Arquivo da tag: vinhos

Black Friday da Wine tem quase mil rótulos com até 75% de desconto, cashback e frete grátis

Se você está pensando em renovar o estoque de vinhos ou garantir alguns rótulos especiais para o fim de ano, não pode perder esta oportunidade. A Wine, maior clube de assinatura de vinhos do mundo e líder no ranking de importação, se prepara para lançar a campanha “Black Friday Wine, desconto em todo lugar”. Serão quase 1.000 rótulos com descontos que chegam a 75%.

Além disso, a Wine liberou frete grátis para todo o Brasil, durante todo o mês de novembro, e a possibilidade de parcelar as compras em até 12 vezes, com a parcela mínima de R$50.

“Estamos levando a promoção de Black Friday para todos os nossos canais: aplicativo, e-commerce e lojas físicas. Vale ficar de olho em cada canal, pois teremos algumas promoções exclusivas em cada um deles também. Tivemos nos últimos dias uma ‘oferta maluca’ com 6 vinhos a R$119 e vamos repetir. Preparamos uma campanha especial para agradar aos apaixonados por vinho e agradecer aos nossos sócios e clientes pela parceria ao longo do ano inteiro”, diz Alexandre Magno, COO da Wine.

Quem já é sócio da Wine poderá aproveitar as ofertas já no dia 24/11 e ainda terá a oportunidade de acumular 3x mais cashback neste mês de novembro. Quem ainda não é sócio do Clube Wine, poderá aproveitar a oferta da Black Friday para dar início nessa assinatura.

O Winebox do Seu Jeito, por exemplo, sai por apenas R$ 104,90 por mês e o cliente recebe 4 garrafas, todo mês, em casa. Fechando o clube neste mês de novembro, com a promoção da Black Friday, o cliente vai ganhar 5 vinhos adicionais de brinde – que serão enviados um a mais, por mês, durante 5 meses. Assinando um dos Clubes Wine no plano anual, o cliente tem 4 meses grátis e ainda ganha duas taças de cristal. E se fechar o plano mensal, terá 30% off por seis meses.

Live Commerce

Para alavancar as vendas e estar ainda mais perto do consumidor, a Wine planeja realizar lives commerces, em que irão divulgar promoções inéditas, cupons de desconto e dicas sobre alguns vinhos. A programação das lives será divulgada no Instagram @winevinhos.

A ação de Black Friday da Wine conta ainda com um reforço na divulgação com artistas muito conhecidos do público. O cantor Péricles, e os comediantes Marcos Veras e Pequena Lô são as estrelas da campanha “Black Friday Wine, desconto em todo lugar” para mostrar aos consumidores que o vinho está na música, no humor, no tiktok, no samba, em todo lugar, seguindo a estratégia da Wine de tornar o vinho amplamente disponível, em todas as jornadas de consumo,

Rótulos imperdíveis

Para ajudar o consumidor a aproveitar as melhores ofertas, a Sommelière da Wine, Cibele Siqueira, indica alguns rótulos que são os queridinhos dos consumidores e que estarão com preços imbatíveis a partir de hoje (25).

O Mosaiko Reserva D.O. Valle De Cachapoal Cabernet Sauvignon 2018, por exemplo, é um blend da mesma casta de cinco vinhedos diferentes que custa R$ 128,90 e com a promoção da Black Friday ele cai para R$ 51,90. Já o Nederburg 56 Hundred Pinot Noir 2018, de R$ 102,90 ficará apenas R$ 24,90. Elaborado com a uva tinta francesa Pinot Noir, esse exemplar expressa o potencial do terroir sul-africano no cultivo de uvas internacionais.

Outra sugestão é o Esteban Martín D.O.P. Cariñena Garnacha Syrah Tinto 2020. Um vinho frutado cheio de juventude, com boa estrutura em boca com taninos sedosos. De R$ 81,90 o rótulo sai na promoção por apenas R$ 37,53. Outro destaque é o Casillero Del Diablo Cabernet Sauvignon 2019, dono de intensos aromas de cerejas, ameixas e toques de baunilha e tostado. Este rótulo de R$ 79,90 fica por R$ 49,29.

