Arquivo da tag: vinho

Tinto Português e Espumante Francês são rótulos de degustação virtual beneficente

Com a experiência “Como Degustar Vinhos – Edição Vinhos do Bem”, Talk Wine vai destinar parte do valor das vendas a uma instituição de caridade

“Fazer o bem sem olhar a quem”. A máxima é o ponto de partida para a temporada de degustações virtuais de 2021 da Talk Wine, a primeira startup brasileira 100% dedicada ao tema. A experiência “Como Degustar Vinhos – Edição Vinhos do Bem” aliará bons vinhos e solidariedade, pois será um evento beneficente, em que parte da receita será destinada à APAE de Maringá/PR.

Além de ajudar ao próximo, quem adquirir o kit de vinhos poderá provar dois clássicos antagônicos: o robusto tinto português Marques de Borba e o delicado espumante francês Veuve du Vernay Brut Rosé, edição limitada. Os rótulos serão recebidos em casa e degustados ao vivo, na companhia do especialista, Marcelo Copello, no dia 27 de fevereiro.

“Decidimos por um evento beneficente pois entendemos nossa responsabilidade social. Em um ano que se inicia com grandes desafios para todos, nada melhor do que começar com um ato de amor ao próximo”, destaca André Barros, um dos sócios-fundadores da Talk Wine, que ressalta a importância de reverter algo também para a cidade. “Escolhemos uma entidade de Maringá, pois é onde está nossa sede e é o município em que vivemos. Por esta razão, temos laços fortíssimos com este lugar”.

Além dos dois vinhos, o kit conta com um completo material de apoio, contendo informações sobre a experiência e dicas para a degustação. Contém ainda uma receita de chef para preparar em casa e harmonizar com as bebidas. A experiência já está à venda no site a R$ 299,00.

Degustação Virtual – Para participar de uma degustação virtual não precisa ser nenhum expert em tecnologia, nem tampouco em vinhos. A experiência é completa e segura. Após a compra online do kit, os rótulos são recebidos em casa.

No dia e hora marcados, o entusiasta do vinho tem o link de acesso à live. Durante a transmissão, conta com orientações e aprende como analisar e apreciar as bebidas. Tudo é conduzido de forma didática e divertida pelo curador da Talk Wine, Marcelo Copello, um dos mais renomados degustadores do país, jurado em diversos concursos ao redor do mundo e presidente do júri da Grande Prova Vinhos do Brasil.

“O evento é completo. Há entretenimento e conhecimento, incluindo dicas de harmonização”, comenta mais um dos sócios-fundadores da Talk Wine, José Roberto Mattos. “A vantagem da degustação virtual é promover a companhia online de especialistas que podem estar em qualquer lugar do mundo. E isso, com certeza, torna a vivência muito mais interessante do que a simples compra em um e-commerce de bebidas”.

Não somente online, mas também offline, é possível ter a companhia de amigos ou familiares durante o evento. A dica é compartilhar o kit adquirido e aproveitar a experiência ao máximo, pois o box enviado serve até quatro pessoas. “Uma pequena reunião em casa, cozinhando a receita sugerida, é a harmonização perfeita para a degustação virtual”, indica Mattos.

Vale lembrar que a live tem data e horário predeterminados, mas, depois de realizada, pode ser vista quando quiser, pois fica gravada e o acesso à quem comprou o kit é liberado a qualquer momento.

Informações: Talk Wine

Água Doce ensina como preparar sangria

Se existe uma bebida que combina com calor, verão, férias e diversão, ela é a sangria. Bebida de origem espanhola, mistura vinho e frutas e é muito fácil de preparar. Aqui, a versão da Água Doce do Brasil. Confira:

Sangria

Ingredientes
500ml de vinho tinto
½ maçã meia lua em pedaços finos
8 uvas benitaka
100 ml de suco de laranja
Suco de 1 limão
1 colheres de sopa de açúcar
Especiarias: anis estrelado e cravo da índia

Modo de preparo
O vinho deve estar refrigerado. Em uma tigela coloque as frutas, o açúcar, os sucos de laranja e de limão, e deixe na geladeira até a hora de servir. No momento de servir, misture as frutas com o vinho, coloque na taça e complete com gelo, se quiser. Decore com anis estrelado, cravo da índia e duas rodelas de laranja.

