O que acontece aos seios quando se para de usar sutiã

Como a pandemia do coronavírus continua em todo o mundo e com a incerteza sobre o que o “novo normal” acarretará, muitas de nós com seios temos uma certeza: eles estão finalmente livres. Sim, depois de muitos anos trancados em uma “prisão”, trabalhar e permanecer dentro de casa nos permitiu chutar nossos sutiãs para o meio-fio. O consenso parece ser que, se você não vai a lugar nenhum, não precisa usar sutiã. Apenas deixe esses bebês respirarem e fazerem suas coisas.

Mas, embora a vida sem sutiã seja confortável, ela levanta a questão: evitar meu sutiã afeta meu corpo de alguma forma? Respostas curtas de especialistas: sim e não. Então vamos desembrulhar isso, vamos?

Não usar sutiã fará com que meus seios caiam?

Para entender como os sutiãs afetam nossos seios, é importante entender como eles foram criados. De acordo com a empresa de roupas Hunkemöller, sediada em Amsterdã, os sutiãs podem ser datados de 2.500 aC, quando as mulheres usavam um cinto parecido com um espartilho que empurrava seus seios nus para cima. O primeiro sutiã moderno surgiu pela primeira ver na Feira Mundial de 1889, quando a inventora francesa Herminie Cadolle decidiu cortar o espartilho em duas partes, dando à parte superior as alças que conhecemos hoje.

Então, em 1913, Mary Phelps Jacobveio e aperfeiçoou o que a Cadolle havia começado, criando o tipo de sutiã mais usado que vemos hoje no mercado. Mas, embora essas inovações ao longo do tempo tenham sido criadas para manter os seios no lugar e criar a silhueta desejada, em nenhum lugar está escrito que foram feitas para evitar a flacidez. Provavelmente porque eles foram projetados principalmente com a estética em mente.

Como disse Mary Jane Minkin, professora clínica de obstetrícia e ginecologia da Escola de Medicina da Universidade de Yale, ao site Prevention, não há evidências de que os sutiãs evitem a flacidez. Tampouco o mito de que usar sutiã ao ir para a cama para manter os seios bem formados e empinados.

Sem músculos

Laura Tempesta, especialista em sutiãs e fundadora da grife Bravolution, ecoa esse sentimento, lembrando uma entrevista com o CEO da Platex, John Dixey, para um documentário chamado “Bras — The Bare Facts”, onde ele disse: “Não temos evidências de que usar sutiã poderia prevenir a flacidez , porque o seio em si não é um músculo, então mantê-lo tonificado é impossível. ”

“Seios erguidos são considerados atraentes em nossa cultura, por isso usar sutiã é um desenvolvimento cultural”, disse Laura à HelloGiggles. No entanto, tipos específicos de sutiãs, como os esportivos, foram desenvolvidos para funcionalidade, suporte e conforto durante o exercício. “Existem muitos estudos científicos que mostram a necessidade de usar um sutiã esportivo durante a atividade física.”

Um estudo feito pela professora Joanna Wakefield-Scurr, da Universidade de Portsmouth, na Inglaterra, descobriu que os seios podem pular até 21 centímetros durante o exercício. Esse salto resulta em dor nos seios em 50% das mulheres, não importa se elas usam 40 ou 48. Portanto, seja corrida, yoga ou qualquer outro exercício que possa empurrar seus seios, você definitivamente quer pegar seu sutiã esportivo – pelo menos para evitar dores após o treino.

O uso de sutiã não fará com que os músculos do peito cresçam?

Embora os seios sejam compostos principalmente de tecido adiposo, por baixo, contra a parede torácica, ainda existem ligamentos e o músculo peitoral. Por causa disso, o tamanho dos seios pode ser afetado pelos músculos abaixo. De acordo com a Reuters, o médico e professor de esporte francês Jean-Denis Rouillon, descobriu que quando as mulheres abandonam seus sutiãs, seus seios desenvolvem mais tecido muscular.

