Arquivo da tag: vegetariano

Opções saborosas para aproveitar a “segunda sem carne”

Eliminar totalmente a carne das refeições não é uma tarefa fácil para a maioria das pessoas. Por isso, o movimento “Segunda sem Carne” vem ganhando cada vez mais adeptos. A campanha incentiva retirar a proteína animal pelo menos um dia na semana, além de conscientizar a população sobre o impacto do consumo de carne. Para os que entraram no movimento, há ótimas opções nos cardápios dos restaurantes de São Paulo. Confira:

Lolla.jpg

No restaurante Lolla, no Itaim, há entradas para compartilhar e pratos principais com um sabor único em sua maioria finalizados na parrilla e pit de defumação. Vale destacar a abóbora e cebola na brasa, hommus, dukka (R$ 25), a Tortilha de berinjela (R$ 18), servida em duas unidades com salsa de tahine, picles de couve flor, sumak e o Quiabo na brasa, missô e malagueta (R$ 17). De principal o chef prepara o arroz de cogumelos e ovo frito (R$ 49).

imakay.jpg

Para começar bem a semana, no Imakay – restaurante oriental com influência da cozinha peruana, também no Itaim – como prato principal, o tempura de vegetais (R$ 41) e a degustação de sushis (R$ 49) são apenas uma opção da sessão ”Go Veggie” que o endereço oferece.

kibe vegano.png

Conhecido pelos seus pratos orgânicos, o Le Manjue possui uma parte do cardápio somente com sugestões Plant Based, conceito usado para dietas baseadas em vegetais, grãos e alimentos na sua forma de origem. A sugestão é o Kibe vegano que é preparado com quinoa, painço e sorgo, envolvidos em biomassa de banana verde, suco de cambuci, cebola, hortelã, salsa e especiarias, servido com bionese de avocado e alecrim. Acompanha salada de folhas verdes com molho de cebola confit em caramelo de balsâmico, legume da estação ralado, tomatinhos frescos e amêndoas (R$ 50).

nobu.png

No icônico restaurante Nobu, nos Jardins, a chef Leticia Shiotsuka criou opções como Couve Flor Jalapeño, Salsa e Soy Salt (R$ 34); Nasu Misu (R$ 34), feito à base de berinjela e missô, produzido a partir da fermentação de arroz, cevada e soja com sal; New Style Sashimi de Tofu (R$ 26) e Vegetais da Estação com Spicy Garlic (R$ 38).

Bruno Lima – Palmito Pupunha
Foto: Bruno Lima

Localizado no Bixiga, o Jamile, uma das casas de Henrique Fogaça, prepara para o dia do detox as carnes, um palmito pupunha assado com óleo de castanha do Brasil e manjericão (R$ 28), para começar. O prato principal fica por conta do risoto de cogumelos com azeite e couve crocante (R$ 75).

noma sushi

O Noma Sushi desembarcou em São Paulo diretamente de Florianópolis trazendo em sua bagagem um menu diferenciado, com ingredientes da Ilha. As apostas são o Shimeji ou Shitake Vegano, feito com cogumelos salteados no óleo de coco, shoyu e sake (R$38); o Temaki Vegano, com brócolis, shimeji, edamame e tofu (R$ 36), além do Roll vegetariano, com shimeji e aspargo, laminados com abacate (R$ 32). Para finalizar, o Petit Gateau Fit para sobremesa, elaborado com chocolift Essential, cacau 100% puro barry callebaut, whey protein isolado, óleo de coco, adoçantes 100% naturais e 12% de proteína (R$ 22).

su restaurante
Inaugurado há poucos meses no Shopping Pátio Higienópolis, o restaurante Su também oferece opções sem carne em seu cardápio: o tradicional Aguêdofu – tofu empanado (R$ 19) e gunkans veganos de brócolis (R$ 16), edamame (R$ 16), shimeji (R$ 28) e wakame (R$ 29), entre outros.

