Arquivo da tag: vinicola

Vinícola familiar ganha três medalhas de Ouro no Brazil Wine Challenge

Vinícola familiar do Valle de Colchagua, no Chile, a Laura Hartwig ganhou três medalhas Ouro no 10º Brazil Wine Challenge. O júri especializado do concurso, realizado pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) entre os dias 13 a 15 de outubro, em Bento Gonçalves (RS), premiou os rótulos Edición de Familia 2015, Selección del Viticultor Petit Verdot 2015 e o Single Vineyard Carménère 2017.

“O Brasil tem recebido com bastante carinho nossos vinhos e estamos muito felizes com esta premiação de respaldo, que possui chancela oficial da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e da União Internacional de Enólogos”, destaca Alejandro Hartwig B, viticultor responsável pela vinícola.

Clássicos reinterpretados

Laura Bisquertt (foto) fundou a vinícola em 1978 ao lado do marido, Alejandro Hartwig

A Viña Laura Hartwig foi fundada em 1978 na comuna de Santa Cruz, pelos chilenos Laura Bisquertt e Alejandro Hartwig. O solo argiloso e o clima mediterrâneo denunciaram a vocação daquele terroir para a elaboração de grandes vinhos, como os clássicos do Velho Mundo, mas com identidade chilena. Hoje a empresa pratica uma viticultura de caráter sustentável, de baixo impacto e em escala humana, produzindo em 145 hectares até 12 mil caixas por ano.

Um dos principais rótulos da vinícola, premiado no Brazil Wine Challenge, é o Edición de Família 2015. Este blend das uvas Cabernet Sauvignon (50%), Malbec (28%), Petit Verdot (12%) e Cabernet Franc (10%) é elaborado pelo enólogo Renato Czischke, com os vinhedos mais antigos da vinícola.

Edición de Familia servido no enoturismo da Laura Hartwig

Um tinto elegante e delicado, que envelheceu em barricas de 1 e 2º uso por 20 meses e mais um ano em garrafa antes de chegar ao mercado. No sensorial, apresenta ainda rubi profundo e nariz frutado, com notas de especiarias, chocolate meio amargo, cassis, toque floral e grafite.

O vinho é mundialmente reconhecido: recebeu 94 pontos Guia Descorchados, entrando no ranking dos Melhores do Valle de Colchagua; está na seleção Wines of The Year – Bordeaux Blend de Tim Atkin, de quem recebeu 94 pontos; e figurou na lista dos Top 100 Wines of Chile de James Suckling, com 95 pontos. As últimas garrafas foram adquiridas pela importadora Vinhos Novo Chile, com distribuidores por todo o país.

Turista participa da Edición de Familia servido no enoturismo da Laura Hartwig

O Selección del Viticultor Petit Verdot 2015, por sua vez, é uma criação de Alejandro Hartwig. Também Ouro no Brazil Wine Challenge e eleito o Melhor Petit Verdot do Chile no Guia Descorchados, este rótulo é estruturado e com fruta bem integrada. De um rubi profundo, exala notas de especiarias e grafite, com madeira integrada. Em boca é encorpado, com taninos macios e final persistente.

A Viña Laura Hartwig pratica uma viticultura de caráter sustentável, de baixo impacto e em escala humana

Uva símbolo do Valle de Colchagua, a Carménère também é cultivada pela Laura Hartwig e gerou o premiado Single Vineyard Carménère 2017. De vinhedos plantados em 1995, em área com solo franco-argiloso e subsolo arenoso, este vinho ganha ainda 10% de Cabernet Sauvignon. O resultado é um tinto sedoso e elegante, com acidez equilibrada e madeira sutil, devido ao estágio de 12 meses em barricas de 4º uso. No nariz, notas de frutas negras, especiarias e nuances herbáceas, típicas das uvas.

Laura Hartwig é uma das mais condecoradas vinícolas do Chile, considerada pelo crítico Tim Atkim um Premier Cru Classé chileno. Até seus vinhos de entrada receberam boas pontuações em publicações especializadas, como o Laluca Merlot 2019 – 91 pontos Robert Parker. Este e os demais vinhos das linhas Laura, Selección del Viticultor, Single Vineyard e Laluca podem ser adquiridos no site DaGirafa; e encontrados nas melhores adegas e lojas especializadas do país.

