Chef revela o segredo das pizzas napolitanas

Com massa de longa fermentação, pizzaiolo ensina a preparar Pizzas de Flor de Abóbora e Mortadela e uma versão doce, a Pizza de Torta de Limão

Pizza é uma paixão nacional, tanto que o Brasil está entre os países que mais consumem essa delícia italiana, com uma produção diária de cerca de 1,7 mi de redondas. Um dos segredos para deixar essa delícia ainda mais gostosa é prepará-la com uma massa de longa fermentação, o que faz com que ela fique extremamente leve e com uma borda super crocante.

Para quem quer fazer esse tipo de pizza em casa, o chef Gino Contin nos dá receita da sua massa que deve fermentar, no mínimo, por 12 horas fora da geladeira para ficar perfeita.

Ele explica que usar uma farinha 00 e respeitar prazos é muito importante para atingir o verdadeiro sabor da pizza napolitana. “Depois que a massa está pronta, ela precisa fermentar por 12 horas fora da geladeira e por mais 24 horas sob refrigeração para conseguir maturar e completar todo o ciclo de longa fermentação, o que vai deixar a pizza muito mais saborosa”, explica o chef que é proprietário do Maverick Thematic Music Bar.

Para quem quer aproveitar o fim de semana e ir para a cozinha, além da receita da massa, Gino também ensina duas versões superdiferentes. A primeira é uma Pizza de Mortadela, inspirada no famoso sanduíche do Mercadão de São Paulo. Além do embutido, ela leva queijo prato, um toque de erva-doce e gotas e raspas de limão siciliano. Já, a segunda opção, é uma versão “napolitana” da Torta de Limão que, além irresistível, é ideal para a sobremesa.

Confira as sugestões e aproveite para colocar a mão na massa:

Massa de pizza de longa fermentação

Ingredientes:
1kg de farinha de trigo, de preferência italiana 00
600ml de água
3g de fermento seco
30g de sal
Semolina ou fubá para abrir a massa

Modo de preparo:
Separe um pouco da água para dissolver o sal. Coloque o restante da água numa tigela e acrescente os ingredientes secos aos poucos. Quando chegar na metade dos ingredientes, coloque a água com sal e depois o restante da farinha. Sove a massa e deixe descansar em recipiente fechado por 12h. Caso queira fazer longa fermentação, deixe por mais 24 horas na geladeira. Divida a massa fermentada em quatro partes e boleie. Polvilhe uma superfície com semolina ou fubá e abra uma das partes da massa com as mãos marcando a borda da pizza com os dedos. Coloque em uma forma de pizza e leve para assar em forno alto por 10 a 12 minutos.

Pizza de Flor de Abóbora

Ingredientes:
350 g de massa de longa fermentação para pizza napolitana (receita acima)
220 g ou 6 fatias de muçarela em fatias
250 g de ricota fresca
100g de Grana Padano
6 flores de abóbora
150g de passata de tomate pelado
2 claras de ovo
50g folhas de hortelã
1 limão
Flores comestíveis para decorar

Modo de preparo recheio:
Faça uma pasta de ricota fresca (250g), grana padano ralado (150g), gema (2), hortelã e raspa de limão. Essa pasta é usada para rechear a flor de abóbora e também para cobrir a pizza junto com a muçarela especial. Montagem da Pizza: Abra uma massa napolitana de 350g, no formato redondo de 35 cm. Passe a passata de tomate, coloque as fatias de muçarela, o restante da pasta de ricota e disponha seis flores de abóbora recheadas. Unte as flores com azeite para não queimar e finalize com hortelã. Leve a pizza ao forno para assar. Após assada acrescente algumas flores comestíveis para deixar a pizza ainda mais bela e saborosa.

Pizza de Mortadela, Erva-Doce e Limão Siciliano

Recheio:
350 g de massa de longa fermentação para pizza napolitana
15 fatias de mortadela com pistache
270 g ou 8 fatias de queijo prato
1 limão siciliano
Erva-doce fresca
150g de tomate pelado amassado

Modo de preparo:
Abra a massa napolitana de 350g no formato redondo de 35 cm marcando a borda com os dedos. Espalhe a passata de tomate sem subir nas bordas. Coloque as fatias de queijo prato sobre o molho e leve ao forno para assar até um pouco antes dela estar bem assada. Coloque as fatias do queijo prato sobre a massa e as fatias de mortadela em pequenos pacotinhos cobrindo todo o queijo. Volte ao forno para terminar de assar. Após tirar a pizza do forno, esprema meio limão siciliano e coloque ramas de erva doce picada sobre a mortadela.