Foto: Bruno Marconato

Grau de dificuldade: fácil
Tempo de preparo: 20 minutos
Rendimento: 1 taça de 600ml
Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Sete receitas de Natal veganas

Nutricionista cadastrada na GetNinjas ensina a preparar pratos salgados e doces sem proteína animal para deixar a sua ceia mais diversa e saborosa

As festas de fim de ano, sobretudo o Natal, são marcadas pela mesa farta de alimentos salgados e doces. Os veganos ou pessoas com restrições alimentares, contudo, costumam encontrar poucas opções em meio a estes banquetes. Pensando nisso, Alice Cristina Coca, nutricionista que atende pelo GetNinjas , maior aplicativo de contratação de serviços da América Latina, selecionou sete opções de pratos veganos salgados e doces. Receitas simples que vão deixar sua ceia mais diversa e saborosa.

Patê de Azeitona Com Tofu

Ingredientes
300 gramas de tofu firme
200 gramas azeitonas verdes ou pretas

Modo de preparo
Bata o tofu e as azeitonas pretas no liquidificador ou no mixer até formar uma pasta lisa com pequenos pedaços. Se preferir, nem precisa temperar. Fica a gosto do público.

Charutinho de Carne de Soja

Foto: Monika Grabkowska/Unsplash

Ingredientes
500g de proteína texturizada de soja
1 maço de couve manteiga
1 pimentão vermelho
1 pimentão verde
3 dentes de alho triturados
1 cebola pequena em cubos
½ xícara de chá de salsinha picada
2 tomates picados
Sal e pimenta a gosto
Azeite a gosto

Modo de preparo
Coloque a proteína de soja em uma panela com água quente para hidratar por 1 hora, depois escorra. Para fazer o recheio, refogue o alho, a cebola e os pimentões em uma panela com um fio de azeite. Em seguida, adicione a proteína texturizada de soja hidratada e refogue com sal, pimenta ou outros temperos a gosto. Na sequência, adicione a salsinha e abafe até estar pronto. Escalde as folhas de couve em água fervente por cerca de 2 minutos. Retire, passe na água fria e elimine a parte mais grossa do talo. Sobre cada folha coloque o equivalente a 30g de recheio e enrole, formando um charutinho. Adicione o tomate e disponha os charutinhos lado a lado na panela, com a “emenda” da folha para baixo, para que não abra ao cozinhar. Dilua o caldo na água fervente e cubra os charutos. Tampe e cozinhe em fogo médio por cerca de 15 minutos.

Arroz da Tasmânia

Ingredientes
150 g de amêndoas torradas
1 pimentão vermelho médio ou pequeno picado em cubos pequenos
100g de champignon em conserva fatiado
1 cebola grande picada em cubos pequenos
2 xícaras de chá de arroz parbolizado
2 colheres de sopa de azeite
1 colherzinha de café de pimenta-do-reino moída
Açafrão da terra moído
Cebolinha a gosto
Sal a gosto

Modo de preparo
Cozinhe as amêndoas no vapor por 15 minutos até amolecer um pouco e reserve. Pique o pimentão, sem a semente, e a cebola em cubinhos bem pequenos e reserve. Fatie os champions fininhos e reserve. Em uma panela média, refogue o pimentão e a cebola, acrescente os champignons, o açafrão e a pimenta-do-reino. Misture bem para encorpar no champignon e, em seguida, jogue o arroz, as amêndoas e o sal. Misture mais um pouco e acrescente a água. Experimente sempre o sal. Deixe cozinhar até a água secar.

Batalhoada

Foto: Veganize-se

Ingredientes
5 batatas médias fatiadas (tiras grossas)
3 tomates médios fatiados em rodelas grossas
3 cebolas médias em rodelas
1 pimentão verde cortado em tiras
1 pimentão amarelo cortado em tiras
1 pimentão vermelho cortado em tiras
3 dentes de alho em cubos
1 xícara de chá de azeitonas (½ verde e ½ preta)
3 folhas grandes de alga nori rasgadas
Azeite abundante a gosto
Sal e pimenta do reino a posto

Modo de preparo
Pré-cozinhe as batatas com um pouco de sal até começarem a ficar cozidas. Em um recipiente próprio para o forno, misture as batatas com os demais ingredientes deixando por último o sal. Leve ao forno preaquecido a 180°C até que os legumes dourem ou fiquem macios.