Vinícola Guaspari lança o Guaspari Syrah Vista do Chá 2016

Vinícola Guaspari, conhecida por ser pioneira em Espírito Santo do Pinhal (São Paulo) e expoente da técnica da poda invertida, lança o vinho Guaspari Syrah Vista do Chá 2016.

Há mais de dois anos fora do mercado, o Guaspari Syrah Vista do Chá recebeu a medalha de ouro no Decanter World Wine Awards nas edições 2016 e 2017, com pontuação de 95 pontos, tornando-se o único vinho brasileiro já premiado com o ouro no maior e mais renomado concurso internacional de vinhos que acontece em Londres.

guaspari vinhedo.jpg

Plantado em 2008, o vinhedo de Syrah apresentou já em sua primeira vinificação qualidade nas uvas e personalidade em seus vinhos, dando origem ao primeiro lançamento da Guaspari, o Vista do Chá em 2011. O terroir apresenta um terreno profundo e bem drenado, que permite uma umidade equilibrada, drenagem natural e o perfeito enraizamento da videira, semelhante ao das grandes regiões produtoras mundiais.

O vinho, surpreendente pela sua personalidade, com cor forte e aroma elegante e profundo, foi feito com uvas colhidas manualmente – nas primeiras horas da manhã – e levadas diretamente à vinícola. Os cachos foram desengaçados e as bagas, transferidas ao tanque para macerar a frio, por cinco dias a 7°C. Após esse período, iniciou-se a fermentação alcoólica a temperatura controlada. Ela ocorreu em barricas de carvalho francês, onde estagiou por 25 meses e após engarrafado, descansou por mais 12 meses antes de o vinho ser lançado.

guaspari_cha_2016__1_.png

O lançamento está disponível no site da Guaspari e nas lojas físicas em Espírito Santo do Pinhal (dentro da vinícola) e em São Paulo (Rua Funchal, 411) pelo valor de R$ 248,00.

Páscoa na Serra Gaúcha: vinícola harmoniza trufas e vinhos

É impossível negar que o período de Páscoa desperta nosso paladar para apreciar diferentes tipos de chocolate – e, no que depender da Cooperativa Vinícola Garibaldi, esses sabores chegarão a outro patamar. Isso porque a atração Taça & Trufa oferecida no complexo enoturístico, em Garibaldi, apresenta aos visitantes da Serra gaúcha surpreendentes harmonizações entre chocolates artesanais e vinhos e espumantes premiados.

A experiência enogastronômica dura cerca de 45 minutos, incluindo três espumantes e dois vinhos, cada qual combinado a uma variedade do doce feito à base de chocolate e com recheios saborizados. Bebida intensa e complexa, com os fatores de paladar e aromas bem marcantes, o vinho se combina com as diferentes escalas de intensidade do chocolate: a parceria entre os dois é empírica e passional.

As sugestões são: vinho Chardonnay e trufa de maracujá; espumante Prosecco e trufa de laranja; espumante Rosé Pinot Noir e trufa de cereja; vinho tinto seco e trufa de chocolate meio amargo; espumante Moscatel e Trufa champanhe.

É necessário realizar agendamento para os horários: 10h, 13h30min ou 15h30min (de segunda-feira a sábado) ou 10h30min e 13h (domingos e feriados). A experiência custa R$ 35,00 por pessoa.

Roteiros de imersão

Além do Taça & Trufa, a Cooperativa disponibiliza o projeto Desperte seus Sentidos, uma degustação às cegas que ocorre no interior de uma pipa de 100 mil litros anexa à cave Acordes, que também dá nome aos produtos ícone da marca. Por aqui, o turista é desafiado a explorar seus sentidos em uma experiência apaixonante, e claro, com muito vinho e espumante. São três modalidades com duração aproximada de 50 minutos cada (preços sob consulta).