Pizza de Torta de Limão

Ingredientes:
350 g de massa de longa fermentação para pizza napolitana
1 lata de leite condensado
100 ml de suco de limão
3 claras em neve
200g de açúcar
Raspas de limão

Modo de preparo:
Acrescente o suco de limão aos poucos sobre o leite condensado, misturando de baixo para cima até dar o ponto. Comece a bater as claras em neve na batedeira em velocidade baixa. Vá aumentando e acrescente o açúcar aos poucos até atingir o ponto de merengue.

Montagem: cubra o disco da pizza com a mousse de limão e espalhe o merengue por cima. Use o maçarico para dourar o merengue e polvilhe com as raspas de limão para finalizar.

Maverick Thematic Music Bar: Rua Paschoal Marmo, 908 – Jardim São Paulo- Limeira – SP
Telefones: (19) 3441-3721 e 3443-2276

Projeto “Women For The Ride” promove ação para doação de chocotones para crianças carentes

Novo projeto, criado pela Triumph Motorcycles, vai doar chocotones às crianças carentes cadastradas na entidade Casa do Zezinho

O novo projeto “Women For The Ride”, criado pela Triumph Motorcycles, acaba de lançar sua segunda ação social. Desta vez, a ideia é doar chocotones às crianças carentes cadastradas na entidade Casa do Zezinho. Além das mulheres que participam do “Women For The Ride”, qualquer pessoa pode participar desta iniciativa doando um ou mais chocotones. Eles devem ser entregues nas concessionárias Triumph de São Paulo (SP), até 5 de dezembro, nos seguintes endereços:

Concessionária Autostar
Av. Dr. Chucri Zaidan, 75

Concessionária Triple
Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 360

Sobre a Casa do Zezinho

Desde a fundação, tem sido um espaço de oportunidades de desenvolvimento para crianças e jovens que vivem em situação de alta vulnerabilidade social, fomentando o desenvolvimento humano para que dessa forma a sociedade se transforme em um lugar melhor. A casa tem como missão abrir as portas para crianças e jovens de baixa renda, garantindo sua educação e alimentação, de modo a romper as barreiras sociais e econômicas, criando condições para que eles possam sonhar com autonomia de pensamento e correr atrás de seus objetivos de vida.

Sobre o “Women for the Ride”

Projeto inovador lançado em setembro pela Triumph, tem como desafio atrair o público feminino para o universo do motociclismo – sejam elas motociclistas, garupas ou apenas fãs das duas rodas. Foi criado um Comitê Feminino dentro da Triumph que está à frente desta iniciativa. Este Comitê definiu três pilares fundamentais para o sucesso do projeto: “Produto”, “Social” e “Experiências e Treinamentos”. No pilar “Produto”, o time feminino sugeriu a criação de uma moto personalizada para marcar a criação do programa – em breve serão anunciadas outras novidades. Em “Experiências e Treinamentos”, o WFTR, em conjunto com o Triumph Riding Experience (TRX), está programando passeios e cursos exclusivos para as motociclistas. Já no pilar “Social”, o objetivo é engajar as mulheres em ações sociais.

Fonte: Triumph Motorcycles Brazil

Mahogany apresenta linha de sabonete líquido e hidratante inspirada nas Arábias

Produtos fazem parte de edição limitada da marca e possuem embalagens decorativas ideais para presentear

Inspirada no universo árabe, onde os arabescos são a representação do mundo invisível e impalpável do infinito e da grandiosidade da natureza da criação de Allah, a Mahogany apresenta sua nova linha de Sabonetes Líquidos Artes Árabes.

Com formulação igual ao pH da pele, os produtos limpam sem agredir, mantendo a hidratação e removendo as impurezas com suavidade, podendo ser usados para lavar mãos e corpo. Além disso, apresentam embalagens ideais para presentear ou decorar o lavabo.

A linha conta ainda com um hidratante desodorante corporal que possui rica formulação e alta concentração de agentes hidratantes, o que proporciona uma rápida absorção devido aos ingredientes de maior poder de penetração na pele, garantindo que não cause irritação ou seja oclusivo.

Disponível em quatros versões, a linha é uma edição limitada e pode ser encontrada nas lojas físicas, com consultores e consultoras de venda direta ou no e-commerce da marca. Confira:

Sabonete Líquido Artes Árabes Nabila 450ml – R$ 69,90
Nabila significa “nobre” e seu perfume oriental amadeirado envolve a pele proporcionando uma deliciosa sensação.

Sabonete Líquido Artes Árabes Aisha 450ml – R$ 69,90
Aisha significa “vida” e possui perfumação oriental floral.

Sabonete Líquido Artes Árabes Farah 450ml – R$ 69,90
Farah significa “alegria” e seu perfume é floral sofisticado.

Árabes Hanan Hidratante Desodorante Corporal 200ml – R$38,80
Hanan significa “carinho” e possui perfumação floral amadeirada.

