Tomate: como aproveitar ao máximo os benefícios

Além de saboroso, o tomate é rico em nutrientes e pode trazer muitos benefícios à saúde. Nutricionista comenta as propriedades e ainda ensina uma receita prática e fácil

Um dos elementos mais populares da cozinha, o tomate é uma fruta versátil e muito nutritiva. Desde que começou a ser usado como alimento, muitas são as possibilidades de preparo: é apreciado cru, cozido ou processado. Cada uma confere sabores diferentes às receitas e ao paladar – e também ativa nutrientes específicos em cada um dos modos.

Mundialmente conhecido, o tomate é celebrado todo ano em 1º de fevereiro. Nativo das Américas do Sul e Central, ele foi cultivado e consumido, pela primeira vez, pelos povos Incas e Astecas. Dizem que foi levado para a Europa pelos espanhóis, mas ganhou o paladar do mundo depois dos italianos.

Além de saboroso, o tomate é uma fruta rica em nutrientes e muito benéfica para o organismo. Segundo Samira Lima, nutricionista da plataforma Science Play, ele é um dos vegetais de maior importância nutricional e econômica e está entre os frutos mais consumidos pela população brasileira e por todos aqueles que têm como base a dieta do mediterrâneo.

Freepik

“É uma excelente fonte de carotenoides, como o licopeno, o betacaroteno, a luteína e a zeaxantina. Também é uma fonte considerável de vitaminas K, A, C, fibras e carboidratos, além de algumas quantidades de ferro, potássio, fósforo e enxofre. Além disso, contém baixo teor de sódio, gordura e calorias”, explica Samira.

Como se não bastasse a quantidade de nutrientes, a ingestão dietética do tomate está associada a uma diminuição do risco de doenças crônicas, como câncer e doenças cardiovasculares. E não para por aí: as atividades do licopeno, elemento presente na fruta, incluem efeitos antioxidantes, cardioprotetor, neurobiológico (atuando em doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson), efeito anti-inflamatório, anti-hipertensivo e anti agregativo.

“A biodisponibilidade do licopeno é influenciada pelo conteúdo da dieta. Por ser uma substância lipofílica, consumir o tomate junto a fontes dietéticas de gordura, amplifica a sua biodisponibilidade. Existem estudos que mostram que a biodisponibilidade do licopeno no tomate aquecido é aumentada em comparação com tomates frescos. Podemos, então, concluir que nas preparações aquecidas à base de tomate, teremos o licopeno mais biodisponível do que em tomates crus”, conclui a nutricionista.

Para a profissional, uma das formas mais saborosas de consumir o tomate com a melhor biodisponibilidade do licopeno é por meio do tomate confit ou confitado. Confira a dica de uma receita indicada por Samira Lima:

The Spruce Eats

Ingredientes:

  • 500g de tomate cereja
  • ½ xícara de azeite de oliva extravirgem
  • ervas aromáticas como alecrim, tomilho, orégano à gosto
  • sal a gosto
  • pimenta do reino a gosto
  • alho a gosto

Modo de preparo:

Misture os ingredientes, coloque num recipiente e leve ao forno baixo por aproximadamente 45 minutos. Quando esfriar, leve à geladeira em um recipiente com tampa. Fica excelente quando misturado ao ovo.

Entenda por que a rinite alérgica pode ser comum no verão

O problema afeta mais de 400 milhões de pessoas no mundo. A Associação Brasileira de Otorrinolaringologia explica os sintomas, os efeitos à saúde e cuidados preventivos

As alergias respiratórias não são exclusivas das estações frias, elas também podem ser comuns no verão. Embora a umidade relativa do ar esteja mais alta, devido ao período de chuvas, a estação mais quente do ano reúne algumas condições capazes de desencadear a rinite alérgica, uma irritação na parte interna do nariz que gera desconfortos como congestão nasal (nariz entupido), coceira no nariz, espirros, coriza (gotejamento de secreção clara pelo nariz), entre outros.

De acordo com a Organização Mundial da Alergia (WAO – World Allergy Organization), estima-se que mais de 400 milhões de pessoas sofram com esse problema pelo mundo. O coordenador do Departamento de Alergia da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), Eduardo Baptistella, explica como podem surgir os quadros de rinite alérgica.

