Arquivo da tag: vinho

Vinhos brancos encorpados são uma excelente pedida para dias mais frios

Com a chegada do inverno, vinhos brancos com maior estrutura harmonizam perfeitamente com um belo menu para esquentar seus dias mais frios

Uma máxima bem conhecida entre apreciadores de vinho é que os tintos são ideais para o inverno, assim como os brancos casam perfeitamente com o verão. Normalmente, vinhos brancos apresentam uma maior acidez e refrescância, combinando com dias mais quentes, enquanto que vinhos tintos, geralmente mais encorpados e pesados, de coloração mais intensa, associam-se melhor à gastronomia do inverno, que pede pratos mais robustos e reconfortantes.

Contudo, existem muitos vinhos brancos que são ideais para dias mais frios, sim. Por serem mais encorpados e com maior estrutura, tornam-se pares ideais para um menu de inverno ou mesmo para uma degustação solo.

O sommelier Jonas Martins, responsável pelo portfólio de vinhos da MMV Importadora, de Curitiba, diz que o segredo para um bom vinho branco encorpado está na uva selecionada e no processo de fermentação e envelhecimento desse vinho.

“Para um bom vinho branco mais presente, é necessária uma uva com maior estrutura que suporte o envelhecimento e maturação deste vinho. Assim, a uva Chardonnay acaba sendo a escolha ideal para um vinho branco mais encorpado”, explica Martins.

De acordo com o especialista, o fato da Chardonnay ser uma uva de maior estrutura e de propriedades químicas mais ricas faz com ela seja mais encorpada e tenha maior presença na boca. Isso permite que os sabores do vinho permaneçam no paladar, mantendo sua presença. Uvas mais leves, como a Pinot Grigio, permite um vinho mais refrescante, com sabor tendendo ao cítrico, porém com baixa ou pouco persistência em boca.

Essa maior estrutura também faz da Chardonnay uma uva branca apta ao envelhecimento, aceitando muito bem o processo realizado em barris de carvalho, por exemplo. Isso confere ao vinho um sabor exclusivo, pois ao entrar em contato com o tanino existente na madeira, novos aromas e sabores emergem. O barril também permite que o vinho “respire” durante seu envelhecimento, acrescentando maciez ao paladar.

viapianoChar

O portfólio de vinhos da MMV apresenta bons exemplares de Chardonnay encorpados. O Viapiana Chardonnay, vinho brasileiro produzido em Flores da Cunha – RS, apresenta aromas de nozes, chocolate branco, flor de eucalipto, abacaxi e caldas de frutas. É seco e untuoso ao paladar, deixando uma nota de amanteigado ao final.

intrigoCHar

O Inserrata Intrigo Chardonnay é um vinho orgânico produzido na Toscana, Itália. Produzido com a técnica sur lie, quando o vinho é amadurecido em contato com as borras das casca das uvas, o Intrigo passa 4 meses por filtragem em peneira grossa. O vinho é extremamente frutado, com notas de manga, abacaxi, framboesa e gengibre, sendo volumoso a boca e de final alongado.

fortunaChard

A MMV também possui uma linha própria de vinhos, produzidas no Chile em parceria com vinã Requingua. Lá é feito o Fortunatus Reserva Especial Chardonnay, vinho que conta com a participação do sommelier na produção. “Buscamos atender ao paladar do brasileiro para vinhos com o Fortunatus, com muita qualidade, porém com preço acessível e agradável a boca”, afirma Martins.

O Fortunatus Chardonnay tem aroma frutado, toques de baunilha e nozes tostadas, sendo bastante cremoso na boca, macio e de final longo. Ele é envelhecido por seis meses em barris de carvalho francês.

Harmonização

Os vinhos Chardonnay encorpados harmonizam perfeitamente com queijos semiduros com sabores amendoados, como o emmental, gouda, edam. Peixes com um teor de gordura maior, como o salmão, bacalhau e tainha casam perfeitamente com vinhos de maior acidez e presença, em uma combinação de texturas muito agradável ao paladar.