Informações: Mahogany

L’Oréal Paris lança água micelar com ácido hialurônico

Com a Água Micelar Hialurônico, o poder preenchedor do ácido hialurônico agora na rotina de limpeza

Popular na rotina de skincare das brasileiras, a água micelar vem ganhando diferentes versões para atender a todos os tipos de pele e suas necessidades. L’Oréal Paris, líder na categoria há anos, apresenta a primeira água micelar com puro ácido hialurônico e efeito 7 em 1 do mercado, a Água Micelar Hialurônico, para uma limpeza hidratante que preenche instantaneamente as primeiras linhas de expressão.

Com fórmula não oleosa, a Água Micelar Hialurônico limpa, demaquila, purifica, reequilibra, tonifica, suaviza e preenche a pele com hidratação. Suas micelas agem como um ímã que remove a maquiagem e impurezas do rosto. Já o ácido hialurônico, conhecido por seu poder preenchedor, ajuda a manter o nível de hidratação da pele, prevenindo o aparecimento de novas linhas de expressão. O resultado é uma pele perfeitamente limpa e preenchida com hidratação, com toque suave, e tonificada.

Assim como as versões Água Micelar, Água Micelar Bifásica e Água Micelar Efeito Matte, de L’Oréal Paris, a Água Micelar Hialurônico pode ser encontrada em drogarias, e-commerce e supermercados selecionados.

O valor sugerido do lançamento é R$ 32,90 a embalagem com 200ml.

Informações e dicas de beleza: Beleza ExtraordináriaSAC L’Oréal Paris: 0800 701 6992

Carne de jaca verde é opção saudável e criativa

Boa tanto como prato principal quanto como acompanhamento, a carne desfiada de jaca verde é uma opção inusitada e criativa para vegetarianos, veganos, para quem busca alimentação saudável, para quem se importa com os animais e o meio ambiente.

As receitas com esta carne podem ser as mais variadas possíveis, de hambúrgueres, bruschettas e pastéis até saladas, antepastos e ragu defumado.

Os produtos da marca Jakera, fundada em 2018, estão disponíveis em quatro sabores – natural sem tempero, chili, barbecue e jaca-loka (pimentão) – e em embalagens de 200g, 500g, 1kg e 5kg. Todos são veganos, sem nenhuma composição de origem animal no preparo.

Para a fabricação, as jacas são selecionadas e trazidas direto do pomar da empresa, que opta sempre pelas melhores. Desta forma, evita-se o ultraprocessamento da fibra vegetal, garantindo sabor e muita qualidade.

Informações: Jakera, e-mail contato@jakera.com.br ou WhatsApp (11) 2659-4429.

Sete motivos para você incluir o mamão na sua dieta

Nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, explica as principais vantagens de consumir a fruta e sugere receitas saborosas – que inclui até uma opção salgada

Conhecido por ser um grande aliado do bom funcionamento do intestino, o mamão é o queridinho de quem precisa de uma ajuda extra na hora da digestão. Mas, apesar dessa vantagem ser a que faz a fama da fruta, a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, explica que o mamão proporciona muitos outros benefícios importantes para o organismo.

“De fato, o mamão é extremamente rico em fibras e também em uma enzima chamada papaína. Esses elementos ajudam na saciedade, no trânsito intestinal e na digestão. Entretanto, a fruta também é fonte de muitas vitaminas e minerais, como o potássio, que ajuda a equilibrar a pressão arterial, participa da contração muscular e do equilíbrio dos eletrólitos no sangue”, comenta a profissional.

Versátil, a fruta pode ser consumida in natura, acompanhada de iogurtes e cereais, ou na forma de sucos, vitaminas, sobremesa, sorvetes, salada de frutas e até mesmo em receita salgada. Curiosa para saber como o mamão pode contribuir para a sua saúde? Então, confira sete motivos listados pela especialista e anote as receitas sugeridas por Renata, para você incluir a fruta na sua rotina de diferentes maneiras.

Deixa a pele mais bonita, pois a fruta é rica em betacaroteno, vitamina C e antioxidantes, que ajudam a proteger a pele;
Ajuda a controlar o apetite por doces, pelo sabor adocicado da fruta;
Colabora para eliminar a retenção de líquidos, uma vez que o alimento tem função diurética;
Protege a imunidade, já que tem propriedades anti-inflamatórias;

Foto: AniaMineeva por Pixabay

Fortalece os ossos, pois é fonte de cálcio, magnésio e fósforo, que contribuem para a saúde óssea;
Fornece energia, pois é fonte de carboidratos;
Ajuda a emagrecer, em 100g de mamão há apenas 45kcal, o que é considerado um valor baixo. Além disso, as fibras contribuem para fornecer sensação de saciedade.