Outros atrativos são a Degustação de Produtos Premiados, que ocorre no wine bar localizado no complexo enoturístico, e Uma História para degustar – visita guiada gratuita entre pipas e tanques. Para que a experiência seja mais marcante, a dica é participar da visita e combinar pelo menos uma das degustações temáticas, conhecendo o mundo dos vinhos de modo diferenciado.

garibaldi.jpg

Atrações no complexo enoturístico da Cooperativa Vinícola Garibaldi
Endereço: Avenida Independência, 845 – Garibaldi (RS)
Horário de atendimento ao público: de segunda-feira a sábado, das 9h às 17h; nos domingos e feriados, das 10h às 15h
Horários do Taça & Trufa: 10h, 13h30min ou 15h30min (segunda-feira a sábado) ou 10h30min e 13h (domingos e feriados)
Duração: 45 minutos
Quanto: R$ 35,00 (Taça & Trufa) – demais atrações sob consulta
Informações e agendamento: (54) 3464.8104 | turismo@vinicolagaribaldi.coop.br

Como escolher os vinhos para os pratos das festas

A fartura à mesa nas ceias de Ano Novo é um verdadeiro desafio para todos na hora de escolher o vinho. Na maioria das vezes o problema está exatamente aí: optar por um único rótulo e esperar que ele combine com todos os pratos servidos.

A sommelière da Vinícola Aurora em São Paulo, Renata Guidoti, alerta para o sentido da harmonização, que é o de casar sabores e aromas, sem que o vinho se sobreponha ao prato e vice-versa. “O importante é que a experiência seja incrível”, diz.

Para facilitar essa escolha, Renata criou cinco grupos de dicas, considerando pratos típicos das ceias e os vinhos mais indicados para cada um desses grupos. E destaca: “Na dúvida, aposte em um bom espumante brut, que é uma bebida coringa nas harmonizações”. Os espumantes oferecem excelente acidez e possuem gás carbônico, que estimulam a salivação.

1) Para entradas, saladas (como a tradicional maionese), peixes (incluindo alguns preparos de bacalhau com muito azeite, ou saladas de bacalhau), carnes brancas, alguns cortes de suínos (filé mignon suíno, lombo) com alguma gordura, ou aves ao forno, como peru e chester, ancorados por farofas enriquecidas por seus miúdos e temperos:

aurora_pinto_bandeira_metodo_tradicional_extra_brut_24_meses_8075_small.png

Aurora Extra Brut Pinto Bandeira Método Tradicional – indicação de Procedência Pinto Bandeira – mais complexo e intenso, com 24 meses de contato com as leveduras. Este espumante, top de linha da vinícola, pela sua estrutura e complexidade, fica excelente com caviar e arenque defumado.

Aurora Procedências Chardonnay Brut (uvas Chardonnay de Lajeadinho) – Método Charmat longo;

Aurora Procedências Pinot Noir Branco Brut (uvas Pinot Noir de Tuiuty) Método Charmat longo;

Aurora Espumante Brut (Chardonnay) Método Charmat;

Aurora Espumante Prosecco;

marcus james 1

Marcus James Espumante Brut (Chardonnay, método Charmat);

Conde de Foucauld Espumante Branco Brut (Riesling Itálico / Semillon);

Aurora Reserva Chardonnay – 100% Chardonnay – 3 meses de estágio em carvalho;

Aurora Pinto Bandeira Chardonnay Indicação de Procedência – 100 % Chardonnay cultivada na Aurora Pinto Bandeira – área de IP Pinto Bandeira – 3 meses de estágio em carvalho;

Aurora Varietal Chardonnay – 100% Chardonnay – Fresco, frutado, sem estágio em carvalho (tampa screw-cap);

Aurora Varietal Riesling Itálico – 100% Riesling Itálico – Fresco, frutado, sem estágio em carvalho – “O melhor Riesling do Brasil na Grande Prova de Vinhos do Brasil 2017”.

2) Para o pernil suíno, o tender, camarões e outros frutos do mar em preparos com algum condimento (como moquecas, ensopados, risotos, paella, caldeiradas…):

vinho-rose-aurora-reserva-merlot-750ml-15061231114728

Aurora Reserva Rosé – 100% Merlot vinificada em rosé – Fresco, frutado, excelente acidez e estrutura média – muito gastronômico, fácil harmonização e indicado para várias situações de consumo.