Informações: Wine

Black Friday: iniciativa converte vendas em doações para projetos de defesa do meio ambiente

Ball Corporation doa R$ 5,00 a cada produto vendido na Vadelata Store, e-commerce exclusivo de bebidas em embalagens sustentáveis de alumínio

A Ball Corporation promove na Vadelata Store, seu e-commerce exclusivo de bebidas em lata, a 2ª edição da Green Week entre os dias 22 e 26 de novembro. Levantando a discussão sobre consumo desenfreado na tradicional Black Friday, a líder mundial em embalagens sustentáveis de alumínio doará R$ 5,00 a cada lata comprada na loja virtual para o Instituto Route Brasil, que busca rotas de engajamento para soluções que visam a redução do impacto do lixo nas comunidades, praias e oceano do Brasil e do mundo.

Utilizando sua loja de bebidas online, a Ball reforça o apelo por um consumo mais responsável, atitude fundamental para preservação da natureza e redução da poluição, além da contribuição para uma economia circular, mais sustentável. Afinal, a lata de alumínio é a embalagem mais amiga do meio ambiente e, quando descartada corretamente, volta às prateleiras como uma nova lata em 60 dias.

“A data da Black Friday vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil e sabemos das consequências de um consumo desenfreado e de uma economia linear. A Ball tem ações e políticas sustentáveis durante o ano todo, e contamos com a latinha de alumínio, a embalagem mais sustentável da cadeia de bebidas, como nosso produto principal. Com isso, decidimos nos posicionar nesta época de consumo trazendo uma reflexão sobre o impacto das nossas escolhas no meio ambiente e fazendo nossa parte em prol da conscientização e da preservação dos nossos recursos”, explica Thaís Moraes, Diretora de Comunicação da Ball América do Sul.

A parceria com o Instituto Route Brasil é resultado do sucesso da Green Week de 2020, em que mais de mil latas foram vendidas em uma semana. O instituto, que tem atuação global em mais de 10 países, trabalha no desenvolvimento de programas e ações para promoção da educação ambiental e engajamento para preservação da natureza, com foco nas praias e oceanos. No Brasil, o destaque é a Route Comunidade e a campanha 100 Resíduos, promotora de conscientização ambiental através de doação de cestas básicas em comunidade brasileiras, e posterior coleta dos resíduos gerados para encaminhar para reciclagem.

A Vadelata Store iniciou suas atividades há pouco mais de um ano, com o objetivo de atender aos novos hábitos gerados pelo isolamento social, onde a compra online se firmou como canal efetivo por conta da praticidade e segurança. Há uma vasta opção de produtos, contemplando desde as melhores cervejas artesanais do mercado, até lançamentos como vinhos, espumantes, drinks, gim tônica e hard seltzer. Tudo isso envasado na embalagem que é 100% e infinitamente reciclável e que, quando descartada corretamente, retorna ao mercado em apenas 60 dias como uma nova lata.

Informações, acesseBall e siga o Vadelata – movimento em prol da lata de alumínio, a embalagem mais amiga do meio ambiente – no Instagram e no Facebook.

Color Friday Zahil 2021: oportunidade com preços especiais

Este ano, a Color Friday da importadora ganha cores e um catálogo repleto apenas de preciosidades com até 50% de desconto e frete grátis para todo o Brasil, até 30 de novembro. Uma chance imperdível para abastecer sua adega com vinhos de alta qualidade.

Até 30 de novembro acontece a Color Friday Zahil 2021, a versão premium da importadora para a data que movimenta o varejo mundial, a Black Friday. A importadora preparou um catálogo especial apenas com os rótulos e produtores de primeira linha, ou seja, os mais celebrados e desejados vinhos com descontos que vão de 20% até 50%.

Ao todo serão 24 grandes vinhos divididos em quatro faixas de descontos, indicadas por cores diferentes, que dão um ar de leveza e sofisticação à campanha, aliada à preciosidade dos rótulos.

“Enquanto muitos agentes do varejo aproveitam a data como estratégia para esvaziar estoques, seguimos o caminho inverso criando um catálogo apenas com nossos rótulos mais especiais, oferecendo vinhos espetaculares a preços imperdíveis para criar uma verdadeira oportunidade para os apreciadores que, assim como a Zahil, tratam o vinho com respeito”, conta Bianca Veratti, especialista DipWSET e Diretora de Comunicação da Zahil.