Rabanada ao vinho

Foto: Loving It Vegan

Ingredientes
1 xícara de chá de leite vegetal
½ colher de chá de essência de baunilha
3 pães franceses cortados em fatias grossas
Farinha de trigo suficiente
½ xícara de açúcar demerara
1 colher de sopa de vinho tinto doce
1 colher de sopa de azeite
Açúcar e canela para polvilhar

Modo de preparo
Misture o leite vegetal com a essência de baunilha e reserve. Molhe o pão fatiado com leite vegetal e empane cada fatia na farinha de trigo sem excessos e reserve. Em uma frigideira, adicione o açúcar, o vinho e o azeite e leve ao fogo até formar um caramelo. Adicione as fatias de pão empanadas e deixe fritar no caramelo até dourar um lado. Vire e faça o mesmo do outro lado de cada uma das fatias. Coloque as fatias douradas em um recipiente na posição que serão servidas e polvilhe com açúcar e canela a gosto

Salada de Frutas Assadas

Foto: Food Network

Ingredientes
1 manga
2 maçãs
1/3 de abacaxi
1 caixa de morangos
1 pera
1 cacho de uva sem semente pequeno
Suco de 1 laranja inteira
Raspas de meio limão pequeno
½ xícara de açúcar
Canela a gosto

Modo de preparo
Corte todos os ingredientes em cubos pequenos, exceto os morangos e uvas (corte-os ao meio). Tire todas as sementes da pera e das maçãs. Misture com o açúcar o suco da laranja e as raspas do limão. Em seguida, despeje em um recipiente próprio para ir ao forno. Polvilhe a canela a gosto por cima e leve ao forno preaquecido a 180ºC por aproximadamente 25 minutos. Pode servir morno ou gelado.

Smothie de Abacate com Banana

Ingredientes:
1/2 xícara de chá de leite de soja ou amêndoas ou leite de coco
1 xícara de chá de rodelas de bananas congeladas
1 xícara de chá de abacate gelado picado
1 colher de chá de chia
Adoce com açúcar ou adoçante a gosto.

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador

Fotos meramente ilustrativas

Fonte: GetNinjas

Novo Chile oferece curso sobre vinhos e vinícolas de vanguarda do país

A Importadora Vinhos Novo Chile lançou, em 30 de novembro, a Wine Academy — uma plataforma de cursos online sobre a nova cena da vitivinicultura chilena. O projeto será inaugurado com a qualificação Master Level 1 – Vinhos do Novo Chile, uma formação introdutória sobre a produção enológica do país, seu sistema de denominação de origem, novidades e vinícolas mais destacadas. 

“É um curso indicado para consumidores entusiastas, com ou sem conhecimento prévio de vinhos, que desejam desvendar o que de mais diferenciado tem sido elaborado no país”,  explica David Giacomini, curador da importadora.

Diego Arrebola — eleito três vezes o Melhor Sommelier do Brasil pela Association de la Sommellerie Internationale

O curso será ministrado por Diego Arrebola. As inscrições para a primeira etapa custam R$ 190, mas estão com 50% de desconto neste período de lançamento, por R$ 95,00. O cadastro pode ser feito diretamente pelo site. 

Benefícios da Wine Academy

Master Class Wine Academy

Após completar o curso e acertar pelo menos 70% do quiz final, com 10 perguntas, o participante receberá um certificado assinado pelos representantes de cada vinícola do projeto Vinhos Novo Chile. O aluno ganhará, ainda, adesão imediata ao clube de amigos Vinhos do Novo Chile, com diversos benefícios. 

Entre eles estão o acesso a degustações exclusivas; compra antecipada de lançamentos de novos vinhos e safras no Brasil, atendimento personalizado na compra desses rótulos e reservas com valores diferenciados para visitação às vinícolas. “Todo sócio do clube poderá ser recebido pelo enólogo no dia da visita, uma benesse sujeita apenas à disponibilidade do profissional”, adiciona David Giacomini.

34ª edição do primeiro vinho produzido pelo Esporão agora com certificação biológica

Chega ao Brasil o Esporão Reserva Branco 2019, o primeiro vinho dessa linha com certificação de produção 100% biológica. Um marco desse vinho clássico produzido desde 1985 pelo Esporão, representando a materialização de um trabalho feito há dez anos na conversão das vinhas para a agricultura biológica.

