento acontece por vários motivos. Além de ser uma alimentação livre de colesterol e relativamente baixa em gorduras saturadas, a proposta traz um apelo ecológico por se tratar de alimentos que consomem menos água e energia para serem produzidos, além de ter menor emissão de carbono.

No caso dos norte-americanos, a pesquisa mostra que “contribuir com o meio ambiente” é o principal fator para 40% dos entrevistados deixarem a carne de lado, seguido pelo fato de pais serem guiados pelas escolhas de seus filhos que estão deixando de consumi-la (36%) ou a busca das pessoas por se sentirem mais éticos em suas escolhas alimentares (30%). Ainda segundo a pesquisa americana, boa parte dessas pessoas (65%) buscam fontes de proteína vegetal ao consumir barras de proteína e shakes e 56% das pessoas entrevistadas obtêm proteína por meio da ingestão de alimentos conhecidos por serem uma alta fonte de proteína.

Entre os pontos de atenção para quem segue uma alimentação sem carne está o consumo adequado de proteína, que deve ser de cerca de 1g por quilo de peso* – quantidade que precisa ser maior no caso dos esportistas. No entanto, cada vez mais pessoas tomam consciência de que as dietas à base de plantas não são desprovidas desse nutriente.

Nesse quesito, a proteína isolada da soja se destaca pelo seu alto valor biológico, já que possui todos os aminoácidos essenciais e tem excelente biodisponibilidade, ou seja, é bem aproveitada pelo organismo. Por este motivo, ela é cada vez mais incluída em alimentos que vêm atender as necessidades desse público.

Seja verde

Salada grega

De acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, a produção mundial de alimentos precisará aumentar em cerca de 70% para ser suficiente para todas as pessoas até 2050. E, para dar conta dessa demanda, precisará superar questões ambientais, como a disponibilidade de terra, água e recursos energéticos.

A agência ainda aponta que a criação de animais para consumo de carne, ovos e leite é responsável por gerar 14,5% dos gases de efeito estufa, sendo a segunda maior fonte de emissões e maior que todos os meios de transporte combinados.

Não é à toa que entidades, como a The American Society of Clinical Nutrition (Sociedade Americana de Nutrição Clínica), orienta desde já que a maioria das pessoas adote uma dieta à base de plantas. Afinal, além dos benefícios nutricionais oferecidos pelas proteínas vegetais, há várias vantagens ambientais sendo, assim, mais sustentável:

1. Exige menos água

horta cenouras
Foto: Pixabay

A produção de proteína isolada de soja, por exemplo, usa muito menos água do que a carne de porco ou bovina. Para se ter ideia, são 38 litros por kg de proteína vegetal produzida, enquanto a carne exige mais de 1.600 litros de água por quilo.

2. Tem menor emissão de carbono

mulher fertilizando jardim plantas freepik
Freepik

A produção de proteína isolada de soja emite de oito a 80 vezes menos carbono do que a carne bovina e outras proteínas de origem animal, incluindo gases, como dióxido de carbono e metano. São 2,4 kg em comparação a 178 kg.

3. Faz o uso mais eficiente da terra

mulher podando plantas jardim poda leek garden
São necessários 8 m2 de terra por quilo da proteína vegetal em comparação com 1.311 m² de terra para a carne bovina.

Confira o infográfico com os dados da pesquisa:

info

*Reference: Román, D. D. L., Guerrero, D. B., & Luna, P. P. G. (2012). Dietoterapia, nutrición clínica y metabolismo. Ediciones Díaz de Santos.

 

Rede de fish & chips brasileira é primeira a vender “peixe” vegano no Brasil

O “Fakie Fish”, do Sirène Fish & Chips, é feito a partir da proteína texturizada de soja e está disponível nas lojas da rede nas cidades de Balneário Camboriú, Curitiba e São Paulo

Receita típica da Inglaterra, o fish n’ chips está conquistado o paladar dos brasileiros e, agora, ganha uma versão vegana na descolada rede Sirène Fish & Chips. O “Fakie Fish” é a incomparável e surpreendente aposta da rede para os clientes que reduziram ou não consomem proteína animal. Feito à base de soja não transgênica, o preparo utiliza técnicas chinesas aprimoradas pelos séculos.

Fakie and Chips (2) (002)

Dados da última pesquisa Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), divulgada em 2018, apontam que cerca de 30 milhões de brasileiros já se declaram vegetarianos, cerca de 14% da população. Segundo a mesma pesquisa, nas regiões metropolitanas de São Paulo, Curitiba, Recife e Rio de Janeiro, esse valor sobe ainda mais, chegando a 16%.