Estrogonofe vegano.png

Se for ao Santo Grão, a sugestão é experimentar o menu assinado pela influencer Roberta Ferraz que possui alguns pratos veganos. De entrada, a sugestão é a salada Thai de legumes, que leva spaghetti de cenoura e abobrinha ao molho de shoyu de coco (R$ 33). Para o principal, vale apostar no estrogonofe vegano de palmito e cogumelos, com arroz de couve flor e chips de batata doce (R$ 47), livre de proteína animal. Para a sobremesa, o pavê na taça granola low carb é uma boa pedida e leva creme branco, morango e ganache de chocolate (R$ 28). O cardápio está disponível apenas na unidade do Itaim.

tadeu brunelli Ummi Finnest Sushi
Foto: Tadeu Brunelli

Aberto recentemente no bairro do Itaim Bibi, o Ummi Finnest Sushi também é opção para quem procura pratos sem carne. Em seu cardápio, o Shoujin Auge, o tempurá vegetariano (R$ 38) é a opção para quem quer aproveitar o movimento.

Marcio Shaffer - Gunkan de shimeji, edamame e brócolis
Foto: Marcio Shaffer

O restaurante Kitchin, com unidades no Itaim e no Shopping JK, oferece um menu vegano com diversas opções. Para começar, salada preparada com mix de legumes, mix de folhas, tofu e moyashi (R$ 25). Nos temakis, a sugestão é o de shitake (R$ 20). Grande variedade de niguiris integram o cardápio, como o de cenoura (R$ 12), de milho (R$ 15) e de aspargos (R$ 16). Para completar, a sobremesa fica por conta da Mousse de Chocolate Vegano, feita à base de tofu (R$ 21).

 

Torteria oferece receitas veganas, vegetarianas e fits

A marca amplia a seção do cardápio dedicada a diferentes públicos, com novidades salgadas e doces que podem ser encontradas em três endereços

O cardápio da Torteria cresceu. Além das receitas tradicionais, que incluem tortas, quiches e sugestões doces, a marca agora dedica toda uma seção aos públicos vegano e vegetariano, além de criar alternativas saborosas para quem costuma optar por uma alimentação mais leve, natural e saudável.

As tortas são oferecidas em três tamanhos – individual, médio ou grande. Entre as opções veganas, que têm massa à base de dois tipos de farinhas – grão de bico e arroz –, gergelim, linhaça, azeite e sal, estão a caprese (R$ 17,00 a porção individual), com tomatinho assado, creme de tofu com ervas e manjericão, e a vegetais (R$ 21,00 a porção individual), com cogumelo Paris, berinjela defumada, cebola caramelizada, espinafre e homus.

Já as novidades fit, preparadas com massa integral, incluem receitas como a torta fit queijos (R$ 16,00 a porção individual), recheada de mussarela light, ricota, tomate assado e manjericão, a rústica verde (R$ 19,00 a porção individual), com abobrinha, aspargos, creme de ricota e manjericão, tomatinho e limão siciliano, e a torta de frango proteica (R$ 19,00 a porção individual), que leva frango desfiado, leite de coco, especiarias e homus.

A turma da boa forma também conta com duas receitas para adoçar a vida. Com massa-base de farinha de amêndoas, aveia, açúcar de coco e óleo de coco, a torta de frutas vermelhas (R$ 15,00 a porção individual) traz geleia de frutas vermelhas adoçada com xylitol; já a torta de chocolate 80%, que leva a mesma base, recebe recheio de ganache de chocolate e é finalizada com praliné de macadâmia preparado com açúcar de coco.