Essa é sua 34ª edição, proveniente 100% das vinhas do Esporão com média idade de 20 anos. É elaborado com uvas das castas tradicionais da região (Antão Vaz, Arinto, Roupeiro e outras), vinificadas numa adega exclusiva para vinhos brancos.

O rótulo

Esporão Reserva representa a aliança entre a cultura universal do vinho e as artes. Desde sua primeira safra, há 35 anos, o Esporão convida um artista para personalizar os rótulos do Esporão Reserva, renovado a cada ano. A fotógrafa holandesa Anne Geene é a artista convidada dessa safra.

É na natureza, na paisagem e nas estações do ano que Anne Geene encontra inspiração para o seu trabalho, uma combinação entre fotografia e ciência. Após um período de imersão na propriedade da Herdade do Esporão, Anne criou um rótulo que destaca a singularidade do vinho e o ano de sua colheita. Além de expressar a filosofia do Esporão: “mais devagar” e o momento de transição, o primeiro Reserva certificado como biológico.

Importado pela Qualimpor, o vinho pode ser encontrado em empórios, lojas especializadas e supermercados pelo valor médio de R$ 190,00.

Informações: Instagram @qualimpor

Concha y Toro lança novos módulos em seu curso EAD

São mais 15 aulas divididas em quatro módulos ministradas pela sommelière Gabriele Frizon e liberados na plataforma da Academia Concha Y Toro no YouTube

Boa notícia para iniciantes e entusiastas do mundo do vinho: a Vinícola Concha y Toro, acaba de colocar mais aulas da Academia Concha y Toro Brasil na plataforma EAD que disponibilizou em abril desse ano, aulas sobre noções básicas de vinho, durante o início da pandemia com a campanha #continue. A cada semana será liberado um módulo da nova grade de aulas e, para assistir, basta clicar aqui.

A ação visa estimular o reconhecimento do vinho como fiel companheiro para todos os momentos, sozinho ou acompanhado, seja no convívio em casa, na hora de cozinhar ou maratonar séries. As novas sessões visam também disseminar os conhecimentos sobre a bebida através de conteúdos gratuitos e apresentados por experts com aulas curtas e que auxiliam o consumidor a compreender questões básicas, e tirar dúvidas frequentes que costumam surgir na hora de degustar e harmonizar vinhos.

As novidades disponibilizadas no YouTube incluem quatro Módulos com um total de 15 aulas ministradas pela sommelière Gabriele Frizon com uma média de cinco minutos cada vídeo que é narrado e legendado em português para facilitar a compreensão.

Sobre Gabriele Frizon

Com 14 anos de experiência na aérea de Alimentos e Bebidas possui graduação em Hotelaria pela Universidade Anhembi Morumbi, com dupla titulação hoteleira pela instituição suíça Glion Institute of Higher Education (2008). Em estudos focados sobre bebidas e serviço de vinhos e destilados, foi a única aprovada na Certificação Brasileira de Sommeliers em 2016, estando entre os 60 brasileiros homologados nos moldes da Association de la Sommellerie Internationale, aplicada pela Associação Brasileira de Sommeliers – ABS no Brasil. Possui o certificado Level 3 Advanced Certificate In Wines & Spirits da instituição inglesa Wine & Spirits Education Trust – WSET e Court of Master Sommeliers – CMS / Introductory.

Confira o que há de novo

Em vídeos curtos e de fácil assimilação, a sommelière Gabriele Frizon vai falar de harmonização de vinhos com alimentos salgados, ou de sabores intensos, gordurosos e picantes até comidas mais doces que incluem o quinto sabor descoberto pelos japoneses – o umami, que isoladamente acentua outros gostos. Tintos, brancos e rosés também protagonizam este módulo.

No módulo abordarão as principais uvas e suas características, assim como a forma de degustar um vinho prestando-se atenção em aroma, visual e paladar. “Como presentear quem ainda não é habitué do vinho ou quem já toma regularmente”, é também uma aula oportuna, considerando-se que em dois meses já está chegando o Natal.

Em outro módulo, a sommelier ensina sobre o serviço de vinho, passando pelo processo de temperatura de guarda, apetrechos e tipos de taças, até a decantação e aeração. Por fim, noções básicas complementam a nova grade com explicações sobre as classificações Reservado, Reserva e Reserva Privada, e ainda, aulas que abordam curiosidades sobre vinhos como: tintos, dos mais potentes aos mais delicados, o tamanho do “furo”, tipo de rolha, o que são taninos e algumas crenças sobre o vinho tal como a célebre “quanto mais velho melhor”.