A razão para mais tecido muscular, observou ele, é porque os sutiãs enfraquecem os músculos, basicamente dando aos seios a chance de serem preguiçosos. “O sistema de suspensão da mama degenera”, disse Rouillon à Reuters. No entanto, seu estudo de 16 anos com 330 mulheres entre 18 e 35 anos não é exatamente verdadeiro para mulheres de meia-idade, tamanho grande ou que tiveram filhos.

Não usar sutiã aliviará a dor física?

Para algumas mulheres, usar sutiã o dia todo pode causar dores nas costas, no pescoço ou no peito. Um estudo de 2000 publicado na Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos, dos Institutos Nacionais de Saúde, descobriu que a pressão causada pelo uso de sutiã pode ser tão aguda que pode interromper seu ciclo de sono e ritmo circadiano – mesmo se você tirar o sutiã antes de dormir. “É essencial que os seios descansem adequadamente para se manterem saudáveis”, disse Heidi Lehmann, designer de sutiã Master da Vibrant Body Company, à HelloGiggles.

Como Lehmann explica, ficar sem sutiã dá um fôlego, das glândulas mamárias aos ombros, passando pelo pescoço e caixa torácica. E, considerando que um estudo de 2008 descobriu que 70% das mulheres usam sutiãs que são pequenos demais para elas, só faz sentido que isso possa resultar em dor. “Se você usar sutiã, procure um que restrinja e dê suporte minimamente sem aros”, diz Lehmann. Ou, melhor ainda, pare de adivinhar qual é o tamanho do seu sutiã e peça ajuda a um profissional.

“Há muitas pesquisas por aí que dizem que usar sutiã por longos períodos de tempo não é bom para você”, disse Helena Kaylin, fundadora da Mindd Bra Company, à HelloGiggles. “Além de pesquisas que falam dos benefícios para a saúde dos seios por não usar sutiã, como melhorar a circulação e reduzir a dor no pescoço, para muitas de nós é apenas mais confortável, principalmente em casa.”

De acordo com Helena, algumas pesquisas descobriram que sutiãs causam mais dor nas costas do que ficar sem sutiã – especialmente para mulheres com seios grandes. Em última análise, a dor nas costas causada por sutiãs difere de pessoa para pessoa. Mas se você está sentindo dor nas costas e não consegue identificar a causa de um sutiã que não se ajusta, considere consultar um médico.

Usar sutiã pode causar problemas de pele?

Para muitas pessoas, o suor dos seios é uma coisa real. Mas se seus seios suarem enquanto você usa um sutiã, ele cria uma barreira entre o peito e a parte de baixo do seio. Quando ficamos sem sutiã, essa pele contra pele combinada com o suor pode causar irritações na pele como o intertrigo.

“Intertrigo surge como resultado do contato próximo de duas superfícies da pele por um período prolongado de tempo”, disse Erum Ilyas, dermatologista à HelloGiggles. “Na área ‘inframamária’ (sob os seios, tanto para mulheres quanto para homens) essa prega de pele acumula calor e umidade que podem inflamar e começar a romper a pele. Isso também pode levar a uma infecção secundária”.

De acordo com o Breast Cancer Now, infecções fúngicas e intertrigo sob os seios são “muito” comuns e podem acontecer a qualquer pessoa com seios em qualquer momento de suas vidas. No entanto, quanto maiores os seios, maior a probabilidade de erupções na pele, simplesmente porque há mais espaço para o desenvolvimento de umidade. Além disso, quanto mais tempo houver umidade sob os seios, maior será a probabilidade de alguém desenvolver irritação.

Embora o intertrigo possa ser tratado com um esteroide tópico prescrito pelo seu médico ou mesmo colocando um sutiã de volta por alguns dias para que a pele possa secar, ele ainda pode ser desconfortável e causar coceira. Para algumas pessoas, porém, ter uma coceira e, talvez, um pouco de umidade sob os seios seja um pequeno preço a pagar por deixar seus seios livres da “prisão”. Se os sutiãs são, no final do dia, uma preferência cultural que tem muito menos a ver com dores e sofrimentos, então, talvez ficar sem seja algo que valha a pena considerar em longo prazo. Talvez seja hora de sairmos dessa pandemia balançando – literalmente – e nunca mais voltarmos aos sutiãs do dia a dia.

Fonte: Health

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s