Veja abaixo a lista de novidades:

Torta Fit/Veganas

Torta fit queijos – Individual R$ 16,00. Média R$ 64,00. Grande R$ 112,00.
Massa integral com mussarela light, ricota, tomate assado e manjericão

Torteria_3

Torta vegana caprese – Individual R$ 17,00. Média R$ 68,00. Grande R$ 116,00.
Massa vegana com tomatinho assado, creme de tofu com ervas e manjericão

Torta vegana palmito – Individual R$ 18,00. Média R$ 74,00. Grande R$ 132,00.
Massa vegana com palmito, cenoura, abobrinha, tomate, ervas e creme de alho poró

rustica fit abobrinha aspartgo.jpg

Torta fit rústica verde – Individual R$ 19,00. Média R$ 78,00. Grande R$ 138,00.
Massa integral com abobrinha, aspargos, creme de ricota com manjericão, tomatinho e limão siciliano.

Torteria_2

Torta fit frango proteica – Individual R$ 19,00. Média R$ 78,00. Grande R$ 138,00.
Massa integral com frango desfiado, leite de coco, especiarias e homus

vegana cogumelos

Torta vegana vegetais – Individual R$ 21,00. Média R$ 84,00. Grande R$ 150,00.
Massa vegana com cogumelo Paris, berinjela defumada, cebola caramelizada, espinafre e homus.

torteria 3

Torta de frutas vermelhas – Individual R$ 15,00. Pequena R$ 76,00. Média R$ 123,00. Grande R$ 158,00.
Massa de farinha de amêndoas, aveia, açúcar de coco e óleo de coco com geleia de frutas adoçada com xylitol.

torta vegana choco

Torta de chocolate 80% – Individual R$ 16,00. Pequena R$ 88,00. Média R$ 129, 00. Grande R$ 172,00.
Massa de farinha de amêndoas, aveia, açúcar de coco e óleo de coco, ganache de chocolate e praliné de macadâmia feito com açúcar de coco

A Torteria
Higienópolis: Rua Sabará, 585
Morumbi: Rua Dos Três Irmãos, 654
Pinheiros: Central de Encomendas – Rua Fradique Coutinho, 39

Receita de hambúrguer de jaca

A chef Letícia Zinher, da Garden HamBargueria, desenvolveu um hambúrguer de jaca incrível. Confira o passo a passo abaixo:

Hambúrguer de Jaca

Ingredientes:
1 jaca verde pequena
150g farinha de arroz
1 cebola picada
1 dente de alho picado
1 pimentão verde
1 pimentão vermelho
1 pimentão amarelo
Cebolinha picada
3 colheres de azeite de oliva
2 colheres de fumaça líquida
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:
Descasque a jaca, e corte em fatias grossas. Na panela de pressão, cubra com água a jaca e deixe cozinhar por aproximadamente 40 minutos, ou até a jaca ficar bem macia. Escorra e desfie a jaca utilizando um garfo. Em uma panela, refogue cebola, alho, pimentões vermelho e amarelo por cerca de 5 minutos. Acrescente a jaca desfiada, o sal, pimenta a cebolinha e a fumaça líquida, e deixe refogar por mais 3 minutos. Em uma tigela, coloque a jaca temperada (ainda quente) e acrescente, aos poucos, a farinha de arroz, até obter a consistência desejada. Espere esfriar e modele a massa em formatos de hambúrguer. Frite na chapa com um fio de azeite de oliva.

Hamburguer de jaca - Foto Brian Baldrati
Foto: Brian Baldrati

Garden Hamburgueria Avenida Jaime Reis, 22 – Largo da Ordem – Curitiba. Horário de funcionamento:  de segunda à quinta, das 17h às 24h; sextas das 17h às 2h, sábados das 11h às 2h e aos domingos das 11h às 24h

Hoje é Dia Mundial do Vegetarianismo, comemore com duas receitas deliciosas

Substituir parte dos ingredientes é alternativa para mudança de hábito, que deve contar com auxílio de nutricionista

Hoje, 1º de outubro, é o Dia Mundial do Vegetarianismo. A data foi instituída em 1977 pela Sociedade Vegetariana Norte-Americana, com o objetivo de mostrar os benefícios desse tipo de alimentação – baseada em vegetais – para a saúde e meio ambiente. Atualmente, 14% da população brasileira se declara vegetariana, o equivalente a quase 30 milhões de pessoas, segundo pesquisa Ibope encomendada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB). A data também homenageia aqueles que decidiram retirar alimentos de origem animal das refeições diárias.