Fonte: Concha Y Toro

Novo Chile On-Wine traz programação gratuita e online

Após o sucesso do Novo Chile Wine Week em 2019, a Importadora Vinhos Novo Chile realiza entre os meses de novembro e dezembro o Novo Chile ON-WINE. Virtual, internacional e gratuito, o evento conta com palestras, degustações, lives e entrevistas com enólogos chilenos de vanguarda. A programação completa pode ser vista aqui.

Ao longo de todo o período, especialistas brasileiros como Marcelu Dvin e Fabiana Knolseisen receberão enólogos e empreendedores por detrás das vinícolas Alchemy, BO Wines, Erasmo, Laura Hartwig, La Recova, OWM, Trapi e Villalobos.  Estas empresas atuam em terroirs selvagens, microclimas diferenciados, com resgate de uvas centenárias e modelos de produção livres e sustentáveis. 

Na programação, constam palestras sobre produção de vinhos de baixa intervenção, com trato orgânico, em terroirs extremos ou castas patrimoniais

“O Brasil é apaixonado pelo vinho chileno, mas pouco conhece os apaixonantes rótulos elaborados em escala humana”, comenta David Giacomini, curador do evento e único brasileiro entre os produtores da Importadora Novo Chile. Apesar do país responder por 46% do total das importações brasileiras da bebida, menos de 0,5% são de vinícolas independentes.

“Queremos apresentar a nova cara da vitivinicultura do país. Temos brancos, rosés, tintos e espumantes de altíssima qualidade e que, verdadeiramente, refletem não somente a territorialidade de suas áreas produtivas, mas o que de melhor se pode fazer no Chile hoje”, complementa Giacomini, que produz brancos de guarda na La Recova.

Além do conteúdo gratuito, todos os participantes desses encontros virtuais terão acesso a cupons de desconto para adquirir os produtos destes vinhateiros com preços especiais no site DaGirafa. Para acompanhar a programação completa e conhecer o trabalho destas pequenas vinícolas, acesse o site Novo Chile e o perfil de instagram @novochile

O revolucionário Novo Chile

Apesar de funcionarem em escala humana, as oito vinícolas representadas pela Importadora Vinhos Novo Chile têm seus rótulos anualmente premiados por publicações e especialistas, como Patricio Tapia (Descorchados), Tim Atkin (Master of Wine), James Suckling e Robert Parker.

Foi a consagrada crítica de vinhos Jancis Robinson que, em uma de suas colunas, declarou estar enxergando uma “revolução” no país através destes pequenos vinhateiros: “Os velhos estilos, as antigas denominações e os produtores conhecidos até agora estão sendo desafiados por uma nova geração”. 

Os vinhos degustados nas lives e entrevistas virtuais poderão ser adquiridos com desconto no e-commerce DaGirafa

Conheça a proposta de cada integrante do Novo Chile

Vinícola Alchemy Eleita a melhor vinícola de pequenas produções do Chile e detém o melhor Carménère no Catad´Or de Santiago. Com vinhedos no Vale de Almahue, na região de Cachapoal, traz vinhos 100% artesanais: com colheita e desengace manuais, fermentação com leveduras selvagens, trasfega por gravidade para barris de carvalho francês e engarrafados sem filtragem ou estabilização. Para beber: Alchemy Gran Cuvee (93 pontos no guia James Suckling) e Parroné Syrah.

Vinícola BO Wines (Best Origin Wines) – Possui um belíssimo trabalho de resgate de castas patrimoniais, trabalhando principalmente com videiras centenárias de Carignan da região do Maule e que sobreviveram anos sem manejo. Para beber: todos os seus vinhos são premiados, com destaque para o Carae (revelação da Guia Descorchados, 93 pontos no James Suckling, 90 Tim Atkin e 90 Robert Parker), Malcriado (blend de Cabernet Sauvignon e Carignan), Fillo Carignan e Fillo Malbec. 