Receitas

Picadinho de mamão verde com carne moída

Ingredientes
500 g de mamão verde descascado e cortado em cubos
250 g de patinho moído
2 colheres de sopa de cheiro verde picado
1 col de chá de chimichurri
1/2 colher de sal marinho
2 dentes de alho amassados
½ cebola picada
2 colheres de azeite de oliva
1 pitada de pimenta-do-reino moída na hora

Preparo:
Aqueça o azeite e doure o alho e a cebola. Acrescente a carne moída e refogue. Acrescente o mamão picado, o chimichurri, o sal e a pimenta moída na hora. Tampe a panela para o mamão cozinhar com a água que se soltará da carne. Quando a carne e o mamão estiverem bem cozidos, desligue o fogo, acrescente o cheiro verde e sirva em seguida.

Docinho de mamão com coco

Ingredientes
500g de mamão batido no mixer
½ xícara de chá de açúcar
1 xícara de chá de coco ralado
Suco de um limão pequeno
100g de chocolate ao leite

Preparo:
Em uma panela, cozinhe a polpa de mamão com o açúcar, o coco ralado e o limão, até que a mistura se solte da panela. Deixe esfriar e modele em formato de brigadeiros. Derreta o chocolate em banho-maria e banhe as bolinhas. Leve para gelar por pelo menos 30 minutos antes de servir.

Gelado de mamão

Ingredientes
3 xícaras de mamão formosa picado (não muito maduro)
1 pote de iogurte natural
1/2 xícara de cream cheese
1 col de sobremesa de raspas de laranja
3 col de sopa de mel
1 col de sopa de gengibre ralado
1 envelope de gelatina sem sabor

Preparo:Prepare a gelatina sem sabor conforme instruções da embalagem. Bata no liquidificador a gelatina preparada, o mamão, o cream cheese, o iogurte, o mel e o gengibre. Coloque em taças e finalize com as raspas de laranja. Leve para gelar por pelo menos 2 horas antes de servir.

Fonte: Oba Hortifruti

Como as técnicas de massagem podem aliviar a constipação

É possível realizar massagem para alívio da constipação em casa sem equipamento. Envolve uma leve pressão sobre os músculos e órgãos envolvidos na eliminação dos resíduos. Embora não haja prova conclusiva de que a massagem para constipação funcione, algumas evidências sugerem que ela pode fornecer alívio. As massagens geralmente não são perigosas, podem proporcionar alívio e melhorar o bem-estar, independentemente de ajudarem na constipação, por isso pode valer a pena tentar.

Este artigo explora quais técnicas de massagem podem aliviar a constipação e como realizá-las.

O que é prisão de ventre?

A constipação ocorre quando uma pessoa tem dificuldade para evacuar. Os sintomas podem variar, mas uma definição comum é ter:

menos de 3 movimentos intestinais em uma semana
fezes duras ou encaroçadas
dor ao evacuar
sensação de que nem todas as fezes passaram

Massagem pode proporcionar alívio?

Massagens abdominais podem ajudar a aliviar a constipação. Pequenos estudos apoiam o uso da massagem terapêutica para ajudar com essa condição. Abaixo estão vários tipos e os efeitos no alívio da constipação.

Massagem abdominal

Existem algumas evidências de que massagens abdominais podem ajudar a aliviar sintomas da constipação. Em uma revisão mais antiga, pesquisadores descobriram que estudos mostraram resultados geralmente favoráveis ao realizar massagens abdominais para constipação.

No entanto, os autores mencionam que a pesquisa tinha falhas metodológicas, incluindo as massagens que os participantes usaram, quem recebeu a massagem e os tamanhos dos testes. Embora a maioria dos estudos seja pequena, a evidência geralmente é positiva.

Como fazer massagem abdominal

Para realizar uma massagem abdominal:

Deite-se de costas com os joelhos dobrados e os pés plantados no chão.
Comece a massagem no lado direito próximo ao osso pélvico e aplique pressão em movimentos circulares, trabalhando as mãos até a caixa torácica.
Mova as mãos para o lado esquerdo, continue trabalhando-as até o osso do quadril, depois volte para cima em direção ao umbigo.
Repita conforme necessário.

Massagem do cólon para constipação

Embora as pessoas possam traçar paralelos com a massagem do cólon e a abdominal, a principal diferença parece ser a quantidade de pressão aplicada. Os médicos afirmam que a massagem do cólon é uma técnica abdominal profunda para estimular os órgãos a liberar gás e pressão.

Não está claro se os pesquisadores usaram massagens abdominais profundas ou massagens abdominais em seus estudos. Também é incerto se eles examinaram especificamente uma massagem do cólon ou a diferença entre aplicar pressão profunda e massagem regular.