A releitura do fish n’ chips, intitulada “Fakie n’ Chips”, leva o “Fakie Fish” acompanhado pelas deliciosas batatas do Sirène. O preparo exclusivo será comercializado nas unidades da rede espalhadas pelo Brasil com preços a partir de R$ 33,00. “É a nossa manobra para a galera que não curte muito carne voltar a se sentir em casa no Sirène”, comenta o sócio fundador da rede Sirène, Alexandre Lopes. Além do “Fakie n’ Chips”, entram no cardápio molhos, também veganos, e o Sandufish, tradicional sanduíche do empreendimento que ganha uma versão vegetariana.

“Estamos confiantes, pois além de resgatar clientes antigos que deixaram de frequentar o Sirène por falta de opção vegana/vegetariana (mas que ainda gostam da nossa atmosfera), também poderemos atender outros tipos de público que talvez nunca chegassem a conhecer nosso empreendimento. Nos tornaremos, assim, um lugar ainda mais democrático e aumentaremos a diversidade”, complementa Lopes.

Fakie and Chips (4) (002)

A origem do “Fakie”

Nos esportes de prancha, a palavra “fakie” significa andar para trás com a cauda ou “rabeta” voltada à direção da viagem. Comumente usada em conjunto com o nome de uma manobra, como “fakie ollie” ou “fakie to fakie 900”, o termo dá a entender que a manobra foi realizada de forma correta, porém com sentido contrário. As manobras realizadas de fakie geralmente recebem uma maior pontuação nos campeonatos por conta do grau de dificuldade elevado.

No universo do skate, a palavra dá sentido ao que não é normal, que não é usual ou que é incomum, ou seja, algo autêntico. Além disso, a palavra “fake”, de grafia similar, significa “falso” em inglês e, atualmente, é usada para denominar contas ou perfis usados na internet para ocultar a identidade real de um usuário.

Fakie and Chips (3) (002)

Dessa forma, o peixe vegano do Sirène foi batizado de “fakie” para fazer essa conexão com o universo do skate que a marca já está inserida e, também, dar sentido ao peixe que não é proveniente do animal, podendo ser entendido como um “peixe falso”.

“Identificamos a necessidade de oferecer ao nosso público alguma outra opção vegana além de apenas batatas fritas. Percebemos que, a cada dia que passa, temos mais pessoas adeptas ao vegetarianismo e veganismo que deixam de frequentar o Sirène por um tempo, por falta de opções. Nós já tínhamos essa vontade, mas levamos cerca de dois anos para encontrar substitutos ideais de proteína não animal, que atendessem as nossas exigências de qualidade. Agora, em parceria com a Germinou, incluímos esse surpreendente alimento feito de à base de soja não transgênica ao nosso cardápio”, finaliza Lopes.

Fakie and Chips (1) (002)

O “Fakie n’ Fish” está disponível nas unidades de Balneário Camboriú (SC), Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

Informações: Sirène

Aprenda a preparar hambúrguer de palmito

Que tal apostar em receitas práticas, que não demandem muito tempo na cozinha? Pensando nisso, a Sacciali, marca de alimentos gourmet focada na gastronomia italiana, separou uma receita de Hambúrguer de Palmito, ideal para ser saboreado com uma salada leve. Confira:

Hambúrguer de Palmito Sacciali

Ingredientes:
• 2 Palmitos Sacciali picados
• 1 colher de sopa de pimentão vermelho
• 1 colher de sopa de cebolinha fresca picada
• 2 colheres de sopa de cebola picada
• 1 colher de sopa de Mostarda Gourmet Sacciali
• 1 colher de chá de alho picado
• 1 colher de sopa de farinha de berinjela
• 1 clara de ovo
• Fio de Azeite Premium Sacciali
• Pimento do reino a gosto

Modo de preparo:
Em uma panela adicione o fio de Azeite Premium Sacciali e doure o alho e a cebola. Em seguida junte o Palmito Sacciali. Desligue o fogo e acrescente o pimentão e a Mostarda Gourmet Sacciali e tempere com sal e pimenta. Em seguida, adicione a farinha de berinjela e misture até dar consistência. Coloque a cebolinha e a clara e mexa até obter uma massa homogênea. Acomode a massa em três aros iguais para hambúrguer ou molde com as mães e coloque em uma assadeira untada. Leve para assar em fogo média, preaquecido por 40 minutos. Sirva com salada.

hamburguer palmito

Fonte: Sacciali

Receita vegetariana de Arroz Cremoso com Ervilhas Predilecta

Prato saudável promete agradar a todos os paladares

Nos últimos anos, as receitas veganas e vegetarianas ganharam muito mais espaço no mercado da gastronomia. Apesar das diferenças entre as duas vertentes, uma característica em comum é que, tanto quem segue uma alimentação vegetariana quanto vegana não consome carne. Marcas e restaurantes vêm modificando a sua forma de preparar e produzir os alimentos, buscando atrair consumidores que aderem a esse estilo de vida.

ervilhas

A Predilecta conquistou a certificação de conformidade de produtos veganos. O selo, emitido pela Sociedade Vegetariana Brasileira, garante a origem vegana dos produtos. Entre os alimentos que ganharam a certificação está o dueto (milho e ervilha) em conserva, ervilha em conserva e milho verde em conserva.