Vinícola Erasmo – Esta vinícola é de propriedade do Conde Francesco Marone Cinzano, com tradição familiar no ramo da vitivinicultura e também responsável pelos Brunellos di Montalcino da grande Col d’Orcia. No Vale do Maule, produz vinhos de tratamento orgânico e ao estilo do Velho Mundo. Para beber: Erasmo 2019 (91 pontos James Suckling e destaque na lista dos Melhores Blends do Chile pelo Guia Descorchados), Erasmo Rosé de Mourvedre (Melhor Rosé do Chile pelo Guia Descorchados) e Erasmo Garnacha Alicante. 

Vinícola Laura Hartwig – Localizada no Valle de Colchagua, é uma das mais premiadas da atualidade. Tem 145 hectares plantados de Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, Carménère, Malbec, Syrah e Petit Verdot, com uma viticultura sustentável e de baixo impacto. Para beber: todos os seus vinhos receberam pontuações acima de 90 em listas e guias. Atenção ao Laura (96 pontos no James Suckling e considerado um dos 100 melhores Vinhos do Chile pelo especialista), Laura Hartwig Edición de Familia (também no Top 100 James Suckling), Laluca Malbec e Laluca Merlot.

Vinícola La Recova A La Recova fica na região mais fria do Vale de Casablanca e tem suas plantações em ladeiras empinadas de tirar o fôlego, com videiras separadas por apenas 80 cm. É o vinhedo de Sauvignon Blanc de maior densidade de plantação do Chile. Para beber: Avid Sauvignon Blanc (95 pontos no Guia Descorchados) e Obstinado Rosé Demi-sec.

Vinícola OWM – Uma vinícola de pequeníssima produção; com colheita, desengace e vários outros processos feitos manualmente. Está localizada no Vale de Panamá, no Vale de Colchagua, local que possui um microclima que a diferencia dos demais vinhedos da mesma região. Para beber: OWM Handmade, um blend único de seis castas com estágio de 15 meses em barricas de carvalho (90 pontos James Suckling) e Pillo de Panamá, blend de Cabernet-Syrah criado em tanques de cimento (92 pontos James Suckling).

Vinícola Trapi del Bueno – Localizada no Vale de Osorno, na Patagônia Chilena, produz vinhos frescos e elegantes em um dos territórios mais extremos e frios do país. Seu trabalho é artesanal: colheita e seleção dos cachos são manuais, uso de pisa pé e de leveduras selvagens, além de engarrafamento sem filtração. Para beber: Trapi Hand Made 2017 (91 pontos Tim Atkin e 93 pontos no Guia James Suckling, considerado um dos 100 melhores vinhos do Chile pelo crítico) e Pinot Noir Savage.

Vinícola Villalobos – Com videiras centenárias que crescem e frutificam soltas no meio do mato, a Villalobos se destaca pelo vinhedo mais próximo de seu estado natural, sem intervenção humana e colheita feita com escadas em cima das árvores. Para beber: Villalobos Carignan (92 pontos na escala Robert Parker e considerado um dos melhores varietais da uva pelo Guia Descorchados), Lobo Carménère e Zorrito Salvaje.

Miolo Cuvée festeja 25 anos com lançamento de caixa personalizada e versão Nature

O Miolo Cuvée é um dos espumantes mais tradicionais do Brasil. Suas borbulhas finas e persistentes e, principalmente, seu frescor, elegância e versatilidade conquistaram o mundo. Assim, o espumante brasileiro mais vendido em Paris também é a bebida oficial do Natal Luz de Gramado há 14 anos. Nesses 25 anos, a linha abriu portas e conquistou mercados, levando a marca Brasil para todos os continentes. Hoje, com presença em 15 países, o Miolo Cuvée conquista o reconhecimento da Denominação de Origem Vale dos Vinhedos (DOVV), amplia sua família com o lançamento de um Nature e apresenta nova roupagem.

Nascido nos vinhedos próprios da Miolo no Vale dos Vinhedos, o Miolo Cuvée expressa o terroir de uma região com plena vocação para o espumante. “O Miolo Cuvée tem um significado muito especial para a história da vinícola. Foi com ele que entramos nesse mercado há 25 anos, e conquistar a DOVV nos coloca em outro patamar agregando mais valor à marca Miolo no segmento de espumantes”, salienta o enólogo Adriano Miolo, diretor superintendente da vinícola. Nessa trajetória, o Miolo Cuvée arrematou 47 prêmios em concursos internacionais.