Informações e vendas: MMV

Dia dos Pais: Jules lança pão de vinho com salame e nozes e doce com uísque

No ano em que a data será diferente, celebrada no domingo 9 de agosto, as novas criações do chef da padaria artesanal francesa foram desenvolvidas para valorizar as relações humanas e agradar a diferentes perfis de homem

O chef francês Pascal Abadie, da Jules, está com duas novidades muito especiais para um Dia dos Pais inesquecível e de dar água na boca. Para os fãs dos pães de fermentação natural da casa, vale a pena apostar no pão de 100% de vinho tinto com salame serrano e nozes, que já pode ser encomendado para a data. Custa R$ 14,90 (290g).

pao-de-vinho

Já, para os pais de paladar doce, a dica é solicitar o “irish coffee”, que sai por R$ 16,90 (a unidade). Feito com ganache de chocolate com o famoso licor à base de uísque irlandês, a criação leva ainda mousse de café, biscoito e caramelo. E, como complemento perfeito, a receita acompanha uma ampola de Jack Daniels, que pode ser tomada ou injetada no doce.

doce-whisky-2

Além dessas duas receitas inovadoras, a Jules vai comercializar cestas de café da manhã, onde os filhos vão poder customizar totalmente o presente, escolhendo os itens preferidos dos seus pais. E especialmente para a data, o chef Pascal Abadie sugere uma seleção de vinhos franceses vendidos no local, que também podem integrar a cesta, num mix perfeito para os pães, as viennoiseries e os frios da casa.

Importante: a padaria Jules garante que todos os itens da cesta e demais produtos estarão bem fresquinhos. Eles serão entregues no próprio domingo, dia 9 de Agosto.

Os pedidos para delivery ou encomendas devem ser realizados até o dia 6/8 pelos números de WhatsApp da boulangerie: (11) 98090-5050, para a unidade Moema, e (11) 96739-6909, para a unidade da Vila Nova Conceição.

Quem preferir retirar o doce ou o pão de vinho, ambos estarão disponíveis nas lojas físicas da padaria nos dias 8 e 9 de Agosto nas duas unidades da boulangerie.

Jules L’art du Pain:

Unidade Moema: Alameda dos Anapurus, 942, Moema – São Paulo (SP). Tel. (11) 5055-4537 e (11) 98090-5050. Todos os dias, das 7h às 21h.

Unidade Vila Nova Conceição: Rua Afonso Braz, 355, Vila Nova Conceição – São Paulo (SP). Tel: (11) 3848-9206 e (11) 96739-6909. De Segunda a Sexta, das 10h às 19h. Sábados e Domingos, das 7h às 20h.

Dia dos Pais: Casa Bauducco rompe distância com kits presenteáveis e itens do empório

Campanha “PAIxões de pai para filho”, da rede de cafeterias, disponibiliza kits atrativos, montados sob demanda com deliciosos produtos, além de vinho selecionado para que os filhos possam comemorar a data com os pais

A lembrança dos pais está sempre associada ao carinho e ao amor que eles dedicam durante a vida dos filhos. Como forma de quebrar as barreiras físicas impostas pelo distanciamento social e de retribuir toda a proteção proporcionada, a Casa Bauducco, unidade de negócios da Pandurata Alimentos com foco em produtos forneados artesanais, preparou grandes surpresas para o Dia dos Pais por meio da campanha “PAIxões de pai para filho”.

Reforçando a importância da figura paterna em momentos marcantes da vida e dos amores que passam de geração para geração, os filhos também poderão estar presentes nessa ocasião tão especial, perto ou longe. O almoço do segundo domingo de agosto, que é tradição no Brasil, agora pode ficar ainda mais completo com os kits presenteáveis que a rede de cafeterias preparou. Com um mix de produtos incríveis do empório, além de um vinho nascido na Itália, como a Casa Bauducco, e fruto de uma parceria exclusiva com a loja virtual Grand Cru, toda a doçura, a tradição e o amor do portfólio se transformam em lindas opções de presentes artesanais.

Os kits selecionados para a essa data acompanham produtos salgados da rede, como os famosos Grissini e Crostini, feitos com parmesão, que harmonizam com o vinho escolhido ou com o café em pó. Ainda há outros itens selecionados especialmente para a data, como Panettone, Chocottone, muffin, entre outros, bem como as opções de embalagem, em cesta, saco de juta ou caixa de presente – todas criadas com todo o carinho da marca, ainda acompanhadas de um cartão, para quem irá presentear à distância.

Os produtos avulsos do empório, como Biscotti, Pão de Mel, Brownie, Palmier e outros itens, também estão disponíveis. Para reforçar o cuidado e a atenção que os pais merecem, toda a rede oferece descontos já aplicados nos kits montados, além da promoção “leve 3 e pague 2” nos demais produtos; ou seja, na compra de dois itens, o terceiro, de igual ou menor valor, sai de graça. Tudo isso é entregue diretamente no conforto do lar, via delivery, ou, se preferir, o cliente também pode retirar o produto na unidade mais próxima de sua casa na modalidade take away.