“Para quem deseja mudar os hábitos e tonar-se vegetariano, a primeira recomendação que dou é ir a um nutricionista e tirar todas as dúvidas. Nunca deixe faltar equilíbrio no prato, que deve ter grãos, vegetais e sementes sempre. Se sentir vontade de comer carne, o que no início da transição é normal, consuma tofu defumado ou bacon vegano, que você encontra em casa de produtos naturais ou até mesmo à venda na internet. Para quem tem fácil acesso, procure comprar carnes veganas, como o bife de soja. Um tempero muito saboroso é a fumaça líquida, que vai deixar seu prato com aquele sabor mais defumado”, conclui a chef Camila Botelho, que é membro da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB).

Pensando em inspirar a mudança de hábito para uma alimentação vegetariana, Camila compartilha abaixo duas receitas. Os ingredientes são pensados para criar uma experiência saborosa. A quinoa é uma das principais fontes de proteínas do mundo vegetal, e fica ainda melhor nesta primeira receita. Confira:

Risoto de Quinoa

RISOTTO-DE-QUINOA

Ingredientes
– 2 xícaras de quinoa
– 1 cebola
– pimenta-do-reino
– sal
– alho-poró
– 1 batata-doce roxa grande
– cheiro verde a gosto
– nutritional yeast (tempero à base de levedura nutricional) a gosto, opcional (ou queijo vegano)
– cogumelos de sua preferência (indicação da chef: paris, shitake ou eryngui)
– molho barbecue
– semente de girassol
– semente de abóbora

Modo de preparo
Deixe a quinoa de molho por 8 h, depois descarte a água e cozinhe a quinoa (e xícaras de quinoa com 1 ½ xícara de água). Cozinhe a batata e, depois, bata-a com pouca água para ficar cremosa. Refogue a cebola e o alho-poró. Acrescente a quinoa, as sementes, os temperos e a batata, reserve. Coloque os cogumelos crus em uma assadeira untada, pincele com bastante molho barbecue com um pouquinho de sal. Leve ao forno 180 graus por 20 minutos. Coloque por cima do risoto ainda quente e sirva.

Brownie

BROWNIE

Ingredientes
– 1 ½ kg de batata-doce
– ½ xícara de farinha de amêndoas
– ½ xícara de chocolate em pó
– ½ xícara de melado ou açúcar demerara
– 1 colher de café de bicarbonato de sódio
– ½ xícara de óleo de coco
– 50g de chocolate 50% cacau (em barra)
– Amêndoas picadas para decorar

Modo de preparo
Cozinhe as batatas até ficarem na textura de purê. Bata no processador com todos os demais ingredientes. Leve ao forno preaquecido a 180 graus. Desenforme quando as bordas estiverem bem sequinhas (quando sair do forno vai parecer que não deu certo, mas depois de gelado fica lindo). Deixe na geladeira por duas horas. Derreta o chocolate 50% cacau, em banho-maria, e jogue-o ainda quente por cima do brownie. Decore com as amêndoas picadas. Não sirva gelado, espere ficar na temperatura ambiente. Acompanhe com sorvete para uma combinação divina.

Fonte: Chef Camila Botelho, membro da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB)

Família Burger oferece hambúrguer de grão de bico

A escolha por uma vida mais saudável vem acompanhada de algumas privações, como, por exemplo, abandonar o consumo de carnes. E foi pensando nesses clientes que a hamburgueria Família Burger, em Perdizes, criou o hambúrguer vegetariano, o Golf Vegetariano.

O Golf Vegetariano (R$ 40,90) é feito com grão de bico, rúcula, muçarela de búfala, tomate e maionese.

golf.jpg

Como o grão-de-bico é o ingrediente principal do hambúrguer, o prato fica rico em proteínas, sais minerais, vitaminas do complexo B e isento de colesterol. Além disso, concede a energia necessária para algumas horas, já que é rico em amido.