Espumante Aurora Procedências Rosé Brut (uvas 80% Pinot Noir de Tuiuty em rosé e 20% Riesling Itálico de Monte Belo do Sul);

Espumante Conde Rosé Brut (Merlot / Pinotage / Cabernet Franc).

3) Os preparos agridoces, se predominantes na ceia, podem ficar bem com os demi-sec:

Espumante_Aurora_Demi-Sec_750_ml

Espumante Aurora Demi-sec (Chardonnay / Moscato);

Espumante Marcus James Demi-sec (Chardonnay / Moscato) ;

Espumante Conde de Foucauld Branco Demi-sec (Riesling Itálico / Semillon);

Espumante Conde de Foucauld Rosé Demi-sec (Merlot /Pinotage / Cabernet Franc).

4) Sobremesas (como pudins, mousses, tortas de frutas, bolos leves sem chocolate, frutas frescas, panetone e rabanadas):

aurora

Aurora Colheita Tardia (Malvasia Bianca) ;

Aurora Espumante Moscatel Branco (Moscato Bianco / Moscato Giallo);

Aurora Espumante Moscatel Rosé (Moscato Bianco / Moscato de Hamburgo).

5) Os tintos:

Não é porque é verão que não se pode tomar bons vinhos tintos. Existem os tintos mais leves, menos tânicos, mais frutados, que devem ser apreciados refrescados e podem ficar muito bem com o pernil e a costela suína, o cordeiro (paleta, carré) ou mesmo a bacalhoada com mais pimentões e tomates, por exemplo.

Aurora-Varietal-Pinot.jpg

Aurora Varietal Pinot Noir – 100% Pinot Noir (mais para lombinho e aves);

Aurora Reserva Merlot – 100% Merlot;

Pequenas Partilhas Cabernet Franc – 100% Cabernet Franc;

Aurora Varietal Merlot – 100% Merlot.

Esses e os demais rótulos da Vinícola Aurora, podem ser encontrados no território brasileiro em restaurantes, lojas especializadas e em grandes redes de varejo.

Fonte: Cooperativa Vinícola Aurora

 

Comemorações de fim de ano tornam o consumo de vinho mais atrativo

Esta época do ano pede pratos mais elaborados e, com isso, um bom vinho para harmonizar

Uma das épocas mais requintadas do ano chega com tudo. Fim de ano nos faz pensar nas confraternizações, bebidas e comidas especiais. Nesse clima de festa, Natal e Réveillon formam o pacote perfeito para o comércio de vinhos e espumantes. Partindo deste princípio, a ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados) especula que o mercado de vinho e espumante aumente em 8% nos últimos dois meses de 2017.

Reunir os amigos e a família, trocar presentes e lembrar-se dos momentos importantes desfrutados durante todo o ano é o cenário ideal para acompanhar uma taça com excelente bebida. Para isso, a Vinícola Góes tem sua linha completa desde os vinhos de mesa, passando pelos finos, espumantes, frisantes, Grape Cool e, por fim, os sucos integrais. O grande destaque desse ano é seu último lançamento, o Góes Tempos Pétalas Rosé Cabernet Franc, uma vez que combina perfeitamente com as festividades, clima, gastronomia presentes nessa época do ano.

vinho petalas

Para a Vinícola Góes, a queima de fogos também representa um período mais expressivo de vendas. A empresa está preparada para a demanda deste ano e idealiza o crescimento do consumo esperado para o setor, principalmente do vinho rosé, frisantes e espumantes. Para esses rótulos em especial, a expectativa da empresa é um aumento de 10%.

“Este ano fecharemos com chave de ouro com o lançamento desse novo rótulo tão prestigiado. Durante 2017 sentimos uma valorização do vinho brasileiro e um crescimento no mercado que será refletido nas vendas durante a alta temporada. Afinal, cada dia mais os brasileiros se interessam por esta envolvente bebida”, brinda Luciano Lopreto, diretor comercial da vinícola.

vinho rose

Informações: Vinícola Góes

 

 

Miolo é eleita ‘Melhor vinícola para se visitar’

“Impossível falar de vinho fino brasileiro e não pensar na Miolo” – assim começa a descrição da vinícola nas páginas dedicadas à marca no Guia de Vinícolas Brasil & Uruguay, lançado pelo escritor Flávio Faria, que mapeou 60 vinícolas dos dois países e consagrou a Miolo com a honraria máxima de três estrelas.