Para facilitar o atendimento aos clientes, outra novidade é que agora os pedidos também podem ser feitos direto pelo WhatsApp de cada loja, é só acessar o link na bio do Instagram e selecionar a sua cidade. As entregas acontecem por meio de aplicativos de entrega, como Loggi, delivery próprio ou iFood.

Confira algumas das muitas opções de presentes para o Dia dos Pais, preparadas com muito carinho e artesania pela Casa Bauducco. Os kits ainda acompanham um cartão opcional, com a mensagem “As paixões que você me ensinou a ter são heranças que me acompanharão para o resto da vida”.

Cesta O Sommelier

Cesta O Sommelier
Para pais especialistas em degustar bons momentos em família
1 Panettone ou Chocottone de 500 g
1 salgado Grissini
1 salgado Crostini
1 café em pó de 250 g
1 vinho Miluna
Sugestão de preço: R$ 169,90

Caixa Mestre Cuca

Caixa Mestre Cuca
Para pais apaixonados por receitas que encantam
1 Panettone ou Chocotone 500 g
1 salgado Grissini alecrim
1 salgado Crostini
1 café em pó de 250 g
1 Biscotti ou cookie
Sugestão de preço: R$ 74,90

Kit À Moda da Casa

Kit A Moda da Casa
Para pais que inspiram e carregam tradição
1 salgado Grissini
1 salgado Crostini
1 folhadinho
1 vinho Miluna
Sugestão de preço: R$ 99,90

Informações: Casa Bauducco

Vinho quente à moda Dom Bosco

A bebida típica das festas juninas ganha um aroma especial com frutas cítricas

Estamos no mês das festas julinas e, neste ano, o jeito vai ser montar o arraial particular, em casa, ou comemorar virtualmente com os amigos e familiares. E, para manter a tradição e esquentar o clima das comemorações, uma receita de vinho quente, com aroma natural de frutas e especiarias, preparada com Dom Bosco Tinto Suave.

vinho dom

Vinho Quente

vinho quente

Ingredientes:
300 g de açúcar refinado
100 ml de água em temperatura ambiente
2 paus de canela
4 unidades de cravo-da-índia (ou cravinho)
1/4 anis estrelado
1500 ml de Vinho Dom Bosco Tinto Suave
1/2 colher (chá) de limão taiti em raspas
1/2 colher (chá) de laranja pera em raspas
3 maçãs descascadas e cortadas em cubos
500 ml de água quase fervente

Modo de preparo:
Em uma panela, junte o açúcar, a água e as especiarias. Leve ao fogo baixo até atingir o ponto de caramelo claro. Adicione o Vinho Dom Bosco à calda aos poucos e com cuidado. Em seguida, coloque as raspas e as maçãs em cubos. Por último, adicione água quente à mistura e deixe cozinhar em fogo baixo por 5 minutos.

Fonte: CRS Brands

Dia da Pizza: dicas para harmonizar pizza com vinho (que vão além do óbvio)

Brasileiro gosta tanto de pizza que até instituiu um dia para celebrá-la: 10 de julho. A data nasceu em 1985 e até hoje continua sendo um ótimo pretexto para se deliciar com uma boa pizza. E como este ano a data cai em uma sexta-feira, que tal escolher um vinhozinho para acompanhar?

A especialista em vinhos Paula Daidone explica que para uma escolha mais acertada temos que levar em consideração dois pontos: o estilo da pizza e o ingrediente em evidência. “Muita gente se preocupa apenas com o sabor da pizza. Mas o estilo interfere diretamente nessa decisão”, explica Paula.

Se a escolha for por uma pizza ao estilo italiano, por exemplo, como a Napoleta, que está na moda, é necessário levar o molho de tomate em consideração. “Na Itália, o molho de tomate é considerado um ingrediente principal e só vai em receitas que fazem sentido. Não é como aqui, que ele é base, como a massa”, explica Paula. Nesse caso, como o molho de tomate puro e fresco está em evidência, não é indicado consumir vinho tinto.

vinho taça tinto

“Os taninos do vinho tinto podem acentuar ainda mais a acidez do molho e criar um sabor desagradável no paladar. De acordo com as regras italianas de harmonização, só podemos colocar vinho tinto quando o molho de tomate é recheado, como um ragu ou bolonhesa. E isso vale inclusive para uma macarronada”, revela a especialista. A escolha certeira é o vinho branco e aí vale principalmente as uvas italianas, como Greco di Tufo, Vermentino, Verdicchio, Glera e Pinot Grigio. “Não precisamos ficar presos aos vinhos italianos. Há ótimos exemplares de vinhos com uvas autóctones italianas sendo elaborados no Brasil”, revela.