As condições especiais valem para compras na loja física ou pelo e-commerce, acompanhadas de um cupom de 20% de desconto para a próxima compra. Contudo, presencialmente em nosso showroom os apreciadores terão a oportunidade de degustar todos os vinhos da campanha ter condições ainda mais especiais para lotes de garrafas disponíveis somente na loja. Vale a pena uma visita!

Catálogo Color Friday Zahil 2021

Abaixo, alguns exemplos dos vinhos que fazem parte do catálogo:

Bodegas Salentein – Reserve Blend (20% off – de R$ 174,00 por R$ 139,20)

Château Los Boldos – Vieilles Vignes Cabernet Sauvignon (30% off – de R$ 249,00 por R$ 174,30)

Rutini Wines – Single Vineyard Altamira Cabernet Sauvignon (40% off – de R$ 559,00 por R$ 335,40)

Château de Jau – Château de Jau Village Rouge (50% off – de R$ 199,00 por R$ 99,50)

Para conhecer o catálogo completo com os 24 rótulos clique aqui.

Mambo oferece vinho português com exclusividade

A rede de supermercados Mambo está distribuindo com exclusividade um vinho produzido na região de Cantanhede, em Portugal. É um vinho de cor rubi escuro, aroma misto de frutos vermelhos e notas de evolução, tem sabor frutado, macio, com elegantes taninos e boa persistência.

Acompanha bem massas com molho vermelho, carnes vermelhas, pizzas e queijos de massa dura. Teor alcoólico: 13%. Acidez total: 5,5g/l.

Vinho Português Tinto Cantanhede – 750ml – Preço Sugerido – R$ 49,90

Onde encontrar: Supermercados Mambo

Vinhos uruguaios trazem a história e os costumes de um país com longa tradição de vinicultura

MMV traz ao Brasil uma série de rótulos que contam a história e a tradição do país vizinho na produção de vinhos requintados

Argentina e Chile são os primeiros países latinos que vêm à mente quando se pensa em vinhos requintados e de qualidade. Porém, existe outro país platino vizinho do Brasil que tem tradição, qualidade e vinhos exclusivos que muitas vezes passam despercebidos pelos consumidores brasileiros: o Uruguai.

A história dos vinhos no país “Hermano” data de muito tempo. A produção começou em 1600, com muita influência dos espanhóis, que representavam 90% da população da época. Porém, foi em 1870 que o Uruguai passou a ganhar uma identidade própria. Pascual Harriague plantou na região de Salto, Costa Oeste do país, as primeiras vinícolas de Tannat, uva oriunda do sul da França que é conhecida pelo alto teor de taninos que permite a produção de vinhos poderosos e com grande poder de guarda.

Assim como a uva Malbec é associada à Argentina e a Carménère ao Chile, a Tannat se tornou a “uva do Uruguai”, sendo, inclusive, por muitos anos, conhecida como “Harriague”, tamanha a importância do vinicultor na história de produção de vinhos do Uruguai.

“O casamento entre o uruguaio e o vinho Tannat tinha tudo para dar certo mesmo. Como esses vinhos são bem encorpados, eles são ideais para acompanhar carnes vermelhas, e o povo uruguaio é a nação que percentualmente mais consome carne no mundo”, diz Jonas Martins, sommelier e gerente comercial da MMV Importadora. Ele conta que um levantamento recente aponta que, em média, cada uruguaio consome 56 quilos de carne por ano.

A MMV, inclusive, recentemente, adicionou ao seu portfólio de vinhos uma série de rótulos uruguaios da vinícola Varela Zarranz, que tem mais de 130 anos de história. A vinícola preserva elementos patrimoniais da vitivinicultura uruguaia, em uma perfeita harmonia entre tradição e novas técnicas de produção. São mais de 100 hectares de plantio com uma série de uvas, como a já citada emblemática Tannat, assim como a Cabernet Sauvignon, cultivada desde o final do século XIX, a Cabernet Franc e a Merlot, além das uvas brancas, como a Chardonnay, a Sauvignon Blanc, a Viognier e, com exclusividade, a Muscat Petit Grain.