Família Burger: Rua Monte Alegre, 681 – Perdizes. Horário de funcionamento: das 11h às 24h – segunda a domingo. Sábado das 11h à 1h

Bob’s lança Tentador Zero Beef com formulação de hambúrguer de plantas

Pioneiro no mercado de alimentação rápida, o Bob’s está oferecendo, desde o dia 30 de agosto, um hambúrguer à base de plantas para a Linha Tentador. Com textura e gosto de carne bovina, o Tentador Zero Beef estará disponível nas lojas do Rio de Janeiro e de São Paulo. O sanduíche leva pão brioche, maionese, alface e tomate.

Um intenso trabalho de pesquisa é fator-chave para o Bob’s antes do lançamento de qualquer produto. E com o Tentador Zero Beef esse processo não foi diferente. Em parceria com uma foodtech, voltada à produção de hambúrguer plant-based, foram testadas diversas receitas e formas de preparo até o hambúrguer chegar à consistência e sabor ideal em uma receita exclusiva e sob medida. Um processo rico e inspirador que combina muito com o espírito da marca, que está sempre próxima do público e conhece profundamente seus desejos.

bobs.jpg

O preço sugerido para o trio com Tentador Zero Beef, batata média e refil de refrigerante é de R$ 28,00.

Informações: Bob’s

Vitamina D para veganos e vegetarianos melhora sistema imune

Alternativa vegana à Vitamina D3, obtida da lanolina (gordura extraída da lã da ovelha), a vitamina D vegana da Pharmapele provém do cogumelo e ajuda no tratamento da psoríase e prevenção do câncer, diminui a resistência à insulina, ajuda no controle da obesidade e regula o desenvolvimento de funções

O número de pesquisas que tem como alvo a vitamina D vem aumentando. Principalmente os estudos sobre os problemas relacionados à queda dos seus níveis ideais. “A deficiência de vitamina D é apontada como um problema de saúde pública em todo o mundo. Dependendo da população estudada, a hipovitaminose D pode acometer até 90% dos indivíduos”, explica Luisa Saldanha, farmacêutica e diretora científica da Pharmapele.

cogumelo_portobello.jpg

“Esse dado é preocupante, porque cada vez mais os estudos relacionam a Vitamina D não só com uma função de metabolismo do cálcio e saúde óssea, mas com questão imunológica, participando de funções essenciais à manutenção do equilíbrio do organismo”, acrescenta. Por esse motivo, a Pharmapele apresenta a Veg-D, vitamina D obtida dos cogumelos Portobello, representando uma alternativa vegana à vitamina D3, de origem animal, geralmente extraída da lanolina (gordura da lã da ovelha).

De acordo com a especialista, a vitamina D está envolvida em diversos processos do organismo, como: homeostase do cálcio (normaliza o metabolismo ósseo protegendo contra osteoporose, quedas e fraturas); sistema imunológico (efeito imunomodulador sobre as células do sistema imune); sistema cardiovascular (controle da função cardíaca e da pressão arterial); sistema neuromuscular (protege contra sarcopenia e aumenta a força muscular); obesidade (deficiência de vitamina D é um dos fatores que desencadeia o acúmulo de gordura corporal); desenvolvimento de funções cerebrais (protegendo contra demência e esclerose múltipla); além de sua atuação no pâncreas e no tratamento de doenças como psoríase e cânceres.

“O ativo inibe a proliferação celular. Uma descontrolada proliferação das células pode estar associada a mutações específicas, podendo acarretar doenças como psoríase e até mesmo câncer. No caso da atuação no pâncreas, a vitamina D está relacionada à diminuição da resistência insulínica, estímulo e liberação de insulina e diminuição do risco de diabetes melito tipo 2”, afirma a farmacêutica.

Câncer

vitamina-d peq

De acordo com Luisa, estudos epidemiológicos mostram associação entre baixos níveis sanguíneos de vitamina D (25-OHD) e risco aumentado para o desenvolvimento de alguns tipos de cânceres, sendo os mais estudados os de mama, colorretal e de próstata.