As pizzas tradicionais brasileiras são muito diferentes. Levam cobertura generosa, mistura de ingredientes e o molho é quase imperceptível. Nesse caso, o ingrediente mais aparente é o que pautará a escolha do vinho. “Normalmente, a pizza leva até o nome desse ingrediente, como Calabresa, Rúcula, Palmito, Atum. E aí a gente deve aplicar as regrinhas que usamos para o tal ingrediente em outras receitas”.

Para pizzas com embutidos, como calabresa ou pepperoni, é opção é um vinho com sabor mais intenso e tânico, para limpar a gordura oriunda da proteína animal. Vinhos das uvas Cabernet Sauvignon, Petit Verdot, Tempranillo e Touriga Nacional vão muito bem. Pizzas que tem queijo como ingrediente principal, como Margherita, muçarela e 4 queijos precisam de um vinho com mais acidez, para limpar a gordura, e aromático, para neutralizar o aroma do queijo. Boas opções: Torrontés, Alvarinho, Chardonnay e espumantes brut ou nature.

vinho rose kaboompics pixabay
Foto: Kaboompics/Pixabay

Pizzas que levam proteínas brancas, como frango e peixe, podem ir com vinho branco mais estruturado ou então um rosé, frango com Catupiry com Chardonnay e atum com um rosé de cor mais escura. Pizzas com verduras vão bem com brancos aromáticos, como pizza de rúcula um Chenin Blanc ou palmito com Sauvignon Blanc. E as de legumes ou cogumelos podem transitar entre branco e tinto. Por exemplo, berinjela e cogumelo vão muito bem com Pinot Noir.

Pizza doce também pode e deve ser acompanhada por um vinho. Os espumantes doces e os vinhos de sobremesa são perfeitos para essas receitas. Pizza de chocolate e um vinho do Porto Ruby jovem, chocolate brando e colheita tardia, ou pizza de banana com um espumante moscatel. “Mas se a ideia é inovar, aconselho provar com um vinho tranquilo. Tente um Merlot para acompanhar pizza com chocolate ao leite, Riesling para chocolate branco e Chardonnay com frutas. É uma experiência surpreendente”, finaliza Paula.

dia da pizza paula daidone (002)

Para facilitar a compreensão sobre o tema, Paula preparou um conteúdo completo, que inclui vídeo no canal do Reserva85 no Youtube e dois artigos no site do Reserva85, para ler, clique aqui e aqui.

Festa Junina: Chef executivo do Hilton São Paulo Morumbi, ensina receitas diferentes

Chef dá o passo a passo de como fazer um delicioso Sagu de vinho tinto e gelatina de pinga para a data

Rodrigo Mezadri é formado em Gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi e em Gestão Hoteleira pelo Senac. Mezadri começou sua carreira em 2005, no próprio hotel, e em 2015, quando já havia alcançado uma carreira sólida no setor hoteleiro, com passagens em outros hotéis pelo mundo, retornou ao Brasil e assumiu o posto de chef executivo do hotel Hilton São Paulo Morumbi, onde permanece atualmente.

Em 2008 esteve em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos (EAU), onde foi demi chef de Partie, no antigo Sofitel The Palace Downtown Burj Khalifa, e chef de Cozinha no Dubai Marine Beach Resort & Spa. Já em Doha, foi chef sênior de Partida no Grand Mercure Jebel Hafeet – Al Ain, além de estagiar no Four Seasons.

No final de 2010, Mezadri ocupou o cargo de chef executivo do Grande Hotel Senac, em Campos do Jordão. Participou ainda da transição do Sofitel São Paulo para Grand Mércure Ibirapuera, entre 2012 e 2014, e logo após assumiu a cozinha do Gran Estanplaza.

Para dar um ar inovador à tradicional festa de São João, mesmo que seja uma feita em casa, com a família apenas, Mezadri, aproveita ingredientes tradicionais da época, para criar receitas deliciosas e inovadoras. O Chef executivo do Hilton São Paulo Morumbi, desenvolveu uma releitura do tradicional sagu, que virou um sagu de vinho tinto. E a bebida queridinha dos brasileiros, a pinga, ganhou consistência e entrou no hall dos quitutes, com a gelatina de pinga.