Entre os rótulos trazidos pela MMV, é claro, não poderia faltar o famoso Tannat. O Varela Zarranz Roble Tannat é, nas palavras do sommelier Jonas Martins, um “puro sangue” dos Tannats, remetendo à outra paixão dos uruguaios, os cavalos. De cor vermelha granada intensa, o vinho lembra aromas de frutas escuras e compota que se misturam à tosta e baunilha. Com taninos elevados, é um vinho com muita presença.

“Um dos nossos objetivos em trazer o Roble Tannat é aproveitar também o fato de que o churrasco uruguaio está em voga no Brasil. Eles têm todo um jeito diferente de assar a carne, com o uso de parrillas, cortes especiais e técnicas. E claro, para uma experiência completa, nada como um belo Tannat”, explica Martins.

Outro rótulo interessante é o Varela Zarranz Roble Marselan. Também originária do sul da França, essa uva teve uma adaptação fantástica no Uruguai. Apesar de permitir a produção de vinhos muito requintados, a Marselan é uma uva pouco conhecida em relação às outras uvas mais famosas. De cor vermelho-púrpura, o Roble Marselan é complexo ao nariz, em especial por conta das especiarias, como cravo, canela e pimenta, sendo marcante em boca e com taninos redondos. A garrafa será comercializada em torno de R$130,00 reais, o que é um ótimo custo-benefício.

Para contrastar um pouco com a pungência dos vinhos acima, o OMM Marselan Rosé é um achado da MMV. O rótulo da garrafa, inclusive, é uma alusão a uma mulher praticando Yoga, em referência ao equilíbrio e à leveza desse rótulo. Com aromas que lembram groselha, cranberry, morango, cerejas e um leve toque de caramelo, esse Rosé é muito vivo, com um frescor marcante. Mesmo com a alta do dólar, esse vinho chega ao cliente da MMV em torno de R$50,00 a garrafa, um preço muito atrativo.

“Queremos com o OMM Rosé trazer também essa nova faceta do Uruguai, que, apesar de ser um país pequeno, tem uma linda história na produção de vinhos”, ressalta Jonas Martins.

Informações: MMV Vinhos

Evino participa do 8º Bem da Moda, evento beneficente em apoio ao GRAAC

Em parceria com a ESPM Social, agência de voluntariado universitário, a Evino participa da 8ª edição Bem da Moda, evento beneficente que tem como objetivo levantar fundos para GRAAC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer) por meio de uma Bienal da Moda, Bazar, Leilão e Brechó. Este ano, o evento ocorre entre 18 e 22 de outubro.

Entendendo a importância das ações sociais, a Evino, maior e-commerce da América Latina, participará da iniciativa no leilão do dia 21, disponibilizando 1 kit a partir de R$ 500,00 que inclui rótulos franceses premiados, do portfólio de Produtores Renomados, e uma degustação guiada com um sommelier da Evino. “É fundamental que as organizações com trabalhos tão importantes encontrem apoios. Nós da Evino sempre procuramos formas de contribuir com as iniciativas que atuam para o cuidado com o próximo, e ficamos felizes em poder participar desta edição do Bem da Moda”, conta Eduardo Souza, Co-CEO da Evino.

Desde a sua fundação, a ESPM Social realiza há 19 anos a consultoria para ONGs e OSCIPs (Organizações da sociedade civil de interesse público), já atendeu mais de 230 instituições sociais e recebeu mais de 900 alunos voluntários. Na última edição, realizada em 2019, o evento beneficente levantou R$ 160.000,00.

Fonte: Evino

Dia do Sorvete: refresque-se com a receita de um que leva vinho e chocolate amargo

A Sommelière da Wine, Marina Bufarah, ensina como preparar essa delícia em homenagem ao Dia do Sorvete

Que chocolate e vinho combinam não é nenhuma novidade, mas que eles podem se juntar e virar sorvete, você sabia?! Pegando carona no Dia do Sorvete, comemorado em 23 de setembro, Marina Bufarah, Sommelière da Wine, maior clube de assinatura de vinhos do mundo, ensina uma receita pra lá de refrescante: Sorvete de Chocolate Amargo e Malbec.