“A vitamina D também tem ação inibitória na angiogênese (crescimento de novos casos a partir dos já existentes), provavelmente pela inibição do fator de crescimento endotelial vascular; esse processo é fundamental para o crescimento de tumores sólidos, então acredita-se que essa atividade antiangiogênica seja um dos mecanismos responsáveis por sua capacidade de supressão tumoral”, diz a farmacêutica.

Indicações

suplementos vitaminas Jeltovski
Foto: Jeltovski

A suplementação de vitamina D é segura e indicada para todos os indivíduos de todas as faixas etárias, respeitando-se o diagnóstico prévio de deficiência ou insuficiência da vitamina D, explica a farmacêutica. “O diagnóstico é obtido de forma muito rápida, fazendo um simples exame sanguíneo. De posse do resultado do exame e diagnóstico médico, é feita a suplementação com a dose adequada para cada caso e faixa etária”, diz a farmacêutica.

Ela enfatiza, no entanto, que certos indivíduos, antes mesmo de algum diagnóstico, já são considerados grupo de risco, pois se encaixam em algumas características que vão favorecer a deficiência da vitamina D no organismo. São eles: pacientes com quadro de raquitismo ou osteomalácia; portadores de osteoporose, idosos com história de quedas e fraturas; obesos; grávidas e lactantes; pacientes com síndromes de má-absorção; pós-cirurgia bariátrica; insuficiência renal ou hepática; hiperparatiroidismo; pessoas que fazem uso de medicações que interfiram no metabolismo da vitamina D (anticonvulsivantes, glicocorticoides, antifúngicos, antirretrovirais, colestiramina, orlistat); doenças granulomatosas e linfomas.

“É importante ressaltar que toda a condição que limite a exposição solar pode potencialmente causar hipovitaminose D e podem ser acrescentados à lista indivíduos em regime de fotoproteção e usuários de vestimenta religiosa (véu, burca, paramentos ou batina)”, finaliza.

Fonte: Pharmapele

Receita de torta vegana de mortadela com legumes

Pensando em auxiliar as pessoas a escolher comidas gostosas e ricas em nutrientes, a Superbom apresenta uma receita de torta de mortadela ovolactovegetariana com legumes. A nutricionista Bruna Pavão, responsável pela criação da receita, pontua que entre os ingredientes está a couve-flor, verdura versátil de baixa caloria que pode ser utilizada em diversos pratos. “A couve-flor é uma boa fonte de potássio, magnésio, riboflavina e fibras”, informa.

Torta de Mortadela com Legumes

Ingredientes

Massa
2 e ½ xícaras (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de água
1 xícara (chá) de leite de soja
½ xícara (chá) de óleo vegetal
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de fermento em pó

Recheio
1 xícara de Mortadela à Base de Ervilha Superbom cortada em cubinhos
2 colheres (sopa) de cebola picada
1 dente de alho picado
1 tomate picado
1 xícara (chá) de brócolis picado
1 xícara (chá) de couve flor picada
Sal a gosto

Montagem
VeganCheese Provolone Superbom ralado

Modo de Preparo

Massa
Em um liquidificador, bata bem todos os ingredientes. Reserve.

Recheio
Em uma frigideira, refogue o alho e a cebola. Depois, acrescente o tomate, o brócolis e a couve flor, refogando por 5 minutos. Desligue o fogo e junte com a mortadela. Reserve.

Montagem
Em uma travessa ou forma quadrada, espalhe uma camada da massa reservada. Por cima espalhe todo o recheio refogado. Em seguida, despeje o restante da massa. Polvilhe o VeganCheese provolone ralado e leve ao forno preaquecido (180ºC) por cerca de 30 minutos ou até dourar. Sirva.

torta veg.jpg

Rendimento: aproximadamente 14 pedaços
Tempo de Preparo: 35 minutos

Fonte: Superbom

No Dia Mundial do Rock, Vegan Point Tatuapé oferece delícias especiais

O restaurante vegano Vegan Point traz esta semana pratos e produtos inspirados na semana do rock. Vai ter comida boa, saudável, sem origem animal, para todos os gostos de rockeiros e não rockeiros, veganos e não-veganos.