Gelatina de Pinga

gelatina pinga

Ingredientes:
230gr açúcar refinado
4 pacotinhos de gelatina sem sabor em pó (48g)
8 colheres de sopa de água – para hidratar a gelatina
1 e 1/2 copo de água
1 e 1/2 copo de pinga
1 vidrinho de essência de abacaxi (pode utilizar outras essências)
250g açúcar para envolver a gelatina de pinga

Modo de Preparo:
Coloque a gelatina em um bowl e hidrate com a água. Mexa bem para não deixar grumos. Em uma panela coloque a água e o açúcar. Quando estiver morno, adicione a gelatina hidratada, a essência e a pinga. Deixe ferver 1 hora em fogo baixo. Untar um tabuleiro ou assadeira com manteiga e despejar a gelatina de pinga. No dia seguinte, corte a gelatina de pinga e passe no açúcar. Coloque em uma bandeja e deixe secar por 4-5 horas.

Rendimento: 60 porções
Tempo de preparo: 45 minutos + tempo de resfriar (fazer 1 dia antes)
Custo da receita: R$ 9,00

Sagu de Vinho Tinto

sagu

Ingredientes:
200g sagu
1 litro de água gelada – para deixar de molho
1 litro de água fervente – para cozinhar
500ml vinho tinto seco
150ml de água
230g açúcar refinado
Opcional: 2 canelas em pau

Modo de Preparo:
Deixe o sagu de molho na água gelada por 15 minutos. Escorra. Coloque o sagu na água fervente e cozinhe por 2-3 minutos. Escorra e lave bem en água corrente. Escorra. Coloque o vinho, os 150ml de água e o açúcar e a canela em pau na panela e ferva. Adicione o sagu pré-cozido e lavado. Cozinhe em fogo brando por 8-10 minutos. Adicione mais água, se necessário. Leve para a geladeira e deixe resfriar.

Rendimento: 8 porções
Tempo de preparo: 45 minutos
Custo da receita: R$ 12,50

Fonte: Hilton São Paulo Morumbi

Sesmarias 2018, o sexto lendário da Miolo

A arte em forma de vinho num corte de seis castas da Campanha Meridional

Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot, Tannat, Tempranillo e Touriga Nacional. O Sesmarias Safra 2018 nasceu dessas seis castas, cultivadas em seis vinhedos próprios da vinícola Seival Estate da Miolo na Campanha Meridional. É uma criação precisa entre natureza e homem, uma experiência rica em detalhes que exige do enólogo sensibilidade a flor da pele, além, é claro, de muita técnica. O sexto vinho da série The 2018’s Seven Legendaries of Miolo – os Sete Lendários, chega com 6.930 garrafas de um vinho nobre único e poderoso.

É o primeiro tinto elaborado no Brasil com fermentação integral em barricas de carvalho. Todo processo de elaboração é minucioso e extremamente preciso. O cuidado começa ainda no vinhedo, onde nasce o vinho. A seleção contempla uma profunda triagem entre as próprias plantas, onde apenas os frutos perfeitos são colhidos. As uvas são cuidadosamente desengaçadas sem esmagamento.

A remontagem é feita com o rolamento da própria barrica. Tanto a fermentação alcoólica quanto a malolática acontecem na madeira em contato com as cascas. O corte dos seis vinhos estagia por mais de dezoito meses em barrica nova de carvalho francês. O vinho não passa por nenhum tratamento de estabilização para melhor conservar suas características naturais.

Elegante e longevo, o Sesmarias Safra 2018, ícone neste conceito, é um exemplar da vocação e expertise da Miolo na elaboração de vinhos tintos com qualidade internacional. “Aprendemos com a natureza e junto com ela aplicamos o que melhor sabemos fazer.”, destaca o enólogo Adriano Miolo, Diretor Superintendente da vinícola.

Este é o vinho mais conceitual da Miolo, tanto que esta, 2018, é apenas a terceira edição. O rótulo foi também produzido em 2008 e 2011, e agora também confirmado em 2020. É o único vinho da marca comercializado com exclusividade ao consumidor final em pré venda, a conhecida Vente en premier, prática dos grandes châteaux franceses, que resultou na comercialização de aproximadamente 50% do lote de 2018. Agora, a venda será aberta ao mercado nacional e internacional.