A receita rende em média 750 ml de sorvete e é super fácil de preparar. Ah, sim, uma dica legal é que você pode servir o sorvete em taças de vinho.

Sorvete de Chocolate Amargo e Malbec

Ingredientes:
160g de chocolate 90% cacau;
300ml de creme de leite fresco;
½ lata de leite condensado;
400ml de um vinho Malbec.

Modo de preparo:
Em uma panela reduza os 400ml de vinho Malbec em fogo médio até que reste aproximadamente 120ml. Em seguida, reserve-o para esfriar. Quebre o chocolate escuro e derreta-o. Você pode fazer isso como quiser, em uma tigela de vidro sobre uma panela de água fervente, no micro-ondas ou em uma panela no fogo baixo. Em uma tigela grande, misture o creme de leite fresco e o leite condensado. Em seguida, adicione o chocolate e o Malbec reduzido e misture. Despeje a mistura em um recipiente que possa ir ao congelador. Certifique-se de cobrir o sorvete com uma tampa ou filme plástico, e em seguida coloque no congelador por 6 horas. Antes de servir o sorvete, tire-o do congelador por cerca de 15 minutos para soltar.

Para esta receita, a especialista indica três rótulos, mas você pode escolher o vinho Malbec de sua preferência:

Salentein Killka Malbec 2020 / El Bautismo Malbec 2020 / Quimay Selección Especial de Viñedos Malbec 2020

Fonte: Wine

Orion Vinhos lança linha portuguesa ‘Os Felinos’

Novos produtos foram divulgados em formato Bag In Box (recipiente de 5 litros)

A Orion Vinhos acaba de apresentar ao mercado a linha de vinhos proveniente de Portugal “Os Felinos”. Com apresentação no formato de Bag de 5 litros tinto, a coleção é uma aposta da empresa para os consumidores que buscam um bom vinho para o dia a dia, festas, finais de semana etc. graças a sua versatilidade e facilidade de consumo, uma vez que basta “abrir a torneirinha” diz Alexandre Santucci, consultor de marketing e comunicação da empresa e autor do blog de vinhos mais antigo do Brasil, o “Descomplicando o Vinho”.

Segundo Santucci, o Bag in Box (BIB) é um” caixa onde o vinho é protegido graças a um saco de material semelhante ao tetrapack que acondiciona e ao mesmo tempo evita a presença de oxigênio, preservando a qualidade e integridade do líquido” diz. Ele ressalta que os vinhos após abertos “podem ser consumidos por muito mais tempo que a garrafa, mas a vantagem mesmo é o preço: o conteúdo equivale a quase 7 (sete) garrafas tradicionais (750 ml) e chega a custar 30% menos” acrescenta.

O especialista comenta que “Os Felinos” Tinto logo terá sua versão em garrafa e deve custar ao consumidor cerca de R$30,00. Já o bag deve ser vendido por menos de R$ 150,00. “Encomendamos um vinho ao gosto do brasileiro, com boa fruta, corpo macio, presença de taninos e acidez equilibrada. Um vinho para bebericar, para acompanhar a pizza e o churrasco. O resultado é que acertamos. O vinho está uma delícia e o preço também” brinca.

Orion Vinhos

“Em agosto do ano passado um dos diretores deixou a empresa para abrir uma nova importadora que nada tem a ver com a Orion Vinhos. Infelizmente alguns dos clientes da Orion Vinhos foram ludibriados com a informação em que o comercial dessa outra empresa repetia, dizendo que era tudo a mesma coisa. Não é e nunca foi. A situação foi descrita através de um comunicado divulgado pela Orion Vinhos.”

A Orion Vinhos está seguindo novos rumos de gestão, tanto na sua mentalidade quanto na forma que espera o mercado brasileiro de vinhos importados. A estratégia vale não para só para os produtos, mas na postura que o importador está adotando. Uma das novidades é a nova ação comercial para aumentar a penetração da empresa no mercado brasileiro. É um modelo de compliance, onde qualquer produtor, brooker ou agente residente que demonstra interesse em comercializar os produtos da empresa. Caso ele já exista no Brasil a Orion Vinhos solicita que atual importador seja avisado da possível mudança. Para as marcas próprias, após um estudo de viabilidade, são criados os rótulos, posicionamento e seu devido registro no órgão brasileiro competente. Essa prática permite um conforto para o importador diante da necessidade do tempo para que uma marca possa ser edificada e permanente no mercado.