A massagem do cólon é semelhante a uma massagem abdominal. Para executar a técnica:

CreativeContent

Deite-se de costas com os joelhos dobrados e os pés no chão
Use os nós ou as pontas dos dedos para aplicar pressão no lado esquerdo, indo da caixa torácica até o osso pélvico.
Em seguida, comece no lado direito e trabalhe as pontas dos dedos para a esquerda sob a caixa torácica e, em seguida, mova as mãos para baixo até o osso pélvico.
Finalmente, no lado direito do estômago, massageie do umbigo até a caixa torácica, depois da esquerda para o outro lado e finalmente desça novamente até o osso pélvico.
Repita essas etapas de 10 a 15 vezes.

Outros tipos de massagem para constipação

Massagear outras áreas do corpo também pode ajudar na constipação. A seguir estão algumas dessas técnicas, juntamente com qualquer evidência de apoio.

Massagem nas costas

Foto: Yoel/MorgueFile

Embora as pesquisas sejam limitadas, o Institute for Integrative Healthcare sugere que a natureza interconectada dos músculos das costas e do cólon pode fazer com que as massagens nas costas ajudem com a constipação. Não existem estudos que examinem especificamente esse efeito, mas é improvável que este tipo de massagem cause danos, além disso, pode ajudar no relaxamento. Este é o tipo de massagem que você vai precisar de uma ajuda.

Massagem nos pés

Em um estudo de 2003 sobre reflexologia, os pesquisadores descobriram que as crianças que receberam uma massagem nos pés viram melhorias em sua constipação. Semelhante a outra pesquisa, este estudo foi pequeno, com apenas 50 participantes, o que significa que os resultados podem não ser os mesmos para todas as faixas etárias ou tipos de pessoas. Em um estudo mais recente, pesquisadores examinaram 60 adultos mais velhos para estudar os efeitos da reflexologia na constipação. Semelhante ao estudo em crianças, os cientistas encontraram resultados positivos usando essa técnica.

Para realizar reflexologia:

Sente-se em uma posição confortável com um pé cruzado sobre o joelho oposto para que eles possam tocar facilmente a planta do pé. Começando pelo meio do calcanhar, massageie com o polegar e trabalhe em direção à borda externa. Seguindo a borda do pé, continue aplicando pressão, movendo o polegar em direção ao meio do pé. Troque os pés e trabalhe do centro do pé na borda interna para a externa. Mova o polegar em direção ao calcanhar e finalize massageando a parte interna do meio do pé.

Massagem perineal

A massagem perineal usa um ponto de pressão entre a vagina ou escroto e o ânus para ajudar a aliviar a constipação. De acordo com um estudo de 2014 com 100 adultos, uma massagem perineal autoadministrada ajudou os participantes com a passagem das fezes e melhorou a qualidade de vida.

Para realizar uma massagem perineal:

use os dois primeiros dedos para aplicar pressão entre o ânus e o escroto ou vagina
aplique pressão em direção ao ânus
segure a pressão, libere e repita várias vezes

Dicas adicionais para aliviar a constipação

Existem vários métodos para aliviar a constipação ao lado ou em vez da massagem terapêutica. Esses remédios incluem:

mantendo-se hidratado
exercitando-se mais
mantendo uma programação regular de idas ao banheiro
comendo mais fibra
tentando laxantes osmóticos que puxam água para o intestino

Quando procurar um médico

Uma pessoa pode não precisar consultar seu médico se a constipação for resolvida dentro de algumas semanas após tentar métodos como remédios caseiros ou mudanças na dieta alimentar. As pessoas devem falar com um médico se os sintomas afetarem suas vidas diárias ou se houverem preocupações sobre sua condição.

Fonte: MedicalNewsToday

Hoje é o Dia Mundial de Luta Contra a Aids

Infectologista desvenda os mitos que ainda existem sobre o HIV/Aids

Hoje se comemora o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. Já se passaram quatro décadas, mas a infecção pelo HIV/Ais ainda é motivo de alerta, exigindo campanhas de conscientização em relação à importância de se investir em prevenção, além da necessidade de diagnóstico e tratamentos precoces.

Apesar de os índices de mortalidade relacionados a infecção do HIV/Aids terem sofrido redução, um relatório de 2019 do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids) aponta que o número de casos da doença aumentou 21% no Brasil desde 2010, indo na contramão do que acontece no resto do mundo.

Para esclarecer dúvidas sobre a doença e desmistificar alguns fatos, a infectologista Romina Oliveira, especialista em Saúde Pública, elencou os temas abaixo.

Quem tem HIV, tem Aids

Darwin Laganzon/Pixabay

Mito. O HIV refere-se ao vírus da imunodeficiência humana, e a Aids é a síndrome da imunodeficiência humana adquirida. Os termos não podem ser usados como sinônimos. Estar infectado pelo vírus não significa estar doente. O termo Aids só é aplicado em estágio avançado da infecção quando ocorre um grande comprometimento do sistema imunológico, o que pode demorar anos para acontecer.