O vinho

Sesmarias 2018 (002)

De um vermelho escuro profundo mesclado com importante matiz de tom violáceo, este vinho tem uma fragrância arrebatadora, com predomínio de florais com depuradas notas de frutas negras bem amadurecidas, condimentadas com nuances de especiarias. É um vinho poderoso, altamente estruturado, com grande volume em boca e intrigantemente elegante, com taninos redondos e sedosos que proporcionam um retrogosto longo e muito demorado.

A sofisticação e o requinte do vinho Sesmarias exige também engrandecido acompanhamento gastronômico. Como se trata de um vinho elegante, longevo, corpulento, de acidez refrescante, harmoniza com iguarias à base de carnes nobres e de caça. Por ser um vinho moderno é um excelente parceiro de qualquer obra culinária, mesmo da tão em voga cozinha contemporânea. Ideal ser apreciado a uma temperatura que varia entre 16ºC e 18ºC.

Os Sete Lendários

A Safra 2018 será compartilhada na taça por meio do lançamento dos ‘Sete Lendários’ da Miolo. The 2018´s Seven Legendaries of Miolo. Os sete grandes vinhos serão lançados ao longo do primeiro semestre de 2020. São rótulos ícones das quatro regiões onde a marca está presente com vinhedos e unidades de produção: Miolo – Vale dos Vinhedos (RS), Terranova – Vale do São Francisco (BA), Fortaleza do Seival / Candiota – Campanha Meridional (RS) e Almadén / Santana do Livramento, Campanha Central (RS).

“Nos 30 anos da Miolo, podemos dizer que tivemos duas grandes safras, a de 2005 e a de 2018. Ambas foram semelhantes climatologicamente, porém muito diferentes do ponto de vista tecnológico. 2018 é, com certeza, a melhor safra da nossa história. Por isso, nós a chamamos de Lendária”, comemora Adriano Miolo. Ele explica, ainda, que a Safra 2018 ficará na história da Miolo, pois a vinícola produzirá todos os seus grandes vinhos elaborados, exclusivamente, em safras excepcionais. “Uma safra de qualidade como esta vem para coroar todo o trabalho de dedicação e inovação que foi realizado ao longo dos anos em prol da melhoria da qualidade”, afirma Miolo.

The 2018’s Seven Legendaries of Miolo surgem justamente para mostrar ao Brasil e ao mundo o potencial do vinho tinto brasileiro. Afinal, são sete vinhos tintos nobres, onde a Miolo é especialista, colocando o Brasil no mapa dos grandes rótulos mundiais.

testardiquintamerlo terroir

Lançamentos Safra 2018
1. Miolo Merlot Terroir – Miolo / Vale dos Vinhedos
2. Testardi Syrah – Terranova / Vale do São Francisco
3. Quinta do Seival Cabernet Sauvignon – Seival / Campanha Meridional
4. Miolo Lote 43 – Miolo / Vale dos Vinhedos
5. Quinta do Seival Castas Portuguesas – Seival / Campanha Meridional
6. Sesmarias – Miolo / Campanha Meridional
7. Vinhas Velhas Tannat – Almadén / Campanha Central

Informações: Miolo

Dia das Mães: presenteie com flores sem sair de casa

Flores estão sempre em alta e não faltam opções para todos os tipos de gostos e bolsos

O Dia das Mães será comemorado em 10 de maio e será ainda mais especial do que em anos anteriores. Isso porque muitos filhos não poderão visitar suas mães devido à pandemia de Covid-19 que se espalhou pelo mundo.

Mas, isso não quer dizer que a data deverá passar em branco, de forma alguma! Para estas pessoas tão especiais não devem existir momentos ruins que comprometam a manifestação de amor, carinho e reconhecimento que só uma mãe merece!

Por isso, a Flores Online, primeiro e-commerce de flores e presentes especiais do país, preparou produtos especiais para celebrar a data. É possível encontrar arranjos coloridos, alegres, delicados e até cestas com bebidas e chocolates! Confira:

Srta. Coppélia

coppelia alta
Com um belo arranjo de lisianthus e rosas, em tons rosados, em meio a folhagens de husco, acomodado harmoniosamente em uma cesta de palha e alça trançada com fita de cetim cor de rosa, essa cesta de flores é delicada, leve e deslumbrante como os movimentos de uma bailarina. Preço: R$ 139,90