As mudanças querem provocar junto ao consumidor uma nova sensação, trazendo o novo sem deixar de lado a tradição. A modernização dos rótulos, que traz ícones de comunicação e paleta de cores mais contemporâneos, chega num momento em que a marca está consolidada como detentora de produtos premium, mostrando a expertise da Miolo na elaboração de grandes espumantes. Esta repaginada deixa o produto ainda mais elegante e ao mesmo tempo delicado, com inspiração na moda e perfumaria mundial, identificando-se com um consumidor jovem, sofisticado e mais feminino. E tudo isso sem mudança de preço, ficando entre R$ 50,00 e R$ 70,00.

Mas as mudanças não foram somente na estética. O espumante também passou por uma transformação no corte do vinho base. Agora, o Miolo Cuvée tem 60% Pinot Noir e 40% Chardonnay ao invés de 50% cada variedade como foi até aqui. O resultado trouxe elegância e sofisticação para um blend clássico.

Sobre a DOVV

Única no Brasil, a DOVV traduz a expressão do vinho autêntico, com identidade do Vale dos Vinhedos. O Miolo Cuvée conquistou a distinção por comprovar que 100% de suas uvas (Pinot Noir e Chardonay) são cultivadas na região geograficamente demarcada, além de todo processo de elaboração acontecer no Vale dos Vinhedos, seguindo um rígido controle de etapas pré-estabelecidas. A linha também seguiu pré-requisitos como a condução do vinhedo em sistema de espaldeira e a elaboração pelo método tradicional (Champenoise).

Miolo Cuvée Collection

Outra novidade para comemorar o aniversário é o Miolo Cuvée Collection, uma caixa personalizada com os quatro rótulos: Miolo Cuvée Nature, Miolo Cuvée Brut, Miolo Cuvée Brut Rosé e o Miolo Cuvée Demi-Sec, todos em 750 ml. A proposta é gerar experimentação, além de ser uma excelente dica de presente com a coleção completa. Assim, o consumidor poderá degustar os quatro espumantes, que nem sempre estão disponíveis no mesmo ponto de venda, com o preço de quatro garrafas unitárias. O Miolo Cuvée Brut e o Miolo Cuvée Brut Rosé, ambos com 12 meses de envelhecimento nas caves subterrâneas da vinícola, também serão disponibilizados em garrafa Magnum com 1,5 litro. Os quatro rótulos também exibem o Selo da The Vegan Society, como 100% veganos e livres de alergênicos.

Miolo Cuvée Nature

A aposta em espumantes Nature é recente no Brasil. Tanto que a legislação brasileira passa a citar o produto somente em 2018, permitindo a elaboração com zero adição de licor de expedição, podendo conter até 3 gramas por litro de açúcar residual. ‘Puro’, este espumante é apreciado por paladares mais maduros.

Com 18 meses de envelhecimento na garrafa em contato com as leveduras, e o mesmo preço da linha, o Miolo Cuvée Nature não tem dosagem de licor de expedição. Elaborado pelo método tradicional com uvas das variedades Pinot Noir (60%) e Chardonnay (40%) cultivadas no Vale dos Vinhedos, o produto exige em sua cápsula o selo DOVV.

Límpido, de coloração amarelo palha e nuances esverdeados, possui coroa elegante e perlage fina, delicada e constante. Seus aromas são delicados e lembram frutas cítricas como abacaxi e melão, mel e destaque para notas de pão torrado. Na boca, alto frescor diante de sua acidez equilibrada. Boa persistência gustativa e retrogosto prolongado. Ideal ser apreciado com uma temperatura entre 6ºC e 8ºC. Excelente com aperitivo, harmoniza muito bem com saladas de folhas – sem vinagre -, carpaccios, ovas de peixes, frutos do mar e bolinhos de bacalhau.

Enoturismo regado a Miolo Cuvée

Para brindar os 25 anos do Miolo Cuvée, a vinícola também está preparando o roteiro especial DOVV Espumantes, que será oferecido de segunda a sábado, sempre às 14h30min, a partir de outubro. Além de ser uma experiência mais dirigida ao mundo do espumante, o grande diferencial é a degustação do Miolo Cuvée na emblemática torre da Miolo. Já no Wine Garden será montado o Lounge Miolo Cuvée com taça ao pôr do sol e welcome drink.