Aids pode ser uma doença silenciosa


Verdade. Há pessoas que vivem anos com o HIV sem ter sintomas ou desenvolver a Aids, mas, sem o diagnóstico precoce, seguido pelo início e adesão ao tratamento, essas pessoas podem transmitir o HIV. Além disso, sem a medicação antirretroviral, esses pacientes ficam suscetíveis ao agravamento da condição, levando ao enfraquecimento do sistema imunológico e ao aparecimento de doenças oportunistas. Por isso, é muito importante fazer o teste para detecção do HIV sempre que houver alguma exposição. Este hábito pode salvar vidas, pois aproximadamente 134 mil brasileiros vivem com HIV e não sabem.

Aids não mata mais como antigamente

Waldryano/Pixabay

Verdade. Não é uma sentença de morte como aconteceu nas décadas de 1980 e 1990, pois os antirretrovirais mais modernos trouxeram qualidade de vida e longevidade às pessoas que vivem com o HIV. Nos últimos dez anos, segundo o Ministério da Saúde, no Brasil a maioria dos casos de infecção em homens, acontece nas faixas etárias de 15 a 29 anos e mais velhos (acima de 50 anos). Na população de idade mais avançada, com o aumento da expectativa de vida, estendeu-se também a atividade sexual. Porém, ainda há o preconceito e a crença equivocada de que o uso de preservativos tira a sensibilidade ou é usada somente para evitar gravidez.
Além da relação sexual sem proteção, há outras formas de exposição ao HIV, como uso de seringas compartilhadas ou outros materiais perfurocortantes, de contato com sangue contaminado, de mãe para filho durante a gestação, parto e amamentação.

Os testes sorológicos (convencionais e rápidos) para HIV não estão na rede pública de saúde

Mito. Além dos testes rápidos para HIV serem vendidos em farmácias, estes e outros testes também são realizados gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), nas unidades da rede pública e nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA), a partir da coleta de sangue ou por fluido oral. No Brasil, esses exames e testes detectam os anticorpos contra o HIV em cerca de 30 minutos. Além disso, é garantida a total confidencialidade das informações dos resultados dos exames nas redes pública e privada.

Os antirretrovirais são de difícil acesso no país

Mito. No Brasil, o tratamento contra o HIV está disponível no Sistema Único de Saúde, bem como os testes de detecção do vírus5. O Programa Nacional de DST/Aids do governo brasileiro, inclusive, é reconhecido mundialmente por sua ampla atuação no campo de direitos humanos, prevenção e tratamento do HIV, e os pacientes em tratamento aqui apresentam ganhos em relação a expectativa de vida. Para as pessoas que se expuseram ao vírus por conta de acidentes com materiais perfurocortantes ou relação sexual sem preservativos, há medicamentos do coquetel do tratamento da Aids usados como prevenção de infecção pelo HIV. Eles devem ser tomados até duas horas após a exposição e no máximo após 72 horas. Trata-se da profilaxia pós-exposição (PEP). Há também a Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) que consiste em uma nova abordagem de prevenção à infecção com o uso de um comprimido diário que impede que o vírus infecte o organismo.

Cabernet Sauvignon ícone de Puente Alto alcança 100 pontos no James Suckling

Safra 2018 expressa a emoção única dos grandes vinhos, graças a uma colheita sem precedentes e a condições meteorológicas ideais. Em breve, estará disponível em todo país, para alegria dos fãs desse emblemático vinho

Uma das mais grandiosas da história de Don Melchor, com condições de vindima praticamente ideais, a safra 2018 conquistou a mais perfeita pontuação que um vinho pode receber: 100 pontos conferidos pelo crítico norte-americano James Suckling, um marco para o setor vitivinícola chileno. Com a obtenção deste marco histórico, Don Melchor consolida sua posição como um dos grandes Cabernet Sauvignon de alta gama no mundo.

Enrique Tirado

“Sem dúvida, a qualidade excepcional do Don Melchor não seria possível sem o terroir de Puente Alto, seu vinhedo, solo e clima, que nos permitem produzir um vinho único em cada safra”, explica Enrique Tirado, enólogo e diretor técnico da Viña Don Melchor.

A expressão da fruta e a qualidade das texturas obtidas no vinhedo, com presença marcada de frutas vermelhas – expressão clara de um Cabernet Sauvignon de Puente Alto, aliás- , taninos suaves e elegantes, resultam em um vinho de grande elegância e densidade, com diferentes camadas de aromas e sabores, além de um nariz prolongado e persistente.

“Isto é alucinante. A vitalidade e a energia neste vinho são deslumbrantes. A complexidade dos aromas é impressionante, com flores, cassis, framboesa e pêssego. Corpo amplo, ainda que muito refinado e polido, com uma beleza e textura impecável. A permanência é maravilhosa. Este é um testemunho do equilíbrio, da harmonia e da transparência em um grande tinto”, afirma James Suckling.