Buquê Primavera

buque
Composto por flores do campo combinado com margaridas e rosas nacionais, acompanhadas de tango, este arranjo é alegre e colorido, perfeito para presentear na ocasião. Preço: R$ 161,80

Chuva de Ouro

chuva de ouro alta
Que mãe não ama uma orquídea? Um vaso das delicadas orquídeas oncidium, chamadas de Chuva-de-Ouro, em base de madeira verde com beiral amarelo, deixará qualquer uma de queixo caído. Preço: R$ 159,50

Cesta de Vinhos e Chocolate

caixa chocolate vinho
Toda mãe merece um docinho ou um vinho de vez em quando, não é mesmo? Por isso, não há nada melhor do que uma cesta de palha com vinho tinto chileno e um tablete de chocolate Lindt, além de uma caixa de trufas francesas, acompanhados de um minivaso de rosas de tom laranja. Preço: R$ 204,16

Doce Jardim

flores e doces
Se a ideia é surpreender com elegância e sofisticação, o arranjo Doce Jardim é a pedida certa! Com uma caixa que imita um jardim de rosas nacionais amarelas, elas vêm acompanhadas de um pote de doce de leite Havanna e alfajores com sabores sortidos. Preço: R$ 309,00

Informações: Flores Online

Drinques fáceis para fazer na quarentena

Rosé Piscine traz receitas para serem facilmente feitas em casa

Importada pela Wine To You, a marca Rosé Piscine se une na campanha de mobilização para a conscientização para que a população evite sair às ruas dando sugestões de drinques fáceis para que possam ser feitos em casa de modo a deixar esse momento de quarentena mais leve.

Por meio do portal Rose Piscine é possível encontrar cinco receitas criadas pelo barman Marcos Erik e cinco pela chef Luri Toledo, ex participante do Masterchef Brasil. Todas as sugestões usam como base o Rosé Piscine Stripes, um vinho levemente frutado com aromas de pêssego, limão e morango que pode ser adquirido pelo e-commerce da marca de forma fácil e rápida, sem precisar sair de casa, além de encontrar outros produtos exclusivos, kits com descontos especiais e poder dividir sua compra em até seis vezes sem juros.

Veja abaixo algumas das receitas:

Arco do Triunfo por Marcos Erick

drinque1

Ingredientes
• 150 ml Rosé Piscine
• 03 lascas de abacaxi
• 03 folhas de hortelã
• ½ colher de chá de pimenta rosa
• 03 cubos de gelo

Modo de fazer
Misturar tudo e servir em taça de vinho

Rosé Summer por Marcos Erick

drinque2

Ingredientes
• 150 ml Rosé Piscine
• 02 fatias de limão siciliano
• 02 lascas de canela
• 03 cubos de gelo

Modo de fazer
misturar tudo e servir em taça de vinho

Frosé Piscine por Luri Toledo

drinque3

Ingredientes
• 150 ml Rosé Piscine
• 02 colheres de sorbet de frutas vermelhas*
• 03 cubos de gelo

Modo de fazer
Misturar tudo e servir em taça de vinho
*Você pode também bater frutas vermelhas congeladas com o próprio Vinho Rosé Piscine até dar uma textura de pasta (essa pasta é que vai ser usada para compor o drique no lugar do sorbet).

Soft Rosé por Luri Toledo

soft-rose

Ingredientes
• 100 ml Rosé Piscine
• 30 ml de licor de cassis
• 01 cereja
• 03 cubos de gelo

Modo de fazer
Misturar tudo e servir em taça de champagne

Fonte: Rosé Piscine

Merlot Terroir 2018, o primeiro lendário da Miolo

As 26.230 garrafas do Miolo Merlot Terroir 2018 são a primeira prova da Vinícola Miolo de que a Safra 2018 entrou para a história da vitivinicultura brasileira como a melhor de todos os tempos. O consumidor já pode testemunhar na taça o que o enólogo Adriano Miolo vem afirmando há dois anos: “2018 foi uma safra lendária e nós vamos eternizá-la, elaborando todos os nossos grandes vinhos. Lançaremos The 2018´s Seven Legendaries of Miolo – os Sete Lendários”, comemora. O primeiro a sair das caves subterrâneas do Vale dos Vinhedos é o Merlot Terroir 2018.