Thinkstock

“O nariz é a porta de entrada do ar e substâncias que estão contidas nele. Ele tem a função de filtrar as impurezas, além de umidificar e aquecer esse ar que chega aos pulmões. Durante todo o processo, a mucosa nasal (revestimento interno das cavidades nasais) pode inflamar, reagindo ao contato com algum alérgeno, como ácaros, poeira, fungos e pólen, causando a rinite alérgica”, detalha o otorrinolaringologista.

No verão, o período de chuvas e a alta umidade podem resultar na proliferação de fungos e bolor em espaços sem exposição direta ao sol. Mofo e ácaros podem ser característicos de ambientes que ficaram fechados por um longo período, como casas de veraneio, por exemplo.

Além disso, nessa estação, há maior uso de ventiladores e a permanência em ambientes climatizados que nem sempre estão com a higienização adequada. O ventilador pode levantar partículas de poeira do espaço e o ar-condicionado, se em temperatura muito baixa, pode ressecar as vias aéreas.

O especialista da ABORL-CCF também revela que essa reação alérgica pode ter características hereditárias. “Quando um casal alérgico tem um filho, a probabilidade de essa criança ser alérgica é de cerca de 50%, porém, mesmo que nenhum dos pais apresente o distúrbio, o problema pode se manifestar independentemente da idade. Ou seja, é possível a pessoa tornar-se sensível a uma substância que antes era suportável, desenvolvendo sintomas apenas tardiamente”, esclarece Baptistella.

Prevenção e cuidados

Ácaro– Wikilmages/Pixabay

De acordo com a Associação, é fundamental que toda a população, principalmente os grupos considerados vulneráveis, como idosos e crianças, adote medidas de prevenção no controle do ambiente. Não entrar em contato com fatores que desencadeiam a rinite alérgica, como os ácaros, poeira, fumaça, fungos e pólen, é o principal cuidado para não desencadear crises.

“A recomendação é permanecer em ambientes limpos e arejados, com boa iluminação solar e em zonas não poluídas. No caso de viagens neste período de férias, a pessoa deve evitar entrar em residências que estejam fechadas há muito tempo. Em casa, os aparelhos de ar-condicionado e ventiladores devem receber manutenção e higienização com frequência. Na rotina de limpeza doméstica, deve-se evitar usar vassouras, pois elas acabam espalhando as partículas de pó. O ideal é usar um pano úmido para recolher a sujeira”, orienta Baptistella.

A importância do diagnóstico

A rinite alérgica é um problema comum que, em muitos casos, permanece subdiagnosticada e sem o tratamento correto. Segundo especialistas, as pessoas tendem a ignorar os sintomas e o problema acaba se prolongando e afetando a qualidade de vida. Devido à sensação de nariz entupido, por exemplo, o sono acaba sendo prejudicado e a dificuldade para dormir gera irritabilidade e falta de concentração ao longo do dia, impactando na rotina.

Além dos cuidados com o ambiente, algumas medidas terapêuticas podem ser usadas para tratar o quadro alérgico. A lavagem nasal com solução salina e a hidratação do nariz ajudam, por exemplo, a prevenir problemas nessa área, pois limpam as narinas.

“É importante procurar um médico especialista para identificar a causa do problema. Na maioria das vezes, se distanciar dos gatilhos que despertam a rinite alérgica será suficiente. Mas o médico vai avaliar outras medidas de tratamento, como a necessidade de prescrição de medicamentos que reduzam a inflamação e controlem os sintomas, pois cada caso possui suas particularidades”, finaliza.

Fonte: Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF)

Sodiê traz desconto para o Bolo Aerado na capital paulistana de 1º a 18 de fevereiro

Preço especial comemora homenagem que o Carnaval deste ano faz à fundadora da marca

Em comemoração ao desfile da escola de samba Águia de Ouro, do grupo especial de São Paulo – que este ano traz o enredo ‘Um Pedaço do Céu’ em homenagem à fundadora da Sodiê Doces, Cleusa Maria da Silva -, entre os dias 1º e 18 de fevereiro, o bolo Aerado ganha um desconto especial. A campanha é válida para as unidades da marca localizadas apenas na Capital paulista. 