Para celebrar a certificação, a Predilecta preparou uma receita vegetariana de Arroz Cremoso 7 Grãos com Ervilha em Conserva Predilecta, confira:

Arroz Cremoso com Ervilhas Predilecta

arroz ervilha vegetariano

Ingredientes
• 1 colher de sopa de azeite
• ½ cebola médica picada
• 1 xícara de chá de cenoura picada em cubos
• 1 lata de Ervilha em Conserva Predilecta
• 1 litro de caldo de legumes (usando 2 cubos de caldo de legume)
• 1 xícara de chá de arroz, tipo 7 grãos
• 2 colheres de sopa de requeijão
• ½ xícara de vinho branco seca
• ½ xícara de chá de parmesão

Modo de Preparo
Em uma panela larga, adicione um fio de azeite e refogue a cebola em fogo alto, até que fique transparente. Junte o arroz 7 grãos e misture. Deixe-o refogando durante 5 minutos, mexendo sempre. Acrescente o vinho branco e mexa até que evapore. Acrescente o caldo de legumes aos poucos e mexa. Quando chegar na metade do caldo, adicione a cenoura e continue mexendo. Quando o arroz estiver quase no ponto e a água quase seca, adicione a Ervilha em Conversa Predilecta. Quando o arroz estiver no ponto, desligue a panela, acrescente o requeijão e o parmesão. Sirva quente.

Fonte: Predilecta

Delivery para veganos, vegetarianos e pessoas com restrição alimentar

Com refeições, petiscos e guloseimas, redes de alimentação querem atender o máximo de consumidores no período de reclusão

Com as medidas de isolamento por conta da Covid-19, redes de alimentação estão investindo na modalidade de entrega (delivery) para continuar atendendo o máximo de consumidores. Para isso, além dos cardápios tradicionais, também oferecem pratos e guloseimas para pessoas com algum tipo de restrição alimentar, veganos e vegetarianos. Conheça o que algumas marcas entregam pelos principais aplicativos de comida, através de app próprio ou por pedidos feitos diretamente nas unidades.

Espetto-Carioca
Espeto vegano com linguiça e carne 100% vegetais

Espetto Carioca, rede de bares e restaurantes é reconhecido pelo extenso e variado cardápio, mas como o próprio nome sugere, a especialidade da casa são mesmo os espetos. Entre os destinados aos vegetarianos e veganos estão os de abobrinha, berinjela, mussarela de búfala com tomate seco, brócolis, palmito com tomate seco e rúcula, além do misto com carne e linguiça 100% vegetal.

Mr-Fit
Burguer Fit feito com hambúrguer vegano

No Mr. Fit – primeira rede de fast food de alimentação saudável do país – dá para pedir o Burguer Fit feito com hambúrguer vegano, molho de mostarda, cebola roxa, rúcula, tomate seco no pão integral com gergelim, para acompanhar há diversos sucos funcionais e a sobremesa fica por conta do açaí. A rede também vende marmitas congeladas, caso o cliente se interesse em ter refeições saudáveis a sua disposição a qualquer momento.

Casa-de-Bolos (1)
Com zero lactose, o bolo funcional de cacau da Casa de bolos

O lanchinho da tarde fica por conta da Casa de Bolos, rede pioneira no segmento de bolos caseiros, que traz entre os mais de 100 sabores, os bolos: diet e integral de laranja, limão, maçã e maracujá; além das opções zero lactose, como os de cenoura, banana com canela e funcional de cacau.

Pizza-Prime
Estupenda é uma das mais pedidas na rede Pizza Prime

Para fechar a noite, a recomendação são as redondas veganas da rede Pizza Prime, como a Calabra Cream (calabresa e cheddar veganos), Estupenda (requeijão gourmet vegano, abobrinha, tomate cereja e castanhas salpicadas) e a Oriental feita com um mix de shitake e shimeji, champignon, gergelim branco, cream gourmet e pimenta biquinho. Para quem curte a versão doce, experimente a Choco Cream, com chocolate 0% açúcar, castanha e cerejas.

Seara expande venda da linha de produtos 100% vegetais para todo país

A marca é a primeira grande empresa alimentícia a oferecer uma linha completa de abrangência nacional aos flexitarianos

Estudo publicado pela Euromonitor aponta que o mercado de substitutos de carne já representa 19,5 bilhões de dólares em todo o mundo. Entre o público-alvo desse segmento, que deve crescer entre 6,8% e 9,4% até 2025, estão os flexitarianos, consumidores que passaram a diversificar suas dietas com alternativas a produtos de origem animal. No Brasil, 30% dos brasileiros já se declaram flexitarianos ou vegetarianos.