A marca também recebeu o prêmio de ‘Melhor vinícola para se visitar’ e figurou o Top 3 das categorias Vocação Turística e Visita Técnica. Pioneira no enoturismo na Serra Gaúcha, a Miolo é a primeira vinícola brasileira a criar um espaço exclusivo e integrado à natureza, o Wine Garden, que oferece aos turistas um charmoso piquenique harmonizado com vinhos e espumantes.

miolo.jpg

Também é a única vinícola na América do Sul a idealizar um curso destinado à formação de enólogos amadores, o Projeto Winemaker, que conta com a supervisão do enólogo da família, Adriano Miolo, e onde cada um aprende a elaborar o próprio vinho. São quatro encontros presenciais que acontecem no intervalo de um ano e meio e incluem aulas e visitas exclusivas aos vinhedos do grupo.

Minicursos de degustação e visitas guiadas com acompanhamento de enólogos da Miolo também são outros dois grandes atrativos aos milhares de turistas que visitam a região anualmente.

“Estamos honrados com o destaque que recebemos do Guia. Isso reforça a tradição da Miolo na elaboração de vinhos brasileiros e atesta nosso pioneirismo no Enoturismo no Brasil”, comemora Adriano Miolo, superintendente da marca.

miolo vinhos

Além de um breve relato sobre a história da Miolo e os principais projetos da empresa no texto intitulado ‘Cada vez melhor’, o Guia destacou quatro rótulos: o Quinta do Seival Alvarinho, como um dos melhores brancos da publicação; o Miolo Cuvée Giuseppe Chardonnay, descrito como “tudo o que se espera de um Chardonnay: cremosidade, volume em boca e os aromas típicos da casta, como abacaxi”; o Miolo Lote 43, um dos emblemas da casa; e o Miolo Merlot Terroir, com notas trufadas e terrosas.

Informações: Miolo

Miolo apresenta seu novo curso: ‘Experiência Terroirs do Brasil’

Pioneira em promover e difundir conteúdo de qualidade sobre o mundo dos vinhos, a vinícola Miolo anuncia a programação do novo curso ‘Experiência Terroirs do Brasil’, que vai proporcionar uma viagem no universo dos vinhos e espumantes.

O programa conta com um dia dedicado à apresentação de conceitos do mundo vitivinícola, análise sensorial e, claro, degustação e harmonização. Durante a Experiência Terroirs do Brasil, os participantes irão degustar vinhos dos principais terroirs brasileiros onde a Miolo desenvolve seus quatro projetos: Vale dos Vinhedos (Vinícola Miolo), Campanha Meridional (Vinícola Seival), Campanha Central (Vinícola Almadén) e Vale do São Francisco (Vinícola Terranova).

Eles também vão passar por conceitos de viticultura, visitarão os vinhedos e as modernas instalações da vinícola, além de aprenderem sobre o serviço do vinho.

miolo.jpg

“A Miolo se preocupa com a informação e a formação do consumidor, do apreciador e do profissional do vinho. No nosso novo curso os alunos vão além do ato de degustar e analisar tecnicamente um rótulo. Queremos que ele expanda seus conhecimentos sobre o vinho. Por isso, incluímos uma aula que trata de uma das grandes conquistas do setor, que é o selo de Denominação de Origem Vale dos Vinhedos”, explica Adriano Miolo, superintendente do grupo, se referindo à primeira região certificada do Brasil com um selo que indica que o vinho foi produzido sob normas que preservam sua identidade e garantem sua altíssima qualidade – assim como acontece na região francesa de Champagne.

miolo lote  45.png

Toda a intensa programação é conduzida por enólogos e sommeliers da Miolo. O investimento para o curso é de R$ 350,00 por pessoa e o valor pago inclui material didático de apoio, almoço, taça personalizada da vinícola e certificado de participação. O horário do curso é das 9 às 17h30 e em 2017 as datas programadas são: 10 de junho, 12 de agosto, 21 de outubro e 9 de dezembro.