O Bolo Aerado #02 é feito com massa de chocolate, recheado com mousse de chocolate e creme de chocolate branco aerado. Na cobertura, mais mousse de chocolate e raspas de chocolate preto e branco. Nesta campanha, o bolo também virá com uma plaquinha de chocolate com o nome do samba enredo. 

©2020-estudiogastronomico

A trajetória de Cleusa será contada de forma especial. A fundadora da Sodiê, que trabalhou como boia-fria cortando cana e como empregada doméstica, será narrada no Sambódromo do Anhembi. De acordo com a escola de samba paulista, a ideia principal é passar, aos foliões, a mensagem de que a sabedoria ensina que, tal qual como um bolo, a existência é feita de pedaços. A escola, que fica no coração do bairro Pompéia em São Paulo e que levou o título de campeã do grupo especial do carnaval em 2020, será a sexta escola a desfilar na passarela do samba no segundo dia, sábado (dia 18). 

A Sodiê Doces, hoje a maior franquia de bolos artesanais do país e 100% brasileira, disponibiliza mais de 80 tipos de sabores de bolos, além da linha Zero Açúcar, bolos caseiros e a versão vegana. A rede também oferece em seu cardápio docinhos (tradicionais, finos, belgas e bombom), balas de coco (com e sem cobertura) e sua linha exclusiva de salgados, fritos e assados, que podem ser consumidos em loja ou levados para casa.

©2020-estudiogastronomico

Os contatos das lojas estão no site oficial da marca. Os pedidos podem ser feitos diretamente nas lojas, pelo aplicativo Sodiê Doces Oficial, disponível nos dispositivos IOS e Android, ou pelo iFood. 

Clínica de Nutrição da Faculdade Santa Marcelina oferece 180 vagas gratuitas à população

As consultas devem ser agendadas no ambulatório, de quarta e quinta-feira, no período da manhã

A Clínica de Nutrição da Faculdade Santa Marcelina retomou os agendamentos para os atendimentos presenciais, voltados para crianças, adolescentes, adultos, idosos, considerando a proposta de mudança de hábitos alimentares e atendendo situações relacionadas à perda ou ganho de peso, reeducação alimentar, portadores de doenças crônicas, praticantes de atividades físicas e orientação nutricional.

Ao total, serão disponibilizadas 180 vagas gratuitas (por semestre) e os atendimentos terão duração de uma hora de duração. As consultas acontecem todas as quartas e quintas-feiras, às 8h, 9h e 10h e são realizadas por alunos do último ano do curso de Nutrição da Faculdade Santa Marcelina com supervisão direta de um professor nutricionista.

Segundo Irani Gomes dos Santos Souza, Coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade Santa Marcelina, a proposta dos atendimentos é de acompanhamento nutricional e não apenas de ações pontuais. “As consultas visam auxiliar na melhora da qualidade vida da pessoa a quem o cuidado será prestado, visando desde controle de peso e evitar ou minimizar ação de algum fator que possa agravar a saúde”, explica.

As consultas devem ser agendadas no ambulatório, de quarta e quinta-feira, no período da manhã, ou qualquer dia, diretamente na recepção da Faculdade Santa Marcelina. A Clínica de Nutrição fica no 4º andar da Unidade Itaquera, localizada na rua: Cachoeira Utupanema, 40 – Vila Carmosina, São Paulo.

Agendamento:
Clínica de Nutrição da Faculdade Santa Marcelina
Unidade Itaquera: Rua Cachoeira Utupanema, 40 – 4º andar – Vila Carmosina, São Paulo
Atendimento gratuito

Do copo ao palito: limonada suíça faz sucesso no formato picolé

A receita leva um mix de limão Taiti, um creme italiano concentrado de limão Siciliano e raspas de limão Taiti

 Tradicional suco de Verão pode ser degustado de outra maneira, mas sem perder a icônica essência que mistura sabores contrastantes. Não se sabe ao certo a origem da bebida, boatos dizem que um dono de restaurante suíço a criou, outros dizem que foram os ingleses, mas o fato é que o brasileiro adotou o drink como seu e, hoje, figura no hall da fama das bebidas queridinhas. 

E, se falou em refrescância, falou em Sorvetes Los Los, que adaptou a receita para transformar o suco em um dos picolés mais icônicos da marca, que une o contraste perfeito entre frescor e doçura com o amargor do limão na medida certa.  

O picolé de Limonada Suiça está disponível nos mais de 2 mil pontos de vendas da marca espalhados pelo Brasil, entre eles: Carrefour, Hirota, Cobasi, Petz, ST. Marché, Natural da Terra, Hortifruti, Nutricar, Delta Supermercados, Kalimera, Pão de Açucar RJ, Atacadão, Assai, Zona Sul (RJ). Também é possível encontrar o ponto de venda mais próximo no site da marca. 

5 passos para emagrecer de forma saudável, sem ficar preso a padrões estéticos

Na hora de passar pela jornada de emagrecimento de maneira saudável, os esforços físicos e mentais devem estar atrelados a aplicação dos novos hábitos para que esse caminho seja benéfico para o indivíduo como um todo. Edivana Poltronieri, especialista em emagrecimento saudável, aborda os cinco principais pilares para perder peso e obter melhores resultados. Confira:

Em uma época em que é muito comum se comparar com o outro em relação ao corpo e imagem, especialmente por conta das redes sociais, se faz cada vez mais necessário tomar certas precauções para não ficar preso a padrões estéticos, principalmente quando o desejo é mudar os hábitos e emagrecer.

“Quando falamos em perder peso de forma saudável, precisamos levar em consideração o conceito da beleza consciente. Cada pessoa tem uma estrutura, um biotipo e o seu próprio padrão. A gente sabe que a estética também é importante e muitas vezes é isso que motiva inicialmente o indivíduo, então precisamos encontrar uma forma de equiparar os desejos, trazendo um olhar de saúde tão relevante quanto o da estética”, explica Edivana Poltronieri, especialista em emagrecimento saudável.

A profissional ainda conclui que existe um mantra que pode ser aplicável para todas as pessoas que passarão por este processo e que ajuda a deixar de lado apenas aquele anseio de se ter o ‘corpo perfeito’: “Cuidar da saúde mental e do bem-estar pessoal não é apenas sobre perder peso, é sobre ganhar vida”, finaliza.

Para conseguir emagrecer de forma saudável, Edivana pontua que é necessário um acompanhamento com especialistas e orientação adequada, mas que existem alguns passos importantes que também podem ajudar nesse processo. Confira abaixo:

Começar aos poucos e com equilíbrio
Engana-se quem acredita que só terá resultados se mudar toda a sua vida e rotina de um dia para o outro, quando na verdade, ir aos poucos e respeitando o seu próprio tempo pode ajudar a obter bons rendimentos no processo de perda de peso. “É importante inserir os novos hábitos saudáveis de forma equilibrada no dia a dia, começar parando de ingerir certos alimentos e quantidades, depois ir para uma alimentação mais saudável e assim por diante. Dessa forma, é possível fazer com que essas mudanças sejam mais duradouras, ganhando realmente uma vida mais saudável”, conta Edivana.

Procurar fazer exercícios e atividades que deem prazer
Hoje em dia existem muitos tipos de exercícios e atividades físicas que podem ser praticadas, como a musculação, esportes, danças, entre outros. Por isso, é super relevante optar por alguma modalidade que faça sentido com gostos e personalidade. “Respeitar a individualidade e limite pessoal, pode ajudar de forma benéfica para a jornada de emagrecimento, pois quando a gente realiza atividades que nos dão prazer, além de queimar calorias, estamos alimentando a saúde da nossa mente e do corpo. No processo de emagrecimento, a atividade física ajuda também na melhora da condição física, do funcionamento biológico e diminui o risco de doenças cardiovasculares”, ressalta a especialista.

Botswanayouth

Ter um comprometimento com os novos hábitos alimentares
Edivana conta que durante a jornada de emagrecimento, ter uma rotina equilibrada facilita a perda de peso. “Ao regularizar o organismo, ter um horário correto para comer e se manter nutrido, seguindo um plano alimentar elaborado por um profissional, ajuda a manter o metabolismo acelerado e avisar o cérebro que o corpo pode queimar calorias, isso porque o corpo as gasta mesmo em repouso. No entanto, é preciso manter um déficit calórico acentuado e supervisionado por um nutricionista e não deve estocá-las”, explica a profissional.

Beber água
Pode parecer clichê, mas beber água regularmente traz diversos benefícios para o corpo, fazendo grande diferença para a perda de peso. “A água é vital para o nosso corpo, já que ela auxilia na absorção de nutrientes, transporta as vitaminas por todo o organismo e contribui para um bom funcionamento geral de todos os órgãos”, indica Edivana.

Foto: SelfSetFreeLiving

Cuidar da saúde mental
Cuidar da saúde mental ajuda a ter autocontrole e bem-estar, condições importantes para obter bons resultados ao passar pelo emagrecimento. “A mente e o corpo precisam estar em harmonia, ambos sendo cuidados igualmente e diariamente. Não dá para pensar apenas em um ou no outro, pois se a nossa mente está fragilizada, geralmente compensamos na alimentação. E se focamos apenas no corpo, podemos desenvolver problemas sérios, como ansiedade. Por isso, exercitar também o ato de não se comparar a padrões, fará com que cada pessoa encontre o seu próprio caminho”, explica a especialista.

Fonte: 5S Emagrecimento Saudável

4 tendências de nutrição para 2023

A maioria de nós reconhece o papel que a boa nutrição desempenha em melhorar a saúde e o bem-estar, por isso ter uma alimentação saudável deveria ser uma prioridade na lista de resoluções para o ano que se inicia.

Se pretende fazer mudanças na dieta para alcançar esse objetivo em 2023, confira algumas tendências nutricionais que podem incentivar você neste caminho, indicadas pela Mestre em Nutriçao, Susan Bowerman, Diretora Sênior Global de Educação e Treinamento em Nutrição da Herbalife Nutrition e nutricionista certificada pela Academia de Nutrição e Dietética como especialista em Nutrição Esportiva, Obesidade e Controle de Peso.

1 – Alimentação plant-based

A nutrição à base de vegetais, que também tem como foco a sustentabilidade e o desperdício de alimentos, não sairá de moda tão cedo. Aliás, as dietas veganas, vegetarianas e flexitarianas estão atraindo cada vez mais pessoas que reconhecem seus benefícios não apenas para o corpo, mas também para o planeta. Os alimentos vegetais possuem alta densidade nutricional, o que significa que fornecem muitos nutrientes com poucas calorias. Frutas, vegetais, feijões e grãos integrais são ótimas fontes de vitaminas, minerais e fitonutrientes, e naturalmente isentos de colesterol. A maioria também aporta uma boa quantidade de fibras, contribuindo para a saúde intestinal, para a imunidade e para reduzir a inflamação.

Os consumidores também estão incluindo mais vegetais no cardápio por se preocuparem com o meio ambiente. Isso porque análises, como a que foi realizada na Universidade de Oxford, mostram que comer carne produz duas vezes mais emissões de gases de efeito estufa por dia do que uma dieta plant-based. Outros estudos colocam também que o cultivo de vegetais utiliza menos recursos naturais e é menos prejudicial para o meio ambiente do que a criação de animais. Se essa tendência de consumo continuar, haverá um impacto significativo na redução do desmatamento, na degradação do solo e nas emissões de gases de efeito estufa, que estão associados à produção de carne.

2 – Personalização

A nutrição personalizada, que alia alimentação e estilo de vida, bem como o uso de biomarcadores individuais para elaborar sugestões de cardápios saudáveis e mais relevantes para o indivíduo, continua ganhando popularidade. Para se ter ideia, o mercado global de nutrição personalizada, avaliado em US$ 14,6 milhões em 2021, deve chegar a US$ 37,2 milhões até 2030 — quase o triplo do tamanho, segundo levantamento da Research and Markets. Esse fenômeno é particularmente forte entre os millennials (49%) e a geração Z (37%), que expressaram forte preferência por produtos, serviços ou aplicativos que utilizam dados pessoais para personalizar a experiência do consumidor (McKinsey). Vários fatores determinam como a dieta de uma pessoa pode ser personalizada: o quanto você se exercita, o que e o quanto você come, bem como sua idade. E agora, também somos capazes de determinar respostas individuais a certos componentes da dieta e essas informações podem ser usadas para uma abordagem mais personalizada.

3 – Nutrição em dobro

Outra tendência é o crescimento da demanda por produtos e alimentos que visam múltiplas dimensões do bem-estar — caso dos alimentos funcionais, que oferecem benefícios além de seu valor nutricional. Frutas, vegetais, nozes, sementes e grãos integrais ricos em nutrientes são considerados alimentos funcionais, mas também entram aqui aqueles enriquecidos com nutrientes (vitaminas, minerais, fitonutrientes, probióticos ou fibras) e os que propõem benefícios para a saúde física e mental, como chás de ervas, que oferecem ótimo sabor, mas podem ter efeitos calmantes ou promover um sono melhor. O colágeno, que é outro ingrediente popular conhecido por apoiar a saúde dos ossos e ajudar na aparência do cabelo, pele e unhas, está entrando na composição de muitos alimentos funcionais.

4 – Alimentos amigos do intestino

Manter a microbiota intestinal saudável continua sendo um dos focos em 2023. Uma dieta rica em fibras ajuda a promover o crescimento de bactérias boas no trato digestivo e o equilíbrio desse sistema. Considerando que a maioria das pessoas come menos da metade da quantidade de fibras recomendadas por dia (25 a 38 gramas), incluir alimentos ricos nelas (e suplementos, se necessário) pode oferecer muitos benefícios. Os probióticos também contribuem para a saúde intestinal. Eles são encontrados naturalmente em alimentos como iogurte, kefir, tempeh, missô e vegetais em conserva fermentados, e estão em alguns alimentos funcionais e suplementos. Por isso, espere ver mais produtos com prebióticos e probióticos no mercado, além daqueles que atendem a problemas de saúde específicos: produtos sem glúten e outros específicos para uma dieta com baixo FODMAP — oligossacarídeos, dissacarídeos, monossacarídeos e poliois fermentáveis (carboidratos fermentáveis difíceis de digerir por algumas pessoas), que liberam gases no processo de digestão devido à ação das bactérias do intestino.

O glúten é uma proteína encontrada principalmente no trigo, mas também está presente na cevada, centeio e parentes do trigo (como a espelta). Indivíduos diagnosticados com intolerância ao glúten (doença celíaca) devem evitá-los de todas as maneiras, no entanto, muitas pessoas procuram alimentos sem glúten quando optam por reduzir a ingestão de grãos. A dieta baixa em FODMAP é bastante restritiva, porém os produtos para essa especificidade estão chegando às prateleiras das lojas, facilitando a adesão.

Planos alimentares que cuidam do intestino também estão se tornando mais populares devido à sua relação e efeitos na saúde do cérebro. Isso porque evidências sugerem que, quando o microbioma interage com o sistema nervoso central, a química do cérebro é regulada e influencia os sistemas neuroendócrinos associados à resposta ao estresse, à ansiedade e à função da memória. Especialistas também concordam que não apenas nosso cérebro está “consciente” dessas “bactérias do bem” que vivem no intestino, como elas também podem influenciar em nossa percepção de mundo e alterar nosso comportamento, sugerindo que, quanto mais saudável for a alimentação, melhor será nosso estado mental.

Fonte: Herbalife Nutrition

Pernas e pés inchados? Veja 5 dicas para melhorar a circulação sanguínea

Aumentar o consumo de líquidos, praticar atividades físicas e optar por uma alimentação balanceada estão entre as recomendações

O verão tem sido marcado por altas temperaturas e, com a exposição ao sol, o inchaço nas pernas e nos pés pode ser mais comum. Esse sintoma está associado à retenção de líquido, falta de exercícios físicos e, em muitos casos, má circulação sanguínea.

De acordo com o cirurgião vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV), Márcio Steinbruch, isso acontece porque o calor tem potencial de dilatar as veias e, consequentemente, causar uma alteração no retorno do sangue das extremidades do organismo, ao coração.

Thinkstock

Além disso, o médico também explica que as altas temperaturas podem afetar o funcionamento dos vasos linfáticos, que são responsáveis pela drenagem do excesso de líquido nos tecidos. “Nos membros inferiores, essas estruturas atuam contra a força da gravidade, com auxílio da musculatura da panturrilha. É por isso que quando ficamos muito tempo sem movimentar as pernas, seja sentado ou em pé, dificultamos o retorno venoso e, podemos perceber os membros inferiores inchados”.

No entanto, a boa notícia é que pequenas mudanças de hábitos, especialmente durante o verão, podem ajudar a reduzir o inchaço nas pernas e pés. Confira abaixo as dicas de Steinbruch.

Aumente o consumo de líquidos: a hidratação, com água, água de coco e sucos naturais, é fundamental para desintoxicar e eliminar as toxinas, porque irá estimular a troca de líquidos no corpo;
Pratique atividades físicas regularmente: reservar alguns minutos diários para fazer exercícios, como caminhadas, que fortalecerá a musculatura da panturrilha, melhorando de maneira considerável a circulação sanguínea pelo corpo;


Mantenha uma alimentação balanceada: optar por refeições equilibradas, com alimentos leves e ingerir mais frutas e legumes pode ajudar na eliminação de líquidos. Há opções diuréticas que também podem ser aliadas, como kiwi, alface, melancia, melão, capim-cidreira, água de coco e pera;
Faça massagem ou drenagem linfática: elas contribuem com o retorno venoso e, assim, podem diminuir o inchaço;

Shutterstock


Evite passar longos períodos na mesma posição: se você trabalha em pé ou sentado, intercale momentos a cada uma hora para dar alguns passos.

O médico também indica que é preciso ficar atento aos sinais. “Se o inchaço acompanhar outros sintomas, como dores, formigamento e dormência, é fundamental procurar um especialista para investigar as causas desses desconfortos”, finalizou.

Fonte: Márcio Steinbruch é formado pela Universidade de São Paulo (USP), especialista em cirurgia vascular pelo Hospital das Clínicas da FMUSP; possui título de especialista pela Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e é membro titular da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.

Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp – Edição de Verão tem Lagosta Sapateira

Um clima de praia invade a Ceagesp neste início de 2023. A Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp estreou em 6 de janeiro com muita Lagosta Sapateira, para comer à vontade. A partir desta temporada, o evento vai contar ainda com opções de peixes e frutos do mar assados na brasa.

A estreia neste ano cairá numa sexta-feira. Porém, o Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp – Edição de Verão 2023 funcionará, como em todos os outros anos, sempre de quarta a domingo, no maior entreposto de alimentos da América Latina, a Ceagesp, na Vila Leopoldina.

Lagosta Sapateira

A temporada de verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar dará sequência ao evento, que faz sucesso na Ceagesp desde 2013, mas com uma pegada de praia. Itens como camarão crocante, costelinha de tambaqui, isca de peixe, manjubinha, entre outros, ganham destaque, pois são pratos que remetem a comidinhas que o público só encontra em bares e restaurantes do litoral brasileiro.

Na brasa

Paella Marinera – Foto Zeka Videira

Mas as grandes atrações do evento continuam no cardápio. Os Camarões no Espeto, servidos nas mesas, à vontade, e a Paella à Marinera, gigante, por exemplo, continuarão sendo servidos todos os dias na Edição de Verão.

Uma novidade para essa nova temporada na Ceagesp serão os peixes e frutos do mar assados na brasa. Um espaço todo especial será montado no salão principal do evento para oferecer diversas opções assadas lentamente na brasa.

Na estreia dessas novas opções na brasa, o público vai encontrar Anchova, Tambaqui e Xixo de Mexilhões. Nas semanas seguintes, outros tipos de peixes e frutos do mar também serão oferecidos ao público, além de todas as demais atrações gastronômicas do Festival.

Mesmo preço

Quem for ao Festival neste início de 2023 terá mais de 50 itens no cardápio para saborear o quanto quiser. O preço fixo por pessoa continuará sendo de R$ 129,90 para comer à vontade muito peixe e frutos do mar (exceto bebidas e sobremesas, que são cobradas à parte).

Casquinha de Siri e Acarajé feito na hora, além de Caldinho de Peixe, estarão na recepção do público, que já entra comendo à vontade. No salão principal, a Paella à Marinera e os famosos Camarões Assados no Espeto já ficarão disponíveis.

Em pleno verão, a mesa de saladas também será reforçada, sempre com itens bem fresquinhos. Não faltarão as opções com frutos do mar, entre as quais Salada de Lula com Ervas, Salada de Frutos do Mar, Mexilhões Confitados, os Ceviches, entre outras dezenas de itens.

Especiais do Dia

Os pratos especiais do dia do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp serão mantidos na Edição de Verão. Toda quarta-feira acontecerá a “Quarta Cevicheira”, com vários tipos de ceviches. Na quarta também será dia de saborear Ostras Frescas à vontade. Essa iguaria volta ao cardápio de todo sábado. Quinta-feira será reservada aos fãs de Caranguejada. Sexta-feira o público terá à disposição Lagosta Sapateira.

Funcionamento

O Festival do Pescado e Frutos do Mar funcionará de quarta a domingo no Espaço Gastronômico Ceagesp. Às quartas, quintas e sextas, o horário será das 18h às 23h (somente jantar). Aos sábados, funcionará a partir das 12h até 23h (almoço e jantar). Aos domingos, abrirá das 12h às 17h (somente almoço).

O acesso será feito pelo Portão 4 da Ceagesp (altura do nº 1.946 da Av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina – São Paulo-SP). O estacionamento (terceirizado) para automóveis também ficará no mesmo Portão 4. Para motos, o acesso será pelo Portão 2, também na mesma avenida.

Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp – Edição de Verão 2023
Onde: Espaço Gastronômico Ceagesp
Quando: a partir do dia 6 e janeiro (quarta a domingo)
Endereço: Portão 4 da Ceagesp (av. Dr. Gastão Vidigal, altura do número 1.946)
Horários: às quartas, quintas e sextas, das 18h às 23h (somente jantar). Aos sábados, das 12h às 23h (almoço e jantar). Aos domingos, das 12h às 17h (somente almoço)
Valor: R$ 129,90 por pessoa | Crianças, até cinco anos, não pagam. De seis a dez anos, pagam metade do valor | a partir de 11 anos, pagam o preço normal
Estacionamento (terceirizado): acesso pelo Portão 4 (somente automóveis) | Acesso pelo Portão 2 (somente motos).
Mais informações e reservas: Festivais Ceagesp

Atacadista do Grupo Ikesaki lança campanha promocional de aniversário

Campanha de aniversário de 26 anos do EBC, atacadista do Grupo Ikesaki, oferece descontos de até 50% em São Paulo, com cosméticos mais baratos que na Black Friday, de 31 de janeiro até o final de fevereiro. Campanha inclui R$ 26 mil em prêmios para lojistas, serviços de beleza gratuitos e brindes

De acordo com pesquisa da McKinsey, em 2022, a busca por preços mais baixos levou o formato de comércio atacarejo de alimentos a registrar alta de 10%, em meio a um decréscimo de 2,4% do varejo alimentar em geral. No ramo de cosméticos, o que se observa é que o consumidor, a fim de economizar, também passou a se interessar mais pelo comércio atacadista. Atraindo cada vez mais consumidores e completando 26 anos em 31 de janeiro, o EBC Atacadista, do Grupo Ikesaki, acaba de lançar uma campanha de aniversário com produtos mais baratos que na Black Friday.  

De 31 de janeiro até 28 de fevereiro, uma série de cosméticos na hiperloja de 8 mil m2 na Marginal Tietê alcançarão descontos de até 50%, maiores que os oferecidos pela empresa na última Black Friday. São mais de 12 mil produtos disponíveis, centenas de ofertas, R$ 26 mil em prêmios para lojistas, serviços de beleza gratuitos e brindes. 

R$ 26 mil em prêmios 

Na campanha de aniversário, os clientes lojistas terão a chance de participar da promoção que terá um prêmio de R$ 26 mil reais em produtos. Essa premiação pode ajudar a abastecer as perfumarias, drogarias e bazares, gerando mais lucro para os negócios. 

Raspou, ganhou  

Todos os sábados, brindes exclusivos serão distribuídos aos consumidores, inclusive serviços gratuitos de Beleza, como manicure e penteados. 

Ações nas redes sociais  

Todas às terças-feiras, o EBC entra ao vivo em suas redes sociais, com dicas, conteúdos e brindes. Os clientes poderão dar um print nos brindes divulgados e retirá-los presencialmente. 

O EBC fica na Av. Morvan Dias de Figueiredo, 2875 (Avenida Marginal Tietê), na Vila Maria, Zona Norte de São Paulo. Em frente à loja, painéis de LED mostrarão as maiores ofertas da campanha de aniversário aos mais de 1,2 milhão de carros que passam diariamente pela Marginal Tietê. 

Além da hiperloja física, há também serviços de televendas e de pedidos eletrônicos, oferecendo uma ampla gama de itens do mercado de higiene e beleza para pequenos e médios varejistas, perfumarias e drogarias de todo Brasil.