Informações: Miolo

Vinho Casa Rossa Licoroso Rosado leva ouro em premiação

Union Distillery estreia no Brazil Wine Challenge com premiação conferida por júri técnico

O Casa Rossa Licoroso Rosado, elaborado pela Union Distillery Maltwhisky do Brasil, destilaria instalada no Vale dos Vinhedos e aberta ao turismo, acaba de ser reconhecido com Medalha de Ouro no 10º Brazil Wine Challenge, realizado de 13 a 15 de outubro, em Bento Gonçalves, numa promoção da Associação Brasileira de Enologia (ABE).

Foto: Augusto Tomasi

O concurso, único do Brasil com chancela da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e da União Internacional de Enólogos, reuniu 774 amostras de 16 países. Entre os rótulos, 16 destilados e espirituosos, cabendo ao Casa Rossa Licoroso Rosado a distinção de Medalha de Ouro.

“A conquista é o reconhecimento de todo trabalho e dedicação para engarrafar uma bebida que simboliza a colheita. Afinal, somos especialistas em whisky e ao elaborar vinhos licorosos estamos prestando uma homenagem ao Vale dos Vinhedos que nos acolheu de braços abertos. Estamos muito felizes e compartilhamos com todos nossos clientes, visitantes e apreciadores este prêmio”, destaca o diretor executivo da empresa, Luciano Borsatto.

A Union Distillery tem mais de 70 anos de experiência, atuando na destilação de mal whisky e elaboração de bebidas. Com a unidade instalada no Vale dos Vinhedos, aberta ao turismo, a empresa resolveu ir além do whisky e lançar dois rótulos de vinhos licorosos na linha Casa Rossa: Casa Rossa Licoroso Tinto e Casa Rossa Licoroso Rosado. “Não poderíamos estar no Vale dos Vinhedos sem oferecer uma bebida feita a partir da uva. Afinal, nossa história começou elaborando vinhos”, relata Borsatto.

A Union Distillery tem mais de 70 anos de existência, atuando na destilação de malte whisky e elaboração de bebidas. Com a unidade instalada no Vale dos Vinhedos, aberta ao turismo, a empresa resolveu ir além do whisky e lançar dois rótulos de vinhos licorosos na linha Casa Rossa: Casa Rossa Licoroso Tinto e Casa Rossa Licoroso Rosado. “Não poderíamos estar no Vale dos Vinhedos sem oferecer uma bebida feita a partir da uva. Afinal, nossa história começou elaborando vinhos”, relata Borsato.

O produto

O Casa Rossa Licoroso Rosado é um vinho fortificado, elaborado a partir de uvas brancas aromáticas, envelhecido em barris de carvalho ex-whisky. Fruitivo, refrescante e leve, é delicioso quando servido levemente frio. Sua coloração lembra o âmbar evoluído com nuances douradas. É frutado com toques de abacaxi em calda, frutas vermelhas maduras e floral cítrico, além de damasco, baunilha, caramelo, tosta e uma presença sutil de notas terrosas e especiarias. Na boca, apresenta paladar doce e frutado, com taninos macios e persistentes. Tem boa estrutura de boca com frescor de uvas brancas aromáticas. A graduação alcoólica é de 18%.

Informação: Union Distillery

Plataforma Eniwine oferece entregas em minutos na cidade de São Paulo

Eniwine Fast lança serviço de entrega rápida

A mais completa plataforma digital de vinhos traz uma novidade aos amantes desse universo: o Eniwine Fast, um serviço de entrega em minutos para regiões da Grande São Paulo. A Eniwine já tem disponíveis mais de 50 rótulos nesta modalidade, número que está aumentando dia a dia.

O novo serviço ocorre diariamente, de segunda à sexta, das 10 às 21 horas, aos sábados entre 11 e 22 horas e, aos domingos e feriados, das 11 às 15 horas. Os prazos de entrega são de até 60 minutos para os bairros mais próximos ao Centro de Distribuição que fica no bairro Chácara Santo Antônio, ou em até 150 minutos nos pontos mais afastados, uma vez que o serviço se estende até as regiões distantes 40 km, caso de Santana de Parnaiba, Mairiporã, Guarulhos, São Bernardo e Zona Leste Paulista para citar algumas.

Já os valores das entregas variam entre R$ 18 e R$ 48, e são referentes as entregas de até quatro garrafas. Caso o pedido ultrapasse esse número, será cobrado R$ 3 por garrafa adicional, até o máximo de 12 unidades. Acima de 12 garrafas, um novo cálculo será gerado.

Informações/vendas: Eniwine Fast