Serviço
Curso ‘Experiência Terroirs do Brasil’
Vinícola Miolo: RS 444 Km 21 / Linha Leopoldina / Vale dos Vinhedos /
Bento Gonçalves/RS
Valor: R$ 350,00 por pessoa
Horário: 09 às 17h30
Datas em 2017: 10 de junho, 12 de agosto, 21 de outubro e 9 de dezembro
Reservas e mais informações: (54) 2102-1540
*Transporte não disponibilizado.

Vinícola Peterlongo abre as portas para visitação noturna

Passeio contempla centenária cave subterrânea encerrando com harmonização

Por três sextas-feiras seguidas, a Vinícola Peterlongo, de Garibaldi (RS), convida amigos, clientes e visitantes a fazer uma viagem pelo tempo. Os candidatos a viver a experiência, terão a oportunidade de conhecer o Castelo Peterlongo, construído no início do século passado para abrigar a família Peterlongo e onde hoje funciona o varejo, além de caminhar pela sala de tanques e barricas e descer aos porões da centenária vinícola, encerrando a visita na cave subterrânea.

Barricas 2 b

Barricas bCave subterrânea b

O castelo da família Peterlongo, construído em 1930, segue os padrões da região de Champagne (França) e suas instalações incluem varejo e cave subterrânea em pedras basálticas. Na época de sua construção, as caves da vinícola foram projetadas com o objetivo de remontar o ambiente ideal para a preservação de champagnes, possuindo um túnel que capta o vento minuano típico do Rio Grande do Sul e mantém a temperatura estável em seu interior.

Tanques aço inox bTanques aço inox 2 bGuarda b

Todo passeio será feito à noite, finalizando com uma harmonização de queijos e vinhos e sobremesas e espumantes. Os queijos serão harmonizados com os vinhos Armando Memória Tannat e Armando Memória Cabernet Sauvignon, recém-lançados, além do Elegance Brut Champenoise. Para as sobremesas, os espumantes Presence Moscatel Branco e Presence Moscatel Rosé.

A atração, que integra as comemorações do Dia do Vinho, será oferecida nos dias 19 e 26 de maio e 2 de junho, sempre a partir das 19 horas, para grupos de no mínimo seis e no máximo 20 pessoas. A duração média é de 2 horas. O valor por participante é R$ 30,00.

Harmonização b

Informações e reservas podem ser feitas pelo telefone (54) 3462.1355 ou pelo e-mail eventos@peterlongo.com.br

Fotos: Jeferson Soldi

Turismo: vinícola em Água Doce (SC) abre portas para visita e degustação

Com o passar dos anos o vinho tem conquistado cada vez mais espaço no mercado brasileiro, não só pela qualidade dos rótulos, mas também pelos preços acessíveis. E quem aprecia a bebida certamente tem curiosidade de conhecer os vinhedos e o processo de produção. Em Santa Catarina, a vinícola Villaggio Grando entrou para a rota do turismo no estado, abrindo para o público as portas de sua fazenda, localizada no município de Água Doce – nos campos de altitude do estado.

Por lá o passeio vai muito além de conhecer os mais de 45 hectares de vinhedo e a área produtiva, que tem o diferencial de ser uma “Boutique Winery”. O objetivo, segundo a Villaggio Grando, é oferecer aos turistas uma experiência única junto à natureza. Enquanto conhecem a estrutura, podem ouvir o canto dos pássaros e até mesmo ver os cervos passeando entre as matas. “É um programa muito especial, principalmente para quem está acostumado com escritórios fechados e o barulho das grandes cidades”, comenta o diretor comercial da VG, Guilherme Grando.

agua doce.jpg

Após o passeio, todos estão convidados a participar da degustação (R$45), enquanto apreciam o lindo pôr do sol em frente ao lago da fazenda. Lá, é possível apreciar cinco diferentes rótulos, entre espumantes, brancos e tintos. Tudo isso acompanhado de uma porção deliciosa de copa, queijo e biscoitos.

villagio

Para agendar a visita, é necessário entrar no site e preencher uma ficha de inscrição ou ligar para DDD 049 – 3563.1188. O custo da visita é de R$ 10,00, sendo que o valor é abonado se as compras na fazenda atingirem o valor de R$ 90,00 por pessoa. O município de Água Doce está localizado a 405 km de Florianópolis, 398 km de Joinville e 365 km de Curitiba.