Esta pontuação máxima posiciona o terroir de Puente Alto entre os melhores do mundo, um lugar com condições únicas, capaz de mostrar ao mundo o potencial que o Chile tem para produzir grandes vinhos, e a origem que vem impulsionando há mais de 30 anos a viticultura e enologia de alta qualidade no país. O trabalho rigoroso por trás da elaboração do Don Melchor se infunde na obsessão da equipe enológica e agrícola por compreender cada detalhe do vinhedo, estudando minuciosamente seus solos, entendendo a expressão do terroir e respeitando a essência do vinhedo em cada processo do vinho.

“A perseverança na busca pela melhor expressão e qualidade nos permitiu obter na safra 2018 o que chamamos de safra perfeita. Os vinhos são muito expressivos, com a maturação exata, resgatando toda a expressão da fruta do Cabernet Sauvignon e do Cabernet Franc”, afirma o enólogo.

A safra 2018

A safra 2018 é uma das grandes safras na história do vinho Don Melchor, na qual a vindima transcorreu em condições praticamente ideais. A primeira parte da temporada se desenvolveu com boa quantidade e concentração de precipitação, acumulando 338,2 mm entre os meses de maio e outubro de 2017. O período posterior foi mais seco, atingindo um total acumulado de 343,8 mm no final da vindima, em abril de 2018. Isto permitiu aos solos manter uma reserva hídrica muito boa, favorecendo o bom crescimento dos brotos.

Na primavera, a partir do mês de novembro, a temperatura subiu significativamente, permitindo no final de janeiro e princípio de fevereiro, que os cachos se desenvolvessem rapidamente e de maneira mais concentrada, antecipando uma boa homogeneidade no seu amadurecimento. Posteriormente, na segunda metade do período de amadurecimento, as baixas temperaturas noturnas em março e abril ajudaram a atingir um ótimo amadurecimento na época da colheita, conservando toda a expressão de fruta e uma excelente maturação dos taninos.

A colheita decorreu principalmente no mês de abril, terminando na primeira semana de maio, com praticamente ausência de precipitação, temperaturas quentes durante o dia, mas noites bastante frias, condições ideais para a colheita e que permitiram acompanhar muito de perto cada lote do vinhedo e colher a uva em seu momento exato. Don Melchor 2018 possui o caráter único dos grandes vinhos e das grandes safras. É composto por 91% Cabernet Sauvignon, 5% Cabernet Franc, 3% Merlot, 1% Petit Verdot e passou 15 meses em barris de carvalho francês, sendo 67% de primeiro uso e 33% de segundo uso.

Don Melchor 2018 é um vinho que ressalta a expressão da fruta e a qualidade das texturas obtidas no vinhedo de Don Melchor – apresenta este caráter único de vinhos e safras grandiosas. É composto por 91% Cabernet Sauvignon, 5% Cabernet Franc, 3% Merlot, 1% Petit Verdot e envelheceu durante 15 meses em barris de carvalho francês, dos quais 67% eram de

O Terroir

O Vale do Maipo constitui a região vitivinícola de maior prestígio do Chile e é neste lugar onde, precisamente, está localizado o vinhedo Don Melchor. Localizado aos pés da Cordilheira dos Andes, na ribeira norte do Rio Maipo – a 650 metros acima do nível do mar – o vinhedo Don Melchor desempenhou um importante papel na história moderna do vinho chileno. Situado em uma das zonas mais frias dentro do Vale do Alto Maipo, marcada por um clima mediterrâneo semiárido, com uma temperatura média anual de 14,4 °C e uma pluviometria média de 350 mm., o vinhedo está plantado com variedades francesas pré-filoxera que foram importadas da França em meados do século XIX.

Uma das qualidades mais importantes do vinhedo corresponde às características de seu solo: pobre em nutrientes e de uma constituição diversa, está composto por argila, limo, areia, cascalho e pedras arredondadas produto da erosão milenar causada pelas geleiras que avançaram desde as montanhas em direção ao vale, arrastando material que logo deu origem aos terraços. Estes solos garantem uma boa drenagem e uma baixa fertilidade, o que ocasiona uma restrição no crescimento vegetativo das plantas, favorecendo a concentração e o amadurecimento natural dos cachos.

A majestosa Cordilheira dos Andes constitui outro elemento crucial neste extraordinário terroir. Devido à influência fria, que se manifesta na forma de brisas frescas e de uma grande amplitude térmica entre o dia e a noite durante o período de amadurecimento, a maturação ocorre de forma lenta e homogênea junto com a conservação de uma acidez precisa, fruta vermelha fresca e uma maior concentração de cor, aromas e sabores nos cachos.

O vinhedo está formado por 127 hectares, dos quais 90 % correspondem a Cabernet Sauvignon, 7,1 % a Cabernet Franc, 1,9 % a Merlot e 1 % a Petit Verdot.