Nesse comunicado a empresa também se refere a campanha de final de ano que além de oferecer descontos e prazos separou de uma vez os vinhos que não estão mais em seu portfólio.

São vinhos que estavam na empresa na antiga formação administrativa e serão vendidos com grandes descontos em formatos de lotes. Será uma boa oferta para lojistas, supermercados e o trade em geral. É a possibilidade de receber produtos com preços excelentes, que foram muito importantes para empresa, mas que não refletem mais a nova mentalidade e que, em alguns casos, já estão sendo importados por outras empresas.

“Estamos fazendo um trabalho em o que o vinho, ou qualquer bebida que vendemos, seja tratado com o maior profissionalismo. Queremos um mercado mais altivo, comprometido e transparente, enquanto isso não acontece, faremos a nossa parte”, declara Santucci.

Fonte: Orion Vinhos

Wine comemora o mês da Independência do Brasil com rótulos brasileiros de destaque

Para mostrar que o nosso país tem vinhos incríveis produzidos aqui, a Sommelière Marina Bufarah fez uma seleção especial

Mesmo em meio ao cenário de incertezas causado pela pandemia, o crescimento significativo no consumo de vinhos, a alta do câmbio e a boa safra melhorando a competitividade do vinho brasileiro, o nosso país vem desenvolvendo sua vitivinicultura e com isso diversificando sua oferta, buscando atender cada dia mais o consumidor em termos de qualidade e preço.

Para comemorar o mês da Independência do Brasil, celebrado em 07 de setembro, e para mostrar que o nosso país tem vinhos incríveis produzidos em solo nacional, a Wine – maior clube de assinatura de vinhos do mundo – destaca algumas linhas e rótulos brasileiros para ajudar na escolha.

Segundo Marina Bufarah, Sommelière da Wine, uma das tendências no mercado tem sido o vinho em lata. “Com um conceito desenvolvido para um público mais jovem e para ocasiões em que o vidro não é bem-vindo, como em praias, piscinas, parques e feiras, essa proposta tem ganhado cada vez mais apreciadores que reconhecem a qualidade dos produtos oferecidos em uma embalagem alternativa”, explica a especialista.

A Miolo, vinícola com o maior portfólio de vinhos finos do Brasil, trouxe toda sua tradição e expertise na linha de vinhos em lata Somm, que conta com 3 blends, nas versões tinto, branco e rosé, e um frisante de Moscatel, elaborados na Serra Gaúcha. Outro vinho em lata que tem feito muito sucesso é a linha Arya, produzida pela vinícola Estrelas do Brasil, nas versões espumante, branco, rosé e tinto. O sucesso nas vendas fez com que ambos investissem na produção de novas safras dos produtos.

“Além da facilidade e segurança no transporte serem inquestionáveis, o vinho em lata vem em medidas menores, porções individuais, que são mais fáceis de gelar, mais práticas de abrir e mais sustentáveis. Por essas e outras vantagens, produtores e profissionais conceituados têm investido nas latas de alumínio”, diz Marina.

Outra surpresa bastante positiva em se tratando de vinhos brasileiros têm sido os vinhos elaborados com a uva Marselan. Desenvolvida em 1961 pelo pesquisador Paul Truel, perto da cidade francesa de Marselha, a uva é um cruzamento da Cabernet Sauvignon e da Grenache Noir. Com coloração intensa e aromas que lembram frutas vermelhas frescas e cacau, a Marselan começou a ser cultivada no Brasil a partir de 2003 e, hoje, já está presente nas principais regiões vitivinícolas do país, como Serra Gaúcha, Santa Catarina e Campanha Gaúcha, a mais nova Indicação de Procedência (I.P.) do país.

O Salton Campanha Marselan Tannat, propõe potencializar a expressão da jovialidade da Marselan, que compõe 76% do blend, complementado pela Tannat, que amadurece por 15 meses em barricas de carvalho francês. O resultado é um vinho potente e elegante, com notas de frutas negras em compota, violetas e especiarias, taninos macios e agradável persistência.