Informações: Villagio Grando

Bebidas para Réveillon: espumante, água de coco, vinhos e uísque

Chandon, Obrigado, Vinícola Guaspari e Glenfiddich indicam as melhores opções para brindar

As marcas Chandon, Obrigado, Vinícola Guaspari e Glenfiddich entram no clima de Réveillon e indicam as melhores bebidas para brindar a chegada de 2017. As sugestões são espumante, vinhos brasileiros ou uísque single malt mais premiado do mundo, além de água de coco 100% natural para quem prefere drinques não alcoólicos. Confira abaixo as opções:

Chandon
O Réveillon com Chandon é um estado de espírito. É a mistura de todas as coisas boas, do encontro sem hora marcada, de muitos aromas e sabores. A variedade mais refrescante e surpreendente, a Chandon Passion, foi criada especialmente para o paladar brasileiro e pode ser encontrada em um pack especial (R$ 113,30), que vem com 1 garrafa + 2 taças acrílicas exclusivas de boca larga, uma ótima dica de presente e perfeito para momentos relax com amigos na piscina, na praia, em sunsets e nos warm-ups de verão.

chandon_brut_edicao_limitada_verao_chandon1_web_chandon_collors_collection_brut_rosa_e_laranja_web_

Outra boa opção é o espumante Brut em Edição Limitada de verão (R$ 79,00), vestindo uma estampa exclusiva desenvolvida especialmente para a temporada, perfeita para decorar, presentear e tornar ainda mais especial a virada do ano. Já o Pack Chandon Brut Collors Collection é composto por uma garrafa de Chandon Réserve Brut 750ml (R$ 99,50) e duas taças de acrílico colecionáveis, é ideal para presentear.

Obrigado
Nos últimos tempos, a água de coco se tornou uma preferência nacional, migrando das praias para os lares, bares, supermercados e restaurantes em garrafinhas e caixinhas, sendo também uma bebida ideal para as festas de final de ano. Com apenas 7,9 mg de sódio a cada 200 ml, A Obrigado (1 litro R$ 9,90 e 350 ml R$ 6,90) é a água de coco com o teor de sódio mais baixo de mercado.

279849_591718_obrigado1_web_

Além de ser uma das bebidas mais saudáveis para o corpo, ela é ideal para a elaboração de drinques não alcoólicos. A bebida também é recomendada como um isotônico natural, ideal para repor os líquidos e os sais perdidos nas festas.

Vinícola Guaspari
A Guaspari, vinícola de Espirito Santo do Pinhal/SP, destaca seis rótulos para o período de festas: o Vale da Pedra Branco (R$ 75,00) e Tinto 2015 (R$ 78 00), o Guaspari Rosé 2015 (R$ 88,00), o Guaspari Sauvignon Blanc 2013 (R$ 98,00) e os syrahs Vista do Chá 2014 (R$ 148,00) e Vista da Serra 2014 (R$ 148,00).

 

 

 

 

Os vinhos são marcados por aromas intensos e complexos, resultado de uma das inovações da marca, que é a transferência da safra para o inverno, quando a amplitude térmica, a insolação e a ausência de chuvas são semelhantes às das grandes regiões vinícolas do mundo.

Glenfiddich

O Glenfiddich 12 anos (R$ 189,00) é outra boa dica para a data: maturado em barris de carvalho americano e espanhol, entrega sabores complexos, mas extremamente balanceados. Tem um sabor distinto de pera fresca, é cremoso, com sutis notas amadeiradas e um final longo porém suave.

302271_669875_01glenfiddich_12_web_

O single malt escocês foi o primeiro a ser exportado, em 1963, e até os dias de hoje é o single malt mais consumido do mundo. É vendido em mais de 180 países e acumula 198 prêmios em competições internacionais de destilados.

Serviço:
Chandon
Obrigado
Vinícola Guaspari
William Grants and Sons (Glenfiddich e Grant’s) Onde comprar: Casa Flora