De olho nesse novo perfil de consumo, a Seara Alimentos desenvolveu uma linha completa de produtos com proteína 100% vegetal. Lançada globalmente em dezembro, a Linha Incrível Seara agora está disponível em todo o Brasil. O portfólio conta com hambúrguer (sabores carne e frango), empanado, kibe e carne oriental, e, recentemente, as opções de escondidinho e salsicha se juntaram à família – dois dos produtos mais requisitados pelos consumidores de proteína vegetal.

Feitos a partir de proteína de ervilha e soja, os produtos são enriquecidos com ferro e vitamina B12 e contêm a exclusiva Biomolécula i, que lhes garante sabor e textura de carne. A ampliação do portfólio da marca, um dos maiores players mundiais de alimentos, vem na esteira da mudança de hábito dos consumidores, carentes de novas opções alimentares à base de proteína vegetal.

A Linha Incrível Seara surge com o objetivo de fortalecer o mercado de proteína vegetal e de consolidar a empresa no segmento, atendendo a diversos públicos. “Os clientes e consumidores de todo o País passam a ter a opção de uma linha inédita totalmente vegetal”, diz José Cirilo, diretor executivo de Marketing e Trade Marketing da Seara Alimentos. “Hoje existe um jeito novo para tudo e, com a alimentação, não é diferente. É um novo jeito de sentir sabores incríveis”, completa.

Por meio de parcerias, a Linha Incrível Seara também pode ser encontrada em redes de restaurantes, estádios e grandes varejistas, como Allianz Parque, Applebee’s, Rodeio, Detroit’s Steakhouse, Habib’s e Subway, entre outros.

Sobre a Linha Incrível Seara

De hambúrgueres a pratos prontos, a Linha Incrível Seara possui sete produtos de origem vegetal com sabor e textura de carne, feitos com plantas e enriquecidos com ferro e vitamina B12, sem lactose e sem derivados de ovos e leite, zero gordura trans. Outra exclusividade é que a linha não contém grãos transgênicos.

Conheça os produtos:

burger

• Incrível Burger – sabores Carne e Frango (452 g – 4 unidades): são feitos à base de ervilhas, não contêm derivados de ovo e leite, fonte de fibra, zero gordura trans, 18 gramas de proteína por unidade;

empanado

• Incrível Empanado (300 g): não contém carne, sem derivados de ovo e leite, zero gordura trans, fonte de fibra, 12 gramas de proteína por porção;

kibe

• Incrível Kibe (300 g – 6 unidades): não contém carne, sem derivados de ovo e leite, zero gordura trans, 13 gramas de proteína por unidade;

AF SEARA LASANHA PRES E QUEIJO CV

• Incrível Oriental (350 g): não contém carne, sem derivados de ovo e leite, zero gordura trans, fonte de fibra, 18 gramas de proteína por porção;

salsicha

• Incrível Salsicha (240 g – 3 unidades): não contém carne, sem derivados de ovo e leite, zero gordura trans, 15 gramas de proteína por unidade;

caixa-escondidinho

• Incrível Escondidinho (350 g): não contém carne, sem derivados de ovo e leite, zero gordura trans, fonte de fibra, 13,2 gramas.

Informações: Seara – SAC 0800 472 425 

Primeira “Superbom Aberta” de 2020 acontece em março

Evento realizado no próximo dia 8 terá mais de 150 alimentos saudáveis com valores promocionais

No dia 8 de março, domingo, a Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis, abre as portas para comercializar mais de 150 produtos com descontos de até 50%, durante a primeira edição de 2020 da “Superbom Aberta”. O evento ocorre na sede da empresa, zona sul de São Paulo.

Superbom Aberta - Março 2020 - 1

As proteínas vegetais com características idênticas às da carne animal são os destaques das promoções, incluindo o Burger Gourmet, o Frango em pedaços e a Coxinha. Os queijos, muito procurados pelos consumidores, também estarão na promoção, disponíveis nos sabores Brie, Cheddar, Parmesão, Mussarela e outros.

“Além de encontrarem todo o portfólio de produtos da marca à preços mais baratos do que os praticados nos pontos de venda, os consumidores também terão degustação dos itens e food truck de lanches saudáveis e saborosos”, informa o diretor de marketing da Superbom, David Oliveira.

A fábrica da Superbom está localizada no Capão Redondo, em São Paulo. O evento ocorrerá no dia 8 de março, domingo, das 8 às 16 horas, com estacionamento gratuito.

Superbom Aberta - Março de 2020

“Superbom Aberta”
Local: Rua Domingos Peixoto da Silva, 245 — Capão Redondo/ SP
Data e horário: 8 de março, das 8h às 16h
Estacionamento gratuito