Será mais uma vez um menu exclusivo, bem ogrovegano para satisfazer a todos com muito amor e rock’n’roll! Hoje, dia 13, será possível apreciar a deliciosa e tradicional feijoada no horário de almoço, que vai das 12 às 15 horas.

E, mais tarde, a partir das 18 horas, a lancheria estará aberta com os seguintes produtos exclusivos: Rock Black Lemonade, Rock ‘N’ Sandwich, Torta Dark ‘N’ roll, Pratos apimentados, Cervejas especiais, além de porções, bolos, sorvetes, trufas, shakes, cookies e outras comidinhas.

A comida é sempre preparada com ingredientes de alta qualidade, orgânicos, advindos de outros empreendedores veganos, já que a empresa preza pelo fomento e crescimento do comércio vegan e sua disseminação entre os meios gastronômicos.

O Vegan Point espera por todos: “Somos a revolução! Let´s rock!”.

vegan point 4vegan point 1vegan point 3vegan point 2

Vegan Point Tatuapé

O restaurante Vegan Point Tatuapé abriu suas portas em 2017 em uma sobreloja com apenas 12 lugares e uma equipe de sócios com muita vontade de crescer e surpreender. Exatamente um ano depois, o restaurante reabre em um lugar mais amplo com um cardápio bem mais variado, fruto de muitas pesquisas e disposição de oferecer uma alimentação gostosa, natureba e livre de proteína animal.

Vegan Point: R. Cel. Luís Americano, 117 – Vila Azevedo, São Paulo – SP. Horário de funcionamento – segunda-feira e terça-feira: 11:30–15:00; quarta a sexta: 11:30–15:00, 18:00–23:00; sábado 11:30–23:00. Domingo: fechado

Receita vegetariana para comemorar o Dia da Pizza

Para comemorar o Dia da Pizza, aprenda a fazer a receita de uma pizza vegetariana prepara pelo chef Gabriel Oliveira, do Vila Seu Justino. Ela leva abobrinha, molho de tomate e pesto. Confira:

Pizza Vegetariana, do Vila Seu Justino

Ingredientes:

1 disco de pizza
300g abobrinha italiana cortada em rodelas bem finas
20g parmesão ralado

Para molho de tomate:
100g tomate italiano bem maduro
1 dente alho
20ml azeite extravirgem
Sal e pimenta do reino a gosto

Para molho pesto:
1 maço manjericão
1 dente alho
Parmesão ralado fino 30 gramas
Sal quanto bastar
Pimenta do Reino quanto bastar
Azeite extravirgem 100ml

Modo de preparo:

Molho sugo:
Ralar o tomate num ralador grosso. Numa frigideira adicionar o azeite, o alho inteiro descascado e levar ao fogo. Retirar o alho dourado e dispensar, apagar o fogo e adicionar o tomate ralado, sal e pimenta do reino a gosto.

Molho Pesto:
Num liquidificador adicionar o manjericão desfolhado, o dente de alho sem casca e o parmesão. Adicione azeite e bata rapidamente. Finalize com sal e pimenta do reino a gosto.

Montagem:
Preaquecer o forno a 280C. Dispor a massa em forma de pizza disco. Espalhar o molho de tomate deixando 1 dedo de borda e levar ao forno por 3 minutos. Dispor a abobrinha em rodelas finas sobre o molho de tomate formando um círculo. Distribuir o molho pesto sobre a pizza e salpicar parmesão. Levar ao forno por mais 5 minutos a 280ºC e finalizar com pétalas de manjericão.

Pizza Vegetariana_Vila Seu Justino_2 (2).jpg

Fonte: Vila Seu Justino