O Vinho

A cada ano, o enólogo Enrique Tirado percorre o vinhedo, provando fileira por fileira e checando a maturação dos cachos para definir o momento exato no qual a uva deve ser colhida. A vindima de Don Melchor é determinada após a degustação e a realização de análises específicas na uva. As frutas são colhidas manualmente, entre meados de abril e princípio de maio e apenas aquelas bagas de uva maduras, intactas e saudáveis são selecionadas para a fermentação em tanques de aço inoxidável.

Cada seção homogênea é vinificada separadamente, com especial cuidado com a temperatura e as remontagens de cada tanque. A cor e os taninos são extraídos do bagaço e das sementes da uva através de uma delicada maceração. Após a fermentação, o bagaço juntamente com as sementes é prensado para preservar a máxima qualidade dos taninos da uva. Uma nova safra de Don Melchor nasce quando é definida a proporção dos distintos Cabernet Sauvignon, provenientes dos diversos lotes do vinhedo, que formarão o blend final, podendo chegar a representar 60 a 70% do vinho total.

Alguns anos, pequenas porcentagens de Cabernet Franc, Merlot e Petit Verdot são adicionadas para entregar complexidade e elegância ao blend final. Assim, todos os anos no povoado de Lamarque, Bordeaux, na França, o enólogo Enrique Tirado se reúne com Eric Boissenot – filho do renomado consultor bordalês Jacques Boissenot – para degustar em torno de 150 lotes do vinhedo, selecionando apenas aqueles que, na proporção exata, definirão uma nova safra de Don Melchor.

Uma vez definida a mescla, a nova safra de Don Melchor é transferida para barris de carvalho francês dos bosques de Allier, Tronçais e Nevers. Cerca de dois terços dos barris são novos e o terço restante já foi usado anteriormente. Após um período de 14 a 15 meses, o vinho é engarrafado e continua seu envelhecimento por mais um ano, desenvolvendo assim a complexidade e a elegância próprias de Don Melchor.

Burger Fest, em formato presencial, delivery e take out, vai até 15 de dezembro

Festival é apresentado por Santander – o Banco da Gastronomia, e Heinz – a marca de ketchup nº 1 do mundo, além de contar com o apoio de Goose Island, Getnet, Ben e Esfera

São Paulo – e outras cinco capitais brasileiras – sediam simultaneamente a edição 2020 do Burger Fest, maior festival do mundo a celebrar a cultura do hambúrguer. Até 15 de dezembro, restaurantes, bares e hamburguerias promovem receitas exclusivas e criativas de hamburguer em seus menus.

Com patrocínio Santander e Heinz, a 15ª edição está sendo realizada na capital paulista, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, Porto Alegre e Curitiba. Desta vez, adequando-se ao momento atual, o Burger Fest promove o formato presencial, mas também opções de delivery e take out. Claudio Baran, criador do festival, explica que o Burger Fest foi criado para fomentar negócios, inspirar e trazer novas experiências para o público, valorizando ingredientes premium e, neste momento, visa também auxiliar o segmento na recuperação da atividade econômica.

“Depois de nove anos, o festival se mantém como o principal incentivador do cenário de casas que servem hambúrguer em seu melhor momento, e nesta edição, com um propósito ainda maior – o apoio à retomada da economia”, reforça.

Cada participante teve a liberdade de assinar uma receita exclusiva, sem limite de preço ou ingredientes. Além disso, as casas podem optar pela criação de um “Combo Santander”, com hambúrguer + acompanhamento + bebida, pelo preço fechado de R$ 25. Em São Paulo o Burger Fest contará nesta edição especial com participantes como: Fat Cow, Johnnys, Holy Burger, Z Deli, Ruella, Frank & Charles, Bullger, Forneria San Paolo, Lanchonete da Cidade, Tradi, Pobre Juan, Matilda Lanches, C6 Burger, San Do It, Quintal DeBetti, Meats, Vinil Burger, Goose Island BrewHouse, General Prime Burger JK, The Bear Burger, Taverna Medieval, Varal 87, Condimento Café, entre outros.

Em nove anos de existência, o Burger Fest já atingiu a marca de mais de 1,5 milhão de hambúrgueres consumidos, em aproximadamente mil restaurantes espalhados pelo Brasil, gerando mais de R$ 150 milhões em vendas. Nesta edição, o festival é apresentado por Santander – o Banco da Gastronomia, e Heinz – a marca de ketchup nº 1 do mundo, além de contar com o apoio de Goose Island, Getnet, Ben e Esfera.

Confira a lista completa de casas e burgers participantes no site, que apresenta, também nesta edição, uma nova plataforma digital disponível a partir do primeiro dia do evento, como botões para pedidos de delivery, reservas e opções para “favoritar” restaurantes.

Informações: Burger Fest