Depois de permanecer num sono profundo em barricas de carvalho francês por 12 meses, o vinho foi engarrafado, habitando as caves subterrâneas da Miolo por mais alguns meses. Mesmo antes de ser lançado, este lendário da variedade emblemática do Vale dos Vinhedos já figurava entre os grandes vinhos tintos brasileiros, alcançando 91 pontos no Descorchados 2019. Ostentando o selo de Denominação de Origem Vale dos Vinhedos (DOVV), carrega toda essência da uva que simboliza, além do terroir, o pioneirismo de uma cultura responsável por desenvolver a Serra Gaúcha, hoje responsável por 90% da produção nacional de vinhos.

“Cada safra reserva emoções que repartimos com todos em cada vinho que elaboramos. Em 2018, fomos além. Todas expectativas foram renovadas e superadas. E agora chegou o grande momento de compartilhar o resultado deste grande equilíbrio entre a natureza e o homem. O primeiro de nossos The 2018´s Seven Legendaries of Miolo está pronto para ser apreciado e nós, da Miolo, temos o maior prazer e orgulho de apresentar o Miolo Merlot Terroir 2018”, celebra Adriano Miolo.

O vinho

vinho abe

Com 15% de graduação alcoólica, o Merlot Terroir 2018 é um vinho nobre, com procedência reconhecida e que expressa o melhor de uma seleção de uvas Merlot dos vinhedos da Miolo no Vale dos Vinhedos. A colheita ocorreu na primeira quinzena de março com seleção manual dos cachos. Eleito o Melhor Merlot do Mundo em Londres, este vinho apresenta coloração vermelho rubi intenso com traços violáceos.

Tem alta intensidade aromática, com expressivo caráter varietal e excelente harmonia da fruta (cereja) com notas de carvalho como caramelo, cacau, café, baunilha. Estruturado, de taninos elegantes e aveludados, com grande volume de boca, apresenta ótimo equilíbrio entre o seu aspecto olfativo e gustativo. Ideal ser apreciado com temperatura entre 16ºC e 18ºC.

Combina muito bem com pratos de textura rica e de aromas intensos e complexos, como pato assado ao tamarindo, risoto de funghi, farfalle ao molho de gorgonzola. Macio, harmoniza por contraposição com comidas de tendência amarga e ácida, como frango caipira com polenta e radicci, avestruz ao molho de mostarda, caldeirada de marisco. Queijos maduros de massa dura, tipo parmesão, pecorino e grana padano são os mais indicados.

Os Sete Lendários

A Safra 2018 será compartilhada na taça através do lançamento dos ‘Sete Lendários’ da Miolo. The 2018´s Seven Legendaries of Miolo. Os sete grandes vinhos serão lançados ao longo do primeiro semestre de 2020. São rótulos ícones das quatro regiões onde a marca está presente com vinhedos e unidades de produção: Miolo – Vale dos Vinhedos (RS), Terranova – Vale do São Francisco (BA), Seival / Candiota – Campanha Meridional (RS) e Almadén / Santana do Livramento, Campanha Central (RS).

“Nos 30 anos da Miolo, podemos dizer que tivemos duas grandes safras, a de 2005 e a de 2018. Ambas foram semelhantes climatologicamente, porém muito diferentes do ponto de vista tecnológico. 2018 é a melhor safra da história da Miolo. Por isso, nós a chamamos de Lendária”, comemora Adriano Miolo. Ele explica, ainda, que a Safra 2018 ficará na história da Miolo, pois a vinícola produzirá todos os seus grandes vinhos elaborados, exclusivamente, em safras excepcionais. “Uma safra de qualidade como esta vem para coroar todo o trabalho de dedicação e inovação que foi realizado ao longo dos anos em prol da melhoria da qualidade”, afirma Adriano Miolo.

No Vale dos Vinhedos, o clima em 2018 transcorreu de forma adequada, com chuvas limitadas e esparsas, acompanhado de temperaturas mais amenas em relação à média normal. As noites foram frescas e os dias mais quentes. Assim, a uva concentrou mais cor, aroma e açúcar, além da sanidade determinante para a elaboração de grandes vinhos.

Lançamentos Safra 2018

Miolo - Safra lendária - merlot terroir

Miolo Merlot Terroir – Miolo / Vale dos Vinhedos
Testardi – Terranova / Vale do São Francisco
Quinta do Seival Cabernet Sauvignon – Seival / Campanha Meridional
Quinta do Seival Castas Portuguesas – Seival / Campanha Meridional
Miolo Lote 43 – Miolo / Vale dos Vinhedos
Sesmarias – Seival / Campanha Meridional
Vinhas Velhas Tannat – Almadén / Campanha Central