O primeiro semestre de 2021 apresentou um crescimento de 4% no abastecimento do mercado de vinhos, sendo impulsionado pela comercialização de vinhos finos brasileiros e também pelas importações, de acordo com dados da Ideal Consulting. “Nesse cenário, notamos os consumidores compreendendo cada vez mais que o vinho não precisa de uma ocasião especial e que ele pode ser a bebida do dia a dia para acompanhar refeições triviais e momentos de descontração”, afirma a Sommelière da Wine.

Neste cenário, o digital teve um papel fundamental na aproximação de consumidores e vinhos. “O Brasil forma a terceira maior base de consumidores online do mundo, segundo informações da Wine Intelligence, e com a retomada de bares, restaurantes e hotéis, a omnicanalidade torna-se ainda mais importante para atender de forma completa o consumidor onde ele estiver”, completa Marina.




Brasil bate recorde de consumo de vinho em ano de pandemia

Pesquisa revela aumento histórico de mais de 30% no consumo de vinho

O brasileiro nunca consumiu tanto vinho como neste último ano de pandemia. Em média foi consumido 2,78 litros de vinho per capita, o que representa um aumento de mais de 30%.

É o que releva um estudo divulgado pela plataforma Cupom Válido que reuniu dados do Statista, Euromonitor e Nielsen, sobre o consumo de vinho no Brasil e no mundo. O consumo total foi de 501 milhões de litros (contra 383 milhões no ano anterior), um valor nunca atingido na história. Ao considerar todos os países da América Latina, o Brasil ficou só atrás da Argentina.

Do total de 83 milhões de consumidores de vinho no Brasil, 46% tomam vinho pelo menos uma vez por semana, e 53% pelo menos uma vez por mês.

Vinhos preferidos pelos brasileiros

O vinho tinto é o preferido dos brasileiros, com 55% da preferência. O vinho branco fica em segundo lugar, com 25%. E por fim, o vinho do tipo rosé está em terceiro lugar de preferência nacional, com 20% do total.

No caso vinho tinto, o tipo preferido dos brasileiros são os da uva Malbec, originária da França e com quase 59% do plantio mundial. Em sequência seguem os tipos Cabernet Sauvignon e Merlot, respectivamente.

Para os vinhos do tipo branco, a primeira opção é a do tipo Chardonnay, mais conhecida como a “Rainha das uvas brancas”. A uva do tipo Sauvignon Blanc e Moscato, seguem na segunda e terceira posição, respectivamente.

Aproximadamente 59% dos consumidores de vinhos no país tem mais de 35 anos. Além disso, 30% dos consumidores desta bebida, utilizam os canais digitais, como portais ou lojas online para comprar vinhos.

Os brasileiros também podem são considerados consumidores abertos à novas experiências, já que mais de 70% estão dispostos a provar novos tipos vinhos, não ficando preso só a uma marca ou subtipo de uva.

Freepik

Vinhos nacionais versus importados

Segundo a pesquisa, no Brasil, 69% do total de vinho consumido é nacional, contra 31% importado. A alta do dólar foi um dos principais contribuidores pela queda no consumo de vinhos importados em comparação com o ano anterior.

Mais de 42% de todos os vinhos importados, são provenientes do Chile. Seguido por vinhos importados da Argentina e Portugal, com 16% e 15%, respectivamente.O estado brasileiro que mais importou vinho, foi a Santa Catarina, com 30% da importação total. Seguindo por São Paulo em segundo, e Espírito Santo em terceiro.

Cenário mundial do consumo de vinho

O vinho mais vendido do mundo é o da marca Barefoot, dos Estados Unidos. O segundo mais vendido é a Concha y Tore, do Chile. E a marca Gallo, também dos Estados Unidos, segue em terceira posição.

Os Estados Unidos é o país que mais consome vinho do mundo, no total são mais de 33 milhões de hectolitros por ano, ou 13% do consumo mundial. A França e Itália seguem em segunda e terceira posição, respectivamente. Levando em consideração o consumo per capita, a ordem muda, e a França segue na liderança, seguido por Portugal na segunda posição.

Confira o infográfico completo abaixo: