Raiz oleosa e pontas secas: como cuidar do cabelo que é maioria entre os brasileiros

Fundador da JustForYou, Alex Eduardo explica como equilibrar as diferenças do cabelo misto para deixar os fios saudáveis e bonitos

Seu cabelo é do tipo que fica oleoso na raiz de um dia para o outro, mas as pontas sofrem com ressecamento e frizz? Nem sempre é fácil manter o equilíbrio do cabelo misto, tipo que está presente em quase 60% das pessoas. É o que indica a mais recente pesquisa da JustForYou, empresa líder em personalização de cosméticos para o cabelo e produtos voltados para o bem-estar. O levantamento foi feito a partir de dados dos clientes coletados através do questionário de personalização em 2020 e 2021. Nesse período, aproximadamente 2 milhões de fórmulas únicas foram analisadas pela inteligência artificial.

Em geral, nesse tipo de cabelo os fios parecem um pouco grudados no couro cabeludo enquanto as pontas são secas, duplas ou com frizz, explica Alex Eduardo Domingos, Diretor de P&D e fundador da JustForYou. “Por conta disso, muitas pessoas têm dificuldades em encontrar produtos que atendam a necessidades tão distintas. Já que fórmulas para cabelos oleosos podem acabar ressecando ainda mais as pontas, enquanto produtos hidratantes podem deixar o cabelo com aspecto pesado e excesso de óleo na raiz”.

De acordo com o especialista, é comum que o óleo se concentre na região da raiz, onde é produzido, mas tenha dificuldades em chegar até as pontas, principalmente em cabelos muito longos, fragilizados por processos químicos ou cacheados e crespos, já que a curvatura natural do fio faz com que a oleosidade chegue mais lentamente às pontas. “Apesar de todos serem cabelos mistos, cada caso vai demandar uma fórmula diferente, para atender as necessidades específicas dos cabelos, sejam eles longos, quimicamente tratados e/ou cacheados”.

Com que frequência lavar?

Depositphotos

O shampoo deve se adequar à rotina da pessoa e à quantidade de lavagens. O cabelo misto pode ser lavado em dias intercalados, mas não existe uma frequência ideal, conta Alex Eduardo. “Ela vai depender de algumas variantes, como a região onde a pessoa mora, frequência com que faz atividade física e até mesmo o que ela come”. Também é muito importante evitar dormir com os fios molhados, pois o hábito pode agravar problemas como caspa, dermatite e queda.

Como escolher a fórmula ideal?

Para cabelos mistos, o mais indicado são shampoos com fórmulas um pouco adstringentes, para reduzir a oleosidade da raiz, e condicionadores e máscaras com a quantidade certa de ativos hidratantes e nutritivos, para garantir hidratação, brilho e maciez no comprimento, sem acúmulo de oleosidade nem carência de nutrientes. Com fórmulas personalizadas a partir de inteligência artificial, a JustForYou conta com tecnologia única para manter uma rotina equilibrada e tratar cada parte do cabelo de acordo com o que ele precisa.

“A fórmula personalizada é ideal para equilibrar as diferenças do fio porque leva em consideração um conjunto de fatores, como comprimento do cabelo, curvatura do fio, frequência entre lavagens e estilo de vida da pessoa. É a fórmula que precisa se adequar às necessidades da consumidora e não o contrário”, destaca o engenheiro químico.

Como a alimentação interfere na saúde do cabelo?

O consumo em excesso de alimentos gordurosos pode desencadear uma maior oleosidade nos fios, por outro lado, uma dieta focada em poucas calorias pode resultar na limitação de alguns nutrientes que podem causar uma possível fragilização dos fios, deixando-os mais propensos a queda ou a quebra. Já uma dieta balanceada, sem exageros nem restrições, tende a deixar os fios saudáveis e viçosos.

Não se esqueça do cuidado com as pontas!

“Com as fórmulas adequadas, não é necessário aumentar a frequência de lavagens, nem recorrer a inúmeros produtos para manter as pontas saudáveis”, indica Alex. Para completar a rotina de tratamento e garantir um brilho extra sem pesar os fios, é indicado usar um leave-in, finalizador para pentear, nas pontas secas para repor a nutrição que não chega. Em seguida, outro hábito que ajuda a distribuir a oleosidade nos fios, além de desembaraçá-los, é a escovação, que pode ser feita após a lavagem, com os fios úmidos, para evitar a quebra.

Fonte: JustForYou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s